Arquivo da tag: acne

Sete piores tipos de alimentos para a pele e por que você deve evitá-los

Acne, aceleração do envelhecimento, inflamações constantes e alergias. Descubra por que esses alimentos devem entrar na sua lista de bloqueio

Alguns alimentos podem impactar negativamente o equilíbrio do organismo em geral e, com isso, ajudar a provocar inflamações, acne, alergias, além de acelerar o envelhecimento cutâneo. “Eles geralmente são ricos em açúcares, sal e gorduras modificadas, as frituras de imersão, além dos alimentos ultraprocessados, que são os industrializados nos quais não conseguimos identificar os ingredientes à primeira vista. Eles são os maiores responsáveis pelo aumento do perfil inflamatório do organismo como um todo, além de promoverem estresse oxidativo, que resulta em maior liberação de radicais livres, em situações metabólicas que aceleram sobremaneira o envelhecimento cutâneo”, afirma a médica nutróloga Marcella Garcez, diretora e professora da Associação Brasileira de Nutrologia.

Quer saber quais alimentos você deve evitar de todo modo?

Freepik

Carboidratos, massas e pão francês: “Os pães brancos são feitos com farinhas refinadas e têm alto índice glicêmico, portanto são absorvidos rapidamente e, ao aumentar rapidamente os níveis circulantes de glicose e insulina, desencadeiam uma série de reações metabólicas com potencial aumento de perfil inflamatório e consequentemente o envelhecimento precoce ou acelerado, mesmo os livres de glúten”, explica Marcella. O envelhecimento da pele relacionado à alimentação é causado por um processo denominado glicação.

“A glicação é o nome dado para a ligação covalente entre duas fibras de proteína – o colágeno, por exemplo, é a proteína mais abundante na derme. Em uma pele normal, as fibras de colágeno estão ligadas de maneira padronizada, no entanto, dependendo da dieta, essas ligações podem aumentar. Quanto maior o cross-linking, maior a dificuldade de reparo dessas fibras, o que acelera a degeneração do colágeno. As fibras de elastina (outra proteína presente na derme) também aumentam o cross-linking devido à glicação, resultando numa pele menos flexível. A glicose é o principal ligante. Dessa maneira, uma dieta rica em açúcar e carboidrato é causa de envelhecimento, pois aumenta a glicação do colágeno e elastina da pele, impossibilitando o seu reparo”, afirma o dermatologista Daniel Cassiano, da Clínica GRU e membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Foto: Hans Benn/Pixabay

Frituras de imersão: batata frita, coxinhas, pastéis e todas as frituras de imersão impactam negativamente a saúde da pele. “Alimentos gordurosos no geral favorecem muito o surgimento da acne, pois estimulam a pele a produzir mais gordura através das glândulas sebáceas. Além disso, uma dieta mais gordurosa também faz com que sejam liberadas substâncias inflamatórias que podem estar relacionadas ao desencadeamento da acne”, afirma o farmacêutico Maurizio Pupo, Pesquisador, Consultor em Cosmetologia e diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da Ada Tina Italy.

“Existe um gene chamado TNF-alfa e ele está associado com o processo inflamatório; se o indivíduo tem um alelo (forma alternativa de um determinado gene) que leva a um processo inflamatório mais intenso, ele deve tomar cuidado com a alimentação, pois existem alimentos que são pró-inflamatórios e o consumo exagerado pode piorar a inflamação da acne e também o envelhecimento da pele”, afirma o geneticista Marcelo Sady, Pós-Doutor em Genética e diretor geral Multigene.

Free-Photos/Pixabay

Segundo a dermatologista Claudia Marçal, esse tipo de gordura ruim pode piorar casos de psoríase, alergias e dermatites. “O fato de ingerir proteínas glicadas também induz a glicação do colágeno e da elastina. As proteínas glicadas da nossa dieta são provenientes dos alimentos aquecidos em alta temperatura na ausência de água. A crosta marrom de um pão francês ou a pele tostada do peru de natal, por exemplo, contêm proteínas glicadas. Dessa forma, fritar (superficialmente ou por imersão) ou assar produzem mais proteínas glicadas que outros processos de cocção envolvendo água como o cozimento ou vapor. A restrição da ingesta de proteínas glicadas também diminui o estresse oxidativo e a inflamação da pele”, explica Cassiano.

Doces e guloseimas ricas em açúcares: comer açúcar não é uma boa coisa para sua saúde e aparência. “O excesso de açúcar em doces e bolos contribui para a formação de AGEs (agentes avançados de glicação) prejudiciais ao colágeno, mas também está envolvido em processos inflamatórios, como a acne”, explica a cirurgiã plástica Beatriz Lassance, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

“O açúcar refinado talvez seja o ingrediente isolado que mais acelera o envelhecimento cutâneo, por fatores intrínsecos, e a radiação UV é o principal fator extrínseco”, completa a médica nutróloga Marcella. Ao mesmo tempo, é difícil abandonar o vício em açúcar. O que fazer? Comece com um passo de cada vez. “Além de adequar o paladar, buscando consumir menos açúcar, é possível em muitas receitas substituir esse ingrediente por frutas mais doces e mel, que são fontes de vitaminas, ou versões mais ‘magras’, como o açúcar demerara ou o adoçante xylitol – também evitando o excesso”, completa Beatriz.

Foto: Yahoo

Carnes ultraprocessadas: salsicha, bacon e linguiça são exemplos de carnes processadas que podem ser prejudiciais à pele. “Essas carnes são ricas em sódio e gorduras saturadas, que podem desidratar a pele e enfraquecer o colágeno, causando inflamação”, lembra Beatriz. “Além disso, as carnes processadas trazem conservantes, corantes, grande quantidade de sal e seu consumo frequente tem consequências metabólicas indesejáveis na saúde da pele”, diz Marcella. Ou seja, elas roubam o brilho natural da sua pele, que perde viço. Esse tipo de proteína pode ser substituído por ovos e frango ou proteínas vegetais como feijão, grão-de-bico e ervilha.

