Arquivo da tag: cálcio

Quem tem deficiência de ferro e falta de cálcio não deve ingerir café junto das principais refeições

Os fanáticos por café se deliciam com a bebida principalmente no início ou logo após as refeições. Isso pode ser especialmente danoso para quem sofre de carências nutricionais

Muitos amam e não vivem sem, outros são extremamente sensíveis a uma pequena xícara. Mas é necessário ter cautela com o consumo dessa bebida, que pode ajudar a causar deficiências nutricionais. “Substâncias presentes no café, como taninos e cafeína, podem comprometer a absorção de ferro, um nutriente presente nas carnes, vegetais folhosos e feijões, geralmente consumidos nas principais refeições; além de prevenir a anemia, esse nutriente funciona também como um combustível para que a hemoglobina, célula do sangue, transporte o oxigênio para todo o corpo, da cabeça aos pés. Por isso que sua deficiência pode impactar na queda capilar, palidez da pele e formigamento das pernas”, diz a médica nutróloga Marcella Garcez, diretora e professora da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran).

Por esse motivo, para as pessoas com carências do mineral, a médica explica que o ideal é beber café duas horas antes ou depois das principais refeições para não prejudicar a absorção.

Stock Photo

Segundo Marcella, outra combinação que requer atenção, principalmente para crianças, gestantes, lactantes, idosos e mulheres na menopausa, é o pingado: café com leite. “O café também pode interferir na absorção de cálcio e, enquanto os idosos têm maior tendência à diminuição desse nutriente, as crianças têm necessidades elevadas desse nutriente como resultado do intenso desenvolvimento ósseo e muscular”, afirma a médica.

Entre os principais sintomas da falta de cálcio estão a confusão mental, espasmos musculares, fraqueza dos ossos, e formigamento nas mãos e pés. “Além do cuidado com a absorção de cálcio por crianças e gestantes, esses grupos são muito mais sensíveis à cafeína, que a população em geral, portanto devem consumir quantidades muito restritas. Lembrando que crianças menores de 12 anos têm contraindicação de consumo de qualquer bebida que contenha cafeína.”

Outro nutriente cuja absorção pode ser comprometida é a vitamina C, então o café deve ficar longe também de suco e vitamina batida de frutas cítricas, para não dificultar a assimilação desse nutriente. “É necessário estar atento também, pois a cafeína está presente também em chás, como o mate e o verde, e refrigerantes à base de cola”, diz a médica.

No entanto, não é necessário eliminar de vez a cafeína da sua vida, até porque para muitos ela pode trazer benefícios, desde que consumida com moderação. “Recomendamos um consumo de uma a quatro xícaras de café por dia, recém preparado, não adoçado, sempre respeitando as necessidades individuais de cada paciente”, afirma a médica, acrescentando que a melhor forma de ingestão varia de acordo com o gosto de cada pessoa, podendo ser quente, frio, fresco ou gelado.

“A maneira mais saborosa e saudável de obter os benefícios do café é moendo os grãos imediatamente antes do preparo e consumo que deve ocorrer logo depois. Para aproveitar os benefícios da bebida o ideal é que seja sem açúcar ou adoçante”, diz a médica. “É necessário ter cuidado com o consumo excessivo, que pode levar à dependência das substâncias estimulantes do café, além de consequências indesejadas, como problemas de digestão e gástricos, alterações de ritmo cardíaco e pressão arterial, agitação emocional e distúrbios do sono”, finaliza.

Fonte: Marcella Garcez é médica nutróloga, Mestre em Ciências da Saúde pela Escola de Medicina da PUCPR, Diretora da Associação Brasileira de Nutrologia e Docente do Curso Nacional de Nutrologia da Abran. A médica é Membro da Câmara Técnica de Nutrologia do CRMPR, Coordenadora da Liga Acadêmica de Nutrologia do Paraná e Pesquisadora em Suplementos Alimentares no Serviço de Nutrologia do Hospital do Servidor Público de São Paulo.

Receitas de mingau de aveia com a nova bebida da A Tal da Castanha

A nova bebida de Aveia lançada pela A Tal da Castanha é a primeira do portfólio da marca que não leva castanhas. Diferente das demais no mercado, sua combinação de apenas quatro ingredientes é rica em cálcio e dispensa soja, lácteos, glúten, conservantes e o óleo. Tudo pensado para ser o mais natural e leve possível.

Um copo de 200ml, por exemplo, entrega 400mg de cálcio. Isso quer dizer que ingerindo uma porção é possível garantir 40% do valor diário recomendado. Por não ser de origem animal, o produto é livre de colesterol. Abaixo, duas receitas de Mingau de Aveia com Frutas da empresária Amélia Whitaker. O preparo rápido e simples para deixar o café da manhã ou o lanche da tarde ainda mais nutritivo. Confira:

Mingau de Aveia com Frutas 1

Ingredientes:
• 2 xícaras da Bebida de Aveia da A Tal da Castanha;
• 3 colheres (sopa) de açúcar de coco;
• 1 xícara de aveia em flocos;
• 1 colher (chá) de canela;
• 1 colher (sopa) de uvas-passas;
• ½ colher (chá) de noz-moscada ralada na hora;
• Opcional: 1 scoop de proteína vegetal de sua preferência (sabor neutro).

