Arquivo da tag: artesanato

Ainda dá tempo de participar das oficinas de férias do Supershopping Osasco

As férias acabaram, mas os clientes do shopping center ainda contam com 10 workshops gratuitos da programação especial

O SuperShopping Osasco está na reta final das Oficinas de Férias e os clientes têm até o dia 15 de fevereiro para participarem dos encontros sobre Artes, Beleza, Bem-Estar, Fotografia e Empreendedorismo. A agenda especial é realizada em parceria com o Senac e traz professores especializados em cada área para o shopping center.

“Convidamos toda a família para desacelerar um pouco da rotina de volta aos estudos e ao trabalho e se divertir com mais uma semana de atividades para relaxar, aprender e aproveitar cada momento juntos”, convida Carolina Bonafé, gerente de Marketing do SuperShopping Osasco.

As oficinas são para todas as idades. Jovens e adultos descobrem os benefícios da aromaterapia, além de aprenderem as principais tendências de maquiagem para a temporada, enquanto as crianças criam esculturas com balões coloridos e ganham pinturas artísticas nos rostos.

Os últimos dias de workshops também são perfeitos para colocar no papel todas as ideias empreendedoras antes de abrir o próprio negócio ou para encontrar o fotógrafo que há em cada um com a câmera do próprio celular. Para participar, basta escolher o tema desejado e fazer uma inscrição prévia no espaço Senac Service Store, no 2º Piso do shopping center, mas atenção porque as vagas são limitadas.

Confira abaixo a programação final das Oficinas de Férias:

Data Tema Horário
Quinta-feira, dia 7 Escultura com balões (a partir de 8 anos) das 14h às 16h
Sexta-feira, dia 8 Tendências de maquiagem para 2019, automaquiagem das 14h às 16h
Enrolando seu brigadeiro das 18h30 às 20h30
Segunda-feira, dia 11 Empreendedorismo: criando o seu próprio negócio das 14h às 17h
Terça-feira, dia 12 Oficinas de biojoias: sustentabilidade e empreendedorismo social das 16h às 18h
Quarta-feira, dia 13 Empreendedorismo: trabalhe, divirta-se e ganhe dinheiro das 14h às 17h
Oficina de fotografia mobile das 19h às 21h
Quinta-feira, dia 14 Escultura com balões (a partir de 8 anos) das 14h às 16h
Sexta-feira, dia 15 Pintura artística infantil das 14h às 16h

senac3.jpg

Oficinas de Férias no SuperShopping Osasco
Data: até 15 de fevereiro
Horário: de acordo com o cronograma acima
Local: Senac Service Store, 2º Piso, ao lado da loja Amplexo
Endereço: Av. dos Autonomistas, 1.828 – Osasco – esquina com a Av. Maria Campos
Oficinas gratuitas com vagas limitadas. Necessária a inscrição antecipada

 

 

Atriz Brie Larson circula por São Paulo com bolsa feita por artesãs do Ceará

No Brasil para participar da CCXP18, a estrela do filme “Capitã Marvel”, Brie Larson, circulou pela cidade de São Paulo na sexta-feira (7) com uma bolsa da marca Catarina Mina feita em crochê e palha por artesãs do Ceará. Presente da equipe da Disney, o item faz parte da coleção assinada por Dudu Bertholini e Rita Comparato e traz estampas náuticas e africanas da artista Yassin Lahmar.

Brie foi premiada com o Oscar de Melhor Atriz em 2016 pelo seu papel no filme O Quarto de Jack. Agora, ela chega as telas como a Capitã Marvel. Ela está no Brasil para divulgar o filme Capitã Marvel na CCXP18.

brie larson.jpg

Ambientado nos anos 1990, Capitã Marvel, da Marvel Studios, é uma aventura totalmente nova de um período nunca visto na história do Universo Cinematográfico da Marvel que acompanha a jornada de Carol Danvers, conforme ela se torna uma das personagens mais poderosas do universo. Enquanto uma guerra galáctica entre duas raças alienígenas chega à Terra, Danvers se vê junto a um pequeno grupo de aliados bem no meio da ação.

Foto: Reprodução Hollywood Pipeline

Cris Barros e Teçume em nova parceria

Marca desenvolve pulseira em parceria com ONG Casa do Rio

O tema da temporada de Verão 18-19 de Cris Barros sugere uma reflexão sobre a natureza, o orgânico, os momentos simples que permeiam a vida. A liberdade de espírito, de movimento e o equilíbrio entre corpo e mente guiaram uma coleção “Sem Fronteiras”.