Laticínios, manteiga e margarina: “As gorduras saturadas de origem animal, como a manteiga, são o segundo tipo de gordura a ser ingerida com muita moderação, por seus impactos negativos na pele. Pior que essa categoria somente as gorduras modificadas e as trans, presentes nas margarinas”, afirma Marcella. O perigo é que esses tipos de gorduras são potencialmente inflamatórios, aumentando os riscos de alergias, envelhecimento e acne.

Salgadinhos, bolachas e biscoitos: unindo gorduras trans, sódio em excesso, carboidratos simples em alta quantidade, além de corantes, aditivos e ingredientes desconhecidos, esse tipo de alimento é um dos principais causadores do envelhecimento da pele, por seu perfil pró-inflamatório, além de contarem com ‘calorias vazias’.

Refrigerantes e bebidas alcoólicas: segundo a médica nutróloga, os refrigerantes são bebidas ultraprocessadas que deveriam ser evitadas por todos, tanto as versões regulares, que são as piores quanto as dietéticas são desaconselháveis para quem quer envelhecer com saúde. “O problema é a alta quantidade de açúcar, aditivos, corantes que podem causar irritação, vermelhidão, enfraquecimento da barreira cutânea por meio da inflamação causada pelos seus componentes”, afirma Claudia.

“A bebida é, na verdade, um dos piores e mais agressivos compostos para destruir a pele. O álcool em excesso pode causar não só a desidratação, mas também a inflamação sistêmica, que colabora para a vermelhidão e envelhecimento da pele”, acrescenta a dermatologista. Ao beber dois ou mais drinks por dia, há uma enorme quantidade de dano que ocorre na pele: “O álcool afeta qualquer membrana ou mucosa, do pâncreas e fígado à pele. O primeiro efeito é a desidratação, uma vez que, na verdade, retira todo o fluido da pele. Se você olhar para uma mulher que está bebendo há 20 ou 30 anos e uma mulher da mesma idade que não tem esse hábito, veremos uma enorme diferença na pele”, afirma Claudia. Esse tipo de desidratação causa mais rugas, o que pode fazer você parecer até dez anos mais velho.

Por fim, Claudia Marçal afirma que alimentos como milho, soja e carne vermelha também podem aumentar o risco do aparecimento de acne e merecem atenção. “Isso porque são alimentos ricos em ácidos graxos do ômega-6, substância com efeitos que favorecem a inflamação”, afirma a dermatologista.

Já Marcella lembra que os laticínios são um capítulo à parte, pois apresentam inúmeras variações em suas composições, e a depender das sensibilidades, seu consumo deva ser individualizado, para não causar danos à pele e seus anexos. Mas existem alimentos que podem retardar o efeito do tempo.

“Um hábito alimentar equilibrado, variado e natural com boas fontes de proteínas magras, carboidratos complexos, fibras, gorduras boas como os ácidos graxos omega-3, presentes nos peixes de água fria, sementes e nozes, vegetais ricos em carotenoides que são todos aqueles de coloração verde, passando pelos amarelos, alaranjados e vermelhos, além dos ricos em polifenóis presentes nas frutas vermelhas e roxas, além do chocolate amargo”, diz a nutróloga. “Não podemos esquecer da água, que é insubstituível para a boa hidratação do organismo em geral e da pele, pois os cremes hidratantes apenas seguram na pele a água que foi ingerida”, finaliza.

Avon dá dicas de como evitar a mascne, acne causada pelo uso de máscaras

A chegada do novo coronavírus alterou completamente a nossa rotina e estilo de vida. Entre tantas mudanças incorporadas por nós, está a essencial proteção facial, através do uso obrigatório de máscaras. Entretanto, com o passar do tempo, ao adotarem este hábito, muitas pessoas têm sentido algumas reações na pele. Uma delas é a mascne, a formação de acnes em decorrência do uso de máscaras. Como a pele não está acostumada com o atrito do tecido e com a sensação provocada por ele, como o abafamento, é muito comum ela se sentir agredida e ocorrerem reações na sua superfície.

Assim, neste período é mais importante do que nunca escutar a nossa pele, ouvir os seus sinais e as suas demandas, com especial atenção para a região que fica sob ao tecido da máscara. Também é necessário redobrar os cuidados, já que a adoção de alguns hábitos simples no ritual de skincare podem fazer toda a diferença, minimizando as suas reações e problemas diante do uso destes acessórios protetores indispensáveis.

A Avon preparou uma rotina simples de skincare com os seus produtos para você adotar nestes tempos, mostrando como o cuidado com a pele pode te ajudar a evitar as reações causadas pelas máscaras.

  1. Primeiro passo: limpeza.

Como primeiro passo de todo ritual de skincare, a limpeza é uma etapa fundamental para retirar todas as impurezas da pele, e ajudar na posterior absorção dos produtos. Deve-se sempre utilizar um sabonete específico para a região do rosto. Inicie o seu ritual com o Renew Sabonete Gel de Limpeza Facial. Especialmente formulado com ingredientes antioxidantes e carvão, ele ajuda a eliminar as impurezas, a oleosidade e a maquiagem da pele, sem agredi-la ou ressecá-la.

  1. Segundo passo: tratamento específico com Vitamina C.

O segundo passo do ritual de skincare é composto pela aplicação da vitamina C, proporcionando um tratamento específico para a pele. A vitamina C é um poderoso antioxidante que combate os radicais livres. Ela ajuda a prevenir futuras manchas na pele causadas pelo uso da máscara.

 Você pode utilizar nesta etapa o Renew Vitamina C Superconcentrado Antioxidante, produto formulado com uma concentração de 10% de vitamina C pura, potente e estável, quantidade equivalente à encontrada em 30 laranjas. Ele auxilia na prevenção do envelhecimento e na uniformização do tom da pele. Além disso ele garante mais viço e luminosidade para a pele, deixando-a com aparência mais saudável e revitalizada, com um glow radiante. Lembre-se de aplicar o produto tanto no rosto, como na região do colo e do pescoço.

  1. Terceiro passo: proteção.

O terceiro e último passo do ritual de skincare é a proteção da pele, através da aplicação do protetor solar. É muito importante que ele seja usado mesmo dentro de casa, visto que a nossa pele ainda fica exposta a luz. Assim, finalize o seu ritual de skincare com a aplicação do Protetor Solar Facial Renew Advance Matte Anti-Idade FPS50. Ele possui a exclusiva tecnologia Avon RepairShield, para proteger contra os raios solares UVB/UVA e reparar os danos da pele causados pelo sol. Além disso, ele conta com uma fórmula não oleosa, leve, de rápida absorção, que deixa a pele com toque seco e efeito matte o dia todo*. Lembre-se também de aplicar o produto tanto no rosto como na região do colo e do pescoço.

