Arquivo da tag: ayurveda

Linha EcoSilver, da Surya Brasil, para cabelos grisalhos e brancos

Busca por produtos mais naturais tem crescido desde o ano passado e impulsionou o lançamento

A preocupação das pessoas com a saúde e com a beleza têm se transformado gradativamente ao longo dos anos e, desde 2020 tem aumentado a busca por produtos veganos e naturais para tratamento capilar de fios grisalhos e brancos.

Segundo relatório do Google, em 2018, houve aumento de 879% nas buscas pelo termo “ficar grisalho”, reforçando uma tendência que ganhou força no último ano em todo o mundo. Foi pensando neste público que a Surya decidiu investir em uma linha específica: a EcoSilver.

Seguindo os pilares da marca o lançamento é vegano, cruelty free e o mais natural com melhor performance especialmente para cabelos grisalhos e brancos.

A aposta vem ao encontro de outra tendência global: a de busca por produtos naturais. Pesquisa realizada pelo portal Cosmetic Innovation apontou que esse nicho deve chegar ao faturamento de US$ 25,11 bilhões até 2025.

A linha EcoSilver é composta pelos seguintes produtos:

Shampoo: limpa e neutraliza o amarelado dos fios sem ressecá-lo. Sua fórmula é 96,47% natural e contém ingredientes ricos em antioxidantes, como henna, quinoa, amla, murumuru e babaçu.
Condicionador: 98,73% natural, possui óleo de brócolis, henna, murumuru, quinoa e babaçu, hidrata e nutre os fios profundamente, reestruturando a fibra capilar e garantindo brilho e maciez aos cabelos.
Máscara capilar: possui “silicone like”, um ingrediente feito a partir de óleo de mamona, é 98,46% natural nutri os fios profundamente.
Henna em Pó: 100% natural, rica em extratos naturais, como óleos de coco e oliva, jaborandi, guaraná, açaí, copaíba, cumaru e henna, tem antioxidantes que protegem os fios do amarelamento e do ressecamento.

“Os fios de cabelo se formam a partir de um mini órgão chamado folículo piloso. Os folículos capilares possuem células pigmentares conhecidas como melanina, responsável por dar cor às hastes capilares (cabelos)”, afirma a tricologista Sandra Perondi. Sendo assim a cor do cabelo depende da distribuição, tipo e quantidade de melanina. Mas com o tempo, os folículos capilares podem perder pigmento, resultando em cabelos grisalhos a brancos, embora esse processo seja característico do envelhecimento, os fios de cabelos tons grisalhos a brancos podem aparecer em qualquer idade.

Sandra explica que como o cabelo branco não tem o pigmento, tende a ser mais seco que o cabelo com pigmento, além de ser é especialmente vulnerável aos danos como; cloro, vento, calor, ao sol (raios UVA e UVB), todos esses fatores podem danificar os cabelos brancos, causando amarelamento, sensibilizando ou deixando com aspecto mais opaco, secos, ásperos e quebradiços.

O segredo para ter cabelos brancos e grisalhos saudáveis e sem o amarelado é utilizar uma linha que não contenha ingredientes químicos agressivos e que possua em sua formulação ingredientes nutritivos com complexo multifuncional, que restaure a vitalidade, resistência, garantindo brilho e hidratação. E que auxilie na matização de tons amarelados dos fios. “Trata-se de cuidar da condição capilar, do tom e da vitalidade dos cabelos brancos, por isso recomendo a escolha de produto certo!” , finaliza a especialista.

Os produtos são naturais e veganos, não causam impactos nocivos à saúde ou ao meio ambiente e combinam a natureza com a tecnologia e a filosofia Ayurveda.

Informações: Surya Brasil

Livro Céu da Boca propõe sistema alimentar saudável, prazeroso e ético

A alimentação é um ato sagrado, fonte de energia para o corpo, a mente e a alma. Os alimentos e a forma como os consumimos estão intimamente relacionados à vitalidade. Nesta obra escrita por Marise Berg, nutricionista com especialização em ayurveda, o leitor é convidado a repensar o ato de comer de uma maneira mais consciente.

Resultado de 13 anos de pesquisa e estudos, “O Céu da Boca” é um livro feito para todos que anseiam longevidade saudável. De maneira didática e ilustrada, a obra conta a trajetória da autora em sua própria busca, além de apresentar informações sobre as propriedades nutricionais dos alimentos, para que o leitor entenda a função nutricional de cada um e possa optar com autonomia e sabedoria.

