Arquivo da tag: alimentação

Brasileiros estão buscando alternativas saudáveis: snacks nutritivos são aliados

Novo cracker vegano inspirado nos sabores do Mediterrâneo, Journey da Essential Nutrition, combina praticidade e nutrição

Comer bem e melhor se tornou um dos novos hábitos alimentares da década. Opções orgânicas e integrais estão cada vez mais em alta nas prateleiras dos supermercados e, junto com essas novas possibilidades, formas diferentes de ver a nutrição também surgem. Prova disso é que 80% dos brasileiros (ou seja, 8 em cada 10) se esforçam para ter uma alimentação saudável, segundo uma pesquisa divulgada pela Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) em 2018. Além disso, 71% dos entrevistados afirmaram que dão preferência a produtos saudáveis.

Hoje, o Brasil já ocupa a quinta colocação do ranking de vendas de alimentos e bebidas saudáveis: de acordo com um estudo da Euromonitor Internacional, o mercado de alimentação saudável cresceu 98% por aqui entre 2009 e 2014. Diante da percepção da necessidade do mercado de um snack nutritivo que pudesse participar do maior número de dietas, é que a Essential Nutrition, marca reconhecida de nutrição funcional, acaba de lançar Journey, um cracker vegano inspirado na dieta mediterrânea.

journey--18-of-53-

“Para que ele pudesse ser consumido por pessoas de todas as idades, com valor nutricional balanceado, apostamos em uma fórmula nutricional sem glúten, sem lactose, sem derivados de soja, sem açúcar e com ingredientes de baixo índice glicêmico, com fibra e proteína e com menos de 100 calorias por porção” detalha a nutricionista Anne Albano, da equipe de Desenvolvimento de Produtos da marca.

Assado, com um toque de azeite e especiarias, Journey é fonte de fibras e pode ajudar na saciedade graças à sua composição com proteína da ervilha e grão de bico. O formato permite que ele seja degustado com um acompanhamento, como molhos saudáveis, guacamole e patês, por exemplo. “Journey chega como uma opção que pode ser consumida a qualquer hora e em qualquer lugar por quem busca a combinação ideal de sabor e nutrição, inclusive por crianças”, reforça a nutricionista.

Um convite ao mediterrâneo: uma jornada em busca da leveza

Para desenvolver Journey, foi realizada uma investigação sobre os benefícios da dieta mediterrânea, conhecida pelo equilíbrio dos macronutrientes e qualidade dos seus ingredientes. Segundo Anne Albano, Journey é um cracker, um biscoito salgado cuja inspiração foi a região mediterrânea pela perfeição de sua natureza e pela sabedoria das culturas que conformam a região. “Buscamos os ingredientes que compõem a base de sua alimentação harmonizando os sabores e aromas para criá-lo”, reforça.

A composição da novidade foi pensada para aportar os nutrientes ideais para uma alimentação equilibrada. Segundo Anne, o público-alvo são todas as pessoas que buscam uma alimentação saudável, nutritiva, funcional e saborosa na qual os alimentos ofereçam os nutrientes que o corpo necessita para executar suas funções no melhor desempenho possível.

journey--40-of-53-

Com o embasamento científico da dieta mediterrânea, a Essential Nutrition buscou as melhores fontes de matéria prima para compor a nova receita. Afinal, a principal característica da região mediterrânea é a variedade e a qualidade dos alimentos sempre frescos e o equilíbrio entre nutrientes. Outro diferencial da composição nutricional de Journey é que ele é plant-based, e tem como uma de suas bases a riqueza de legumes e vegetais.

“Journey combina azeite de oliva, linhaça e chia, gorduras de boa qualidade, altas em compostos de Ômega 3, 6 e 9. Também contém proteína da ervilha, que fornece inúmeros aminoácidos importantes para o bom funcionamento do organismo. É composto também de farinha de sarraceno, farinha de grão-de-bico e batata-doce, que enriquecem esse blend com carboidratos de lenta absorção, proporcionando mais energia por mais tempo”, explica a nutricionista.

Benefícios de Journey: cracker combina por sabor e nutrição

=Baixo teor calórico, alto valor nutricional.
Com apenas 93 calorias por porção, ele ajuda na saciedade graças às suas 4,6 gramas de proteína de ervilha e seu aporte de fibras 2,6g, bem como suas fontes de gordura. Por conter poucas calorias e alto valor nutricional, Journey é o snack ideal para saciar a fome de forma nutritiva e saudável.

=Praticidade.
Ideal para ser adicionado ao seu dia a dia, oferecendo como opção para matar a fome um snack prático e nutritivo. Pode ser consumido em qualquer lugar, em viagens, no escritório, na escola e no trânsito, por exemplo.

=Versatilidade.
Por ser livre de alergênicos, por sua composição nutricional e por sua formulação de ingredientes ele pode ser utilizado em uma extensa gama de dietas incluindo a vegana, vegetariana, plant-based, low carb, mediterrânea, ornish, dash, ayurveda, detox entre muitas outras. Pode ser consumido a qualquer horário do dia.

journey--52-of-53-

=Sabor e nutrição.
Harmônico para sua nutrição e no paladar, com sabor inigualável e balanceado em macronutrientes.

Além disso, Journey não contém glúten, leite, ovos, farinha de arroz, conservantes, corantes, aromatizantes artificiais, soja, gordura trans ou gordura de palma.

Preço sugerido: R$ 7,50

Fonte: Essential Nutrition

Gordura: vilã ou aliada?

Necessário para o desenvolvimento do sistema nervoso central e cerebral, o nutriente é fundamental desde os primeiros minutos de vida

Assim como um grande vilão dos filmes, a gordura é vista como um alimento completamente maléfico e que costuma assombrar a saúde das pessoas. Mas afinal, ela merece a fama que tem? De fato, o consumo desse nutriente em excesso pode trazer problemas para o organismo, mas isso não é diferente de qualquer outro alimento quando ingerido mais que o recomendado. Então por que essa má fama?

