Arquivo da tag: ana maria braga

Ana Maria Braga ensina pratos para quem quiser fazer Festa Junina em casa

Apresentadora ensina cinco receitas pra animar o arraiá

Já é sabido o quanto Ana Maria Braga gosta de uma Festa Junina, mas este é o segundo ano que o arraiá que ela sempre faz deixa de acontecer. Mas não é por isso que não se pode preparar as delícias que animam tanto este mês.

A apresentadora separou 5 receitas mais elaboradas, tiradas diretamente do site dela para serem preparadas em casa, ao lado da família, sem aglomeração, respeitando o isolamento social.

“Continuamos com a festa junina dentro de casa. O festerê que eu tanto gosto, ficou para o ano que vem, mas meu fogão a lenha já está quente para preparar essas receitas”, afirma a apresentadora.

As cinco receitas são: Pudim de milho-verde e leite de coco, Bolo dourado de coco e mandioca, Doce de abóbora na panela de pressão, Bolo de fubá cremoso com queijo e Amendoim doce de micro-ondas.

Receitas juninas

Pudim de milho-verde e leite de coco

Ingredientes
Calda

1 xícara (chá) de açúcar (180 g)
½ xícara (chá) de água (120 ml)

Pudim
2 latas de milho escorrido (400 g)
1 e ½ xícara (chá) de leite (360 ml)
1 vidro de leite de coco (200 ml)
1 lata de leite condensado (395 g)
4 ovos grandes (240 g)

Modo de preparo
Calda

Leve o açúcar ao fogo baixo até derreter e obter um caramelo médio. Aos poucos, junte a água fervente pela lateral interna da panela, mexendo sempre, até derreter o caramelo. Deixe ferver até engrossar. Despeje em fôrma de cone central (20 x 7 cm) e gire-a com cuidado, revestindo completamente o interior (se preferir, distribua em forminhas individuais de pão de mel ou muffin para obter o efeito da foto). Reserve.

Pudim
Bata o milho com 1 xícara (chá) do leite no liquidificador. Coe (descarte o bagaço), coloque de volta no copo do aparelho e junte o leite restante, o leite de coco, o leite condensado e os ovos. Pulse até misturar bem. Despeje na fôrma caramelada e cubra com papel-alumínio. Asse em forno médio preaquecido (180 °C), em banho-maria (use água quente), por cerca de 50 minutos ou até que, ao espetar o pudim (na região mais próxima à borda da fôrma) com a ponta de uma faca, esta saia limpa. Deixe esfriar e leve à geladeira por ao menos 4 horas. Na hora de servir, aqueça rapidamente o fundo da fôrma na chama do fogão para desenformar. Sirva gelado.

Preparo 30min
Serve até 10 porções
Nível Fácil
Atenção: requer tempo para assar, esfriar e gelar.

Bolo dourado de coco e mandioca

Ingredientes
Calda

½ xícara (chá) de açúcar (90 g)
¼ de xícara (chá) de água (65 ml)
¼ de xícara (chá) de água fervente

Bolo
2 ovos (100 g)
1 e ½ xícara (chá) de leite (375 ml)
300 g de mandioca (aipim) ralada
1 xícara (chá) de açúcar (180 g)
50 g de coco seco em flocos
1 colher (chá) de manteiga
1 colher (café) de fermento químico

Modo de preparo

Calda
Misture o açúcar com a água em uma panela e leve ao fogo médio, sem mexer, até ficar com cor de caramelo. Fora do fogo, junte a água fervente e misture até afinar. Despeje em fôrma de cone central (18 cm de diâmetro), espalhando por todo o interior. Reserve.

Bolo
No liquidificador, bata os ovos com o leite e a mandioca até triturar bem. Aos poucos, acrescente os demais ingredientes, deixando o fermento por último. Despeje na fôrma caramelada e leve ao forno médio preaquecido (180 ºC) por cerca de 50 minutos ou até dourar ligeiramente e firmar (ao espetar a massa com um palito, este deve sair limpo, porém úmido).
Desenforme morno e sirva em temperatura ambiente, decorado a gosto.

Preparo 40min
Serve até 8 porções
Nível: fácil
Atenção: requer tempo para assar e esfriar.

Doce de abóbora na panela de pressão

Ingredientes
1 kg de abóbora-menina em cubos
1 kg de açúcar
1 xícara (chá) de água
Cravos-da-índia e canela em pau a gosto

Modo de preparo
Coloque os ingredientes na panela de pressão, tampe e cozinhe por 15 minutos, contados a partir da fervura (apito). Abra a panela somente depois que esfriar. Transfira os pedaços de abóbora para uma compoteira, regue com a calda (se necessário, apure um pouco mais) e sirva.

Preparo: 20min
Serve até 8 a 10 porções
Nível: muito Fácil
Atenção: requer tempo para esfriar.

