Arquivo da tag: cabelos

Tricologista desaconselha deixar de lavar os cabelos durante a pandemia

Viviane Coutinho também recomenda continuar a hidratar os fios e deixar os secadores e pranchas de lado

thinkstock cabelo oleoso

O distanciamento social vem provocando mudanças nos costumes das pessoas. Uma delas é lavar menos os cabelos. Pesquisa feita por uma das maiores fabricantes de produtos de higiene do mundo (Unilever) aponta que as quarentenas diminuíram em até 25% a demanda por produtos como xampu e condicionador. A tricologista Viviane Coutinho desaconselha a medida.

“O cabelo é um dos nossos marcadores de saúde, mantê-los saudáveis é primordial . E uma ação superimportante é conservá-los limpos. Lembrando que o couro cabeludo é pele e retém sujidade. E, quando desequilibrado, pode gerar disfunções na saúde e futuras quedas. Um conselho que sempre dou é higienizá-lo mais neste período, pois ele também é um condutor de contaminação”, pontua a profissional.

Aliás, Viviane afirma que não podemos deixar de ter outros cuidados com os fios, como hidratação, na quarentena.

mulher cabelo oleoso

“Os nossos cabelos sofrem agressões físicas o tempo todo, como o pentear, a poluição, a água quente, o atrito com o travesseiro, o desembaraçar. E alguns cabelos sofrem, além disso, agressões químicas, perdendo nutrientes importantes para composição de fios saudáveis. Portanto, é essencial que nós devolvamos esses nutrientes para equilibrar novamente o cabelo”, esclarece a expert, que aconselha a deixar para depois os procedimentos que agridem os fios.

“Nesta época de pandemia, um conselho em que tenho dado é deixar os cabelos descansarem de tantos procedimentos, deixar de usar secadores e chapinhas, neste momento, faz com que eles sofram menos agressões. Se unir a isto a um cronograma capilar, entregando nutrientes, seus cabelos só irão te agradecer”, aconselha a tricologista.

Além de aconselhar a manter os cabelos limpos, a profissional faz outras recomendações para evitar que o novo coronavírus se aloje nos fios: “Se sair à rua, prendê-los ou usar touca e trocar fronha de dois em dois dias”.

Viviane também lembra que a alimentação é primordial para manter a nutrição dos cabelos em dia.

cabelo oleoso

“Lembrando que, como nossos cabelos são anexos do corpo, nossos estoques precisam estar bem para que eles recebam os nutrientes. Devemos acrescentar à nossa alimentação bastante proteínas (afinal, a maior parte dos fios são compostos por elas), legumes e verduras. Além de evitar gorduras, carboidratos e açúcares, que prejudicam a saúde capilar”, finaliza.

Fonte: Viviane Coutinho é pós-graduada em tricologia e terapia capilar pela Universidade Anhembi Morumbi; certificada pela Internation Association of Trichologists; Membro da Academia Brasileira de Tricologia; Docente da Academia Brasileira de Tricologia

 

S.O.S Bomba da Salon Line amplia linha antiqueda

Linha traz shampoo, condicionador e máscara para completar o portfólio

A marca S.O.S Bomba traz ao mercado novos produtos que, junto ao tônico fortalecedor antiqueda, completam o time de combate a queda. Os lançamentos apresentam um mix de ativos poderosos – creatina, queratina e biotina – que eliminam as pontas duplas, hidratam profundamente, deixam os fios mais fortes e garantem, comprovadamente, três vezes menos queda.

Os produtos da linha S.O.S Bomba Antiqueda são indicados para cabelos fragilizados e danificados que precisam de hidratação, restauração e fortalecimento nos fios.

sos bomba salon

Toda a linha está disponível nas principais farmácias e perfumarias, além do e-commerce Salon Line.

Aproveite a quarentena para assumir os cachos naturais

Condor ensina como fazer a transição capilar em casa e conquistar cabelos fortes e saudáveis

Condor---Escovas

Com o período de quarentena imposto pela pandemia de coronavírus, muitas brasileiras têm desenvolvido novos hábitos. Um deles é o cuidado com os cabelos. Com mais tempo em casa, as mulheres têm tomado coragem para mudar o visual, inclusive iniciando processos de transição capilar por conta própria. No entanto, esse procedimento é trabalhoso e exige cuidados especiais.

Para ter fios fortes, saudáveis e bonitos diariamente é importante investir em um cronograma capilar composto por tratamentos de hidratação, nutrição e reconstrução em dias intercalados. Independentemente do tipo de cabelo – ondulado, cacheado ou crespo, esses procedimentos devem ser realizados com cremes e máscaras para cabelo e podem ser feitos em casa sem dificuldade.

