Arquivo da tag: alimentação

Dia Nacional da Saúde: chás ajudam no equilíbrio corpo e mente

Nutricionista Rodrigo Moreira explica como a bebida pode auxiliar o bem-estar

Hoje, 5 de agosto, é comemorado o Dia Nacional da Saúde, data cujo objetivo é conscientizar a população sobre a importância dos valores e cuidados com a saúde. Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), o assunto vai muito além da ausência de alguma enfermidade: é o equilíbrio entre bem-estar físico, mental e social. Nessa mesma linha, a medicina integrativa enfatiza uma abordagem holística e focada no paciente, incluindo aspectos mentais, emocionais, funcionais, espirituais, sociais e comunitários.

Dentro desse contexto, o chá surge como uma peça fundamental para aliar bem-estar, saúde e espiritualidade. Segundo o nutricionista Rodrigo Moreira, a bebida traz diversos benefícios e equilibra o corpo e a mente. “Bem-estar é a busca da satisfação plena com seu corpo, mente e espírito. O consumo de chás pode trazer benefícios significativos”, explica.

Considerada uma das bebidas mais populares do mundo, as infusões têm propriedades terapêuticas e funcionais que podem atuar como estimulantes, diuréticos, digestivos, anti-inflamatórios, calmantes, entre outros. “Os benefícios são diversos para a saúde, como a possível redução na glicemia em diabéticos, do colesterol em hipercolesterolêmicos, da pressão arterial em hipertensos, além do efeito antibactericida, antifúngico e antiviral de forma geral. Camomila, Cidreira e Hortelã por exemplo, são ótimas opções para diminuir ansiedade e estresse”, conta o profissional.

Ritual de autocuidado

Mas, mais do que uma bebida com propriedades terapêuticas, o chá é um elemento cultural. Historicamente, o líquido é associado à paz e à harmonia. A Cerimônia do Chá, tradicional do Japão, é um exemplo. “Mantida até hoje, a proposta é de alcançar ‘a paz numa xícara de chá’. A ideia é deixar o mundo material e entrar em um mundo sagrado e espiritual. É inspirada em ideias budistas como: a simplicidade, a harmonia e a impermanência de todas as coisas”, explica Rodrigo.

Assim como o tradicional ritual, a bebida atualmente pode auxiliar na busca pelo equilíbrio mental. Um dos exemplos é com a prática do mindfulness. O termo ganhou popularidade nos últimos anos e se caracteriza pelo conjunto de técnicas ou práticas que auxiliam no estado de atenção plena, que é a capacidade de estar atento ao momento presente sem distrações.

“Trazer a atenção plena para atividades simples como beber chá nos treina a direcionar a atenção conscientemente. Atenção plena significa prestar atenção com os sentidos, no corpo – sentir, tocar, ver, ouvir e saborear. Criar um momento para desacelerar as atividades e/ou confraternizar com amigos com uma boa xícara de chá no meio da tarde, são rituais que produzem bem-estar”, afirma.

Confira abaixo a entrevista com Rodrigo Moreira

O que é a visão integrativa na saúde?

Moreira: A visão integrativa é focada na pessoa como em seu todo. Levando em consideração uma avaliação de corpo, mente e espírito, para proporcionar um estado de completo bem-estar físico, mental e social.

Hoje, o que define bem-estar relacionado à nutrição?

Moreira: Bem-estar é a busca da satisfação plena com seu corpo, mente e espírito. Com sensação de conforto e segurança à sua saúde, trazendo tranquilidade e bem-estar para vivê-la.

Quais questões cerimoniais do chá podem ser tratadas dentro da nutrição?

Moreira: A busca pela harmonia. Na nutrição é preciso ter um equilíbrio entre os todos os nutrientes que necessitamos. Não é porque um nutriente é bom que devessem consumi-lo em grande quantidade. É necessária uma relação de equilíbrio na composição da alimentação, considerando o consumo de chá e demais alimentos, de modo a evitar os excessos ou deficiências de nutrientes.

De modo geral, como o bem-estar das pessoas pode ser associado aos chás?

Moreira: O consumo das ervas medicinais em forma de chá tem muitos nutrientes que podem trazer benefícios significativos para o bem-estar.

