Arquivo da tag: capim santo

Sucos funcionais: conheça os benefícios de misturar frutas e verduras para fortalecer a saúde

Bebidas naturais podem ser incorporados na rotina alimentar para equilibrar a alimentação, sendo um substituto ao refrigerante

As bebidas funcionais são marcantes no cardápio de quem mantém uma alimentação equilibrada em prol da saúde. Isso acontece porque ao misturar as propriedades de diferentes alimentos como frutas, verduras e hortaliças o nosso organismo recebe um grande aporte de vitaminas, minerais, fibras e antioxidantes essenciais para o seu bom funcionamento.

Inclusive a bebida é uma opção para quem deseja substituir ou diminuir o consumo de refrigerantes. A mistura de laranja, maracujá e couve, por exemplo, auxilia na eliminação de toxinas acumuladas no organismo. Já as bebidas com água de coco em sua composição ajudam a repor sais minerais contribuindo para o funcionamento do intestino e no combate ao colesterol ruim.

Abaixo, você confere os benefícios de alguns de mais alguns sucos funcionais. A sugestão é do Quitanda, mercado de produtos frescos localizado na rua Mateus Grou, em Pinheiros, que trabalha com diversos sabores diariamente. As bebidas, frescas e autorais, são sucesso no estabelecimento. Confira abaixo:

Maracujá, manga e laranja
Além de refrescante, ajuda a acalmar, hidratar e fortalecer a imunidade. A base da bebida que é o maracujá é rico em minerais como o potássio e magnésio, além de ter boas quantidades de fibras que promovem o controle dos níveis de glicose no sangue. Já a manga e a laranja ajudam a fortalecer o sistema imunológico.

Açaí com banana
O açaí contribui para o fortalecimento do sistema imunológico por ter boas doses de vitamina C, vitamina E, o ômega-9 e as antocianinas. Já a banana é um alimento rico em vitaminas do complexo B, como B1, B2, B6 e B12 que auxiliam diretamente no sistema nervoso. A presença de ferro estimula a produção de hemoglobina, sendo indicada para o combate de anemia.

Pitaya, banana e morango
Também conhecida como fruta do dragão, a pitaya atua na prevenção de doenças crônicas, como diabetes e câncer, além de combater o envelhecimento precoce e auxiliar no funcionamento correto do intestino. Já o morango reforça a imunidade e contribui para a eliminação de toxinas, enquanto a banana fortalece os músculos e evita problemas como as cãibras.

Melancia
A fruta ajuda a desintoxicar o organismo após o consumo exagerado de guloseimas, petiscos e drinks que costumam trazer a sensação de estufamento quando passamos da conta. A melancia possui até 94% de água em uma porção de 100 gramas. Além de saboroso, o suco é excelente para limpar os rins, proteger o coração e desintoxicar o organismo.

Capim Santo, Pitaya, Abacaxi e Gengibre
O capim santo é muito usado para tratar gripes, além de ajudar a diminuir o colesterol ruim, controlar a pressão arterial e auxiliar no tratamento de problemas digestivos. Enquanto isso, o abacaxi apresenta propriedades anti-inflamatórias, boas doses de vitamina C, água e fibras que estimulam o funcionamento do organismo. Já o gengibre protagoniza muitas ações benéficas, como o fortalecimento do sistema imunológico. A raiz também apresenta ação anti-inflamatória que melhora os sintomas de artrite, dores musculares e doenças respiratórias, como asma e bronquite.

Fonte: Quitanda

Cinco plantas medicinais que auxiliam a tratar ansiedade e insônia

O estresse desencadeado pelas multitarefas da nossa rotina pode desencadear na ansiedade, que muitas vezes leva a uma noite mal dormida e, até mesmo, à insônia, que é um distúrbio caracterizado pela dificuldade de começar a dormir, manter-se dormindo ou acordar antes do horário desejado.

As plantas medicinais são recursos naturais, muito utilizadas pela população por apresentarem efeitos terapêuticos, praticidade e até mesmo pelo uso tradicional, ou seja, aquele que passa de pais para os filhos. O ditado popular “se é natural, não faz mal” traz uma sensação de que essas plantas são isentas de toxicidade, porém sabe-se que não é verdade. Muitas delas, se mal utilizadas, podem trazer problemas graves à saúde humana.

Em relação à ansiedade e à insônia, o uso de algumas plantas medicinais pode trazer reais benefícios para esses transtornos. Abaixo, uma lista de cinco plantas que se utilizadas corretamente na forma de chá, colaboram com os sintomas causados pelo estresse.

Foto: chamomileteaonline

• Camomila: uma das plantas mais conhecidas e mais utilizadas na rotina, possui ação sobre a ansiedade e pode colaborar com a insônia, além de ajudar no sistema digestivo. Recomenda-se 2 colheres de chá da flor seca em 250 ml de água, de 3 a 4 vezes durante o dia para ansiedade.

Foto: Green Valley Spices

• Capim limão ou Capim Santo: é uma planta com aroma bem característico, e sua utilização na forma de chá, além de muito saborosa pode reduzir a ansiedade e colaborar com a insônia, recomenda-se utilizar até 4 vezes ao dia.


• Maçã: fruta muita apetitosa, quando seca pode auxiliar nos transtornos da ansiedade, colaborando com a saciedade, ou seja, diminuído a vontade de comer.


• Maracujá ou passiflora: conhecida principalmente pelo seu suco, os benefícios terapêuticos do maracujá são provenientes das folhas, para uso nos sintomas de ansiedade e insônia recomenda-se 1 a 2 gramas até 4 vezes ao dia.

Foto: Ivabalk/Pixabay

• Melissa: uma planta medicinal que além de ter efeito relaxante, colabora com os sintomas da ansiedade e insônia. Recomenda-se 1 colher de chá das folhas secas em 250 ml de água.

O uso correto das plantas medicinais pode trazer diversos benefícios a nossa saúde, porém, vale ressaltar que deve ser realizado de forma moderada e nunca substituindo a ingestão de água por chás.

Fonte: Vinícius Bednarczuk de Oliveira é farmacêutico, coordenador dos Cursos de Farmácia e Práticas Integrativas e Complementares do Centro Universitário Internacional – Uninter.

Brigadeiros em novas versões para alegrar a festa

Preparados com capim santo, pimenta biquinho ou geleia de morango, esses docinhos são essenciais para deixar qualquer comemoração mais gostosa, além de serem uma opção prática para quem quer incrementar a renda

Festa sem brigadeiro não tem graça, por isso a Harald criou novas versões desse doce tão brasileiro que faz parte da nossa história para quem quer inovar e surpreender. Para os fãs dessa delícia, dispostos a se aventurar em um universo de novos sabores, a sugestão são brigadeiros recheados com ganache de capim santo, pimenta biquinho ou ainda uma receita cremosa, feita com chocolate branco e recheio de morango finalizado com uma folhinha de manjericão. Tem até uma versão supercaprichada no qual o doce é servido em um cone com bolo de laranja, se tornando uma opção divertida capaz de substituir o tradicional bolo de aniversário.

Aproveite as sugestões preparadas com os chocolates Melken e Unique para deixar sua comemoração mais gostosa ou ainda para incrementar seu portfólio e oferecer novas opções para seus clientes. Confira as receitas com os links das técnicas de preparo.