Durante todo o processo de transição e após conquistar os fios totalmente naturais é fundamental aplicar produtos específicos para tratar o seu tipo de fio. Há uma variedade de produtos específicos para cabelos cacheados e crespos que podem ser encomendados em sites de produtos de beleza ou comprados quando tiver que ir à farmácia ou ao supermercado.

Use o pente e escova certos

aquahair

Durante a transição, os fios ficam mais fragilizados, e por isso, é importante escolher um tipo de pente e de escova para desembaraçar delicadamente sem danificar. Os pentes mais indicados para os cabelos cacheados são os que possuem dentes mais largos e espaços maiores entre eles. A Condor possui pentes com cerdas espaçadas e que são ideais para desembaraçar fios molhados como os pentes das linhas Joy e Aquahair. O pente Aquahair, da Condor, é indicado para a aplicação de cremes e máscaras no cabelo ainda molhado.

joy

Já as melhores escovas são as que possuem espaços maiores entre as cerdas e pequenas bolinhas nas pontas. A Condor possui escovas raquete em formatos retangular e oval com cerdas sintéticas e pontas protetoras que massageiam o couro cabeludo como as escovas para cabelos das linhas Joy, Divas e Life Style.

Tenha paciência

gettyimages-viola davis
A atriz Viola Davis

A transição capilar é um processo demorado e que exige dedicação e paciência. Durante esse período procure se manter motivada e focada no resultado final. Busque inspiração em histórias de outras pessoas que também passaram pelo processo e aproveite o tempo em casa para pesquisar sobre produtos indicados, penteados e acessórios para usar durante a transição e para quando o cabelo estiver totalmente natural.

Evite o secador e a chapinha

secador de cabelo

Como os fios ficam fragilizados e o objetivo é deixá-los no formato natural, evite usar a chapinha e o secador. Esses aparelhos térmicos podem ajudar quando você quiser que o cabelo fique com uma textura mais uniforme. Porém, as altas temperaturas ressecam e danificam a estrutura dos fios.

Corte o cabelo

cortando o cabelo bonnie henderson
Foto: Bonnie Henderson

O objetivo da transição capilar é fazer com que o cabelo cresça naturalmente após períodos de procedimentos químicos. Durante o processo, o cabelo ficará com duas texturas diferentes, uma de tratamento químico e a outra de cabelo natural. Portanto, para que o cabelo cresça mais rápido é importante cortá-lo.

Para quem não gosta de cortes mais curtinhos, o ideal é ir tirando as pontas até que as partes alisadas sejam eliminadas de vez. Se você tem habilidades, dá para cortar as pontas seguindo tutoriais na internet. Mas se não estiver confortável, melhor esperar a quarentena acabar para cortar os fios em um salão de beleza. No entanto, você pode e deve seguir os demais passos da transição normalmente.

Fonte: Condor

L’Oréal ensina passo a passo para pintar os cabelos em casa

Com Imédia Excellence, Casting Crème Gloss, Nutrisse e Cor&Ton é possível colorir os cabelos sozinha sem medo de arriscar

Colorir os cabelos em casa pode não ser uma tarefa fácil, mas seguindo as instruções e usando os produtos certos, é possível transformar o visual ou retocar a raiz dos cabelos sozinha. Para mudanças sem medo de arriscar, a L’Oréal – detentora das marcas Imédia Excellence, Casting Crème Gloss, Nutrisse e Cor&Ton – preparou um passo a passo detalhado com dicas que irão ajudar a consumidora a entender tudo sobre o assunto e perder o medo de pintar os fios em casa.

Quem já mostrou que o procedimento pode ser feito sem precisar ir ao salão foi a Fernanda Gentil. A apresentadora ajudou sua esposa, Priscila Montandon, a retocar a raiz dos cabelos e registrou todo o processo em um vídeo compartilhado em seu perfil no Instagram. Para a missão, elas confiaram em Imédia Excellence, de L’Oréal Paris, e escolheram as nuances 6.0 e 7.1.

Antes de se jogar na coloração, seja para retocar a raiz ou para uma transformação total, é importante saber que dependendo do resultado desejado, uma descoloração pode ser necessária. As colorações tradicionais não clareiam mais de três tons e também não clareiam tintas previamente aplicadas. Ou seja, se o cabelo for escuro e o desejo for alcançar um tom platinado, ou se o cabelo já foi pintado de um tom mais escuro e o desejo for clarear, os fios terão que passar previamente por um processo de descoloração.

Outro ponto de atenção é que o resultado da coloração varia de acordo com o tom do cabelo de quem vai utilizá-la.

