Arquivo da tag: aniversário

Para celebrar 15 anos, Vult sorteará 15 maletas de produtos por dia

É uma Vult Lovers e gostaria de ganhar uma maleta recheada de produtos? A Vult, marca líder de maquiagem no varejo, ajuda você a realizar esse desejo! Em comemoração ao seu 15º aniversário, 15 maletas recheadas com produtos icônicos da marca serão sorteadas por dia durante todo o mês de novembro.

Para participar, a consumidora precisa comprar, no mínimo, R$ 50,00 em produtos da marca, e cadastrar o cupom fiscal pelo site ou por WhatsApp e a resposta se ganhou ou não sai na hora. A promoção contempla itens do portfólio Vult adquiridos em farmácias, perfumarias e e-commerces parceiros, com exceção de toda a linha de esmaltes.

Válida em todo Brasil, é possível participar no máximo, 12 vezes por CPF.

vult maleta.png

Saiba mais sobre o regulamento no site da campanha, clicando aqui. E boa sorte! 

Mercearia do Conde promove festival dedicado à mandioca

Festival Raízes do Brasil explora a versatilidade do ingrediente, em receitas com tapiocas, beijus, farinhas, pirão e até bebidas fermentadas e destiladas

Do salgado ao doce, do Norte ao Sul do país, do boteco ao jantar mais refinado, a mandioca está em todos os pratos. Não por acaso é considerado o ingrediente mais versátil e democrático da culinária brasileira. Pensando nisso e também no clima de comemoração pelo seu aniversário de 28 anos, o restaurante Mercearia do Conde, no Jardim Paulistano, promove, no mês de novembro, o Festival Raízes do Brasil, em que homenageia o mais nacional dos ingredientes, a mandioca. A casa preparou dez receitas – entre pratos e drinques – cuja estrela principal é a macaxeira.

A chef Maddalena Stasi comemora os 28 anos de aniversário do seu restaurante Mercearia do Conde, no Jardim Paulistano, com festival dedicado ao mais brasileiro dos ingredientes, a mandioca.

chef maddalena stasi_romulo fialdini
Foto: Rômulo Fialdini

A chef Maddalena Stasi, soteropolitana radicada em São Paulo e à frente de um restaurante com 28 anos, trajetória que se mistura à própria história da cidade, vem de uma família de raízes gastronômicas. Seus tios, Caloca Fernandes, jornalista e pesquisador de cozinha patrimonial, e a culinarista Bettina Orrico, que foi consultora da revista Claudia por décadas, são nomes que fazem parte da gastronomia brasileira. A colorida casa de esquina, na Joaquim Antunes com a Sampaio Vidal, que começou como um armazém de secos e molhados, antes de se tornar um badalado restaurante de culinária contemporânea com ingredientes nacionais, comemora seu aniversário homenageando a raiz mais cultivada e consumida no país.

Da folha à raiz da mandioca, tudo se aproveita para formar tapiocas, beijus, farinhas, polvilhos, caldos, bebidas fermentadas e destiladas. Para o festival, a chef Maddalena Stasi sugere começar com o Duo de Beijus de Goma de Tapioca Caseira (um deles servido com queijo curado com tomatinho da roça e o outro com carne-seca e pastinha de chèvre, R$ 38).

Camarões com pirao_mercearia do conde_romulo fialdini
Camarões Empanados Crocantes ao Molho Aromático de Limão-Cravo, Pirão de Farinha de Copioba com Açafrão da Terra e Vinagrete de Maxixe – Foto: Rômulo Fialdini

Como pratos principais, há opções com diferentes tipos de mandioca e variações de subprodutos e usos como farinhas, tapiocas e polvilhos. Destacam-se, no festival, os seguintes pratos: Camarões Empanados Crocantes ao Molho Aromático de Limão-Cravo, Pirão de Farinha de Copioba com Açafrão da Terra e Vinagrete de Maxixe (R$ 92), Pescada Amarela em Crosta de Tapioca Flocada sobre Braseado de Banana-da-Terra com Salada de Feijão Manteiguinha e Tian de Legumes ao Azeite de Ora-Pro-Nobis, (R$ 88), Carne do Sertão Maturada na Casa, Crumble de Mandioca e Espetinho de Queijo Coalho com Melado de Cana em Leito de Couve Fresca Temperada (R$ 79), Lasanha Vegana de Legumes Laminados com Emulsão de Quiabo e Gratin de Farinha d’Água (opção sem glúten, R$ 68).