Foi nesse mesmo clima, e pela segunda vez, que a Cris Barros sugeriu uma colaboração com as artesãs da Teçume, marca social criada pela ONG Casa do Rio. A primeira parceria entre a marca e a ONG, em 2017, já deu vida a um sapato, uma bolsa e um leque, confeccionados pelo mesmo grupo de artesãs.

Esta nova edição apresenta um kit de três pulseiras, resultado da união do trabalho artesanal ao design contemporâneo, uma proposta elaborada a quatro mãos. Cada modelo foi enriquecido com sementes de lágrimas de nossa senhora e fibra de tucum, matérias-primas trabalhadas pelas artesãs, misturadas com pérolas e outros adornos propostos por Cris Barros.

Abraçando a causa para potencializar a campanha social, personalidades queridas e amigas da marca se engajaram posando para as lentes da fotógrafa Nicole Fialdini exibindo as pulseiras que desembarcaram na loja flagship da Cris Barros, no bairro dos Jardins, em São Paulo.

Entre elas estão as modelos Ana Claudia Michels, Carol Ribeiro e Yasmin Morais, a atriz Laura Neiva, a arquiteta Carolina Maluhy, a artista Patrícia Magano, Luiza Ortiz, Lívia de Bueno, Fabiana e Nina Pastore, Manuela Moraes, Patrícia Gaiotto, Juliana Luna e a própria estilista Cris Barros.

“A Teçume é um dos projetos de geração de renda e autonomia da organização com foco na emancipação de mulheres e na valorização de suas manualidades ancestrais. Elevar o artesanato e inseri-lo no mercado formal de moda é também a missão da Casa do Rio, e a parceria com Cris Barros tem sido fundamental nesse processo.” comenta Thiago Cavalli, presidente da ONG.

O kit, contendo três pulseiras, está disponível em três cores: vermelho, preto ou azul, custa R$ 472,00 e pode ser encontrado na flagship da marca e também no e-commerce próprio.

Ficha técnica
Foto: Nicole Fialdini
Direção Criativa: Cris Barros
Styling: Renata Corrêa
Make: Gui Casagrande e Paula Vida

Artesanato sustentável na Feira Vegana Solidária no SuperShopping Osasco

Shopping center traz bijuterias e acessórios de artesãos do norte do país feitos com capim-dourado

A Feira Vegana Solidária do SuperShopping Osasco traz uma novidade para os apaixonados por artesanato e bijuterias. Este mês, o evento ganha um novo visual com peças produzidas em capim-dourado, uma planta tradicional do cerrado brasileiro que lembra ouro devido a sua coloração.

“Sempre trazemos novidades para a Feira Vegana Solidária, fortalecendo a nossa programação de lazer para toda a família. O evento traz informações e produtos ecológicos para que nossos clientes possam aprender mais sobre a sustentabilidade e o consumo consciente”, explica Carolina Bonafé, gerente de Marketing do SuperShopping Osasco.

“Procuramos estimular o empreendedorismo de pequenos produtores convidando artesãos e idealizadores de projetos veganos para dividir suas experiências e trabalho conosco. Este mês, homenageamos o capim-dourado, marcando o período pós-colheita da planta, que só pode ser colhida entre setembro e novembro”, explica Marcio Moreira, vice-presidente do Instituto Surya Solidária.

Brincos, pulseiras, colares, tiaras, chapéus e bolsas ganham um design único com a matéria-prima que chama atenção pelo brilho e pelos traços semelhantes à palha. O capim-dourado é natural do Tocantins e foi transformado em fonte de renda por muitas famílias da comunidade local, que vivem da produção artesanal da planta.

Pautada na agenda de Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, lançada pela Organização das Nações Unidas (ONU), a Feira Vegana Solidária do SuperShopping incentiva o empreendedorismo e o cuidado com o meio ambiente, apresentando novas alternativas de consumo. Os visitantes ainda podem obter informações sobre veganismo de uma forma leve e interativa. Cupcake, chocolates, bolos, coxinha de jaca, requeijão de amêndoas e salgados são algumas das opções gastronômicas oferecidas.