Modo de preparo:
Coloque a aveia de molho em uma xícara da bebida vegetal, mexa e reserve. Aqueça o restante da bebida em uma panela e, quando começar a ferver, coloque a mistura que você reservou. Acrescente o açúcar de coco e os demais ingredientes e siga mexendo sempre em fogo baixo. Caso precise, vá adicionando mais bebida, até atingir a consistência desejada. Sirva quente com frutas vermelhas,banana, mirtilos e outros acréscimos de sua preferência.

Mingau de Aveia com Frutas 2

Foto: Alisa Farov

Ingredientes:
• 200 ml da Bebida de Aveia da A Tal da Castanha;
• 3 colheres de sopa de aveia em flocos;
• 1 colher de sopa de chia;
• 3 figos secos, picados;
• 1 pera pequena, picada;
• Adoçante, se houver necessidade.
Modo de preparo:
Deixe a chia e a aveia de molho durante a noite na bebida vegetal. Em uma panela pequena, coloque o mix da geladeira em fogo médio. Quando aquecido, adicione os figos e a pera. Cozinhe por mais um minuto ou um pouco mais, mexendo sempre. Remova do fogo, coloque em uma tigela e regue com o adoçante, caso seja necessário. Sirva quente ou morno com frutas e lascas de coco.

Fonte: A Tal da Castanha

Gosta de leite vegetal? Conheça a opção mais nutritiva com cálcio em sua composição

Se há alguns anos o leite vegetal era sinônimo de bebida feita de soja, hoje a variedade presente nas prateleiras dos supermercados é muito mais nutritiva fazendo com que mais pessoas repensem o consumo do leite animal. Com grande presença em São Paulo, A Tal da Castanha apresenta em seu portfólio bebidas à base de castanha-de-cajú, castanha–do-pará, coco, amêndoa, amendoim, além de combinações entre um ingrediente e outro.

O Mixed Nuts, por exemplo, é o leite vegetal mais nutritivo da marca com apenas seis ingredientes: castanha- de-caju, amêndoa, castanha-do-pará, cálcio, proteína da ervilha e água.

Sunnysun0804/Pixabay

=A castanha-de-caju é o blend da bebida. Ela adiciona proteínas de boa qualidade e são uma ótima fonte de boas gorduras e minerais;

Foto: Clara Sander/Pixabay

=A amêndoa é amada no mundo todo, e não seria por menos. Ela tem um sabor suave, possui nutrientes como a vitamina E e o magnésio;

Pixabay

=A castanha-do-pará entrega sabor e fornece 100% do que você precisa de selênio em um dia inteiro;

Foto: MegUnprocessed

=O cálcio foi adicionado aqui para tornar essa bebida rica do nutriente, substituindo totalmente outras fontes de cálcio animal;

Rachel Gorjestani/Pixabay

=A proteína de ervilha, como o próprio nome sugere, oferece boas quantidades de proteínas provenientes de origem vegetal;

Romy Michaud/Pixabay

=A água está presente para tornar essa bebida realidade.

Todos os produtos A Tal da Castanha são livres de ingredientes de origem animal, portanto são ideais para veganos e vegetarianos, além também atender ao público alérgico e intolerante ao leite de vaca.

Fonte: A Tal da Castanha

Dia mundial do leite: dez razões para consumi-lo em todas as fases da vida

Ontem, 1º de junho, foi comemorado o Dia Mundial do Leite. Alimento rico em nutrientes, como cálcio, vitamina D, fósforo, proteínas e gorduras que, além de promover o equilíbrio de outros nutrientes, comprovadamente fortalecem ossos e os dentes, músculos e vasos sanguíneos.

“O incentivo ao consumo de lácteos deve ocorrer em todas as fases da vida, uma vez que estes alimentos entregam vários benefícios para a saúde, além de preservar um padrão dietético mais saudável”, destaca Ana Paula Del’Arco, nutricionista e consultora da Associação Brasileira de Laticínios (Viva Lácteos).

Não se alimente de mitos

O adulto não deve tomar leite. Isso é um mito. Os nutrientes do leite, proteínas, cálcio, vitaminas e outros minerais, são essenciais em todas as fases da vida. O consumo de cálcio é vital para manter seu nível estável no sangue, se não, o organismo consome o cálcio dos ossos, gerando osteoporose, por exemplo. O leite é considerado um alimento completo por conter proteínas, fósforo, potássio e zinco, ser a maior fonte de cálcio e importante fonte de vitaminas A ,D, B2 e B12. O leite pode contribuir ainda para prevenção de doenças do coração, diabetes e controla nível de colesterol no sangue. A recomendação da Organização Mundial de Saúde é de três porções por dia de lácteos.

