Arquivo da tag: bio mundo

Alimentação e coração: entenda a relação para uma vida mais saudável

Bio Mundo listou opções variadas de alimentos que contribuem para a melhoria e manutenção da saúde do órgão

Com a variedade de alimentos disponíveis, muitas vezes fica difícil entender a importância de cada um, os benefícios e quais consumir para contribuir com a saúde. A verdade é que existem diversos alimentos que auxiliam na manutenção de diversas partes do corpo humano, inclusive, com a saúde do principal órgão, o coração.

Segundo a nutricionista Fernanda Larralde, parceira da Bio Mundo, franquia de alimentos naturais e saudáveis, seguir uma alimentação equilibrada e rica em nutrientes que fortaleça o coração, é fundamental para uma vida mais saudável. “Pesquisas mostram que consumir alimentos saudáveis junto com uma boa rotina, pode reduzir em até 80% as chances de desenvolver problemas cardíacos. Por isso, é importante fazer boas escolhas, optando por alimentos mais naturais e saudáveis”, explica a profissional.

A Bio Mundo listou alguns alimentos que contribuem para a saúde do coração:

Chocolate
Quando consumido de forma equilibrada (30g por dia) e em sua versão meio amarga, com 70% de cacau, têm inúmeros benefícios. O chocolate tem componentes químicos que normalizam a pressão sanguínea, diminui o colesterol e processos inflamatórios, além de liberar serotonina no organismo, deixando o corpo mais relaxado e diminuindo o estresse.

Suco de uva integral
Uvas mais escuras são ótimas para proteger o coração por conterem nutrientes antioxidantes que auxiliam na manutenção das taxas de colesterol. Presentes em sua forma mais natural nos sucos integrais, é uma opção fácil para adicionar a alimentação do dia a dia.

Soja
A soja atua no controle do colesterol, peso, glicose e pressão arterial. É um produto de fácil acesso e muito versátil na cozinha, podendo ser preparado de diversas formas e facilitando sua introdução na dieta.

Tomate
A melhor forma de consumir o tomate, nesse caso, é em sua forma aquecida. Durante o processo, é liberado um dos mais poderosos antioxidantes naturais, o licopeno, que trabalha diretamente na qualidade da circulação sanguínea e previne o câncer e a aterosclerose.

Folhas verdes
Fontes de fibras e nutrientes, as folhas verdes, como alface, couve, espinafre, rúcula, entre outras, são antioxidantes, preservam os vasos sanguíneos, combatem os radicais livres e impedem que gorduras ruins entupam as veias do coração.

Fonte: Bio Mundo

Confira alimentos que podem ser consumidos por diabéticos

Leguminosas, frutas com casca, vegetais e alguns derivados do leite são exemplos

Em 14 de novembro foi comemorado o Dia Mundial do Diabetes, campanha de conscientização da doença que atinge 537 milhões de pessoas em todo mundo e pode chegar a 784 milhões até 2045, segundo dados da IDF (Federação Internacional de Diabetes).

A causa principal da doença é a produção insuficiente ou má absorção de insulina e o consumo de alguns alimentos pode potencializar a condição. Entretanto, segundo a nutricionista Fernanda Larralde, parceira da Bio Mundo, franquia de alimentos naturais e saudáveis, existem também alimentos que contribuem para o controle dos níveis de glicose no sangue, evitando que aconteçam alterações como a hiperglicemia, que é o excesso de açúcar, ou a hipoglicemia, que é a diminuição de açúcar no sangue.

“O ideal para quem tem diabetes é controlar a dieta, sempre apostando em manter o equilíbrio em nutrientes, carboidratos e proteínas, com o cuidado de realizar refeições com pequenas porções de alimentos a cada 3 horas”, comenta Fernanda. Por isso, pensando na data, a Bio Mundo, listou alguns alimentos que podem ser consumidos por diabéticos. Confira:

Leguminosas

Alimentos como feijão, lentilha, ervilha, grão-de-bico e soja contêm fibras e proteínas que favorecem a absorção mais lenta dos carboidratos, contribuindo para o equilíbrio dos níveis de glicose no sangue.