SSO_Feira Vegana Solidária_CapimDourado (2)SSO_Feira Vegana Solidária_CapimDourado

Feira Vegana Solidária no SuperShopping Osasco
Datas: até dezembro
Horário: sábado, das 10h às 22h, e domingo, das 14h às 20h
Local: Loja C21, Entrada Principal – Piso Térreo
Endereço: Av. dos Autonomistas, 1.828 – Osasco – esquina com a Av. Maria Campos
Entrada gratuita

Salão do Artesanato ocorrerá pela primeira vez em São Paulo

O evento tem a presença de artesãos de 25 estados, além de oficinas, shows e gastronomia típica

Entre os dias 7 e 11 de novembro, no Expo Center Norte, em São Paulo, será realizado o 11º Salão do Artesanato, maior vitrine do artesanato brasileiro. No encontro estão previstos cerca de 60 mil visitantes e mais de 1000 artesãos que estarão expondo e comercializando o que há de melhor na produção artesanal brasileira.

Serão milhares de produtos da mais alta qualidade e com grande valor cultural agregado, trabalhos executados em madeira, barro, cerâmica, fios, tecidos, sementes, fibras, capim, bambu, prata, metais, couro e muitos outros elementos transformados em objetos de decoração, utilitários, móveis, roupas, joias, bijuterias e acessórios, à disposição dos visitantes.

Além disso, o visitante poderá participar de oficinas, assistir aos shows de danças e músicas regionais, desfrutar os pratos da culinária típica de todas as partes do Brasil. A entrada é franca nas três primeiras horas do evento.

O evento, aberto ao público das 11h às 22h de quarta a domingo, contará com uma programação variada e atrativa. Destaque para as oficinas gratuitas, presença de mestres artesãos fazendo suas peças ao vivo, shows com artistas regionais, apresentações de danças tradicionais e folclóricas, e ainda gastronomia típica apresentada no Festival Brasil na Panela.

O 11º Salão do Artesanato, organizado pela Rome Eventos, promotora das maiores e mais tradicionais feiras comerciais de Brasília, Rio de Janeiro e de outros estados, tem como proposta valorizar a importância cultural do artesanato para a preservação das raízes históricas dos povos e incentivar a venda de produtos, colaborando assim para geração de emprego e renda de famílias que fazem do artesanato a única forma de subsistência.

De acordo com Rômulo Mendonça, diretor da Rome Eventos, 2018 é um ano de profundas mudanças e novas perspectivas para este segmento. “O salão pode contribuir significativamente para a comercialização de peças artesanais para lojistas e consumidores finais, já que este evento oferece, aos líderes de cada setor envolvido, todo o apoio necessário para que se mantenham no mercado e consigam expandir seus negócios”, reforça Rômulo.

O diretor aponta ainda que, por meio da realização em grande escala para lojistas, é possível firmar parcerias, fechar acordos comerciais e ampliar o networking. “O 11º Salão do Artesanato São Paulo chega para atender à demanda de boa parte dos artesãos que entendem que São Paulo é uma porta comercial importante. Nesta edição, contamos com o apoio do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB) para viabilizar o encontro na capital paulista”, afirma o dirigente.

Salão do Artesanato

Realizado há 10 anos consecutivos, o Salão do Artesanato reúne o que há de melhor na produção artesanal do Brasil. Com o apoio do Programa do Artesanato Brasileiro (PAB), o evento conta com a participação de 25 Estados e do DF, o que garante uma variedade significativa de produtos.

Em outras edições, a feira recebeu mais de 50 mil visitantes, cerca de 1500 artesãos e um volume de negócios superior a 3 milhões de reais. O evento já recebeu nomes famosos como Maria Rita, Arnaldo Antunes, Guilherme Arantes, Luiza Possi, Ellen Oléria, Sam Alves, Tiê, Ju Moraes, Monique Kessous, Bruna Viola, entre outros.