Bolo de fubá cremoso com queijo

Ingredientes
2 xícaras (chá) de leite (500 ml)
1 vidro de leite de coco (200 ml)
3 ovos (150 g)
2 colheres (sopa) de manteiga em temperatura ambiente (30 g)
3 xícaras (chá) de açúcar (540 g)
1 xícara (chá) de fubá mimoso (150 g)
3 colheres (sopa) de farinha de trigo (45 g)
50 g de parmesão ralado
1 pitada de sal (1 g)
1 colher (sopa) de fermento químico (10 g)

Modo de preparo
No liquidificador, bata o leite com o leite de coco, os ovos, a manteiga e o açúcar.
Aos poucos, adicione o fubá, a farinha, o parmesão e o sal, batendo bem a cada adição.
Por fim, incorpore o fermento, batendo somente para misturar. Despeje em fôrma retangular (18 x 25 cm) untada e enfarinhada. Asse em forno médio preaquecido (180 ºC) por cerca de 40 minutos ou até dourar. Deixe esfriar e sirva em pedaços.

Preparo: 15min
Serve até 10 porções
Nível: fácil
Atenção: requer tempo para assar e esfriar.

Amendoim doce de micro-ondas

Ingredientes
250 g de amendoim cru
180 g de açúcar
1/4 de xícara (chá) de água (60 ml)
1 colher (café) de fermento químico
1 colher (sobremesa) de achocolatado

Modo de preparo
Disponha o amendoim em um refratário e leve ao micro-ondas, em potência alta, por 4 minutos, mexendo na metade do tempo. Acrescente os demais ingredientes e leve ao forno por cerca de 8 minutos, mexendo a cada 2 minutos, ou até ficar açucarado e úmido. Retire e mexa até o amendoim açucarar completamente. Espalhe em uma assadeira e deixe esfriar, mexendo de vez em quando para não grudar.

Preparo: 15min
Serve até 5 porções
Nível: muito fácil
Atenção: esta receita requer tempo para esfriar.

Novas tecnologias revertem catarata de forma precisa, sem injeção e com rápida recuperação

Em outubro, a apresentadora Ana Maria Braga comparou a cirurgia para catarata a um milagre, por sua rapidez e conforto, a Zeiss reforça que diagnóstico precoce e inovações garantem bem-estar a pacientes

A catarata é hoje a principal causa de cegueira evitável no mundo, e seu tratamento exclusivamente cirúrgico ainda preocupa pacientes, que tendem a postergar exames por medo do procedimento. Casos recentes como da rápida recuperação da apresentadora Ana Maria Braga, porém, ajudam a esclarecer que avanços tecnológicos permitem hoje intervenções mais precisas e sem injeção local, garantindo mais segurança e bem-estar ao operado -como foi Ana, que declarou ter ficado surpresa com a agilidade e o conforto sentidos em sua experiência.

De acordo com a Pebmed (pesquisa médica e serviços tecnológicos da área da saúde), a catarata é a origem de metade dos casos de cegueira reversível em todo o mundo. No Brasil, os números divulgados no último ano pelo CBO (Conselho Brasileiro de Oftalmologia) impressionam devido ao crescimento de cirurgias de catarata realizadas pelo SUS (Sistema único de Saúde), que saltaram de 302.312, em 2009, para 600.844, em 2019 -aumento de aproximadamente 99%. Por isso, os avanços tecnológicos na área são fundamentais.

Diante do cenário, a alemã Zeiss, referência universal em tecnologia voltada à saúde ocular, alerta que um diagnóstico precoce é fator de extrema importância para evitar a perda da visão; estimula, ainda, o compartilhamento de informação atualizada sobre a reversão da enfermidade, que conta com o suporte de equipamentos em constante evolução para otimizar processos e minimizar incômodos.

Convidada pela Zeiss a oftalmologista Alessia Braz, diretora clínica da Univi (centro oftalmológico especializado no diagnóstico e tratamento de doenças oculares), responde às principais perguntas sobre o tratamento da catarata e ajuda a desmistificar crenças sobre a doença, que resume ser “a perda da transparência do cristalino, que é a lente interna do olho”.

O que é catarata?
É o processo de opacificação do cristalino. Considerado a lente natural do olho, o cristalino geralmente é incolor e permite a focalização de objetos.

Como ela se manifesta?
Embaçamento gradual da visão. Diminuição do contraste das cores e da forma dos objetos. Em alguns casos pode haver alteração do grau, com “indução de miopia”, chegando a dar a falsa impressão de melhora para ver de perto. Mancha branca na pupila pode surgir em casos avançados.

Quando ocorre?
O mais comum é haver a perda da transparência com o passar do tempo, configurando a catarata senil. Portanto, idosos são mais propensos à evolução da doença. Mas ela também pode ocorrer por questão congênita, trauma, uso de medicamentos como cortisona ou mesmo por alterações metabólicas como diabetes.