*Baseado em estudo de percepção com consumidores.

A simples adoção destes três passos no seu ritual de skincare podem fazer toda a diferença e ajudar a sua pele a se prevenir contra a mascne e outras possíveis reações ao uso de máscaras. Caso tenha interesse, você também pode utilizar máscaras faciais que ajudam no combate a cravos e espinhas, como a Máscara Facial Removedora de Cravos Clearskin. Ela é formulada com Argila Branca e auxilia na remoção de cravos e de sujeira na pele, deixando uma sensação de suavidade. Além desta máscara facial, a linha Clearskin também possui outros produtos de tratamento completo para o controle de brilho e poros, o combate a espinhas e a limpeza de cravos. Lembre-se de consultar um dermatologista.

O preço sugerido para o Renew Vitamina C Super Concentrado Antioxidante é de R$ 99,90, para o Sabonete Gel de Limpeza Facial 150g é de R$ 31,90, para o Protetor Solar Facial Renew Advance Matte Anti-Idade FPS50 é de R$ 46,90 e para a Máscara Facial Removedora de Cravos Clearskin é de R$ 17,99.

Modo de uso

Renew Sabonete Gel de Limpeza Facial: Use diariamente pela manhã e à noite, massageando suavemente sobre o rosto úmido, enxague com água morna e seque suavemente com uma toalha. Sua pele estará pronta para continuar com o seu ritual de tratamento cosmético Renew.

Renew Vitamina C Superconcentrado Antioxidante: Aplique Renew Vitamina C pela manhã ou à noite, na pele limpa e seca. Dispense de 2 a 3 gotas do super concentrado na palma das mãos e, com as pontas dos dedos, espalhe suavemente no rosto, com movimentos de baixo para cima e de dentro para fora, evitando a área dos olhos. Deixe absorver completamente antes de aplicar seus produtos diurnos ou noturnos.

Protetor Solar Facial Renew Advance Matte Anti-Idade FPS50: Aplicar de manhã na pele limpa e seca uma pequena quantidade de loção na palma da sua mão, e espalhar suavemente pelo rosto, colo e pescoço em movimentos para cima e para fora, evitando a área dos olhos.

Máscara Facial Removedora de Cravos Clearskin: Aplique uma camada do produto sobre a Zona T (testa, nariz e queixo), e evite a área dos olhos, sobrancelhas e cabelo. Deixe secar e puxe delicadamente a máscara começando pelos cantos em direção ao centro do rosto. Enxague bem para retirar qualquer vestígio da máscara.

Todos os produtos Avon podem ser adquiridos por meio das revendedoras Avon ou pelo e-commerce. SAC: 0800 708 2866, de segunda a sábado das 8h às 20h.

Três tendências de beleza perigosas que você deve seguir somente com orientação médica

Médicos reforçam uma mensagem que deveria ser óbvia: nem todo modismo é seguro. Por isso, tome muito cuidado antes de se aventurar em uma tendência de beleza

Quando se trata de cuidados com a pele, parece que sempre há uma nova tendência. É necessário tomar muito cuidado com os modismos populares de cuidados com a pele ou de tratamentos estéticos. Nem todas as pessoas estão aptas a passar por algum procedimento, por isso a indicação médica é fundamental sempre. Abaixo, as três principais tendências que reforçam a ideia de que nem todo modismo é livre de ser perigoso:

Harmonização facial e injetáveis nem sempre são seguros

A aplicação de toxina botulínica e substâncias preenchedoras para rejuvenescer a face têm ficado cada vez mais populares. O problema é que, com a demanda por injetáveis crescendo cada vez mais, começam a surgir versões mais baratas destes procedimentos que, apesar de parecerem um bom negócio à primeira vista, podem trazer sérias complicações, ainda mais se forem aplicados por profissionais não-médicos.

“A aplicação de produtos de qualidade duvidosa pode levar a consequências como irritações, reações inflamatórias, alergia e infecções”, alerta a cirurgiã plástica Beatriz Lassance, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. “Quando falamos de preenchedores o cuidado deve ser ainda maior, pois ainda hoje são utilizadas substâncias como o metacrilato, um preenchedor permanente e de baixo custo que, apesar de ter registro na Anvisa, possui uma grande taxa de complicação a longo prazo, podendo provocar o aparecimento de nódulos endurecidos e avermelhados que necessitam de cirurgia para serem retirados”, destaca a cirurgiã plástica.

Dessa forma, é importante ressaltar que o procedimento deve ser realizado apenas por um médico, como um cirurgião plástico ou dermatologista. “Isso por que o procedimento requer grande conhecimento das estruturas faciais, visto que o rosto é uma região de grande vascularização, e destreza no manuseio de agulhas e cânulas por parte do profissional. Além disso, apenas o profissional especializado poderá realizar uma avaliação correta do seu rosto, tratando apenas as partes necessária para garantir um resultado natural e um procedimento sem complicações”, explica o cirurgião plástico Paolo Rubez, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

O tratamento antiacne sem prescrição pode piorar sua pele

A acne é uma doença inflamatória de pele que tem causa multifatorial e, se um dermatologista não for consultado, o corpo pode não responder tão bem ao tratamento. Na verdade, pode haver até mesmo um processo de piora: o chamado efeito rebote. “Existem alguns produtos que secam demais a pele, dando a impressão do controle da oleosidade, porém o sistema biológico desenvolve mais óleo para dar o equilíbrio necessário. Este desenvolvimento com produção de mais óleo é chamado de efeito rebote e, associado à descamação da pele causada pelo ressecamento, aumenta o acúmulo da acne, piorando o processo infeccioso e formando comedões”, explica a dermatologista Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Para um tratamento efetivo contra a acne, o primeiro passo é consultar um médico que fará uma verdadeira investigação para começar o tratamento. Em alguns casos, ele pode pedir um exame genético. Segundo o geneticista Marcelo Sady, Pós-Doutor em Genética e diretor geral Multigene, quando você sabe qual o genótipo de genes pró-inflamatórios, você consegue modular a expressão desse gene.

