Arquivo da tag: arroz

Arroz e feijão: nutricionista esclarece principais mitos e verdades sobre tradicional prato brasileiro

Com uma linha completa de arrozes e feijões, Meu Biju traz curiosidades sobre a brasileiríssima combinação

O arroz e feijão é um dos pratos que melhor representa a cultura e culinária do país. E embora esteja presente diariamente na mesa da maior parte das famílias brasileiras, muitos mitos e verdades ainda circulam em torno da popular e consagrada combinação. Afinal de contas, comer arroz e feijão todos os dias engorda? O arroz integral é melhor que o branco? É preciso deixar o feijão de molho? Quais benefícios esses alimentos podem fornecer?

Pensando nisso, a marca Meu Biju, que oferece uma linha completa de produtos, desde os tradicionais arroz branco e feijão carioca e preto até outras variedades como o Arroz Especial Para Risoto, os 8 Grãos Integrais (com aveia ou quinoa) e feijões diferenciados como o Vermelho e o Macassar, consultou a nutricionista Dra. Aline Maldonado Franzini de Alcântara para esclarecer as principais dúvidas sobre o tema.

Mitos e verdades sobre o arroz e feijão

Arroz e feijão se complementam.
Verdade:
o arroz e o feijão se completam em sabor, em fonte de energia para o corpo, oferecem nutrientes importantes ao organismo e ainda promovem saciedade. O arroz é rico em metionina e cisteína e pobre em lisina, já o feijão, rico em lisina e pobre em metionina e cisteína. Assim, combinados, nos fornecem todos os aminoácidos essenciais. Tanto que o Guia Alimentar do Ministério da Saúde recomenda o consumo diário de ambos.

Comer arroz e feijão todo dia engorda.
Mito:
o arroz e o feijão consumidos na quantidade adequada e de maneira equilibrada não engordam, ainda ajudam as pessoas que querem perder peso, pois promovem a sensação de saciedade, oferecendo nutrientes para o bom funcionamento do organismo.

Arroz integral é melhor que o arroz branco.
Verdade:
o arroz integral mantém em sua composição o farelo e o germe, que são retirados do arroz branco durante o processo de limpeza. Isso faz com que o arroz integral mantenha suas fibras e seus nutrientes preservados. Além disso, promove uma maior saciedade, devido a quantidade de fibras presentes e também possui um índice glicêmico menor que o do arroz branco.

Arroz branco engorda mais que o integral.
Mito:
em termos de calorias, ambos têm quase a mesma quantidade. Em 100 g de arroz branco cozido temos 128 Kcal, já em 100 g de arroz integral cozido temos 124 Kcal (FONTE: Tabela Brasileira de Composição de Alimentos – TACO 4 Edição – 2011). Porém, como já falado anteriormente, o arroz integral oferece mais nutrientes e tem maior quantidade de fibras, melhorando o funcionamento intestinal e do organismo como um todo.

Todos os feijões são fontes de ferro e devem ser consumidos diariamente.
Verdade:
segundo o Guia Alimentar do Ministério da Saúde, devemos comer feijão diariamente. O feijão é rico em proteínas vegetais, vitaminas e minerais como o ferro. Pertence ao grupo das leguminosas, podendo variar o uso com outros tipos de feijões, vagem, grão de bico, lentilha, ervilha e soja, por exemplo.

Deixar o feijão de molho evita flatulências após o consumo.
Verdade:
o feijão e outras leguminosas possuem substâncias que chamamos de antinutrientes, que são fitatos, taninos, entre outros. Essas substâncias reduzem a absorção de nutrientes e dificultam a digestão dos mesmos, gerando gases e desconforto intestinal. Deixando o feijão de molho, fazendo a técnica do “remolho” como já se dizia antigamente, é essencial para reduzir essas substâncias antinutricionais e melhorar a absorção das proteínas, vitaminas e minerais desses alimentos, melhorando também todo o processo de digestão. Estudos mostram que pelo menos oito horas de remolho são essenciais, sendo ideal chegar até 24 horas, com até três trocas de água. Esse processo acelera o tempo de cocção também.

Os benefícios nutricionais do feijão estão apenas nos grãos.
Mito:
porém, o caldo possui poucos benefícios quando comparado aos grãos, que são a principal fonte de nutrientes e de fibra do alimento. Quem gosta do caldo, o ideal é batê-lo com os grãos para se obter uma maior concentração de nutrientes do alimento, melhorando a saciedade, o trânsito intestinal e o funcionamento do organismo.

Adicionar arroz e feijão no preparo de outras receitas mantém suas propriedades nutricionais.
Verdade:
pode se usar arroz e feijão para fazer diversas preparações. Como já falado, os dois combinados têm ainda mais propriedades. O que devemos nos atentar para não ocorrer uma interação entre nutrientes é evitar alimentos ricos em cálcio e cafeína no almoço e jantar.

Para se inspirar no preparo de pratos diferenciados com arroz e feijão para o dia a dia, a marca Meu Biju disponibiliza uma série de receitas em seu site . Os produtos Meu Biju estão disponíveis nas principais redes de varejo, mas podem também ser adquiridos pelo e-commerce Armazém Tio João.

Sem desperdício: aprenda a reaproveitar o arroz do dia anterior

Dica é da Food To Save, startup que ajuda a acabar com excedentes em estabelecimentos, e auxilia também, nas redes sociais, os consumidores a manterem hábitos mais conscientes

Cerca de 41 mil toneladas de alimentos em perfeitas condições deixam de ser aproveitadas todos os dias. Os dados são de 2020, do Programa Mundial de Alimentos (WFP), que pertence à Organização das Nações Unidas (ONU), e deixam ainda mais evidente um problema que poderia ser evitado: boa parte desses produtos acabam no lixo.

Pensando nisso, a Food To Save, foodtech sustentável que nasceu para revolucionar o desperdício de alimentos no Brasil, traz uma dica incrível e simples para deixar o arroz do dia anterior com gosto de novo, soltinho e fresquinho, e assim, evitar que seja jogado fora.

