Arquivo da tag: academia

Centauro inaugura primeira academia gratuita na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio

A Centauro lançará, a partir do dia 06 de agosto, a Arena Centauro Lagoa, uma academia com atividades ao ar livre 100% gratuitas, na zona sul da cidade do Rio de Janeiro. Em parceria com a Mude, ecossistema de bem-estar e saúde, e apoio da Oxer, marca própria da rede esportiva, o espaço está localizado na Lagoa Rodrigo de Freitas, próximo às quadras de tênis, e contará com aulas de muay thai, HIIT (Treino Intervalado de Alta Intensidade), yoga, mat pilates, corrida e cross dance (Treino de alta intensidade com dança), além de equipamentos de musculação.

“Promovermos uma iniciativa como essa num dos lugares mais emblemáticos do Rio de Janeiro, levando esporte, bem-estar e lazer para as pessoas de forma gratuita, impactando o âmbito social, é um dos nossos propósitos. E fazer tudo isso, contando com parcerias que têm a mesma sinergia que nós, incentivando movimento e vida ativa, é ainda mais enriquecedor. Estamos onde o esporte está e queremos fazer parte, cada vez mais, da jornada esportiva de cada um”, diz Gustavo Milo, diretor de marketing da Centauro.

A Mude será responsável por conectar a iniciativa ao público carioca, enquanto a Oxer marcará presença por meio de materiais esportivos e atividades na Arena. A entrada da marca reforça seu posicionamento de que uma vida mais leve e fisicamente ativa é para todos.

“Praticar esportes ao ar livre traz incontáveis benefícios para rotina das pessoas, traz sensação de liberdade, ideal para quem não curte locais fechados, sem contar a importância que é aproveitar um espaço de tanta beleza do Rio de Janeiro com atividades gratuitas ”, declara Marcus Moraes, CEO da Mude.

Ao longo de quatro meses (agosto a novembro), o projeto funcionará durante oito horas por dia, divididas em dois turnos de três horas, de 06h30 até 10h30 e de 17h até 21h. No total, por mês, serão realizadas 72 aulas de trinta minutos de musculação e 24 aulas especiais e exclusivas, todas com naming rights Centauro, de 60 minutos.

Evento de inauguração

A Arena Centauro Lagoa nasce com um evento especial no próprio dia 06 para quem realizar inscrição no aplicativo da Mude, 24 horas antes. Com início às 14 horas, a programação do dia contará com quatro aulas de musculação, com duração de uma hora cada, além de um circuito com aulas coletivas. Para encerrar a tarde em grande estilo, o público contará ainda com uma autêntica ‘resenha’ carioca – uma festa comandada pela DJ Lica Tito, comes, bebes, diversão e esporte. Além disso, os participantes levarão para casa um kit com produtos exclusivos da Centauro.

Essa é mais uma das iniciativas que envolve o Grupo SBF, que conecta Centauro, Fisia, NWB, OneFan, X3M e FitDance, no objetivo de se tornar o maior e principal ecossistema esportivo do país.

Arena Centauro Lagoa: Av. Borges de Medeiros, oposto ao número 701 – Lagoa, Rio de Janeiro, RJ (próximo às quadras de tênis). Horário: 6h30 às 10h30 e 17h às 21h.

Entrada: gratuita, com necessidade de agendamento prévio = Inscrição: clique aqui

Coronavírus: abertura de academias é um erro, alerta médico

Cid Pitombo é pesquisador da obesidade e acredita que estimular as pessoas a irem à academia no meio da pandemia vai gerar aglomerações desnecessárias e aumentar o número de contaminados com a Covid-19

A decisão do presidente Jair Bolsonaro de incluir academias na lista de “serviços essenciais” que podem ser mantidos mesmo durante a pandemia do novo coronavírus não agradou nem os especialistas no combate à obesidade. Para Cid Pitombo, médico pesquisador da doença e coordenador do Programa Estadual de Cirurgia Bariátrica, o decreto presidencial gera um risco sem benefícios.

esteira-exercicio-academia-1400x1000-0517

“Durante muitos anos, nós médicos evitamos falar que a relação entre perda de peso e atividade física é muito pequena, pois não podemos deixar de estimular a prática de exercícios regulares como um bem para saúde. Mas o que é importante saber é que fazer atividade física é fundamental para a melhora do sistema cardiovascular, função intestinal, para mente, e para uma série de outros órgãos e sistemas, no entanto, já é sabido por estudos científicos que a relação com a perda de peso é muito pequena. Ou seja, praticar atividade física sem uma dieta restritiva, você provavelmente não perderá peso algum”, alerta o médico, citando como principal evidência científica grande estudo do tema publicado na Bristish Association of Sport And Medicine.

