Arquivo da tag: aveia

Receita de Cookies Integrais de Banana com Aveia Zero Açúcar

Elaborados com ingredientes nutritivos, a sugestão pode ser saboreada durante o café da tarde, mas também é uma ótima opção entre as refeições

O Cookie Integral de Banana com Aveia Zero Açúcar é uma receita prática que pode ser feita com a ajuda das crianças durante as férias escolares. Aproveite os dias de descanso para tirar as crianças da frente dos computadores e proporcione à elas um momento de interação.

Como essa receita que fica pronta em 50 minutos os pequenos podem experimentar novos sabores e conhecer um pouco mais sobre os ingredientes saudáveis que compõe um saboroso e nutritivo cookie. Vamos aprender?

Cookies Integrais de Banana com Aveia Zero Açúcar

Ingredientes:
2 xícaras (chá) de farinha de trigo integral (240g)
1 xícara (chá) de aveia em flocos (100g)
1 ovo (50g)
1 xícara (chá) de Adoçante Forno e Fogão Lowçucar (26g)
1 xícara (chá) de margarina culinária (150g)
5 unidades de damascos picados (35g)
1 banana nanica amassada (100g)
5 unidades de nozes picadas (28g)
1 colher (chá) de fermento químico em pó (5g)

Modo de preparo
Em um recipiente adicione todos os ingredientes e misture com as pontas dos dedos. Forre uma assadeira com papel manteiga, coloque a massa com auxílio de uma colher (sobremesa) e modele os cookies. Leve para assar em forno preaquecido à 180ºC por aproximadamente 35 minutos.

COOKIE

Rendimento: 35 porções de 20g
Dificuldade: fácil
Preparo: 50 minutos
70 calorias por porção de 20g

Fonte: Lowçucar

Dia das Mães: café da manhã surpresa é dica para comemorar a data

Renata Guirau, nutricionista do Oba Hortifruti, sugere quatro opções de café da manhã – além do clássico café com pãozinho- com receitas fáceis para serem preparadas pelos filhos

Surpreender quem a gente ama é sempre uma boa ideia! E com a proximidade do Dia das Mães, uma dica simples e muito carinhosa de agradar a matriarca da família em uma data tão especial é os filhos prepararem um café da manhã surpresa para ela começar o dia com mais alegria e sabor.

Para contemplar diferentes paladares e agradar perfis de mamães diferentes, a nutricionista do Oba Hortifruti, Renata Guirau, listou quatro opções de café da manhã saudáveis e completos, e com sugestões de receitas fáceis de serem feitas pelos filhos. Confira:

Café da Manhã Fit

“Para as mães que se preocupam com a boa forma, vale apostar em um café da manhã rico em fontes proteicas, como ovos e queijos, e carboidratos de baixo índice glicêmico, como pães integrais, aveia, tubérculos e panquecas. Além de frutas e um café quentinho para completar”, sugere Renata.

Panqueca salgada

Panqueca Salgada (2) (002)

Ingredientes
1 ovo
1 col de sopa de tapioca
1 col de sopa de farinha de aveia
½ col de café de orégano
Sal a gosto

Modo de preparo
Misture todos os ingredientes e cozinhe em uma frigideira untada com azeite. Sugestões de recheio: patê caseiro, húmus, queijo e tomate.

Café da manhã energético

Sua mãe é ativa e gosta de começar o dia com mais energia? Então, prefira uma refeição que seja fonte de carboidratos, como pães, tapioca, sucos de frutas e cereais em geral. Complemente com manteiga, requeijão, geleia de frutas, oleaginosas, iogurtes, leites e chás.

Mingau de aveia com banana

Mingau de aveia com banana (002)

Ingredientes
200 ml de leite (de vaca ou vegetal)
1 banana madura
3 col de sopa de aveia em flocos
1 col de café de canela
2 col de sopa de castanhas trituradas

Modo de preparo
Misture o leite com a aveia em uma vasilha e leve ao micro-ondas por 1 minuto. Retire, misture e leve novamente ao micro-ondas por mais 1 minuto. Repita até que a mistura fique em consistência pastosa (4 ou 5 minutos, geralmente). Pique a banana em cubos e misture ao mingau delicadamente. Finalize com a canela e castanhas de sua preferência e consuma ainda quente.