Para colocá-la em prática, você vai precisar de: arroz pronto, feito no dia anterior, gelo e uma panela (ou recipiente de sua preferência). Confira o passo a passo:

-Em uma panela ou recipiente de sua escolha, coloque o arroz pronto e gelo (para cada duas xícaras de arroz, use 1 pedra de gelo);
-Leve ao fogo baixo, ou se preferir, aqueça no micro-ondas;
-Deixe o tempo necessário para que o gelo derreta e o arroz fique aquecido;
-E está pronto! Seu arroz ficará soltinho e delicioso como se fosse feito no mesmo dia.

Para mais dicas e detalhes sobre outros hábitos que ajudam a evitar o desperdício de alimentos, acesse o site ou o perfil no Instagram da Food To Save

Harmonização de arrozes para as ceias de final de ano: o melhor para carnes brancas e vermelhas

Tio João dá dicas de arrozes que combinam com cada tipo de carne e compartilha receitas especiais para o Natal e o Ano Novo

O arroz é um dos alimentos mais consumidos durante todo o ano e, claro, não poderia ficar de fora das celebrações de Natal e Ano-Novo. Versátil, o grão permite inúmeras combinações e protagoniza grandes receitas, dignas de datas memoráveis como as do período. Mas diante de tantas possibilidades e o desejo de inovar nas apresentações, a partir de pratos que vão além do tradicional arroz branco, às vezes surge a dúvida de qual seria a variedade mais apropriada para cada tipo de proteína.

Tanto o arroz vermelho quanto o arroz negro, por exemplo, possuem textura firme e sabor amendoado, podendo ser servidos quentes como acompanhamento para peixes, frutos do mar, carnes vermelhas, aves e pratos agridoces, defumados ou apimentados. Frios, combinam com sabores cítricos e refrescantes, ideal para pratos que levam folhas, frutas e verduras, como as saladas.

Já o arroz selvagem tem por característica ser um grão firme, com interior macio. Seu sabor, semelhante ao de avelãs torradas e chá preto, harmoniza com aves, carnes vermelhas, batatas assadas e carboidratos em geral. Pode ainda ser cozido e incorporado ao preparo de outros arrozes e pratos mais elaborados.

Agora, se o menu conta com carnes e frutos do mar ricos em condimentos, o aromático arroz jasmine é ideal para acompanhar pratos de sabores fortes e picantes. Seu aroma levemente delicado, que lembra flores de jasmim, faz com que ele harmonize também com receitas que levam frutas como abacaxi, leite de coco, ervas frescas e gengibre. O mesmo vale para o arroz basmati, que combina muito bem com pratos de sabor forte e marcante, a partir de seu aroma característico de nozes e paladar adocicado.

Pensando em contribuir com ideias e dicas para o preparo dos pratos das ceias de final de ano, que levam o arroz como base e podem acompanhar os tradicionais assados, a marca Tio João reuniu algumas receitas especiais, compartilhadas a seguir. Confira.

Risoto Bianco com Alho Doce e Pesto

Ingredientes
Para o alho doce:
1 cabeça de alho
1 colher (sopa) de Azeite Nova Oliva
Para o pesto:
1 maço de manjericão fresco
1 dente de alho pequeno
¾ de xícara (chá) de Azeite Nova Oliva
¼ de xícara (chá) de queijo parmesão
2 colheres (sopa) de pignoli, castanha de caju ou nozes

Para o risoto:
2 colheres (sopa) de Azeite Nova Oliva
1 cebola pequena picada
1 xícara (chá) de Arroz Tio João Variedades Mundiais – Carnaroli
½ xícara (chá) de vinho branco seco (100 ml)
Cerca de 1 litro de caldo quente de legumes
½ xícara (chá) de queijo parmesão ralado
2 colheres (sopa) de manteiga sem sal
Sal e pimenta do reino
Pinoli ou castanhas para decorar

Modo de Preparo
Prepare o alho doce:
tempere a cabeça de alho com azeite e embrulhe em papel alumínio. Leve ao forno preaquecido, a 220° C, por 30 minutos. Retire do forno, espere esfriar e descasque. Reserve.
Faça o pesto: bata todos os ingredientes no liquidificador até formar uma pasta.
Faça o risoto: em uma frigideira, aqueça o azeite e murche a cebola e o alho doce. Adicione o arroz e frite rapidamente. Despeje o vinho branco e mexa até que seque. Em seguida, vá juntando o caldo de legumes até cobrir o arroz e mexa sem parar, até secar. Repita esse processo até que o arroz fique “al dente”. Quando estiver cozido, desligue o fogo, adicione o queijo parmesão e, por último, a manteiga. Tempere com sal e pimenta. Sirva com o molho pesto e decore com pinoli ou castanhas.

Arroz de Forno com Bacalhau e Nata

Ingredientes
3 xícaras (chá) de Arroz Tio João 100% Grãos Nobres (540 g)
4 colheres (sopa) de Azeite Nova Oliva (60 ml)
1 cebola média picada
300 g de bacalhau dessalgado em lascas médias
Sal e pimenta a gosto
150 g de nozes picadas
150 g de queijo parmesão ralado
½ maço de salsa picada
300 g de nata (ou requeijão)
3 ovos cozidos cortados em rodelas
100 g de azeitonas pretas sem caroço

Modo de Preparo
Prepare o arroz de acordo com as instruções da embalagem, deixe esfriar e reserve. Em uma frigideira, aqueça o azeite e doure a cebola. Logo em seguida, junte o bacalhau e tempere com a pimenta. Caso necessário, adicione sal a gosto. Em uma tigela misture o arroz, o bacalhau, 100 g de nozes, o parmesão, a salsa picada e por último a nata. Coloque em um refratário. Por cima, disponha as rodelas de ovo, as azeitonas e o restante das nozes. Regue com azeite e leve ao forno preaquecido a 200°C até aquecer.