O que se entende como uma questão interdisciplinar envolvendo o chá e a saúde?

Moreira: Na questão nutricional uma erva pode trazer benefícios diversos, chamamos de fito complexo, um conjunto de substância presentes em uma planta, que são extraídas ao fazer o chá, e ao consumi-las, podem agir em diferentes regiões do seu corpo.

Como o chá pode ser associado ao mindfulness? Pode explicar um pouco?

Moreira: Trazer a atenção plena para atividades simples como beber chá nos treina a direcionar a atenção conscientemente. Atenção plena significa prestar atenção com os sentidos, no corpo – sentir, tocar, ver, ouvir e saborear. Criar um momento para desacelerar as atividades e/ou confraternizar com amigos com uma boa xícara de chá no meio da tarde, são rituais que produzem bem-estar.

Busca pela saúde refletida no mercado

De acordo com Marcelo Correa, Head Commercial and Business Development da Leão Alimentos e Bebidas, a procura por produtos saudáveis é uma tendência no mercado. “O brasileiro, cada vez mais, busca por produtos que atendam a aspectos de saudabilidade, que aliam bem-estar, saúde e que não tenham restrição. O chá atende a esses quesitos: é uma bebida sem açúcar, aromática e com diversas funcionalidades”, conta.

Líder do segmento com volume de 65% em market share, a Leão está atenta a esse movimento. Em 2020, a marca fez lançamentos com produtos voltados para a saúde e bem-estar em, como a linha Leão Funcionais: Reequilibra (chá verde, hortelã e limão), Recarrega (chá mate com guaraná), Reanima (chá preto com laranja e mel) e Relaxa (chá de camomila e maracujá). Pelas suas composições, eles apresentam propriedades interessantes em quatro frentes: Detox, Energia, Imunidade e Relaxamento.

Com 120 anos de história e inovação, a Leão conta hoje com um portfólio com mais de 60 produtos com propriedades que atuam nas mais diversas frentes. Entre eles o chá de Hortelã, conhecido por amenizar sintomas de gripes e resfriados; Camomila com efeito calmante e a tradicional Erva Mate cujas propriedades ajudam a acelerar o metabolismo e auxiliam na queima de gorduras.

Vale ressaltar que a Leão Alimentos e Bebidas reforça que o consumo da bebida não substitui tratamentos médicos ou outros necessários. “As infusões servem como complemento de uma dieta saudável, natural e que auxilia no bem-estar das pessoas”, finaliza Marcelo.

Fonte: Leão Alimentos e Bebidas

Sterna Café apresenta brunch especial afetivo para Dia dos Pais

Cesta reúne os melhores sabores para celebrar a data

Pensando no afeto, praticidade e conforto, a Sterna Café preparou um café da manhã especial para homenagear os pais. “Queremos evocar memórias afetivas extremamente poderosas que resgatam boas sensações e emoções, tão valiosas nessa época, por meio do aroma, do sabor e da cor, já que essas sensações têm o poder de estabelecer uma conexão emocional e sensorial realmente poderosa entre pais e filhos”, explica Deiverson Migliatti, fundador da rede Sterna Café.

A cesta, disponível em todas as lojas das unidades, durante todo o mês de agosto, por apenas R$ 59,90, possui waffle com cobertura à escolha, bolo caseiro, iogurte, panini de pão de queijo, bebida à escolha (latte, cappuccino, chocolate quente), suco de frutas e minissalada de frutas.

Brunch Especial do Dia dos Pais – Preço: R$ 59,90

Informações: Sterna Café

Deficiência de zinco pode provocar redução de imunidade

Aliado do sistema imunológico, o zinco atua contra o estresse oxidativo, quando os níveis de antioxidantes não são suficientes para compensar efeitos nocivos dos radicais livres

Com a pandemia do novo coronavírus e a forma como as comorbidades podem provocar uma reação mais grave da Covid-19 no corpo, as pessoas passaram a se preocupar ainda mais com a saúde de modo geral e com a melhoria da imunidade. Por consequência, houve aumento na procura por suplementação de vitaminas e do zinco.