Existem 10 razões para manter leite e seus derivados na dieta durante todas as fases da vida:

raspberries framboesa iogurte vermelha

1 – Reconhecimento mundial: os guias alimentares do Reino Unido e Estados Unidos reforçam a necessidade do consumo de lácteos. Além das refeições principais, o guia alimentar do Brasil traz a composição dos lanches intermediários ou pequenas refeições (como citado no guia), onde os lácteos recebem destaque, principalmente o leite e o iogurte natural.

2 – Alta concentração de nutrientes:  lácteos têm relevância como uma das principais fontes de cálcio na alimentação, quando consideradas as quantidades e percentual de absorção. O cálcio exerce papel fundamental na regulação de processos intracelulares, além de ser essencial para a saúde óssea.

3 – Cálcio para todas as fases da vida: é um importante destaque nutricional dos lácteos. Sua relevância como principais fontes de cálcio na alimentação, ou seja, exerce papel fundamental na regulação de processos intracelulares, além de ser essencial para a saúde óssea.

4 – E mais do que cálcio: leite é uma fonte importante de proteínas, vitaminas, gorduras, que compreendem uma gama riquíssima de nutrientes de alto valor biológico e fundamentais para o ser humano.

5 – Integra o rol de nutrientes necessários para o funcionamento do corpo humano: lácteos são reconhecidos pelos atributos nutricionais, por serem fontes importantes de proteína de alto valor biológico, com todos os aminoácidos essenciais, sendo as proteínas lácteas compostas pelas caseínas (que são proteínas altamente estáveis e não são facilmente alteradas pelo calor) e pelas proteínas do soro, que representam 20% das proteínas lácteas e se destacam por sua importância na síntese de proteínas sanguíneas e teciduais.

6 – Para a infância: desde o nascimento, o bebê inicia a fase láctea, já que a amamentação é a via de alimentação do bebê; seja amamentação com leite materno ou por meio de fórmulas lácteas. Estimular essa fase é muito importante, uma vez que qualquer deficiência nutricional pode ser grave e afetar o desenvolvimento de algum sistema orgânico.

dieta-fibras-e-probioticos

7 – Controle da obesidade: os lácteos ajudam na prevenção do ganho de peso desordenado. Uma revisão de 10 estudos sobre o tema, publicados com 3 anos de seguimento em média e envolvendo 46 mil crianças e adolescentes, verificou que aquelas com maior consumo de lácteos estavam 38% menos propensas a ter excesso de peso na infância. Ainda, este estudo verificou que pode haver redução do risco de sobrepeso e obesidade em 13%, com o aumento do consumo de 1 porção de lácteo ao dia. O desenvolvimento de hábitos saudáveis engloba uma alimentação saudável, qualidade de sono adequada e prática suficiente de atividade física na infância. Esta revisão de estudos foi realizada em 2016 pelo Departamento de Nutrição Clínica do Hospital Xin Hua Hospital, Faculdade de Medicina de Xangai e a Jiao Tong University em Xangai, China.

8 – Na adolescência: até a puberdade, durante a adolescência, o corpo requer o aporte adequado de nutrientes, sobretudo cálcio, pois os ossos continuam crescendo. Segundo as recomendações do Institute of Medicine (IOM) o cálcio é de fundamental importância e relevância nesta fase da vida, onde o ser humano completa sua formação biológica. “O consumo de lácteos é muito importante também na adolescência para o desenvolvimento e a consolidação da matriz óssea, que garante a dureza e o crescimento sadio dos ossos, reduzindo o risco de desenvolvimento de osteoporose e outras doenças ósseas no futuro”, alerta Ana Paula.

mulher tomando probiotico foto alamy
Foto: Alamy

9 – No mundo, a população está envelhecendo: estima-se que em 2050, 20% a população mundial tenha mais de 60 anos. Para que o envelhecer venha junto com uma boa qualidade de vida, a alimentação equilibrada é fundamental. Sendo assim, os lácteos são ótimas opções de alimentos que entregam nutrientes e características sensoriais que são fundamentais e adequadas para os idosos.

10 – Produtos lácteos fermentados: têm papel importante no processo de prevenção de diabetes, por estarem relacionados com a microbiota intestinal, envolvida no contexto da síndrome metabólica e do diabetes.

Fonte: Viva Lácteos

 

 

 

 

Baixo consumo de alimentos ricos em cálcio aumenta casos de osteoporose

Segundo estimativa da Fundação Internacional de Osteoporose (IOF), uma em cada três mulheres e um em cada cinco homens, com mais de 50 anos, sofrerá uma fratura devido à fragilidade óssea. No Brasil, estima-se que a osteoporose acometa cerca de 10 milhões de pessoas.