“Então se é um processo inflamatório exagerado que está piorando a acne, o que você pode fazer: você genotipa alguns genes, o TNF-alfa é um deles que está associado com o processo inflamatório, e se o indivíduo tem um alelo (forma alternativa de um determinado gene) que leva a um processo inflamatório mais intenso, você vai usar alguns ativos orais em uma determinada concentração para frear e adequar a expressão desse gene”, diz o geneticista.

“Isso significa que para haver essa adequação, você vai precisar de mais ativos orais ou tópicos em uma concentração maior, para frear essa maior produção, já que está sendo produzido em maior intensidade por esses dois alelos”, explica ele. E o exame pode ajudar até mesmo no controle da dieta, já que alguns alimentos estimulam a inflamação no corpo. “Então, se você tiver uma dieta adequada, você vai minimizar a inflamação sistêmica. E inclusive vai minimizar a inflamação na pele que está levando à acne”, afirma Sady.

Além disso, em alguns casos o médico pode indicar limpeza de pele feita por esteticista, que ajuda a limpar os cravos. E acredite: espremer o seu cravo em casa não é a mesma coisa que limpeza de pele. “Isso por que, quando você espreme um cravo, pode estar na verdade empurrando o sebo e as bactérias para o fundo do poro causando inflamação e até mesmo uma espinha. Podendo evoluir para uma cicatriz. O ideal é que a extração seja feita por uma profissional através da limpeza de pele para diminuir o risco de inflamações ao invés de alastrar o problema ainda mais”, afirma a dermatologista Paola Pomerantzeff, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Aspiradores de poros podem causar lesões na pele

Cravos são um desconforto estético para muitas pessoas, que utilizam das mais diversas técnicas para se verem livres destes poros entupidos de sebo e óleo. Uma dessas técnicas consiste na remoção das impurezas presentes nos poros por meio de gadgets conhecidos como removedores de cravos ou aspiradores de poros. Mas, afinal, esses aparelhos realmente funcionam? “Ao contrário dos cosméticos, que atuam sobre os cravos através da esfoliação e dissolução do sebo e células mortas, os removedores de cravos utilizam a sucção para extrair fisicamente as sujidades de dentro dos poros”, explica Paola.

“O problema é que esses aparelhos podem ser perigosos quando utilizados da maneira incorreta, pois a grande pressão exercida pelo dispositivo sobre a pele pode provocar o surgimento de lesões como cicatrizes, manchas, vasinhos e hematomas.” Segundo a dermatologista, o uso do aparelho é ainda mais arriscado para pacientes que sofrem com rosácea, pele sensível ou vasinhos no rosto, já que força da sucção pode agravar essas condições.

“Além disso, esses aparelhos também são pouco eficazes e funcionam apenas como uma solução temporária, já que os poros tendem a entupir novamente após certo tempo”, alerta a especialista. Além da rotina skincare recomendada pelo dermatologista, sessões de limpeza de pele com um profissional capacitado são fundamentais para a extração dos cravos já instalados na pele. Existem também medicamentos orais que podem acabar definitivamente com o problema em casos mais graves. “Caso você sofra constantemente com cravos e espinhas, o ideal é que você consulte um dermatologista”, finaliza Paola.

Mapa da acne: entenda o que ela significa em cada região do rosto

Luzia Costa explica sobre o assunto e as causas das espinhas

Na adolescência ou na fase adulta, o aparecimento de cravos e espinhas é um problema que afeta homens e mulheres de todos os estilos de vida. Por isso é importante entender um pouco sobre o que pode influenciar no aparecimento deles em nosso rosto.

“Acnes podem ser sinais que o seu corpo envia para você se cuidar mais”, completa Luzia Costa, fundadora e especialista da Sóbrancelhas.

Confira abaixo o significado de espinhas em cada área do seu rosto:

Testa: área que possui maior concentração de glândulas sebáceas e também o contato com cosméticos como xampus e condicionadores, pode influenciar no aparecimento da acne.

Queixo: o aparecimento da acne está relacionado, em sua maioria, com alterações hormonais.

Nariz: existe uma predisposição para o surgimento de cravos e espinhas. Mas os índices de vitamina B podem estar baixos também.

Bochechas: a acne que surge nesta região pode estar relacionada com um alto consumo de açúcar. Esta área também está conectada aos seus pulmões, fique atenta.

Entre as sobrancelhas: este aparecimento pode apontar que sua dieta não é saudável e baseada principalmente em alimentos gordurosos.

Ao redor dos olhos: área ligada aos seus rins, portanto qualquer alteração, pode significar falta de hidratação no organismo.

Têmporas e sobrancelhas: pode ser agravada por resquícios de produtos na pele ou maquiagem, por isso é importante a remoção correta desses produtos sempre.

Lábios: prisão de ventre e excesso de alimentos fritos e apimentados podem causar a presença de acne neste local.

Para acompanhamento, visite um dermatologista e faça o acompanhamento do tratamento.

Fonte: Sóbrancelhas

Dicas para evitar o surgimento de cravos e espinhas causados pela maquiagem

A acne é um problema que atinge grande parte da população, afetando cerca de 90% dos adolescentes e metade da população adulta. Dessa forma, é natural que muitas pessoas busquem na internet soluções para prevenir e tratar a condição. No entanto, é preciso lembrar que o ambiente virtual está repleto de informações incorretas. Uma informação muito disseminada, por exemplo, é que o uso de maquiagem provoca o surgimento de cravos e espinhas, o que, de acordo com a dermatologista Paola Pomerantzeff, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, não é verdade.