Para finalizar com doçura, Pudim de Mandioca e Coco Fresco com Baba de Moça (R$ 28). E quem pedir o menu completo – em 3 tempos – do festival ganha um cafezinho da casa, acompanhado de biscoito de polvilho, mais uma receita feita com a versátil mandioca.

Para harmonizar, rótulos de cerveja até com mandioca na composição. É o caso da Colorado Cauim (R$ 22, 300 ml), de Ribeirão Preto, cerveja pilsen com adição de cereais, malte importado, lúpulo tcheco e mandioca. Também foram criados alguns drinques pelo bartender Ray de Souza, feitos com a aguardente de mandioca, a potente tiquira: Pitiquira (pitanga, tiquira, cherry brandy, R$ 32) e Castelinha (caipirinha de limão-cravo, abacaxi, gelo de cidreira e tiquira, R$ 30).

Castelinha é um dos muitos apelidos regionais para a mandioca. Também chamada de aipim, macaxeira, maniva, uaipi, dependendo do Estado. Mandioca significa literalmente “filha da tribo” (mani = filha, oca = local onde mora a tribo). Para o historiador Luís da Câmara Cascudo, a raiz branca e de casca escura era simplesmente a “rainha do Brasil”. No mês de novembro no Conde, a coroa será mesmo dela, a mandioca.

Mercearia do Conde: Rua Joaquim Antunes, 217 – Jardim Paulistano – São Paulo – SP
Horário de funcionamento: de segunda a quinta, das 12 às 16h para almoço e das 19h às 23h30 para jantar. Sexta: das 12h às 24h30, sem intervalo. Sábado: das 12h30 às 24h30, sem intervalo. Domingo: das 12h30 às 23h, sem intervalo. Abre todos os dias.
Almoço executivo (Completinho do Conde): de segunda a sexta, R$ 62 (3 tempos). Só o prato principal, R$ 48.

Gwen Stefani faz 50 anos hoje

E quem completa 50 anos hoje, é a cantora Gwen Stefani. Ela nasceu em 3 de outubro de 1969 no St. Jude’s Hospital em Fullerton, Califórnia. Seus pais são Dennis Stefani e Patti Flynn e seus irmãos são Eric Stefani, Jill e Todd Stefani. O pai é descendente de italianos e a ascendência da mãe é inglesa, irlandesa, escocesa, alemã e norueguesa.

Gwen e seu irmão Eric começaram a banda No Doubt quando ela era adolescente. A cantora passou dos vocais de apoio para principal quando o vocalista original, John Spence, se suicidou. Ela namorou o colega de banda Tony Kanal por sete anos,e o rompimento rendeu uma das canções mais famosas do grupo: “Don’t Speak”. Em 2004, lançou o primeiro álbum solo, “Love. Angel. Music. Baby.”

gwen e gavin pinterest
Gwen com o ex-marido, Gavin – Pinterest

Após o término do relacionamento com o colega de banda, ela namorou e se casou com o roqueiro inglês Gavin Rossdale, vocalista da banda Bush, em setembro de 2002, em Londres. Eles tiveram três filhos juntos – Kingston de 13 anos, Zuma de 11 e Apollo de 5 – e se separaram em 2016, por causa de uma traição do rapaz.

gwen e blake Steve Granitz--WireImage
Gwen com o namorado, Blake, e os três filhos dela – Foto: Steve Granitz/WireImage

Nesta época, ela fazia parte do júri do programa The Voice. Não demorou muito para que se interessasse em conhecer mais um dos colegas de cadeira, o cantor country Blake Shelton. Os dois estão juntos desde então.

TURA2019_LAMB_GwenStefani_01A.jpg

Gwen é considerada um ícone fashion. Desde a época do No Doubt ela já era responsável pelo seu figurino. Isso a levou a criar uma linha de roupas chamada L.A.M.B. em 2004 que fez muito sucesso.

leo and gwen

Ela também se aventurou pelo cinema. Seu primeiro papel foi em O Aviador, de Martin Scorsese, com Leonardo DiCaprio, no qual interpretou a diva do cinema Jean Harlow.

gwengwen-stefani-new-music-2017gwen

A marca registrada da cantora é o cabelo platinado e o batom vermelho. Porém, para mim, o que mais chama a atenção é que Gwen parece nunca envelhecer. Continua linda, com uma pele de fazer inveja e superjovem em tudo o mais. Parabéns para mais esta libriana.