Café da manhã leve

Para as matriarcas que não sentem muita fome de manhã, ainda dá para fazer uma surpresa! Renata sugere opções que são baixas em calorias e de mais fácil digestão. “Podemos considerar frutas frescas, iogurtes, vitaminas e sucos com propriedades digestivas”, ressalta a nutricionista. “Outra dica sempre interessante é escolher as frutas da estação, que por estarem no período de cultivo natural, ficam mais saborosas, suculentas e nutritivas. No mês de maio, é tempo do cultivo de laranja, limão-taiti, morango, atemoia e banana-maçã, por exemplo”.

Suco Nutritivo de atemoia com laranja

Suco de atemoia com laranja (002)

Ingredientes
Suco de 1 laranja
Suco de 1 limão
½ xícara de polpa de atemoia picada
50 ml de água

Modo de preparo
Bata tudo no mixer ou liquidificador, coe e está pronto para servir.

Café da manhã funcional

Mamães que não abrem mão de uma alimentação que reforce a saúde? Vá de café da manhã funcional! A nutricionista recomenda opções que sejam ricas em vitaminas e compostos antioxidantes e funcionais. “Vale lembrar de evitar os alimentos industrializados em geral e investir em ideias como os sucos funcionais, tapioca, húmus, frutas, ovos, leites vegetais e oleaginosas”, orienta Renata.

Bowl funcional de frutas

Bowl Funcional de frutas (002)

Ingredientes
½ xícara de frutas vermelhas congeladas
1 banana congelada
50 mL de suco de laranja
1 col de sopa de semente de linhaça
5 a 6 unidades de castanhas

Modo de preparo
Bata no mixer as frutas congeladas com o suco de laranja. Coloque em um bowl pequeno e finalize com a semente de linhaça e as castanhas. Pode-se acrescentar também outras frutinhas para decorar e está pronto para o consumo.

Café da Manhã tradicional

Se sua mãe gosta mesmo é do clássico café da manhã brasileiro, o café preto e o pão com manteiga são a dupla perfeita. E se engana quem pensa que esse tipo de café da manhã não é benéfico à saúde. A especialista explica que quando feito em quantidades adequadas, pode sim compor um padrão de alimentação saudável.

Para finalizar, independentemente do tipo de café da manhã que você escolher para sua mãe, vale considerar os gostos dela e caprichar na decoração da mesa ou da bandeja para tornar o momento ainda mais inesquecível.

Fonte: Oba Hortifruti

Receita combina açúcar light Magro, aveia, sementes, castanhas e frutas

Overnight Oats são lanches cremosos parecidos com pavê, mas feitos à base de aveia e leite. O nome vem do inglês e reflete a forma de preparo da base que é deixar a aveia descansando no leite durante a noite, em um pote de vidro, pois assim ela fica cremosa e consistente no dia seguinte.

Para incrementar e adoçar esse mix de Aveia, Sementes, Castanhas e Frutas, a nutricionista da Magro, acrescentou uma colher de Açúcar Light Magro uma opção com 80% menos calorias e carboidratos. Agora, os consumidores podem aproveitar a mistura com muito mais sabor e saúde. Acompanhe o passo a passo:

Overnight Oats

Ingredientes:

Aveia:
4 colheres (sopa) de aveia em flocos (32g)
8 colheres (sopa) de leite desnatado (80ml)
1 colher (chá) de Açúcar Light Magro (4g)

Creme:
1 embalagem de iogurte natural desnatado (170g)
1 colher (sopa) de chia (10g)
1 colher (sopa) de Açúcar Light Magro (12g)

Linhaça e mix de castanhas:
5 castanhas-do-pará (15g)
10 amêndoas (17g)
5 nozes (15g)
1 colher (sopa) de linhaça (10g)

Frutas
10 morangos (100g)
15 framboesas (90g)
1 kiwi (90g)
10 amoras (100g)
1 ameixa vermelha (80g)
1 fatia de mamão (100g)

Modo de preparo

Creme: em uma vasilha coloque todos os ingredientes misture e reserve.

Linhaça e mix de castanhas: coloque no liquidificador as castanhas, as amêndoas, as nozes e a linhaça e bata até triturar. Reserve.