Os artesãos que participam do evento são selecionados em todos os Estados pela alta qualidade de suas peças e pelo valor cultural agregado à sua produção. São peças com grande identidade, geralmente confeccionadas com matérias primas de reaproveitamento, da natureza local e feitas de forma totalmente manual. A presença de Mestres Artesãos, alguns deles reconhecidos pelo IPHAN como patrimônio vivo de seus estados é outro grande atrativo do evento.

artesanato.png

11º Salão do Artesanato São Paulo 2018
Data: De 07 a 10 de novembro – das 11h às 22h / 11 de novembro – das 11h às 22h
Local: Expo Center Norte
Endereço: Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme – São Paulo/SP
Horários da Feira: das 11 às 22 horas
Entrada: Das 11h às 14h entrada franca após este horário haverá ingressos à venda.
Ingressos: R$20,00 inteira / R$10,00 meia

Hoje e amanhã tem Fiesta Día de Muertos no Memorial da América Latina

De acordo com a tradição do México Antigo, no Dia dos Mortos os vivos se encontram com os mortos para celebrar a vida e a morte em um banquete de sabores, cores e música.

Este ano, a festa, considerada como Patrimônio Imaterial da Humanidade pela Unesco – Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura – para toda a família terá apresentações musicais típicas, feira de artesanato, exposição de altares, exibições e workshops de luta livre, palestras, exposição fotográfica sobre a celebração do Día de Muertos, intervenção artística em graffiti, concurso de fantasias (infantil, juvenil e adulto), Espaço Kids com monitores e atividades recreativas para o público a partir de três anos e Festival Gastronômico de Tacos. Tudo isso em um lugar de fácil acesso por transporte público (metrô/trem Barra Funda ao lado e pontos de ônibus pertinho), bike (ciclofaixa no canteiro central da Av. Auro Soares de Moura Andrade e bicicletário no portão 9) e carro (diversos estacionamentos pagos ao redor).

Exposição de altares

Durante a Fiesta, o público poderá conhecer os dois altares vencedores – um de cada categoria, ETEC e FATEC – do concurso organizado pelo Centro Paula Souza em parceria com o Consulado do México, envolvendo ETECs e FATECs do estado de São Paulo. Parte importante da cultura mexicana do Dia dos Mortos, os altares reúnem os elementos mais queridos daqueles que já partiram e este ano homenageiam o mexicano Rayo de Jalisco, ícone da luta livre, e a atriz Beatriz Segall, falecidos em julho e setembro deste ano, respectivamente. Haverá também um altar interativo chamado Espaço Comunidade, em que fotos enviadas pelo público com a #homenagemamimuerto poderão ser exibidas ao longo do final de semana como forma de honrar entes queridos já falecidos.

Artesanato

Cerca de 20 expositores expositores levarão à festa diversos produtos típicos como muñecas de Frida (bonecas de Frida Kahlo), caveiras decorativas, roupas e acessórios mexicanos, piñatas e outros objetos de decoração, e máscaras de lutadores. Dois postos farão maquiagem artísticas no público com a temática Día de Muertos.

Luta Livre

Haverá um ringue da Brazilian Wrestling Federation (BWF) para apresentações de luta livre e workshops para que o público interessado possa aprender os fundamentos básicos dessa modalidade. As atividades serão comandadas pelo lutador Bob Junior.

Concurso de Fantasias

Uma das mais aguardadas atrações do evento é o concurso de fantasias dividido em três categorias – infantil (3 a 12 anos), juvenil (13 a 17 anos) e adulto masculino e feminino (acima de 18 anos) – que acontecerá no domingo (28). Para participar é preciso se inscrever até 30 minutos antes do início do concurso (programação abaixo) apresentando um documento oficial e a fantasia deverá ter relação com o tema e com a cultura mexicana. Os vencedores receberão prêmios de acordo com suas categorias como ingressos para parques, teatro e cinema IMAX, brinquedos, jantar no Taco Tuesday, tequila e hospedagem em hotel.
Programação – Sábado, 27/10

Horário / Atração

13h – Migrante Calavera, grupo que apresenta música com variadas origens, sentimentos, loucura (palco Praça da Sombra)
Exibição da animação Viva – A vida é uma festa (CineTransformer)

14h – Danilo Dunas, cantor paulistano com fortes laços com a cultura mexicana (palco Praça da Sombra)
Palestra sobre a tradição de Día de Muertos com Victor Barrionuevo

15h – Mariachi Sol de América, grupo hispano-americano que coloca a música a serviço da felicidade (palco Praça da Sombra)

16h – Música mexicana com artistas convidados (palco Praça da Sombra)
Workshop de luta livre com Bob Júnior (ringue Praça da Sombra)