Como detectar?
Exames oftalmológicos periódicos com avaliação minuciosa permitem o diagnóstico precoce. Equipamentos modernos contribuem para a otimização desta etapa, a exemplo do IOLMaster 700, recém-lançado pela Zeiss, que permite a leitura fácil e precisa do comprimento completo do olho (comprimento axial), medindo a catarata avançada em 99% dos casos.

Tratamento


O tratamento é cirúrgico, com indicação cada vez mais precoce (a ideia de que a catarata precisa amadurecer para ser operada é conceito ultrapassado). No procedimento, o cristalino é substituído por uma lente intraocular, que corrige a visão. O cálculo do grau da lente a ser implantada é feito por equipamentos ultratecnológicos, como o IOLMaster 700, com muito mais precisão.

Avanços na cirurgia
Hoje, são feitas microincisões sem pontos nem injeção anestésica dentro do olho. A técnica ficou mais precisa; a anestesia é local, com colírio e sedação, e o paciente já sai movimentando todo o olho. São usados desde microscópios de alta resolução até aparelhos que permitem a remoção do cristalino com mais segurança.


Um desses dispositivos é o inovador Zeiss miLOOP, que acaba de ser lançado no Brasil e atua como uma espécie de laço em torno do cristalino opacificado para, minimizando o estresse em sua estrutura de sustentação, apertá-lo e fragmentá-lo, permitindo sua retirada com facilidade pelo cirurgião.

Reprodução Instagram

Pós-operatório
A lente intraocular pode permitir menor dependência dos óculos ou até mesmo uma total independência deles. Para o segundo caso, opera-se cada olho com intervalo de até três dias entre eles. O tampão de acrílico, como o usado por Ana Maria Braga, por exemplo, é uma medida protetiva para evitar contato durante banho ou sono.

Fonte: Zeiss

Ana Maria Braga ensina cinco receitas para festejar Dia Nacional do Bolo

Do clássico Bolo de Cenoura ao sofisticado Martha Rocha, todos dão água na boca

O autor da data não se sabe quem é, mas dia 26 de novembro é o Dia Nacional do Bolo. E nesta pandemia, as mais diferentes receitas de bolo se tornaram protagonistas nos cardápios de quem está em casa, seja pelo distanciamento social, trabalhando home office ou estudando on line.

Para ajudar na elaboração de mais algumas delícias, a apresentadora Ana Maria Braga separou cinco receitas fáceis do site para serem feitas a qualquer hora do dia ou para acompanhar um cafezinho.

Ana Maria escolheu uma versão especial do Bolo de cenoura, desta vez recheado, um Bolo cremoso de abacaxi e o Bolo Martha Rocha, uma homenagem à primeira Miss Brasil, com massa de pão de ló, recheio de creme de gema e crocante e é coberto com suspiros. “O toque especial de suspiro é para lembrar o quanto essa mulher fez muita gente suspirar mundo afora e, claro, porque é uma delícia que ninguém duvida,” diz Ana Maria. Para completar a lista tem também o Bolo de chocolate com calda da Ana Maria e bolo prestígio de chocolate e coco.

Bolo de cenoura recheado

Ingredientes

Brigadeiro
1 lata de leite condensado (395 g)
40 g de chocolate em pó peneirado
2 colheres (sopa) de manteiga sem sal (30 g)

Massa
2 ovos
50 ml de óleo
125 g de cenoura cortada em rodelas
1 xícara (chá) cheia de açúcar (200 g)
1 e ½ xícara (chá) de farinha de trigo (200 g)
1 colher (sobremesa) de fermento em pó (7 g)

Cobertura
2/3 de xícara (chá) de leite (160 ml)
100 g de chocolate em pó
100 g de manteiga
2 xícaras (chá) cheias de açúcar (400 g)

Modo de preparo (atenção: esta receita requer tempo para esfriar o brigadeiro e assar o bolo)

Brigadeiro
Misture os ingredientes em uma panela de fundo grosso e leve ao fogo médio, mexendo sempre, até se soltar do fundo (ponto de enrolar). Transfira para um prato e deixe esfriar. Com as mãos untadas, modele 12 brigadeiros (15 g cada) e envolva em farinha de trigo (utilize o restante para modelar brigadeiros com granulado para a decoração). Reserve.

Massa
No liquidificador, bata os ovos com o óleo e a cenoura até ficar homogêneo (aproximadamente 3 minutos). Transfira para uma tigela e incorpore o açúcar e a farinha. Em seguida misture lentamente o fermento. Despeje em fôrma de cone central (17,5 cm no fundo x 6 cm de altura) untada e enfarinhada e distribua os 12 brigadeiros enfarinhados (um para cada fatia).
Leve ao forno médio preaquecido (180 ºC) por cerca de 40 minutos. Retire do forno, deixe esfriar e desenforme. Distribua a calda de chocolate, decore com brigadeiros envolvidos em granulado e sirva em seguida.