Frutas com casca

Thinkstock

Algumas frutas como maçã, pera, laranja, pêssego, damasco, tangerina, frutos vermelhos e banana verde podem ser consumidas em até 3 porções diárias, sendo importante consumir a fruta inteira, com casca e bagaço.

Leites e derivados

Leite e iogurtes desnatados, queijos brancos, como ricota, minas ou cottage, são ótimos por serem alimentos de baixo índice glicêmico, ajudando no controle dos níveis de glicose no sangue.

Vegetais frescos

Foto: Jerzy Gorecki

Alguns exemplos são alface, brócolis, abobrinha, cogumelos, cebola, tomate, espinafre, couve-flor, pimentão, berinjela e cenoura, esses alimentos são ricos em vitaminas e minerais fundamentais para o funcionamento do organismo, ajudando na produção de hormônios, como a insulina, controlando a diabetes.

Oleaginosas

Pixabay


Nozes, castanha-de-caju, amêndoas, avelãs, amendoim, são alimentos ricos em fibras que ajudam no controle dos níveis de glicose no sangue.

Fonte: Bio Mundo

Confira 6 alimentos que ajudam a evitar o mau hálito

Alimentos naturais podem combater um dos maiores incômodos bucais das pessoas

A boca desempenha papel importante no corpo, com funções que influenciam na saúde do organismo como um todo. Um dos incômodos mais comuns entre as pessoas é o mau hálito, que pode ter como causas a falta de higiene bucal, desidratação ou alimentação recente. Mas, é interessante dizer: ao consumir alguns alimentos naturais, a condição pode ser evitada.

Sabendo disso, a Bio Mundo, franquia de alimentos saudáveis mais completa do Brasil, listou seis alimentos que ajudam a evitar o mau hálito, quando consumidos em sua forma mais natural, além da ingestão diária de água. Confira:

Foto: Joseph Mucira/Pixabay

Gengibre
O gengibre é um adstringente natural, que estimula a digestão, tornando-se um ótimo aliado para evitar o mau hálito.

Maçã
A casca da maçã funciona como fio dental, fazendo uma raspagem dos dentes que livra odor indesejável e impede que os dentes acumulem bactérias.

Suco de limão
O suco tem poder adstringente e bactericida e age eliminando bactérias presentes na boca e em todo o sistema digestivo.

Congerdesign/Pixabay

Hortelã
Com aroma naturalmente refrescante, a hortelã estimula e acelera a digestão. Além disso, é aconselhável mastigar as folhas para melhorar o hálito.

Foto: Gulzer Hossain/Pixabay

Salsa
O item contém um ativo chamado de clorofila, que é bactericida e combate o odor da boca.

Foto: J.Milternburg / Morguefile

Canela de Pau
Utilizada como condimento, pode ser usado como antisséptico bucal.

Fonte: Bio Mundo

Nutrição comportamental: como as emoções influenciam na alimentação

Especialista explica a relação e como o acompanhamento nutricional pode ajudar no processo

É evidente que o estado emocional influencia na forma de se relacionar com o mundo, às vezes mais do que é possível perceber, podendo se tornar uma cadeia de consequências à saúde. Considerando as emoções como fator indispensável para a alimentação, a abordagem comportamental olha além da comida e dieta, buscando entender como e por que o paciente se relaciona de tal forma com os alimentos, para a partir disso, trabalhar suas necessidades.

Shutterstock

Para Fernanda Larralde, nutricionista e parceira da Bio Mundo, franquia de alimentos naturais e saudáveis, é possível perceber muitas pessoas relacionando suas emoções com a alimentação, principalmente, em momento de pandemia. “Não é só sobre comer em excesso, por exemplo. Casos de transtornos alimentares têm crescido todos os anos e, catalogados, somam 12 tipos diferentes. Então, na abordagem comportamental, olhamos primeiro as emoções, pois antes de saber o que comer, é preciso saber o porquê o paciente come”, explica Fernanda.