O especialista acredita que estimular as pessoas a irem a academia no meio da pandemia vai criar aglomerações desnecessárias e aumentar o número de contaminados com a Covid-19. No caso ainda mais especial dos obesos, que têm maior tendência ao agravamento de quadro pela doença, vai gerar ainda mais internações com necessidade de UTI e respiradores, colapsando ainda mais um sistema de saúde já em colapso.

“Ao liberarmos as academias estaremos literalmente levando uma enorme população de risco, a dos obesos, a um ambiente com grandes chances de contaminação, pois envolve aglomeração, secreções respiratórias e das mais diversas, dispersão de aerossóis pelas atividades aeróbicas intensas, em salas com pouca ou nenhuma ventilação, que se tornam impossíveis de controlar”, destaca Cid Pitombo.

Os maiores estudos feitos até agora nos Estados Unidos (NYU) e França (Instituto Lille Pasteur) correlacionam a obesidade ao agravamento dos quadros de Covid-19. O Ministério da Saúde brasileiro já admitiu, inclusive, que a principal causa de morte entre pessoas infectadas que estão abaixo de 60 anos no país é a obesidade. Mais da metade da população está acima do peso e um em cada cinco brasileiros tem obesidade.

mulher obesa academia

“Estamos todos vivendo uma enorme ansiedade por respostas às frustrações do confinamento, emprego, dinheiro, futuro, estado emocional, tudo está sendo afetado e, inevitavelmente, o ganho de peso tem acontecido. Na França, estudos já demonstraram um ganho de peso significativo na população confinada. Mas o que estamos aqui hoje para alertar é que ao tornamos essa atividade fundamental, estaremos literalmente levando milhões de brasileiros de grupo de risco, para um ambiente propício à doença, sem nenhum benefício”, reforça o especialista.

Apoio virtual 

Pensando em se manter conectado com os pacientes obesos em tratamento, Pitombo e sua equipe multidisciplinar de psicólogos, nutricionistas e clínicos montou grupos de WhatsApp e estão postando vídeos nas redes sociais para orientar e confortar. E tem dado resultado. Juntos, os vídeos já tiveram mais de 100 mil visualizações em apenas uma semana.

Fonte: Cid Pitombo é médico cirurgião, coordenador do Programa de Cirurgia Bariátrica do Rio de Janeiro, recordista em cirurgias bariátricas por videolaparoscopia no SUS. Já foram mais de 3.200 pessoas que passaram pelo procedimento no sistema público do Rio e Janeiro, com taxa de sucesso de 99%.

Projeto verão: ainda dá tempo de entrar em forma

Confira dicas fitness poderosas para eliminar os quilinhos e aproveitar a estação mais esperada do ano

Faltam pouco mais de 30 dias para o verão chegar. Há quem esteja satisfeito com os resultados que têm obtido durante meses de treino e alimentação regrada. Mas, para aqueles que não conseguiram inserir no dia a dia uma rotina fitness, nem tudo está perdido. Um mês é tempo o para correr atrás dos seus objetivos.

Giuliano Cangiani, Master Trainer da modalidade fitness Strong by Zumba, tem uma boa notícia para aqueles que querem mudar seus hábitos. “Ainda dá tempo para dar adeus àqueles quilos indesejados e definir o corpo para aproveitar a estação mais quente do ano sem culpa. O jeito é investir em uma modalidade de alta intensidade, que em até 60 minutos de treino, três vezes por semana, é possível ter o corpo mais definido em 28 dias”, ressalta.