O zinco participa de mais de cem reações enzimáticas no organismo, estando envolvido em processos fisiológicos do crescimento e desenvolvimento, além de participar do desenvolvimento cognitivo e auxiliar no combate aos radicais livres – moléculas que se formam no organismo e que podem prejudicar o funcionamento adequado dos órgãos.

Quando os níveis de antioxidantes não são suficientes para compensar os efeitos nocivos dos radicais livres, acontece o estresse oxidativo, associado a mais de duzentas doenças diferentes.

Diabéticos, por exemplo, podem ter grau aumentado de estresse oxidativo gerado pela própria doença. Logo, o zinco é um elemento essencial que possui função antioxidante, atua na restrição da produção endógena de radicais livres e na estabilização da estrutura de membranas celulares.

Deficiência de zinco

Conforme a Organização Mundial da Saúde (OMS), a deficiência de zinco no corpo humano acomete 30% da população mundial, o que provoca falta de apetite, enfraquecimento de unhas e cabelos, dificuldade de cicatrização, baixa imunidade e a manifestação de diversas infecções. Sabe-se, então, que o zinco atua como um mediador para manter a resposta imune normal contra micro-organismos e infecções no corpo.

A recomendação de ingestão diária varia de acordo com a fase da vida, mas em termos gerais, o teor de zinco no sangue deve ser entre 70 e 130 mcg/dL de sangue. “Por não ser um mineral produzido pelo próprio organismo, o nutriente pode ser encontrado em fontes animais e vegetais, como, por exemplo, amendoim, amêndoa, camarão, carne vermelha, castanhas, chocolate amargo, feijão cozido, grão-de-bico, ostras, sementes de abóbora, noz-pecã, ovos, shitake, gergelim, lentilha, entre outros”, explica Luís Carlos Sakamoto, Doutor em Medicina pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo e Professor Responsável da Ginecologia da Faculdade de Medicina do Centro Universitário das Américas.

No entanto, para quem tem restrições alimentares ou não consegue manter uma dieta rica em zinco, o ideal é recorrer a suplementos polivitamínicos e poliminerais existentes no mercado, que entreguem dosagens de até 30 mg de zinco elementar.

“Para potencializar a ação antioxidante, que atua contra radicais livres, o ideal é ter uma combinação de vitaminas hidrossolúveis (como a vitamina C) e lipossolúveis (betacaroteno e vitamina E, por exemplo) e outros oligoelementos além do zinco, como, por exemplo, cobre e selênio. Todos juntos potencializam a ação antioxidante necessária no combate aos radicais livres”, completou o médico.

Vale lembrar que, embora o zinco seja fundamental para a defesa imunológica, não existem evidências científicas que comprovem a proteção contra o coronavírus.

“Sua reposição deve ser feita com avaliação e prescrição médica para receber o monitoramento adequado, por meio de exames específicos e obter a dose necessária de vitaminas e minerais para o organismo”, finaliza Salamoto.

Busca por suplementação

Com a chegada da Covid-19, a população mundial entendeu, mais do que nunca, a importância de ter uma vida mais regrada, visto que alguns fatores de risco foram comprovados como facilitadores para a doença. Cardiopatia, diabetes, pneumopatia, doença renal e obesidade são apenas alguns deles. Assim, a procura pelo fortalecimento do sistema imunológico contra doenças e agentes externos aumentou.

De acordo com o levantamento “Hábitos de Consumo de Suplementos Alimentares no Brasil” da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos Para Fins Especiais e Congêneres (Abiad), nos lares de diversas cidades do Brasil, houve aumento de 48% na ingestão de multivitamínicos e afins. O estudo, feito em maio de 2020, revelou ainda que 63% dessas pessoas justificaram o consumo para melhorar a imunidade e, num estudo mais específico, 70% daqueles que aumentaram o consumo desses produtos desejam manter o hábito após a pandemia.