17h – Exibição de luta livre com a participação de Bob Júnior (ringue Praça da Sombra)
Palestra sobre Gastronomia Mexicana com Marsia Serrano, nutricionista e pesquisadora da faculdade de farmacobiologia da USP (CineTransformer)

18h – Triptico Caribe, banda formada por músicos colombianos que apresentam uma autêntica festa caribenha (palco Praça da Sombra)
Workshop de luta livre com Bob Júnior (ringue Praça da Sombra)

Programação Domingo, 28/10

12h – Migrante Calavera, grupo que apresenta música com variadas origens, sentimentos, loucura (palco Praça da Sombra)

13h – Apresentação musical a confirmar (palco Praça da Sombra)

14h – Concurso de fantasia – categoria infantil (palco Praça da Sombra)
Palestra sobre a tradição de Día de Muertos com Tom Almeida (CineTransformer)

15h – Concurso de fantasia – categoria juvenil (palco Praça da Sombra)

16h – Mariachi Sol de América, grupo hispano-americano que coloca a música a serviço da felicidade (palco Praça da Sombra)

17h – Concurso de fantasia – categoria adulto (palco Praça da Sombra)
Palestra sobre ingredientes tradicionais do México com Hugo Delgado, promotor da gastronomia mexicana no Brasil e fundador do Taco Tuesday Brasil

18h – Exibição de luta livre com a participação de Bob Júnior (ringue Praça da Sombra)
Palestra sobre a tradição de Día de Muertos com Victor Barrionuevo

19h – Workshop de luta livre com Bob Júnior (ringue Praça da Sombra)

Festival de Tacos recebe diversas iguarias latinas

tacos___shutterstock

Um dos quitutes mais famosos da gastronomia mexicana será estrela do festival gastronômico que acontece na festa de Dia dos Mortos. Nacho Libre, La Mexicana, Dedo de La Chica, La Buena Station, Mexicaníssimo e La Sabrosa, integrantes do Taco Tuesday Brasil, além de Mi Sabor Latino, Dos Taqueria, Mexicano Loko e as tequilas José Cuervo e El Jimador são os representantes do México. Completam as delícias latinas os bolivianos Flora Fernandes, La Cholita e Pollo Loko, e o colombiano Obleas Guaca.

E para quem quer curtir o evento, mas prefere outro tipo de culinária, vai encontrar pastel, yakissoba, tempurá, espetinhos, comida baiana, lanches (pernil, picanha, calabresa e costela), galinhada, joelho de porco, batata frita, hambúrgueres, milk-shakes, espeto de fruta com chocolate, doces cristalizados, donuts, waffles, churros, água, sucos, refrigerantes e cervejas artesanais.

O cardápio mexicano dá água na boca. Quer conferir? Tacos de lombo suíno, carne bovina, frango, pernil, peixe, vegetariano (a partir de R$15,00); nachos (R$10,00 a R$35,00); quesadillas de carne bovina/suína, frango, queijo, vegetariana (R$12,00 a 26,00); tostitaco com carne moída, bacon, cebola e milho verde, refogados e flambado, misturado com feijão preto (R$25,00 porção com 4 unidades); burritos de carne bovina/suína, frango, vegetariano (R$25,00 a R$28,00); tlacoyos de frijol (R$15,00); chili dog (R$15,00); porções de guacamole (R$10,00) e chili (R$25,00). Os pratos podem vir acompanhados de repolho, chipotle, pico de gallo (vinagrete), salsa taquera etc. e diversos expositores oferecem combos. Que tal um delicioso brigadeiro de tequila (R$8,00 a R$15,00) como sobremesa? Para beber tem margaritas (a partir de R$14,00); Michelada – cerveja Sol temperada como no México ( R$12,00 a R$18,00); e as refrescantes água fresca de Jamaica e água de tamarindo (R$6,00).

E ainda tem mais iguarias latinas deliciosas: empanadas (R$5,00 a R$10,00); salteñas (R$10,00); chincharron – costelinhas suínas com batatas (R$30,00); choripan e sanduíches de pernil ou chola (R$25,00); costilla al palo (R$35,00); arepas com diversos recheios (20,00); patacones (R$23,00); hamburguesa colombiana (R$25,00 a R$35,00); obleas – feitos com discos de wafer recheados com doce de leite/frutas vermelhas/creme de avelã/doce de café/queijo/morango (R$10,00); limonada com coco, tradicional em Cartagena, na Colômbia (R$8,00); chicha morada – refresco artesanal de origem andina que leva milho roxo, abacaxi, canela, cravo e maçã (R$10,00).