Frutas: pique as frutas e reserve.

Montagem: misture o leite com o açúcar e reserve. Coloque em potes a aveia, depois o leite adoçado, em seguida adicione uma camada de frutas, o creme, novamente as frutas e finalize com o mix. Coloque na geladeira para consumir no outro dia.

overnight oats

Rendimento: 4 porções 230g
Dificuldade: médio
Preparo: 12h
238 calorias por porção de 230 gramas

Fonte: Magro

Alimentos que você não pode deixar de incluir na sua rotina

Você já prestou atenção nos alimentos que estão sempre presentes na sua rotina? Existem muitos que são indispensáveis para a sua saúde e que promovem benefícios que fazem muita diferença no seu dia a dia.

A nutricionista da Bio Ritmo, Fúlvia Gomes Hazarabedian, listou cinco alimentos que você não pode deixar de incluir na sua dieta, pois vão regular o seu organismo e intestino, melhorar a sua digestão, contribuir para o rejuvenescimento, entre muitos outros benefícios. Confira abaixo.

aveia pixabay
Pixabay

Aveia: apesar de não ser um alimento com baixas calorias, possui fibras e proteínas que ajudam no atraso do esvaziamento gástrico, prolongando a sensação de saciedade e assim ajudando no combate à obesidade. A sua ótima combinação de fibras solúveis e insolúveis ajuda ao funcionamento do trânsito intestinal. Além disso, retarda o tempo de absorção de glicose e por isso é eficaz tanto em processos de emagrecimentos como em algumas doenças metabólicas como o diabetes.

brocolis JPPI
Foto: JPPI

Brócolis: contém altos níveis de vitamina A, necessária para a saúde da pele e dos olhos, além do o betacaroteno, essencial para a saúde do fígado e para o funcionamento imunológico. Esse é um vegetal crucífero e por isso ajuda na redução de peso, funciona como alimento anti-inflamatório, contribui para a redução da pressão arterial e níveis de colesterol.

ovos pixabay cozido casca
Pixabay

Ovo: alimento com alta concentração de proteína que ajuda no rejuvenescimento, na memória e no ganho e manutenção de massa muscular. A taxa de absorção de proteínas que o ovo permite é alta, fazendo com que não haja perdas de nutrientes. Desta forma, ele é indispensável para quem busca um alimento com baixas calorias e boa fonte de proteínas, vitaminas e minerais.

limão pixabay
Pixabay

Limão: o teor elevado de ácido cítrico da fruta atua como um antibiótico natural, por funcionar como agente bactericida. Auxilia no processo digestivo, pois estimula a produção de saliva e sucos gástricos, e facilita a digestão de carnes e proteínas em geral, bem como no metabolismo de gorduras. Além disso, o limão tem ação alcalinizante, antioxidante, cicatrizante, ajuda no emagrecimento e promove bem-estar, saúde e longevidade.

banana-pixabay

Banana: melhora a saúde do coração, pois é rica em potássio. As fibras presentes na banana ajudam na digestão e saúde do sistema digestivo, e os carboidratos de alta absorção são ideais para quem pratica atividade física, pois regulam os níveis de energia e recompõem as energias vitais no pós-treino.

Fonte: Bio Ritmo

Aprenda a preparar panquecas de aveia com frutas para o lanche da tarde

Excelente opção de receita e uma chance para inserir o Azeite de Oliva Extra Virgem na rotina alimentar. Ele possui sabor equilibrado e levemente picante, sendo perfeito para preparos do dia a dia. Ideal para finalizações de receitas, como saladas, sopas, massas e peixes. Podendo também ser utilizado nas refogas do dia a dia e até mesmo em receitas doces, como esta a seguir:

Panquecas de Aveia com Frutas

Ingredientes:
· 100ml Azeite Gallo Extra Virgem Clássico
· 1 banana
· 1 ovo
· 100g farinha de aveia
· 150g frutas vermelhas frescas
· 100ml mel