Fonte: Marjan Farma

Papila Deli incorpora sopas no menu e promove arrecadação de agasalhos e cobertores

Com foco no inverno, em parceria com a Cruz Vermelha São Paulo dark kitchen amplia o cardápio com opções quentes e promete dobrar o valor que for arrecadado até o final da estação

A foodtech Papila Deli ampliou o portfólio do menu Papila Fresh e lançou 3 sopas neste inverno: sopa de cogumelo, sopa de couve-flor e canja de galinha. Feitos com ingredientes premium, as sopas estão disponíveis todos os dias da semana, tanto no almoço quanto no jantar, e custam a partir de R$ 25,90.

O destaque vai para a sopa de cogumelo, uma combinação que inclui funghi, creme de leite, cebola, caldo de legumes, azeite trufado e queijo parmesão. O cliente também pode escolher, por um pequeno custo, adicionais como chips de mandioquinha, nori e massa de guioza frita com páprica.

“Nossa intenção é ter as sopas como produtos sazonais, típicos do inverno, mas dependendo da aceitação do público, podemos até criar novos sabores e estender por mais tempo”, explica o chef Antonio Mendes, que assina todas as culinárias da casa.

Engajamento nas causas sociais também faz do cardápio da Papila Deli

Além das novidades do cardápio, a dark kitchen se juntou à Cruz Vermelha São Paulo para arrecadar doações para a Campanha do Agasalho 2021. Ao fazer qualquer pedido, o consumidor pode doar a partir de R$ 5,00 e, ao final do período de arrecadação, previsto para 31 de Agosto, a Papila Deli irá dobrar o valor, aumentando o impacto positivo junto às pessoas em situação de vulnerabilidade social. O valor será integralmente utilizado para a compra de cobertores e agasalhos.

“Temos uma relação muito próxima com nossos clientes e estamos somando esforços para fazer o bem. Essa ação reforça nosso compromisso social e todas as partes envolvidas se beneficiam. Queremos cada vez mais nos engajar em causas como essa”, completa Alex Lewkowicz, um dos sócios da Papila Deli.

Papila Deli – Todos os dias, das 11h às 22h46

Pêssego: confira os benefícios que a fruta traz

Uma das frutas mais apreciadas e gostosas também traz benefícios à saúde. Confira abaixo:

Pêssegos ajudam a curar

Thinkstock

Não se deixe enganar pelo tamanho pequeno e pele delicada de um pêssego. Apenas um de tamanho médio tem até 13,2% da vitamina C de que você precisa a cada dia. Este nutriente ajuda o corpo a curar feridas e mantém o sistema imunológico forte. Também ajuda a se livrar dos “radicais livres” – substâncias químicas que têm sido associadas ao câncer porque podem danificar as células.

Ajuda a visão

O antioxidante betacaroteno dá aos pêssegos a bela cor laranja-dourada. Quando você o ingere, seu corpo o transforma em vitamina A, que é a chave para uma visão saudável. Também ajuda a manter outras partes do corpo, como o sistema imunológico, funcionando como deveria.

Mantém a digestão funcionando sem problemas

Um pêssego médio pode fornecer de 6% a 9% das fibras de que seu corpo precisa todos os dias. Alimentos ricos em fibras podem protegê-lo de problemas de saúde, como diabetes, doenças cardíacas e câncer colorretal. Mas o benefício que você notará mais acontece no banheiro: obter fibras suficientes pode ajudar a prevenir a constipação.

Ajudam você a manter um peso saudável

Com menos de 60 calorias, os pêssegos não têm gorduras saturadas, colesterol ou sódio. E mais de 85% de um pêssego é água. Além disso, os alimentos ricos em fibras ajudam na saciedade. Quando você os come, leva mais tempo para sentir fome novamente.

Oferece vitamina E

Nozes e sementes são as fontes mais conhecidas dessa vitamina, mas os pêssegos também a fornecem. Este antioxidante é importante para muitas das células do seu corpo. Também mantém o sistema imunológico saudável e ajuda a dilatar os vasos sanguíneos para evitar que o sangue coagule por dentro.

Mantém os ossos saudáveis

O potássio pode ajudar a equilibrar os efeitos de uma dieta rica em sal. Também pode diminuir a pressão arterial, juntamente com as chances de pedras nos rins e perda óssea. Você precisa de cerca de 4.700 miligramas de potássio todos os dias, e é muito melhor obtê-lo com alimentos do que com um suplemento. Um pêssego pequeno tem 247 miligramas de potássio e um médio pode fornecer até 285 miligramas de potássio.