O segredo para obter resultados satisfatórios em pouco tempo está na combinação de alimentação regrada e treino adequado. Escolher uma atividade física completa é fundamental. “O objetivo de um treino de HITT, por exemplo, é manter o batimento cardíaco elevado, otimizando a queima de calorias durante e após o treino — chamado de efeito EPOC, quando o organismo continua trabalhando após a atividade física, por conta da alta intensidade”, explica o especialista.

Giuliano Cangiani listou algumas dicas para quem quer dar o start no Projeto Verão e entrar em forma em poucos dias:

1. Comece 

corrida caminhada inverno
Não perca tempo lamentando que não começou a rotina de vida saudável no início do ano. Foque no que é possível fazer agora. Nunca é tarde para adotar hábitos saudáveis que irão beneficiar a sua saúde.

2. Escolha uma atividade física que combine com você

exercicio academia ginastica
Optar por um treino completo é fundamental, mas é essencial que seja prazeroso. Só assim o “projeto verão” vira uma rotina. Analise quais exercícios têm mais a ver com você. Eles vão te estimular a sair de casa para treinar.

3. Preze pelos exercícios de alta intensidade

agachamento - pop sugar
Foto: Pop Sugar

Os treinamentos funcionais, que utilizam o peso do próprio corpo, podem auxiliar no processo de definição e emagrecimento em curto prazo. Agachamentos com explosões e saltos, por exemplo, são exercícios que ativam o sistema cardiorrespiratório, melhorando a resistência do corpo e mantendo o metabolismo acelerado, proporcionando a queima de gordura.

4. Treinamento completo

divulgação strong by zumba.jpg
Foto: Strong by Zumba

Na correria do dia a dia, é natural não encontrar tanto tempo livre na agenda para treinar, especialmente no final do ano. Não é todo mundo que consegue passar horas na academia diariamente. Se você quer resultados rápidos, é importante pensar em uma modalidade que exercite o corpo todo em poucos minutos. Assim, é possível ter todos os grupos musculares trabalhados em uma única aula.

5. Não dispense os especialistas

fitnees ginástica exercicio academia
Treinar sozinho ou seguir uma dieta sem ter o auxílio de profissionais adequados não é o melhor caminho. É fundamental ser acompanhado por um nutricionista e outros médicos que possam avaliar a evolução do praticante de esportes, evitando qualquer lesão. O instrutor nas academias também tem papel importante, uma vez que está acompanhando de perto o aluno, desde a postura para executar os movimentos — evitando lesões – e toda a sua evolução.

Fonte: Strong by Zumba 

Projeto verão em boa forma: cuidado com o som alto nas academias

Intensidade da música durante a malhação pode chegar a 110 decibéis, 25 a mais do que o tolerado, segundo especialistas

O verão chegou e academias lotadas. Pessoas indo em busca do tempo perdido com aquela preguiça do inverno e outras correndo para manter tudo no lugar. O que todos querem mesmo é o corpo em forma, para fazer bonito em sungas e biquínis. E, para estimular a malhação, a música não pode faltar nas academias. E é aí que mora o perigo.

É preciso ficar atento ao volume em que os professores colocam as músicas. De acordo com pesquisa realizada na George Mason University, da Virgínia (EUA), o volume das músicas que embalam as aulas de spinning, zumba, jump e ginástica localizada pode atingir 110 decibéis, um nível extremamente perigoso e fator de risco para a saúde dos ouvidos, já que o excesso de barulho ao longo da vida pode acelerar a perda auditiva.

Além das músicas altíssimas, o ruído é causado também pelos frequentes gritos dos professores ao microfone para manter os alunos no ritmo da malhação e indicar a troca de exercício.

“Nosso ouvido tolera bem até 85 decibéis. Na medida em que o volume passa dos 100 decibéis, aumenta o risco de lesões na cóclea – órgão dentro da orelha responsável pela audição. Dependendo da frequência e do tempo de exposição ao som elevado, o aluno – e também o professor – podem sofrer danos auditivos de forma contínua e elevada ao longo da vida”, explica a fonoaudióloga Isabela Papera de Carvalho, da Telex Soluções Auditivas, que é especialista em audiologia.

academia-3

Professores de academia correm mais riscos

Os professores, por estarem em seu ambiente de trabalho por um tempo maior do que os alunos, sofrem ainda mais com o excesso de exposição ao barulho. Segundo estudo realizado em Curitiba, que investigou o perfil audiológico de 32 professores de academias de ginástica,15% deles apresentavam perda auditiva neurossensorial para frequências agudas. Zumbido (24%), sensação de ouvido tampado (15%) e baixa concentração (15%) foram as queixas mais relatadas por esses profissionais de educação física.