Dois Cereais à Tailandesa

Ingredientes
1 xícara (chá) de Arroz Tio João Variedades Mundiais – Selvagem (150 g)
Sal a gosto
1 xícara (chá) de Arroz Tio João 100% Grãos Nobres (170 g)
2 colheres (sopa) de óleo
1 colher (chá) de curry em pó
360 g de peito de peru defumado em cubos pequenos
½ abacaxi médio em cubos pequenos
½ xícara (chá) de vinho branco (100 ml)
4 ramos de salsa lavados e picados

Modo de Preparo
Prepare o arroz selvagem: lave os grãos, trocando a água várias vezes até que fique transparente. Coloque-os em uma panela média, acrescente 4 xícaras (chá) de água fria, 2 colheres (chá) de sal e leve ao fogo forte até abrir fervura. Abaixe o fogo e cozinhe com a panela semitampada por cerca de 35 minutos. Escorra o arroz e reserve-o. Prepare o arroz tradicional: aqueça 2 colheres (sopa) de óleo em uma panela. Junte o arroz e deixe-o fritar, mexendo bem. Acrescente 2 xícaras (chá) de água quente e sal. Cozinhe em fogo alto até ferver. Tampe a panela, abaixe o fogo e cozinhe por 15 minutos ou até que a água seque. Enquanto isso, em uma frigideira já aquecida, esquente o curry por 30 segundos. Acrescente o peito de peru e o abacaxi (junto com o caldo que a fruta libera). Quando o abacaxi começar a murchar, acrescente o vinho e mexa por 5 minutos em fogo baixo. Desligue o fogo, misture os dois tipos de arroz ao molho, salpique a salsa e sirva em seguida.

Para conferir essas e outras receitas, visite o site Tio João

Receitas gostosas para o fim de semana

Para te ajudar a preparar uma comidinha deliciosa e fácil no fim de semana, separamos três receitas maravilhosas, saudáveis e que cabem no seu bolso. Bom apetite.

Tacos Mexicanos à Moda da Gomes

Ingredientes:
Tortilla:
1 e meia xícara (chá) de farinha de trigo (225g)
Meia colher (chá) de sal
Cerca de 3/4 xícara (chá) de água (180ml)

Recheio:
1 lata de Atum Ralado em Óleo Gomes da Costa (170g)
1 cebola média picada (80g)
2 dentes de alho amassados (4g)
1 lata de Atum Ralado ao Molho de Tomate Gomes da Costa (170g)
1 colher (café) de pimenta dedo de moça, sem semente, picada (1,5g)
1 colher (café) de pimenta cayena (1,0g)
1 colher (café) de pimenta do reino (1,0g)
Meia colher (chá) de cominho (1,25g)
1 colher (café) de páprica doce (1,0g)
Sal a gosto
1xícara (chá) de feijão preto ou rosinha cozido (200g)
1 embalagem de queijo cremoso ou cream cheese (150g)

Guacamole:
1 tomate pequeno maduro, sem semente, cortado em cubos pequenos (60g)
Meia cebola média picada (40g)
1 colher (chá) de pimenta dedo de moça, sem semente, picada (5g)
1 colher (sopa) de suco de limão (15ml)
1 colher (sopa) de azeite (15ml)
Sal a gosto
2 colheres (sopa) de coentro fresco picado (20g)
Meio abacate pequeno, maduro e firme (200g)

Vinagrete:
Meia cebola média picada (40g)
1 tomate médio maduro, sem semente, cortado em cubos pequenos (80g)
4 colheres (sopa) de pimentão verde cortado em cubinhos (48g)
2 colheres (sopa) de óleo (30ml)
1 colher (sopa) de vinagre (15ml)
Sal a gosto

Modo de preparo:

Tortilla:
Em uma tigela junte a farinha e o sal. Misture. Acrescente boa parte da água de uma só vez, trabalhando bem a massa. Vá acrescentando o restante da água, até a massa soltar completamente das mãos. Cubra com um pano e deixe descansando por 1 hora.
Sobre uma superfície enfarinhada, divida a massa em 6 pedaços. Abra cada pedaço em discos redondos com a ajuda de um rolo, de maneira que fiquem bem finos, quase transparente.
Aqueça uma frigideira antiaderente em fogo brando e cozinhe os discos de massa até formar bolhas douradas dos dois lados (eles estufam durante o cozimento). Reserve.

Refogado:
Doure a cebola e o alho no óleo do Atum. Abaixe o fogo e junte o Atum Gomes da Costa e o Atum com o Molho de Tomate. Tempere com as pimentas, o cominho, a páprica. Acrescente o feijão cozido e tempere com sal. Adicione ¼ xícara (chá) de água (60ml). Cozinhe em fogo brando, panela destampada, até obter um refogado úmido. Reserve.

Guacamole:
Em uma tigela junte o tomate, a cebola, a pimenta, o suco, o azeite, o sal e o coentro. Misture. Junte o abacate amassado grosseiramente e torne a misturar. Reserve.

Vinagrete:
Em uma tigela junte a cebola, o tomate e o pimentão. Acrescente a mistura feita com o óleo e o vinagre. Tempere com sal a gosto.

Montagem:
Sobre cada base de tortilla, distribua cerca de 3 colheres (sopa) do refogado de Atum e feijão, 1 colher (sopa) de vinagrete, 1 colher (sobremesa) de queijo cremoso e 1 colher (sopa) de guacamole. Sirva em seguida.

Dica de chefe: enquanto a massa descansa, prepare o guacamole e o vinagrete.Leia mais

Variação: taco pode ser servido dobrado ao meio, neste caso a tortlila deve ser montada quente para não quebrar.