Brigadeiro de Capim-Santo

surpresadecapim_santo_1000x1000

Ingredientes:

Docinho:
1 lata de leite condensado (395 g)
2 xícaras (chá) de creme de leite fresco (400 ml)
1/2 xícara (chá) de coco ralado seco (40 g)
200 g de Unique Brasil 35% Branco

Ganache de Capim-Santo:
8 folhas de capim-santo cortadas em pedacinhos
220 g de Unique Brasil 35% Branco

Finalização:
200 g de Granulé de Chocolate Branco Melken

Material:
Mixer de mão ou liquidificador

Preparo:
Docinho: em uma panela média, junte o leite condensado, o creme de leite e o coco ralado. Leve ao fogo médio, mexendo sempre. Quando começar a ferver, abaixe o fogo e continue mexendo sem parar por cerca de 15 minutos. Então, apague o fogo e adicione o chocolate branco. Passe para uma travessa e deixe esfriar na geladeira por 2 horas ou até firmar.

Ganache de capim-santo: em uma panela pequena, ferva ½ xícara (chá) de água (100 ml) e o capim-santo. Apague o fogo e deixe a panela tampada por 10 minutos. Enquanto isso, derreta o chocolate branco em calor suave. Com um mixer de mão ou liquidificador, triture o capim-santo com a água da infusão. Coe e pressione bem a polpa remanescente na peneira. Adicione 3 colheres (sopa) dessa água aromatizada (45 ml) ao chocolate derretido e misture bem até obter uma ganache homogênea. Deixe esfriar na geladeira por 2 horas ou até firmar.

Montagem: usando uma colher de café, faça bolinhas com a ganache (4 g). Depois, faça bolinhas com o docinho (12 g) usando uma colher de chá. Abra a bolinha do docinho na palma da mão, acomode a bolinha de ganache no meio e feche (como se fosse uma coxinha). Boleie novamente e finalize com o granulé.

Tempo de preparo: 1 hora e 30 minutos
Rendimento: 55 brigadeiros (18 g cada)
Dica: para facilitar a montagem, você pode congelar as bolinhas de ganache antes de aplicá-las ao docinho.

Brigadeiro Real

brigadeiro_real_chocolate_melken_1000x1000

Ingredientes:

Conserva:
70 pimentas-biquinho frescas, lavadas e secas (100 g)
1 ½ xícara (chá) de açúcar refinado (240 g)

Brigadeiro:
1 lata de leite condensado (395 g)
2 colheres (sopa) de manteiga (30 g)
200 g de Chocolate Meio Amargo Melken picado

Plaquinhas:
350 g de Chocolate Meio Amargo Melken temperado
350 g de Chocolate Branco Melken temperado

Decoração:
150 g de Granulé Fino Intenso Unique

Material:
Molde para chocolate quadrado (3,5 cm x 3,5 cm)

Preparo:

Conserva: em uma panela alta coloque o açúcar e 1 ½ xícara (chá) de água. Misture bem até dissolver o açúcar completamente. Junte as pimentas e cozinhe em fogo baixo até que fiquem translúcidas, e a calda, levemente grossa. Retire do fogo, deixe esfriar e escorra.

Brigadeiro: misture o leite condensado, a manteiga e o chocolate meio amargo e cozinhe em fogo médio/baixo, mexendo sempre, por cerca de 15 minutos ou até que a mistura desgrude do fundo da panela. Transfira o brigadeiro para um prato ligeiramente untado com manteiga e deixe esfriar.

Plaquinhas: no molde para chocolate, despeje cuidadosamente uma parte de chocolate meio amargo temperado, preenchendo apenas metade da cavidade. Complete a outra metade com chocolate branco temperado. Dê algumas batidinhas no molde para mesclar os chocolates e retirar as bolhas de ar. Leve à geladeira por cerca de 20 minutos ou até que o molde esteja opaco. Desenforme as plaquinhas.

Montagem: unte as mãos com um pouco de manteiga e abra uma porção de brigadeiro em uma das palmas. Disponha uma pimenta no centro do brigadeiro e feche-o de modo a envolver toda a pimenta. Passe o brigadeiro recheado no granule e pingue uma gotinha do chocolate temperado na plaquinha para colar o brigadeiro.

Tempo de preparo: 1h30
Rendimento: 70 unidades
Dica: a pimenta-biquinho é um tipo de pimenta aromática e doce. Ela é encontrada fresca em feiras livres, hortifrutis ou mercados municipais.

Brigadeiro Frescor

brigadeiro_frescor_melken_branco_gel_confeiteiro_1000x1000

Ingredientes:

Geleia e Brigadeiro:
1 xícara (chá) de folhas de manjericão
½ xícara (chá) de Recheio de Morango Confeiteiro
1 lata de leite condensado (395 g)
2 colheres (sopa) de manteiga (30 g)
200 g de Chocolate Branco Melken picado

Forminhas:
250 g de Chocolate Branco Melken temperado

Decoração:
Folhas pequenas de manjericão

Material:
manga de confeitar

Preparo:
Geleia: em uma panela ferva ½ xícara (chá) de água (100 ml), desligue o fogo e adicione as folhas de manjericão. Tampe a panela e deixe repousar por cerca de 10 minutos. Coe a infusão. Em outra panela, coloque o Recheio de Morango e a infusão de manjericão, ferva mexendo sempre até que engrosse. Despeje em uma manga de confeitar e reserve.

Brigadeiro: misture o leite condensado, a manteiga, o chocolate branco e cozinhe em fogo médio/baixo, mexendo sempre, por cerca de 15 minutos, ou até que a mistura comece a desgrudar do fundo da panela. Transfira o brigadeiro para uma manga de confeitar com um bico pitanga e deixe esfriar.

Forminhas: preencha completamente o molde com o chocolate branco temperado e dê algumas batidinhas para eliminar bolhas de ar. Vire-o sobre um refratário para escorrer o excesso. Leve à geladeira por alguns minutos para que a primeira camada seque. Retire da geladeira e repita o processo. Leve à geladeira por cerca de 15 minutos ou até que o molde fique opaco e desenforme-as.

Montagem: preencha o fundo das forminhas de chocolate com o gel saborizado e coloque uma pitanga de brigadeiro branco. Finalize com uma folha de manjericão.

Tempo de preparo: 1 hora
Rendimento: 50 unidades

Cone Cake de Laranja e Brigadeiro

conecake_laranja_top_gotas_coloridas_1000x1000

Ingredientes:

Bolo:
1 laranja-pera
3 ovos
1 ½ xícara (chá) de açúcar (240 g)
1 xícara (chá) de óleo (200 ml)
2 xícaras (chá) de farinha de trigo (240 g)
1 colher (sopa) de fermento químico em pó (10 g)

Cones:
45 cones de sorvete tipo biscoito doce banhados nas Gotas Coloridas Top

Recheio, cobertura e decoração:
500 g de Brigadeiro sabor Chocolate Melken
1 xícara (chá) suco de laranja (200 ml)
Raspas de laranja
1 xícara (chá) de Granulado Macio sabor Chocolate Confeiteiro

Material:
Forminhas pequenas de cupcake

Preparo:

Bolo: lave bem a laranja, seque e corte-a em quatro partes, retirando as sementes. Coloque no copo do liquidificador a laranja, os ovos, o açúcar e o óleo e bata bem até que a mistura esteja bem homogênea. Despeje a mistura sobre a farinha e o fermento peneirados e misture bem. Preencha ¾ da capacidade de forminhas pequenas de cupcake. Asse em forno preaquecido (180°C) por cerca de 15 minutos ou até que, ao espetar um palito, ele saia limpo e seco. Retire e deixe esfriar sobre uma grade.