“A maquiagem causa espinhas apenas quando é aplicada de maneira errada, não é retirada corretamente ou os produtos usados não são específicos para a pele oleosa”, afirma. Então, para que você possa utilizar maquiagem sem se preocupar, a especialista listou 5 cuidados que devemos tomar na hora de se maquiar para prevenir o aparecimento de acne. Confira:

makeup brush and cosmetics, on a white background isolated

Escolha sua maquiagem com cuidado – assim como os dermocosméticos, as maquiagens também devem ser escolhidas de acordo com seu tipo de pele. “Por isso, caso você sofra com acne e pele oleosa, o ideal é procurar por maquiagens oil-free e não comedogênicas, ou seja, produtos que possuem uma textura mais leve e contam com ingredientes menos oleosos para evitar o entupimento dos poros”, aconselha a médica. Vale a pena investir também em maquiagens formuladas com ativos que atuem na prevenção, controle e tratamento da acne, como o ácido salicílico. “Porém, evite maquiagens líquidas muito pesadas e de alta cobertura, já que esse tipo de produto favorece o acúmulo de óleo e sujeira, levando ao entupimento dos poros e ao surgimento de cravos e espinhas.”

mulher limpeza pele rosto wiseGEEK
Foto: wiseGEEK

Prepare sua pele – antes de aplicar a maquiagem, lembre-se de realizar a rotina diária de cuidados com a pele. “Comece higienizando a pele com um sabonete que controle a oleosidade e seja formulado com ativos anti-inflamatórios. Após o sabonete, é necessário utilizar um tônico adstringente e, em seguida, aplique seu medicamento para acne, caso utilize algum. Não se esqueça também da hidratação, que deve ser feita com séruns ou géis formulados com ativos que promovam o controle da oleosidade, o que, além de ajudar a prevenir o surgimento de acne, também deixará a maquiagem com um resultado melhor”, recomenda a dermatologista. Para finalizar, aplique o protetor solar, que deve ter, no mínimo, FPS 30 e pode conter cor, o que vai te ajudar a poupar tempo na hora de aplicar a maquiagem.

limpando pincel everygirl
Every Girl

Utilize pincéis de maquiagem ou os próprios dedos – segundo Paola, o importante é evitar aplicar a maquiagem com os dedos ou pincéis sujos para que a oleosidade e sujeiras presentes nas mãos ou materiais não sejam transferidas para o rosto, favorecendo assim o entupimento dos poros. “Não se esqueça de limpar essas ferramentas após cada uso ou pelo menos a cada duas semanas, já que pincéis e esponjas podem acumular resíduos que, além de influenciarem no acabamento, textura e até na cor de sua maquiagem, podem causar alergias, irritações ou dermatites na pele, chegando até a contribuírem para a formação de cravos e espinhas”, alerta.

maquiagem annca pixabay
Pixabay

Não compartilhe pincéis e esponjas – “Apesar da acne não ser contagiosa, bactérias e sujidades que estão envolvidas na formação de cravos e espinhas podem ser transferidos de uma pessoa para a outra por meio dos pincéis e esponjas de maquiagem. Então, evite o compartilhamento dessas ferramentas.”

demaquilante limpeza pele mulher

Não se esqueça de remover a maquiagem – um dos principais cuidados para prevenir o surgimento de acne devido ao uso de maquiagem é removê-la de toda a face para evitar a obstrução dos poros. Mas não adianta utilizar produtos de higiene básica, como sabonetes e loções de limpeza, pois eles não são capazes de eliminar todas as impurezas. No lugar, aposte em um demaquilante ou cleansing oil. “Os demaquilantes em forma de loção, gel e espuma são ótimos para retirar os resíduos mais leves da pele, como restos de batom, blush e sombra em pó. Porém, para remover produtos de longa duração e a prova d’água, o melhor é utilizar demaquilantes bifásicos ou cleansing oil”, afirma a médica.

Beautiful girl wearing towel on her head worried about acne

Paola reforça que, caso você esteja sofrendo com um quadro constante e persistente de acne, o mais importante é visitar um dermatologista. “Apenas ele poderá identificar o real causador da acne e indicar o melhor tratamento para o seu caso, seja tópico ou oral”, finaliza.

Fonte: Paola Pomerantzeff é dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD), tem mais de 10 anos de atuação em Dermatologia Clínica. Graduada em Medicina pela Faculdade de Medicina Santo Amaro, a médica é especialista em Dermatologia pela Associação Médica Brasileira e pela Sociedade Brasileira de Dermatologia, e participa periodicamente de Congressos, Jornadas e Simpósios nacionais e internacionais.

Uso de máscara pode acelerar surgimento de espinhas

Especialista da Dermatus separou cinco dicas importantes para cuidar da pele e da saúde

Durante a pandemia causada pelo coronavírus, a máscara de proteção se tornou um acessório indispensável, e até mesmo obrigatório, na rotina de todos. Em algumas pessoas, a saúde da pele pode ser afetada na região abafada, criando sensibilidade ou até acne. Porém as máscaras são de extrema importância no dia a dia para aqueles que continuam com sua rotina de trabalho ou na hora de sair de casa.

Pensando nisso, Ivanilde Itaborahy, farmacêutica da Dermatus, farmácia de manipulação especializada em formulações de uso tópico e no desenvolvimento de dermocosméticos, deu dicas de cuidados na hora de manusear a máscara e cuidar da pele.

mulher acne mnt

“Ter uma rotina de cuidados é importante e necessária para melhorar a qualidade da pele e também, para aqueles que fazem tratamentos indicados por profissionais da saúde e estética, consigam manter os resultados”, explica Ivanilde.

Os cuidados diários como limpeza, tonificação, hidratação, revitalização e fotoproteção contribuem para um pele mais hidratada, prevenção do envelhecimento precoce e controle de oleosidade. Além de proporcionar melhoria na textura, viço, luminosidade, firmeza e elasticidade.

O uso da máscara de proteção pode parecer algo simples, porém existe uma maneira correta para vesti-la com maior segurança. Os cuidados com a pele da região também devem ser redobrados. Confira algumas dicas da farmacêutica a seguir:

1 – Para vestir a máscara lavar mais
É importante estar com as mãos limpas e não devemos tocar na parte frontal da máscara. Primeiro ajuste o elástico da máscara atrás das orelhas ou amarre as pontas atrás da nuca. Em seguida arrume na face cobrindo totalmente o nariz, boca e queixo.

2- Para retirar a máscara

pexels mulher colocando tirando mascara
Pexels

Na hora de tirar devemos ter muito cuidado. Toque somente nos elásticos presos nas orelhas. Após, lave bem as mãos e faça uma assepsia na máscara para o próximo uso.