Além da escolha da nova cor para o cabelo, também é necessário saber por qual tipo de coloração optar. A L’Oréal conta com diversas opções e marcas de tinturas, que atendem a todas as preferências e cabem no bolso. São elas:

tintura-garnier-nutrisse-kit-creme-cor-40-tamarindo-castanho-a37

Garnier Nutrisse Creme conta com mais de 32 nuances, que vão do (vermelho ao preto, rosa, azul, etc), e é enriquecido com óleos de frutas. Só ele tem a gota poderosa, tecnologia que protege a fibra capilar do ressecamento e nutre enquanto colore. Para ativá-la, misture a Gota Poderosa e a Máscara Colorante no aplicador o Creme revelador.
Cada kit contém 1 aplicador com creme revelador (67,5ml); tubo com máscara colorante (45gr); 1 cápsula com concentrado nutritivo de óleo de fruta (4,5ml); 2 sachês com condicionador nutritivo (20ml cada) e 1 par de luvas. Preço sugerido R$ 18,50.

Niely Cor&Ton a coloração mais vendida do Brasil, permite a escolha entre 33 nuances, que vão do (vermelho ao preto, rosa, azul, etc). Acompanha sachê de tratamento FixaCor com pH baixo, que finaliza o processo de colorir selando as cutículas e deixando as cores mais firmes e duradouras, além de melhorar a textura e a maciez dos fios. A combinação perfeita do D-p anthenol, queratina, silicone e filtro UV garante também nutrição, brilho intenso e o aspecto saudável dos fios.

Cada mini kit contém 1 oxidante 75ml; 1 coloração creme 50g; 1 sachê de tratamento 10g; 1 par de luvas e 1 folheto explicativo. Preço sugerido de R$ 11,00.

Imédia Excellence, de L’Oréal Paris, conta com a nova rotina inspirada nos salões. Ela cuida da cor com o creme colorante protetor, do couro cabeludo com o novo shampoo cuidado profissional e do cabelo com o cuidado milagroso da cor, garantindo assim 100% de cobertura dos fios brancos com uma cor intensa e de longa duração. Aplicar o creme colorante protetor é o primeiro passo para garantir cor intensa.
Cada kit contém 1 bisnaga do creme colorante; 1 frasco do creme revelador; 1 sachê de shampoo; 1 pequena embalagem de condicionador; 1 par de luvas e 1 folheto explicativo Preço sugerido de R$22,90.

Casting Creme Gloss, a coloração Nutri-Brilho sem amônia de L’Oréal Paris, oferece cores luminosas com reflexos brilhantes, visíveis até mesmo em cabelos escuros, tudo isso com uma suavidade absoluta. Colore sem ressecar, garante mais cor e brilho e é compatível com outras químicas nos fios, inclusive para cabelos que sofreram corte químico. Além de ser perfeito para mulheres que nunca coloriram os cabelos, desde as que querem realçar a cor de seus cabelos com mais brilho, até as que querem esconder os cabelos brancos, mas gostariam de evitar a coloração permanente.

O kit contém 1 tubo de creme colorante sem amônia de 45g; 1 frasco aplicador do leite revelador de 67,5ml; 1 frasco de tratamento condicionador Nutri-Brilho enriquecido com Geleia Real de 40ml; 1 par de luvas e 1 folheto explicativo. Preço sugerido: R$ 24,90.

Após escolher a marca de coloração e a nova cor para as madeixas, o primeiro passo é fazer a prova de toque. Esse teste é feito para saber se o produto escolhido não causará nenhum tipo de alergia ou irritação na pele.

Passo a passo da prova de toque:
1º passo: Misture em um recipiente não metálico uma pequena quantidade (uma moeda de um real, aproximadamente) da coloração com a mesma quantidade de oxidante até formar uma mistura homogênea. Lembre-se que você deve tampar o tubo muito bem tampado para ele não oxidar.
2º passo: Retire um pouco do creme e aplique no antebraço ou atrás da orelha. Essa misturinha também vai servir para o Teste de Mecha.
3º passo: Espere de 35 a 40 minutos e depois lave o local com bastante água.
4º passo: Aguarde 24 horas se for coloração permanente e 48 horas se for coloração sem amônia. Se neste período surgir irritação da pele, coceira ou ardência no local ou na sua proximidade, o produto não poderá ser usado.

Após esse passo é necessário saber se as madeixas estão saudáveis para passar pelo processo químico de coloração. A recomendação do grupo L’Oréal é fazer um teste de mecha para testar a resistência do fio e aproveitar para observar como a cor se comportará no cabelo.

Modo de fazer o teste de mecha:
1º passo: Aplique o resto da mistura que foi usada na prova de toque em uma pequena mecha na parte de trás dos cabelos.
2º passo: Aguarde 40 minutos.
3º passo: Após o tempo de pausa, lave e seque a mecha. Faça a avaliação da cor obtida, o tempo de pausa e a reação dos cabelos.
4º passo: Se ocorrer aquecimento, quebra ou danos no fio por conta do uso de outros produtos anteriormente, a coloração não poderá ser aplicada. Caso isso não aconteça, o cabelo está apto a receber a tinta.

