Arquivo da tag: cão

Briga entre cães: dicas para reconciliar os peludos

Cuidar de mais de um cachorro em casa nem sempre é uma tarefa fácil. São diversos os motivos que podem levar os peludos a brigarem entre si. Os mais comuns são: posse (do tutor, de comida ou de algum objeto) e estresse, que pode ser causado pela falta de socialização, de espaço, de interação com o tutor e de atividade física.

Muitas vezes é possível identificar antes mesmo da briga ocorrer e evitar o desastre. Mas quando a situação foge do controle é preciso tomar atitudes positivas para que este tipo de confronto não volte a acontecer. Pensando nisso, Ingrid Stein, da DogHero, plataforma que conecta mães e pais de cachorro a anfitriões que hospedam os pets em casa, separou algumas dicas. Confira:

1. Descubra o gatilho

Border Terrier bitch play-fighting with her grown up pup
Foto: Warren Photographic

Sabendo a causa das brigas, fica mais fácil modificar o ambiente e diminuir as chances de novos confrontos. “Isso é muito importante, porque quanto mais os cães brigam, maior será a tensão entre eles. E, conforme vão ficando “melhores” nas brigas, mais difícil será para eliminar esse comportamento”, explica Ingrid;

2. Coloque-os para gastar energia

cachorros brincando
Mantenha uma agenda regrada de exercícios diários com os cães juntos, um do lado do outro. É fundamental que a atividade seja suficiente para drenar a energia deles e que a atenção seja igual para todos;

3. Imponha limites

cão-obediente11 cachorro adestramento
Treinos de obediência e imposição de regras e limites são dois pilares fundamentais para o bom comportamento. Desse modo, você consegue ter o controle da situação e eles compreendem claramente como se comportar. Procure a ajuda de um adestrador profissional;

4. Fala associação positiva

cachorros-petfinder
Foto: Petfinder

É importantíssimo que você sempre associe a presença do outro cão a algo positivo. Não incentive disputas – inclusive por ciúmes do tutor. Se possível, o ensine um novo comportamento frente àquele agressor;

5. Aplique a técnica

adestrando cachorros
Fotos: Warren Photographic

Separe-os, ambos na coleira, com a guia curta e cada um controlado por uma pessoa – elas devem ficar lado a lado a uns três passos de distância, mantendo os cães nas laterais opostas. A ideia é mantê-los perto um do outro sem que fiquem se encarando. Sempre que estiverem calmos, sem rosnar ou se importar com o outro, ofereça petiscos e palavras de incentivo para frisar que a companhia do outro é positiva.

Após alguns minutos fazendo esse exercício, é possível caminhar com eles lado a lado, mantendo a mesma conduta de não deixar eles se olharem fixamente, até que a presença do outro cão não seja mais um incômodo.

O próximo passo é colocar um para cheirar o bumbum do outro. Segure a guia curta para que não briguem e ofereça petiscos para aquele que está sendo cheirado. Quando os animais estiverem à vontade com esses exercícios, tente deixá-los com a guia frouxa. Permita que eles se aproximem um do outro e se movam mais naturalmente.

Faça isso apenas se sentir seguro. Quando achar que estão prontos, coloque os cães para fazer atividades juntos: brincadeiras, passeios, natação. É importante que esse treino seja feito com muita segurança e consistência. Às vezes, essa aproximação pode levar semanas e, em alguns casos, é necessário contar com um profissional para guiar o processo.

6. Atenção à saúde

veterinario cachorro
Mudanças bruscas de comportamento nos cães, como ficar mais irritadiço, podem significar problemas de saúde. Cães com dor, por exemplo, tendem a ficar menos tolerantes à aproximação. Nesses casos, é fundamental a visita a um veterinário;

7. Castração

cachorro no veterinario warren
Foto: Warren Photographic

A castração pode ser uma boa opção para cães que brigam por disputa de território (machos) ou por cio (fêmeas). “A testosterona é produzida nos testículos e é um hormônio intimamente relacionado com a agressividade. Na castração é feita a retirada do testículo e portanto os níveis desse hormônio caem consideravelmente e os animais ficam menos agressivos”, finaliza Ingrid.

Fonte: DogHero

Shopping Aricanduva tem Cãorrida no domingo

Domingo, 22 de julho, das 7 às 13 horas, o Shopping Aricanduva, localizado na Zona Leste de São Paulo, realiza a 6ª edição da Cãorrida. Neste evento, tutores e seus cães irão percorrer um percurso de 1,3km e os três primeiros classificados receberão um troféu e kits dos patrocinadores.

A Cobasi, além de ser uma das patrocinadoras do evento, irá levar ao local o show de cães com o grupo Estrelas Animais, responsável pelo treinamento de diversos animais que participam de filmes, novelas e comerciais. Após a apresentação, os espectadores poderão interagir com os cães e tirar dúvidas sobre adestramento com a equipe. Além do show, a Cobasi distribuirá aos participantes balão de gás hélio para amarrar na coleira do animal e diversos brindes.