3 – Rosto sempre limpo e hidratado

mulher madura mascara freepik
Freepik

É importante manter o rosto sempre limpo e hidratado, pois dependendo do material da máscara e o tempo de uso, algumas pessoas podem apresentar alguma sensibilização na região. No caso das peles mistas e oleosas, podem acentuar ainda mais a oleosidade, inclusive estimular o surgimento de acne. Neste caso é recomendado o uso de produtos específicos para sua pele.

4 – Utilizar fotoprotetor

mulher usando protetor solar
Continuar utilizando um fotoprotetor diário é essencial, mesmo estando dentro de casa.

5 – Uso de maquiagem

mulher usando mascara descartavel
Para quem desejar, a maquiagem pode ser utilizada normalmente, mas é importante sempre se atentar ao produto, ele deve ser adequado para cada tipo de pele. Em peles oleosas, os livre de óleo, com toque seco e efeito mate é o ideal.

Fonte: Dermatus

Acne na quarentena? Você não está só

Dermatologistas dão dicas de como tratar e prevenir as inflamações neste período

Você tem usado menos maquiagem, levado mais a sério o skincare e ficado menos exposta à poluição, mas mesmo assim parece que as espinhas voltaram com tudo nesta quarentena, certo? Fique tranquila, pois você não está sozinha.

Cerca de 40% de adultos, principalmente as mulheres, sofrem com o problema. Com o nível de estresse aumentado, é comum que a acne volte a aparecer neste período, explica a dermatologista Gina Matzenbacher, da Clínica Leger, em São Paulo.

“O que tem acontecido é um aumento do nível de estresse e, consequentemente, do nível de cortisol, que chamamos de hormônio do estresse. Por isso, temos uma piora da acne. Nosso organismo cria um processo inflamatório interno que vai resultar na piora das lesões, principalmente, para quem tem predisposição”, explica.

Se você está preocupada com cada inflamação que aparece no rosto, a também dermatologista da clínica Leger, Cibele Tamietti, tira algumas dúvidas de quem enfrenta o problema. Confira:

Algumas pessoas voltaram a ter acne neste período de isolamento. Isso é normal?

acne mulher mnt

Sim. A acne está muito relacionada aos hormônios e à qualidade de vida. Como este período tem mexido muito com o emocional e com o estilo de vida das pessoas, é comum que as espinhas voltem a aparecer.

Se estamos dentro de casa, menos expostos à poluição e maquiagens, por que isso acontece?

MULHER IPAD COMENDO DOCE

Outros fatores, além da poluição e maquiagens, podem causar acne. Entre eles está a má alimentação, principalmente composta de alimentos com alto índice glicêmico, a má qualidade do sono, o estresse e a falta de rotina – que pode levar a um menor cuidado com a pele.

O emocional neste momento influencia no aparecimento de espinhas? Por quê?

depressao ansiedade tristeza pixabay

Sim. O estresse emocional aumenta a produção do hormônio cortisol no organismo, que pode ocasionar a acne. O aumento do cortisol também está associado ao aumento da ansiedade, o que nos leva a uma busca maior por alimentos de alto índice glicêmico, como doces e chocolates, e que também contribuem para o surgimento da acne.

Quais são os cuidados necessários neste momento?

mulher lavando o rosto

Devemos ter alguns cuidados, como lavar o rosto diariamente com um sabonete próprio para a face. Também é importante optar por sabonetes para pele mista a oleosa. Vale ressaltar que devemos lavar o rosto de duas a três vezes ao dia, no máximo. O excesso de lavagem retira a oleosidade da pele, causando um ressecamento imediato e um efeito rebote, que consiste em um aumento da produção de oleosidade pelas glândulas sebáceas. Você também deve dar preferência para a lavagem com água fria ou morna, pois a água quente também estimula a hiperprodução sebácea. Outro cuidado importante é criar uma rotina diária de produtos antiacne e hidratantes faciais específicos para peles mistas e oleosas, que tenham ação matificante. Evite manipular ou espremer espinhas para que sua pele não fique com marcas, manchas ou cicatrizes. Quando estiver com acne inflamatória, evite usar produtos esfoliantes, buchas e até mesmo esfregar a toalha na região. Não leve muito as mãos ao rosto. E, por último, tente não usar maquiagens e, caso não consiga, dê preferência para as não comedogênicas. Não esqueça de retirá-las antes de dormir.

Existe alguma rotina de skincare que é aconselhável para quem está sofrendo com a acne?

shutterstock mulher pele rosto

Ao acordar pela manhã, lave o rosto com o sabonete adequado. Logo em seguida, use produtos antiacne e, por último, o filtro solar. À noite, repita o processo de lavar o rosto, use o hidratante específico para a sua pele e, em alguns casos, um produto antiacne noturno, geralmente com ácidos. Não esqueça que para toda essa rotina é preciso a orientação de um dermatologista capacitado. É preciso ter uma constância na aplicação dos produtos para obter um bom resultado. Usar pontualmente na acne ou usar no rosto todo, mas de forma irregular ou eventual, pode não surtir o efeito esperado.

Existe alguma receitinha caseira que auxilia no tratamento?

camomila compressa traditional medicinals
Tradicional Medicinals

Existem muitas receitinhas caseiras para acne, mas é preciso salientar que nenhuma delas têm respaldo científico. É necessário muita cautela ao usar algumas dessas “receitas milagrosas”, pois podem causar alergias na pele, como dermatites de contato. O mais inofensivo, que, inclusive indico após os procedimentos, é a compressa de chá de camomila gelado. Ela tem efeito calmante que pode ser usado em acnes muito inflamatórias para diminuir a “vermelhidão” da pele.

Neste momento é importante passar filtro solar mesmo estando dentro de casa?

protetor solar creme rosto mulher

Sim. O filtro solar deve ser usado mesmo em casa, principalmente, os com proteção física ou com cor. Além de proteger contra as radiações ultravioletas, eles também protegem contra a luz visível. Atualmente, sabemos que a luz visível contribui para o envelhecimento cutâneo, o aparecimento ou piora das manchas da pele, a produção dos temíveis radicais livres e para a piora de algumas dermatoses fotoinduzidas.