Cobertura
Misture os ingredientes em uma panela e leve ao fogo baixo, mexendo sempre, até encorpar (7 minutos). Utilize fria.

Nível fácil
Preparo em 1h
Rende 12 porções

Bolo cremoso de abacaxi

Ingredientes
1 e ½ xícara (chá) de mandioca crua ralada no ralo fino e espremida (200 g)
50 g de coco ralado queimado
1 xícara (chá) de açúcar (180 g)
1 xícara (chá) de abacaxi picadinho (180 g)
½ colher (sopa) de manteiga sem sal
2 ovos
2 colheres (sopa) de mel

Modo de preparo
Misture bem a mandioca com o coco, o açúcar, o abacaxi, a manteiga e os ovos e despeje em fôrma de bolo inglês (24 x 12 cm) untada. Regue com o mel e leve ao forno médio preaquecido (180 °C) por cerca de 40 minutos ou até dourar. Deixe esfriar para desenformar.

Nível fácil
Preparo em 20min
Rende 8 a 10 porções

Bolo Martha Rocha

Ingredientes

Massa
6 claras (180 g)
6 colheres (sopa) de açúcar (120 g)
6 gemas (120 g)
2/3 de xícara (chá) de farinha de trigo peneirada (85 g)
2 colheres (sopa) de cacau ou chocolate em pó (30 g)

Creme de gema
1 xícara (chá) de açúcar (180 g)
6 gemas (120 g) peneiradas
2 colheres (sopa) de amido de milho (50 g)
½ xícara (chá) de água (120 ml)
1 vidro de leite de coco (200 ml)
1 colher (sopa) de margarina (15 g)

Chantili
1 garrafinha de creme de leite fresco (500 ml)
2 colheres (sopa) de açúcar (40 g)
1 colher (sobremesa) de essência de baunilha (7,5 ml)

Crocante de nozes
5 colheres (sopa) bem cheias de açúcar (150 g)
100 g de nozes trituradas

Outros ingredientes
Suspiro
100 g de fios de ovos para decorar
½ vidro pequeno (50 g) de cerejas em calda para decorar (reserve a calda)
Nozes para decorar

Modo de preparo

Massa:
Na batedeira, bata as claras em neve, acrescente o açúcar e continue batendo. Junte as gemas uma a uma e bata até misturar. Sem bater, incorpore a farinha delicadamente. Divida a massa em 2 partes e agregue o cacau ou chocolate em pó a uma delas. Despeje cada uma em fôrma redonda (22 cm de diâmetro) untada e enfarinhada e leve ao forno médio preaquecido (180 °C) por cerca de 20 minutos ou até firmarem (faça o teste do palito). Deixe esfriar.

Creme de gema:
Reserve a margarina e leve os demais ingredientes ao fogo baixo, mexendo sempre, até engrossar. Fora do fogo, incorpore a margarina, cubra com filme plástico rente ao creme e deixe esfriar.

Crocante de nozes
Derreta o açúcar em fogo baixo até formar um caramelo. Fora do fogo, agregue as nozes e despeje em bancada de pedra untada com margarina. Espere esfriar e quebre em pedacinhos. Bata os ingredientes do chantili até espessar a reserve na geladeira. Corte as massas com um aro de 5 cm de diâmetro e cada disco em 2 camadas.

Montagem:
Aumente a parte superior do mesmo aro com uma tira de acetato. Acomode a massa de chocolate, umedeça com calda das cerejas e espalhe o creme de gema. Salpique crocante de nozes e suspiro picado. Espalhe um pouco do chantili, disponha a massa branca umedecida com calda e encerre com chantili (reserve um pouco para decorar). Leve à geladeira por ao menos 1 hora. Espalhe um pouco de chantili, disponha a massa branca umedecida com calda e encerre com chantili (reserve um pouco para decorar). Leve a geladeira por ao menos 1 hora.
Desenforme, retire o acetato e revista com o crocante. Decore com fios de ovos, pitangas de chantili, cereja e metade de uma noz.

Nível fácil
Preparo em 1h40min
Rende 16 porções

Bolo de chocolate com calda da Ana Maria

Ingredientes

Massa
4 ovos
2 xícaras (chá) de açúcar
1 xícara (chá) de óleo de girassol
1 xícara (chá) de água fervente
1 xícara (chá) de chocolate em pó
2 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó

Calda
4 colheres (sopa) de chocolate em pó
1 xícara (chá) de leite
1 colher (sopa) de margarina sem sal

Modo de preparo

Massa
Na batedeira, bata os ovos com o açúcar, o óleo e a água. Aos poucos, acrescente o chocolate e a farinha e bata até homogeneizar. Incorpore o fermento, bata somente para misturar e despeje em fôrma retangular (20 x 15 cm) untada e enfarinhada. Leve ao forno médio preaquecido (180ºC) por cerca de 40 minutos ou até firmar (faça o teste do palito). Desenforme morno, fure o bolo com um garfo e regue com a calda ainda quente. Deixe esfriar.