Recheio: bata o brigadeiro, o suco de laranja e as raspas de laranja na batedeira começando com velocidade baixa até que fique homogêneo. Aumente a velocidade e bata até que fique claro e aerado. Coloque em uma manga com um bico de confeitar e reserve.

Montagem: preencha cerca de ¾ da cavidade do cone com o creme de brigadeiro. Retire a forminha de papel dos bolinhos assado e encaixe-o dentro do cone deixando a parte superior para fora. Finalize decorando com o creme de brigadeiro restante e polvilhando o granulado.

Tempo de preparo: 2 horas
Rendimento: 45 unidades
Dica: para deixar a decoração mais alegre, utilize o Granulado Crocante Colorido Confeiteiro.

Técnicas da receita:
Banhando Cones
Fazendo Ganaches
Derretimento de chocolates e coberturas
Têmpera do chocolate

Fonte: Harald

Activia lança dois novos sabores para a linha shot diário

Blueberry & Capim-Limão e Abacaxi & Gengibre são as novas apostas para inovar o portfólio da linha Activia que apresenta o dobro de probióticos naturais por grama que os demais produtos da marca. Com o crescimento da busca por saúde e bem-estar entre os brasileiros, Activia continua investindo em seu portfólio de inovações, com a missão de levar saúde digestiva por meio de seus probióticos naturais ao maior número de pessoas.

Após pesquisas, a marca decidiu investir em novos sabores para a linha Activia Shot Diário, que tem um formato mais prático de consumo e, duas vezes mais probióticos naturais, por grama, que os demais produtos de Activia.

Cerca de 70% das células do sistema imunológico estão no sistema digestivo, por isso, manter o equilíbrio da microbiota intestinal é tão importante e a ingestão de alimentos enriquecidos com probióticos podem ajudar! Isso porque favorecem o combate das bactérias “do mal” e o aumento das “do bem”. Mas não esqueça, a melhor maneira de fortalecer o sistema imunológico é por meio de hábitos saudáveis, como beber água, ter uma alimentação balanceada e exercitar-se diariamente.

Para enriquecer essa rotina saudável e ampliar o portfólio, a marca traz o sabor Blueberry & Capim-Limão, que combina o sabor da fruta ao toque fresco do capim limão; e Abacaxi & Gengibre, com o cítrico e frescor da fruta aliada ao sabor único do gengibre.

O consumo de probióticos é recomendado para todas as idades, no entanto é sempre importante consultar um médico e/ou nutricionista antes da introdução.

Os produtos da Linha Shot Diário são zero lactose, sem glúten, sem conservantes e preparados com ingredientes de origem 100% natural. Estão disponíveis nos sabores Tradicional, Framboesa & Hibisco, Tangerina & Cenoura e os lançamentos Blueberry & Capim-Limão e Abacaxi & Gengibre.

activia

O valor sugerido é de R$ 2,29 nos principais pontos de venda.

Informações: Activia

“Prove Portugal”: jantar a quatro mãos no restaurante Capim Santo

Na próxima quarta-feira(20), o restaurante Capim Santo realizará uma noite portuguesa, sob o comando da Chef Morena Leite, e do Chef convidado Octavio Freitas (Ilha da Madeira – Portugal) para uma noite com um menu impecável elaborado a quatro mãos.

Aos amantes da boa gastronomia, o cardápio oferecido contará com duas entradas, Crispy de tapioca com ragu de pato, elaborada por Morena Leite e Escabeche tépido de cavala com batata doce e maracujá, feito por Octavio. Como pratos principais, serão servidos Filhote com molho de castanha do Pará servido com purê de pupunha, executado pela Chef e Polvilhos assados em vinho tinto sobre papas de milho e vilão de cebolinhas do Chef Octavio.

Para finalizar o menu com chave de ouro, a sobremesa escolhida por Morena Leite é Sonho de Capim Santo, além da Cremada de broas de mel de cana com chips de bolo de especiarias preparada pelo Chef Português.

sonho_de_capim_santo180614_124112.jpg

Os convites podem ser adquiridos pelo site Foodpass, sendo duas opções: menu harmonizado com vinhos, por R$ 230,00 + bebidas não alcoólicas – água, refrigerante, suco de abacaxi com capim santo e suco de melancia com capim e café expresso. Os serviços já estão inclusos. A outra opção é o menu sem harmonização dos vinhos, apenas com as bebidas não alcoólicas citadas, por R$190,00.

TheFork lista os melhores lugares de São Paulo para curtir o verão

Confira as casas com o maior número de avaliações no aplicativo mobile para aproveitar os dias quentes na capital

São Paulo pode até não ter praia, mas tem ótimos lugares para se refrescar ao ar livre, curtir drinques variados e quebrar a rotina com os amigos. Por isso, o TheFork – aplicativo de reservas gastronômicas online do TripAdvisor -, selecionou as casas mais bem avaliadas e pontuadas, segundo as reviews dos usuários da plataforma, que oferecem serviço de excelência a um preço justo.

Confira as sugestões abaixo:

Genuíno Choperia – Vila Mariana

genuino.jpg
A Choperia se tornou o local para encontro de grupos de amigos e famílias. Aos sábados, ao som de chorinho e MPB, a casa recebe seus clientes para a tradicional Feijoada. Além disso, oferece um cardápio com uma variedade de petiscos, pratos e conta também com uma cartela de drinques, caipirinhas e bebidas especiais. O restaurante oferece até 30% de desconto para reservas via TheFork.

Jacarandá – Pinheiros

Jacarandá
Pan de Abuela do Jacarandá – Foto: Elvis Fernandes

Instalado em um belo jardim em Pinheiros, o restaurante teve seu salão construído ao redor um jacarandá, trazendo um ambiente aconchegante, tranquilo e encantador. A casa conta uma cozinha focada no ingrediente e respeito à natureza orgânica do produto. O restaurante oferece até 50% de desconto para reservas pelo TheFork.

Quintal do espeto

tatuapé2
A casa oferece um ambiente amplo, carta de bebidas e uma variedade de espetos. O sistema é de comanda individual e há música ao vivo todos os dias, exceto, segunda quando a casa não abre. Um dos lugares mais indicados para se reunir com os amigos, relaxar e ouvir uma boa música.

Pé de Manga

325369_745772_caipiroska_smirnoff_pe_de_manga__foto_wil_pimentel_
Caipiroskas do Pé de Manga – Foto: Wil Pimentel

O bar é sinônimo de verão e uma ótima pedida ao ar livre. Sob a sombra de três mangueiras centenárias, jardim ao redor e um lago artificial é possível relaxar e desfrutar um pouco da natureza. No cardápio, é possível encontrar opções variadas de petiscos e porções como picanha chapeada com shitake ao molho shoyu, casquinha de siri, e canapés de carpaccio.

Capim Santo

capim santo.jpg

São três espaços especiais para o cliente escolher:, o Jardim Pitanga, o Salão Bistrô e o Jardim Jabuticaba. Um local para passar horas se deliciando com as receitas e curtindo o ambiente, um lindo jardim arborizado, raro de se encontrar nas ruas da cidade.