Relacionada ao envelhecimento, a doença atinge 25% das mulheres brasileiras acima de 50 anos e que já passaram pela menopausa. Por outro lado, 10% dos homens sofrem do problema, sendo a principal faixa etária a partir dos 65 anos, de acordo com a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM).

Considerada silenciosa, grave e progressiva, a doença só costuma ser percebida quando o paciente sofre uma fratura, geralmente no punho, na coluna ou no quadril. “Em alguns casos, uma leve queda pode fraturar o colo do fêmur (quadril), incapacitando a pessoa de andar. Por isso, a recomendação é se prevenir, especialmente pelo consumo de quantidades adequadas de cálcio, adequação de vitamina D, prática de atividade física e evitando fatores de risco para esta doença”, esclarece a ginecologista e presidente da Comissão Nacional Especializada em Osteoporose da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo), Adriana Orcesi Pedro.

A importância do cálcio na prevenção da osteoporose

Osteoporosis 1a

Para prevenir a doença, a Organização Mundial da Saúde (OMS) e a IOF recomendam o consumo diário de pelo menos 1 grama de cálcio. Entretanto, a quantidade varia conforme a idade ou o período pelo qual a pessoa está passando.

De acordo com a especialista, na infância, quando a atenção está voltada para a taxa de aquisição óssea, a criança precisa ingerir entre 0,7 e 1 g/dia. Durante a adolescência, que é marcada pelo crescimento e mineralização dos ossos, a necessidade sobe para 1,3 g/dia.

Mulheres na 20ª semana de gestação precisam ingerir entre 1,5 e 2,0 g/dia de cálcio, enquanto na lactação o valor indicado é de 1,5 g/dia. Já na menopausa e terceira idade, quantidade diária de cálcio recomendada é de 1,2 g/dia.

Suplementação reforça quantidade ideal do mineral

getty images laticinios

Não basta ter uma dieta com alimentos ricos em cálcio, como leite e seus derivados: é preciso reduzir o consumo de substâncias que facilitam a eliminação do mineral pela urina, como sódio, açúcar, cafeína, ácido fosfórico (utilizado em bebidas gasosas), gordura e proteína animal em excesso. Praticar atividades físicas ao ar livre, especialmente sob o sol, ajuda na sintetização da vitamina D e facilita a fixação do cálcio.

A médica aponta também a ingestão de suplementos de cálcio, especialmente quando há déficit do mineral no organismo. “O consumo de alimentos ricos em cálcio pela população brasileira é baixo, não atingindo nem metade da recomendação diária recomendada, por isso a suplementação é importante, especialmente a partir do período da menopausa”, pontua.

inelate.jpg

Para auxiliar na suplementação diária de cálcio e vitamina D, o Aché Laboratórios Farmacêuticos apresenta o nutracêutico Inelatte. Único do mercado em tabletes mastigáveis com 50% do cálcio diário (na versão Zero açúcar) e exclusiva fórmula com minerais do leite e TADS (tecnologia que garante alta e rápida dissolução), é indicado para complementar a ingestão do mineral, auxiliando na prevenção da perda de massa óssea de forma prática, eficaz e saborosa. Disponível nas versões Chocolate, Chocolate Zero açúcar e Cappuccino Zero açúcar.

Fonte: Aché Laboratórios Farmacêuticos

Mitos e verdades sobre o cálcio

Um dos minerais mais importantes para o organismo, o cálcio auxilia na formação e manutenção dos dentes e dos ossos. No entanto, ainda existem alguns mitos sobre o seu consumo

O cálcio é um nutriente fundamental para o organismo. Embora sua principal função esteja relacionada à formação e manutenção de dentes e ossos, ele também auxilia na contração muscular, na pressão arterial, na coagulação e na transmissão de mensagens no interior das células. E, apesar de sua importância ser amplamente divulgada, muitas informações que não são inteiramente verdadeiras também são difundidas.

A ginecologista e presidente da Comissão Nacional Especializada em Osteoporose da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo), Adriana Orcesi Pedro, esclarece seis questões-chave sobre o cálcio e sua importância para o organismo:

OSSOS

-É o mineral presente em maior quantidade no organismo? Verdade. Estima-se que 1% a 2% do peso de um adulto seja composto pelo nutriente, sendo que 99% está nos dentes e nos ossos.

mulher tomando leite

-O leite e seus derivados são as principais fontes de cálcio da dieta para o corpo humano? Verdade. O leite e seus derivados são as principais fontes de cálcio, representando 80% de uma alimentação adequada em cálcio, tanto que especialistas recomendam a quem tem osteopenia e osteoporose uma dieta rica nesses alimentos, com pelo menos três porções diárias.