Alivia dor de estômago

Thinkstock

Se você tiver problemas de estômago, um lanche de pêssegos em calda pode ser uma boa ideia. Eles têm uma textura macia, são mais pobres em fibras do que as frutas frescas e são fáceis de digerir. Como parte da chamada “dieta gastrointestinal leve”, pêssegos enlatados podem ajudar a aliviar dores de estômago e aliviar a diarreia e os gases.

Faz você sorrir

Por mais doces que sejam, os pêssegos podem ajudar a manter os dentes saudáveis ​​porque contêm flúor. Esse mineral, que você encontra na pasta de dente, também está presente em alguns alimentos, incluindo pêssegos. Também ajuda a eliminar os germes da boca que podem causar cáries.

Escolha um pêssego perfeito

Getty Images

Quanto mais doce o cheiro, mais maduro o pêssego (afinal, eles são membros da família das rosas). Eles estão prontos para serem comidos quando cedem à pressão suave do dedo. Os pêssegos firmes podem ficar na bancada por alguns dias para amadurecer, mas, quando estiverem prontos, coloque-os na geladeira. Deixá-los fora, quando estiverem maduros, diminuirá a vitamina C.

Seja criativo

Getty Images

Sim, você pode comer um pêssego fresco, mas por que parar por aí? Você também pode assar, grelhar, aquecer ou refogar esta fruta polpuda. Adicione fatias de pêssego amassadas (suavemente) ao seu chá gelado ou limonada ou jogue algumas no liquidificador com iogurte ou leite para fazer um smoothie saudável. O molho picante de pêssego também é uma cobertura doce e saudável para peixes ou frango.

A prima próxima

Foto: Max Straeten/Morguefile

Os pêssegos têm muitos nutrientes na pele (apenas certifique-se de lavá-los antes de comê-los, para se livrar da sujeira.) Se você não é fã da textura felpuda, opte por uma nectarina. Elas são realmente pêssegos no coração. Apenas um gene diferente lhes dá uma casca lisa.

Fonte: WebMD

Descubra como preparar drinques ideais para o inverno

O bartender parceiro da Kalvelage Distillery, Gabriel Saragó, explica o passo a passo de receitas que irão surpreender o paladar de quem provar

A estação mais fria do ano está com tudo, e por aqui permanece até 22 de setembro. Durante o inverno, as pessoas aproveitam para saborear pratos mais elaborados, como sopas e fondues. Já as bebidas ganham ingredientes inusitados, que são ideais para serem saboreados durante esse período, como chocolate e café.

Para quem quer aproveitar o inverno e preparar drinques que são a cara da estação, o bartender parceiro da Kalvelage Distillery, Gabriel Saragó, explica o passo a passo de receitas que irão surpreender o paladar de quem provar, confira:

Expresso Martini

Ingredientes
50 ml de vodca;
10 ml de licor de café;
50 ml de café expresso;
3 grãos de café;
Gelo

Modo de preparo
Em uma coqueteleira cheia de cubos de gelo, coloque os ingredientes e agite bastante. Depois, é só coar em uma taça de coquetel e decorar com os grãos de café.

Irish Coffee com Vodca

Ingredientes
45 ml de vodca;
120 ml de café;
30 ml de creme de leite batido

Modo de preparo
Junte a vodca e o café quente recém-coado em uma taça. Bata o creme de leite e coloque por cima, para criar uma camada. Coloque um pouco de pó ou grãos de café para enfeitar.

Fashion Moscow Mule

Ingredientes
50 ml de vodca;
100 ml de soda de gengibre;
20 ml xarope cítrico de mel;
Espuma de laranja;
Canela ralada.

Ingredientes espuma de laranja
Dois copos de suco de laranja;
½ envelope de gelatina sem sabor (dissolvida em 1/2 xícara de água quente);
1 copo de açúcar;
1 lata de creme de leite.

Modo de preparo espuma de laranja
Bata todos os ingredientes no liquidificador. Depois, coloque em taças e deixe na geladeira por duas horas.