Portanto, para ao menos atenuar os riscos de danos à audição em razão do som em excesso na academia, é indicado o uso de protetores auriculares. O uso desses atenuadores, como também são chamados, já é obrigatório em muitas indústrias, para profissionais que trabalham em ambientes com ruídos da mesma intensidade que os emitidos nas academias. “Eles reduzem o volume excessivo, mas quem usa não deixa de ouvir o que as outras pessoas falam e nem as músicas”, explica a fonoaudióloga.

Atenção aos fones de ouvido

Nem só de aulas animadas se vive na academia. Os equipamentos para aquecer a musculatura ou queimar calorias, como esteira, bicicleta ergométrica, transport, entre outros, são super concorridos e os companheiros inseparáveis dos atletas são os fones de ouvido. Eles também podem ser um vilão para a audição se utilizados em volume muito alto e por longos períodos.

Alguns modelos permitem maior clareza da música sem que necessariamente o indivíduo tenha que aumentar o som. Esses geralmente se ajustam melhor ao ouvido, são mais confortáveis e permitem um máximo isolamento do barulho ambiente, estimulando o usuário a manter o volume em nível confortável aos ouvidos, já que assim, naturalmente, o indivíduo ouve melhor o som das músicas.

mulher ouvindo musica fone de ouvido stocksnap pixabay

“Recomendo às pessoas que usam fones de ouvido com frequência que façam uma avaliação chamada audiometria. É o exame que revela se o paciente já tem perda auditiva e como deve proceder, a partir daí, para evitar o agravamento do problema”, conclui a especialista da Telex.

 

Cinco motivos para não desistir da academia nas férias

É muito comum as pessoas pararem de praticar atividade física no período em que estão de férias, devido à mudança de rotina ou viagens. Mas parar de treinar, além de manter o seu corpo sedentário nas semanas de descanso, faz com que parte dos resultados já alcançados seja perdida. É por isso que o professor da Smart Fit, Tony Frota Batista, recomenda manter a prática de exercícios físicos, que mesmo em menor frequência, será muito benéfica ao corpo.

“Quando seu corpo se acostuma com um determinado ritmo de atividades, quebrar essa frequência pode tornar mais difícil voltar a praticar atividade física, ou seja, quanto mais tempo você ficar sem se exercitar, mais difícil será retomar a sua rotina”, explica Tony. O professor listou cinco motivos para você se animar e não ficar parado no período de férias. Confira:

1. Manter o corpo em movimento nas férias faz com que o reinício dos seus treinos regulares, após o período de descanso, seja muito mais fácil. O seu corpo terá mais disposição para voltar com força total, já que não parou de se exercitar.

Academia 2

2. Quebrar o ritmo de atividade física nas férias pode fazer com que você perca gradualmente os resultados que alcançou. Ou seja, perda de massa muscular, aumento de gordura corporal, diminuição de força, resistência cardiovascular etc. Esse é um dos principais motivos para continuar treinando, mesmo que em intensidade reduzida.

3. Nas férias você tem a possibilidade de experimentar novos horários para treinar, desta forma consegue fazer atividades diferentes, que não tenha praticado antes, ou que talvez não tenha tempo. Além de sair um pouco da rotina, o que é sempre bom para o corpo e a mente.

exercicio academia ginastica

4. Com a quebra no treino aeróbico, o corpo passa por uma reversão total ou parcial de adaptações psicofisiológicas, ou seja, interromper o treino por duas ou quatro semanas, acarretará em aumento da frequência cardíaca, perda de flexibilidade e diminuição do volume de sangue bombeado pelo corpo.

5. A prática de atividade física libera o hormônio serotonina e endorfina, responsável pela sensação de bem-estar e felicidade. Desta forma, interromper o treino pode causar diminuição da sensação de bem-estar, do humor e autoestima.

academia-1

Com esses motivos não tem desculpa para não treinar. Libere a dose diária de endorfina e sinta-se melhor ainda nas suas férias!