O guia mostra também como montar um cardápio saudável e criativo com muitas receitas, extremamente saborosas. Ao todo são 108 opções preparadas exclusivamente com ingredientes de origem vegetal in natura para diversas ocasiões do dia, de simples entradas a pratos mais elaborados como a moqueca de palmito que ilustra a capa.

A autora, no livro, reforça a ideia de que não é necessário viver sob privação de prazer para ser saudável. É preciso ser criativo e se utilizar de inteligência nutricional para desenvolver maneiras sustentáveis, embora não óbvias, de se obter satisfação alimentar no dia a dia.

“As escolhas alimentares estão recheadas de responsabilidade pelos impactos na saúde e bem estar de cada um individualmente e de nossos companheiros de jornada, sejam eles do reino animal ou vegetal. Essas escolhas cocriam o mercado e definem a pegada ecológica dos nossos hábitos de consumo” explica Marise.

Marise faz um convite ao leitor a repensar como está se dedicando ao seu corpo. “Ao nos nutrirmos, construímos o suporte para a expressão da alma e dos nossos genes e talentos inatos. Quando nos alimentamos conscientemente, demonstramos responsabilidade com nós mesmos e com o ambiente”, explica, acrescentando que o grande paradoxo, portanto, é saber por que seguimos muitas vezes uma dieta nutricionalmente monótona e limitada, mesmo tendo conhecimento e oferta de alimentos saudáveis.

“Em nome da falta de tempo, entregamos de bandeja para a indústria alimentícia a responsabilidade de alimentar nossas famílias. Com isso, criamos uma cultura indigesta do consumo de produtos ultraprocessados, excessivamente doces ou salgados, gordurosos, refinados, destituídos de vitalidade e de nutrientes básicos como as fibras”, conta.

Como resultado da falta de consciência alimentar e transferência de responsabilidade, colhemos uma realidade alarmante sobre uma sociedade doente. A obesidade e as doenças crônicas não transmissíveis (cardiopatias, câncer, hipertensão, diabetes mellitus, doenças cerebrovasculares, doenças renais crônicas e até depressão) limitam a qualidade de vida, a produtividade, a funcionalidade e a longevidade, causando muito sofrimento aos indivíduos e às famílias.

marise berg

Ameaçam diretamente o desenvolvimento econômico global, além de comprometerem a sustentabilidade dos sistemas de saúde em longo prazo. Hoje, metade das crianças brasileiras está acima do peso ideal e, nos Estados Unidos, uma em cada três crianças desenvolverá diabetes até 2050. Trata-se de uma verdadeira pandemia de doenças que poderiam ser prevenidas com a conquista de bons hábitos alimentares.

“Ter uma dieta adequada é fundamental para se ter uma boa saúde e longevidade. E a saúde não é o fim, mas o meio pelo qual construímos felicidade genuína. Já consumir alimentos inadequados gera prejuízos ao organismo. Para a ayurveda , os alimentos são considerados a causa e a cura das doenças. Além disso, devemos considerar os aspectos mentais na saúde e também na geração das doenças. Na prática, pode-se observar que mais sete elementos são muito determinantes na saúde: a exposição à luz do sol (e portanto, o contato com a natureza), a atividade física, a fé, a atenção às necessidades naturais, a energia sexual, o sono e a respiração. O segredo mais simples para equilibrar todos os componentes da saúde é observar com atenção plena e respeitar o nosso relógio biológico, chamado ciclo circadiano, que determina os nossos ritmos internos que são impactados pelos ritmos externos da natureza. Este é comandado por hormônios, com impactos sobre a digestão e o sono, assim como pela renovação das células, pela temperatura do organismo e pelos sistemas imunológico, cardiovascular e reprodutivo, tudo está integrado”, explica a autora.

O livro

Dividido em Introdução e mais 16 capítulos, o livro fala em linguagem acessível para o público leigo sobre saúde individual e coletiva; dietética; vegetarianismo; o que comer para ter saúde e vitalidade; água e hidratação; especiarias, oleaginosas e sementes; características das frutas, legumes e verduras; cereais integrais, tubérculos e raízes; leguminosas, óleos e gorduras; sal e açúcares; 108 receitas mistas e de sopas; cardápios para várias horas do dia e uma rotina saudável que inclui sono, atividade física, respiração, consciência, fé, digestão e meditação. Um capítulo inclui também receitas para festas.