Calda
Misture os ingredientes em uma panela e leve ao fogo médio, mexendo sempre, até levantar fervura.

Nível fácil
Preparo em 30min
Rende 15 porções

Bolo prestígio de chocolate e coco

Ingredientes
4 ovos
2 xícaras (chá) de açúcar
1 xícara (chá) de leite
1/2 xícara (chá) de óleo
2 colheres (sopa) de conhaque
1 e 1/2 xícara (chá) de achocolatado em pó
3 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (sopa) de fermento em pó

Recheio
1 e 1/2 lata de leite condensado
150 g de coco seco em flocos

Cobertura
1 e 1/2 lata de leite condensado
3 colheres (sopa) de chocolate em pó
1 colher (sopa) de margarina
Coco ralado ou chocolate granulado para decorar

Modo de preparo
Reserve a farinha e o fermento e bata os demais ingredientes no liquidificador até ficar homogêneo. Sem bater, incorpore a farinha e o fermento e despeje em fôrma untada e enfarinhada. Leve ao forno médio preaquecido (180 ºC) por cerca de 40 minutos ou até firmar (faça o teste do palito). Deixe esfriar. Corte o bolo em 2 ou 3 camadas, recheie e cubra. Decore com coco ralado ou granulado.

Recheio
Leve os ingredientes ao fogo baixo, mexendo sempre, até engrossar e desprender do fundo da panela. Deixe esfriar.

Cobertura
Leve os ingredientes ao fogo baixo, mexendo sempre, até engrossar. Deixe esfriar.

Dica: para o bolo ficar ainda melhor, umedeça-o com 1 copo de guaraná misturado com 2 colheres (sopa) de conhaque.
Nível fácil
Preparo em 50 min
Rende 15 porções

Fonte: Site Ana Maria Braga

Consumo de tabaco é responsável por 90% dos casos de câncer de pulmão

Antes de terminar o Programa Mais Você de ontem (27), a apresentadora Ana Maria Braga, de 70 anos, comentou que recebeu novamente o diagnóstico de câncer, desta vez no pulmão. Para quem não se lembra, em 1991 ela teve câncer de pele e, em 2001 foi descoberto câncer na virilha e no reto e, em 2015, ela também comentou no programa que estava tratando um câncer de pulmão. Daquela vez, ela passou por uma cirurgia.

“Eu tive dois pequenos cânceres de pulmão no passado. Um foi operado e outro foi tratado com radiocirurgia. Infelizmente, fui diagnosticada com outro câncer de pulmão. É um adenocarcinoma. É mais agressivo e não é passível de cirurgia ou radioterapia”, disse Ana Maria ontem. A apresentadora fumou por muitos anos e se declarava “viciada em nicotina”. Ela pediu que os telespectadores não se preocupem, pois ela irá vencer mais este desafio.

a-apresentadora-ana-maria-braga-no-mais-voce-programa
Divulgação/TV Globo

O tabagismo está na origem de 90% de todos os casos de câncer de pulmão – entre os 10% restantes, 1/3 é dos chamados fumantes passivos — no mundo, sendo responsável por ampliar em cerca de 20 vezes o risco de surgimento da doença. Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o Brasil soma mais 30 mil novos casos de tumores pulmonares ao ano.

Além disso, o mau hábito aumenta as chances de desenvolver ao menos outros 13 tipos de câncer: de boca, laringe, faringe, esôfago, estômago, pâncreas, fígado, intestino, rim, bexiga, colo de útero, ovário e alguns tipos de leucemia. Apesar destes dados não serem novidade, o país ainda registra um elevado número de casos de neoplasias malignas entre a população fumante.

A oncologista Mariana Laloni, do Grupo Oncoclínicas, diz que a maioria dos pacientes com câncer de pulmão apresenta sintomas relacionados ao próprio aparelho respiratório, tais como: tosse, falta de ar e dor no peito. Outros sintomas inespecíficos também podem surgir, entre eles perda de peso e fraqueza. Em poucos casos, cerca de 15%, o tumor é diagnosticado por acaso, quando o paciente realiza exames por outros motivos.

depositphotos_mulher madura fumando

Por isso, a atenção aos primeiros sintomas é essencial para que seja realizado o diagnóstico precoce da doença. Segundo a médica, existem dois tipos principais de câncer de pulmão: carcinoma de pequenas células e de não pequenas células. “O carcinoma de não pequenas células corresponde a 85% dos casos e se subdivide em carcinoma epidermóide, adenocarcinoma e carcinoma de grandes células. O tipo mais comum no Brasil e no mundo é o adenocarcinoma e atinge 40% dos doentes”, destaca.