Modo de preparo:
Descasque a banana e misture com os outros ingredientes num liquidificador até obter uma massa consistente. Reserve. Aqueça uma frigideira antiaderente e despeje um fio de Azeite Gallo Extra Virgem Clássico. Baixe o fogo e coloque uma concha de massa. Quando a panqueca estiver com furos na parte de cima, vire e espere 20 segundos. Sirva as panquecas com mel por cima e as frutas vermelhas para acompanhar.

panquecas.jpg

Dica do chefe: para dar um toque especial, você pode acrescentar à massa canela a gosto.
Tempo de Preparo: Rápido
Custo: Baixo
Porção: 4 pessoas

Fonte: Gallo

Três pontos que comprovam que a aveia é um supergrão

Comparada a outros grãos disponíveis no mercado, aveia se destaca no ponto de vista nutricional e o consumo de três colheres pode auxiliar na redução do colesterol

Um mesmo alimento pode ajudar no controle do colesterol e no bom funcionamento do intestino? Muitas vezes esquecida na dieta brasileira, a aveia é um alimento funcional poderoso quando comparada a outros grãos cereais, como quinoa, milho, trigo e arroz. A Quaker, marca líder do mercado de aveia, explica como ela ajuda no equilíbrio alimentar.

A composição nutricional deste cereal apresenta alto teor de fibras e proteínas, promovendo inúmeros benefícios à saúde. Por exemplo, três colheres de aveia ajudam na diminuição do colesterol, quando o seu consumo está associado à uma alimentação equilibrada e baixa em gorduras saturadas e à hábitos de vida saudáveis. Além disso, por conter uma fibra chamada betaglucana, a aveia também ajuda a aumentar a viscosidade do bolo alimentar, estimulando a sensação de saciedade e contribuindo para que se coma menos.

microbiota-intestinal3

A aveia também acelera o trânsito intestinal e ainda auxilia a manter em boas condições a saúde cardiovascular.

Confira os três pontos levantados por Quaker que comprovam que a aveia é um supergrão:

aveia

1. Ajuda na redução do colesterol: três colheres de aveia ajudam a diminuir o colesterol. A aveia é fonte natural de betaglucanas, fibras solúveis que contribuem para a diminuição da absorção do colesterol ingerido na alimentação. A redução das taxas de colesterol faz bem para o coração, pois este é um importante fator na diminuição do risco de doenças cardíacas.

aveia copo
Foto: Haaijk/Pixabay

2. Ajuda no bom funcionamento do intestino: as fibras presentes na aveia são benéficas para a função intestinal, porque ajudam a retardar o esvaziamento gástrico e estimulam o funcionamento do trânsito intestinal.

aveia

3. Saciedade: a betaglucana da aveia também possui a propriedade de aumentar a viscosidade do bolo alimentar, aumentando o tempo que o alimento leva para deixar o estômago. Isso aumenta a sensação de saciedade, que, por sua vez, pode contribuir para o controle de peso.

Fonte: Quaker/PepsiCo

O poder do arroz oito grãos

Adorado pelos brasileiros, o arroz é tão versátil que chega à mesa como acompanhamento, prato principal e até mesmo sobremesa. Atualmente, é o terceiro cereal mais cultivado do mundo, perdendo apenas para o milho e o trigo. O arroz integral, por exemplo, é um alimento rico, fonte de fibras, minerais e óleos essenciais, e vem sendo redescoberto em diversas versões.

Cada vez mais comum, o arroz vermelho, negro e o multigrãos têm aparecido em pratos acessíveis do dia a dia. E, para tornar as refeições mais completas em nutrientes, vitaminas e antioxidantes, o Meu Biju, uma das marcas mais tradicionais de arroz do país, apresenta sua linha de arroz 8 grãos nas versões aveia e quinoa. Confira seus diferenciais e benefícios à saúde.

Conheça os ingredientes que compõem cada um deles, e entenda suas funcionalidades:

atitude_strip_492227_0_full

Meu Biju Arroz 8 Grãos com Aveia: Arroz integral, triticale, trigo, cevada, linhaça, arroz cateto, arroz vermelho e aveia. Contém glúten | Preço sugerido: R$ 6,50

atitude_strip_492227_1_full

Meu Biju Arroz 8 grãos com quinoa: Arroz integral, trigo, arroz cateto, lentilha, arroz vermelho, linhaça, quinoa e gergelim. Contém glúten. | Preço sugerido: R$ 6,50

Arroz integral:

arroz integral Jules -Stonesoup
Foto: Jules -Stonesoup

Fornece energia e contém fibras que ajudam no funcionamento do intestino e no controle do colesterol, além de trazer saciedade, auxiliando no processo de perda de peso.