suplementos vitaminas Jeltovski
Foto: Jeltovski

-Suplementos de cálcio não contêm quantidades adequadas do mineral? Mito. Suplementos de cálcio contêm a quantidade necessária do mineral, tanto que muitos médicos prescrevem para pacientes que têm déficit da substância no organismo. Atualmente, há opções no mercado que oferecem quase a metade da ingestão diária recomendada em apenas um tablete ou comprimido.

copo-leite

-Leite integral e desnatado têm o mesmo nível de cálcio? Verdade. Um litro de leite desnatado contém a mesma quantidade de cálcio do que a versão integral (1000 mg). Portanto, o fato de ter menos gordura não interfere no nível do mineral no alimento. Além disso, existem opções dietéticas de leite que são enriquecidas com cálcio.

osteoporosis221

-A menopausa pode fazer com que os ossos das mulheres percam cálcio? Verdade. As alterações hormonais da menopausa levam à diminuição do nível de estrógeno, que ajuda a proteger os ossos de forma natural. Com isso, há uma desmineralização óssea mais acelerada. Para reduzir o risco de osteoporose, muitos médicos recomendam, além de uma dieta rica em cálcio, a ingestão de suplementos desse mineral e de vitamina D durante a terapia de reposição hormonal, principalmente para mulheres que não conseguem manter uma dieta com a quantidade necessária do nutriente.

exercicios

-Para manter bons níveis de cálcio no organismo, basta ingerir alimentos ricos no mineral? Mito. Além de incluir alimentos ricos em cálcio no cardápio, é preciso diminuir a ingestão de substâncias que facilitam sua eliminação pela urina. São eles: sódio, açúcar, cafeína, ácido fosfórico (utilizado em bebidas gasosas), gordura e proteína animal em excesso. Outro hábito importante é praticar atividades físicas ao ar livre, já que o sol ajuda na sintetização da vitamina D, facilitando a fixação do cálcio.

Suplementação diária

inelatte

Para auxiliar na suplementação diária de cálcio e vitamina D, o Aché Laboratórios Farmacêuticos apresenta o nutracêutico Inelatte. Único do mercado em tabletes mastigáveis com 50% do cálcio diário (na versão Zero açúcar) e exclusiva fórmula com minerais do leite e TADS (tecnologia que garante alta e rápida dissolução), é indicado para complementar a ingestão do mineral, auxiliando na prevenção da perda de massa óssea de forma prática, eficaz e saborosa. Disponível nas versões Chocolate, Chocolate Zero açúcar e Cappuccino Zero açúcar.

Fonte: Aché

 

O magnésio e seus principais benefícios para o organismo e o humor

Um mineral importante para o bom funcionamento de diferentes funções do corpo humano, o magnésio é reconhecido por oferecer vários benefícios: retarda o envelhecimento, diminui a fadiga muscular, contribui para o bom funcionamento do sistema cardiovascular e, um estudo científico realizado recentemente nos Estados Unidos, aponta que ele ajuda a combater os sintomas da depressão.

Banana, espinafre, couve, amêndoas e nozes são fontes naturais de magnésio, que também é comercializado em cápsulas, como o suplemento Schraiber, cujo preço médio é de R$ 45,00.

Magnésio - Schraiber - 60caps 650

A empresa tem ainda as opções combinadas como outros nutrientes, como Suplemento Schraiber Cálcio de Ostras com vitaminas D, magnésio e zinco (Preço: R$ 42,00).

Calcio de Ostras

E a opção vegana Suplemento Schraiber de Cálcio e Magnésio à base de Dolomita (R$ 29,00).

Dolomita2

Dica:  converse a respeito com seu médico antes de começar a tomar suplementos.

Informações: Schraiber

 

Molico lança fórmula especial pensando na mulher brasileira

O leite em pó da marca passa a ter 80% mais cálcio, além de ser o único da categoria com magnésio e vitaminas do complexo B

Segundo dados da POF (Pesquisa de Orçamento Familiar, 2008/2009) existe uma prevalência de inadequação no consumo de vitaminas e minerais pelas mulheres brasileiras. Dentre eles: 99% não consome a quantidade diária recomendada de cálcio, 100% possui inadequação no consumo de Vitamina D, além do baixo consumo de Magnésio com 91%, Vitamina A com 72% e Ferro com 26,5%.

Pensando nisso, a Molico investiu na melhoria de sua fórmula para auxiliar a suprir as necessidades nutricionais da mulher brasileira. Essa nova combinação de vitaminas e minerais pode estar relacionada com vários benefícios. Como, por exemplo, cálcio, vitamina D e Magnésio são importantes na produção e manutenção dos ossos, contribuindo para a prevenção da osteoporose; as vitaminas A e C têm um papel relevante para o bom funcionamento do sistema imunológico – pois a presença do ferro, associado com a vitamina C melhora sua absorção, e juntamente com as vitaminas do Complexo B contribuem para proporcionar energia e disposição que toda mulher moderna deseja.

molico.png

Informações: Molico

Suplementos para melhorar insônia, depressão e osteoporose

Para complementar a Elixir, marca própria de produtos de saúde e beleza especialmente dedicados às mulheres acima dos 30 anos, o Mundo Verde, maior rede de lojas especializadas em produtos naturais e orgânicos da América Latina, acaba de lançar mais quinze produtos, incluindo uma nova linha, a Osteo.