Se deu tudo no certo no teste de mecha o próximo passo é a preparação dos fios para receber a coloração. Para isso, o ideal é ficar até três dias sem lavar o cabelo com o objetivo de proteger o couro cabeludo da química.

PASSO A PASSO CORETON

Passo_a_Passo_Nutrisse_Prancheta 1

Passo a passo da aplicação da tintura:
1° passo: coloque as luvas disponíveis na caixinha, despeje todo conteúdo da bisnaga e do oxidante em um recipiente e misture até chegar a uma consistência homogênea. No caso de Imédia, de L’Oréal Paris, a mistura pode ser feite no frasco com aplicador.
2° passo: com os cabelos secos, comece por separar os fios em mechas de mais ou menos dois centímetros de espessura e aplique o produto na raiz, comprimento e pontas de forma uniforme, com um pincel específico ou os dedos. Se você estiver clareando o cabelo, respeite a distância de 2cm da raiz.
3° passo: penteie suavemente com o pente de dentes largos e massageie bem para espalhar a coloração.
4° passo: deixe a mistura agir nas madeixas pelo tempo indicado na caixinha, aproximadamente 40 minutos;
5° passo: terminado o tempo de pausa, enxágue completamente os fios no chuveiro, eliminando todo o produto.
6° passo: lave e hidrate com os itens que vem na caixinha conforme o recomendado por cada marca.

Após a coloração dos fios ter sido concluída com sucesso é necessário adotar alguns hábitos diários, para que a coloração dure por mais tempos, são eles:
– Evitar lavar o cabelo com água muito quente;
– Escolher shampoos cremosos e hidratantes ao invés de antirresíduos;
– Não esquecer o condicionador na lavagem;
– Fazer pelo menos uma hidratação capilar profunda por semana.

Para conhecer mais produtos e obter mais dicas de coloração em casa, acesse: Coreton / L’Oréal Paris / Garnier

Cosméticos e salões de beleza que podem fazer uma diferença positiva para o planeta

Nesta semana, comemoramos o Dia do Planeta (22 de abril). E agora que estamos em casa e temos mais tempo para cuidar do cabelo, pode ser também uma oportunidade para adquirirmos novos hábitos e, de quebra, ajudar o ecossistema. Uma das ações que podem gerar uma diferença positiva, por exemplo, é usar produtos que não agridam o meio ambiente, como sustentáveis e veganos.

Hoje em dia há várias opções no mercado e muitas com preços acessíveis para serem experimentadas, como a linha Love Beauty and Planet, composta por produtos com ingredientes naturais e que vêm em embalagens de plástico 100% reciclado e 100% reciclável.

E no meio de tantas possibilidades, surgem também diversos posicionamentos para no aproximar da natureza. Mas qual a diferença entre eles? O All Things Hair, canal de cabelos da Unilever, preparou um guia completo de termos para ajudar nessa escolha.

Nesse dia criado para despertar a consciência global de como o planeta deve ser cuidado de uma forma melhor, veja como você pode fazer a sua parte e conheça melhor as diferenças entre os diversos posicionamentos de produtos. Muitos cosméticos podem dividir características de um mesmo posicionamento, mas de forma geral abaixo seguem algumas das suas principais características.

cosmeticos naturais veganicos organicos

Cosmético vegano: não tem nenhum componente animal na fórmula.
Produtos orgânicos: 95% dos ingredientes são sem agrotóxicos ou outros agentes químicos, produzidos de forma sustentável.
Naturais: 95% dos ingredientes têm que ser naturais, mas não necessitam a certificação de orgânicos.
Cosméticos cruelty-free: não testados em animais

Salões eco-friendly

salão-de-beleza-sustentavel-782x439

Agora, se o seu objetivo, quando poder sair de casa, é ir a um salão de beleza cuidar do seu cabelo de uma forma eco-friendy, já há várias opções disponíveis. Atualmente existem vários salões sustentáveis que possibilitam uma experiência amiga da natureza. Nesses espaços, produtos que não foram testados em animais e feitos com pouca química estão entre as principais atrações.

Além disso, são salões que prezam pela reciclagem de materiais, controlando o que é jogado no lixo. Atualmente, eles estão presentes em diversas capitais brasileiras, como São Paulo, Belo Horizonte, Curitiba e Florianópolis. A Naturalista, Flamingos Non-Salão, Caule Ecosalão, Laces and Hair e Na Bahia são alguns dos locais que atendem à proposta sustentável.

Fonte: All Things Hair

 

 

Tabu lança shampoo a seco

Para aquelas mulheres que querem estar sempre com o visual em dia mesmo quando o tempo é curto, ou estamos em quarentena, a Dana Cosméticos vem para dar aquela força. A marca traz o Shampoo a seco da Tabu Collection para deixar os fios ainda mais cheirosos.