A Festa Día de Muertos é uma realização do Consulado Geral do México em São Paulo, com apoio da Fundação Memorial da América Latina, patrocínio de Chili Beans e curadoria gastronômica da Art Shine Promoções e Eventos.

Serviço – entrada gratuita
Fiesta Día de Muertos
Festival de Tacos
Local: Memorial da América Latina (ao lado do metrô Barra Funda) – Praça da Sombra
Endereço: Av. Auro Soares de Moura Andrade, 664
Data: 27 e 28 de outubro
Horário: das 11h às 20h
Estacionamento (pago): portão 15, mais próximo do auditório (preço único 25 reais); portão 8 (R$10,00 a 1ª hora; R$10,00 cada hora adicional)
Bicicletário: portão 9

SuperShopping Osasco realiza feira vegana solidária todo fim de semana

Parceria com o Instituto Surya Solidária entra no seu segundo ano com mais de 50 edições

O SuperShopping Osasco e o Instituto Surya Solidária promovem juntos a Feira Vegana Solidária aos sábados e domingos até o final do ano. A ação já beneficiou mais de 75 parceiros e segue incentivando a economia colaborativa e o consumo consciente, além de instruir sobre a adoção responsável de cães e gatos.

“A Feira Vegana Solidária se destaca pela sua função social em levar informação de qualidade para novos públicos, além de estimular o espírito de coletividade com um estilo de vida saudável que se preocupa com a alimentação, consumo e as relações do ser humano com as diferentes formas de vida do planeta”, explica Carolina Bonafé, gerente de Marketing do SuperShopping Osasco.

Feira Vegana Solidária (8)

“Oferecemos também uma oportunidade para que produtores locais e instituições voltados aos direitos humanos, dos animais e à preservação da natureza possam divulgar seus projetos, transformando o evento em um espaço para troca de ideias”, destaca Marcio Moreira, vice-presidente do Instituto Surya Solidária.

A cada final de semana, a Feira Vegana Solidária apresenta novos projetos sociais e oferece produtos manufaturados, como os pratos da culinária vegana. As ONGs Avama e Bendita Adoção e a protetora independente Bia Catdog orientam sobre os cuidados com os bichinhos de estimação, guarda responsável e adoção.

Rogério Artes Recicláveis, Satuma Artesanato, Luaumiau Artesanato e o Bonde das Agulhas são mais alguns dos parceiros fixos com artigos para pets e itens feitos à mão, como cosméticos e roupinhas para bebês.

Feira Vegana Solidária (13)

A Feira Vegana Solidária é pautada na agenda de Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, lançada pela Organização das Nações Unidas (ONU) e que prevê que todos os países do mundo devem promover ações sustentáveis até 2030.

Entre as diretrizes destacadas pelo evento estão a igualdade de gênero e empoderamento de mulheres e meninas – mais de 80% dos expositores da Feira são de lideranças femininas; o crescimento econômico sustentado e inclusivo, com oferta de trabalho pleno e decente para todos; e a garantia de padrões de produção e de consumo sustentáveis.

Feira Vegana Solidária (12)

Feira Vegana Solidária
Período: todos os fins de semana até dezembro
Horário: sábado, das 10h às 22h, e domingo, das 14h às 20h
Local: Loja C21, Entrada Principal – Piso Térreo do SuperShopping Osasco
Endereço: Av. dos Autonomistas, 1.828 – Osasco – esquina com a Av. Maria Campos
Entrada gratuita

Biguaçu recebe feira ecossolidária no Campus da Univali

Hoje, 20 de setembro, a Universidade do Vale do Itajaí (Univali) recebe, em Biguaçu, artesãos e produtores de alimentos veganos e orgânicos para a realização da edição de setembro da Feira Universidade EcoSolidária. O encontro ocorre, entre 15 e 21 horas, no corredor térreo do bloco 1, do Campus localizado às margens da BR 101, em Biguaçu.