 

 

Fábrica de Bolo Vó Alzira comemora aniversário com Bolo Mágico de Iogurte

Para deixar ainda mais saborosa a comemoração de aniversário de 11 anos, a Fábrica de Bolo Vó Alzira voltou às origens e preparou uma surpresa doce e deliciosa em setembro. O bolo, que iniciou a história de sucesso da marca, e por isso ganhou o título de “mágico”, volta em outra versão.

A novidade traz a tradicional e caseira receita da Vó Alzira e ganhou uma cobertura mousse de iogurte: bolo de leite, iogurte natural na massa, cobertura mousse de iogurte e gostinho especial de canela. O lançamento (R$ 30,00 o tamanho grande) ficará disponível durante todo o mês nas lojas da rede.

“O bolo de iogurte com canela foi o pontapé inicial do caminho da Fábrica de Bolo Vó Alzira. Provei esse bolinho na casa da minha cunhada, gostei muito e repliquei a receita. Para ganhar um extra e ajudar meu marido, resolvi fazer o bolo em meu apartamento e comecei a vender fatias no botequim ao lado. E foi assim que o negócio começou, com esse bolo mágico, da sorte, que ajudou muito nossa família”, afirma a sócia fundadora da rede Alzira Ramos.

Iogurte - Claudio Azevedo w

Informações: Fábrica de Bolo Vó Alzira

Taco Bell comemora 3 anos de Brasil com ação promocional

Taco Bell celebra três anos com oferta por R$ 9,90 de 21 a 23 de setembro

Taco Bell, rede de fast-food com cardápio inspirado na culinária mexicana, tem muito a comemorar no dia 23 de setembro, data que marca a abertura da primeira unidade da rede californiana no Brascan Open Mall, em São Paulo. De lá pra cá, a comunidade de Taco Lovers cresceu, novas regiões passaram a contar com o sabor único do cardápio tex-mex e muitas novidades foram apresentadas. Para celebrar essa importante data, a marca está preparando uma ação promocional que irá durar três dias: de 21 a 23 de setembro.

Entre sábado e segunda, o Taco Bell vai oferecer a oferta TÁCOMTUDO 1, que combina dois Crunchy Taco Supreme na versão carne moída ou vegetariana com feijão, porção de Nachos ou Fritas e refrigerante 500ml ou água por apenas R$ 9,90.

taco bell1.png

Oferta TÁCOMTUDO 1

“Preparamos esta ação especial para comemorar esse dia tão importante para nós junto com os nossos fãs. Os três anos não poderiam ser celebrados apenas em um dia, por isso ampliamos nossa promoção. Estamos muito otimistas com o futuro da marca”, comemora Valérie Kalil, Head de Marketing e Inovação do Taco Bell Brasil.

A ação promocional será válida em todas as 30 lojas em shopping centers nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro. Na capital paulista, o Taco Bell está presente em locais como SP Market, Shopping Metrô Itaquera, Aricanduva, Interlagos, Top Center, Center 3, Pátio Paulista, Bourbon, Anália Franco, Center Norte, entre outros. No estado, a rede também está presente em Barueri, Campinas, Praia Grande, Santo André e Guarulhos.

A capital carioca conta com quatro lojas no Nova América, BarraShopping, Tijuca e Botafogo Praia Shopping.

taco bell2.png

Informações: Taco Bell

Curitiba: cervejaria dá mil litros de chope de graça neste sábado

Chope de graça, Lenhadores Trio e República Pine agitam o aniversário de um ano da Alright Beer a partir das 11 horas

O aniversário de um ano da cervejaria Alright Beer vai ser em grande estilo neste sábado (21) com a distribuição gratuita de mil litros de chope a partir das 11 horas. A festa vai até a meia noite com as bandas Lenhadores Trio e República Pine, sorteio de passeio de balão e hambúrgueres à venda por R$ 10,00. A entrada é gratuita.

Para a comemoração ficar completa, a Alright Beer lança no dia do aniversário uma cerveja produzida em parceria com a Liffey, marca catarinense especializada em Catharina Sour, à base de frutas vermelhas e sementes de amburana. Além da distribuição dos mil litros de chope pilsen, a nova cerveja e todas as oito torneiras da Alright estarão com preços promocionais a R$ 9,90 o half-pint.