Desconstruindo alguns mitos, a nutricionista Ellen D’arc, da Bio Mundo , explica os benefícios e as melhores formas de se incluir a boa gordura em uma dieta balanceada. “O que poucos sabem é que os lipídios devem compor de 20 a 30% da nossa alimentação diária. O que vai impactar na qualidade dessa gordura, na realidade, é a origem dela”, explica.

De antemão, é necessário entender que nem toda gordura é igual e se dividem em três grandes grupos: saturadas, trans e insaturadas.

castanhas pexels
Pexels

A gordura saturada, presente em carnes gordas e manteiga, deve ser consumida moderadamente, visto que seu excesso aumenta o colesterol ruim (LDL), bem como as chances de doenças cardiovasculares. Ao passo que a gordura trans é majoritariamente artificial, presente em alimentos industrializados como bolachas, sorvete e salgadinhos, e deve ser evitada.

Por fim, a insaturada é necessária para o bom funcionamento do corpo. Proveniente de castanhas, sementes, alguns tipos de peixe, vegetais, é popularmente conhecida como “gordura do bem”, e são capazes de reduzir os níveis de triglicérides e de possibilidade de infarto.

“Além disso, auxiliam na absorção vitaminas lipossolúveis: A, D, E e K, já que essas são lipossolúveis. Também armazenam energia; protegem os órgãos internos; liberaram ácidos graxos, sais biliares e produzem hormônios” enfatiza a nutricionista, que selecionou alimentos para incluí-las nas refeições corretamente.

Para nutrir as manhãs

maionese de abacate california avocado commission
Foto: California Avocado Comission

Apesar de parecer improvável, é possível incluir as “gorduras do bem” logo no café da manhã por meio de alimentos como: abacate, iogurtes e linhaça. Extremamente saudáveis e saborosos, podem ser combinados entre si e com outras comidas, possibilitando a criação de diversas receitas.

Melhores opções para o almoço e jantar

Salmão_queridinho_Brasileiros

Salmão, sardinha, trutas, azeite de oliva e carnes vermelhas magras podem compor o menu de refeições maiores. “Uma outra dica é procurar não acrescentar outras gorduras no preparo desses alimentos. Assados e grelhadas são sempre uma boa pedida”, aconselha a nutricionista. Incremente sua salada com sementes de girassol e tempere com azeite de oliva extravirgem, vinagre de maçã e gotas de limão.

Deu fome de tarde?

oleaginosas castanhas
Pixabay

E até como “snack” as gorduras insaturadas são as queridinhas dos nutricionistas. Capazes de controlar a saciedade, são indicados para os intervalos entre as refeições alimentos como mix de castanhas: castanha-do-pará, castanha de caju, amêndoas, nozes, semente de girassol, de linhaça e até chia. “Quando introduzida de maneira correta, as boas gorduras auxiliam até no processo de emagrecimento”, conclui a especialista.

Fonte: Bio Mundo

Conheça os benefícios da spirulina, a “alga azul”

Fonte de nutrientes e proteínas, ela diminui os níveis de colesterol e auxilia no funcionamento do metabolismo

Popularmente conhecida como a “alga azul”, a spirulina é, na realidade, uma cianobactéria, rica em nutrientes e que é capaz de realizar a fotossíntese. Seus inúmeros benefícios vão do auxílio no tratamento da osteoporose até à prevenção do envelhecimento precoce. Além disso, é um importante aliado no processo de emagrecimento, nutrição e saciedade do corpo.

Eleita pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como “alimento do milênio,” por conter mais de 50 nutrientes fundamentais ao organismo, a spirulina traz grandes vantagens para quem incluí-la em uma dieta balanceada. Ela é rica em proteína, aminoácidos, vitamina A (dez vezes mais que qualquer alimento), vitamina do complexo B, vitamina E, minerais e ácidos fenólicos.

A nutricionista Ellen D’arc, da Bio Mundo , rede de lojas que busca promover saúde e bem-estar por meio de produtos saudáveis, explica os benefícios do suplemento no dia a dia. “O consumo recomendável diário fica entre 500mg duas vezes ao dia, dependendo da necessidade de cada um. Já quem busca consumir o produto são desde atletas até pessoas que buscam melhorar a qualidade de vida”, explica.

Abundante em proteína

spirulina

Indicada até mesmo como complemento alimentar para atletas, a spirulina é composta de até 70% de proteínas. “A abundância desse componente é essencial para o organismo, visto que o nosso corpo não consegue produzi-lo sozinho e só o obtém por meio da própria nutrição. Pode ser uma grande parceira para quem está introduzindo uma alimentação restrita à carne”, destaca a especialista.

Parceira do coração

coracao

Querida pelos cardiologistas, a spirulina previne e reduz os níveis de LDL – colesterol ruim ao corpo – através de seus ácidos graxos. “Ela atua na dilatação dos vasos sanguíneos e na diminuição da pressão arterial”, explica Ellen.

Poderoso anti-idade e anti-inflamatório

mulher-rosto

A spirulina combate os radicais livres por meio da sua grande quantidade de antioxidantes, além de vitaminas B1 e E, dos minerais, magnésio, ferro, manganês e betacaroteno, presentes em menor quantidade em frutas e legumes. Esses componentes estimulam na renovação da pele, cabelo e unha; além de auxiliarem na recuperação de processos inflamatórios e prevenir doenças degenerativas.

Ferro para o corpo

insonia cama mulher sono cansaço pixabay

Se comparado ao espinafre, a spirulina oferece mais que o dobro de ferro. O mineral é capaz de aliviar sintomas como dor de cabeça, cansaço e estresse por meio do aumento da oxigenação celular. “Claramente, a prevenção da anemia também é uma das vantagens, o ferro é fundamental para isso”, completa a nutricionista.

