Arquivo da tag: calor

Do copo ao palito: limonada suíça faz sucesso no formato picolé

A receita leva um mix de limão Taiti, um creme italiano concentrado de limão Siciliano e raspas de limão Taiti

 Tradicional suco de Verão pode ser degustado de outra maneira, mas sem perder a icônica essência que mistura sabores contrastantes. Não se sabe ao certo a origem da bebida, boatos dizem que um dono de restaurante suíço a criou, outros dizem que foram os ingleses, mas o fato é que o brasileiro adotou o drink como seu e, hoje, figura no hall da fama das bebidas queridinhas. 

E, se falou em refrescância, falou em Sorvetes Los Los, que adaptou a receita para transformar o suco em um dos picolés mais icônicos da marca, que une o contraste perfeito entre frescor e doçura com o amargor do limão na medida certa.  

O picolé de Limonada Suiça está disponível nos mais de 2 mil pontos de vendas da marca espalhados pelo Brasil, entre eles: Carrefour, Hirota, Cobasi, Petz, ST. Marché, Natural da Terra, Hortifruti, Nutricar, Delta Supermercados, Kalimera, Pão de Açucar RJ, Atacadão, Assai, Zona Sul (RJ). Também é possível encontrar o ponto de venda mais próximo no site da marca. 

Calor: nutricionista lista o que consumir e o que evitar nos dias mais quentes

Juliana Vieira destaca que é de extrema importância aumentar os cuidados com a saúde nesta época

Tem feito um calorão em boa parte do país. No Rio de Janeiro, por exemplo, esta semana teve sensação térmica chegando a 54ºC e, em São Paulo, marcou a tarde mais quente do ano. É extremamente importante estar de olho na alimentação nesses dias para não se sentir mal.

“O calor causado pela estação provoca mal-estar e desidratação. Cuidar da saúde é de extrema importância para curtir o verão sem passar sufoco, cuidando sempre da hidratação e evitando certos alimentos”, destaca a nutricionista Juliana Vieira.

Ela elencou quais alimentos devemos inserir no cardápio alimentar nos dias muito quentes.

As frutas da estação são boas opções para compor uma dieta balanceada para o Verão. Entre as que você encontrará com mais facilidade estão: melão, melancia, abacaxi, laranja, manga, caju, pera e uva. Quem quer aproveitar a alimentação para garantir aquele bronzeado, deve abusar das opções ricas em licopeno e betacaroteno, como cenoura, abóbora, melancia e tomate.

Água: beber no mínimo dois litros de água por dia; sucos naturais, chás gelados, água de coco também valem.

Aposte em verduras, leguminosas , fibras, cereais e grãos, que auxiliam a digestão.

Saladas trazem alívio térmico justamente por serem mais fáceis de serem digeridas pelo corpo. Mas atenção : também podem ser fontes de bactérias caso não tenham sido lavadas e higienizadas corretamente.

Os peixes e frutos do mar devem ser consumidos pelo menos duas vezes por semana . Eles se destacam não só pelo sabor, como também pelos nutrientes e principalmente pelo baixo teor de gordura.

Juliana também listou os alimentos que devemos evitar:

Pixabay

Comida “pesadas’: (carnes gordas, queijos gordurosos, molhos à base de creme de leite, maionese). Elas exigem mais do organismo no momento da digestão podendo gerar : mal-estar, indigestão, estufamento e azia.

Frituras: evitar salgados e batatas fritas, que podem causar mal-estar, dores de cabeça, doenças cardiovasculares e aumento na pressão arterial.

Álcool: interfere na hidratação do organismo e no funcionamento dos rins, impedindo as toxinas de deixarem o organismo facilmente.

Sal: evite ao máximo pratos muito salgados e ricos em sódio como peixes em conserva, temperos prontos, embutidos e carnes processadas, molho shoyu e salgadinhos, pois o excesso de sal causa retenção e inchaços .