Mesmo quem não conseguir participar da corrida, poderá aproveitar as atrações do evento, sendo uma opção para se divertir com o animal de estimação.

caorrida.png

6ª Cãorrida do Shopping Aricanduva – 2018
Realização: Shopping Aricanduva
Patrocínio: Cobasi
Data: 22/07
Horário: das 7h às 13h
Local: Shopping Aricanduva
Endereço: Av. Aricanduva, 5555, Jardim Santa Terezinha

Cinco dicas para cuidar do coração do pet

Cães e gatos também podem ter doenças cardíacas, como hipertensão, doença cardiovascular e outras enfermidades sérias. Mas, o tratamento farmacológico e uma dieta balanceada garantem qualidade de vida e longevidade para nossos melhores amigos.

Confira as dicas do médico veterinário da Max Premium Especial e Gerente Técnico Nacional da Total Alimentos, Marcello Machado:

-Leve-o ao veterinário. Um animal de estimação também precisa de check up periódico, isso porque, só as visitas ao médico veterinário podem assegurar a boa saúde do pet e identificar enfermidades.

veterinario-gato-1-770x490

-Atenção aos sintomas. Os sintomas mais comuns de doenças cardíacas são: dificuldade para respirar, alteração da cor da língua, rejeição a atividades físicas, sono demasiado fadiga, sede e tosse. Caso seu cãozinho apresente algum desses sinais, procure a orientação de um veterinário.

cachorro dormindo Kemeki

-Alimentação saudável e balanceada. É essencial que o pet consuma alimentos completos, cuja fórmula contenha ingredientes selecionados e nutrientes fundamentais para o desenvolvimento ideal do animal. Por isso, recomenda-se evitar alimentos de consumo humano, que podem ter níveis elevados de sódio e não são indicados para a nutrição adequada do cão ou do gato.

cao-e-gato-comendo-racao

-Atividade física. Brincar, passear pelo bairro, pelo condomínio. Reserve um tempo para seu amigo de quatro patas para que ele gaste um pouco de energia e, claro, calorias. Até mesmo os gatos podem passear com você se acostumados precocemente. Mas, lembre-se: cães braquicefálicos, aqueles com focinho achatado, como o Bulldog Francês e Pug, precisam de mais atenção porque possuem mais dificuldade para respirar e se cansam muito mais facilmente.

petstyle
Petstyle

-Pets idosos. Cães de raças pequenas são considerados maduros a partir dos oito anos de vida; os cães de raças médias, aos sete; e os grandes a partir dos seis anos. Os gatos a partir dos sete anos. Portanto, nessa fase da vida, os pets precisam consumir alimentos específicos, que não tenham adição de sal, que contribuam para articulações saudáveis e que ajudem no retardo da progressão da doença cardíaca, como a MAX Premium Especial Mature, indicada para animais idosos.

Cuidados com o coração do pet cachorro

Fonte: Total Alimentos

Evento elege o cão vira-lata mais bonito da cidade e tem feira de adoção em BH

Neste sábado, 11, o Blog Bichos de Cia, em parceria com o Núcleo Fauna de Defesa Animal, promoverá a entrega das medalhas aos vencedores do concurso O Vira-Lata Mais Bonito da Cidade, em evento que acontecerá a partir das 10 horas na avenida Brasil nº 460, na Banca do Franklin, em Belo Horizonte (MG).

franklin-e-seus-filhos

Paralelamente ao evento acontecerá a Feira do Melhor Amigo, onde estarão expostos para adoção, cães e gatos, sem raças definidas. Todos os animais, devidamente vacinados, vermifugados e castrados.

vira-lata-mais-lindo-da-cidade

Para se candidatar a adotar um peludo, o interessado deverá passar por uma prévia entrevista, e se aprovado, assinará o Termo de Responsabilidades e fazer um reembolso de uma vacina no valor de R$ 50,00.

Facebook

 

Aliado no tratamento: pacientes da AACD recebem visita do cão Magnus

Como antecipamos ontem, o simpático cão da raça Bernese visitou os pacientes da AACD, provocando sorrisos e recebendo o carinho de dezenas de crianças e adultos em tratamento na unidade Ibirapuera da instituição

Dezenas de crianças e adultos em tratamento na Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD) ganharam um novo motivo para sorrir na manhã desta quarta-feira (24). Isso porque o Magnus, belíssimo cão da raça Bernese, fez uma visita à unidade Ibirapuera da instituição e tornou a rotina dos pacientes mais leve e feliz.

“É uma honra participar de uma iniciativa importante como esta e perceber que uma atitude tão singela é capaz de dar forças para que essas pessoas sigam firmes no tratamento”, afirma Pedro Fogaça, do Marketing da Magnus, fabricante de alimentos para cães e gatos, e um dos responsáveis pela ação.

Esta foi a primeira de quatro visitas que o cão fará à instituição neste ano. A raça Bernese é muito dócil, sociável e ideal para o convívio com crianças e também para a presença em tratamentos.

Magnus foi selecionado ainda filhote e passou por adestramento e situações de sociabilização desde então. Ele é presença constante em ações sociais promovidas pela empresa e também em asilos e hospitais, como o Grupo de Pesquisa e Assistência ao Câncer Infantil (GPACI), de Sorocaba (SP).

magnus aacd3

Sobre a AACD

A AACD, com 66 anos de história, é uma Instituição filantrópica e sem fins lucrativos — presidida por Regina Helena Scripilliti Velloso —, que tem como crença o estabelecimento de uma sociedade que convive com as diferenças porque reconhece em cada indivíduo sua capacidade de evoluir e contribuir para um mundo mais humano.