Triticale:

triticale.jpg
Grão produzido como fruto do cruzamento entre o trigo e o centeio, é um cereal nutritivo e rico em proteínas.

Trigo:

trigo quibe
Importante fonte de energia para o organismo, o trigo é um alimento rico em vitaminas do complexo B, potássio, fósforo e magnésio.

Cevada:

cevada - pixabay
Cevada – Foto: Pixabay

Rica em vitaminas e minerais, auxilia na formação e manutenção da saúde dos ossos e dentes, além de sua ação antioxidante, que atua no combate ao envelhecimento precoce.

Linhaça:

farinha-sementes-linhaça
GreenMe

Traz benefícios ao coração, intestino e na prevenção de alguns tipos de câncer. Suas fibras atuam na liberação da glicose no sangue reduzindo o acúmulo de gordura no corpo.

Arroz cateto:

ARROZ-CATETO
Uma ótima fonte de proteínas importantes para formação de tecidos do corpo, rico em fibras e vitaminas B e E, que auxiliam no funcionamento do organismo.

Arroz vermelho:

arroz-vermelho.jpg
Grão integral rico em nutrientes como ferro e fibras, que ajudam na redução do colesterol. A cor avermelhada se deve ao alto teor do antioxidante antocianina.

Aveia:

aveia
Por ser rico em fibras solúveis, o cereal reduz as taxas de LDL (colesterol ruim), previne o câncer de intestino, além de contar com diversos nutrientes como ferro, cálcio, magnésio, zinco, cobre, manganês, vitaminas e proteínas.

Lentilha:

lentilha alvimann
Foto: Alvimann/Morguefile

Contém lisina, um aminoácido essencial para o organismo, além de ser rica em fibras, ferro, vitaminas do complexo B, cálcio, fósforo, potássio e magnésio.

Quinoa:

quinoa - max straeten
Foto: Max Straeten

Rica em proteínas, fibras, cálcio e ferro, ajuda no fortalecimento muscular.

Gergelim:

gergelim-agromix-in
Foto Agromix.In

Ajuda a melhorar a saúde óssea, protege contra radiação, câncer, hipertensão, diabetes e inflamação.

Fonte: Josapar

Inove preparando polpetone recheado de atum e aveia

Ficou em dúvida sobre o que cozinhar este final de semana? Quer algo prático, saboroso e saudável? A Cozinha Experimental de Coqueiro preparou uma receita ideal para compor o cardápio, unindo o requinte da massa de macarrão ao atum, alimento riquíssimo em ômega 3 e extremamente benéfico à saúde. Quer saber como preparar? Veja as instruções abaixo.

Polpetone de atum e aveia

Ingredientes:
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
2 dentes de alho picados
1 cebola pequena picada
2 latas de Atum em Pedaços em Óleo Coqueiro
meia xícara (chá) de aveia em flocos finos
1 ovo
1 colher (sopa) de cheiro-verde picado
1 colher (chá) de sal
pimenta-do-reino a gosto
8 cubos de queijo muçarela

Para untar:
azeite de oliva

Para servir:
molho de tomate

Modo de preparo:
Preaqueça o forno em temperatura média (180ºC). Unte uma assadeira média (33 x 23 cm). Reserve. Escorra o Atum em Pedaços em Óleo Coqueiro e reserve. Em uma panela, aqueça em fogo médio o azeite e refogue o alho e a cebola. Reserve. Em uma tigela, coloque o Atum em Pedaços em Óleo Coqueiro reservado, a aveia, o ovo, o cheiro-verde, o refogado reservado e tempere com o sal e a pimenta. Misture bem até formar uma massa homogênea. Divida a massa em 8 porções e modele em formato de bolas. Recheie cada uma com 1 cubo de muçarela, achate-as levemente entre as palmas da mãos, formando um polpetone. Coloque-os na assadeira reservada e asse em forno preaquecido (180°C) por 20 minutos ou até dourar levemente. Retire do forno e sirva a seguir acompanhado de molho de tomate.

polpetone de atum v1.jpg

Tempo de preparo: 40 minutos
Tempo de forno: 20 minutos
Tempo total: 1 hora
Rendimento: 4 porções

Fonte: Camil Alimentos

Você conhece a origem do sabonete?