Cuidado de dentro para fora

spirulina alga azul pixabay
Pixabay

O sistema imunológico é fortalecido a partir da enorme quantidade de vitamina E e de Zinco que a spirulina fornece. O componente estimula a produção das chamadas “células T” – responsáveis pela identificação de invasores no organismo – e aminoácidos capazes de fazer renovação celular.

Auxilia no processo de emagrecimento

lipoaspiracao corpo barriga fita metrica

E até para quem busca diminuir os números na balança, a spirulina dá essa “mãozinha”. A sensação de saciedade, fornecida pela fenilanina, faz com se coma menos. O suplemento também favorece na limpeza e desintoxicação do organismo, já que sua ação depurativa acelera o metabolismo. “Uma pessoa com síndrome metabólica, por exemplo, pode se beneficiar da ação anti-inflamatória da alga, refletindo na diminuição do tecido adiposo” finaliza a especialista.

Fonte: Bio Mundo

Menopausa: saiba como reduzir sintomas e evitar problemas mais graves

Comum a todas as mulheres, a menopausa é uma fase hormonal que pode variar de acordo com cada organismo

O período que marca o fim do ciclo menstrual das mulheres costuma ser temido por estar diretamente relacionado a uma série de desconfortos e desequilíbrios no organismo. Os sintomas, no entanto, podem ser amenos ou excessivos, e cada mulher tem seu início sintomático próprio, tento como base a data de início do ciclo menstrual.

Os primeiros indícios gerais do climatério, que são comuns a todas as mulheres, começam pela queda ou encerramento da produção dos óvulos, isto é, os períodos menstruais ficam cada vez mais escassos e espaçados, até atingir o fim da menstruação. Segundo Talitha Melo, ginecologista da clínica Penchel, os sinais básicos da menopausa são as ondas de calor, sudorese noturna, perda da menstruação, ressecamento vaginal e queda da libido.

menopausa - reprodução internet fogacho

A saúde da mulher nessa fase fica fragilizada pelas sinapses difusas na conexão com o próprio organismo. Logo, a parte psicológica é uma das mais afetadas na saúde feminina, por estar diretamente ligada à produção de hormônios. O climatério acontece em duas etapas, a pré-menopausa e a pós-menopausa, e em cada uma delas é necessária uma maior atenção às carências psicofisiológicas.

“No início dos sintomas, aliado aos instáveis níveis de testosterona, progesterona e estrogênio no organismo, as mulheres podem ter oscilações no humor e desequilíbrios neurológicos, como crises de ansiedade, depressão e irritabilidade. Algumas mulheres também se queixam de perda do sono, cansaço, fraqueza e diminuição da libido”, afirma Talitha.

mulher tomando remedio probiotico suplemento

Durante a busca por soluções para os sintomas do climatério, em alguns casos pode ser indicado a terapia de reposição hormonal, que funciona como um inibidor geral de sintomas. Porém, a terapia é contraindicada em casos de já ter havido doenças hormonais ou provenientes de células debilitadas, como o câncer de mama. A terapia de reposição hormonal só deve ser realizada uma vez que haja acompanhamento médico, pois, com o organismo desfalcado na pré-menopausa, não pode receber uma sobrecarga abrupta de hormônios.

Nos períodos de pré e pós-menopausa é de suma importância que as mulheres se atentem ao peso. Por conta da perda da função ovariana, o déficit dos hormônios femininos pode fazer com que a mulher aumente sua gordura visceral.

“Esse ganho de peso, principalmente da adiposidade visceral, preocupa, pois tem relação direta com o desenvolvimento de doenças como: Acidente Vascular Cerebral (AVC), hipertensão, diabetes, alguns cânceres, doenças coronarianas e neurodegenerativas”, alerta Lucas Penchel, médico nutrólogo e diretor da clínica Penchel. Segundo ele, a queda do hormônio estradiol afeta, também, a perda de massa muscular e óssea.

quiabo peonia
Foto: Peonia/MorgueFile

Do início até o final da menopausa é essencial que as mulheres reforcem seus níveis de cálcio, ferro, fibras, vitamina D e B12 e magnésio, pois, isso irá reforçar o sistema imune, endócrino e reprodutor. Os alimentos que contêm maiores níveis de cálcio e auxiliam no fortalecimento ósseo, de acordo com Penchel, são peixes, leite desnatado, espinafre, quiabo e ameixa. Já as fibras, as qualidades nutritivas podem ser encontradas em alimentos integrais, nozes, castanhas, banana e hortaliças.

espinafre

Como nessa fase é comum a queda substancial de ferro no sangue é indicado que se insira na alimentação alimentos como açúcar mascavo, uvas e damascos secos, algas, cereais integrais e vegetais escuros, como espinafre e couve. “É de extrema importância investigar se há a necessidade de repor nutrientes e qual. Contudo, com o acompanhamento correto, não há restrições de consumo e as melhorias dos sintomas da menopausa são garantidas”, afirma Lucas.

Fontes
Lucas Penchel é diretor técnico da Clínica Penchel. Nutrologia – Faculdade de Medicina da Santa Casa- SP. Medicina Esportiva – Universidade Católica de Petrópolis.
Pós-Graduando em Endocrinologia – Ipemed. Mestre em Biotecnologia da saúde. Nutrição – Faculdade Universo.
Talitha Mello: Ginecologista e obstetra. Membro da Federação Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia. Membro da Sociedade Mineira de Ginecologia e Obstetrícia.
Membro da Associação Brasileira de Cosmetoginecologia.