Coco Bambu (Unidade Anhembi)

coco bambu.jpg
Inspirado na decoração praiana-tropical, aliado às deliciosas combinações, tornou-se sucesso imediato na capital. Possui um amplo cardápio- com frutos do mar, drinque no coco -, receitas feitas com os melhores ingredientes, pratos bem servidos e valores acessíveis.

Ecully

ecully

Dividido em três ambientes, o restaurante traz um clima aconchegante e rústico, rodeado de madeira e plantas. O destaque fica por conta de uma enorme mangueira que sempre atrai passarinhos no final da tarde. O restaurante é pet friendly; e normalmente o ‘Chico’, cãozinho do casal, é visto passeando por lá. A cozinha à vista dos clientes traz um cardápio variável semestralmente e drinques exclusivos.

Marakuthai

marakuthai.jpg

O charme da decoração do ambiente reflete a paixão de Renata pela gastronomia, tanto que há objetos com valor sentimental expostos pelo local. Essencialmente inspirado na culinária tailandesa, o cardápio do Marakuthai traz pratos com toques e perfumes picantes e adocicados, além de inspirações caiçaras.

Para fazer a reserva e aproveitar os benefícios da plataforma, basta baixar o aplicativo do TheFork, que está disponível gratuitamente para Android e iPhone (iOS).

Fonte: TheFork

 

 

10º Burger Fest traz do clássico ao pop, com hambúrgueres alcoólicos

O árabe Randa e o francês Sympa estreiam no festival. Capim Santo, Chip’s Burger, Farabbud, Luz, Câmera, Burger! e Sarrasin participam de mais uma edição

Do clássico cheeseburger ao hambúrguer moderninho, com blends de carne especial e até com notas alcoólicas, opções não vão faltar na 10ª edição do Burger Fest, que acontece de 12 a 28 de maio/17. Apaixonados e viciados por hambúrguer têm encontro marcado no maior festival do Brasil, que reúne 82 casas paulistanas e mais de 100 receitas inéditas preparadas por hamburguerias, restaurantes e bares. Dentre as versões, há as de carnes dry-aged (maturadas a seco), cordeiro, siri, camarão e até de fígado de ganso (foie gras); do italiano polpetone ao hambúrguer de cafta (carne com especiarias sírio-libanesas); do brioche ao pão de capim santo; versões tropicais, saudáveis e de diferentes sotaques.

Em São Paulo, casas renomadas como Capim Santo, Chez MIS, Chez Oscar, Chip’s Burger, Farabbud, Luz, Câmera, Burger!, Tartuferia San Paolo, Tradi e a rede Pobre Juan participam da programação. Os restaurantes Randa, do Morumbi, e o francês, o recém-inaugurado Sympa, dos Jardins, estreiam nesta edição. Todos os participantes criaram ao menos uma receita exclusiva que será servida apenas durante o festival.

Sympa, restaurante francês de alma moderna, nos Jardins, que alia criatividade e técnica, é uma das estreias da 10ª edição do Burger Fest. Adepto da bistronomia e do conceito de “neobistrô”, o restaurante busca uma cozinha francesa mais moderna e, ao mesmo tempo, informal. As criações do chef Thiago Cerqueira para a estreia no festival têm um toque pop e são inspiradas num dos mais icônicos e irreverentes casais da França, Jane Birkin e Serge Gainsbourg, símbolo do comportamento liberal dos anos 1970, com seus filmes, músicas e declarações. Não é à toa que o sagaz Gainsbourg é um hambúrguer com um toque de negroni, um clássico da coquetelaria que mistura doce e amargo, em medidas precisas de gim e vermute. Na receita, estão: blend da casa (150g de carne bovina, um mix dos cortes de acém, brisket e bananinha da costela), barbecue do drinque negroni, queijo gruyère, tomate, cebola caramelizada, bacon, no pão de brioche caseiro (R$ 35). Já o Birkin traz um toque de vinho ao blend de carne: hambúrguer artesanal e carne bovina, com molho périgueux (feito com vinho madeira e finalizado com trufas negras), foie gras (fígado de ganso) e duxelle (mistura bem picadinha de cogumelos, cebola, alho, tomilho e ervas salteadas com manteiga) no pão de brioche (R$ 65). Burger com toques de alta gastronomia e com notas alcoólicas.

BURGER FEST
O chef-revelação Thiago Cerqueira, do francês moderno Sympa, dos Jardins, criou versões de blends caseiros com notas alcoólicas. Na foto, o burger Birkin, em homenagem à cantora e atriz franco-inglesa, que leva vinho na receita. Crédito das fotos: Mario Rodrigues

Outro estreante deste Burger Fest é o Randa, que, em árabe, significa ‘’rosa’’. A casa fica no Plaza Gourmet, área de gastronomia e conveniência de um dos maiores complexos empresariais da cidade, o Morumbi Corporate, na Chácara Santo Antônio. Com uma culinária afetiva, que acolhe pelo sabor, aromas e texturas da tradição sírio-libanesa, a casa homenageia a presença feminina na cozinha, unindo tradição, modernidade e receitas de família. As opções da chef Renata Abbud para o festival são o Hambúrguer de Kafta com Homus, Cebola Caramelizada e Maionese Temperada no Pão de Gergelim (R$ 40) e o Hambúrguer de Cordeiro com Coalhada Temperada com Hortelã Seca e Salada Fatuche no Pão de Mandioquinha (R$ 46). Ambos os pratos vêm acompanhados de batatas chips.

BURGER FEST
Hambúrguer de cordeiro com coalhada temperada com hortelã seca do Randa -R$46,00 – Foto: Mario Rodrigues

Veterano no festival, o premiado Capim Santo traz uma receita da culinária tropical brasileira da chef Morena Leite. Localizado num casarão, no agitado bairro dos Jardins, o Capim Santo tem ambiente que remete à natureza e ao estilo despojado da matriz, em Trancoso (BA), com jardins com coqueiros, jabuticabeiras e bananeiras. O restaurante aposta na sua fórmula de sucesso: um ambiente acolhedor acompanhado com simpatia e gentileza no atendimento, e um menu com ingredientes e temperos brasileiros, comida saudável e técnicas francesas. A chef Morena Leite apresenta uma versão bem brasileira com camarão com frutas. O Hambúrguer de Camarão no Pão de Capim-Santo, acompanhado de chips de banana e chutney de manga (R$ 43), é a opção da casa para o festival.

Capim Santo_Hambúrguer de Camarão_R$43_créditos Mario Rodrigues
A chef Morena Leite, do Capim Santo, preparou o Hambúrguer de Camarão no Pão de Capim-Santo, com Chips de Banana e Chutney de Manga – R$ 43,00 – Foto: Mario Rodrigues

A Chip’s Burger, em Santana, tem décor especial que traz ícones dos anos 1950, como Elvis Presley, Gene Kelly, Rita Hayworth, com abajur retrô, poltronas vermelhas, Juke Box, manequim, réplica de Marilyn Monroe e a sua saia esvoaçante e até um sofá feito com parte da carroceria de um Chevrolet Bel Air, o cobiçado rabo de peixe dos anos 50. Para o festival, a casa preparou o Bacon Jelly (hambúrguer artesanal de 180g feito com blend de carnes especiais Wagyu e Angus, queijo tipo Monterey Jack e geleia de bacon no pão de brioche, R$ 24,99) e o Burrata Burger (hambúrguer artesanal de 180g feito com blend de carnes especiais Wagyu e Angus, tomate, molho pesto e pasta de burrata levemente aquecida. Lanche finalizado com manjericão no pão de brioche, R$ 29,99).