Arroz Vermelho com Atum Claro e Amêndoas

Ingredientes:
1 colher (sopa) de óleo (15ml)
2 colheres (sopa) de cebola bem picada (30g)
1 xícara (chá) de arroz vermelho (200g)
Cerca de 3 xícaras (chá) de água fervente (cerca de 720ml)
Sal a gosto
2 colheres (sopa) de manteiga (40g)
4 colheres (sopa) de amêndoas cortadas em lascas (28g)
1 colher (sopa) de salsa picada (7g)
1 embalagem de Atum Claro ao Natural Gomes da Costa (170g)

Modo de Preparo:
Em uma panela média, refogue a cebola no óleo, até começar a dourar. Acrescente o arroz e refogue demoradamente. Junte a água fervente e o sal. Quando retornar a fervura, abaixe o fogo, tampe a panela e cozinhe por cerca de 40 minutos ou até o arroz ficar cozido e sem líquido. Reserve. Em uma frigideira, aqueça a manteiga e junte as amêndoas. Cozinhe mexendo sempre até as amêndoas dourarem por igual. Junte a salsa. Envolva as amêndoas no arroz. Distribua o Atum Claro Gomes da Costa sobre o arroz no momento de servir.

Dica de chef: para cortar as amêndoas em lascas, use uma faca bem afiada. Corte cada amêndoas ao meio no sentido horizontal e depois cada metade em 2 a 3 fatias.
Variação: substitua as amêndoas por castanha de caju.

Batata Gratinada com Medalhão

Ingredientes:
1 xícara (chá) de leite
1 xícara (chá) de creme de leite fresco
500g de batata sem casca, cortada em rodelas finas
Sal, noz-moscada e pimenta do reino a gosto
4 gemas
4 colheres (sopa) de queijo tipo parmesão ralado
1 embalagem de Medalhão de Merluza com Tomate e Queijo Gomes da Costa 2,5k

Modo de Preparo:
Numa panela junte o leite, o creme de leite e a batata. Tempere com sal, noz-moscada e pimenta a gosto. Leve ao fogo médio, panela tampada e ferva por cerca de 15 minutos ou até as rodelas de batata estarem cozidas, mas ainda firmes. Escorra e reserve o líquido. Em um refratário/assadeira, distribua as batatas. Reserve. Numa tigela junte as gemas e bata com o auxílio de um batedor até começar a espumar. Acrescente o leite e creme de leite reservados. Misture bem. Despeje esta mistura sobre a preparação e salpique com o queijo ralado. Leve ao forno médio (180ºC), preaquecido, até que a superfície fique gratinada. Prepare os Medalhões Gomes da Costa conforme recomendação da embalagem. Sirva a batata gratinada acompanhada dos Medalhões Gomes da Costa.

Dica de chef: é importante não deixar a batata cozinhar muito no leite, para quando for ao forno não desmanchar.
Variação: substitua a batata por batata doce.

Fonte: Gomes da Costa

Armazém Tio João oferece descontos de até 50% nesta Black Friday

E-commerce da Josapar, dona da marca Tio João, anuncia temporada de promoções em diversos produtos ao consumidor final

A Black Friday 2021 tornou-se um dos eventos mais aguardados pelos consumidores. A temporada de descontos, que este ano acontece em 26 de novembro, é o segundo maior período de compras no Brasil, ficando atrás apenas do Natal. De acordo com uma pesquisa realizada pela Offerwise, em parceria com o Facebook, o número de brasileiros que pretende comprar alguma coisa nesta Black Friday é 29% maior que em 2020, e mais de 50% dos entrevistados pretendem fazer suas compras por meio de plataformas digitais. Por isso, pensando em atender toda essa demanda, grandes empresas como a Josapar, participam do período oferecendo descontos atrativos aos seus clientes.

Com o propósito de disponibilizar um período maior de oportunidades, por meio do Armazém Tio João, a Josapar programou uma série de ações ao longo deste mês de novembro. Para começar, a empresa disponibiliza um cupom de desconto (RELAMPAGOBF) até o próximo dia 25*, que garante 15% off em todos os produtos do site. Para a linha SupraSoy, de alimentos à base de proteína vegetal, a marca disponibiliza um cupom (BFSUPRASOY) que fornece descontos de 10% na compra de duas latas dos produtos, além de uma caneca personalizada aos clientes que participarem da promoção até o dia 30 deste mês*.

E para a virada do dia 25 para o dia 26, quando oficialmente acontece a Black Friday 2021, o Armazém Tio João reserva promoções imperdíveis. Além de diversos produtos com 50% off que serão divulgados, também está prevista a ação da Caixa Misteriosa, com vários itens surpresa, com 40% de desconto no valor total. Essas oportunidades também se estenderão até o último dia de novembro*.

No Armazém Tio João, os consumidores podem encontrar diversos tipos de arrozes, do tradicional às Variedades Mundiais, refeições semiprontas, feijões, azeites, sobremesas, alimentos em pó, misturas e farinhas sem glúten para pães e bolos.  Confira alguns dos produtos disponíveis no Armazém Tio João:

Tio João Variedades Mundiais – Arroz Preto (Cozinha Chinesa)

Tradicional da culinária chinesa, o arroz preto possui sabor amendoado e textura firme. Rico em proteínas, vitaminas e minerais como ferro, cálcio, zinco e magnésio, este arroz pode ser servido quente – acompanhando peixes, frutos do mar, carnes, aves e pratos agridoces, defumados ou apimentados – ou frio, combinando com sabores cítricos e frescos como os de folhas, frutas e verduras.

Tio João Cozinha & Sabor – Risoto à Valligiana

A linha Cozinha & Sabor oferece receitas semiprontas para o preparo de pratos completos. Entre as opções estão os sofisticados risotos, como Valligiana, que combina os cogumelos funghi e champignon com um mix de temperos e o típico arroz Carnaroli, o que garante uma apresentação cremosa e marcante.