“O aniversário da Alright vai ser uma das maiores festas de Curitiba, afinal foi um ano intenso, de muito aprendizado e o nosso público merece um evento inesquecível. Vai ser um dia com muita cerveja boa, rock e diversão garantida”, conta Frederico Luz, sócio da Alright Beer.

cerveja

A consumação dos mil litros de chope vai ocorrer por meio de senhas individuais que serão distribuídas a partir das 11 horas. Consumo restrito a um chope por pessoa.

Alright: Rua Adir Dalabona, 95, Bairro Orleans – Curitiba – PR

Festival do Pastel e do Morango para comemorar os 351 anos do Tatuapé

O fim de semana promete! Sabe por quê? Porque os Paulistanos poderão prestigiar uma grande festa, já que o Ceret (Centro Esportivo, Recreativo e Educativo do Trabalhador), recebe hoje e amanhã, 14 e 15 de setembro, das 10h às 20h um Festival duplo de sabores – Festival do Pastel e do Morango – em comemoração aos 351 anos de Tatuapé, com entrada e atividades gratuitas.

Para quem ainda não conhece e não sabe como chegar até o parque, ele fica na Zona Leste, a poucos minutos do Metrô Tatuapé ou Carrão (cerca de 7 a 10 min de ônibus dessas estações), e, se preferir, dá para ir de bike também, até porque há bicicletário em todos os portões.

Contudo, atenção: há restrições para o uso de bicicletas, skates e patins dentro do local, porém podem ser usadas no Bike Park, que tem ciclovia e pistas que encontram-se na entrada e são destinadas a esses meios de locomoção.

Outro aviso importante: não há mais estacionamento no Ceret. Os veículos podem ser estacionados nas ruas Canuto Abreu s/no e Eleonora Cintra no entorno do parque, que costumam ter várias vagas disponíveis, sempre observando a sinalização.

Vale ressaltar que, o Ceret tem uma excelente infraestrutura, então não deixe de trazer a família, os amigos e curtir os festivais tranquilamente, pois o local tem fraldário, área kids (atrações a partir de R$ 6,00) e Espaço Pet na portaria 5.

Festival_Pastel_Aricanduva_Novembro_2016-90Festival_Pastel_Pacaembu_Junho_2016-249

Só de falar a palavra pastel, já dá água na boca, não é mesmo? Saiba que no Festival do Pastel há opções para todos os gostos, com tamanhos de 20cm, 30cm e até 50cm de (R$ 8,00 a R$ 30,00); além dos mini pastéis, é claro. Os sabores são: carne (com as variações ovo, queijo, cheddar, bacon, presunto, azeitona, molho de tomate); frango (catupiry, queijo, requeijão, alho-poró ao molho oriental); calabresa; escarola (queijo, milho verde, catupiry); queijo (simples, presunto, bacon, tomate seco, três queijos, quatro queijos); pizza, entre outros.

Traditional Brazilian pastry (pastel) with vinaigrette and soft drinkPastel, a Brazilian snack, with a bar in the background.

Tem também os sabores inusitados, como camarão (catupiry, refogado no tomate); bacalhau (palmito, cheddar, desfiado com tomate e azeitona); peito de peru com queijo; salame com queijo; salmão com cream cheese; alho-poró; berinjela com queijo; queijo coalho com linguiça; veganos e outros.

Festival_Morango_Set_2016_-248Festival_Morango_Set_2016_-192Festival_Morango_Set_2016_-206

Já o Festival do Morango, oferece as mais diversas combinações com a fruta, como espetos cobertos de chocolate a partir de (R$ 10,00); fondue (R$ 13,00 a R$ 25,00); merengue (R$ 13,00 a R$ 25,00); estrogonofe de morango (R$ 15,00); morango com chantilly; coxinha de brigadeiro recheado com morango (R$ 10,00); morango split (R$ 22,00 a R$ 28,00); entre outras opções.

Além de tudo isso, as famílias também vão encontrar uma grande variedade de pratos salgados, sanduíches, doces, refrigerantes, sucos e cerveja artesanal.

Confira a programação das atrações:

Sábado, dia 14
10h – Abertura
10h30 – Banda da Polícia GCM;
11h – Abertura Oficial (Escoteiros);
12h – Oficina de Luta Livre para crianças;
12h30 – Luta Livre;
14h – Banda Quinta do Espeto;
15h – Grupo Folclórico Português;
15h45 – Cantora das Filipinas (Gina Robles);
16h – Escola de arte Anacã;
17h – Madmen’s Clan;
18h – Kauanny.

