Arquivo da tag: agua doce sabores do brasil

Páscoa: Água Doce lança combos especiais com foco no delivery

São quatro opções de refeições completas compartilhar com reunir família e amigos

Para muitas pessoas, a Páscoa é uma oportunidade ideal para reunir a família e os amigos para celebrar. Pensando nisso, a Água Doce Sabores do Brasil, referência no segmento Food Service, lança combos especiais para o delivery para quem deseja aproveitar o dia em casa. Os clientes contam com quatro opções que incluem entrada, salada e prato principal, disponibilizadas em aplicativos de entregas em diferentes regiões, onde a marca atua. Atualmente, a rede possui 80 restaurantes presentes em sete estados brasileiros.

O primeiro combo é para quem busca uma opção com pratos que levam carne suína e de frango, já que é composto por linguiça empanada como petisco, a tradicional Salada Refrescante da Água Doce, que leva frango desfiado, acelga, manjericão e batata palha, e Parmegiana de Suíno. Já a segunda opção, conta com o Frango Minas, que são iscas de frango empanadas, molho branco com palmito e ervilha e mussarela, como prato principal, além de contar Bolinhos de Linguiça e a Salada Refrescante.

Para aqueles que preferem seguir a tradição e consumir receitas com peixes, a Água Doce formou um combo com Isca de Pintado, a Salada da Casa feita com palmito, tomate e alface, e Tilápia com Alcaparras, novidade no cardápio. Ainda seguindo a premissa da festividade, o último combinado conta das Iscas de Tilápia, acompanhada pela Salada da Casa e pela Tilápia du Chef. Todas as opções da rede servem até três pessoas, proporcionando comodidade e praticidade para os clientes.

“Em datas especiais e feriados, procuramos criar combos temáticos com o objetivo de levar até a mesa dos consumidores refeições completas e que não acarrete trabalho para eles durante o preparo, possibilitando mais tempo para o lazer. Para a Páscoa deste ano, buscamos trazer variedade nas combinações para atrair diversos tipos de clientes, tanto aquele que segue a tradição como os que preferem ter novas experiências de consumo. Queremos levar para a casa do consumidor refeições cheias de sabor. Além disso, os combos temáticos permitem aos franqueados dos restaurantes aumentar o tíquete médio das operações em até 20%”, comenta Júlio Bertolucci, diretor de franquias da Água Doce.

Para saber valores das combinações de Páscoa, o cliente deve entrar em contato com o restaurante mais próximo da residência. Além disso, a rede oferece opções de coquetelaria e um cardápio destinado às sobremesas, ideal para deixar a refeição mais completa. Há mais de 30 anos no mercado de alimentação, a Água Doce é conhecida por oferecer um menu diversificado de receitas da culinária brasileira, com destaque para os escondidinhos e as parmegianas, que contam com diferentes versões.

Fonte: Água Doce

Dia de São Cosme e Damião; comemore com receita de caruru

Quando falamos em Cosme e Damião vêm à mente aquele costume de dar doces às crianças. Porém, o prato-símbolo da festa de São Cosme e Damião, celebrada hoje, 27 de setembro, é o caruru.

Na Bahia a data é comemorada com grandes banquetes e o cozido de quiabos não pode faltar. Ele costuma ser servido ainda com xinxim de galinha, vatapá, feijão-fradinho, camarões, acarajé, tudo regado a muito azeite de dendê.

Aproveitando a data, a Água Doce ensina como preparar caruru em homenagem aos padroeiros, confira:

Caruru

Ingredientes
1kg de quiabo
3 colheres (sopa) de cebola picadinha
2 dentes de alho
30g de gengibre ralado
500ml de água quente
100g de castanha de caju
100ml de azeite de dendê
100ml de suco de limão
3 colheres (café) de sal
Cheiro verde a gosto

Modo de preparo
Aqueça o azeite de dendê. Frite a cebola e o alho e, em seguida, acrescente o gengibre e deixe refogar por alguns minutos. Coloque para refogar o quiabo e a castanha de caju. Após, acrescente a água quente e o suco de limão, deixe cozinhar até que a água reduza bem. Verifique se o quiabo está bem macio e sem nenhuma baba. Finalize com o cheiro verde e sirva.