O encontro, que marca a chegada da primavera e integra a programação do 14º Festival Cultural da Univali, contará com a participação de empreendedores solidários da região. No local, além da comercialização de produtos, a feirinha oferecerá uma programação diversificada com apresentações culturais que iniciarão às 18 horas.

feira ecossolidaria univali.png

A atividade, organizada pela Incubadora Tecnológica de Cooperativas Populares (ITCP), da Univali, em parceria com os Fóruns Regionais de Economia Solidária Litorâneo e de Florianópolis, tem como foco a promoção de alternativas para geração de renda e inclusão social. A participação é gratuita e aberta ao público.

Fonte: Univali

Artesãos realizam aulas gratuitas de crochê em São Paulo

Em 12 de setembro é comemorado o Dia do Crochê. Para celebrar a data, o Ateliê na TV e a Círculo, referência nacional em produtos para trabalhos manuais, vão promover aulas simultâneas gratuitas para quem quer aprender ou aprimorar a técnica artesanal.

Os professores Matheus Moraes, Marie Castro e Elá Camarena do Time de Artesãos da Círculo, farão aulas simultâneas na African Artesanato em dois horários: das 10h às 11h15 e das 14h às 15h15. Os interessados aprenderão a fazer um coelho de Amigurumi (Bicho Bola) e uma almofada do fio Barroco Natural.

croche circulocroche circulo 3

Serão oferecidas 30 vagas em cada turma e o curso é gratuito. Os kits utilizados para as aulas também serão doados pela Círculo.

croche circulo 1

O quê: aula de crochê gratuita
Quando: 12 de setembro – das 10h às 11h15 e das 14h às 15h15
Onde: African Artesanato – Rua Turiassú, 1267, Perdizes, São Paulo
Inscrições e informações: (11) 3888-1308 – Claudia – Ateliê na TV

Oficinas ensinam a fazer acessórios com materiais acessíveis ou reaproveitados

Projeto “Fazer Render!” acontece em agosto no Sesc Pompeia e é aberto ao público geral. Para participar das oficinas, basta retirar senhas com 30 minutos de antecedência. Inscrição para o curso pode ser feita a partir de 1º de agosto, na Central de Atendimento da unidade

Durante o mês de agosto, acontece no Sesc Pompeia o projeto Fazer Render!, composto por oficinas e um curso gratuitos de curta duração de artes manuais com materiais acessíveis e/ou de reaproveitamento.

A programação visa ao desenvolvimento técnico e criativo dos participantes e, com foco na geração de renda extra, estimulam a confecção de objetos e acessórios que podem ser comercializados.

Proposto pelo Núcleo de Oficinas do Sesc Pompeia, o projeto inclui cursos de artesanato com uma “pegada” moderna; de tear alternativo para o desenvolvimento de acessórios diferenciados; e de pintura e customização de jeans, por exemplo.

“A programação proposta tem como mote a democratização, a troca e a multiplicação de conhecimento por meio do fazer artístico e da ampliação das discussões sobre novos formatos de atividades artísticas do fazer manual”, explica Gabriela Carraro supervisora do núcleo das Oficinas.

As atividades são voltadas para um público diverso, interessado em artes manuais e na produção de pequenas peças para comercialização. “Por serem atividades artísticas, as ações estimulam o pensamento criativo por meio das manualidades. Além disso, serão utilizados materiais excedentes de projetos anteriores, disponíveis no almoxarifado das oficinas e de valor acessível no mercado, tais como fio de malha, miçangas, algodão cru, tinta para tecido, novelos já começados de lãs e linhas para tecelagem e sobras de tecido variadas”, conta a supervisora.

Confira a programação completa:

Fazer render! Projeto de oficinas e cursos de curta duração de artes manuais, com foco na geração de renda extra, pelo desenvolvimento técnico e criativo dos participantes para a confecção de objetos e acessórios para comercialização.

Oficinas

Retirada de senha com 30 minutos de antecedência, na Loja Sesc.

Acessórios em tear alternativo
Orientação: Sarah Lopes
De 1º a 29 de agosto, quartas, às 14h30
Capacidade: 15 vagas

Nesta oficina, os participantes aprendem a criar pequenas tramas tecidas em um tear alternativo, para confeccionar acessórios diferenciados. Sarah Lopes é artista têxtil. Formada em Design de Moda pela Uniban e Tecelagem pela Escola Senai, trabalhou com confecção de roupas, e atualmente dedica-se ao trabalho manual. Atua como professora de tear manual e bordado em cursos livres em unidades do Sesc, ateliês particulares e universidades, além de realizar intervenções têxteis urbanas.