Domingo dia 15
10h – Abertura Banda da PM
11h – Dança Conde e Colégio Xadrez;
11h30 – Escola de arte Anacã;
12h – Grupo de Dança Alegria Cigana;
13h – Banda Cozinha Industrial;
14h – Land band;
15h – Grupo Folclórico das Filipinas;
16h – Léo Jason (Trio);
17h – Encerramento – Acadêmicos do Tatuapé.

O 351° Aniversário do Tatuapé é uma realização da Art Shine Promoções e Eventos, com apoio da Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação e da Prefeitura de São Paulo.

Festival do Pastel e Festival do Morango
Datas: 14 e 15 de setembro
Horário: das 10h às 20h
Local: Ceret (Centro Esportivo, Recreativo e Educativo do Trabalhador)
Endereço: R. Canuto Abreu, s/n° – Jardim Analia Franco, São Paulo – SP
Telefone: 2671-8788/ 3832
Entrada gratuita
Estacionamentos gratuitos:
• Geral – Rua Eleonora Cintra, 1300
• Preferencial (44 vagas) – Rua Canuto Abreu s/no
Bicicletário: em todos os portões (vale lembrar que não é permitido circular com a bicicleta no Ceret)

Santo Grão brinda 16 anos oferecendo espumante aos clientes

Desde 2003 na Rua Oscar Freire, o Santo Grão comemora 16 anos de sucesso neste 21 de agosto. E quem ganha o presente é a clientela. Na data, a marca vai oferecer, em todas as unidades, uma taça de espumante para brindar sua jornada.

História

Em 2003, quando as pessoas começavam a pensar no café não só como coadjuvante e ter um grande interesse pela bebida, desde sua matéria-prima até formas diferentes de extração e preparo, o Santo Grão iniciava sua história com a abertura da matriz, na Oscar Freire, nos Jardins.

A marca criada por Marco Kerkmeester se tornou uma rede com oito unidades, sete em São Paulo e uma em Curitiba. Ele era executivo da IBM quando conheceu sua esposa Renata. No final de 2001 resolveram viver no Brasil e tiveram a ideia de montar o café. Fez cursos de degustação e torrefação, mas, ao definir melhor o negócio, considerou que deveria também investir na comida e em uma filosofia diferenciada.

Muito do sucesso e crescimento da marca diante de seus frequentadores se dá pela combinação de elementos, que viraram marca registrada da rede: ambiente aconchegante – que remeta a sala de estar dos seus clientes e que ao mesmo tempo seja um ponto de qualquer tipo de encontro de amigos, negócios, romances -, cardápio diversificado que atenda todos os momentos e paladares, e serviço atencioso e eficaz, que transmite a filosofia da empresa de trabalhar com amor.

santo grao.JPG

Santo Grão: Rua Oscar Freire, 413 – Cerqueira César – São Paulo – Horário de funcionamento: segunda a quinta: das 7h30 às 24h. Sexta: das 7h30 à 1h. Sábado: das 8h à 1h. Domingo: das 8h às 23h

Bar curitibano faz sucesso com releituras de petiscos de boteco e comida caseira

Completando dez anos em 2019, o Bar Quermesse se transformou em uma das grandes referências da gastronomia paranaense

Ambiente descontraído, colorido e aconchegante, criado a partir de materiais de demolição no piso e móveis, e clima especial que remete às festas de quermesse do interior. Quem entra no Bar Quermesse, na cidade de Curitiba, pode ter a sensação de estar em uma daquelas deliciosas festas que antigamente espalhavam alegria pelo Brasil. Inaugurada em 2009, a casa tem como objetivo unir cervejas e bebidas especiais a um cardápio com as tradicionais comidinhas de boteco e culinária caseira, elaboradas com um toque exclusivo da chef Karla Manfredini.

Como toda festa do interior, o Quermesse tem muita família envolvida. Karla Manfredini é mãe de José Araújo Neto, responsável pela administração do empreendimento. Já a tia Anísia é uma “cozinheira de mão cheia”, famosa pelos temperos e quitutes que tornam o empreendimento ainda mais irresistível. No cardápio da casa, o melhor da gastronomia regional brasileira, com destaque para a saborosa culinária mineira.