Fonte: Smart Fit

Dois Andares tem programação especial visando o verão

Com aulas especiais durante todo o mês, Centro Esportivo quer colocar seus alunos já no clima do verão. Cursos e aulas ao ar livre são outros destaques de outubro

O Centro Esportivo Dois Andares, no bairro Morumbi, já está entrando no clima do verão. Durante o mês de outubro serão realizadas aulas de treinamento funcional mais intensas para os alunos que estão de olho na estação mais quente do ano. Além delas, na programação mensal, haverá curso sobre metodologias corporais, aulas ao ar livre e a campanha Outubro Rosa.

O Centro foi idealizado pela medalhista olímpica Ana Moser em parceria com José Elias de Proença, preparador físico da seleção brasileira de vôlei e bicampeão olímpico.

Os alunos que buscam um desafio a mais já podem correr para a recepção para se inscrever na Campanha Verão Saudável, que trará aulas especiais com ainda mais intensidade durante todo o mês. As vagas são limitadas e estarão disponíveis até o dia 6, quando ocorre o início do desafio.

bola_yoga___cordas5
Divulgação/IEE)

No dia 7, das 9 às 17 horas, o professor José Elias de Proença irá explorar, juntamente à sua equipe de professores e convidados, diversos estudos sobre metodologias corporais, abordando temas como Pilates, organização do movimento, stretching global e movimentos funcionais. Esse é o quarto encontro dos profissionais com essa temática.

A Campanha Outubro Rosa também estará no Centro Esportivo Dois Andares. Do dia 16 ao 20, em diversas aulas, os professores do local irão mostrar seu apoio à luta contra o câncer de mama e abordarão o tema, com o objetivo de promover a conscientização sobre o autoexame.

No final do mês, no dia 28, a partir das 9 horas, será a vez do Módulo 8 do Programa Ferramentas da Educação Física e Esporte Educacional, que tem como tema “Liderança Juvenil com Esporte – Aprender Fazendo”. O programa Ferramentas da Educação Física e Esporte Educacional tem como objetivo capacitar profissionais na abordagem metodológica de esporte educacional desenvolvida pelo Instituto Esporte & Educação, proporcionando práticas e ferramentas pedagógicas inovadoras do ensino de Educação Física.

colchao ana moser

Ao longo de todo o mês, os paulistanos terão a oportunidade de participar de outras atividades. Confira:

– Ação na Praça Edgard Cavalheiro e João Alves da Silva, dias 2, 16, e 30 – , das 12h30 às 13h, aberta ao público
– Formação de jovens recreadores, dias 9 e 23, às 13 horas

beth_ ana_bola_yoga dois andares
Divulgação/IEE)

As inscrições para o curso ou os módulos independentes estão abertas e podem ser feitas pelo doisandares@doisandares.com.br.

Joelho é uma das articulações que mais sofrem por sobrecarga por treinos

Treinos desgastantes, postura incorreta e excesso de peso podem acarretar graves lesões na maior articulação do corpo humano

Lesões são preocupações comuns entre aqueles que praticam esportes e atividades físicas. O joelho, responsável por suportar grande parte do peso do corpo humano, é uma das partes que mais sofrem desgaste por exercícios incorretos e excessivos. Devido a isso, é necessário ter um cuidado extra com estrutura cartilaginosa formada pelos ligamentos do fêmur com a tíbia e patela.

“Treinos não monitorados por profissionais capacitados oferecem grande risco a graves lesões que podem prolongar-se por meses. Isso quando é possível a total recuperação da região lesionada”, conta Frederico Kempler, Professor de Educação Física, personal e coordenador da academia Turner Prime de Belo Horizonte (MG). Postura incorreta, movimentos errados e falta de intervalos adequados durante as séries são alguns dos motivos que podem causar as lesões.

joelho lesão

De acordo com o personal, para resguardar os joelhos de lesões é necessário fortalecer os músculos das pernas, quadril, abdômen e lombar, pois o fortalecimento destes músculos ajuda a distribuir o esforço nas diferentes articulações. “Usar tênis adequado para cada tipo de exercício é fundamental, uma vez que ele vai amortecer o impacto e suavizar a carga sobre o joelho”, explica.