Tio João Cozinha Fácil – Arroz com Brócolis

Pela linha Cozinha Fácil, a marca traz receitas também semiprontas, para facilitar o preparo das refeições, e basta um acompanhamento para ter um prato completo. O Arroz com Brócolis, por exemplo, combina o vegetal com arroz e um mix de temperos, e harmoniza muito bem com todos os tipos de proteína.

Tio João Confeitaria – Sem Glúten

Pela linha Confeitaria, totalmente sem glúten, a marca Tio João oferece várias opções de misturas para diferentes sabores de bolos e sobremesas, como o Brownie e o Petit Gâteau tradicionais. Todas elas são de fácil preparo e combinam praticidade e sabor.

Tio João Padaria – Sem Glúten

A marca apresenta também uma linha completa de misturas para pães. A Mistura para Pão Caseiro, por exemplo, é livre de glúten e lactose, composta por um mix de farinhas, entre elas, a de arroz, que também é oferecida no e-commerce Armazém Tio João em embalagens de 1 kg.

Além das promoções disponíveis no período da Black Friday, todos que se cadastrarem no site ganham automaticamente 15% de desconto no primeiro pedido e passam a receber as ofertas semanais disponíveis na plataforma. Para conferir os demais produtos e descontos especiais do Armazém Tio João, clique aqui.

*Promoções válidas até as datas mencionadas ou enquanto durarem os estoques.

Dia Mundial do Veganismo: nutricionista dá dicas de alimentos que podem ajudar a enriquecer dieta

Alimentação livre de produtos de origem animal pode trazer benefícios, mas é preciso expandir o cardápio com alimentos nutritivos e saudáveis

Celebrado no próximo dia 1º de novembro, o Dia Mundial do Veganismo foi criado por Louise Wallis, presidente da Vegan Society da Inglaterra, em 1994, com o propósito de conscientizar sobre as formas de consumo, exploração e crueldade com os animais, tanto para a alimentação, quanto na utilização de produtos de beleza e vestuário. Os adeptos desse estilo de vida, não ingerem nem fazem uso de nenhum tipo de alimento ou produto que tenham origem animal, como carnes, ovos, leite, couro, entre outros.

Em termos de alimentação, a dieta vegana é considerada altamente saudável, já que pode incluir uma grande variedade de vegetais, legumes, verduras, grãos e frutas, que são consumidos, em sua maioria, na versão integral. De acordo com a nutricionista Aline Maldonado Franzini de Alcântara, os benefícios dessa alimentação podem ser sentidos ao longo do tempo, entretanto, é importante que seja seguida uma dieta balanceada, que conte com a presença de todos os grupos alimentares.

“Os alimentos de origem animal são ricos em proteínas, vitaminas e minerais essenciais para nossa saúde. Ao adotar um estilo de vida vegano, é preciso ter consciência de inserir outros alimentos, ainda que de origem vegetal, que possam suprir essa carência nutricional. Contar com ajuda profissional durante esse processo, pode evitar que a pessoa apresente baixos índices de consumo proteicos, assim como das vitaminas B12 e D, e de minerais como ferro, zinco, cálcio e ômega3”, esclarece a especialista.

Entre os alimentos de origem vegetal que apresentam um bom valor nutricional para as dietas veganas, Aline destaca o consumo de hortaliças verdes escuras, leites vegetais, castanhas, leguminosas como o grão de bico, lentilha e feijões, e alguns tipos de arrozes. “São alimentos importantíssimos para a saúde de todas as pessoas, mas tornam-se essenciais em dietas que restringem o consumo de alimentos de origem animal. O arroz negro, o vermelho e o selvagem, por exemplo, apresentam grandes quantidades de fibras e proteínas, além de vitaminas A, B1, B2, B6, B12, cálcio, magnésio, zinco e ferro”, complementa.

Nesse sentido, a marca Tio João, presente no mercado há mais de 40 anos, sempre oferecendo produtos de qualidade, apresenta uma linha completa de arrozes, que vão desde o tradicional arroz branco, integral e parboilizado até as variedades mundiais, como o vermelho (cozinha francesa), o preto (cozinha chinesa) e o selvagem (cozinha canadense). Pensando em contribuir com dicas de consumo aos adeptos da dieta vegana, a marca preparou algumas receitas exclusivas, que podem ser conferidas a seguir.

Arroz Preto com Peras Assadas

Ingredientes
1 xícara (chá) de Tio João Variedades Mundiais Arroz Preto
1 colher (chá) de sal
1 pera madura em fatias grossas
5 colheres (sopa) de azeite
2 talos de alho-poró cortados em fatias
½ xícara (chá) de damascos picados
2 ramos de tomilho
2 ramos de salsinha picadas
5 folhas de sálvia picadas
Sal e pimenta-do-reino moída na hora
½ xícara (chá) de nozes picadas
Raspas de casca de laranja

Modo de Preparo
Leve ao fogo 3 xícaras (chá) de água fria (600ml) junto com o Arroz Preto e o sal. Deixe ferver, abaixe bem o fogo e mantenha a panela tampada por cerca de 35 minutos, ou até secar.
Enquanto isso, regue as fatias de pera com 2 colheres (sopa) de azeite e asse em forno médio (200°C) por cerca 20 minutos. Aqueça o restante do azeite em uma panela média. Refogue o alho-poró, os damascos, e tempere com as ervas, o sal e a pimenta. Misture o arroz já cozido, as nozes e retire do fogo. Polvilhe as fatias de pera com as raspas de laranja e sirva junto com o arroz.

Arroz Vermelho com Coco Refogado

Ingredientes
Arroz:
3 colheres (sopa) de azeite
2 cebolas roxas picadas (300 g)
1 xícara (chá) de Tio João Variedades Mundiais Arroz Vermelho
Sal e pimenta-do-reino
Coco Refogado:
3 colheres (sopa) de azeite
1 coco seco descascado e cortado em cubos (350 g)
3 colheres (sopa) de shoyu
½ colher (sopa) de açúcar
Pimenta-do-reino

Modo de Preparo
Arroz:

Em uma panela média, aqueça o azeite em fogo baixo, adicione a cebola e refogue, mexendo por cerca de 15 minutos ou até que ela esteja bem dourada. Junte o arroz e 2 xícaras (chá) de água, tempere com sal, pimenta e deixe levantar fervura. Abaixe o fogo e cozinhe com a panela semitapada por 35 minutos ou até que a água seque.