José Araújo Neto

“O Bar Quermesse é uma grande junção de ótimas experiências da vida, indo dos sabores aos ambientes inesquecíveis que frequentamos durante a vida. Quem não tem lembranças daquela ótima comida caseira servida no aconchego do lar, saboreada com parentes e amigos?”, comenta Neto.

Bife Sujo de Alcatra
Bife sujo de alcatra

No cardápio da casa estão preparos que aliam tradição e algumas das principais técnicas da gastronomia contemporânea, todos servidos em quantidade para ser compartilhado por duas ou mais pessoas. No Bar Quermesse, é possível saborear, por exemplo, o “Espetão de Xixo”, um espeto de miolo de alcatra com cebolas, bacon, tomate e pimentões coloridos; o “Mignon Chic – Fondue no Pão Italiano”, preparado com iscas de mignon puxadas na manteiga servidas com pão italiano especial recheado de creme de queijo e especiarias; e o clássico “Bife sujo de alcatra”, que leva iscas de miolo de alcatra preparadas na chapa servidas com batata frita ou mandioca frita/cozida na manteiga e fatias de pão francês.

Panelinha-de-Barreado
Barreado

Outro destaque do empreendimento fica por conta das panelinhas de Cogumelos e de Barreado, tradicional preparo paranaense. A primeira é servida com arroz branco com cogumelos Paris, Shitake, Shimeji, grelhados na manteiga, molho branco e especiarias. Já a segunda leva arroz branco com barreado de Morretes, servida com fatias de pão francês, farinha branca e banana. Por falar em tradição, aos sábados e domingos a casa serve o incrível “churrasco de igreja” e a deliciosa feijoada.

carne de onça
Carne de Onça

Para quem busca preparos mais rápidos e práticos para compartilhar, o empreendimento oferece uma grande variedade de caldinhos, brusquetas e petiscos, entre eles batatas rústicas, onion rings, torresmo, carne de onça, bolinho de feijoada e iscas de tilápia.

bebado
Pão de bêbado

Outras ótimas opções são os hambúrgueres da casa e os sanduíches clássicos, como o “buraco quente”, preparado com carne moída com queijo gorgonzola e molho pomodoro bem temperadinho, servido no pão francês; e o sucesso “pão de bêbado”, miolo de alcatra ou frango, puxado na chapa com conhaque, servido no pão francês.

Para harmonizar com os preparos exclusivos, criados pela chef Karla Manfredini, a casa oferece dezenas de rótulos de cervejas nacionais e importadas, com destaque para os rótulos das cervejarias Colorado, Patagonia, Quilmes e Franziskaner; e cachaças artesanais, entre elas Vale Verde, Germana, Nega Fulô e Lua Cheia. Outro grande destaque da casa fica por conta do menu de caipirinha, com sabores especiais como kiwi, uva, abacaxi e tangerina, que podem ser preparados com rum, saquê, vinho, vodca, Ypioca ou Steinhager.

morango
Caipilê

Para completar, o Quermesse conta com uma grande quantidade de destilados, vinhos e drinques autorais especiais, entre eles o “Caipilé”, uma caipirinha de morango servida com picolé de leite condensado.

Infraestrutura

Com capacidade para receber até 300 pessoas, o Bar Quermesse conta com uma infraestrutura completa, que unida a uma decoração bem tradicional e marcante garante uma viagem inesquecível para o interior do Brasil com muito aconchego e excelência. A casa, ampla e confortável, tem grandes portas e janelas que dão acesso ao jardim e a uma charmosa varanda. “Antes de qualquer coisa, trabalhamos para que o Quermesse seja uma ótima experiência para os curitibanos e turistas que passam pela cidade. Então, além de um cardápio muito bem pensado e elaborado, temos uma grande preocupação com toda decoração e infraestrutura da casa, tudo para que nosso público saia daqui extremamente satisfeito”, completa Neto.

Quermesse_Divulga_5Quermesse_Divu_6

Bar Quermesse – Rua Carlos Pioli nº 513, Bom Retiro, Curitiba (PR). Horário de funcionamento: de terça a quinta, das 17h à 1h; nas sextas, das 17h às 2h; aos sábados, das 12h às 2h; e aos domingos, das 12h às 24h.

Para aniversariantes, 50 anos não podem passar em branco

Festejar o aniversário é sempre um modo de celebrar a vida. E algumas datas costumam ser mais marcantes que outras. Uma delas, com certeza, são os 50 anos. Seja comemorando de forma discreta ou com um festão para centenas de pessoas, os novos 50 estão investindo cada vez mais para que este dia seja lembrado como um marco especial.