A marca Elixir foi criada para atender às principais necessidades femininas a partir de seis linhas – Elixir Antiox, desenvolvida para desacelerar o envelhecimento precoce; Elixir Beauty, para o cuidado da pele, unhas e cabelos; Elixir Vita, voltada para o cuidado da saúde feminina; Elixir Slim, para o controle do peso; Elixir Digest, para a melhora da saúde digestiva e intestinal; e Elixir Osteo, com produtos para a manutenção e prevenção da saúde óssea.

Nesta segunda fase de lançamento da marca, chega às lojas a linha Osteo, formada inicialmente por três produtos. O suplemento de Cálcio e Vitamina D une esses dois nutrientes que ajudam na prevenção e tratamento da osteoporose e diminuem a dor crônica em ossos e músculos.

Cálcio e Vitamina D

O Cloreto de Magnésio melhora a saúde óssea, previne e trata câimbras, além de reduzir crises de enxaqueca e diminuir os sintomas da depressão, TPM e hiperatividade.

Cloreto de Magnésio

Por fim, o Colágeno Tipo 2, é uma das inovações da linha para melhorar a saúde das articulações – é o primeiro produto em cápsula do mercado nacional para venda fora de farmácias. Ele auxilia na reconstrução das cartilagens, diminui as dores das articulações, devolvendo sua mobilidade e ajudando no tratamento de doenças como osteoartrite, artrose e tendinite.

Colágeno tipo 2

Um outro destaque dos novos produtos Elixir é o Sleep Ative, um suplemento de triptofano para melhorar a qualidade do sono. “Distúrbios no sono podem causar diversos problemas de saúde, como o aumento do risco de doenças como diabetes, obesidade e hipertensão, além de irritabilidade, perda de concentração, aumento de peso e piora no rendimento físico e mental. O triptofano é um aminoácido que, depois de ingerido, é transformado em serotonina e melatonina, contribuindo para um sono tranquilo”, explicou a Gerente de Nutrição e Desenvolvimento de Produtos do Mundo Verde, Flávia Morais. O Sleep Ative também alivia os sintomas da depressão, melhora o humor, reduz a agressividade, ajuda a diminuir o apetite e trata sintomas de TPM.

Sleep Ative - Fase 2

As linhas Beauty, Vita e Slim também ganharam mais produtos na segunda fase. Uma das apostas para ajudar no emagrecimento é a Spirulina Havaina, suplemento originado de uma alga verde azulada, que ajuda a eliminar as toxinas do organismo e também previne o envelhecimento precoce. A spirulina pode ser encontrada em diversas regiões, mas do Mundo Verde tem o diferencial em sua origem – por ser havaiana, ela é livre de metais pesados tais como o chumbo, o mercúrio e o alumínio. A ingestão desses metais que se acumulam no corpo ao longo da vida pode causar doenças como Alzheimer e Câncer.

Spirulina Havaiana Elixir - Fase 2

O desenvolvimento da marca Elixir faz parte da estratégia de negócios do Mundo Verde de investir mais em marcas próprias – a meta para 2017 é de que elas representem 15% da receita. Além de utilizar ingredientes premium para a alta qualidade dos produtos, a rede também investiu em cápsulas vegetais para a maioria das novidades desta segunda fase. “Dessa forma, os produtos podem ser consumidos por vegetarianos, e para quem sofre de dor de estômago, já que as cápsulas de origem vegetal são menos agressivas, porque dissolvem mais rápido”, afirmou Flávia.

Informações: Mundo Verde

Nova linha completa de suplementos chega ao mercado

O mercado brasileiro de suplementação alimentar é relativamente novo e tem muito a crescer, motivado pelas mudanças nos hábitos da população, cada vez mais preocupada com qualidade de vida. De acordo com pesquisa realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), a ingestão inadequada de certos nutrientes essenciais para a saúde é algo que ocorre em todo o país. Devido, muitas vezes, à dificuldade de inserir tais alimentos na dieta diária.

Daí a importância dos suplementos nutricionais, como os que a Liteé coloca agora à disposição dos consumidores, em drogarias, perfumarias, healthfood shops e via consultores de vendas. “Criamos uma linha de produtos que visa reduzir os impactos de hábitos alimentares insatisfatórios, a fim de equilibrar a nutrição do consumidor, proporcionando bem-estar e praticidade”, afirma Marcos Avelar, sócio da Liteé.