O tratamento do câncer de pulmão se baseia em cirurgia, tratamento sistêmico (quimioterapia, terapia alvo e imunoterapia) e radioterapia. Sempre que possível, a cirurgia é realizada na tentativa de se retirar uma parte do pulmão acometido. Atualmente, os procedimentos cirúrgicos minimamente invasivos, por vídeo (CTVA) são cada vez mais realizados com menor tempo de internação e retorno mais rápido do paciente às suas atividades. A indicação da cirurgia depende principalmente do estadiamento, tipo, do tamanho e da localização do tumor, além do estado geral do paciente.

Após a cirurgia, a quimioterapia e a radioterapia são indicadas para destruir células tumorais microscópicas residuais ou que estejam circulando pelo sangue. Para a Dra. Mariana, a combinação de tratamento sistêmico e radioterapia também pode ser administrada no início do tratamento para reduzir o tumor antes da cirurgia, ou mesmo como tratamento definitivo quando a cirurgia está contraindicada. A radioterapia isolada é utilizada algumas vezes para diminuir sintomas como falta de ar e dor. Mas o grande avanço dos últimos anos, ainda de acordo com a oncologista, é a imunoterapia.

Baseado no princípio de que o organismo reconhece o tumor como um corpo estranho desde a sua origem, e de que com o passar do tempo este tumor passa a se disfarçar para o sistema imunológico e então se aproveitar para crescer, a imunoterapia busca reativar a resposta imunológica contra este agente agressor. “Atuando através do bloqueio dos fatores que inibem o sistema imunológico, as medicações imunoterápicas provocam um aumento da resposta imune, estimulando a atuação dos linfócitos e procurando fazer com que eles passem a reconhecer o tumor como um corpo estranho”, explica Mariana.

E se eu parar de fumar?

cigarro2

Principal fator de risco evitável de tumores pulmonares, o tabaco está presente em cigarros, charutos, cachimbos, narguilé e também nos cigarros eletrônicos. E, ao contrário do que muitos usuários desses produtos acreditam, nunca é tarde demais para parar. Segundo a médica, os benefícios à saúde começam apenas 20 minutos após interromper o vício: a pressão arterial volta ao normal e a frequência do pulso cai aos níveis adequados, assim como a temperatura das mãos e dos pés são normalizadas.

Em 8 horas, os níveis de monóxido de carbono no sangue ficam regulados e o de oxigênio aumenta. Passadas 24 horas, o risco de se ter um acidente cardíaco relacionado ao fumo diminui. E após apenas 48 horas, as terminações nervosas começam a se recuperar de novo e os sentidos de olfato e paladar melhoram. De duas semanas a três meses, a circulação sanguínea melhora consideravelmente. Caminhar torna-se mais fácil e a função pulmonar melhora em até 30%.

A partir de um a nove meses, os sintomas comuns em fumantes, como tosse, rouquidão, e falta de ar ficam mais tênues. Os cílios epiteliais iniciam o crescimento e aumentam a capacidade de eliminar muco, limpando os pulmões. A pessoa fica mais disposta para realizar atividades físicas. Em cinco anos, a taxa de mortalidade por câncer de pulmão de uma pessoa que fumou um maço de cigarros por dia diminui em pelo menos 50%. Quinze anos após parar de fumar, torna-se possível assegurar que os riscos de desenvolver câncer de pulmão se tornam praticamente iguais aos de uma pessoa que nunca fumou.

Fonte: Grupo Oncoclínicas

Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão: meça sua pressão

Campanha da Sociedade Brasileira de Hipertensão alerta o Brasil sobre os riscos de não controlar a pressão; haverá ações simultâneas no Conjunto Nacional, no Metrô Higienópolis e no Terminal Jabaquara da EMTU; médicos, nutricionistas, psicólogos, educadores físicos, enfermeiros, farmacêuticos e assistentes sociais orientarão os cidadãos sobre os cuidados om a pressão alta

Hoje, 26 de abril, é o Dia Nacional de Prevenção e Combate à Hipertensão e para alertar a população dos riscos da pressão alta, a Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH) inicia a campanha Meça sua Pressão. Ela visa informar e orientar sobre a importância de se realizar a aferição regular da pressão arterial, e como prevenir a hipertensão arterial.

Importante registrar ainda que haverá ação conjunta com o Departamento de Hipertensão Arterial (DHA) da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC) — como representantes brasileiros para a ação MMM-18 da Sociedade Internacional de Hipertensão (ISH). Em termos mundiais, a campanha objetiva realizar medidas de pressão arterial em cerca de 25 milhões de pessoas durante o mês de maio, dedicado mundialmente a Hipertensão Arterial.