As histórias pessoais que da autora são experiências reais, genuínas e transformadoras. São relatos que atestam que a alimentação pode levar a uma mudança do estado de saúde, física e mental. Marise reúne também de forma prática, conteúdos básicos sobre nutrição e ayurveda – o mais antigo sistema de saúde do mundo, originário da Índia e recentemente incorporado ao rol das práticas integrativas e complementares de saúde do SUS –, para serem aplicados no dia a dia de forma prática e acessível a todos aqueles que querem repensar e mudar nossas suas ações.

Como diz a autora “ Há mais mistérios entre o Céu da Boca e a terra do que supõem as nossas papilas”.

Sobre a autora

Marise Berg é nutricionista, pós-graduada em alimentos funcionais e nutrigenômica, com especialização em avaliação metabólica e Ayurveda pela Escola Yoga Brahma Vidyalaya com extensão em Rasayana (rejuvenescimento) e Nutrição Ayurvedica pela KeralaAyurvedicChikitsalayam e InternationalAcademyofAyurveda – Pume e VishwanathPanchakarma Centre – Rishikesh – Índia. Recebeu iniciação budista dos Cinco Treinamentos da Consciência pelo Monge ThichNhatHanh, em 2009. Faz atendimento nutricional nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, e ministra retiros e cursos sobre alimentação e ayurveda.

capa o ceu da boca

Título: O Céu da Boca – Guia de Nutrição para o corpo e a consciência
Autora: Marise Berg.
Editora Europa
Preço: R$ 99,90
Formato: 20,5 x 27,5cm
Número de páginas: 240
Capa dura Miolo em Couché Brilho 105gr
Onde encontrar: Site Europa

Especialista ensina como digerir completamente a refeição

As dicas básicas são sempre “mastigue devagar” e nunca “deite-se antes de completar a digestão”, mas para que o foco digestivo funcione normalmente, é preciso também repensar em hábitos que vão muito além disso, como, por exemplo, o que o corpo está ingerindo.

Uma das principais consultoras em spas do mundo, certificada pelo The Chopra Center e idealizadora do tratamento Detox Power, Renata de Abreu ensina que, de acordo com os ensinamentos da Medicina Ayurveda, a qualidade e o tipo de alimento e o ambiente em que comemos influenciam na capacidade de digestão do organismo.

Confira abaixo algumas sugestões da especialista para manter um hábito saudável de vida e melhoras no dia a dia.

alface

=Todos os alimentos devem ser preparados na hora, nutritivos e apetitosos;
=Alimentos enlatados e sobras devem ser minimizados;
=Coma alimentos leves e fáceis de digerir, como arroz, sopas e lentilhas;

vegetais salteados
=Dê preferência a vegetais recém-cozidos no vapor ou levemente sauté;
=Evite alimentos fritos;
=Evite alimentos e bebidas gelados;
=Reduza ou elimine a ingestão de produtos lácteos;
=Evite alimentos e bebidas fermentados. Isso inclui vinagre, condimentos em conserva e queijo;
=Evite álcool, maconha e outros produtos químicos recreativos;
=Reduza ao máximo possível o uso de óleos na comida;

cevada - pixabay
=Coma grãos mais leves como cevada ou arroz basmati;
=Minimize os açúcares refinados. Pequenas quantidades de mel podem ser usadas, mas não cozinhe ela;
=A maioria das nozes, que são oleosas, pesadas e salgadas devem ser evitadas. No entanto, girassol sem sal, sementes de abóbora, linho ou gergelim podem ser ingeridas tranquilamente;

frango-grelhado
=Favoreça a ingestão de carne branca de peru ou frango, caso não consiga eliminar totalmente produtos de origem animal. Evite carnes vermelhas, principalmente carne de porco e bovina;
=Beba água quente com gengibre fresco fatiado com frequência, ao longo do dia;

20170822_00_alimentacao_prato_comida1
 Foto: Visual Hunt/CC

=Não coma até estar definitivamente com fome, não coma demais, e não coma até que a refeição anterior tenha sido totalmente digerida (de três a seis horas).