Predilecta lança geleias em embalagem stand up com bico dosador

Versão moderna da embalagem foi desenvolvida para otimizar o consumo do alimento

Com foco na versatilidade e praticidade para o dia a dia do consumidor, a Predilecta lançou a nova linha de Geleias Stand Up, com bico dosador. O alimento, que vem nos sabores de goiaba, morango e uva, foi desenvolvido para ser utilizado de maneira mais prática, evitando o desperdício e facilitando o armazenamento.

A embalagem moderna, em formato de stand up e com bico dosador, conserva melhor o produto, devido ao seu sistema que evita a entrada de ar, prolongando a vida útil da geleia. A preocupação com o meio ambiente também é um dos diferenciais desta nova embalagem, uma vez que ela utiliza menos matéria-prima do que outras embalagens em sua produção. E, em conjunto com o bico dosador, o novo modelo permite que todo o alimento seja consumido, sem desperdício e também sem sujeira.

“Estamos sempre atentos às necessidades do consumidor e na busca pela melhoria contínua de nossos produtos. Esta nova embalagem permite que a geleia seja consumida direto da embalagem, sem o uso de um recipiente, o que certamente é relevante para quem tem uma vida agitada e busca praticidade” – conta Kleber Almeida, Diretor de Marketing da Predilecta.

morangouvagoiaba

As geleias com bico dosador da Predilecta podem ser encontradas em lojas, mercados e supermercados.

Informações: Predilecta

Alimentos enlatados não contêm gordura trans

Com resolução da Anvisa, indústria deve eliminar gordura trans até 2023. Associação Brasileira de Embalagens de Aço destaca que alimentos enlatados não levam gordura trans em seu preparo

Conhecida também como gordura vegetal hidrogenada, a gordura trans é utilizada para melhorar o aspecto e a crocância de alguns alimentos industrializados, além de ajudar a conservá-los, aumentando o prazo de validade. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), ao eliminar este ingrediente em todo o mundo seriam evitadas 500 mil mortes ao ano. Isso porque, de acordo com estudos, a gordura trans aumenta o colesterol ruim e reduz o colesterol bom, elevando o risco de infarto e AVC.

Diante disso, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou resolução para eliminar até 2023 a gordura trans dos alimentos industrializados no Brasil. Para esclarecer a população, a Associação Brasileira de Embalagens de Aço (Abeaço) destaca que frutas, legumes, vegetais e pescados enlatados não levam gordura trans em seu preparo.

“As conservas em lata são alimentos minimamente processados, ou seja, alimentos in natura que, dentro da lata, têm seu prazo de validade estendido devido ao processo de esterilização a que são submetidos”, explica a engenheira de alimentos Thais Fagury, presidente executiva da Abeaço.

milho enlatado pixabay
Pixabay

Bons exemplos, de acordo com a engenharia de alimentos, são o milho, a ervilha e a seleta de legumes, vegetais enlatados tão consumidos pelas famílias brasileiras. Na maior parte das vezes, esses produtos são envasados a frio, ou seja, após colhidos no campo, seguem diretamente para a fábrica, são higienizados, colocados dentro da lata com salmoura (água e sal) e um conservante natural, como o ácido ascórbico e o ácido cítrico, também encontrados no limão e no vinagre. A lata então é fechada e segue para uma autoclave (espécie de forno).

“O vegetal é cozido dentro da própria lata e o longo prazo de validade é explicado pelo fato dela ser inviolável e não permitir a entrada de luz, o que descarta a oxidação do alimento”, explica Thais, destacando que não há necessidade de adição de qualquer conservante químico para garantir o prazo de validade de até cinco anos, muito menos de gordura trans.

Thais explica ainda que já há tecnologias disponíveis no Brasil que dispensam até mesmo a salmoura (água com sal). “O alimento é cozido no vapor, dentro da lata, o que reduz a adição de sódio”. Uma variação no processo de produção de enlatados é o envase a quente, no qual o alimento é cozido e só então segue para a lata esterilizada, sendo então lacrado. “Mas os fundamentos da esterilização são os mesmos e também não é necessária a adição de conservantes químicos”, ela destaca.

sardinhas em lata pixabay
Pixabay

Outros exemplos são a sardinha e o atum em lata, proteínas que estão entre as mais acessíveis à mesa dos consumidores do País. “O pescado fresco é higienizado e colocado dentro da lata, com ervas aromáticas, óleo, azeite, molho de tomate ou água e sal, dependendo da receita. Depois a lata é fechada e segue para a autoclave”, explica.

A sardinha e o atum em lata, além de não terem gordura do tipo trans, são ricas em Ômega-3, um ácido graxo benéfico à saúde cardiovascular. “Ou seja: enquanto a gordura trans, de acordo com estudos, eleva os riscos de infarto e AVC, os pescados em lata ajudam a prevenir esses problemas de saúde”, destaca a engenheira de alimentos.

Não ter gordura trans, no entanto, não é o único benefício dos alimentos enlatados. “O sabor, as vitaminas, os minerais, as proteínas e tudo que existe de saudável são mantidos dentro da lata e o alimento continua fresquinho e saboroso. Além disso, seu processo de fabricação destrói os micro-organismos e elimina em 99% os resíduos de pesticidas”, esclarece Thais.

conserva sardinha atum pixabay
Pixabay

A lata de aço oferece uma resistência que não se compara a nenhuma outra embalagem e, por não precisar de refrigeração, ainda ajuda a economizar energia.

Fonte: Abeaço

20 metas simples de serem cumpridas para ser mais saudável em 2020

Especialista em emagrecimento Edivana Poltronieri indica 20 metas para cumprir no próximo ano e melhorar a qualidade de vida

Obter uma vida mais saudável é um dos objetivos número um para muitas pessoas a cada virada de ano, mas que muitas vezes acaba se perdendo no decorrer do ano. “É comum começarmos um novo ano focados em cumprir nossas metas, mas com a correria do dia a dia acabar deixando de lado”, comenta a especialista em emagrecimento Edivana Poltronieri, do 5S Estilo de Vida Saudável.