Quem não está com acne, qual skincare é aconselhável como prevenção?

mulher madura espelho pele

Manter a rotina diária de lavar o rosto com sabonete próprio para o seu tipo de pele e usar, no mínimo, hidratantes faciais e filtro solar. Se optar por produtos específicos para tratar rugas, manchas ou outras patologias, procure a ajuda de um dermatologista.

Fonte: Clínica Leger

Aparelho portátil multifuncional depila, trata acne e rejuvenesce a pele com rapidez

Desenvolvido pela Basall, iPilator conta com sistema de substituição de lâmpadas para oferecer três funções no mesmo aparelho, atuando na remoção de pelos, rejuvenescimento e combate à acne com segurança e agilidade.

iPilator é um portable device desenvolvido pela Basall para agir na remoção de pelos, rejuvenescimento facial e combate à acne. Com um sistema de substituição de lâmpadas, sendo que as lâmpadas para rejuvenescimento e combate à acne são vendidas separadamente, o aparelho age na depilação dos pelos ao converter a luz pulsada em calor, enfraquecendo progressivamente os folículos pilosos e, consequentemente, inibindo o crescimento dos pelos.

ipilator_produto02

Com ponteiras que abrangem maior área por disparo, acelerando assim a duração do tratamento, o iPilator também é capaz de rejuvenescer diversas partes do corpo, incluindo mãos, face e colo, ao estimular a produção de colágeno e fibras elásticas, sendo assim um aliado importante para recuperar a elasticidade e a firmeza da pele, reduzindo rugas, linhas de expressão e manchas que surgem devido ao processo de envelhecimento.

Portátil, podendo ser facilmente transportado e utilizado em qualquer lugar, o equipamento também age no tratamento da acne ao incentivar o desenvolvimento de substâncias fotoativas na epiderme que serão, em seguida, absorvidas pela pele, favorecendo assim a liberação de íons de oxigênio individuais capazes de destruir a Propionibacteriom acnes, bactéria causadora da acne. O produto tem uso contraindicado para peles bronzeadas e de fototipos mais altos.

ipilATOR 333

Com três funções no mesmo aparelho, o iPilator tem mecanismo de ação à base de Luz Intensa Pulsada, sendo o único aparelho do tipo a possibilitar disparos contínuos, o que aumenta a agilidade e a eficácia dos tratamentos. Além disso, o dispositivo também é extremamente fácil de ser usado, pois conta com um display LCD capaz de mostrar o nível de energia, o número de pulsos suportados pelas lâmpadas e o tipo de lâmpada conectada ao aparelho.

Por fim, o iPilator é ainda extremamente seguro, pois é o único aparelho para tratamento com luz pulsada do mercado que conta com um leitor de cor de pele que só libera o dispositivo para uso quando em contato com fototipos dentro do espectro de cor permitido para luz pulsada.

Indicação: Depilação, tratamento da acne e rejuvenescimento facial e corporal.

ipilator

iPilator  – Preço: R$ 1.850,00

Informações: Basall– SAC: (35) 3559 2518

 

Cresce o número de casos de mulheres adultas com acne

O Brasil virou referência mundial no tema ao lançar guia de conduta prática para abordagens terapêuticas da condição que afeta a qualidade de vida e a autoestima das paciente

Ao contrário do senso comum, a acne é uma doença que acomete também os adultos, especialmente mulheres entre 25 e 40 anos. Estima-se que haja mais de 16 milhões de brasileiras com esta condição, sendo que a proporção é de quatro pacientes do sexo feminino para o masculino. Mas esse número pode ser maior, já que tem se observado que a incidência da acne em adultos vem aumentando.

mulher acne mnt

Estimativas indicam que 40% das mulheres acima de 25 anos têm acne e, é importante ressaltar que nesta faixa etária, a doença conserva características específicas. Chamada de AMA (Acne da Mulher Adulta), a condição diferencia-se da acne vulgar por estar relacionada a alterações genéticas, além de fatores relevantes como histórico familiar, alterações hormonais, tipo de pele, estresse, hábitos de vida, entre outros fatores. A AMA ainda se caracteriza por ter evolução crônica, o que exigirá um tratamento de longo prazo.

Recentemente, um estudo conduzido pelo dermatologista Marco Rocha, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), ajudou a esclarecer um dos aspectos dessa doença, que interfere diretamente na autoestima e qualidade de vida das pacientes. Após acompanhar um grupo de mulheres entre 26 anos e 44 anos, o pesquisador chegou à conclusão de que a acne neste perfil de pacientes está associada à uma alteração genética, que mantém o estímulo da reação inflamatória presente na condição. O mesmo estudo também apontou como a acne afeta o estado emocional dessas mulheres, levando à depressão e transtornos de ansiedade, independentemente da gravidade do quadro.

Nessas pacientes, explica o médico, foram notadas alterações genéticas que mantém a reação inflamatória da pele. “As glândulas sebáceas presentes na pele possuem receptores (Toll-like 2) que podem se ligar a determinados micro-organismos. Em mulheres adultas com acne, há maior expressividade desses receptores que, ao se ligarem à bactéria Cutibacterium acnes, comum na pele de toda a população, resultam em um tipo de acne com características mais inflamatórias, com pápulas avermelhadas e dolorosas”, informa o dermatologista, responsável pelo levantamento.

Outro ponto que diferencia esta nova forma de acne é que, enquanto a acne da adolescência (ou vulgar) costuma se manifestar na “zona T” do rosto (testa, região superior das bochechas e nariz), a acne na mulher adulta conta com a distribuição das lesões mais frequente na “zona U” – composta pela mandíbula, queixo e pescoço.

acne mulher mnt

Mas por que é tão importante diferenciar a AMA da acne vulgar, aquela que surge na adolescência? “Além de afetar negativamente a autoestima das mulheres, impactando até mesmo na rotina de trabalho, a prevalência da acne da mulher adulta vem aumentando”, alerta a dermatologista Ediléia Bagatin, professora da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp). “Além disso, diferenciar os dois tipos da doença é essencial para a escolha do tratamento adequado para a mulher adulta e o melhor controle da doença”, completa.

A vida moderna explica parte deste aumento no número de casos da acne em mulheres adultas. Alguns hábitos de vida, como consumo excessivo de alimentos com alta carga glicêmica e certos laticínios, a obesidade, o estresse, o tabagismo e a exposição excessiva ao Sol estão entre as causas e os fatores agravantes para a acne na mulher adulta.