O produto age de forma eficaz e instantânea contra a oleosidade e aquele desconforto causado pelo suor. E com uma fragrância suave e refrescante, ajuda a trazer de volta a maciez e o movimento dos seus cabelos.

Possui uma embalagem prática que cabe na bolsa para que você possa cuidar dos cabelos aonde estiver. Basta agitar bem o produto e aplicar uniformemente, caso tenha problema com oleosidade pode ser aplicado diretamente na raiz.

O Shampoo a Seco está disponível em duas fragrâncias, Leve e Refrescante e Suave.

Informações: Dana Cosméticos

 

Como tirar o máximo proveito dos alimentos para deixar o cabelo mais forte e resistente

Seu cabelo também tem necessidades nutricionais e a dermatologista e tricologista Kédima Nassif separou as melhores dicas para ter um cabelo lindo e saudável

spaghetti_hair cabelo

Você já deve ter ouvido falar que a dieta é importante quando se trata de crescimento capilar, mas você sabe exatamente o porquê disso? “Como o cabelo não é um órgão ou tecido vital, seu corpo nunca priorizará suas necessidades nutricionais. Portanto, devido à natureza descartável do cabelo, um desequilíbrio nutricional geralmente afeta primeiro o cabelo, causando fraqueza e queda”, afirma Kédima Nassif, dermatologista e tricologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Associação Brasileira de Restauração Capilar.

Tanto as deficiências quanto os excessos de certas coisas em sua dieta podem resultar em perda de cabelo. Por exemplo, é possível ter perda de cabelo causada pela deficiência de ferro e ferritina (ferro armazenado) e também por excesso de vitamina A (encontrada em peixes oleosos, fígado, queijo etc.). A médica lista abaixo 7 cuidados com a dieta para se ter cabelos mais fortes:

mulher meia idade tomando agua

Hidratar o corpo: beba aproximadamente 1,5 a 2 litros de água por dia, dependendo do nível de atividade e do clima. Seu couro cabeludo assim como sua pele podem ficar desidratados, criando um ambiente de crescimento ruim.

freepik mulher comendo
Freepik

Faça lanches saudáveis: “A energia para formar células capilares diminui quatro horas após a refeição. Para manter os níveis de energia dos folículos, faça um lanche entre as refeições com carboidratos complexos e proteínas”, diz a médica.

ovos sanduiche saudavel

Invista forte nas proteínas: seu cabelo é composto principalmente de proteínas, portanto, incluir quantidades adequadas em sua dieta é vital para o crescimento do cabelo. “Alimentos que são boas fontes de proteínas são peixe, frango, carne magra, ovos, feijão, quinoa, tofu, legumes e nozes. O ovo por exemplo é um velho conhecido quando o assunto é saúde capilar, sendo incluído em receitas caseiras de hidratação dos fios. Sua boa “fama” vem do fato de que o ovo é rico em proteínas, ácidos graxos, aminoácidos essenciais, vitaminas e minerais como zinco, selênio e ferro. Esses micronutrientes são envolvidos nos processos de formação da fibra capilar e de multiplicação das células da raiz do cabelo, facilitando o processo. É por isso que o consumo de ovos contribui para sua saúde capilar”, diz a médica.

espinafre

Consuma ferro adequadamente: os níveis de ferritina (ferro armazenado) são extremamente importantes para o crescimento do cabelo. “Se sua dieta permitir, tente comer carne vermelha magra pelo menos duas vezes por semana. Caso contrário, tente adicionar um suplemento nutricional de ferro à dieta ou invista no espinafre, que tem altos níveis, um mineral crucial para a formação do cabelo e para o transporte do oxigênio no sangue, oxigênio esse que chega às raízes capilares favorecendo sua multiplicação e a presença de fios com bom crescimento e espessura”, diz a tricologista.

Smiling mature woman with orange juice at breakfast table outdoors

Cuidado com a falta de Vitamina C: o ferro só pode ser absorvido efetivamente se você o ingerir juntamente com a vitamina C. “Beba um copo de suco de laranja espremido na hora ou coma uma de suas frutas e legumes favoritos para ajudar na absorção de ferro”, diz a médica.

mulher comendo iogurte

Desconfie de laticínios: embora sejam ótima fonte de cálcio, os laticínios não são ideais para quem é propenso à caspa, eczema ou psoríase, pois podem exacerbar a doença. “Tente limitar o consumo de queijo e leite integral.”

mulher comendo salada de frutas botswana youth
Botswanayouth

Tenha uma dieta variada: tente não escolher as mesmas refeições ou alimentos todos os dias, muito menos seja restritivo demais ao comer. “Uma dieta variada ajudará a garantir que você esteja recebendo uma ampla variedade de vitaminas e minerais essenciais”, finaliza a médica.