“Isso acontece também porque as pessoas acham que para viver uma vida saudável é preciso fazer grandes mudanças, sendo que mudar pequenos hábitos já podem trazer um ótimo resultado”, completa.

Confira as dicas da especialista para, enfim, bater essa meta:

1 – Beber a quantidade de água ideal
Manter-se hidratado diariamente está relacionado integralmente com um melhor funcionamento do corpo e da mente. O ideal é beber 35ml a cada kg para quem é sedentário e 70ml para quem se exercita.

mulher madura tomando agua
Dica da especialista: “Para quem esquece de beber água, a dica é colocar alarmes no celular ou carregar sempre uma garrafinha para sempre lembrar de ingerir o líquido.”

2 – Consumir mais frutas e verduras
O próximo ano pode ser o momento ideal para inserir mais frutas e verduras – ricos em água e fibras que fortalecem a flora intestinal evitando diversas doenças, além de suas vitaminas e minerais que nutrem as células e evitam a tal “fome oculta”.

Frutas_Frescas181112_160641
Dica da especialista: “Caso não seja muito fã de comer a fruta/verdura pura, comece a preparar picolés de frutas, salada de frutas, tortinhas de legumes e sucos detox com frutas, verduras e vegetais, por exemplo.”

3 – Variar os alimentos
Que tal diversificar mais o cardápio? Um novo ano é um ótimo momento para experimentar novos tipos de alimentos, inclusive aqueles que você já tentou ingerir uma vez e não gostou, porém, preparado de outra forma especial.

pad_thai_vegano
Dica da especialista: “Quanto mais você variar os alimentos saudáveis, mais vitaminas e minerais diferentes serão ofertadas ao corpo, o que ajudará no aceleramento do metabolismo, prevenindo doenças e ajudando no sistema imunológico”

4 – Comer sal sem excesso de sódio
O consumo excessivo do sal pode gerar problemas de saúde como hipertensão e doenças cardiovasculares. Preste atenção no quanto de sal você coloca na sua comida e vai diminuindo aos poucos. O vilão em si não é o sal, mas o sódio que ele carrega.

sal de ervas pinterest
Pinterest

Dica da especialista: “Prepare um delicioso e saudável sal de ervas combinando diversas especiarias a seu gosto batidas no liquidificador com uma pitadinha de sal. Assim você realça o sabor sem precisar exagerar no sódio.”

5 – Usar o açúcar a seu favor
Assim como o sal, o açúcar pode ser um vilão da alimentação saudável e, quando ingerido em abundância, é capaz de provocar doenças como diabetes e obesidade.

chocolate amargo cacau elsenaju
Dica da especialista: “Diminua aos poucos a quantidade usada no café, chá e sucos. Substitua também o suco de fruta adoçado por fruta in natura. Em bolos e tortas troque o açúcar por frutas secas ou naturais e quando bater a vontade louca de comer um chocolate prefira 70% cacau.”

6 – Jogar força nos alimentos de verdade
Alimentos que parecem práticos para o consumo (industrializados), muitas vezes, apresentam produtos químicos artificiais e sintéticos que não contribuem com quem quer atingir o objetivo de ser mais saudável.

getty images frutas legumes
Dica da especialista: “Comida de verdade é o alimento que você encontra na natureza e que não foi modificado. Jogue força nele e ele jogará força e vitalidade em você!”

7 – Prestar mais atenção nas embalagens
Comece a olhar sempre nas embalagens dos alimentos os seus nutrientes e composições antes de adquiri-lo. Caso a embalagem apresente informações não tão claras, o produto certamente não é saudável.

istockphoto- mulher na cozinha
iStock

Dica da especialista: “Para 2020 tente desembalar menos e descascar mais!”

8 – Ficar de olho nas bebidas
Essa meta vale para todas as bebidas, principalmente refrigerantes, sucos concentrados e álcool. A ingestão excessiva de bebidas industrializadas pode ajudar na obtenção e no agravamento dos problemas de saúde. Afinal, não são bebidas de verdade.

agua-pinterest
Dica da especialista: “Que tal começar a saborear chás naturais e água aromatizada com frutas e ervas? Seu corpo e sua mente agradecerão.”

9 – Fazer novas amizades e cuidar das antigas
Essa meta tem tudo a ver com a era tecnológica em que estamos vivendo. Estudos apontam que manter os laços de amizade é o grande segredo da verdadeira felicidade e da longevidade.

mulheres amigas abraço jeans
Dica da especialista: “Desgrude do celular e grude mais em pessoas. Amigos que possam rir e chorar juntos, jogar conversa fora e visitar, conseguem suprir o que nenhum bem material proporciona dentro de nós.”

10. Mexer o corpo
Essa meta é comum na lista de muitas pessoas e o próximo ano pode ser o momento certo para, finalmente, dar início na prática de uma atividade física. Se você é sedentário, comece praticando pequenas caminhadas ou substituindo o elevador por escadas, por exemplo. Após 1 mês, o corpo já estará acostumado e você poderá intensificar o exercício, realizando pelo menos 15 minutos por dia. Se você já realiza algum exercício físico, que tal tentar algum esporte ou outra modalidade diferente?

treinamiento-funcional-eurogimnas-granollers
Eurogimnas

Dica da especialista: “Para quem deseja emagrecer aconselho o HIIT: rápido, completo e prazeroso. Há várias séries disponíveis no YouTube.”