Criada há três anos, a Liteé apresenta ao público novas fórmulas, desenvolvidas com ingredientes criteriosamente dosados e selecionados para assegurar um rigoroso padrão de qualidade. Todas as linhas de produção, bem como os laboratórios de desenvolvimento, seguem os mais altos padrões internacionais de qualidade.

Entre os destaques da linha atual, está o suplemento Actife, criado para ajudar em uma das queixas mais frequentes relatadas tanto em bate papos informais quanto nos consultórios médicos, a constipação intestinal ou prisão de ventre. Uma vez que a alimentação correta é fundamental para o bom funcionamento do intestino, o Actife® fornece suplementação nutricional capaz de equilibrar o organismo de maneira natural.

Para aqueles que enfrentam dificuldades na hora do sono, a Liteé apresenta o Zzzz, suplemento nutricional que reduz os efeitos do estresse oxidativo, e ajuda a controlar o excesso de cortisol no organismo. O cortisol é um hormônio diretamente relacionado com o estresse, e quando em excesso, pode provocar diversos problemas, como insônia e irritabilidade, além de compulsão por doces, diminuição da memória e fadiga.

Para 2017, a Liteé já tem planos para entrar no segmento de nutricosméticos, ampliando a área de atuação. “A médio prazo, nosso objetivo é firmar a Liteé como a mais jovem indústria farmacêutica 100% brasileira”, finaliza Avelar.

Conheça os principais produtos da Liteé:

Liteé Actife

actifeComposto de Psyllium, Tamarindo, Laranja e Ameixa, o Litté®Actife age diretamente no trato intestinal, melhorando a qualidade de vida de seus consumidores. Estudos apontam que até 90% das mulheres sofrem de prisão de ventre e consequentemente de seus efeitos colaterais como cólicas intestinais, mau humor, inchaço abdominal, entre outros. Actife é um produto 100% natural e sem contraindicações! Não possui Lactose, nem glúten. As capsulas são super práticas e não têm cheiro, nem gosto. Ideal para o dia a dia.
Ingredientes: Psyllium, gelatina, laranja, ameixa, tamarindo, umectante glicerina. Não contém glúten.
Sugestão de uso: Ingerir 3 a 8 cápsulas ao dia, junto com líquido. Contém 24 cápsulas de 500 mg.
Benefícios: Regulador Intestinal

Liteé Zzzz

zzzzzzzz

LiteéZzzz… reduz os efeitos do estresse oxidativo, e desta maneira ajudam a controlar o excesso de cortisol do organismo. O cortisol é um hormônio diretamente relacionado com o estresse, e quando em excesso, pode provocar diversos problemas, como insônia e irritabilidade, além de compulsão por doces, diminuição da memória e fadiga.
Ingredientes: Maçã, morango, maracujá, pitanga, gelatina, umectante glicerina. Não contém glúten.
Sugestão de uso: Ingerir 3 cápsulas ao dia. O consumo deste produto deve ser acompanhado da ingestão de líquidos. Contém 24 cápsulas de 520 mg.
Benefícios: Estimulador do Sono

LiteéVit A a Z

liteevit

O LiteéVit – Polivitamínico A a Z são comprimidos ricos em vitaminas e minerais fundamentais para o bom funcionamento do organismo e é recomendado para qualquer pessoa. Não contém glúten, lactose ou açúcar e não engorda!
Ingredientes: ferro, manganês, zinco e vitaminas A, B1, B2, B3, B5, B6, B12, C e D.
Sugestão de uso: ingerir 1 comprimido ao dia, uso oral indicado para adultos. Contém 60 comprimidos de 735mg cada.
Benefícios: o produto atende 100% das necessidades diárias recomendadas das vitaminas

LiteéVit Mulher

mulher

O LiteéVit Mulher são comprimidos que possuem todas as vitaminas fundamentais para o organismo feminino, o corpo da mulher é diferente do corpo do homem e suas necessidades de vitaminas se diferem um pouco. Além de conter as principais vitaminas para as mulheres, ainda contém a BIOTINA que é ótimo para a pele, cabelo e unha. Não contém glúten, lactose ou açúcar.
Ingredientes: ferro, manganês, zinco, vitaminas A, B1, B2, B3, B5, B6, B9, B12, C e D e Biotina.
Sugestão de uso: ingerir 1 comprimido ao dia. Contém 60 cápsulas de 735mg cada.
Benefícios: Melhora a saúde dos cabelos e das unhas.

LiteéVit Homem

homem

O LiteéVit Homem são comprimidos que possuem todas as vitaminas fundamentais para o organismo dos homens, Os comprimidos do LiteéVit Homem contém 100% da necessidade diária das vitaminas presentes no comprimido. LiteéVit® Homem contém a Biotina que é ótimo para a prevenção da queda de cabelo e bom para o crescer barba, contém o guaraná que é rico em cafeína para dar disposição. Não contém glúten, lactose ou açúcar
Ingredientes: ferro, manganês, selênio, zinco, vitaminas A, B1, B2, B3, B5, B6, B9, B12, H, C e D.
Sugestão de uso: Ingerir 1 comprimido ao dia. Contém 60 cápsulas de 735mg cada.
Benefícios: Aumento da disposição e imunidade.