O acompanhamento periódico do profissional de nutrição é fundamental para entender que a alimentação traz consequências e está diretamente relacionada à saúde e qualidade de vida, muito além do emagrecimento e estética. “Pensar no bem-estar quando falamos na dieta é essencial. A partir disso, precisamos entender como as emoções e comportamentos estão influenciando na ingestão dos alimentos e se há a necessidade do envolvimento de outros profissionais da saúde para um acompanhamento mais eficaz”, comenta a especialista em nutrição comportamental e esportiva.

Segundo a profissional, alguns mitos confundem sobre comer bem e de forma equilibrada. “Muitas vezes, as pessoas relacionam uma alimentação saudável à uma dieta restritiva, o que não a torna sustentável e pode acarretar mais sentimentos incômodos, potencializando a ingestão de alimentos por compulsão”, observa Fernanda, que ainda chama a atenção para quem opta por seguir dietas indicadas por outras pessoas. “Cada corpo é diferente e requer cuidados próprios, por isso a importância de procurar por um profissional que entenderá suas necessidades”, completa.

“Em hipótese alguma deve-se deixar de comer o que se gosta, quanto mais leveza trazer para a rotina alimentar, comendo o que gosta, será muito mais fácil e prazeroso o processo e o alcance os resultados que busca”, acrescenta a profissional.

Foto: Shutterstock

Outro mito bem famoso é que se alimentar bem custa caro. A nutricionista e parceira da Bio Mundo enfatiza que uma rotina com alimentos saudáveis não precisa de grandes investimentos e pode sair mais barato do que comidas industrializadas ou fast food, por exemplo. “É possível montar um cardápio simples, saboroso e ainda variado sem gastar muito. Basta escolher bem o que colocar no prato”, finaliza.

Fonte: Bio Mundo

Bio Mundo lança linha de composto de mel com diversos benefícios

Propostas para complementar a alimentação de um jeito mais saudável, opções são combinadas com nibs de cacau, própolis e eucalipto, malva ou romã

Conhecido como um super alimento, o mel é uma poderosa fonte de energia e antioxidantes. Composto de potássio, magnésio, cálcio, sódio, ferro, enzimas e vitaminas, entre outros nutrientes, é importante para uma alimentação saudável e balanceada. Além disso, possui também ação antiviral, antifúngica e antibacteriana, tornando-o um aliado para o sistema imunológico, sendo capaz de combater micro-organismos e protegendo o organismo de várias patologias.

Quando combinado com outros alimentos, também ricos em vitaminas e nutrientes, oferece ainda mais benefícios à saúde. Atendendo a isso, a Bio Mundo , franquia de alimentos naturais e saudáveis, lança uma linha de compostos de mel com quatro combinações diferentes – com nibs de cacau, com própolis e eucalipto, com própolis e malva e com própolis e romã. Confira os lançamentos e seus benefícios abaixo:

Composto de mel com nibs de cacau

Fonte de antioxidantes que atuam no retardo do envelhecimento precoce da pele e na prevenção de doenças do coração. O mel e o cacau possuem propriedades que ajudam a proteger o coração e a manter a pele saudável. Pode ser consumido com iogurtes, saladas de frutas e sorvetes.

Composto de mel com própolis e eucalipto

Auxilia no fortalecimento do sistema imunológico e possui ação expectorante. O própolis e o eucalipto possuem funções estimulantes de anticorpos, ou seja, estimulam a produção dos mesmos, fortalecendo o corpo e aumentando sua resistência contra doenças e infecções. Pode ser tomado junto a chás e outras bebidas quentes.

Composto de mel com própolis e malva

Auxilia no fortalecimento do sistema imunológico, possui ação descongestionante e contribui para melhora da sinusite. Esse resultado acontece pois os ingredientes juntos dão forças ao organismo para combater doenças virais e aumentam a imunidade do corpo.

Composto de mel com própolis e romã

Auxilia na melhora da imunidade, possui ação anti-inflamatória e pode auxiliar em quadros de dores de garganta. A Romã é uma fruta rica em vitamina C, proteínas, vitamina K, ácido fólico, potássio e fibras, e ainda possui ácido elágico que atua como antioxidante e anti-inflamatório, ajudando em quadros de dores de garganta. Além disso, auxilia também no processo de detox, promovendo a eliminação de toxinas do organismo e contribuindo para o bom funcionamento do corpo.