Além disso, lembra a dermatologista, “é preciso investigar ainda se o quadro está relacionado com alterações hormonais ou doenças endócrinas, como a síndrome do ovário policístico, por exemplo”.

A boa notícia é que é possível tratar a doença, e o caminho pode estar na combinação de terapias. O guia de conduta clínica da AMA, publicado em fevereiro de 2019, sugere a utilização de um produto tópico, como o ácido azelaico, e um antiandrógeno sistêmico, como a pílula anticoncepcional, como ferramentas terapêuticas eficazes no tratamento da doença.

Referência na área

274172_573153_saiba_como_se_livrar_da_acne_web_

As particularidades dessa modalidade de acne são tantas que existe um movimento dentro da dermatologia para que ela seja classificada como uma doença à parte da acne comum. E o Brasil tem sido considerado uma das referências nesta área de estudo.

O guia de condutas clínicas, “Acne da mulher adulta: Um guia para a prática clínica”, foi desenvolvido por um grupo de médicos especialistas no assunto, coordenados pela Professora Ediléia Bagatin, na Unifesp. Publicado nos Anais Brasileiros de Dermatologia, da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), o artigo científico ganhou destaque na comunidade científica por ser dedicado apenas a essa doença.

No Brasil, a pesquisa dermatológica na área tem se diferenciado não só por liderar uma série de descobertas e ganhado expertise no assunto, mas também por enxergar a paciente de forma holística. “Não se trata somente de uma doença de pele, mas de uma paciente que tem a sua vida totalmente afetada pela condição. Acredito que a área ganhou destaque nos últimos anos, não apenas por conta do nosso conhecimento na área e estudos científicos avançados, mas também pela relação médico-paciente”, conclui Rocha.

Fonte: LEO Pharma

Alimentos que favorecem o surgimento e piora do quadro acneico

Dermatologista Claudia Marçal explica quais alimentos consumidos em nosso dia a dia podem aumentar as probabilidades da acne se desenvolver

A acne é uma das doenças de pele mais comuns e atinge a maior parte da população em algum momento da vida, independentemente do sexo e idade. “O problema acontece quando há uma hiperprodução de sebo pelas glândulas sebáceas. Este sebo, quando misturado com as células mortas da pele, acaba entupindo os poros, que ficam inflamados devido as bactérias que compõem a microflora do tecido cutâneo, levando então a formação das espinhas”, afirma a dermatologista Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Segundo a médica, as causas da doença são variadas e podem ser devido a herança genética, alterações hormonais e até mesmo disfunções psicológicas. Mas o que poucos sabem é que a alimentação também é um fator de grande influência no surgimento do quadro acneico, pois age diretamente em vários processos metabólicos do organismo humano. E, quando se trata dos gatilhos alimentícios para acne, a lista é longa. Enquanto alguns alimentos ainda estão em estudo para verificar se podem realmente causar acne, outros já são praticamente um consenso entre os especialistas.

Abaixo você pode conferir 4 destes alimentos:

whey

– Leite: “Diversos estudos têm relacionado o consumo excessivo de leite ao surgimento da acne sob a teoria de que os hormônios do laticínio podem promover o estímulo da atividade hormonal, da inflamação e da produção de sebo e bactérias, fatores que estão diretamente associados a doença.” O uso de suplementos como Whey Protein, que é a proteína do leite, também merece acompanhamento mais rigoroso, uma vez que ele já foi indicado em estudos como influenciador importante no desenvolvimento de acne resistente, já que, por ser rico em IGF-1, um hormônio semelhante à insulina 1, o pó pode aumentar a produção de sebo, que está associada ao desenvolvimento da acne. “Além disso, esse suplemento pode desencadear a produção de andrógenos, ou hormônios que funcionam como hiperestimulantes das glândulas sebáceas e causam também inflamação. Isso pode obstruir os poros e favorecer o aparecimento da acne”, afirma a dermatologista. Também é preciso ter cuidado com os derivados do leite, como iogurtes e queijos.

276832_581079_chocolate_em_barras_1

– Chocolate ao leite: “O chocolate ao leite é um dos alimentos que ainda gera controvérsia entre os estudiosos, pois, apesar de existirem poucos estudos sobre a guloseima propriamente dita, sabe-se que outros componentes presentes nos chocolates, como açúcar e leite, estimulam a produção de óleo, sendo assim prejudiciais para quem sofre com acne.”

carne moida pixabay
Pixabay

-Alimentos ricos em Ômega-6: “Alimentos como milho, soja e carne vermelha também podem aumentar o risco do aparecimento de acne, isso porque são alimentos ricos em ácidos graxos do ômega-6, substância com efeitos que favorecem a inflamação.”

farinha werbefabrik pixabay
Foto: WerbeFabrik/Pixabay

– Farinha branca e frituras: “Alimentos que contam com farinha branca também devem ser evitados por quem sofre com acne, pois o ingrediente é rico em carboidratos simples que aumentam a produção de insulina, substância que favorece a produção de hormônios que, assim como os alimentos gordurosos, estimulam a pele a secretar grandes quantidades de óleo e de sebo, o que aumenta a probabilidade de desenvolver acne.”

274172_573153_saiba_como_se_livrar_da_acne_web_

Sendo assim, é fundamental a consulta com um dermatologista caso você sofra com acne. A maioria dos dermatologistas está ciente de que a dieta influencia o surgimento de acne e poderão incentivar você a melhorar sua alimentação para ajudar no tratamento do problema. “Além disso, através da avaliação de sua pele, o médico poderá indicar os melhores tratamentos, que podem incluir desde cosméticos tópicos até medicamentos orais e procedimentos em consultório. Vitaminas orais como FC Oral (Fosfoliopídeos de Caviar e probióticos também podem ser usadas para diminuir a inflamação, bem como cremes com Acneol SR”, diz Claudia.

Fonte: Claudia Marçal é médica dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD), da American Academy Of Dermatology (AAD) e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica (SBCD). Possui especialização pela AMB e Continuing Medical Education na Harvard Medical School. É proprietária do Espaço Cariz, em Campinas – SP.