Chips_Burrata Burger_R$ 2999_créditos Mario Rodrigues
Na lanchonete retrô Chip’s Burger, de Santana, a dica é o Burrata Burger (que reúne blend de carnes especiais Wagyu e Angus, tomate, molho pesto, pasta de Burrata e manjericão no pão de brioche caseiro. R$ 29,99 – Foto: Mario Rodrigues

Farabbud, tradicional restaurante árabe de Moema, zona sul de São Paulo, traz um clima de pratos árabes com gostinho de comida da vovó. Fundado em 2002, o nome é uma homenagem aos sobrenomes dos pais, Suahad Farah e Emílio Abbud, de descendências síria e libanesa, tradição que dá corpo à cozinha do restaurante. Com cara de bistrô árabe, ambiente minimalista e uma varandinha acolhedora, a casa é, desde a sua inauguração, ponto disputado pelos paulistanos. Ingredientes de qualidade e “receitas de gaveta” compõem a fórmula de sucesso da casa. Para o festival, a opção é o Burger Paty Abbud (exclusivo blend de carne bovina com cordeiro, acompanhado de vinagrete de hortelã, homus de beterraba e brotos de agrião levemente picantes, servido no pão australiano, R$ 33). Uma receita da família Abbud.

Farabbud_ Burger Paty Abbud_R$33_créditos Mario Rodrigues
Farabbud traz o Burger Paty Abbud (blend de carne bovina com cordeiro, vinagrete de hortelã, homus de beterraba e brotos de agrião levemente picantes no pão australiano) – Preço: R$ 33,00 – Foto: Mario Rodrigues

A Luz, Câmera, Burger!, na Vila Mariana, foi construída dentro de contêineres de navio e com projeto de construção totalmente sustentável, feito a partir do reúso de materiais, como madeira de demolição e vigas de metal. E, agora, ganha um novo espaço para drinques, o LCBar. Para a participação no festival, a casa preparou o Tarantella Burger (preparado no pão ciabatta com polpetone empanado, recheado com mozarela e coberto com molho rústico levemente apimentado e parmesão gratinado, R$ 30). Burger à italiana que harmoniza bem com a nova carta de drinques da hamburgueria, como o Aperol Spritz (R$ 25, Aperol, água com gás, espumante Salton e suco de laranja) ou o Screw Driver (R$ 20, vodca Absolut com suco de laranja).

Luz Câmera Burger_Tarantella_R$30_créditos Mario Rodrigues
Tarantella Burger preparado no pão ciabatta com polpetone empanado, recheado com mozarela e coberto com molho rústico levemente apimentado e parmesão gratinado, R$ 30,00 – Foto: Mario Rodrigues

Aconchegante e romântico bistrô com decoração provençal, o Sarrasin, localizado na Vila Olímpia, alia a experiência gastronômica e cultural à conveniência de um shopping center. No amplo salão, móveis e painéis em madeira, almofadas coloridas, lustres de tecido floral, pinturas, pôsteres, louças e objetos de memória trazem ao restaurante um pedacinho nostálgico da França. Para o festival, a criação exclusiva da casa é o Brie (hambúrguer artesanal de 180g de carne bovina com queijo brie derretido e geleia de tomate da casa, no pão de brioche com farinha de sarraceno. Acompanha batata palito assada no azeite e um buquê de folhas verdes, R$ 38). Com tantas versões assim, a criatividade é o ingrediente principal do festival.

Sarrasin_Brie_R$38_créditos Mario Rodrigues
Brie: hambúrguer artesanal de 180g de carne bovina com queijo brie derretido e geleia de tomate da casa, no pão de brioche com farinha de sarraceno. Acompanha batata palito assada no azeite e um buquê de folhas verdes, R$ 38,00 – Foto: Mario Rodrigues

Restaurantes criam cardápios especiais em homenagem ao Dia das Mães

Programação especial para comemorar com toda a família. Esse é o espírito do domingo de Dia das Mães (14) nos restaurantes mais badalados de São Paulo. Para deixar a data ainda mais saborosa, as casas prepararam drinques e sobremesas para presentear as mães, pratos e menus especiais, com receitas das matriarcas das famílias.

Localizado num casarão, no agitado bairro dos Jardins, o Capim Santo tem ambiente que remete à natureza e ao estilo despojado da matriz, em Trancoso (BA), com jardins com coqueiros, jabuticabeiras e bananeiras. Para o domingo de Dia das Mães, o restaurante oferecerá o seu tradicional e concorrido esquema de buffet (R$ 96 por pessoa, incluindo mesa de sobremesas). São opções variadas e saudáveis de saladas frescas, grãos e leguminosas. Uma ilha de guarnições é seguida por outras de carnes, peixes e aves e, por fim, um cooktop com massas e tapiocas preparadas na hora, na frente do cliente. Opções saborosas, nutritivas e coloridas para agradar dos pequenos aos adultos. Para a data, a chef Morena Leite incluiu no bufê, especialmente para as mães, uma opção bem comfort-food de prato principal, o Nhoque de Batata Roxa com Ragu de Frutos do Mar. Formada como Chef de Cozinha e Confeitaria na renomada Le Cordon Bleu, em Paris, Morena Leite imprime no menu sua marca registrada: cozinha saudável, ingredientes e temperos brasileiros e técnicas francesas (quente com frio, crocante com creme, sabor com estética).

capim santo_nhoque de batata roxa e frutos do mar_créditos Cristiano Lopes_bx
Nhoque de batata roxa e frutos do mar. Foto: Cristiano Lopes

Um aconchegante e romântico bistrô com decoração provençal, o Sarrasin, alia a experiência gastronômica e cultural à conveniência de um shopping center. O amplo salão mais parece um pedacinho nostálgico da França em plena Vila Olímpia, com móveis e painéis em madeira, almofadas coloridas, lustres de tecido floral, pinturas, pôsteres e louças de diferentes regiões da França, objetos de memória e história garimpados pelos donos da casa. A casa, no comando da empresária Melissa Prado, preparou para o domingo das mães um cardápio, em três tempos, no valor de R$ 78 por pessoa. Para começar, Folhas de Galette com Emulsão de Queijo de Cabra e Mel de Vinho do Porto. Arroz de Pato à Moda Francesa ou a Galette Brie com Geleia de Frutas Vermelhas são os pratos principais e, para a sobremesa, Cesta de Crepe com Maçãs Caramelizadas e o Sorvete Caseiro de Doce de Leite.

sarrasin_arroz de pato_créditos Rafael Wainberg_bx
Arroz de Pato – Foto: Rafael Wainberg

A Condessa, no coração da Vila Nova Conceição, tem as características e o romantismo de um bistrô. Com mesinhas na varanda e um clima de “restaurante de bairro”, o restô é charmoso, acolhedor e com verde no seu entorno, perfeito para uma data especial. Para o Dia das Mães, a chef Flávia Marioto (Shanti Nilaya, segundo seu nome espiritual) preparou um menu especial. As opções de entrada são: Ceviche de Pescada com Salpicão, Batata-Doce e Totopos de Milho (R$ 52) e Cumbuca de Mousseline de Mandioca com Ragu Caribenho de Cordeiro (R$ 42). Como prato principal, as sugestões da chef são: Frango Recheado com Damasco ao Molho de Tahine e Risoto de Arroz Negro (R$ 69), Peixe Branco no Papilote com Capim-Santo, Erva-Cidreira, Batata-Doce Assada e Fios de Legumes (R$ 89) e Moqueca Vietnamita de Vegetais com Miniarroz Integral e Farofinha (R$ 63). Como sobremesa, é possível se deliciar com a Sinfonia de Figos (R$ 30), que reúne as três versões da fruta (seca, assada e em calda) com um toque de vinho e merengue. O domingo ainda terá uma programação em homenagem às mães: aula de ioga gratuita para elas. A aula será ministrada pela chef Flávia Marioto (Shanti Nilaya), também professora de ioga e de dança contemporânea.