Foto: Bruno Marconato

Tempo de preparo: 40 minutos

Grau de dificuldade: fácil

Fonte: Água Doce Sabores do Brasil

Dia do Sorvete: confira tendências da área, ofertas especiais de franquias e receitas para comemorar

Sobremesa que delicia milhões de aficionados ao redor do mundo tem sua data celebrada no próximo dia 23 de setembro

Delicioso, refrescante e sobremesa queridinha de milhões de aficionados mundo afora, o sorvete tem um dia para chamar de seu. Em 23 de setembro comemoramos o Dia do Sorvete. Estudos mostram que sobremesas, entre elas os sorvetes, são importantes complementos nas receitas dos negócios de alimentação. De acordo com o levantamento “Percepções do Delivery na Pandemia”, fruto de uma parceria da AlmoçoGrátis com a Galunion Consultoria, empresa especializada no setor de alimentação fora do lar, deliveries que focam em sobremesa podem ter aumento de 44% em seu tíquete médio.

Já a Pesquisa Setorial de Food Service 2021 – realizada pela Associação Brasileira de Franchising (ABF) em parceria com a Galunion e divulgada em junho durante a ABF Franchising Week indicou que 47% das redes pesquisadas lançaram uma nova sobremesa em seus menus em 2020.

A Galunion mapeou seis tendências para o setor de sorvetes, baseadas em análises de vários conceitos e opções disponíveis em diversos países: “Better-for-you”, um novo conceito de saudável e saudabilidade; Sem leite, tendência que não para de ganhar força e que aparece cada vez mais tanto nos sorvetes artesanais como nos industrializados; Clean label, que usa poucos e conhecidos ingredientes do mercado, sem insumos artificiais que o consumidor não entenda; Customização: tendência global há algum tempo, pode trazer uma experiência única, indulgência e alimentação personalizada para saúde e bem-estar; Combinações de sabores e Sabores globais.

Para lembrar e comemorar a data, redes de franquias prepararam algumas promoções e receitas especiais de sorvete.

Chocolateria Brasileira

A Chocolateria Brasileira, rede reconhecida pelos chocolates finos, também é uma opção para quem pretende comemorar o Dia Mundial do Sorvete, muito bem acompanhado. A dica é pedir a sobremesa Choco Brasil, uma taça que serve duas pessoas por R﹩ 39,50, composta de sorvete de creme, petit gâteau, ganache de chocolate ao leite, farofa doce e frutas da época.

Croasonho

Em comemoração ao Dia do Sorvete, celebrado no próximo dia 23 de setembro, a Croasonho, única rede de franquias do País especializada em croissants recheados, preparou uma promoção refrescante para os croalovers. Na compra de um Croasonho G mais uma bebida, o cliente ganha uma bola de sorvete, para deixar seu pedido ainda mais saboroso. A ação é válida somente no dia 23, para compras feitas nas lojas físicas, ou seja, não se aplica ao delivery.

Ice Creamy

No Dia do Sorvete, a Ice Creamy – maior rede de sorvete na pedra do Brasil, composta por 80 lojas em 20 estados brasileiros – vai sortear um kit bem especial, com tudo o que é necessário para preparar um verdadeiro gelato em casa. “Trata-se de uma caixa composta por ingredientes, chocolates, toppings, um pote acrílico, um livro exclusivo da marca e o melhor: minha receita para preparar um delicioso sorvete”, explica Emmerson Serándin, fundador da marca e mestre sorveteiro. Para participar do sorteio, basta curtir o perfil da Ice Creamy o Instagram (@icecramysorvetes) e seguir as instruções que estarão detalhadas num post especial. A data do sorteio também será divulgada no Instagram da Ice Creamy.