Usado há séculos, o sabonete teve seu marco na história de a.C e, com o passar do tempo, se tornou um produto essencial a todas as pessoas

Alguém consegue se imaginar sem o sabonete? Taí um assunto que a maioria das pessoas nunca parou para pensar, tamanho é a importância dele no dia a dia e o quanto está inserido na rotina diária de cuidados com o corpo e a higiene. Mas você sabe como ele surgiu? Embora pouco realizado nos dias atuais, essa história pode responder algumas curiosidades.

Por volta dos anos 600 a.C, os fenícios, uma civilização antiga localizada no território atualmente ocupado pelo Líbano, criaram uma substância pastosa com gordura de cabra, água e cinzas de madeira. Eles perceberam que a mistura ajudava a remover gordura do corpo e dos objetos com mais facilidade. Então o sabão começou a fazer sucesso, chegando até a Inglaterra.

Porém, foi apenas no século VII que o sabonete teve sua primeira forma sólida – parecida com a que conhecemos hoje em dia – por meio do processo de saponificação feito pelos árabes, após ferver óleos naturais, gordura animal e soda cáustica. Mais centenas de anos se passaram e, somente no século XV, o produto começou a ter fragrância, sendo a primeira de óleo de oliva, desenvolvida pelos espanhóis.

Hoje, diferentemente do passado, o sabonete já se elevou à categoria de produto de beleza. É possível encontrar infinitas opções de perfumações disponíveis no mercado, passando por flores a essências de óleos naturais.

E assim, para agradar todos os gostos, a Cloy, empresa 100% brasileira, desenvolveu a linha Beauty Bar Ultra Hidratação, composta por seis fragrâncias: Aloe Vera Fresh, Aveia & Karité, Red Fruits, Milk Care, English Lavender e Argan Oil. Enriquecida com manteiga de Karité e Vitamina E, a fórmula exclusiva com complexo de creme hidratante destes sabonetes perfumam a pele sem deixar ressecar e mantendo sua beleza natural.

Preço sugerido ao consumidor final:

cloycloy2

– Linha Beauty Bar Ultra Hidratação: R$ 3,99 (versão com 2 unidades) e R$ 5,99 (versão com 3 unidades).

Os produtos Cloy podem ser encontrados nos grandes supermercados, drogarias e na loja virtual.

Informações: SAC: (19) 3800-3156

Confira dez alimentos que ajudam a reduzir o colesterol

Especialista orienta que eles devem ser incluídos na dieta e não como suplementos

A alimentação saudável é a principal forma de manter as taxas de colesterol controladas, reduzindo-se as chances de acidentes vasculares cerebrais (AVC) e infarto.

“O composto que chamamos de colesterol é sintetizado no fígado e transportado no sangue pelas lipoproteínas. As mais importantes são as Lipoproteínas de Baixa Densidade [LDL] e as Lipoproteínas de Alta Densidade [HDL]”, explica a nutricionista Regina Helena Marques Pereira, do Departamento de Nutrição da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (Socesp).

A LDL é o chamado “colesterol ruim” porque está associada com o risco de desenvolver a doença coronariana. “O ideal é que sua taxa sanguínea fique abaixo de 130 mg/dl”, afirma a especialista. A HDL é o “colesterol bom”, que ajuda a remover o excesso de colesterol que entra na parede das artérias via LDL. O indicado é manter a taxa superior a 40 mg/dl. Temos ainda as VLDL, que são relacionadas ao transporte principalmente de triglicerídeos, mas também oferecem risco ao coração.

De acordo com dados do DataSUS, em 2017 ocorreram 358 mil mortes causadas por doenças do aparelho circulatório no Brasil. Significa dizer que um a cada três óbitos tem como causa problemas cardiovasculares. “É um número alto e simboliza uma morte a cada 40 segundos proveniente de doenças que podem ser diagnosticadas e controladas. Somente a prevenção, com adoção de práticas saudáveis, o diagnóstico e o tratamento podem reverter essa situação”, afirma José Francisco Kerr Saraiva, presidente da Socesp.