Detox Power

A técnica do Detox Power, criada por Renata de Abreu, reúne quatro (04) terapias Ayurvedas muito poderosas para promover a desintoxicação com foco na digestão e na correta eliminação, promovendo a desinflamação dos tecidos que ocorre pela permanência de toxinas no corpo. Renata de Abreu, por sua vez, é empresária e instrutora certificada pelo The Chopra Center, escola do renomado médico e escritor indiano, radicado nos Estados Unidos, Deepak Chopra.

Dicas de como desintoxicar o corpo + receita com poder antioxidante

Ter hábitos saudáveis diariamente não é uma tarefa fácil, especialmente quando há grande oferta de refeições fácies e baratas a cada esquina. De acordo com Renata de Abreu, criadora da técnica Detox Power e expert em spas, a alimentação é primordial para o bom funcionamento do intestino. E não é só isso, a especialista aponta que a Ayurveda, medicina milenar indiana, ensina que a qualidade e o tipo dos alimentos e também o ambiente em que comemos influenciam nossa capacidade de digerir completamente uma refeição.

“Se a digestão não funciona de forma ideal, a comida é metabolizada de forma incompleta, o que acarreta na formação de toxinas”, explica Renata.

Para auxiliar na busca de hábitos saudáveis e, consequentemente, na eliminação de toxinas, a especialista listou 10 dicas poderosas para desintoxicar o corpo e escolheu uma receita de sobremesa deliciosa, utilizando a chia, que possui poder antioxidante e é uma grande aliada no processo de emagrecimento, pois atua como agente detox. Tome nota:

casal

=Evite sobras e alimentos enlatados. Opte por preparar os alimentos na hora. Ficam mais nutritivos e apetitosos;
=Coma alimentos leves e fáceis de digerir, como arroz, sopas e lentilhas;
=Dê preferência a vegetais recém-cozidos no vapor ou levemente sauté;
=Evite as frituras;
=Evite alimentos e bebidas fermentados. Isso inclui vinagre, condimentos em conserva e queijo;
=Evite o álcool;

mel pixabay
=Minimize ao máximo os açúcares refinados. Prefira pequenas quantidades de mel, mas não cozinhe com ele;
=A maioria das nozes, que são oleosas, pesadas e salgadas, deve ser evitada. No entanto, girassol sem sal, sementes de abóbora, linho ou gergelim podem ser comidas;
=Beba água quente com gengibre fresco fatiado, com frequência ao longo do dia;
=Não coma até que a refeição anterior tenha sido totalmente digerida (três a seis horas);
=Dica Extra – detox de dentro para fora.

Além disso, investir em um bom tratamento que promove a desintoxicação da mente e do corpo é a chave para uma vida mais equilibrada em todos os sentidos. A Detox Power, que é novidade no Brasil, é uma prática criada por Renata, que une os conhecimentos milenares da Índia, os movimentos da massagem modeladora e o uso de ervas e óleos especiais que geram uma verdadeira limpeza.

Trata-se de uma técnica que une quatro terapias ayurvedas, promovendo a desintoxicação com foco no estímulo do sistema linfático e digestivo, potencializando a eliminação de toxinas e funcionamento do intestino.

A seguir uma receita:

Pudim de Chia

pudiam de chia.jpg

Ingredientes
4 a 5 colheres de sopa de chia
2 copos de leite de amêndoas
1 colher de sobremesa rasa de mel ou agave
1 colher de sobremesa de canela em pó

Modo de Preparo: Em um recipiente ou vasilha, coloque uma quantidade generosa de chia (4 a 5 colheres), o leite de amêndoas, o mel ou agave, a canela em pó e misture. Distribua o creme em pequenas taças para sobremesa, posicione a fruta preferida no fundo e preencha até dois terços do recipiente com a mistura do leite de amêndoas e chia. Cubra com papel filme e deixe na geladeira por algumas horas, até uma consistência firme.

Obs: Você não deve preencher todo o recipiente, uma vez que a chia aumenta de tamanho, durante o processo.

A semente de chia possui um enorme poder antioxidante, além de nutrientes como ômega 3, cálcio, magnésio, manganês, fósforo, proteínas e fibras. São úteis no processo de emagrecimento, prevenção de doenças cardiovasculares, diabetes e tumores. Age como agente detox, pois auxilia no processo de emagrecimento devido a sua capacidade de proporcionar a sensação de saciedade, evitando que a pessoa consuma calorias extras de outros alimentos.

Fonte: Renata Abreu