Sobremesas “pesadas”: opte pela gelatina, picolés e smoothies de frutas, que refrescam de forma bem mais saudável.

“Com a alimentação certa e um corpo bem hidratado, com certeza o seu verão terá outro sabor”, finaliza a nutricionista.

Smoothie de Abacaxi com Manga da Água Doce Sabores do Brasil para refrescar

O calor chegou e, claro, sempre buscamos formas gostosas de nos refrescar. Uma boa pedida é preparar o Smoothie de Abacaxi com Manga da Água Doce Sabores do Brasil. Confira o passo a passo abaixo:

Smoothie Refrescante de Abacaxi com Manga

Ingredientes:
1 xícara de chá de abacaxi sem casca, picado e congelado
1 xícara de chá de manga sem casca, picada e congelada
4 colheres se sopa de creme de leite
1 xícara de chá de iogurte natural
2 colheres de sobremesa de açúcar
4 pedras de gelo

Modo de Preparo:
Bata todos os ingredientes no liquidificador até ficar cremoso. Decore como quiser. Sirva gelado.

Rendimento: 1 porção

Fonte: Água Doce Sabores do Brasil

Altas temperaturas podem atrapalhar a hora de dormir; veja dicas de como contornar o calor

O verão começou oficialmente no Brasil há poucas semanas, especificamente no dia 21 de dezembro de 2022. Com a estação, são esperadas grandes temperaturas, além de sensações térmicas altas. De acordo com especialistas, o clima mais quente pode afetar a distribuição das fases do sono, alterando o que os especialistas chamam de arquitetura e ciclos do sono, principalmente etapas que são as mais responsáveis pelo relaxamento.

Laura Castro, especialista do sono, psicóloga e sócia-fundadora da Vigilantes do Sono, healthtech referência no combate à insônia e que recentemente expandiu suas linhas de cuidado para atuar também em outros aspectos relacionados à saúde mental e ao bem-estar, destaca que é comum apresentar dificuldades para dormir quando há mudanças bruscas e significativas de temperatura.

A especialista explica que um ciclo de sono tem as fases 1, 2, 3 e o sono REM, da sigla em inglês para movimento rápido dos olhos. Os ciclos duram cerca de uma hora e meia e basicamente seguem a ordem: dormir, relaxar, desacelerar e sonhar. Durante o processo, o indivíduo vira de lado, muda de posição e repete o mesmo ciclo de quatro a seis vezes por noite.

“Para que o sono siga esse ciclo adequadamente, é importante que a temperatura ambiente não esteja muito alta, para que o corpo possa se preparar para aprofundar nas fases de relaxamento e desaceleração do metabolismo. Se durante as fases 2 e 3, em que o corpo precisa relaxar, a temperatura ambiente estiver muito elevada, o corpo precisa trabalhar para expelir esse calor, dificultando a realização das demais etapas do ciclo”, explica.

Laura destaca que um sono de qualidade é aquele em que os ciclos de sono se repetem pelo menos 4 vezes e incluindo todas as fases. Quando a fase 3 não acontece como se espera, por exemplo, que é considerada a fase mais profunda do sono, porque nela há mais sincronização da atividade elétrica cerebral, maior sincronicidade dos batimentos cardíacos e importante redução da responsividade, então uma série de funções importantes para o corpo deixam de ocorrer, como a produção de anticorpos, e a entrada na frase 3 depende de um esfriamento progressivo da temperatura corporal. “Com um ciclo incompleto, acordamos mais cansados do que o habitual, com dificuldade de concentração e mau humor”, aponta.

Para conseguir diminuir o impacto das altas temperaturas no sono, algumas medidas podem ser adotadas. Dormir com ar condicionado e ventiladores ligados é uma boa estratégia quando possível, mas nem sempre é uma opção. Em especial, quando há problemas de saúde que podem ser desencadeados ou agravados na presença de vento ou esfriamento, como quando há problemas respiratórios, Laura traz dicas simples que podem proporcionar mais conforto na hora de dormir.