Modo de preparo Fashion Moscow Mule
Coloque todos os ingredientes em uma coqueteleira com gelo, exceto a espuma e a canela e misture bem. Depois, coe em uma caneca de cobre com gelo e coloque a espuma de laranja e a canela.

Fonte: Kalvelage

Aprenda receitas típicas de inverno

Creme com Linguiça Calabresa e Portuguesa e massa com Mortadela Ouro são algumas das opções de pratos saborosos para esquentar os dias frios

A chegada do inverno e as baixas temperaturas pedem o preparo de pratos quentes e que levam mais sabor à refeição. A Perdigão, marca presente na mesa do brasileiro há 85 anos, indica quatro receitas que trazem a Linguiça Portuguesa e a Linguiça Calabresa como estrelas, como o creme de milho, creme de ervilha e o risoto de linguiça e alho poró. A Mortadela Ouro Perdigão também marca presença no menu de inverno com o ravióli de mortadela na manteiga de sálvia.

Essas e outras receitas podem ser conferidas no site da Perdigão, que conta ainda com o hub ‘Comer Junto’, com uma grande variedade de dicas para este período, ideais para diversificar os pratos em diferentes ocasiões. Além de conhecer e experimentar novas receitas, o consumidor também pode indicar suas receitas favoritas, feitas com os produtos da Perdigão, para serem disponibilizadas na plataforma.

Creme de milho com Linguiça Calabresa

Ingredientes
1 lata de milho
1 xícara de leite
1 copo de requeijão
3 colheres de azeite
1/2 cebola picada
300g de Linguiça Calabresa Perdigão
Sal a gosto

Modo de preparo
No liquidificador adicionar o milho, o leite e o requeijão. Bater até ficar homogêneo. Em uma panela adicionar o azeite e a cebola para refogar. Acrescentar na panela a Linguiça Calabresa Perdigão em rodelas para fritar.Adicionar a mistura do liquidificador na panela e cozinhar até encorpar. Sirva.

Tempo de preparo: 35min
Rendimento: 4 porções

Risoto de linguiça e alho-poró

Ingredientes
5 xícaras de água
2 cubos de caldo de legumes
200g de Linguiça Calabresa Perdigão
200g de Linguiça Portuguesa Perdigão
3 colheres de manteiga
1 cebola
1 dente de alho
2 talos de alho-poró
1 1/2 de arroz arbóreo
Sal a gosto
Cebolinha a gosto
Parmesão a gosto

Modo de preparo
Dissolva os caldos de legumes em uma panela com água e deixe até ferver. Corte as linguiças em pedaços e adicione em uma panela com manteiga, cebola picada e por fim alho-poró. Refogue. Coloque o arroz na panela junto com o refogado. Adicionar o caldo aos poucos, mexendo até o arroz absorver o líquido antes de adicionar mais caldo. Adicione Mussarela ralada. Sirva.

Tempo de preparo: 30min
Rendimento: 2 porções

Ravioli de Mortadela Ouro na Manteiga de Sálvia

Ingredientes
Massa
4 xícaras de farinha de trigo
½ colhe de sal
2 ovos
2 colheres de azeite
½ xícara de água
Farinha para polvilhar

Recheio
200 g de Mortadela Ouro Perdigão
½ cebola cortada em cubos
2 colheres de azeite

Molho
100 g manteiga derretida
½ maço de sálvia
½ xícara de parmesão

Modo de preparo
Massa

Em uma tigela, adicione os dois ovos e bata bem, em seguida adicione o sal, o azeite e a água, bata com ajuda de um fuet até obter uma mistura homogênea. Em seguida, adicione a farinha de trigo, sempre uma xícara por vez, sove por alguns minutos até obter uma massa lisa e elástica, cubra com filme plástico de deixe descansar por 5 minutos.

Recheio
Em uma frigideira antiaderente refogue por 2 minutos a Mortadela Ouro com cebola e azeite, reserve e deixe esfriar.