Kekala Custom Picolé

Idealizado pela jovem empreendedora Amanda Tonon, o Kekala Custom Picolé é o primeiro picolé do mundo que pode ser recheado na hora pelo cliente. É possível escolher entre quatro bases, oito coberturas e oito recheios para criar mais de 300 combinações dessa sobremesa inédita. As unidades são comercializadas por meio de franquia e já são mais de 20 pontos espalhados pelos municípios dos estados de São Paulo, Santa Catarina, Rio de Janeiro, Paraná, Minas Gerais e Ceará. Os resultados nas redes sociais da Kekala impressionam, principalmente por serem orgânicos: já são 110 mil seguidores e 15 milhões de visualizações nos conteúdos, tudo impulsionado pelos próprios clientes que se fidelizam com o picolé.

A base da sobremesa pode ser escolhida entre leitíssimo, chocolate, açaí e morango. Os recheios são Nutella, Leite Moça, Ovomaltine, chocolate ao leite, trufa branca, trufado, Ninho e pistache. E as coberturas variam entre chocolate ao leite, chocolate branco, chocolate amargo, Ferrero, Ninho, Ovomaltine, Rafaello e um sabor sazonal, que finalizam com chave de ouro a montagem totalmente customizável do Kekala Custom Picolé.

Mr. Cheney

Em todas as lojas da cookie store, os consumidores que comprarem qualquer cookie clássico, poderão transformá-lo na supersobremesa Cookie Ice Mountain, adicionando uma bola de sorvete de creme, chantilly e calda de caramelo ou chocolate por mais R﹩ 3. A sobremesa, além de deliciosa, é perfeita para compartilhar com amigos, o crush ou apenas comer sozinho.

O valor das sobremesas varia de acordo com a região e plataforma de compra. A promoção do Dia do Sorvete será válida apenas para a data 23 de setembro nas lojas físicas do Mr. Cheney em todo o Brasil.

Rochinha

As lojas da Sorvetes Rochinha têm uma ação especial para comemorar Dia Nacional do Sorvete, comemorado no dia 23 de setembro. Os consumidores que apresentarem a carteirinha de vacinação com a primeira ou a segunda dose da vacina contra a Covid-19, ganhará uma bola de sorvete em lojas selecionadas da marca na capital paulista, litorais, Interior, Paraná e Santa Catarina.

A troca será válida para os sabores de verão da marca Uvaia e Cambuci – frutas ícones da Mata Atlântica Paulista, lançados em 2021. Os sabores levam em suas receitas as geleias de Uvaia e Cambuci, produzidas pela Paca Polaca, marca de empreendedorismo social de Clarice Reichstul, parceira do Instituto AUÁ. As matérias-primas são feitas de maneira artesanal, em panela de cobre, com receitas centenárias de tradição judaico-polonesa. As frutas, com tons mais ácidos, encontraram na base de natas desenvolvida pela Sorvetes Rochinha um equilíbrio surpreendente assim que o produto é levado à boca, tornando a experiência de paladar única e especial.

Receitas

Torta de Sorvete (Água Doce Sabores do Brasil)

Ingredientes para o creme
1 lata de leite condensado
2 colheres (sopa) de amido de milho
50ml de leite
4 ovos
1 lata de creme de leite

Modo de preparo
Bata no liquidificador o leite condensado, o amido de milho, o leite e as gemas. Depois coloque em uma panela e leve ao fogo até formar um creme, mexendo sempre. Deixe esfriar e reserve. Em uma batedeira, bata 4 claras em neve. Em seguida, acrescente o creme de leite e bata mais cinco minutos.

Ingredientes para a calda
3 colheres (sopa) de chocolate em pó
100ml de leite
1 colher (sopa) de manteiga

Modo de preparo
Misture os ingredientes e leve ao fogo mexendo até formar uma calda.