Entre elas, a especialista destaca a importância de uma ducha morna antes de se deitar, o que favorece o esfriamento do corpo de dentro para fora. Também optar por lençóis leves, cuidar da alimentação próxima ao horário do sono, evitando os alimentos considerados termogênicos, como a pimenta, a prática de atividade física que também eleva a temperatura corporal e pode atrasar o início do sono, além de manter boa hidratação durante o dia, são todas ações que podem ajudar para que a temperatura corporal se reduza de maneira efetiva e facilite o início do sono e, com isso, o corpo conseguirá relaxar no momento adequado.

Fonte: Vigilantes do Sono

RAR lança vinhos especiais para dias de calor

Rótulos apresentam suavidade e frescor. São duas opções produzidas com uvas como Chardonnay e Pinot Noir

Aproveitando a temporada de calor, a RAR, empresa idealizada por Raul Anselmo Randon, lança vinhos ideais para dias quentes, com dois rótulos desenvolvidos especialmente para a estação mais quente do ano, o Collezione Chardonnay e o Avvento Rosé Pinot Noir. Por serem refrescantes e leves, são as opções ideais para momentos de lazer, na praia ou piscina, além de eventos comemorativos, como happy hour e recepções.

Os rótulos já estão disponíveis em restaurantes, empórios, adegas e na loja virtual, e estão sendo comercializados a R$ 58,50 – Avvento Rosé – e R$ 81,00 – Collezione Chardonnay. Com esses novos vinhos a RAR incrementa seu portfólio e chega a 15 rótulos produzidos, com opções para os mais exigentes paladares.

O Collezione Chardonnay pode acompanhar saladas, carnes brancas, massas com molhos vermelhos ou brancos, pizzas, cárneos e queijos de massa mole.

Já o Avvento Rosé Pinot Noir é adequado para harmonização com aperitivos, acompanhando comidas leves como saladas, peixes e mariscos, e de média estrutura como carnes brancas de frango ou peru, queijos macios e embutidos com temperos leves.

Os vinhedos da RAR estão localizados na região dos Campos de Cima da Serra, um dos pontos mais elevados do Rio Grande do Sul, com aproximadamente mil metros de altitude. Localizada a uma latitude de 28°, a região conta com clima temperado, de verões amenos, com temperatura máxima média de 25°C e mínima média 15°C. Sergio Martins Barbosa, CEO da RAR, afirma que a expectativa é muito positiva com os Vinhos de Verão.

“O objetivo é ampliar nosso portfólio com essas novas opções, que são rótulos para diferentes paladares e com características únicas. Um dos vinhos da nossa linha Collezione, também produzido com a uva Pinot Noir, já recebeu medalha de menção honrosa, em uma competição internacional, em Londres. Da mesma forma, estes lançamentos vieram para encantar os consumidores que amam o universo dos vinhos”, declarou.

Quatro maneiras de refrescar a pele nestes dias quentes

O clima quente, típico da estação, faz com que a temperatura da pele também aumente. Para suavizar a sensação, a dermatologista Vanessa Perusso ensina 4 maneiras para manter o rosto mais fresco nos dias ensolarados.

É possível sentir a pele com aspecto pesado nos dias mais quentes. Quando a água e sabonete não forem uma opção, é preciso buscar alternativas práticas que tragam um refresh ao longo do dia. Por isso, a dermatologista Vanessa Perusso reuniu algumas dicas para refrescar a pele no verão. Confira:

  1. Beba bastante líquido

“A ingestão adequada de água ao longo do dia é fundamental para a saúde e beleza da derme, além de hidratar todo o organismo. No entanto, durante o verão esse hábito ajuda ainda a regularizar a temperatura da pele. Por isso, ingerir ao menos 2 litros de água ao dia também é uma maneira de refrescá-la”, conta Vanessa. A dermatologista comenta que outras bebidas também podem fazer parte dos líquidos a serem ingeridos, como chás gelados, água de coco e sucos naturais de frutas.