www.tbfoto.com.brCONDESSA - SP/SP - 25/05/2010
Foto: Tadeu Brun
Sinfonia de Figos – Foto: Tadeu Brun

Mais antiga chopeira em funcionamento da cidade, o Bar Dois Irmãos, no Campo Belo, tem a parede de azulejos que remete aos tempos de armazém. No ambiente, luminárias redondas dão o toque retrô, móveis de madeira escuros e um imponente bar. Gins e cachaças artesanais enchem as prateleiras atrás do balcão, de onde saem caipirinhas, gim-tônicas e o lendário chope Brahma. No começo de 2017, o bar ganhou um legítimo forno a lenha napolitano, feito de ladrilhos coloridos e uma parede com jardim suspenso. Para o domingo das mães acabar em pizza, a dica é o sabor leve da Venite, (R$ 34,00, a versão caçulinha, com 04 pedaços, ou R$ 54,00, a brother, com 08 pedaços), que combina pesto de manjericão, finas fatias de tomate e mozarela).

bar dois irmãos_pizza venite_créditos Mario Rodrigues_bx
Pizza Venite – Foto: Mario Rodrigues

O pequeno e charmoso Sympa, localizado no Jardins, tem décor minimalista, um moderno bar de madeira na entrada e trilha sonora animada, que embala a noite do público eclético e fashionista dos Jardins. Francês de alma moderna, o restaurante, que busca uma cozinha francesa mais informal, está sob o comando do jovem chef mineiro Thiago Cerqueira. Para o Dia das Mães, o menu especial preparado pela casa, no valor de R$ 110,00 por pessoa, reúne técnica francesa com ingredientes frescos e locais. Para as entradas, os destaques são Lulas com Alcachofra, Tomate, Erva-Doce e Emulsão de Espinafre ou Cogumelos ao Vinho do Porto e Ovo Perfeito. Como prato principal, as opções são Camarão ao Molho Bisque com Ravióli de Abóbora na Manteiga de Gengibre ou Miolo de Paleta de Wagyu ao Molho Rôti, Minibatatas, Cogumelos e Ovo de Codorna. Para finalizar, Mil-Folhas de Baunilha e Frutas Vermelhas e a Trilogia de Chocolate são as apostas de sobremesa do chef.

www.raphaelcriscuolo.com.brFoto: Raphael Criscuolo
ATENÇÃO:
Trilogia de Chocolate – Foto: Raphael Criscuolo

Para mães modernas, que quiserem fugir do tradicional restaurante, a hamburgueria Luz, Câmera, Burguer!, na Vila Mariana, também preparou uma programação especial no dia 14/maio, com um brunch de café da manhã, das 9h às 14h, no valor de R$ 55 por pessoa. As crianças até 4 anos não pagam e até 10 anos pagam apenas 60% do valor. O ambiente da hamburgueria já vale o passeio. A lanchonete foi construída dentro de dois contêineres de navio e com projeto de construção totalmente sustentável, feito a partir do reúso de materiais, como madeira de demolição e vigas de metal. Opções como a Rabanada de Banana no Pão de Brioche, servida com doce de leite, e Muesli de Iogurte/Sour Cream com Geleia de Morango e Chia prometem adoçar a manhã. Opções salgadas é o que não faltam para agradar às mamães mais exigentes, como Salada de Folhas Nobres com Molho Ceaser Vegetariano, Tabule de Couve-Flor e Sanduíches de Ovos Benedict no Pão de Hambúrguer e Queijo Quente com Tomate e Manjericão. E para quem procura por uma opção sem glúten, a aposta da casa é a Tapioca. Para acompanhar, Café, Leite, Chá Quente, Sucos e Água Aromatizada completam o cardápio especial.

LCB - Ambientes
Foto: Elvis Fernandes

 

 

 

 

20ª SPRW reúne o melhor da gastronomia de São Paulo

Capim Santo, Farabbud, Mercearia do Conde, Sarrasin e Sympa são destaques desta edição do festival, que completa 10 anos no Brasil

Uma boa refeição inclui, além de boas receitas, uma boa experiência. Isso conta com um ambiente agradável, preços justos e bom atendimento. A20ª edição da São Paulo Restaurant Week, que ocorre de 24 de março a 16 de abril, reúne mais de 200 restaurantes badalados de São Paulo com o tema “Descobertas de Sabores”. O evento traz menus completos de almoço e jantar (entrada, prato principal e sobremesa) a preços fechados (Menu Week: R$ 41,90, no almoço, e R$ 52,90, no jantar; e Menu Premium: R$ 68,00 no almoço, e R$ 89,00 no jantar). Bebidas e taxas de serviço não estão inclusas no valor.

O cliente poderá contribuir ainda com mais R$ 1,00 em cada refeição, que será convertido diretamente para a Fundação Cafu. O festival tem como objetivo principal oferecer, a preços democráticos, o melhor da gastronomia. Participam desta edição, com o Menu Week, o árabe Farabbud, em Moema, a tradicional Mercearia do Conde, no Jardim Paulistano, que acaba de completar 25 anos, e os premiados Capim Santo, nos Jardins, e Sarrasin, na Vila Olímpia. O destaque do Menu Premium é o francês Sympa, nos Jardins, estreante no festival.

capim santo_salada de mamão verde com camarão_créditos Mario Rodrigues
No Capim Santo, a chef Morena Leite sugere, como entrada, a Salada de Mamão Verde com Camarão e Broto de Bambu, Gergelim e Cenoura. Foto: Mario Rodrigues

Localizado num casarão, no agitado bairro dos Jardins, o Capim Santo tem ambiente que remete à natureza e ao décor rústico-chique da matriz, em Trancoso (BA), com jardins com coqueiros, jabuticabeiras e bananeiras. No menu, também há a preocupação com ingredientes frescos e saudáveis. Formada como Chef de Cozinha e Confeitaria na renomada Le Cordon Bleu, em Paris, Morena Leite imprime no menu sua marca registrada: cozinha saudável, ingredientes e temperos brasileiros e técnicas francesas (quente com frio, crocante com creme, sabor com estética). O restaurante participa do festival apenas no jantar. No Menu Week, os destaques são: como entrada, o brasileiríssimo e crocante Bolinho de Feijoada; como principal, um prato no clima de outono, o Ninho de Carne-Seca com Purê de Abóbora e Chips de Couve; e como sobremesa, a Banana Flambada com Cachaça Busca Vida e Caramelo.

farabbud_quibe de quinoa real_créditos Mario Rodrigues
No árabe Farabbud, a dica é o saudável e saboroso Quibe de Quinoa Real (feito com quinoa branca, vermelha e negra e trigo integral), acompanhada de mix de folhas verdes. Foto: Mario Rodrigues