“A hipertensão arterial é uma doença silenciosa, pois não causa sintomas e é progressiva. Atinge homens e mulheres e 32,5% dos brasileiros sofrem com ela”, explica a enfermeira Grazia Guerra, coordenadora da campanha, que terá uma programação bem intensa, sendo que, em São Paulo, haverá orientação profissional no Conjunto Nacional, da EMTU Jabaquara e na Estação Higienópolis do Metrô, com médicos, nutricionistas, psicólogos, educadores físicos, enfermeiros, farmacêuticos e assistentes sociais, todos com o objetivo de sensibilizar as pessoas para a importância de manter a pressão em níveis normais.

ana maria braga embaixadora da campanha meça sua pressão sergio zalis
Ana Maria Braga é a Embaixadora da campanha Meça sua Pressão 2018, da Sociedade Brasileira de Hipertensão – Foto: Sérgio Zalis

Oficinas de saúde para os pacientes

“Teremos diversas oficinas para esclarecer os cidadãos. A da enfermagem fará a medição da pressão e reforçará às pessoas a importância de ter regularmente a sua pressão medida por um profissional de saúde. As nutricionistas vão abordar a alimentação saudável e mudança de hábitos à mesa, enquanto os professores de educação física pontuarão a relevância da atividade física. Haverá ainda psicólogos que orientarão sobre como lidar melhor com o estresse e, para que aqueles que já estão hipertensos, a aceitar o diagnóstico e que o tratamento permite uma vida normal”, adianta Luiz Bortolotto, diretor científico da SBH.

Vídeos educativos na Linha Amarela do Metrô

A campanha começa dia 26 de abril e se estende até 17 de maio. Serão divulgadas neste período mensagens de vídeo na Linha Amarela do Metrô sobre a importância de medir a pressão arterial e a prevenção. Além disso, em conjunto com o DHA da SBC, médicos de todo o País, pertencentes às sociedades, serão estimulados a aferir e registrar a pressão arterial dos seus pacientes para a ação global da ISH.

Horários das ações públicas

sbh pressão meça sua

Hoje (26), das 9h às 16:30h, haverá ações simultâneas no Conjunto Nacional e no Estação de Metrô Higienópolis. No dia 17 de maio, ocorrerão as mesmas ações na Estação de Metrô Higienópolis e no Terminal Jabaquara da EMTU, com profissionais de áreas diversas da saúde, também das 9h às 16:30h.

Fatores de risco

Obesidade, histórico familiar, sedentarismo, consumo excessivo de sal, abuso de álcool, e estresse são algumas das causas da doença que pode levar a um enfarto, derrame cerebral e insuficiência renal se não tratada.

“A enfermidade ataca em qualquer idade e não faz distinção de sexo”, ressalta Grazia.
Para evitar a hipertensão ou para controlá-la, é preciso abandonar o cigarro, praticar atividade física, controlar o estresse e diminuir a ingestão de sal.

“O excesso de peso também é um fator de risco importante. Por isso, faremos o cálculo do IMC (Índice de Massa Corpórea), que é como identificamos a obesidade, mas ressalto que é preciso mudar os hábitos para não correr o risco de sofrer de hipertensão”, conclui.

menos pressão

 

Shoppings de SP aderem à campanha do agasalho da Cruz Vermelha

Shopping Light, Mais Shopping, e Morumbi Town Shopping anunciam nova campanha em conjunto. Locais recebem doações em pontos espalhados por cada Shopping

A estação mais fria do ano chegou. Visando ajudar a quem precisa de proteção para enfrentar o inverno, o Shopping Light (centro), o Mais Shopping e o Morumbi Town Shopping (ambos na Zona Sul) se uniram em apoio a Cruz Vermelha na Campanha do Agasalho. Os locais recebem as doações em pontos de arrecadação que estão espalhados pelos Shoppings.

A expectativa é arrecadar 10 toneladas de roupas até o final da campanha. Para doar, é necessário que as peças estejam em bom estado para uso. Hoje, a atuação da Cruz Vermelha concentra-se em campanhas de promoção à saúde e na arrecadação de donativos para os desfavorecidos e vítimas de catástrofes, sempre com a participação ativa dos voluntários. Os Shoppings recebem as doações até setembro.

campanha do agasalho cruz vermelha
Reprodução Facebook Cruz Vermelha de São Paulo

Em 2016, entre Fevereiro e Setembro, foram arrecadados 7.263kg de roupas, distribuídos a 6.103 pessoas pela Cruz Vermelha Brasileira do Estado de São Paulo. Parte desta doação se deu pela campanha dos Shoppings, que, com as ações, envolveram os clientes e ajudaram a alavancar o número de arrecadação.