  1. Invista em produtos sprays ao longo do dia

“Para refrescar a pele de fora para dentro os produtos sprays são ótimas alternativas por conta da praticidade de aplicação. A bruma facial, por exemplo, é um ótimo produto para se ter sempre à mão no verão”, comenta Vanessa e explica, “a bruma facial é um líquido que, quando borrifado através de um frasco spray, forma uma espécie de nevoeiro com uma camada superfina que recobre o rosto. Depois de aplicado, seus ativos são capazes de revitalizar, hidratar e refrescar a pele, além de criar uma película protetora contra a poluição. E para a felicidade das amantes da pele fresquinha, as brumas podem ser aplicadas quantas vezes forem necessárias ao longo do dia.”

Bruma Facial Ricca – R$ 28,00

A Bruma Facial Ricca possui ativos em sua formulação que criam uma película protetora na pele, protegendo-a contra a poluição e a luz azul, além de refrescar e hidratar o rosto.

  1. Aposte na água micelar

“Se a pele estiver com aquele aspecto pesado no meio do dia ou apresentar maior produção de sebo, a água micelar pode ser a melhor aliada para trazer um frescor e alívio imediato. Isso porque, além de tirar a camada de poluição, também ajuda a acalmar a pele, tonifica e realça seu viço naturalmente, graças à tecnologia de suas micelas – partículas que funcionam como um imã, atraindo resíduos de sujidades”, explica a expert.

Água Micelar Ricca – R$ 30,00

A Água Micelar Ricca é perfeita para remover a maquiagem e as impurezas da pele. Ela faz a remoção sem agredir e ainda hidrata e acalma, além de refrescar.

  1. Troque a textura dos cosméticos

“Para um ‘skinfresh’ no verão, o ideal é substituir alguns produtos por texturas mais leves como gel, spray e até líquidos que são mais confortáveis de aplicar nos dias quentes. Hidratantes faciais cremosos, por exemplo, podem carregar a pele deixá-la com aspecto pesado, mesmo depois de absorvido. Uma boa investida são os hidratantes faciais com textura aquosa que são superleves, espalham fácil e secam bem rapidinho.”

Hidratante Facial Ricca – R$ 22,00

O Hidratante Facial Ricca possui textura leve, ativos que estimulam a hidratação natural da pele e blend de berries.

Informações: Loja Belliz

Altas temperaturas e suor excessivo: o que fazer?

Nos dias quentes de verão, após a prática de atividade física ou mesmo em situações emocionais, a transpiração ganha a cena. O suor é uma reação importante do organismo para manter o controle de temperatura do corpo. No entanto, esse mecanismo pode ter um comportamento amplificado para quem sofre com a hiperidrose. Segundo a dermatologista do Hospital Edmundo Vasconcelos, Isis Veronez Minami, os pacientes que convivem com o quadro suam de forma excessiva até mesmo em repouso.

Uma das condições que define isso é o hiper funcionamento das glândulas sudoríparas – quadro que pode começar já aos primeiros sinais da adolescência e pode ser classificado como hiperidrose primária. Mas há outras causas para o excesso de suor, como uso de medicações ou o efeito de condições patológicas como a menopausa, infecções ou tumores. Nesses casos, a hiperidrose é do tipo secundária.

Apesar dos diferentes agentes desencadeantes do efeito, uma coisa é certa: a estação mais quente do ano é um momento difícil para os pacientes que convivem com o quadro. A dermatologista explica, que apesar de não existir cura, alguns hábitos e tratamentos são eficientes em amenizar os desconfortos causados pela transpiração abundante. “Nem sempre há como evitar a exposição às altas temperaturas, mas pode-se optar por roupas de tecidos naturais, procurar ambientes mais frescos e arejados, evitar ficar ao sol e até mesmo entender os fatores que pioram a condição, como o estresse, por exemplo, para evitar a situação”, comenta a médica.