Segundo Regina, manter uma alimentação saudável e praticar atividades físicas são as principais ações a serem realizadas para diminuir o risco de doenças cardiovasculares causadas pelo colesterol. “O colesterol dos alimentos contribui com 30% do composto no organismo humano”, complementa a nutricionista.

A especialista elaborou uma lista com os 10 alimentos que são verdadeiros aliados na luta contra o colesterol. Confira-os, em ordem alfabética:

maionese de abacate california avocado commission
Foto: California Avocado Comission

1 – Abacate: rico em gorduras monoinsaturadas. De acordo com estudo publicado pela American Heart Association, substituir fontes de gorduras saturadas por abacate pode reduzir em até 13-14 mg/dl o colesterol total e a LDL.

aveia

2 – Aveia: rica em fibras solúveis e betaglucano, já é amplamente reconhecida como coadjuvante, pois atua em nível intestinal, diminuindo a absorção de gorduras, por meio do aumento da velocidade do fluxo intestinal, devido a sua característica para formação de gel. Mas, sua melhor versão está no farelo de aveia, que contém maior teor em fibras.

azeite

3 – Azeite de Oliva Extravirgem: alimento base da dieta do mediterrâneo, rico em ácidos graxos monoinsaturados e outros compostos também antioxidantes. Quando substituindo gorduras saturadas, promove redução nas taxas de colesterol não-HDL, ou seja, melhora a relação entre colesterol bom e ruim, favorecendo o bom.

cereal-pixabay
Pixabay

4 – Cereais integrais: devido ao seu conteúdo de fibras e vitaminas, estão também associados a menor risco de aterosclerose, atuando da mesma forma que a aveia, por meio da redução na absorção de gorduras durante a digestão dos alimentos. Também promovem mais saciedade, reduzindo o volume total de ingestão alimentar.

frutas vermelhas
Foto: Max Straeten

5 – Frutas vermelhas: ricas em polifenóis, são conhecidas por sua ação antioxidante capaz de reduzir as alterações decorrentes da oxidação das LDL, que nesta forma são mais aterogênicas.

oleaginosas pixabay
Pixabay

6 – Oleaginosas: nozes, castanhas, amêndoas etc. Ricas em ácidos graxos monoinsaturados que, assim como as poli-insaturadas, melhoram o perfil de colesterol, porém essas estão mais relacionadas com elevação do HDL, colesterol conhecido como o bom.

oleos sustentavel

7 – Óleos vegetais: ricos em ácidos graxos poli-insaturados, são associados com redução de LDL e risco cardiovascular em inúmeros estudos que usam este tipo de gordura como substituição de gorduras saturadas de origem animal e/ou vegetal.

Salmão_queridinho_Brasileiros

8 – Peixes ricos em ômega 3: salmão e sardinha são ricos neste tipo de gordura, cuja relação com redução de colesterol já é bastante conhecida. A maior ingestão de ômega 3 aumenta o conteúdo de ácidos graxos poli-insaturados no organismo o que favorece a redução do colesterol.

soja-1600 getty
Getty Images

9 – Soja: em uma revisão bibliográfica, pesquisadores da Universidade do Vale dos Sinos, do Rio Grande do Sul, avaliaram os resultados de 13 estudos internacionais, concluindo que o consumo de proteína de soja isolada (e não do grão integral) tem efeito positivo na redução de colesterol-total se consumido por 6 a 8 semanas. O consumo deve ser maior ou igual a 40g de proteína de soja por dia, contendo 80mg de isoflavonas ou mais. Porém, este consumo não é realidade em nosso país.

uvas-escuras.jpg

10 – Uva: suco concentrado, vinho tinto, uva fresca. São variantes de forma de consumo dessa fruta que contém, além dos polifenóis das frutas vermelhas, o resveratrol, composto específico da uva amplamente estudado, relacionado à redução de oxidação das partículas de LDL, melhorando sua remoção da circulação e consequente redução da formação de placas típicas da aterosclerose.

Fonte: Socesp