Informações: Bio Mundo

Dez alimentos que auxiliam a manter o organismo saudável

Opções saudáveis ajudam a fortalecer o sistema imunológico e combater doenças

Não é segredo que uma alimentação saudável e balanceada, com a ingestão correta de nutrientes e vitaminas, é a chave para a boa saúde. Segundo a nutricionista Thais Souza, é importante incluir na dieta alimentos ricos em vitaminas A, B e C, fibras, ácidos graxos e flavonoides – que podem ser encontrados na chia, no alho, no abacate e no gengibre. “Esses alimentos ajudam a proteger o organismo e atuam contra os efeitos nocivos dos radicais livres, retardando o processo de envelhecimento, por exemplo”, comenta a profissional.

Pensando nisso, a Bio Mundo, franquia de alimentos naturais e saudáveis, separou alguns alimentos que ajudam a fortalecer o sistema imunológico e combater doenças. Confira:

Chia

Conhecida como um “superalimento”, a chia possui diversos benefícios – ajuda a prevenir o envelhecimento precoce, doenças cardíacas, diabetes, câncer, fortalece a imunidade e protege os ossos, além de outros diversos benefícios.

Alho

Foto: Gadini/Pixabay

Parte das fibras encontradas na especiaria, favorecem o crescimento das bactérias boas e de alicina, que ajuda a combater os microrganismos ruins e ajuda na melhora da pressão arterial.

Abacate

Silverstylus/Pixabay

As gorduras encontradas na fruta, como ômega 3 e 6, são boas para o organismo, além de possuir pouco açúcar.

Gengibre

Ajuda a manter bons níveis de colesterol e insulina, alivia as dores nos músculos e articulações e auxilia no funcionamento do sistema digestivo, além de prevenir resfriados e ser anti-inflamatório.

Linhaça

GreenMe


Sementes ricas em ômega 3, o nutriente facilita o funcionamento do corpo e protege o coração, aumentando o HDL – o famoso colesterol bom – e reduz o triglicérides e o colesterol ruim, equilibrando todas as funções básicas do organismo.

Frutas vermelhas


Conhecidas como remédios para combater a anemia, colesterol alto, osteoporose e diabetes, são ótimas fontes de vitamina C, flavonoides e ácido gálicos, que ajudam prevenir o câncer, infecções e perda de memória. Além de seus benefícios, os alimentos ainda são versáteis, podendo ser consumidos naturalmente ou como ingrediente em alguma receita saudável e sucos.

Vegetais verde-escuros

Sempre que possível, é muito recomendado que estes alimentos, como brócolis, rúcula e escarola, apareçam nas refeições, pois são ricos em nutrientes, vitaminas, fibras e minerais, combinações importantes para saúde das células e dos olhos.

Azeite de oliva

Não é à toa que as nações italianas e francesas são vistas como duas das mais saudáveis mundialmente. Isso porque, a cultura tem hábito de finalizar os pratos com azeite de oliva extravirgem. O tempero inibe os radicais livres, combate doenças e contribui para o bom funcionamento do organismo.

Gergelim

Foto Agromix.In

Independentemente da versão, todos os tipos são ricos em nutrientes como, cálcio, magnésio, proteínas e lipídios, ótimos para prevenir e tratar problemas ligados ao esqueleto.

Maçã


A fruta conta com inúmeros nutrientes, além de uma boa quantidade de fibras. De fácil consumo, é rica em antioxidantes que previnem o envelhecimento celular e uma ótima ferramenta para quem trabalha com a voz, pois protege a garganta e as cordas vocais.