Montagem
Com ajuda de um rolo, abra a massa com a espessura fina, com o auxílio de um cortador redondo, faça pequenos círculos na massa. Recheie cada pedaço com a mistura de mortadela e dobre obtendo uma meia lua, aperte a borda da massa com um garfo e reserve. Coloque uma panela com água em abundância para ferver, quando abrir fervura, cozinhe os raviólis aos poucos para não grudar, coloque-os na água até que subam. Reserve.

Molho
Em uma frigideira antiaderente adicione a manteiga e sálvia, em seguida os raviólis já cozidos, refogue por 2 minutos e finalize com parmesão. Sirva em seguida.

Tempo de preparo: 40min
Rendimento: 2 porções

Creme de ervilha com Linguiça Portuguesa

Ingredientes
1 colher de azeite
1 dente de alho picado
1 tablete de caldo de carne
100 g de bacon em cubos
1 gomo de linguiça portuguesa picada em cubos
2 pacotes de ervilha congelada
2 xícaras de água
Sal a gosto

Modo de preparo
Em uma panela de pressão adicione o azeite, alho, bacon e ½ calabresa, refogue por 5 minutos, em seguida, adicione o caldo de carne, a ervilha e a água. Tampe a panela, após abrir pressão e deixe por 5 minutos. Processe a mistura no mixer ou liquidificador, e coloque numa panela para esquentar, adicione a linguiça restante, tempere com sal e sirva em seguida.

Tempo de preparo: 20min
Rendimento: 2 porções

Fonte: Perdigão

Aprenda a fazer a sopa colombiana Changua

Adria mostra que é fácil surpreender com amor a família ao preparar uma refeição. Afinal, os detalhes fazem a diferença

Simples de fazer e uma delícia de saborear, esse prato é tradicional da região dos Andes da Colômbia, em particular na área de Boyacá e Cundinamarca, incluindo a capital Bogotá. É costume servi-la no café da manhã, mas nada te impede de prepará-la em outras ocasiões.

Feita com ingredientes que normalmente já temos em casa, o detalhe é espremer o limão siciliano na hora de finalizar. Veja abaixo o passo a passo da marca Adria.

Changua

Ingredientes:

1 pacote de Torrada Light Adria
2 xícaras de água
2 xícaras de leite
4 ovos
4 folhas de coentro fresco
2 cebolas longas
Sal a gosto

Modo de preparo:

Pique o coentro e a cebola finamente. Em uma panela grande, aqueça o leite com água, sal e cebola. Quando ferver, adicione os ovos crus sem deixar as gemas quebrarem e deixe ferver por um minuto- Sirva com fatias de Torrada Light Adria.

Dicas de alimentos gostosos e saudáveis para estes dias mais frios

No inverno, o consumo de alimentos mais calóricos se intensifica, mas nem todos fogem da programação de uma alimentação saudável e regular

As temperaturas despencaram e, naturalmente, a busca por alimentos quentes e aconchegantes aumentou. Para aqueles em busca de uma rotina alimentar saudável e regular, o frio pode ser um fator dificultante. Mas será que todas as receitas favoritas do inverno são necessariamente ruins e desfavoráveis para uma manutenção de peso? Conheça as melhores dicas para manter uma alimentação gostosa nos dias mais gelados.

Faça escolhas estratégicas

George Hicks/Pixabay


Durante o inverno, é importante redobrar a atenção com os alimentos. Devido à necessidade de manter o corpo aquecido, ficamos propensos a cometer exageros nas refeições, ao mesmo tempo que ficamos vulneráveis a algumas doenças sazonais. Dessa forma, é imprescindível fazer escolhas estratégicas na hora de elaborar o cardápio da semana. Por exemplo, no desejo de comer uma massa? Sem problemas. Dê preferência à opção integral das massas.

Prefira receitas caseiras

O desejo por uma sopa quentinha ou até um fondue de queijo aumenta quando as temperaturas baixam. Escolher fazê-los em casa é uma solução não só mais saudável, mas muito mais divertida. No aplicativo da WW (antiga Vigilantes do Peso), é possível encontrar diversas opções.

Hidrate-se

Pixabay

Ainda que de forma não intencional, o inverso pode nos levar a beber menos água, o que não é nada bom. Ande com uma garrafinha à tiracolo, assim você não se esquece. E cuidado com o excesso de bebida alcoólica – um vinhozinho no frio cai super bem, mas como tudo na vida, em excesso pode fazer mal.