Pratos árabes com gostinho de comfort food. Esse é o clima do Farabbud, marco da culinária árabe em São Paulo. Fundado por Paulo Abbud, em 2002, em Moema, zona sul da cidade, o Farabbud é uma homenagem a Suahad Farah e Emílio Abbud. Receitas criadas pela família e que se tornaram clássicos da culinária árabe no Brasil. Para o festival, os destaques do almoço são: como entrada, a Salada Henrique (preparada com tomate, pepino, salsinha e alface americana cortada na ponta da faca, temperada com limão e finalizada com pão árabe torrado), como prato principal, o Aarouz de Falafel (pão saj enrolado com falafel, alface romana, rabanete, tomate e molho tarator). Para finalizar, o Minichocolamour (sorvete de chocolate, calda quente, chantili e farofa doce). No jantar, as indicações são: como entrada, o Quibe Cru de Salmão (salmão fresco picado na ponta da faca, cebolinha francesa, gengibre agridoce e pimenta dedo-de-moça com creme de limão-siciliano), como prato principal, a Moussaka na Panelinha (finas fatias de berinjelas grelhadas na chapa cobertas por tomates concassé perfumados com manjericão e capa de filé mignon moída refogada com especiarias e coberto com bechamel), e para finalizar, a Coalhada com Frutas Vermelhas (framboesa, amora e morango).

mercearia do conde_frango ao molho de tamarindo_créditos Rafael Wainberg
Na colorida Mercearia do Conde, que acabou de completar 25 anos, a dica é o Frango ao Molho de Tamarindo com Arroz Frito da Indonésia. Foto: Rafael Wainberg

A Mercearia do Conde, sob o comando da restauratrice Maddalena Stasi, no Jardim Paulistano, acaba de completar 25 anos. O restaurante preserva resquícios de sua origem de armazém. No cardápio, uma cozinha que prima pelo saudável e exibe influências de diferentes nacionalidades. Localizado numa colorida casa de esquina, o restaurante é cheio de resquícios da antiga mercearia, com azulejos brancos nas paredes, sacolas penduradas, oratórios, quadros, espelhos, obras de arte, fadas e equilibristas pendurados no teto. O menu para o festival, servido apenas no jantar, tem como opção de entrada o Carpaccio de Salmão com Molho da Casa e Queijo de Cabra. Já de prato principal, o menu conta com o Espaguete da Casa com Molho de Tomates Assados, Cubinhos de Queijo Coalho e Berinjela Dourada e a Costelinha de Porco Confit com Purê Rústico de Mandioca e Couve Salteada. Para finalizar com doçura, a casa oferece como sobremesa a Torta de Limão-Siciliano com Coulis de Framboesa e o Gelado de Chocolate e Gengibre.

sarrasin_degustação de minigalettes_créditos Divulgação
No romântico Sarrasin, a dica é começar com a degustação de minigalettes crocantes de trigo sarraceno, sem glúten. Foto: Divulgação

Crocante, versátil e saudável, a galette é a receita de sucesso que deu origem ao Sarrasin, em 2010, em Pinheiros, em São Paulo. Surgia, assim, a primeira galetterie da cidade, casa especializada em crepes salgadas (típicas da região noroeste da França, a Bretanha), cuja massa tem o trigo-sarraceno como principal ingrediente. Com uma infinidade de sabores e recheios, as galettes viraram moda na cidade. Um aconchegante e romântico bistrô, localizado no Shopping Vila Olímpia, com decoração provençal, que alia a experiência gastronômica e cultural à conveniência de um shopping center. Para esta edição festival, dentre as opções do Menu Week, a casa apresenta uma degustação de minigalettes crocantes feitas de trigo sarraceno. O Risoto de Cogumelos ao Vinho do Porto é uma das sugestões de prato principal. Para os chocólatras, a sobremesa é irresistível: Bolo Cremoso de Chocolate com Calda Quente de Chocolate.

www.raphaelcriscuolo.com.brFoto: Raphael Criscuolo
ATENÇÃO:
O chef Thiago Cerqueira, do Sympa, estreante no SPRW, propõe como sobremesa do Menu Premium o Sorbet de Manga com Maracujá e Tuille de Amêndoas com Creme. Foto: Raphael Criscuolo

Criatividade com técnica, assim é o Sympa, restaurante francês de alma moderna, sob o comando do jovem chef mineiro Thiago Cerqueira. Pequeno e charmoso, com apenas 38 lugares, o Sympa tem um salão envidraçado e elegante, ambiente com pé direito alto, décor minimalista, um moderno bar de madeira na entrada e trilha sonora animada, que embala a noite do público eclético e fashionista dos Jardins. Adepto da bistronomia e do conceito de “neobistrô”, o Sympa busca uma cozinha francesa mais moderna e informal, fresca, mas sem frescuras. Com uma experiência gastronômica ainda mais sofisticada, a casa está participando com o Menu Premium no festival. Dentre as sugestões do chef no almoço estão: para começar, o Borsch com Queijo de Cabra e Picles de Melancia, como prato principal, a Bochecha Braseada ao Rôti de Goiaba, Purê de Cenoura e Feijão-Fradinho e, para finalizar, o Sorbet de Manga com Aroma de Maracujá e Tuille de Amêndoas com Creme, Cubos de Manga e Coulis de Manga. No jantar, como entrada, é possível provar o Tartar de Atum e Beterraba, Suco de Salsinha e Ovo de Codorna Curado, como prato principal, o Prato do Pescador preparado com Mexilhões, Lula, Polvo, Peixe ao Molho de Crustáceos e Terrine de Mandioca, e como sobremesa, o Mil-Folhas de Baunilha e Frutas Vermelhas.

SPRW

Criado nos anos de 1990 em Nova York, o Restaurant Week chegou ao Brasil em 2007 e de lá para cá vem movendo multidões em torno desse festival gastronômico. Presente em mais de 15 cidades brasileiras, com a exigência de que o restaurante participante tenha menu e preço fechados para o almoço e jantar, já virou parte do calendário regional. Oportunidade única para os apreciadores da boa gastronomia provarem menus diferenciados, preparados por grandes e renomados chefs, com diversas opções de menus criativos por preços democráticos. O evento conta com The Fork, empresa especializada em reservas online do grupo TripAdvisor.

Serviço:

O quê: 20ª edição da São Paulo Restaurant Week
Quando: De 24 de março a 16 de abril/17
Tema: Descoberta de Sabores
Valores:
– Menu Week – R$ 41,90 (almoço) e R$ 54,90 (jantar)
– Menu Premium – R$ 68,00 (almoço) e R$ 89,00 (jantar)

Onde encontrar:

Capim Santo
Endereço: Alameda Ministro Rocha Azevedo, 471 – Jardins
São Paulo – SP, CEP 01410-001
Menu do SPRW – Menu Week (R$ 54,90, no jantar):
Jantar (de terça a sexta, das 19h às 23h30; e sábados, das 20h à 0h. Fecha às segundas e no jantar aos domingos):
Entradas:
– Bolinho de Feijoada
– Salada de Mamão Verde com Camarão e Broto de Bambu, Gergelim e Cenoura
Pratos:
– Nhoque de Semolina com Molho de Limão-Cravo
– Ninho de Carne-Seca com Purê de Abóbora e Chips de Couve
Sobremesas:
– Panna Cotta de Capim-Santo
– Banana Flambada com Cachaça Busca Vida e Caramelo