Artesanato moderno
Orientação: Vivian Braga
De 2 a 30 de agosto, quintas, às 14h30
Capacidade: 15 vagas

Oficinas de artes manuais com materiais simples e acessíveis, porém com um olhar criativo e moderno, voltadas para quem deseja criar acessórios e objetos para vender. A cada oficina será feito um objeto diferente a partir dos materiais disponíveis: pintura em tecido, bijuterias com miçangas, luminárias de papel, estamparia com carimbos, entre outros.
Vivian Braga é artesã. Com 33 anos de profissão tem como foco o manuseio e a transformação de diferentes materiais, incentivando alunos ao reaproveitamento com o objetivo de fazer com que a arte contribua para o desenvolvimento do sentido de cidadania.

Crochê com fio de malha: utilitários
Orientação: Paty Nakamura
De 4 de agosto a 8 de setembro, sábados, às 10h30
Capacidade: 15 vagas

croche

Oficina de técnicas de crochê com fio de malha para confecção de objetos utilitários, como cestos organizadores e suportes de planta. São ensinados os pontos básicos para crochetar uma base circular, que pode ser replicada na feitura de outras peças, como tapete e jogo de mesa. Além de ser um material acessível, o fio de malha é fácil de ser utilizado com a técnica do crochê, e tem sido muito valorizado comercialmente.

Patricia Nakamura é artesã há 10 anos. Especializada em crochê e criação de amigurumis. Orienta oficinas em bazares e feiras de artesanato, e ministra aulas no Canal Artesanato desde 2014. Desenvolve o projeto Crochedermia, que trabalha os conceitos de taxidermia com a técnica do crochê. Seus trabalhos já foram publicados na revista Make, referência no universo do artesanato contemporâneo.

Pintura em tecido: jeans moderno & descolado
Orientação: Céu Handmade (Celina Spolaor e Danielle Hansen)
Dias 4 e 18/8, sábados, das 14h30 às 17h30
Capacidade: 20 vagas

Uma peça de jeans leva em média 10 litros de água para ser fabricada. Que tal repensar o destino daquele jeans usado? Nessa oficina, as designers ensinam técnicas fáceis para criar desenhos – sem precisar “saber desenhar” – pintar e dar cara nova para aquela peça de jeans que seria descartada. Em paralelo à prática, serão apresentadas referências visuais para ampliar o repertório criativo dos participantes.

Celina Spolaor é formada em publicidade e propaganda e pós-graduada em moda, criadora da Céu Handmade. Danielle Hansen é formada em administração de empresas com ênfase em comércio exterior, entrou para a marca em 2016 para contribuir com a sua experiência na área de gestão e trabalhar com o que sempre sonhou: moda e customização. A Céu Handmade é muito mais que uma marca de roupas: uma marca de incentivo ao reaproveitamento de moda que atua em várias frentes para fazer com que as pessoas consumam de forma mais consciente, comprando peças produzidas de forma ética.

Curso

Inscrição: a partir de 1º de agosto, na Central de Atendimento do Sesc Pompeia

Upcycling & customização: criação com roupas reaproveitadas
Orientação: Céu Handmade (Celina Spolaor e Danielle Hansen)
De 7 a 23 de agosto, terças e quintas, das 11h às 13h
Capacidade: 20 vagas

Curso teórico e prático com base nas ferramentas de pesquisa e métodos que a Céu Handmade usa para criar coleções com customizações e upcycling; ida a um brechó para garimpar peças; teoria sobre moda sustentável, aulas práticas de customização e transformação de roupas com estamparia manual, pintura e bordado. Ao final, cada aluno cria três novas peças a partir de roupas já existente.

Celina Spolaor é formada em publicidade e propaganda e pós graduada em moda, criadora da Céu Handmade. Danielle Hansen é formada em administração de empresas com ênfase em comércio exterior, entrou para a marca em 2016 para contribuir com a sua experiência na área de gestão e trabalhar com o que sempre sonhou: moda e customização. A Céu Handmade é muito mais que uma marca de roupas: uma marca de incentivo ao reaproveitamento de moda que atua em várias frentes para fazer com que as pessoas consumam de forma mais consciente, comprando peças produzidas de forma ética.

Informações: Sesc Pompeia – Rua Clélia, 93