Coco refogado:
Enquanto a arroz cozinha, leve ao fogo médio uma frigideira com o azeite e doure os cubinhos de coco. Desligue o fogo, acrescente o shoyu e o açúcar e tempere com um pouco de pimenta. Misture-o ao arroz cozido e sirva em seguida.

Arroz com Vegetais e Chia

Ingredientes
1 litro de água
1 colher (chá) de sal
1 pacote de Arroz Tio João Cozinha Fácil Integral + Vegetais
½ maço de espinafre higienizado e picado
1 colher (sopa) de azeite de oliva
¼ de cebola picada
1 dente de alho pequeno picado
2 colheres (sopa) de chia

Modo de preparo
Prepare uma bacia com água gelada e, em uma panela, ferva 2 litros de água. Adicione as folhas de espinafre à água fervente, deixe por 30 segundos e, com ajuda de uma escumadeira, mergulhe-o na água gelada. Escorra as folhas e pique-as bem fininho. Reserve. Em uma panela, adicione a água e o sal e espere ferver. Coloque o pacote de Arroz Tio João Integral + Vegetais, diminua o fogo e deixe cozinhar com a panela semitampada, em fogo baixo, por 30 minutos. Retire-o com ajuda de um garfo e deixe escorrer toda a água. Enquanto isso, em uma frigideira adicione o azeite, refogue a cebola e o alho. Adicione o espinafre, uma pitada de sal e refogue por 2 minutos, mexendo. Coloque o arroz cozido na frigideira do espinafre, adicione a chia e misture. Sirva em seguida com azeite.

Arroz Selvagem + Arroz Parboilizado com Amêndoas

Ingredientes
1 xícara (chá) de Tio João Variedades Mundiais Arroz Selvagem
1 xícara (chá) de Arroz Tio João Parboilizado
200 g de amêndoas em lascas
4 colheres (sopa) de azeite
Sal a gosto
Pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo
Cozinhe o Arroz Selvagem conforme o modo de preparo indicado na embalagem. Enquanto isso, em outra panela, faça o mesmo com o Arroz Parboilizado. Em uma frigideira, toste as amêndoas com duas colheres de azeite. Depois, misture a elas o arroz selvagem, o arroz parboilizado e o restante do azeite. Tempere com sal e a pimenta e sirva. Para adquirir os produtos Tio João, basta acessar a plataforma de e-commerce Armazém Tio João, que disponibiliza 15% de desconto na primeira compra, além de promoções semanais em todo o site.

Fonte: Josapar

Aprenda três receitas típicas brasileiras

Arroz com pequi, galinhada e arroz carreteiro são as receitas sugeridas para que os consumidores aproveitem ao máximo a comida feita em casa

Comida boa é aquela fresquinha, com sabor de história, memória afetiva e de família, não é mesmo? A Camil, marca líder em arroz no Brasil, quer incentivar o público a aproveitar e valorizar cada vez mais a comida feita em casa.

A reconexão com o cozinhar em casa já está comprovada: de acordo com levantamento da Galunion e Qualibest, 69% das pessoas declaram que continuarão cozinhando mais em seus lares e indo menos aos restaurantes mesmo com o fim da quarentena, por exemplo.

A marca quer ajudar as pessoas a terem uma alimentação gostosa e nutritiva, todos os dias. Por isso, a Camil testou a aprovou receitas cheias de sabor e nutrição, especialmente para que o público do centro-oeste relembre o gostinho do lar por meio das preparações, mostrando que a região também é a casa da Camil.

Vamos às preparações:

Arroz com Pequi

Ingredientes
1 colher (sopa) de óleo de pequi
1 unidade de cebola pequena picada
1 unidade de alho picado
1 xícara (chá) de Arroz Camil
3 unidades de pequi em conserva
2 xícaras (chá) de água fervente
1 colher (chá) de sal

Modo de preparo
Em uma panela, aqueça em fogo médio o óleo e refogue a cebola e o alho até dourar. Adicione o Arroz Branco Camil e refogue por alguns minutos. Adicione o pequi, o sal e a água. Tampe parcialmente a panela e cozinhe por 15 a 20 minutos, até secar a água e os grãos estiverem cozidos. Desligue o fogo, tampe a panela e reserve por 5 minutos antes de servir.

Dicas: você pode substituir o óleo do pequi por óleo comum.O pequi em conserva pode ser substituído por pequi fresco.
Tempo de preparo: 20min
Rende: 4 porções

Galinhada

Ingredientes
300 gramas de coxa de frango cortada em pedaços
300 gramas de Sobrecoxa de Frango (Crua) cortada em pedaços
2 unidades de dentes de alho picados
1 colher (sopa) de Suco de Limão
2 e 1/2 colheres (chá) de sal
2 Colheres (sopa) de óleo
1 unidade pequena de cebola picada
1/2 colher (chá) de colorau em pó
1/2 colher (chá) de açafrão-da-terra em pó
1/2 unidade pequena de pimentão verde cortado em cubos pequenos
1 unidade média de tomate sem sementes em cubos pequenos
1 e 1/2 xícara (chá) de Arroz Camil
4 xícaras (chá) de água fervente
cheiro-verde para polvilhar

Modo de preparo
Em uma tigela, coloque o frango, o alho, o suco de limão e 1 colher (chá) do sal. Misture e reserve por 1 hora.Em uma panela, aqueça o óleo em fogo alto e frite o frango até dourar.
Junte a cebola, o colorau, o açafrão, o pimentão e o tomate, e refogue. Acrescente o Arroz Camil, a água fervente e 1 e meia colher (chá) do sal. Abaixe o fogo e cozinhe, mexendo algumas vezes, por mais 20 minutos, até ficar macio e cremoso. Polvilhe o cheiro-verde e sirva em seguida.