Reportagem publicada no site do jornal britânico Telegraph, em outubro de 2017, mostrava que algo já estava mudando nas celebrações por lá. Pela primeira vez, festas e vendas de cartões comemorando 50 anos ultrapassaram as de 21 anos (16% x 14,1%), até então os primeiros colocados.

bolo número

Os fornecedores entrevistados afirmaram que as festas das pessoas de 50 costumam ser maiores e mais extravagantes que as dos mais jovens. E que o número de convidados era o dobro, cerca de 100 pessoas. Também disseram que a maioria dos aniversariantes não aparentava a idade, e que 50 anos se tornou um marco e uma ocasião para as pessoas se reunirem para comemorar. Diante disso, confirmaram que estavam projetando um aumento real no número de festas nesta faixa etária para os anos seguintes.

E parece que essa intenção de festejar meio século cresceu por aqui também: “A procura pelas festas de 50 anos, com relação ao primeiro semestre de 2018, triplicaram. Antes, as de 40 anos eram nosso auge, mas, no último semestre de 2018, caíram e começaram a dar lugar às dos 50 anos. Começamos a notar que os 50 são os novos 40. E, neste ano, já realizamos o dobro de eventos de 2018 inteiro voltados para pessoas de 50”, conta Márcia Sandoli, sócia do Lugar 166, espaço para eventos na Vila Olímpia, em São Paulo

Márcia acrescenta que os novos 50 estão dispostos a investir um pouco mais e escolhem, com carinho, doces, bolos e fotógrafos. Não querem nada glamoroso, como em um casamento, mas como não são do tipo que vão à balada, curtem bem mais a própria festa, são mais animados e dançam o tempo todo.

Zilandia Camilo, proprietária da MZ1 Decorações, diz que o número de clientes na faixa dos 50 anos só cresce: “De 2016 para cá, a procura dos meus serviços por pessoas desta faixa etária aumentou 10%”, e acrescenta: “Mulheres são mais ligadas em festejar, gostam de flores, cores, brilho e, para essa data, o dourado predomina. Homens, geralmente, são mais desencanados. Para eles, a bebida é sempre o ponto-chave da festa”.

Dicas de Zilandia para quem pensa em festejar:

= o primeiro passo é fechar a data para a comemoração;
= pense no número de convidados;
= escolha um bom espaço, sempre levando em conta o número de convidados;
= decida se vai precisar de uma assessoria, que facilitará tudo para você;
= se tiver disponibilidade, escolha os serviços pessoalmente, é bem divertido.

Comida de boteco

boteco da sil 2
Silvana Regina Inácio, 51 anos, jornalista, solteira, tem 3 filhos, mora em Guarulhos (SP): “Comemorei em casa, em 2017, ao lado de cerca de 100 pessoas. Como a data caiu em um sábado, aproveitei para reunir amigos e familiares. A festa foi feita à tarde e teve um tema: Boteco da Sil. Escolhi petiscos e bebidas comuns desses estabelecimentos, como amendoim, calabresa, cerveja, batida, caipirinha. Amigos e primos ficaram responsáveis pela música ao vivo: pagode. Como estávamos em janeiro, até pensei em fazer feijoada, mas estava muito quente. Preferi macarronada. Já o bolo foi decorado com cervejas e frases típicas de bares. Não tinha docinhos, optei por doce de banana e de abóbora, paçoquinha, maria mole, jujuba, dadinho e pirulitos, tudo vintage, da época da minha infância. Eu mesma organizei tudo, mas contei com a ajuda dos meus irmãos, cunhados e filhos. Aluguei mesas e cadeiras apenas, pois como minha família gosta de festejar, temos muitas coisas guardadas para essas ocasiões. A parte complicada é convidar e confirmar a presença de todos, mas nada substitui o prazer de ter pessoas comemorando contigo. Afinal, 50 anos não são 50 dias! Hoje, os 50 são os novos 30. Para mim, a vida está começando. Meus filhos estão adultos e quase que totalmente independentes. É hora de retomar aqueles sonhos, a vida deve ser uma celebração diária”.