Kédima Nassif é dermatologista e tricologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica e da Associação Brasileira de Restauração Capilar. Graduada em Medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais, possui Residência Médica em Dermatologia também pela UFMG; realizou complementação em Tricologia no Hospital do Servidor Público Municipal, transplante capilar pela FMABC e em Cosmiatria e Laser pela FMABC.

Ansiedade e estresse podem agravar quadros de caspa e queda de cabelo

Tricologista Viviane Coutinho elenca medidas para remediar a situação

De repente, ficamos sem poder sair de casa, ter encontros sociais e cumprir atividades rotineiras devido à pandemia da Covid-19. Uma experiência sem precedentes na história recente da humanidade. Segundo especialistas, tudo isso, somado a diversos outros medos causados pela doença, pode causar estresse e aumentar a ansiedade.

E as manifestações físicas podem acontecer até no couro cabeludo. Segundo a tricologista Viviane Coutinho, o estresse pode agravar casos de caspa.

“O estresse acaba debilitado às defesas naturais do corpo , impedindo que ele combata o excesso de fungos e bactérias, ocasionando o mau funcionamento do sistema capilar. O que gera inflamações, menor aporte sanguíneo, menor oxigenação e com isso menos chegada de nutrientes, ocorrendo um desequilíbrio na microbiota do couro cabeludo, instalando caspas, descamações, inflamações, levando a quadros de aumento de queda”, explica a profissional.

Além disso, o estresse e a ansiedade podem levar a um quadro de queda do cabelo.

cabelo queda

“O estresse e a ansiedade são fatores que influenciam diretamente o desenvolvimento do nosso ciclo capilar, alterando a chegada de nutrientes, a circulação sanguínea, aumentando processos inflamatórios e ocasionando quedas maiores. Sabendo disso, já podemos imaginar o quanto os nossos cabelos irão se apresentar após esse período todo que estamos vivendo”, esclarece a tricologista.

Viviane cita algumas medidas para combater a queda dos fios e quadros de caspa, causadas por fatores emocionais:

mulher lavando o cabelo

=manter os cabelos higienizados com frequência,

LUSH_Tratamento de Óleo Quente - Hair Doctor_R$57,00 (1)
=escolher cosméticos específicos para equilibrar o sistema capilar,

Honest-Monat-Hair- cabelo
=massagens de couro cabeludo para relaxar toda tensão,

mulher-comendo-saladaactivelife
=ter uma alimentação bem balanceada para repor nutrientes,

Depositphotos mulher pés exercicio ivan chernichkin
=fazer exercícios físicos para melhorar oxigenação,

mulher ouvindo musica fone de ouvido stocksnap pixabay
=manter a mente saudável.

“Para diminuir esse possível quadro é muito importante seguir as dicas acima. Em caso de dúvidas, o ideal é procurar ajuda profissional”, finaliza Viviane.

Dicas para aproveitar quarentena e cuidar do couro cabeludo, tornando fios mais saudáveis

Manter a saúde do couro cabeludo em dia é fundamental para ajudar na beleza, nutrição e crescimento dos fios. Tricologista Kédima Nassif dá dicas de cuidados com o couro cabeludo para realizar durante esse período de reclusão devido ao Covid-19.
Os cabelos são a moldura do rosto. Não é à toa que perdemos tanto tempo cuidando deles para garantir que permaneçam bonitos. Porém, muitas pessoas esquecem que para conquistar madeixas perfeitas é preciso também cuidar do couro cabeludo.

“Os fios nascem do couro cabeludo, e, por consequência, herdam dele tanto as qualidades quanto os defeitos. Se a região estiver com oleosidade em excesso ou constantemente suja, não há como os fios não passarem pelo mesmo problema”, explica Kédima, dermatologista e tricologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Associação Brasileira de Restauração Capilar.

Por isso, vale a pena aproveitar a quarentena pela qual estamos passando devido à pandemia do Coronavírus para cuidar não só dos cabelos, mas também do couro cabeludo e assim evitar problemas como caspa, descamação, enfraquecimento, queda e retardo no crescimento dos fios. Para ajudar nesse momento, a especialista deu sete dicas para conquistar um couro cabeludo forte e nutrido, que realçará a beleza dos seus fios. Confira:

mulher lavando o cabelo

Escolha o tipo certo de xampu e condicionador: “Cada tipo de cabelo possui suas particularidades e, por isso, precisam de produtos feitos especialmente para suas características. Então, muitas vezes, xampus e condicionadores de qualidade e da mesma linha são uma boa forma de promover excelentes resultados em um curto espaço de tempo.”

mulher banho quente chuveiro

Atenção na hora de lavar: na hora de higienizar o couro cabeludo, fique atento à temperatura da água. “A água muito quente estimula as glândulas sebáceas da região, responsáveis pela produção da oleosidade, que trabalharão mais que o normal, favorecendo o aparecimento de caspa”, afirma Kédima. Além disso, é importante tomar cuidado na hora de aplicar o shampoo e o condicionador. “Enquanto o primeiro deve ser usado apenas no couro cabeludo, deixando que apenas a espuma escorra pelas pontas, que possuem pouca oleosidade natural, o condicionador deve ser aplicado somente no comprimento e nas pontas, pois, quando utilizado no couro cabeludo, o produto pode obstruir a raiz dos fios e causar uma série de danos, como queda e caspa”, explica. A dermatologista ainda ressalta que o couro cabeludo deve ser bem enxaguado, pois o acúmulo de produtos na raiz dos cabelos também pode entupir os folículos pilosos do couro cabeludo, prejudicando a nutrição dos fios.