Tempo de preparo: 1h 30min
Rendimento: 4 porções

Arroz Carreteiro

Ingredientes
1 colher (sopa) de óleo
1/2 xícara (chá) de bacon cortado em cubos pequenos
1 unidade de Alho amassado
1 unidade pequena de cebola picada
200 gramas de carne-seca (cozida) desfiada grosseiramente
2 unidades de tomate sem pele, sem sementes, picados
1 e 1/2 xícara (chá) de Arroz Camil
1 colher (chá) de sal
3 xícaras (chá) de água fervente
1 colher (sopa) de cheiro-verde picado

Modo de preparo
Em uma panela, aqueça o óleo em fogo médio e frite o bacon até dourar. Junte o alho, a cebola e a carne-seca e refogue por alguns minutos. Acrescente os tomates, o Arroz Camil, o sal e a água fervente. Cozinhe, com a panela parcialmente tampada, por 10 minutos ou até o líquido secar e o arroz ficar cozido. Tampe a panela e reserve por 5 minutos. Acrescente o cheiro-verde e sirva em seguida.

Dicas: para dessalgar e desfiar a carne-seca coloque-a em uma tigela, cubra de água e deixe de molho por 12 horas, trocando a água no mínimo por 3 vezes. Escorra, coloque-a em uma panela de pressão e cubra com água. Tampe e cozinhe por cerca de 20 minutos, contados a partir do início da pressão. Retire a panela do fogo, aguarde até sair todo o vapor e verifique o cozimento. Se necessário, volte ao fogo por mais alguns minutos. Após o cozimento, desfie e utilize no preparo da receita.
Tempo de preparo: 30min
Rendimento:
4 porções

Muitas outras receitas podem também ser encontradas no site oficial da marca.

Aprenda como fazer Risi e Bisi com bacon, um clássico da gastronomia italiana

Eder ensina a receita do prato, que surpreende pelo sabor e pela facilidade no preparo

O Risi e Bisi, ou arroz e ervilhas em italiano, é um prato tradicional da região do Vêneto, principalmente da cidade de Veneza, na Itália, que tem textura um pouco mais cremosa em relação ao risoto original e leva também o bacon, que harmoniza perfeitamente. A Eder, marca de salsichas, linguiças, bacon e frios, ensina como preparar este prato delicioso, que fica pronto rapidinho, em apenas quarentena minutos, ideal para um jantar especial devido ao ar sofisticado que apresenta.

Você sabia que “Risi, bisi e fragole!” (arroz, ervilha e morango!) era o grito de guerra dos venezianos, fazendo uma analogia às cores da bandeira italiana quando, no século XIX, houve a invasão austríaca na Itália? Aproveite para contar aos convidados enquanto serve o prato.

O segredo nesta receita é o bacon Eder, feito com um corte da barriga suína que contém parte da paleta e uma porção maior de carne. Defumado naturalmente, é muito saboroso e leva um toque a mais de sabor ao Risi e Bisi.

Confira abaixo a receita completa, que rende quatro porções.

Risi e Bisi com bacon

Ingredientes:
1 colher de sopa de azeite
1 cebola pequena bem picada
1 dente de alho amassado
100 g de bacon Eder em cubos pequenos
2 xícaras de arroz Arbóreo
1 lt de caldo de legumes ou frango
1 xícara de ervilhas frescas ou congeladas
½ xícara de salsa picada
1/4 de queijo parmesão ralado
200 ml vinho branco
1 colher de sopa de manteiga

Modo de preparo:
Refogue o bacon na manteiga. Acrescente a cebola e depois o alho. Quando dourados coloque o arroz. Mexa um pouco e logo adicione o vinho branco. Deixe o vinho ferver e coloque pouco a pouco o caldo, mexendo sempre. Adicione as ervilhas frescas. Quando o arroz estiver cozido adicione o azeite e o parmesão emulsionando bem.Acrescente a salsa no momento de servir. Deve ser servido bem quente, cremoso e com os grãos cozidos “al dente”.

Tempo de preparo: 40 minutos
Rendimento: 4 porções

Fonte: Eder

Santo Grão celebra Dia dos Pais com brunch e prato exclusivo

Chef Fábio Vieira criou opções para café da manhã e almoço que vão deixar a data ainda mais especial

Em homenagem ao Dia dos Pais, o Santo Grão vai oferecer opções especiais para os homenageados começarem o domingo em alto astral. O chef Fábio Vieira criou uma composição de brunch repleta de delícias com cara de celebração para presentear em 08 de agosto.

A cesta “Comece Bem seu Dia Especial” (R$ 92) conta com muffin inglês, uma tostada de atum fresco em pão multigrãos com picles de erva-doce fresca, molho bernaise com pimenta de cheiro, wassabi e toque de mel de Uruçu, originário de abelha nativa, e um ovo pochê com molho espesso de tomate grelhado, jamon crocante e aspargos. Ainda tem açaí com tapioca flocada com banana ouro e, para beber, suco de tangerina, café Sul de Minas em método V60 ou outro a escolha. A sugestão estará disponível presencialmente nas unidades Oscar Freire, Itaim e Morumbi e também pelos deliveries do Ifood e Rappi.

A data conta ainda com uma criação, também assinada pelo chef, servida especialmente no almoço de domingo. O arroz caldoso de frutos do mar (R$ 94) feito com caldo de frutos do mar, tucupi e molho de ostra, camarões, mariscos e polvo caramelizado estará disponível presencialmente nas unidades Oscar Freire, Itaim e Morumbi, além dos deliveries Ifood e Rappi.