Bolo veio de avião

rodrigo garcia 3.JPG

Rodrigo Garcia, 51 anos, funcionário público da Câmara Municipal de São Paulo, solteiro, sem filhos. “Pernambucano, estou em São Paulo há 28 anos. Sou muito festeiro, e como em 2017 faria 50 anos em um sábado, resolvi comemorar. Nunca deixei de fazer algo, mesmo que fosse com amigos em um bar. Não consegui festejar como queria os 30 ou os 40, por questões financeiras, mas os 50, meio século, número redondo, tem uma simbologia especial. Pedi ajuda para uma amiga que organiza festas, e pensei em um grande jantar. O local escolhido foi um salão de um hotel em Higienópolis. O ponto alto da festa foi o bolo que ganhei e que veio de avião direto do Recife, no colo de um amigo e da mãe dele: o clássico bolo de noiva pernambucano, que leva frutas e vinho do Porto, uma receita inglesa adaptada. Outro amigo cantou e tocou música brasileira no violão. Não era uma festa dançante, mas, algumas pessoas dançaram nos espaços que conseguiram. Duas amigas, a que organizou tudo e outra, fizeram um vídeo juntando depoimentos de várias pessoas, especialmente das que não puderam vir. Entre elas, estava meu pai, que na época tinha 82 anos e não viaja mais de avião. Foi um dos momentos mais tocantes da festa, me emocionei e chorei. Aos 51 anos, me sinto jovem, gosto das mesmas coisas de sempre, me sinto mais sábio e paciente, e já estou pensando no festão que darei quando chegar aos 60”.

Parando a cidade

deise violin3

Deise Regina Violin, 52 anos, empresária da área de cosméticos, nasceu em Tanabi (SP) e vive em Cuiabá (MT), divorciada, 3 filhos. “Comemorei meus 50 anos em março de 2017. Minha festa dos 50 anos era um sonho, eu a idealizei e a desenhei na minha mente, teria de ter minha identidade. Em todas as festas que ia eu observava, e tudo que achava lindo, colocava em um mosaico. Um dia ouvi a música ‘Flores em Vida’ (de Zé Gabriel Dias e gravada por Zezé Di Camargo e Luciano), ela ‘falou’ comigo ‘eu quero viver a vida, eu quero flores em vida, colhidas do jardim do amor’. Este foi o tema da minha festa. Vi aqueles vestidos bordados, lindos, no concurso de Miss Brasil, feitos pelo estilista Alexandre Dutra, de BH e pensei ‘os vestidos da festa serão dele’. Para mim, foi fácil organizar porque já tinha tudo em mente, e me ajudou muito ter feito antes a festa de 15 anos da minha filha. O bolo, por exemplo, na decoração tinha meu eneagrama (figura geométrica que representa os tipos de personalidades humanas). A parte difícil foi em relação à lista de convidados. Muitas vezes eu via que pessoas próximas não estavam na lista, que era de 600 lugares. A festa teve uma energia incrível, uma vibração no ar. Pessoas até hoje comentam e perguntam quando vai ter outra. Não pretendo fazer outra porque não será igual, a de 50 marcou minha vida. Para mim, comemorar foi uma forma de celebrar, de agradecer a Deus, às pessoas que fizeram parte da minha jornada”.

Aniversário das taurinas

eliane

Eliane Soler mora em São Paulo, tem 51 anos, é formada em Direito, viúva e tem dois filhos: “ Quando faltava mais ou menos um mês para o dia do meu aniversário resolvi que não dava para deixar passar em branco. Tenho duas amigas na mesma faixa etária e que aniversariam na mesma época, então, resolvemos festejar juntas. Não havia um tema, foi o ‘aniversário das taurinas’. Como temos muitos amigos em comum, facilitou muito. Escolhemos o Sky Hall Terrace Bar, que é bem espaçoso e aberto. Foram cerca de 200 pessoas. Elas duas ficaram surpresas, mas eu sabia que ia lotar. Foi muito divertido e senti o carinho das pessoas. Na hora do bolo, meu filho comentou que o lado em que eu estava ‘ficou pesado’, pois quase todo mundo na casa havia vindo para a festa. Foi muito bom ver tantos amigos, até de infância, além da família. Faço parte de um grupo de amigos que se encontra para, quem sabe, estancar a solidão e os problemas de cada um. E se diverte muito. Eu me lembro de quando era garota olhar minha mãe, então com 30 anos e pensar que ela estava velha. Imagine! Eu, hoje, sou autossuficiente, independente, me sinto jovem, não escondo a idade e meus filhos me veem assim também. Não podia deixar passar meus 50 anos em branco”.