Pinterest

Além da atenção às causas que desencadeiam o quadro, há diferentes tipos de tratamento para a condição, que variam conforme a intensidade do problema. Entre as alternativas medicamentosas há loções antitranspirantes, medicações para consumo por via oral ou injetável – como no caso da toxina botulínica – ou até mesmo a opção cirúrgica. “Há uma gama grande de possibilidades capazes de amenizar esse desconforto que pode causar em algumas pessoas constrangimento e ansiedade”, diz.

Alguns pacientes com hiperidrose podem sofrer com outra condição, a bromidrose – ou o mau cheiro causado pela colonização de bactérias nos locais de maior produção de suor. “É comum existir essa associação. Esse é um motivo de queixa muito ouvido em consultório. Mas é importante reforçar que esse é um quadro que pode ser facilmente solucionado. Muitas vezes, conseguimos melhorar a bromidrose mesmo com a pessoa mantendo a hiperidrose. Em outros casos, ambos os quadros são amenizados”, conclui.

Fonte: Hospital Edmundo Vasconcelos

Verão: aprenda a fazer três drinques refrescantes assinados por especialistas da coquetelaria

Criadas por bartenders brasileiros e internacionais, receitas são de fácil execução e refrescam em meio ao clima da nova estação

Sol, calor, praia e dias mais longos na estação queridinha pelos brasileiros. Para refrescar e brindar estes dias iluminados, confira três drinques não alcoólicos assinados por nomes da coquetelaria brasileira e internacional, como Marquinhos Felix, do grupo DRK, Thiago Carvalho, do Lar Mar e a húngara Koroknai Klári. Com ingredientes simples, as receitas são fáceis de fazer em casa, refrescam em meio à temporada de altas temperaturas e garantem uma energia extra nas férias. Confira:

Gitaya – por Thiago Carvalho

Ingredientes
50 ml de xarope de pitaya artesanal (receita abaixo)
30 ml suco de limão siciliano
1 lata de Red Bull Summer Edition Pitaya
Gelo

Modo de preparo:
Antes de iniciar a preparação, vale deixar o xarope de pitaya artesanal pronto. É simples: em uma panela, coloque 500ml de água, 500g de açúcar e 150g de pitaya in natura. Leve ao fogo e mexa até alcançar a consistência de xarope: nesse momento, seu xarope artesanal estará pronto. Após isso, em um copo alto, coloque 50ml do xarope, 30ml de suco de limão siciliano e mexa. Acrescente o Red Bull de Pitaya e adicione bastante gelo. Para finalizar, coloque uma rodela de limão siciliano fresco ou desidratado, se preferir.

Fresh Summer – por Koroknai Klári

Ingredientes
3 unidades de morango ou 5 unidades de framboesa
1 limão siciliano
4 ramos de hortelã
1 lata de Red Bull Summer Edition Pitaya
Gelo

Modo de preparo:
Em um copo largo, coloque os morangos ou framboesas (receita com ambos também pode ser feita). Esprema um pouco do limão e, na sequência, coloque as rodelas no copo. Complete com o Red Bull de Pitaya, novo sabor da linha especial e temporária Summer Edition. Para finalizar, coloque os ramos de hortelã por cima. Se preferir um sabor mais intenso, vale macerar as frutas juntamente com as ervas.