11 – Desenvolver habilidades culinárias
Para ter um maior controle da sua alimentação, nada melhor do que preparar o seu próprio alimento. Desenvolver e aprimorar habilidades culinárias pode ser uma das metas para 2020, pois, além de ser um hobby que aguça a criatividade, também é uma justificativa para comer aquilo o que gosta de maneira saudável, afinal, quem escolhe os alimentos é você.

mulher cozinhando fogao panela
Dica da especialista: “Assista vídeos de culinária, adquira e-books de receitas, faça cursos rápidos, compre uma boa faca e acessórios e divirta-se criando na cozinha!”

12 – Planejar com antecedência sua semana
Faça um calendário e, nele, coloque todas as suas atividades da semana, incluindo o cardápio de alimentos, exercícios físicos, horário livres, entre outros. Nada melhor do que uma semana organizada para conseguir concluir todas as metas.

freegreatpicture-mulher-agenda
Dica da especialista: “Você pode anotar tudo em um caderno ou baixar aplicativos que te ajudem no planejamento semanal. Chega de desculpas!”

13 – Dormir mais e melhor
Pessoas que dormem pouco ou inadequadamente tendem a sofrer com o organismo desregulado e com aumento da fome, tornando-se um fator para o aumento de peso. Para manter ou chegar no peso ideal é fundamental dormir bem, por no mínimo, 8h diárias.

chá camomila
Foto: chamomileteaonline

Dica da especialista: “Evite atividades agitadas e intensas antes de dormir, assim como o celular e notícias. O quarto deve estar em escuridão e silêncio total. Tome um chá morno de maracujá com camomila. Inspire e expire lentamente e profundamente. O resultado será uma boa noite de sono”.

14 – Organizar a agenda
Selecione diariamente aquilo que é prioridade e deixe para realizar outras atividades conforme for concluindo as prioritárias. Tentar fazer tudo ao mesmo tempo só causará estresse e angústia, prejudicando a meta de se tornar uma pessoa com uma melhor qualidade de vida.

Compras Compulsivas mulher computador pensando
Dica da especialista: “Tome as decisões mais complexas ou difíceis sempre pela manhã quando seu cérebro ainda está cheio de energia”.

15 – Metas alcançáveis para começar
Nos primeiros meses do ano, comece com metas objetivas que serão possíveis de serem concluídas. Depois, vá aprimorando-as conforme for concluindo.

alimentacao
Dica da especialista: “Não tente cortar todos os doces logo em janeiro ou querer correr uma maratona até fevereiro. Comece por pouco, com pequenas mudanças que se tornarão mudanças efetivas no final do ano e para toda a vida. Lembre-se: prefira sempre o longo caminho curto do que o curto caminho longo.”

16. Persistir sempre
O começo será muito desafiador, mas o importante é persistir! Se acontecer deslizes, mantenha o foco e recomece no próximo dia. É necessário entender que nem sempre todos os dias serão apropriados para se tornar uma pessoa saudável e que tudo depende apenas de você.

mulher homem conversa trabalho pexels
Pexels

Dica da especialista: “Ter alguém inspirador por perto pode ser um grande aliado. Um mentor, um amigo ou alguém que você possa contar nos momentos que pensar em desistir”.

17 – Cuidar da vida financeira
Ser organizado financeiramente é uma meta que, quando cumprida, tornará a pessoa mais saudável mentalmente. Faça planilhas de gastos para ter um melhor controle dos lucros e prejuízos. Assim, será a melhor forma de monitorar eficientemente as economias do próximo mês.

dinheiro poupança financas pixabay 33
Dica da especialista: “Existem diversos aplicativos, consultorias e profissionais dedicados a ajudar a organizar sua vida financeira”.

18 – Fazer aquilo que te faz feliz
Não deixe de ter um tempo para você fazer aquilo que te faz feliz. Separe 1h por dia para realizar algo que goste muito até esse hábito se tornar frequente. Isso fará com que cada dia seja mais prazeroso.

mulher fotografia
Dica da especialista: “Pode ser pintar, dançar, correr, aprender um novo idioma, malhar, tocar um instrumento, cozinhar, ler, aprender algo novo. 2020 é o ano de ser feliz!”

19 – Ter recompensas
Ter uma recompensa quando achar que está se saindo bem nas metas é primordial. Faça algo que goste como sair com os amigos, dançar ou até mesmo ficar em casa sem fazer nada. O importante é reconhecer o seu esforço e continuar praticando os hábitos saudáveis.

mulher-no-espelho
Dica da especialista: “Olhe-se no espelho. Elogie-se mais. Parabenize-se. Sinta mais orgulho de você. E lembre-se: Sentimentos só se recompensa com outro sentimento, nunca com coisas”.

20 – Contar com ajuda de profissionais
Profissionais da área da saúde são pessoas que entendem sobre determinado assunto, então não há problema em solicitar um auxílio. “Se você achar que precisa de ajuda para concluir qualquer meta, entre em contato com um profissional de confiança”, indica a especialista.

mulher sessão terapia psicologa

Dica final: “Se você conseguir realizar 20% das metas acima, já será 80% mais saudável e feliz e isso realmente acontece! Pode apostar”.

Fonte: Edivana Poltronieri é formada em fisioterapia pela Universidade de Vila Velha (ES), possui três pós-graduações, em Obesidade e Emagrecimento, Dermatofuncional e Cardiovascular e Respiratória. Mestre em Dermofarmácia e Cosmetologia pela Universidade de Barcelona, na Espanha. Cansada de fazer dietas e buscando emagrecer rápido e definitivamente, Edivana criou o 5S Estilo de Vida em 2015. 

Projeto verão: ainda dá tempo para começar

Especialista lista dicas para iniciar uma reeducação alimentar e garantir bons resultados para a saúde e o corpo

No verão, é comum todos se preocuparem mais com o físico, já que as roupas deixam o corpo mais à mostra e as temporadas na praia e os dias de piscina são mais frequentes. De acordo com Ana Pallottini, consultora em nutrição da Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (Abimapi), não é preciso radicalismo para obter resultados e ainda dá tempo de começar uma mudança de estilo de vida, melhorando a alimentação e incluindo atividade física na rotina, sem colocar a saúde em risco.