Woman applying conditioner after the shower

Aposte na hidratação: muita gente sofre com o ressecamento do couro cabeludo, principalmente agora com a chegada das estações mais frias e a queda de temperatura, o que pode causar descamação do couro cabeludo. “Por isso, é importante investir em produtos específicos para hidratar o couro cabeludo sem deixá-lo com aspecto ensebado e nem obstruir os poros do couro cabeludo. Princípios ativos como a ureia e o lactato de amônio, por exemplo, têm alto poder emoliente. Mas tenha cuidado: os produtos que hidratam o couro cabeludo não são os mesmos usados para hidratar os fios”, diz a tricologista.

dormir cabelo molhado

Seque os cabelos antes de dormir: aproveite o tempo sobrando que você tem enquanto está em reclusão para enxugar bem os cabelos após o banho, pois dormir com o cabelo molhado não prejudica apenas a força dos fios, mas também pode levar a uma série de problemas ao couro cabeludo, incluindo caspa, dermatite e infecções fúngicas. “Os cabelos molhados criam um ambiente ideal para a proliferação de fungos. Além disso, pode ocorrer alteração no pH da região, provocando infecções como a dermatite seborreica, cujos sintomas vão desde a caspa até feridas graves no couro cabelo e quedas dos fios”, reforça Kédima.

secador de cabelo

Cuidado ao utilizar o secador e a chapinha: segundo a especialista, embora existam produtos que minimizam o sofrimento dos fios causados pelo calor do secador e da chapinha, não há produto capaz de atenuar o dano sofrido pelo couro cabeludo. Logo, a única solução é ter cuidado ao realizar esses procedimentos. “Mantenha o secador a uma distância mínima de 30 centímetros da raiz e a chapinha a cerca de um centímetro e meio do couro cabeludo. Além disso, a chapinha não deve ser usada com muita frequência, pois é uma forte agressora dos fios e do couro cabeludo”, alerta a médica. Vale a pena aproveitar o período em casa para dar uma pausa no uso da chapinha.

tingir os fios

Atenção aos produtos químicos: qualquer procedimento químico, se não for feito do modo adequado, pode detonar os fios. E o mesmo vale para o couro cabeludo. O ideal então é que os processos sejam feitos com profissionais competentes e que o teste de sensibilidade seja feito antes da aplicação dos produtos. Como no momento a recomendação é que se permaneça em isolamento social, o ideal é não realizar procedimentos químicos nos fios, principalmente em casa.

Alimentos-que-auxiliam-a-digestao

Tenha uma boa alimentação: de acordo com a especialista, os fios de cabelo são compostos por substâncias que absorvemos através da alimentação. Por isso, uma dieta adequada é fundamental para que os nutrientes cheguem ao couro cabeludo e constituam um belo fio. “Aminoácidos e proteínas (carne, ovos e leite), por exemplo, estimulam o crescimento e o fortalecimento dos fios. Já o zinco, presente em nozes, frutos do mar e levedo de cerveja, estimula o crescimento e reduzem a oleosidade”, destaca.

Por fim, é importante ressaltar que, caso você note seus cabelos caindo ou extremamente fracos, o ideal é consultar um profissional especializado para não correr o risco de cuidar do couro cabeludo de maneira incorreta, pois nem sempre os problemas são aparentes. “As raízes dos cabelos podem esconder problemas graves, como eczema – uma descamação que começa como uma alergia comum -, psoríase ou até mesmo alopecia areata, que é uma das causas da queda de cabelo”, finaliza Kédima.

Fonte: Kédima Nassif é dermatologista e tricologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica e da Associação Brasileira de Restauração Capilar. Graduada em Medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais, possui Residência Médica em Dermatologia também pela UFMG; realizou complementação em Tricologia no Hospital do Servidor Público Municipal, transplante capilar pela FMABC e em Cosmiatria e Laser pela FMABC.