Pitaya do amor – por Marquinhos Felix

Ingredientes
25 ml de suco de limão siciliano
15 ml de xarope de gengibre
50 ml de suco de cranberry
Gelo
1 Red Bull Summer Edition – Sabor Pitaya

Modo de preparo:
Para o xarope de gengibre: bata bem no liquidificador 300g de gengibre descascado, 300g de açúcar cristal e 300ml de água filtrada. Quando estiver bem homogêneo (sem pedaços da especiaria), basta levar ao fogo, deixar ferver por cerca de 10 minutos, coar, e pronto! Em seguida, encha uma taça com gelo, adicione 15 ml de xarope de gengibre, 25 ml de suco de limão siciliano e 50 ml de suco de cranberry. Complete com Red Bull Summer Edition – Sabor Pitaya. Mexa delicadamente com uma colher. Finalize com folhas de hortelã frescas, um twist de limão siciliano e amoras.

Fonte: Red Bull

Confira quais são as melhores frutas para consumir no verão

Melancia, abacaxi e uva estão entre as opções recomendadas pela nutricionista parceira da Bio Mundo para ajudar na hidratação na estação mais quente do ano

O verão chegou com tudo, e a recomendação para dias quentes é a ingestão de alimentos mais leves, e as frutas são ótimas opções para manter o corpo saudável e hidratado, além de beber muita água. As frutas também são fonte importante de minerais, fibras e nutrientes.

Segundo a nutricionista Fernanda Larralde, parceira da Bio Mundo, franquia de alimentos naturais e saudáveis, é essencial a ingestão de frutas diariamente no verão. “O ideal é optar por frutas que tenham alta composição de água, como abacaxi, melão ou melancia. Coma de três a cinco porções por dia, principalmente, no café da manhã e lanches intermediários, entre uma refeição e outra”, indica a profissional.

Confira os benefícios das frutas mais recomendadas pela nutricionista, parceira da Bio Mundo:

Melancia
A fruta conta com 92% da composição de água, sendo uma excelente fonte de hidratação. É rica em vitamina A, C, importante para o sistema imunológico, e vitaminas do complexo B, além de ser anticancerígena e contribuir para a limpeza dos rins.

Abacaxi
O abacaxi faz parte das frutas cítricas, juntamente com a laranja e o limão. A fruta conta com 86% de composição de água, um ótimo complemento para a hidratação do organismo. Além disso, é rica em vitaminas A e C e contribui para a digestão.

Uva
Tanto a uva verde, quanto a uva roxa, contam com excelentes nutrientes para consumir durante a estação mais quente do ano. Fonte de energia, também previne problemas cardíacos e ajuda a controlar a pressão arterial.

Moritz320/Pixabay

Pera
A pera é uma fruta rica em fibras, como o potássio, magnésio e cálcio, que auxiliam no funcionamento do intestino. Além disso, possui também vitaminas A e C, e alguma do complexo B, como a niacina, conhecida como B³.

Thinkstock

Pêssego
Rico em fibras, carboidratos e sais minerais, o pêssego possui vitaminas A, C e do complexo B. Por ser uma fruta pouco calórica, é uma excelente opção para consumo nos lanches intermediários entre as refeições.

Fonte: Bio Mundo

Suco de pêssego para refrescar sua tarde

E o verão chegou com tudo, e as altas temperaturas pedem bastante líquido para hidratar. Que tal juntar o útil ao agradável e preparar um suco de pêssego refrescante, receita da Água Doce para aproveitar a estação. Confira:

Suco de Pêssego Refrescante

Ingredientes
400ml de água filtrada
2 polpas de pêssego
50g de pêssego em calda
4 colheres (sopa) de leite condensado
2 colheres (sopa) de creme de leite
2 colheres (sopa) da calda do pêssego

Enfeite
100g de açúcar para bordar
50ml de groselha para bordar
Calda de morango para decorar

Modo de preparo
Bata todos os ingredientes do liquidificador. Molhe a boca de um copo de aproximadamente 800ml com a groselha e passe no açúcar em seguida. Decore o copo por dentro com 4 lances de calda de morango nas laterais. Despeje o líquido e sirva.

Tempo de preparo: 10 minutos

Grau de dificuldade: fácil

Rendimento: 1 copo de 800ml

Fonte: Água Doce Sabores do Brasil