Montagem:
Eem uma fôrma de pudim, coloque a calda de chocolate e despeje, por cima, o creme. Leve ao congelador por duas horas. Desenforme e sirva.

Rendimento: 8 porções

Kiwi Mágico (Água Doce Sabores do Brasil)

Ingredientes
1 dose de vodca
1 dose de licor fino
1 colher (sopa) de leite condensado
2 kiwis cortados em rodelas
3 bolas de sorvete de creme

Modo de preparo
Bata tudo no liquidificador. Decore uma taça com cobertura de chocolate, acrescente o líquido e complete com uma bola de sorvete de creme. Sirva.

Rendimento: 1 porção

Milk-shake de Frutas (Divino Fogão)

Ingredientes

4 bolas de sorvete de creme
½ xícara de leite integral
3 colheres de sopa de açúcar mascavo
2 xícaras de frutas (a gosto)
Decoração a gosto pode ser feita com:
Frutas in natura
Biscoitos
Cookies
Caldas
Coberturas
Chantilly

Modo de preparo
Colocar todos os ingredientes no liquidificador e bater por alguns minutos.

Montagem
Em uma caneca ou copo, decore a parte de dentro com a calda, coloque o milk-shake, coloque chantilly, espalhe umas frutas, biscoitos e cookies. Use a criatividade.

Tempo de Preparo: 20 minutos
Rendimento: 2 porções

Fundador da Água Doce, explica como avaliar uma boa cachaça de alambique

Há diferentes versões sobre a história da cachaça, bebida brasileira que faz sucesso nacional e internacionalmente. De acordo com a versão apresentada pelo historiador Luís da Câmara Cascudo, no livro Prelúdio da Cachaça, a primeira cachaça foi destilada por volta de 1532 em São Vicente, no litoral de São Paulo, local onde surgiram os primeiros engenhos de açúcar no Brasil.

O destilado ganhou a preferência dos brasileiros e, por isso, hoje, 13 de setembro, é celebrado o Dia da Cachaça. O que muitos desconhecem é que este tipo de produto deve ser apreciado como uma bebida especial, principalmente as que contam com uma produção artesanal. As diferentes versões podem ser harmonizadas com pratos, da mesma forma que fazemos com vinhos. Para desvendar este universo, Delfino Golfeto, fundador e presidente da Água Doce Sabores do Brasil, mostra curiosidades sobre a produção e degustação da cachaça.

Os 80 restaurantes da marca, localizados em diferentes regiões do Brasil, contam com uma diversificada carta de cachaças, sendo todas elas degustadas e aprovadas pelo próprio Delfino. Dessa forma, figuram apenas os rótulos de alta qualidade, que passam por uma nova avaliação a cada dois anos. Para se tornar um conhecedor da bebida, o primeiro passo é entender que pinga e cachaça são bem diferentes.

“Tecnicamente falando, a pinga é um produto sintético, cheio de químicas e vendido comercialmente, em larga escala. No caso da cachaça, é produzida a partir da fermentação da cana de açúcar, descansadas em tonéis de madeira, de forma natural. Essa bebida, de alambique, é artesanal, sem qualquer adição química e seu sabor é completamente diferente. É esse o nobre produto nacional, que deve ser apreciado e valorizado”, revela o embaixador no Brasil.

Para avaliar a bebida, quando se toma uma dose é preciso observar alguns fatores, como a acidez, o sabor alcoólico inicial e residual. A doçura também deve ser observada, pois se for positiva será resultante dos compostos doces do próprio produto e do método de armazenamento, ou seja, quando recebe açúcares da madeira em que a cachaça é armazenada. Se for negativa é quando há a adição de sacarose e, muitas vezes, o açúcar disfarça sabores ruins.