joelho

Kempler ainda dá algumas dicas para quem deseja manter a articulação saudável:

· A despeito da pessoa desejar ou não o emagrecimento, a atividade aeróbica deve sempre ser acompanhada pelo fortalecimento muscular;

· Realizar um breve aquecimento antes de qualquer atividade física;

Stocksy mulher exercicio inverno

· Alimentação e hidratação adequadas evitam desgaste excessivo do corpo e consequentes lesões;

· Não ter pressa em ganhar músculos, pois a sobrecarga auxilia no envelhecimento das articulações;

· Respeitar os limites do corpo e nunca realizar atividades além da sua capacidade;

· Dormir bem é fundamental para a boa recuperação do corpo.

mulher-dormindo-sono

A recuperação de qualquer contusão não costuma ser fácil, exigindo tempo e esforço. “Existem vários tipos de lesões e cada uma delas demanda um tratamento específico. O ideal é procurar um médico ao menor sinal de incômodo. Se tratadas ainda no início, as lesões podem ser menos graves e de mais fácil recuperação. Sobrecarregar uma articulação já lesionada pode trazer graves consequências”, finaliza Frederico.

Fonte: Academia Turner Prime

 

Praticar exercícios no inverno queima mais calorias

Para quem quer emagrecer, estação fria é a melhor para espantar a preguiça e encarar os treinos

Sabemos como é difícil acordar mais cedo para ir à academia ou treinar à noite depois do trabalho durante o inverno. Automaticamente, o corpo pede alimentos mais calóricos, o que dá ainda mais preguiça e aumenta a vontade de permanecer debaixo das cobertas. Porém, poucos sabem que para quem quer emagrecer os dias mais frios são os que garantem os melhores resultados.

De acordo com o educador físico Thiago Arias, no inverno a queima calórica durante os exercícios é maior. “Como a temperatura ambiente é menor do que a corporal, o corpo tenta manter a temperatura equilibrada, o que aumenta a produção interna de calor e acelera o metabolismo. Aliada a uma alimentação saudável, é mais fácil emagrecer no inverno do que no verão”, explica.

exercícios inverno praia

Para não deixar o desânimo atrapalhar a prática da atividade física, a necessidade de se criar metas de curto e médio prazos nos dias frios é ainda maior. “Nessa época há um aumento do número de faltas, mas é importante que o aluno matenha sua motivação para continuar o treinamento. Promover desafios e incentivar os alunos é papel do profissional, mas eles também devem ter a consciência de que a prática física deve ser vista como um hábito”, aconselha.

É fundamental lembrar que embora temperaturas mais baixam sejam aliadas no emagrecimento, não se deve passar horas se exercitando e nem aumentar a intensidade dos treinos por conta própria. “Cada pessoa é de um jeito e possui objetivos diferentes, mas independente do que se busca deve ser feito acompanhado de um profissional”, alerta o educador físico.

exercicio academia

Fonte: Thiago Arias é formado em Educaçāo Física com licenciatura plena e bacharelado em treinamento desportivo pela FEFIS (Faculdade de Educação Física de Santos)  e pós-graduado em atividade física para grupos especiais e reabilitação cardíaca. É Personal Trainer com mais de 15 anos de experiência e proprietário do Thiago Arias Personal Studio & Pilates (Santos/SP), estúdio de treinamento individualizado multidisciplinar, com foco em resultados.

 

Expansão de academias preocupa cardiologistas

Número de academias no Brasil, segundo a Associação Brasileira de Academias (ACAD), aumentou mais de 100%. Ante tal expansão, falta de obrigatoriedade de atestados médicos para os frequentadores preocupa os cardiologistas

Desde de 2013, as academias de São Paulo não são obrigadas a exigir exames médicos semestrais e na admissão de cada um dos seus alunos. A mesma dispensa aconteceu em outros estados. Isso tem preocupado médicos e entidades que trabalham para reduzir casos de infarto em atletas e praticantes.