Santo Grão Itaim Bibi

Santo Grão
Oscar Freire: Rua Oscar Freire, 413 – Jardins / São Paulo | Tel.: (11) 3062-9294
Presencial, to go e delivery: segunda-feira a domingo das 8h às 22h15
Itaim: Rua Jeronimo da Veiga, 179 / Itaim Bibi – SP | Tel.: (11) 3071-1769
Presencial, to go e delivery: de segunda-feira das 9h às 22h15 / Terça a domingo das 8h às 22h15
Morumbi: Av. Dr. Chucri Zaidan, 1240 / Santo Amaro – SP (Condomínio Morumbi Corporate Towers) | Tel: (11) 3957-9592
Presencial: segunda a sexta-feira das 8h às 20h
Delivery: segunda a domingo das 8h às 21h30

Receitas com atum e sardinha para deixar o fim de semana mais saboroso

Junho acabou, mas ainda dá tempo de aproveitar os quitutes da melhor época do ano. Afinal, ninguém merece passar esta época sem desfrutar as delícias juninas. Para ajudar a preparar uma comidinha deliciosa e fácil, confira três receitas maravilhosas, saudáveis e que cabem no seu bolso, dadas pela Gomes da Costa.

Bolo Salgado de Milho Verde

Ingredientes:
2 xícaras (chá) de grãos de milho verde (280g)
Meia xícara (chá) leite
2 ovos
2 colheres (sopa) de margarina derretida
1 lata de Filé de Atum em Azeite de Oliva Gomes da Costa (125g)
1 xícara (chá) de farinha de trigo
1 colher (chá) de sal
1 colher (sopa) de fermento em pó
Meia xícara (chá) de queijo minas ou meia cura cortado em cubos de cerca de 1 cm (90g)
4 colheres (sopa) de queijo tipo parmesão ralado

Modo de Preparo:
Bata no liquidificador o milho com o leite. Sempre batendo junte os ovos, a margarina derretida e o óleo do Atum Gomes da Costa.Acrescente a farinha, o sal e o fermento. Bata até obter uma massa homogênea.Coloque a massa numa tigela e acrescente o queijo em cubos.Despeje metade da massa numa assadeira retangular pequena (com cerca de 22x18cm) untada.Corte os Filés de Atum Gomes da Costa pela metade no sentido do comprimento. Distribua os Filés de Atum Gomes da Costa pela superfície e cubra com o restante da massa.Salpique o queijo parmesão pela superfície.Leve ao forno médio (180ºC), preaquecido, por cerca de 40 minutos ou até que enfiando-se um palito na massa este saía limpo.

Dica de chef: ao comprar prefira as espigas de milho verde com coloração amarelo claro, isto significa que o milho é tenro e os grãos “cheios de leite”. Duas xícaras (chá) de milho corresponde a duas espigas grandes.

Variação: substitua o milho verde fresco por 1 lata de milho.

Bolinho de Arroz com Sardinha

Ingredientes:
2 (xícaras) chá de arroz cozido (cerca de 250g)
2 ovos
2 colheres (sopa) de farinha de rosca (20g)
3 colheres (sopa) de queijo ralado (30g)
2 colheres (sopa) de salsinha picada (10g)
½ colher (chá) de fermento em pó (5g)
1 lata de Sardinhas com Óleo Gomes da Costa (125g)
sal e pimenta do reino a gosto

Modo de Preparo:
Amasse com um garfo metade do arroz cozido com o óleo das Sardinhas Gomes da Costa.Junte o arroz cozido, os ovos, a farinha de rosca, o queijo ralado, a salsa e o fermento. Misture bem até obter uma mistura homogênea. Acrescente as Sardinhas e misture a massa.Tempere com o sal e a pimenta do reino.Com a ajuda de 2 colheres, molde os bolinhos e frite-os em óleo quente abundante até ficarem dourados.Retire do óleo, escorra em papel absorvente.Sirva quente.

Dica de chef: não coloque muitos bolinhos ao mesmo tempo para fritar. Como a temperatura do óleo baixa os bolinhos podem ficar encharcados.

Variação: se preferir croquetes, bata o arroz no liquidificador e mole os bolinhos em formato cilíndrico.

Rocambole Recheado com Patê de Atum

Ingredientes:
Meio pepino tipo japonês com casca (100g)
Sal a gosto
12 fatias de pão de fôrma sem casca
1 Patê de Atum Light Gomes da Costa (150g)

Modo de Preparo:
Corte o pepino em rodelas bem finas (quase transparentes) e coloque-as em uma peneira. Polvilhe sal e deixe descansando por cerca de 30 minutos, para que o excesso de líquido seja eliminado. Sobre uma superfície lisa coloque 2 fatias de pão de fôrma lado a lado (sobreponha um pouco uma fatia sobre a outra). Com o auxílio de um rolo, abra o pão nos dois sentidos até ficar fino, formando um retângulo com cerca de 16 cm x 10 cm. Faça 6 tiras de pão. Reserve. Sobre cada tira de pão, espalhe uma fina camada de Patê de Atum Gomes da Costa e uma camada de rodelas de pepino. Pegue uma das tiras e enrole pelo lado maior formando um rocambole (bem apertado). Acomode este rocambole sobre outra tira de pão e enrole novamente formando um rocambole mais grosso. Proceda da mesma maneira com a terceira tira. Enrole em filme plástico ou papel alumínio e leve à geladeira. Faça outro rocambole, da mesma forma, com as 3 tiras de pão restantes. Leve à geladeira até o momento de servir.Corte os rocamboles em fatias.

Dica de chef: se preferir substitua as fatias de pão de fôrma por pão de fôrma já cortado no sentido do comprimento, neste caso abra com o rolo e corte o pão com cerca de 16 cm de comprimento.

Variação: pincele uma fina camada de maionese na superfície do rocambole e polvilhe salsinha picada, gergelim ou castanha-de-caju torrada e moída.

Fonte: Gomes da Costa