“Uma boa cachaça é límpida, transparente e sem resíduos. Nós, especialistas, avaliamos a aparência e o aroma da bebida e não apenas o sabor. Ao cheirá-la, o aroma deve ser agradável e despertar a vontade de saboreá-la. Uma cachaça de boa qualidade, por exemplo, deixa no copo uma oleosidade que escorre lentamente. É por isso que o copo ou cálice para apreciar o produto deve ser liso, transparente e de boca larga. Assim, a bebida queima agradavelmente na boca, descendo de forma suave”, explica em detalhes Golfeto.

A busca pela qualidade começa no preparo do solo para o plantio da cana de açúcar. O processo requer a escolha correta do terreno, um bom preparo do solo e a seleção criteriosa da variedade da cana. Em seguida, o plantio e a colheita precisam ser realizados na época correta. A moagem, extração da sacarose, fermentação e destilação são processos igualmente importantes. Outra questão que pesa muito é o tipo de madeira utilizada na fabricação, pois isso traz uma modificação química e sensorial na cachaça, além de contribuir com aromas, cores e sabores.

O processo de envelhecimento é feito de acordo com cada tipo de madeira utilizada, sendo que as mais comuns são Carvalho, Amburana e Balsamo. Isso influencia diretamente no resultado, pois cada madeira cria sabores diferenciados e aromas frutados. Para ter qualidade, a cachaça precisa ficar armazenada por, no mínimo, dois anos em uma boa madeira. Se ficar acima de oito anos, torna-se um produto nobre e ganha status.

“Quando nós, degustadores, colocamos o líquido em contato com a língua por alguns segundos, já conseguimos distinguir e definir o paladar, entre as opções adocicada, ácida, amarga ou salgada. A gente demora de 15 a 20 minutos para degustar uma cachaça. Já um coquetel e uma batida demoram mais, cerca de 20 a 30 minutos. Alguns especialistas costumam agitar a garrafa para verificar a quantidade de bolhas que se formam, mais conhecidas como rosário. Quanto maior o número de bolhas, melhor a qualidade da bebida. No processo de degustação de rótulos com gradação alcoólica diferente, é essencial tomar água mineral gasosa e comer pedaços de pão puro, pois isso auxilia na limpeza do paladar”, ressalta o fundador e presidente da Água Doce.

Saiba harmonizar


Pratos com acento tropeiro, como linguiças, torresmos, carnes suínas e tutu de feijão, se encaixam bem com uma boa cachaça. Segundo Golfeto, há dois tipos básicos de harmonização: por semelhança, com uma cachaça suave com pratos mais suaves ou cachaças adocicadas com pratos agridoces; ou contraposição, apostando no contraste, ou seja, uma cachaça mais ácida com pratos adocicados. Para que a bebida possa valorizar a comida é preciso levar alguns fatores em consideração, como o teor alcoólico, o índice de acidez, os sabores, o aroma e o tipo de envelhecimento.

No caso das cachaças neutras, que apresentam aspecto cristalino e não passam pelo processo de envelhecimento, os pratos mais indicados são: tilápia ao molho de camarão, bolinho de bacalhau, camarão crocante, saladas, queijo provolone e tilápia crocante. Já no caso das cachaças que passam pelo processo de envelhecimento em tonéis madeiras, é preciso levar em consideração o tipo de madeira utilizado para escolher o prato para harmonização. As cachaças envelhecidas no Balsamo, por exemplo, combinam com filé mignon com gorgonzola, picadinho de carne, isca de tilápia e picanha na chapa. A Amburana pode ser perfeita quando a opção é um bolinho de carne de sol, bolinho de mandioca recheado, chapa mista com picanha, linguiça e filé de frango e, por incrível que pareça, até mesmo com sobremesas. O Carvalho, por sua vez, pode ser harmonizado com pratos como escondidinho, costelinha suína, torresmo e carne de sol.

Museu da Cachaça

Outra curiosidade é que Delfino fundou em maio de 2004 o Museu da Cachaça, localizado em Tupã, no interior de São Paulo, onde fica a sede da Água Doce Sabores do Brasil. O local tem mais de 3 mil rótulos, além de contar a história da bebida e o processo de fabricação. A Água Doce foi pioneira na valorização da cachaça ainda nos anos 1990, investindo tanto na variedade de opções da bebida, como no uso em caipirinhas e outros drinques.