A aparência saudável não garante que a saúde do coração vá bem. Assim, para não colocar a vida em risco, é importante fazer alguns exames antes de iniciar qualquer atividade física, alerta o médico Nabil Ghorayeb, da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (SOCESP).

“Entre maio e abril de 2016, informalmente, foram contabilizadas 15 mortes de pessoas em academias e pistas públicas de treinamentos. As vítimas tinham entre 20 e 30 anos de idade e não fizeram avaliações médicas antes de iniciar as atividades. Três desses casos aconteceram na cidade de Campinas. Vale ressaltar que, até o momento, não se conhece os fatores que levaram os jovens a óbito, mas exames preliminares poderiam ter evitado as mortes”, pondera o cardiologista.

Esses casos reacendem o debate sobre a necessidade das academias exigirem avaliação médicas antes de ministrarem qualquer treinamento a seus frequentadores. O especialista da SOCESP frisa que não basta responder um questionário sobre o histórico de saúde do esportista.

academia-3

O médico explica que os exames devem ser prescritos por um cardiologista, que pedirá um teste ergométrico para aqueles indivíduos que tenham fatores de risco iminentes ou com idade acima dos 40 anos. “Mas, se a pessoa fará exercícios intensos, como Maratona, Triátlon, Crossfit e Spinning, tem de passar por uma avaliação mais detalhada, conforme as diretrizes da cardiologia do esporte”.

O especialista ressalta que mesmo quem iniciará atividades mais leves precisa submeter-se a um checkup para ver como está a saúde cardiovascular. Após os exames, deve pedir um atestado médico, sem custos adicionais.

Outra questão importante, segundo o médico, é a qualidade do atestado. “Se o documento estiver mal feito ou não traga nenhuma informação importante referente à atividade que o paciente irá iniciar, o individuo poderá recorrer ao Código de Defesa ao Consumidor. No caso de óbito, a família do paciente pode acionar judicialmente o médico que fez o atestado”.

Segundo Nabil, é importante iniciar a prática de atividade física, mas sempre com a orientação de um especialista. Os exercícios propiciam benefícios, como a prevenção de doenças cardiovasculares, obesidade, hipertensão e diabetes.

Fonte: Socesp

Etiqueta na academia: simplicidade é primordial

 

São muitas as fases na vida. Ora falamos de filhos ou de uma boa moradia, ora lutamos pela preservação do meio ambiente, mas nunca se ouviu falar tanto como hoje em dia sobre a conquista da longevidade e qualidade de vida. Com a chegada da primavera e dos aguardados dias mais quentes, o assunto não sai das rodas de conversa, e dos planejamentos.

academia-2

Para obter qualidade de vida, o ritmo de vida teve de se adaptar. Caminhadas, prática de esportes em geral ou frequência em academias fazem agora parte da rotina. E é lógico que mesmo em um local que para muitos parece ser desleixado, é necessário que as pessoas tenham cuidado com o comportamento, ainda mais quando tratamos de um lugar compartilhado onde convivemos com pessoas que mal conhecemos.

Para a consultora de etiqueta social Maria Inês Borges da Silveira, professora do Instituto Superior de Administração e Economia da Fundação Getúlio Vargas (ISAE/FGV), de Curitiba, na academia as pessoas devem ser corteses, simpáticas e cumprimentar a todos, mas é preciso evitar conversar demais para não tirar a concentração de ninguém durante os exercícios físicos.

academia-1

Quanto ao dress code, a profissional dá algumas recomendações. “Joias ou bijoux discretas e simples são aceitáveis, já as chamativas e grandes não combinam com o momento e podem machucar na hora do exercício. Adquira seu guarda-roupa de ginástica com tons que lhe favoreçam, discreto e confortável. A roupa clara fica transparente com a transpiração, além de dar volume. Para seu conforto durante o exercício, lembre-se de um tênis bem cômodo próprio para a ocasião”, detalha a especialista.

Maria Inês reforça a questão da simplicidade e conforto. “Mulheres sempre devem estar com os cabelos presos, com maquiagem discreta, ao contrário corre o risco de borrar, e sempre com pouco perfume. E não esqueçam, a roupa de ginástica é feita para usar durante a prática de exercícios físicos. Ou seja, esqueça dela em outros lugares e situações”, finaliza.

academia-3