Fonte: Bio Mundo

Alimentos indicados para ter um inverno mais saudável

Bio Mundo listou algumas opções para ajudar na manutenção do corpo durante a estação mais fria do ano; frutas, legumes e chás são recomendados

Com a chegada do inverno e a brusca mudança de temperatura, o corpo também sente a necessidade de se adaptar aos dias frios. Para isso, há alguns alimentos que podem ajudar e garantir o bom funcionamento do organismo. A Bio Mundo , franquia de alimentos naturais e saudáveis, separou alguns desses alimentos que são recomendáveis para proteger o corpo, ganhar energia e curtir as baixas temperaturas que estão chegando. Confira:

Frutas e legumes ricos em vitamina C

Como já diriam nossos avós, tomar suco de laranja previne a gripe, principalmente no inverno. Além da laranja, frutas como a mexerica, morango, carambola e alguns legumes, como abóbora, batata doce e brócolis, por exemplo, possuem propriedades antioxidantes, melhoram o sistema circulatório e fornecem energia.

Bebidas quentes
Muito procurados no inverno, os chás naturais, além de ajudarem na hidratação, também possuem propriedades antioxidantes que protegem o corpo de doenças. Vale ressaltar que no inverno, é muito comum a imunidade ficar mais baixa. Por isso, os alimentos antioxidantes são muito importantes nessa época do ano.

Chá de carqueja: ajuda na circulação

No inverno, é mais comum ficar sem coragem para ir treinar. Os reflexos de se movimentar menos podem prejudicar a circulação do corpo. Para evitar esse problema, o chá de carqueja ajuda a evitar o acúmulo de gorduras nas artérias, além de facilitar a digestão.

Chá de camomila com hortelã: para relaxar


O chá de camomila com hortelã pode ser um bom aliado na hora de relaxar. A combinação das duas ervas oferece uma boa dose de vitamina A e do complexo B, elementos antioxidantes naturais.

Chá de hibisco e gengibre: ajuda na retenção de líquidos

Cook Fot Your Life

Com a diminuição do consumo de líquidos em dias frios, o corpo retém mais o sal dos alimentos consumidos, por exemplo, fazendo com que as pessoas, principalmente mulheres, se sintam mais inchadas. O chá de hibisco e gengibre é diurético, combatendo a retenção de líquidos.

Lentilha

Livre de glúten e colesterol, sendo uma alternativa perfeita para os alérgicos e intolerantes aos ingredientes, além dos seus benefícios como melhorar a saúde do coração, faz bem para os ossos, aumenta a saciedade, previne a prisão de ventre, controla os níveis de açúcar no sangue e fortalece o sistema imune.

Alimentos integrais

Na hora de escolher os alimentos, como por exemplo, arroz ou biscoitos, prefira os integrais pois eles são ricos em fibras que deixam o corpo mais imune a doenças e melhoram o funcionamento do intestino.

Fonte: Bio Mundo

Confira cinco alimentos que ajudam a parar de fumar

No Dia Mundial sem Tabaco, a Bio Mundo separou algumas opções saudáveis que podem ajudar na luta contra o vício

Para de fumar certamente é um ato difícil para muitas pessoas. Isso ocorre porque o vício já está relacionado à rotina, por exemplo, no consumo de café, ansiedade e ao humor. E, em tempos de pandemia, isso pode aumentar. Porém, a prática não traz à saúde nenhum benefício e pode ser responsável por diversos tipos de cânceres e doenças cardíacas e pulmonares.

No processo de parar de fumar, o primeiro passo é reconhecer os estímulos que levam à prática. A cafeína, por exemplo, faz com que a pessoa se sinta mais ansiosa, pois é um ingrediente estimulante, e as substâncias viciantes da nicotina do cigarro liberam no corpo uma sensação incrível de prazer. Para controlar a vontade e a ansiedade, a inserção de atividades físicas e o consumo de uma alimentação equilibrada são grandes aliados nessa batalha.

Para contribuir com a data que visa o controle do tabagismo, a partir da conscientização dos malefícios, a Bio Mundo, franquia de alimentos naturais e saudáveis, separou opções de alimentos e bebidas para quem deseja largar a dependência de forma mais tranquila e natural.

Chá de ervas

Foto: Rickyy Sanne/Morguefile

Além de ser uma bebida natural à base de água, os chás são calmantes e uma boa opção para substituir o café. A grande dica é realmente tirar da dieta bebidas que contenham cafeína, substância que aumenta o desejo pelo cigarro, diminuindo a ansiedade. Fatores que estão diretamente ligados à vontade de fumar.