Como em tempos de pandemia fica mais difícil visitar determinados locais, a marca preparou um tour virtual para que os apaixonados pela bebida possam conhecer um pouco mais sobre o local, por meio de uma navegação guiada em 360º com vídeos, fotos e explicações sobre o acervo e sobre a história da cachaça.

Fonte: Água Doce

Costela suína ao molho de vinho da Água Doce

Para a comemoração de Dia dos Pais, a Água Doce Sabores do Brasil ensina a preparar uma deliciosa costela suína com um detalhe especial: molho de vinho. Confira o passo a passo abaixo:

Costela Suína ao Molho de Vinho

Ingredientes para a costela
800g costela de porco fresca
Batatas rústicas
8 dentes de alho picadinho
500ml vinho tinto seco
2 colheres (café) de sal
1 colher (café) de pimenta-do-reino
4 folhas de louro
Suco de 3 limões

Modo de preparo
Em um recipiente, prepare o tempero da costela. Coloque o suco de limão, o alho, o sal, a pimenta e o louro. Despeje o conteúdo sobre a costela e deixe marinar por 8 horas. Leve para assar em forno preaquecido a 180ºC por 1 hora. Deixe dourar. Reserve.

Ingredientes para o molho de vinho
1 cebola grande picadinha
4 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 dente de alho picadinho
1 ramo de alecrim
¼ de xícara (chá) de vinagre balsâmico
2 xícaras (chá) de vinho tinto seco
2 xícaras (chá) de caldo caseiro de carne
Sal a gosto
1 colher (café) de pimenta-do-reino
1 colher (sopa) de manteiga

Modo de preparo
Em uma frigideira aquecida, coloque a cebola e o azeite. Refogue até que a cebola fique translúcida. Junte o alho e o alecrim e deixe por mais alguns minutos, mexendo sempre. Acrescente o vinagre balsâmico, deixe ferver até formar um xarope, junte o vinho tinto e deixe cozinhar até reduzir um pouco. Junte o caldo de carne e deixe reduzir pela metade. Retire o ramo de alecrim e tempere com sal e pimenta-do-reino. Após, acrescente a manteiga e misture vigorosamente. Caso tenho sobrado um molho da costela assada, pode acrescentar neste momento (coe antes). Frite as batatas rústicas.

Montagem
Em uma travessa, disponha a costela com batatas ao redor. Despeje o molho de vinho e decore com alguns raminhos de alecrim. Coloque algumas fatias de limão para decorar a lateral do prato e sirva.

Fonte: Água Doce Sabores do Brasil

Para o Dia dos Pais, Água Doce lança cardápio de delivery temático

O Dia dos Pais no Brasil sempre é comemorado no segundo domingo de agosto. Em 2021, a celebração será no dia 8 e, para não passar em branco, a Água Doce Sabores do Brasil lança um cardápio temático de combos destinado ao delivery. Os clientes da marca podem contar com quatro kits que serão disponibilizados em aplicativos de entregas em diferentes regiões, onde a marca atua por meio dos restaurantes. As opções são variadas e prometem agradar a todos os tipos de paladares.

Com nomes inspirados na data para homenagear os pais, o combo Super Pai conta com Iscas de Frango, Salada Gaúcha e Parmegiana de Mignon. Já o Pai do Ano é composto de Bolinho de Mandioca e Tilápia Crocante. Chamado de Pai Herói, o kit conta com Bolinhos de Carne de Sol, Salada Refrescante e Supremo Água Doce, receita que leva filés de frango empanados cobertos com molho branco, seleta de legumes e arroz de ervas. E o combo Paizão é formado por Iscas de Frango e Escondidinho de Carne de Sol.