O Mais Shopping fica na Rua Amador Bueno, 229 – zona sul. O Shopping Light fica na Rua Coronel Xavier de Toledo, 223 – centro da capital paulista. O Morumbi Town Shopping está localizado na Avenida Giovanni Gronchi, 5.930, na Vila Andrade. Todos os empreendimentos pertencem à Gazit Brasil, subsidiária da Gazit Globe, uma das maiores administradoras de Shoppings Centers no mundo.

cruz vermelha

 

Shopping Frei Caneca apresenta a exposição Outubro Rosa

Exposição gratuita traz histórias reais de mulheres na batalha contra o câncer; Ana Maria Braga assina manequim

De 2 a 25 de outubro, quem passar pelo Shopping Frei Caneca encontrará uma exposição inédita inspirada em histórias reais de mulheres que superaram ou estão em tratamento contra o câncer de mama.

Em comemoração ao Outubro Rosa, o shopping convidou nove artistas plásticos para customizar manequins que ilustram a experiência de mulheres guerreiras que mesmo enfrentando um grave diagnóstico mostraram que há vida durante e após a doença.

Manequim Criado pela apresentadora Ana Maria Braga e a artista Bárbara Altstadt
Manequim Criado pela apresentadora Ana Maria Braga e a artista Bárbara Altstadt

Entre os destaques da exposição está o manequim assinado por Ana Maria Braga e pela artista Bárbara Altstadt, que representa uma fada cheia de vida e com poder de fazer o bem. A peça foi customizada em bronze envelhecido, com asas de cobre torcido e vestido confeccionado com fibras de coco.

frei caneca 3

As outras obras, criadas pelos artistas plásticos Hélio “Banais” Marques, Michele Micha, Celso Munhoz, Sueli Finoto, Reynaldo Berto, Gabriela “Niu” Tonini, Cláudia Bhurkna e Maria Cininha utilizaram pinturas, objetos e materiais diversos para retratar a experiência das mulheres do projeto Meninas de Peito. O grupo, formado no Facebook há 4 anos, já conta com a marca de 3 mil mulheres, desde pacientes até familiares que compartilham suas experiências e dúvidas para superar cada etapa do tratamento ajudando a elevar a autoestima e driblar os efeitos colaterais das medicações.

frei caneca 4

“Queremos levar essa mensagem de apoio a todos os cantos do país. Muitas pessoas ainda ignoram que o câncer é uma doença que tem cura e que precisa ser encarada de cabeça erguida. Conhecimento é uma arma importante no enfrentamento do câncer e nós, Meninas de Peito, queremos levantar esse debate sobre prevenção, cuidados, tratamentos e a importância da qualidade de vida durante e depois do tratamento. Não podemos mudar um diagnóstico. Mas podemos lutar para que o câncer seja apenas um recomeço”, destaca Marina de Loureiro Maior, uma das idealizadoras do projeto.

No local, além dos manequins, os visitantes poderão conferir um vídeo com depoimentos das participantes do projeto.

frei caneca

Serviço
Exposição Outubro Rosa – Meninas de Peito
Local: Piso 3
Horário: De segunda a sábado das 10h às 22h. Domingos e feriados das 14h às 20h
Endereço: Rua Frei Caneca, 569 – Cerqueira César – São Paulo – SP
Informações: Shopping Frei Caneca

Ana Maria Braga lança coleção exclusiva de esmaltes com 33 cores

A apresentadora Ana Maria Braga é uma apaixonada por esmaltes. Anos de experiência como consumidora a levaram a licenciar o produto que chega ao mercado este mês. São 33 cores e três esmaltes de tratamento: base, base botox e top coat.

Para entrar neste segmento, Ana Maria analisou que a categoria de esmaltes foi a que mais cresceu no mercado de higiene e beleza nos últimos 20 anos, segundo dados da Nielsen. Outro fator que chamou a atenção da apresentadora foi a estimativa divulgada pela Euromonitor que credita um crescimento de 27,6% para a categoria entre 2013 e 2018. “Uma excelente fatia de mercado ainda a ser explorada e que casou com os milhares de pedidos de espectadoras que queriam uma coleção de esmaltes com as cores que uso diariamente no programa Mais Você”, conta a apresentadora.

Neste primeiro momento o produto será comercializado na cidade de São Paulo, com exclusividade pela rede Ikesaki.

Atenta a cada detalhe, Ana Maria participou da escolha das cores, testando uma a uma, embalagem, apresentação, preço, público alvo, campanha de marketing e ações de lançamento. “Só assino produtos que tenho confiança, que testo e aprovo, afinal é a minha credibilidade que está à frente do negócio”, afirma.

anamaria66anamaria 3333

Coleção

Com um mix de tons clássicos, cores da tendência e misturas lúdicas, a coleção é batizada com nomes do cotidiano da apresentadora, como: Acorda Menina, Solta os Cachorros, Fada Madrinha, Dança das Nuvens, Taça de Vinho, Café na Cama, Fantasia e Madrugada.

Preço sugerido: R$ 5,60

Informações: Ikesaki