Laranja: um dos principais alimentos para largar o cigarro

O cigarro causa uma grande perda de nutrientes, entre eles a vitamina C, e o fazer a reposição dessa vitamina por meio da ingestão da fruta, o fumante sente menos vontade do cigarro. Isso ocorre pois, ao perder os nutrientes e as vitaminas, o corpo costuma buscá-los em elementos da nicotina, o que causa severa dependência. Com o consumo de laranja, a vitamina C retorna ao organismo, que passa a sentir menos falta do fumo.

Óleo de linhaça

Rico em ômega 3, o óleo de linhaça estimula a liberação da serotonina, hormônio responsável por equilibrar o humor, fator importante para quem quer parar de fumar. Além da substância estar relacionada a perda de peso, já que ao parar de fumar algumas pessoas notam o ganho de calorias.

Castanha-do-pará

Pixabay

A castanha-do-pará é rica em selênio, mineral com alto poder antioxidante que auxilia na prevenção de doenças e no fortalecimento do sistema imunológico, além de estar ligado a melhora do humor. Com o consumo de poucas unidades ao dia já é possível atingir a recomendação diária de nutrientes, que contribuem também na melhora do cansaço, tristeza e ansiedade.

Leite

Um copo de leite também pode ser um grande aliado nessa luta. Pesquisas confirmam que tanto o leite quanto os seus derivados, como queijo ou iogurte,ajudam a eliminar a nicotina do organismo do fumante, e também alteram o sabor do cigarro,

Fonte: Bio Mundo

Alfarroba é excelente substituta do chocolate; confira receita de bolo

Nutricionista da Bio Mundo comenta sobre vantagens do fruto para o organismo das pessoas

Quem não sente vontade de comer aquele chocolate depois do almoço? Para algumas pessoas essa é uma verdadeira tentação, ainda mais quando estamos em algum tipo de dieta. Porém existe uma alternativa, a alfarroba. A fruta de origem mediterrânea pode substituir o cacau nas receitas e trazer ainda mais benefícios para o organismo.

O que é alfarroba?

A fruta, proveniente da alfarrobeira, é uma espécie de vagem e sua polpa, quando moída e torrada, provê um pó rico em nutrientes. Quando colocados lado a lado com o cacau, percebesse que são alimentos muito similares quanto ao gosto e a aparência, sendo a alfarroba levemente mais adocicada.

Mas qual é a opção mais saudável? Nessa disputa acirrada a alfarroba leva a melhor. A nutricionista Ellen D’arc, da Bio Mundo, explica que, apesar de ambos serem bons para a saúde, o cacau possui 23% de gordura, enquanto a frutinha do mediterrâneo possui apenas 0,7%. “Além disso, a alfarroba também é rica em antioxidantes, em vitaminas e baixo índice glicêmico”, acrescenta.

Muitos benefícios

As vantagens de incluir a alfarroba na alimentação são inúmeras. O alimento é rico em fibras naturais que regulam a flora e o bom desempenho intestinal, além de promover uma digestão com mais qualidade. A pele também não fica de fora desse combo de benefícios. A nutricionista explica que a fruta é abundante em vitaminas A e C, poderosos antioxidantes que previnem o envelhecimento precoce, além de estimular a produção de colágeno. “A alfarroba não possui nenhum agente estimulante, como a cafeína. Também não contem alergênicos e por ser um fruto possui açucares naturais”, completa a especialista.

O coração agradece

E ainda dá para ficar melhor! “A alfarroba também ajuda a prevenir doenças cardiovasculares, visto que é fonte abundante de gorduras poli-insaturadas, aquelas benéficas ao organismo, reduzindo os níveis de mau colesterol (LDL) no sangue”, explica a nutricionista.

Liberada para todos

Desde diabéticos até gestantes, todo mundo pode usufruir dos benefícios do fruto. As fibras presentes na alfarroba retardam o processo de digestão e evitam os picos de glicose, auxiliando no tratamento da diabetes. “Para as gestantes, o magnésio é essencial para evitar o risco de osteoporose e ainda colabora na tolerância à dor” acrescenta Ellen.