Para deixar o dia ainda mais especial, a rede preparou como brinde bolachas de chope em homenagem a data. O mimo também será entregue para aqueles que optarem por comemorar com os pais em uma das unidades da Água Doce. “Em todas as datas comemorativas criamos um cardápio temático exclusivo para o delivery. Carinhosamente, para o Dia dos Pais pensamos em pratos para que toda da família comemore em casa, com muita segurança e sabor. Pensando no âmbito dos negócios, os combos proporcionam aos franqueados o aumento do tíquete médio em 20%”, explica o diretor de franquias da rede, Júlio Bertolucci.

Já para os consumidores que pretendem fazer a refeição fora de casa, as unidades da Água Doce estão abertas e seguindo todas as normas de higienização, sanitização e de distanciamento social, respeitando os decretos locais onde cada restaurante opera. Dessa forma, os clientes podem contar com álcool em gel em todas as mesas e áreas comuns.

Desde 1990, a rede, que conta com 80 unidades espalhadas em oito estados brasileiros, oferece aos clientes um cardápio diversificado de receitas da culinária brasileira, em destaque os escondidinhos e as parmegianas. Também oferta uma seleção especial de cachaças nacionais e drinques à base de gim e uísque.

Informações: Água Doce

Dia do Hambúrguer: faça um de frango à marguerita para comemorar, dica da Água Doce

Hoje é o Dia Mundial do Hambúrguer. Criado na Alemanha, este tipo de carne é um dos mais populares do mundo e ganhou diferentes versões como hambúrguer de frango, vegetariano e de linguiça. Para comemorar a data, a Água Doce Sabores do Brasil ensina uma receita fácil de hambúrguer de frango à marguerita.

Hambúrguer de Frango à Marguerita

Ingredientes
500g de peito de frango desfiado
1 cebola bem picadinha
1 dente de alho
1 envelope de creme de cebola (68 gramas)
1 tomate em cortado em rodelas
200g de mussarela ralada
Manjericão a gosto

Modo de Preparo
Com o auxílio de uma faca, corte o frango desfiado em pedaços menores. Misture com a cebola picadinha, caso tenha um processador pode bater os dois juntos, e o creme de cebola. Cuidado com o sal, pois o creme de cebola já é salgado. Após, modele os hambúrgueres com aproximadamente 100g cada um. Caso prefira, utilize um aro próprio para modelar o hambúrguer. Em uma forma antiaderente ou untada com manteiga, leve os hambúrgueres ao forno preaquecido por 20 minutos a 220ºC. Os hambúrgueres precisam ficar dourados. Após, acrescente um pouco de mussarela ralada, uma rodela de tomate a cada hambúrguer e retorne ao forno até que gratinar por completo. Retire e sirva com uma folha de manjericão em cada um.

Foto: Bruno Marconato

Grau de dificuldade: Fácil
Tempo de preparo: 1 hora
Rendimento: aproximadamente 10 unidades

Fonte: Água Doce Sabores do Brasil

Para o jantar, bife à rolê com molho pesto da Água Doce

Que tal preparar algo prático, gostoso e rápido para o jantar? A dica é da Água Doce Sabores do Brasil.

Bife à rolê com molho pesto

Ingredientes:
30g de manjericão fresco picado
3 dentes de alho picados
2 colheres de sopa de queijo parmesão ralado
100ml de azeite
350g de filé mignon cortado em medalhão
Sal e pimenta-do-reino a gosto
1 tomate grande cortado em fatias
250g de mussarela ralada (recheio e cobertura)
150g de tomate cereja
1 colher de sopa de manteiga
Palitos de dente
Cebolinha suficiente para salpicar

Modo de preparo:
Para o molho, misture o manjericão, o alho, o parmesão ralado e o azeite. Reserve. Para os filés, coloque os medalhões um a um dentro de um saquinho para alimento e, com o auxílio de um martelo de carne, abra os bifes. Tempere-os com sal e pimenta-do-reino, recheie com um pouco de molho pesto, uma parte da mussarela ralada e do tomate fatiado. Enrole os bifes e prenda as laterais com os palitos. Em uma frigideira antiaderente, coloque a manteiga e sele os rolinhos. Em seguida, acomode-os em um refratário. Cubra com os tomates cereja e o restante da mussarela. Leve ao forno por 15 a 20 minutos. Salpique cebolinha para finalizar.