Coronavírus: mitos e verdades na relação entre Covid-19, pele, cabelos e unhas

Sociedade Brasileira de Dermatologia esclarece dúvidas importantes da população a fim de evitar impactos gerados pela desinformação sobre a doença

O crescimento das contaminações pelo novo coronavírus, causador da doença conhecida como Covid-19, é uma realidade no Brasil e no mundo. Em paralelo às informações a respeito do número de casos suspeitos, casos confirmados e mortes, circulam com muita força na internet, redes sociais e aplicativos de troca de mensagens, como o Whatsapp, inúmeras notícias sobre formas de prevenção, muitas vezes incompletas ou mal-intencionadas.

Então, como saber se o conteúdo recebido procede? Para esclarecer dúvidas e orientar a população, a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD) elencou 10 perguntas e respostas que envolvem pele, cabelos e unhas e informa o que é mito ou verdade.

“A instituição está atenta a todas as informações sobre o novo coronavírus. Estamos desenvolvendo diferentes protocolos e orientações para dermatologistas e pacientes, além de já termos publicado vários conteúdos sobre o tema nas redes sociais e no nosso site institucional”, explica o médico dermatologista Sérgio Palma, presidente da SBD.

Confira dúvidas frequentes relativas à prevenção e contaminação pelo novo coronavírus:

Água e sabão diminui o tempo de vida do novo coronavírus?

lavando maos lavar mãos pixabay
Verdade. Essa é a principal forma de desinfectar a pele em geral. Portanto, intensifique a lavagem, principalmente, do rosto, mãos e braços.

É necessário retirar toda a barba?

HOMEM BARBA PINTEREST
Pinterest

Mito. Retirar a barba facilita a limpeza e higiene na região, no entanto, não é preciso raspá-la. O importante é redobrar a limpeza e higiene da pele e pelo da área com água e sabão.

O álcool em gel 70% é um importante aliado na prevenção?

alcool gel cleanhandsja
Foto: Clean Hands JA

Verdade. Sim, porém, apesar da eficácia, seu uso em excesso resseca a pele. Faça uso apenas quando não for possível lavar as mãos e o braço com água e sabão.

Pode-se usar qualquer tipo de álcool na pele para a prevenção?

freepik alcool em gel
Freepik

Mito. A SBD orienta utilizar o álcool em gel 70% medicinal e nunca o de limpeza doméstica. Receitas caseiras também não funcionam.

Existe uma ordem para passar os produtos de cuidados com a pele?

hidrataçao mãos
Verdade. Siga o passo a passo: 1- álcool em gel 70% medicinal; 2- hidratante; 3- protetor solar; 4- repelente; 5- cosméticos.

A vacina da gripe previne contra a Covid-19?

vacina
Mito. A campanha de vacinação contra a gripe foi antecipada, mas ela não previne contra o novo coronavírus. Mas a vacinação evita que mais de uma epidemia aconteça ao mesmo tempo no país e garante que menos casos que necessitem de cuidados intensivos, aumentando os leitos para quem contrair a doença. No entanto, a recomendação é manter as vacinas em dia.

Tratamento com isotretinoína oral para acne grave não deve ser suspenso?

acne mulher mnt
Verdade. Não há, até o momento, relação de uso do medicamento em pacientes com acne e riscos de infecção ou de alteração na evolução do micro-organismo causador da Covid-19. Portanto, atualmente, orienta-se a manutenção do tratamento em curso.

Devo cortar o cabelo ou andar sempre de cabelo preso?

trança de lado e coque
Mito. Essa é uma orientação válida para os médicos que, geralmente, colocam a mão no cabelo e, após, na máscara. Para a população, a medida não possui eficácia. O importante é manter os fios limpos.

Pacientes com hanseníase não precisam parar protocolo de tratamento?

hanseníase-770x416
Verdade. A orientação da SBD é que o protocolo de tratamento do Programa de Saúde Pública, sob responsabilidade do Ministério da Saúde (MS), seja mantido. Até o momento, não existem conhecimentos científicos disponíveis de interações do coronavírus com os protocolos clínicos da doença.

Manter as unhas curtas não previne a contaminação?

maos-unhas
Mito. Cortar as unhas, pelo menos neste momento, facilitará a limpeza, principalmente na parte de baixo, onde é difícil de higienizar adequadamente. Unhas muito longas, sejam naturais ou artificiais, comprometem a limpeza total das mãos, umas das principais regiões do corpo que entram em contato com superfícies.

Mais dúvidas? Ligue gratuitamente para a Ouvidoria-Geral do Sistema Único de Saúde (OUVSUS) pelo telefone 136. Além disso, procure se informar por meio de canais de comunicação oficiais, como o Ministério da Saúde (MS), secretarias municipais de saúde e sociedades médicas de especialidades, como a Sociedade Brasileira de Dermatologia (SBD). Essa é uma medida importante para confirmar a procedência dos conteúdos que você recebe sobre o assunto e evitar o compartilhamento de informações não qualificadas, ou as chamadas fake news, sobre o coronavírus.