Não esqueça das frutas

É comum preferirmos doces nos dias mais frios. No entanto isso não deve significar deixarmos de lado as frutas que consumimos diariamente. Elas são boas alternativas para acrescentar no preparo de um doce ou um bolo pois são doces naturalmente e garantem as vitaminas e fibras necessárias para uma alimentação saudável.

Aposte nos refogados

Pixabay

Com a chegada do inverno, o consumo de legumes e verduras diminui. Afinal, as saladas, que no verão fazem sucesso, já não abrem tão facilmente o apetite. Uma alternativa é pensar em outras maneiras de preparo como assar, grelhar ou adicionar em sopas e ensopados, para consumi-los bem quentinhos e garantir a ingestão de nutrientes importantes no dia a dia! Brócolis, couve-flor, couve, acelga, cenoura e agrião são algumas opções de verduras e legumes que podem dar mais sabor e cor às sopas. Outros legumes como abóbora e abobrinha, ficam ótimas grelhadas ou assadas.

A WW, conhecida como o antigo Vigilantes do Peso no Brasil, acredita no equilíbrio da alimentação para uma vida mais saudável. Com opções de planos variados, o programa auxilia aqueles que buscam um novo estilo de vida, com foco no bem-estar pessoal e individual.

Cup Noodles faz 50 anos: confira seis curiosidades sobre o alimento

O produto conta com mais de 11 sabores no Brasil e foi lançado há 50 anos no Japão

Criado no Japão em 1971 por Momofuku Ando, mesmo inventor do macarrão instantâneo, o Cup Noodles é um dos alimentos japoneses de maior sucesso no mundo todo. Depois de 50 anos, só no Brasil são 11 sabores desse macarrão instantâneo no copo, acompanhando a evolução dos hábitos alimentares no Brasil e ao redor do mundo.

Há muitas curiosidades a respeito da criação e popularização do Cup Noodles pelo mundo. Por isso, a Nissin Foods do Brasil compartilha algumas informações interessantes abaixo:

Quando tudo começou: em 1966, o fundador da Nissin Foods, Momofuku Ando, visitava compradores de uma rede de supermercados nos Estados Unidos quando se deparou com alguns gerentes dividindo um bloco de macarrão de frango Ramen e um deles preparando-o em um copo de papel com água fervendo para, em seguida, comê-lo com um garfo. Nesse instante, Ando percebeu que havia diferentes formas de comer o macarrão instantâneo, e era justamente essa peculiaridade que poderia torná-lo um alimento global.

A embalagem perfeita: após definir que o Cup Noodles seria o próximo lançamento da marca, um dos maiores desafios de Ando foi desenvolver uma embalagem térmica que fosse segura para armazenar, preparar e consumir o macarrão instantâneo de forma prática e saborosa. Entre a ideia e o lançamento foram mais de cinco anos. Hoje, a embalagem continua sendo a escolha perfeita para os consumidores.

Popularização do produto: em fevereiro de 1972, as ações de um grupo armado revolucionário japonês resultaram em um incidente televisionado chamado Osama-Sanso. As imagens da TV captaram membros do Departamento da Polícia Metropolitana comendo Cup Noodles durante a busca pelo grupo. Assim, de forma repentina, a popularidade do produto disparou entre os consumidores de todo o país.

Chegada ao Brasil: apesar de o produto ter conquistado consumidores rapidamente no Japão e em outros países, o Cup Noodles começou a ser importado para o Brasil em 1992, há quase 30 anos. Em 2002, passou a ser produzido em solo brasileiro, na fábrica da marca localizada em Ibiúna (SP), para atender a alta demanda local.

Doodle do Google: o Google criou um Doodle especial para Ando em 5 de março de 2015, data que marcou o 105º aniversário do criador do macarrão instantâneo e do Cup Noodles.

50 anos de história: neste ano de 2021, o primeiro macarrão instantâneo no copo completará 50 anos de existência no mês de setembro, desde que foi lançado oficialmente em 1971, no Japão.

Fonte: Nissin Foods do Brasil