Rendimento: 6 unidades.

Fonte: Água Doce Sabores do Brasil

Feijão branco com abóbora e alho-poró é sugestão da Água Doce para Dia Mundial sem Carne

Não é preciso gastar muito, nem de inventar receitas complicadas para substituir pratos com carne por outras opções, mais saudáveis e mais sustentáveis. A rede Água Doce ensina a preparar um prato simples e muito saboroso, unindo feijão, abóbora e cenoura. Confira:

Feijão Branco com Abóbora e Alho-poró

Ingredientes
1 xícara (chá) de feijão branco cozido com grãos inteiros e ao dente
1 xícara (chá) de abóbora moranga cortada em cubos médios
1 xícara (chá) de cenoura em cubos pequenos
1 cebola pequena picada
3 colheres (sopa) de alho-poró em rodelas finas
3 colheres (sopa) de cebolinha picada
1 colher (sopa) de azeite de oliva
Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo
Em uma panela grande aqueça o azeite e doure a cebola. Adicione um pouco de sal e pimenta-do-reino, acrescente o alho-poró, a cenoura e a abóbora. Deixe dar uma douradinha e em seguida adicione o feijão. Coloque água o suficiente perto de cobrir. Quando levantar fervura verifique o tempero, tampe a panela e deixe cozinhar por mais alguns minutos até que a abóbora fique macia. Tampe a panela e deixe descansar por um minuto antes de servir. Distribua o feijão em um refratário e salpique a cebolinha por cima. Sirva em seguida.

Grau de dificuldade: fácil
Rendimento: 4 porções
Tempo de preparo: 55 minutos

Fonte: Água Doce Sabores do Brasil

Dia de São Patrício: aprenda com a preparar ensopado irlandês para celebrar a data

Comemorado hoje, 17 de março, o Dia de Saint Patrick é uma homenagem ao padroeiro irlandês. O trevo de três folhas e a cor verde são os símbolos da celebração também conhecida como St. Patrick’s Day.

O dia é festejado tanto na Irlanda quanto em países que homenageiam São Patrício. No Brasil, a prática se tornou popular em diversos restaurantes e pubs tradicionais.

Abaixo, a rede Água Doce ensina como preparar um prato típico irlandês:

Ensopado Irlandês

Ingredientes
900g de alcatra limpa em cubos médios
450g de cebola em pétalas
900g de batata cortada em pedaços grandes
3 cenouras grandes em pedaços médios
200g de bacon picado
5 colheres de (sopa) de azeite
3 dentes de alho picadinho
2 xícaras de (chá) de vinho tinto seco
500ml de água
Salsinha fresca para decorar
1 caldo de carne
Sal a gosto
Pimenta do reino a gosto

Modo de preparo
Em uma panela grande, frite o bacon e o alho no azeite até dourar. Acrescente a alcatra e sele todos os lados da carne, regue com um fio de água e deixe a carne fritar um pouco até dourar. Reserve. Na mesma panela, coloque as cebolas, as cenouras e a água. Deixe cozinhar por 15 minutos. Neste momento, acrescente as batatas pois elas irão cozinham com mais facilidade. Deixe cozinhar por mais 20 minutos e verifique se os legumes estão ao dente. Coloque novamente na panela, a carne, o vinho e o caldo de carne junto com os legumes, cozinhe por mais alguns minutos até que a carne esteja totalmente cozida e os legumes macios. Coloque uma pitada de pimenta do reino e verifique o sal.

Grau de dificuldade: fácil
Tempo de preparo: 60 minutos
Rendimento: 4 porções

Fonte: Água Doce Sabores do Brasil