“Muitas pessoas se aventuram em dietas restritivas em busca de efeitos imediatos, com cardápios que eliminam os alimentos fontes de carboidratos, por exemplo”, explica Ana.

A nutricionista destaca que o planejamento inicial também pode ser usado como um incentivo às mudanças permanentes no dia a dia, evitando assim, o efeito rebote ou sanfona, quando todo resultado conquistado se perde. “A alimentação adotada deve ser sustentável em longo prazo, saborosa e saudável. Dessa forma é mais fácil seguir o cardápio por mais tempo, passando de uma dieta para uma reeducação alimentar”, pontua.

Abaixo, Ana lista cinco dicas para chegar ao verão com um corpo bonito e saudável:

• Dê atenção para o café da manhã

café da manhã pixabay
Pixabay

Começar o dia com uma refeição equilibrada garante mais energia, saciedade e disposição ao longo do dia. Aposte em um pão de forma integral ou torradas, que fornecem carboidratos e energia. Para acompanhar, queijo ou ovo mexido, que fornecem proteínas e, como complemento, fruta da estação ou suco de fruta natural, misturados com semente de linhaça ou chia, que acrescentam fibras, vitaminas e minerais.

• Capriche nas saladas

salada com crouton pixabay
Pixabay

Frescas e refrescantes, as saladas são boas opções para os dias mais quentes, especialmente para o jantar. Combinando alguns ingredientes, é possível elaborar uma refeição completa, leve e balanceada. Acrescente frango desfiado, ovos de codorna, atum ou grão de bico, que são os alimentos fontes de proteína. E, para acompanhar, croutons caseiros. É só cortar o pão de forma em quadradinhos, regar com um fio de azeite de oliva e orégano e torrar no forno.

• Prepare sorvetes caseiros e refrescantes

banana-ice-cream-  pinchofyum.jpg
PinchoFyum

Um lanche leve entre as refeições principais pode ajudar a controlar a fome e trazer mais disposição e energia para o dia. Frutas são boas opções para esse momento, e podem se tornar mais atrativas e apetitosas em forma de sorvete. A sugestão é picar uma banana e levá-la ao congelador. Depois de congelada, bater em um mixer com cacau em pó e um pouco de mel. Para dar aquele toque especial, quebre alguns biscoitos integrais de cacau junte à “massa” do sorvete.

• Pratique atividade física

natacao
Comece a rotina de exercícios físicos aos poucos e escolha uma atividade prazerosa para você. Aproveite o sol e os dias mais longos e se exercite ao ar livre, quando possível, praticando corrida, caminhada ou natação. Reserve ao menos três dias da semana para atividades de uma hora. Desta forma já é possível cumprir a recomendação da Organização Mundial de Saúde de 150 minutos de exercício semanais.

• Estipule metas realistas

peso-fita-metrica-balanca
Eleve a autoestima e trace metas realistas, condizentes com sua rotina e com o seu biotipo. É possível perder peso ou ficar com o corpo mais definido, mas dentro do que seria ideal para cada um, sem sofrimento e sem arriscar a saúde.

Fonte: Abimapi

Cuidados com a alimentação no verão

Buscar pelo bronzeado perfeito, recorrer às praias e piscinas e até aquelas tentações das comidas de rua, tudo vale a pena para tentar amenizar o calor tropical. Porém, há outro quesito importante quando o assunto é aproveitar o verão da melhor maneira possível: uma alimentação leve.

Se no inverno a culinária é marcada por tentações calóricas, nos dias mais quentes os pratos refrescantes não podem ficar fora do cardápio, tanto para o bem-estar do estômago quanto para evitar a desidratação, problema típico dessa época do ano.

Devido ao calor e ao tempo seco, o nosso organismo tende a eliminar quantidades consideráveis de água e sais minerais. Por isso, o verão exige uma série de cuidados e adaptações, a começar pela adoção de uma dieta equilibrada e o aumento da ingestão de líquidos para repor as proteínas perdidas.

praia comida

“Além do constante consumo de líquido, uma boa pedida é sempre optar por alimentos frescos, principalmente àqueles que já possuem bastante água na sua composição, como as frutas, que ajudam na hidratação e são de fácil digestão. Verduras, saladas e grãos também compõem uma alimentação saudável, já que possuem proteínas vegetais e fibras e não tem tanta gordura”, explica Debora Poli, gastroenterologista do Hospital São Luiz Itaim.

Para curtir o verão sem contratempos também é preciso dobrar a atenção e consumir apenas alimentos de procedência confiável para que não haja desconfortos estomacais. Segundo a especialista, a alta temperatura gera condições propícias para a proliferação de bactérias e os alimentos tendem a estragar com mais facilidade e, quando ingeridos nessas condições, podem desencadear inflamações intestinais como a gastroenterite.

“Comida crua e frutos do mar, por exemplo, são comuns nesta época, porém são mais propícios a causar inflamações, pois não foram cozidos. Outro alerta vale para passeios em praias e piscinas, pois os alimentos podem ficar horas no sol, aumentando o risco de bactérias. É recomendável conservar os alimentos sempre bem refrigerados”, esclarece.

evino vinho rose gelado praia

Além dos cuidados com a alimentação, a gastroenterologista recomenda evitar o excesso de consumo de bebidas alcoólicas, principalmente com a chegada das festas de final de ano, pois ele ajuda na desidratação. O álcool acelera a eliminação de água do corpo e também bloqueia a absorção de novos componentes, causando a famosa ressaca.

Para a médica, estar hidratado e bem alimentado antes de iniciar as festividades é muito importante, pois o organismo vai estar mais preparado para minimizar os efeitos negativos do álcool no dia seguinte.