LiteéVit Senior

senior

O LiteéVit Senior são comprimidos que possuem todas as vitaminas fundamentais para o organismo de pessoas com mais de 50 anos de idade, nosso organismo altera as necessidades de vitaminas e minerais com o passar do tempo, portando uma pessoa com mais de 50 anos tem necessidades de vitaminas e minerais diferente de uma pessoa com 15 ou 20 anos. Além de conter as principais vitaminas para o organismo, ainda contém uma dose extra de Zinco que é um mineral ótimo para a memória. Não contém glúten, lactose ou açúcar.
Ingredientes: ferro, manganês, selênio, zinco, vitaminas A, B1, B2, B3, B5, B6, B9, B12, H, C, D e E.
Sugestão de Uso: ingerir 1 comprimido ao dia. Uso oral para adultos. Contém 60 comprimidos de 735mg cada.
Benefícios: o produto contém as principais vitaminas para o público sênior

Liteé Cranberry

cranberry

O Liteé Cranberry age em todo o trato urinário combatendo e prevenindo infecções pois é rico em proantocianidina, substância de 15 a 25 vezes mais potente do que a vitamina E que inibe a aderência de bactérias do tipo E.coli na mucosa da bexiga. Outro benefício das proantocianidinas é impedir a fixação da bactéria H. pylori na mucosa estomacal, evitando, assim, gastrite e úlceras.
Ingredientes: Extrato de acerola, ácido ascórbico, extrato de Cranberry, vitamina A, vitamina E, selênio quelato, zinco quelato, picolinato de cromo, gelatina, umectante glicerina. Não contém glúten.
Sugestão de uso: Ingerir 1 cápsula 2 vezes ao dia, junto com líquido. Contém 60 cápsulas de 500 mg.
Composto por:
• Vitaminas A e E;
• Minerais quelatos;
• Policolinato de Cromo.
Benefícios: Prevenção a Infecção Urinária

Litee Goji Berry

goji berry

A Litee Goji Berry possui vitaminas, minerais, antioxidantes que a tornam um alimento completo nutricionalmente. Estudos demonstraram que o consumo diário do suco de Goji Berry aumenta significativamente a sensação de bem-estar e melhora as funções gastrointestinal e neurológica. Pela sua poderosa ação antioxidante, a Goji Berry pode ajudar na prevenção do envelhecimento e de doenças do coração.
Ingredientes: Extrato de acerola, ácido ascórbico, extrato de Goji Berry, amido de milho, vitamina A, vitamina E, dióxido de silício, estearato de magnésio, picolinato de cromo, selênio quelato, zinco quelato, gelatina, umactante glicerina. Não contém glúten.
Sugestão de uso: Ingerir 1 cápsula, 2 vezes ao dia, junto com líquido. Contém 60 cápsulas de 500 mg.
Composto por:
• Suplemento de Vitamina C à base de Acerola;
• Com extrato de Goji Berry;
• Minerais quelatos;
• Picolinato de cromo.
Benefícios: Emagrecedor Natural

Liteè Cálcio + Vitamina D

calcio

As cápsulas gelatinosas do suplemento de Cálcio + Vitamina D da Liteé são recomendadas para o tratamento de Osteoporose e na prevenção de fraturas ósseas, além disso, contém 100% da recomendação diária de ingestão de Vitamina D.
Ingredientes: Carbonato de cálcio, óleo de soja, gordura vegetal, vitamina D. emulsificante lecitina de soja. Não contém glúten.
Sugestão de uso: Ingerir 2 cápsulas ao dia. Contém 60 cápsulas.
Benefícios: Prevenção da Osteoporose

Liteè Ômega 3

omega 3

O Liteé Ômega 3 são cápsulas gelatinosas que contém óleo de peixe, rico em Ômega 3. A concentração por cápsula garante a ingestão diária recomendada. O Ômega 3 da Liteé é extraído de peixes de águas profundas em mares gelados, de fornecedores de países com certificado de pureza, sem contaminação de mercúrio e outros metais pesados.
Ingredientes: Óleo de Peixe (Ômega 3), Gelatina, Glicerina (umectante) e Água Purificada. Não contém glúten.
Sugestão de uso: Tomar 1 cápsula 3 vezes ao dia, preferencialmente antes das principais refeições. Contém 120 cápsulas.
Composto por:
• Nutriente com ação no sistema vascular;
• Estimula o aumento do bom colesterol;
• Reduz o triglicérides;
• Cápsulas gelatinosas, fáceis de engolir.
Benefícios: Redução do colesterol, saúde do coração

Informações: Liteé