Bolo de Alfarroba

Ingredientes:
150 g de manteiga
75 g de farinha de alfarroba
3 ovos
180 g de açúcar mascavo claro
Uma pitada de sal
½ colher de chá de essência de baunilha
65 g de farinha de trigo integral
½ colher de chá de fermento químico
Preaquecer o forno a 180º C.

Modo preparo:
Untar com manteiga e polvilhar levemente com farinha uma forma com cerca de 18 x 20 cm. Derreter a manteiga em banho-maria ou no micro-ondas. Misturar bem a manteiga com a farinha de alfarroba. Em uma travessa separada bater os ovos com o açúcar, o sal e a baunilha até que fiquem leves e espumosos. Adicionar a mistura de manteiga e alfarroba e continuar a bater até que esteja uma massa homogênea. Juntar a farinha peneirada com o fermento e bater levemente, apenas até misturar todos os ingredientes. Leve ao forno por cerca de 25 minutos ou até que esteja cozido e tenha o centro ligeiramente úmido. Retirar do forno e deixar arrefecer durante cerca de 5 minutos antes de desenformar.

Fonte: Bio Mundo

Dia do Beijo: Bio Mundo ensina receitas de batons veganos para você mesma fazer em casa

Sempre pensando em opções mais naturais para o dia a dia, a marca de alimentos saudáveis traz combinações para preservar a saúde dos lábios e ainda dar cor

Nessa terça-feira (13), comemora-se o Dia do Beijo. E, pensando em opções sustentáveis, a Bio Mundo, franquia de alimentos naturais e saudáveis, traz receitas caseiras de batons veganos para ajudar a preservar a saúde dos lábios e ainda dar cor, escolhendo a ideal para cada mood.

Além da praticidade em fazer um batom novinho, as opções veganas são livres de toxinas ou conservantes. Dentre os ingredientes estão presentes óleo de coco, manteiga de cacau e frutas, como amora, framboesa e romã, além de óleos essenciais.

Confira as receitas abaixo:

Batom Vermelho

Ingredientes
1 colher (sopa) de manteiga de cacau
2 colheres (sopa) de óleo de coco
1 amora
2 gotas de óleo essencial de amora

Modo de preparo:
Primeiro amasse a amora e misture as gotas do óleo essencial. Reserve. Enquanto isso, ferva em banho-maria a manteiga de cacau e acrescente o óleo de coco. Depois, misture tudo e espere esfriar. Mantenha refrigerado.

Batom Rosa

Ingredientes:
1 colher (sopa) de manteiga de cacau
2 colheres (sopa) de óleo de coco
½ limão
1 folha de repolho roxo pequeno
½ xícara (chá) de água
2 gotas de óleo essencial de limão

Modo de preparo:
Em um pilão ou triturador, bata o repolho com o limão, ferva e misture com a água. Reserve. Em banho-maria, derreta a manteiga de cacau e misture ao óleo de coco. Depois, em um recipiente coloque uma colher de chá da água tonalizada com repolho e limão, acrescente as gotas do óleo essencial e o restante dos ingredientes. Espere esfriar. Mantenha refrigerado.

Batom Alaranjado

Ingredientes:
1 colher (sopa) de manteiga de cacau
2 colheres (sopa) de óleo de coco
1 colher (chá) de colorau
2 gotas de óleo essencial de sua preferência

Modo de preparo:
Ferva em banho-maria a manteiga de cacau e acrescente o óleo de coco. Depois, misture a colher de colorau e as gotas do óleo essencial e esperar esfriar. Mantenha refrigerado.

Lip Tint Natural

Foto: Thrive Market

½ colher (chá) de óleo de coco
3 amoras
1 framboesa
3 sementes de romã

Modo de preparo:
Amasse as amoras e framboesas e reserve. Esprema as sementes de romã e misture tudo com o óleo de coco. Depois é só usar o líquido para dar um tonzinho à boca enquanto a hidrata.

Fotos meramente ilustrativas

Fonte: Bio Mundo