Fonte: Hospital e Maternidade São Luiz Unidade Itaim

Probióticos: onde encontrá-los e como aproveitá-los em receitas

Elas fortalecem a imunidade, melhoram a digestão e, segundo um estudo da USP, também ajudam a identificar doenças graves como o câncer colorretal. Nutricionista do Oba Hortifruti, Lívia Nogueira, explica como esses micro-organismos contribuem para a saúde e cita em quais alimentos você pode encontrá-los

Quando falamos em bactérias, é muito comum o primeiro pensamento ser algo negativo, afinal, esses micro-organismos estão relacionados a algumas indisposições de saúde. Mas, você sabia que ao lado das vitaminas e minerais está também um grupo de bactérias que são tão responsáveis pelo funcionamento adequado do corpo quanto os outros elementos mais conhecidos?

Esses bichinhos benfeitores são chamados de probióticos, e estão mais perto do que você imagina: eles vivem dentro do intestino de todo ser humano, em uma grande comunidade chamada microbiota. Apesar de pouco faladas, as funções positivas dessa “colônia de bactérias” são constantemente analisadas pelos cientistas. Um estudo publicado em abril de 2019 pela Nature Medicine, feito pela Universidade de São Paulo (USP), por exemplo, constatou que essas bactérias têm potencial para serem usadas no diagnóstico do câncer de cólon renal.

Segundo a nutricionista do Oba Hortifruti, Lívia Nogueira, “quando ingeridos na quantidade certa, os probióticos trazem muitos outros benefícios para o corpo: eles aumentam a produção das células de defesa do organismo, o que fortalece a imunidade, ajudam na absorção dos nutrientes e afastam problemas como candidíase, infecções urinárias e doenças cancerígenas”.

As vantagens não param por aí. Por estarem presentes no trato intestinal, é claro que as bactérias boazinhas também fazem sua parte por lá, melhorando a digestão e combatendo desconfortos, como a azia e a prisão de ventre.

Quer investir em uma dieta rica em probióticos? Então, segundo Lívia, iogurtes naturais, leite fermentado, missô (pasta de soja), kefir e kombucha não podem faltar no cardápio. A nutricionista ainda ensina o passo a passo de três receitas que também cumprem essa função. Confira:

Iogurte desnatado caseiro

Iogurte-Caseiro--2

“Um dos alimentos probióticos mais conhecidos é o iogurte. Pode ser consumido no café da manhã, no intervalo entre as refeições ou no lanchinho da tarde. É uma ótima opção para quem deseja obter as propriedades desses organismos”, indica Lívia.

Ingredientes:
1 litro de leite desnatado;
1 copo de iogurte desnatado natural.

Modo de preparo:
1) Ferva o leite em um caneco.
2) Depois de alguns segundos, quando ele já não estiver mais tão quente, despeje o iogurte no caneco e misture bastante.
3) Adicione a mistura em uma panela e tampe bem. Para deixar bem fechado, você pode colocar um pano de prato bem higienizado entre a panela e a tampa.
4) Separe a mistura em um canto e deixe descansar por 24 horas.
5) Após isso, coloque na geladeira.
6) Depois que gelar, basta servir.

Sopa de missô com cogumelos

Sopa-de-Missô

Outra indicação da nutricionista é a sopa de missô, ingrediente tradicional da culinária japonesa. Rica em probióticos naturais, essa refeição confere força extra ao intestino, além de ajudar a desintoxicar e a desinchar.

Ingredientes
· ½ cebola média picada
· 4 dentes de alho
· 6 xícaras (chá) de caldo de legumes caseiro
· 2 colheres (sopa) de água
· 1 xícara (chá) de shiitake e cogumelo-de-paris fatiados
· 1 xícara (chá) de cevada em grãos cozida
· 1 xícara (chá) de couve fatiada
· 1 colher (sopa) de missô
· 1 colher (sopa) de endro ou raspas de limão

Modo de preparo
1) Refogue a cebola, o alho e os cogumelos na água, em fogo médio, por três minutos.
2) Adicione o caldo de legumes, a cevada e deixe por 30 minutos.
3) Acrescente a couve fatiada nos últimos 3 minutos de cozimento.
4) Retire do fogo e acrescente o missô.
5) Polvilhe com endro ou raspas de limão.
6) Sirva em seguida.

Chucrute

Chucrute-2

“O chucrute é um tipo de repolho fermentado, rico em probióticos que trazem grandes benefícios para a saúde!”, cita a nutricionista.

Ingredientes
1 repolho verde médio (de preferência orgânico)
1 colher de sopa rasa de sal não iodado
2 dentes de alho em pedaços (opcional)

Modo de preparo
1) Reserve um pote de vidro de 500 gramas para manter o chucrute; uma tábua; um amassador; uma faca e uma tigela para espremer o repolho.
2) Dê uma lavada rápida com cloro em todos os utensílios que você vai usar (esse processo evita a contaminação por micro-organismos indesejados). Descarte as folhas externas do repolho e corte-o em tiras bem finas.
3) Depois de bem cortado em tiras, esprema o repolho na bacia com a mão e espalhe bem o sal e o alho. Depois desse passo, vá colocando o repolho aos poucos no pote de vidro e esprema bem com o amassador, até que ele libere água.
4) A cada porção de repolho colocada no pote de vidro, amasse bem, até que, depois de passar toda a quantidade de repolho para o pote, ele esteja completamente coberto pela água que liberou.
5) Tampe o vidro de modo levemente frouxo para que os gases da fermentação possam sair. Deixe-o de três dias a uma semana fora da geladeira em temperatura ambiente. Quanto mais quente a temperatura, mais rápida será a fermentação.
6) Atenção: não consuma seu chucrute se ele tiver uma aparência escura ou com crescimento de fungos.

Chucrute

Fonte: Oba Hortifruti