Farabbud
Endereço: Alameda dos Anapurus, 1253
Menu do SPRW – Menu Week (R$ 41,90, no almoço, e R$ 54,90, no jantar):
Almoço (de segunda a sexta-feira, das 12h às 15h30, e sábados, domingos e feriados, das 12h às 18h):
Entradas:
– Creme Gelado de Beterraba Orgânica
– Salada Henrique (tomate, pepino, salsinha e alface americana cortada na ponta da faca, temperada com limão e finalizada com pão árabe torrado)
Pratos:
– Quibe de Quinoa Real (quinoa – branca, vermelha e negra-, trigo integral e temperos aromáticos, recheado com shiitake, shimeji e ciboulette puxados no vinho branco e na manteiga. Acompanha um mix de folhas temperadas com um molho levemente ácido)
– Cafta com Arroz com Lentilha (espeto de carne moída selecionada assado na chapa com salsinha e especiarias árabes. Acompanha tomate, cebola ou vinagrete e arroz branco com lentilhas)
– Aarouz de Falafel (pão saj enrolado com falafel, alface romana, rabanete, tomate e molho tarator)
Sobremesas:
– Minichocolamour (sorvete de chocolate, calda quente, chantili e farofa doce)
– Malabie (manjar branco de miski com geleia de damasco turco)
Jantar (de segunda a sexta-feira, das 18h30h às 22h30, e sábados, domingos e feriados, das 18h às 22h30):
Entradas:
– Quibe Cru de Salmão (salmão fresco picado na ponta da faca, cebolinha francesa, gengibre agridoce e pimenta dedo-de-moça com creme de limão-siciliano. Acompanha torradas temperadas com zaatar)
– Salada Valentin (mix de folhas verdes temperadas com molho de mel e redução de balsâmico, acompanhado de pedaços de chancliche, frutas selecionadas e nozes torradas)
Pratos:
– Moussaka na Panelinha (finas fatias de berinjelas grelhadas na chapa cobertas por tomates concassé perfumados com manjericão e capa de filé mignon moída refogada com especiarias e coberto com bechamel. Acompanha arroz cherry)
– Aarouz de Baby Beef (pão saj enrolado com iscas de baby beef salteadas no azeite e cebola, coalhada seca, molho vinagrete com summac. Acompanha batata frita)
– Filé de Pintado com Cuscuz (filé de pintado grelhado, com molho tarator e nozes, acompanhado de grãos de sêmola puxados no azeite com cebola roxa e pimentões vermelhos e amarelos, com um toque de hortelã)
Sobremesas:
– Coalhada com Frutas Vermelhas (framboesa, amora e morango)
– Minimoka (sorvete de creme com calda de café, chantili e farofa doce)

Mercearia do Conde
Endereço: Rua Joaquim Antunes, 217 – Jardim Paulistano
Menu do SPRW – Menu Week (R$ 54,90, no jantar):
Jantar (de segunda a quinta, das 19h às 23h30; sexta e sábado, das 19h à 0h30; e domingo, das 19h às 23h):
Entradas:
– Carpaccio de Salmão com Molho da Casa e Queijo de Cabra
– Bolinho de Arroz com Relish de Pepino
Pratos:
– Costelinha de Porco Confit com Purê Rústico de Mandioca e Couve Salteada
– Frango ao Molho de Tamarindo com Arroz Frito da Indonésia
– Espaguete da Casa com Molho de Tomates Assados, Cubinhos de Queijo Coalho e Berinjela Dourada
Sobremesas:
– Torta de Limão-Siciliano com Coulis de Framboesa
– Gelado de Chocolate e Gengibre

Sarrasin Bistrô
Endereço: Rua Olimpíadas, 360 – Shopping Vila Olímpia – Piso Térreo
Vila Olímpia – CEP: 04551-000
Menu do SPRW – Menu Week (R$ 54,90, no jantar):
Jantar (domingo a quinta, das 19h às 22h. Sexta, sábado e feriados, das 19h às 23h. Abre todos os dias):
Entradas:
– Hóstia Feita de Trigo Sarraceno com Queijo Boursin e Lascas de Parma (acompanha figo feito no vinho tinto).
– Degustação de Minigalettes Crocantes Feitas de Trigo Sarraceno (03 unidades)
Pratos:
– Risoto de Cogumelo ao Vinho do Porto
– Galette feita com Trigo Sarraceno, Ragu de Costela, Musseline de Batata e Agrião Fresco
Sobremesas:
– Mousse de Fromage Blanc (queijo francês, cremoso, sem adição de natas), Coulis de Frutas Vermelhas e Lascas de Crepe
– Bolo Cremoso de Chocolate com Calda Quente de Chocolate

Sympa Restaurante
Endereço: Rua Haddock Lobo, 1002
Menu do SPRW – Menu Premium (R$ 68, no almoço, e R$ 89, no jantar)
Almoço (De terça a sexta, das 12h às 15h, sábados, das 12h às 16h, domingo, das 12h às 17h. Fecha às segundas):
Entradas:
-Salada de Abobrinha e Queijo de Cabra, Purê de Cenoura Fermentado e Tomate Português ao Perfume de Laranja
– Borsch (sopa de beterraba) com Queijo de Cabra e Picles de Melancia
Pratos:
– Bochecha Braseada ao Rôti de Goiaba, Purê de Cenoura e Feijão-Fradinho
– Bouillabaisse de Água Doce, Pirão de Farinha d’Água e Arroz de Jasmim
Sobremesas:
– Profiteroles com Sorvete de Baunilha e Calda de Chocolate
– Sorbet de Manga com Aroma de Maracujá e Tuille de Amêndoas com Creme, Cubos de Manga e Coulis de Manga
Jantar (De terça e quarta, das 19h30 às 23h30; quinta a sábado, das 19h30 à 0h. Fecha às segundas):
Entradas:
– Tartar de Atum e Beterraba, Suco de Salsinha e Ovo de Codorna Curado
– Pojarski de Leitão, Relish de Chuchu, Mostarda Violeta e Rôti de Suã
Pratos:
– Prato do Pescador (mexilhões, lula, polvo, peixe ao molho de crustáceos e terrine de mandioca)
– Brisket de Wagyu ao Molho Rôti, Toffee de Cebola com Batata-Doce
Sobremesas:
– Mousse de Chocolate Belga, Praliné de Noz-Pecã e Laranja
– Mil-Folhas de Baunilha e Frutas Vermelhas.

 

2º Festival Arca do Gosto traz experiências com ingredientes ameaçados

Capim Santo, Condessa, Figo e Mercearia do Conde criam degustações em defesa de ingredientes brasileiros que correm o risco de desaparecer

De piqueniques a café da manhã com ioga, experiências gastronômicas não vão faltar na 2ª edição do Festival Arca do Gosto, que reúne chefs e restaurantes em torno de ingredientes brasileiros que correm o risco de desaparecer. O festival acontece de 20 de outubro a 6 de novembro, em São Paulo, com 18 eventos exclusivos com produtos ameaçados de extinção, mas que ainda se encontram vivos, com potencial produtivo e comercial.

O tema desta edição é a região Sudeste e reunirá experiências, de degustações a aulas, com vendas exclusivas pelo Foodpass. Os restaurantes Mercearia do Conde, no Jardim Paulistano, Condessa Bistrô e Figo Restaurante, na Vila Nova Conceição, estreiam no festival. Capim Santo, nos Jardins, e Carlota, em Higienópolis, também participam desta edição.

Defesa da biodiversidade e das culturas alimentares. A Arca do Gosto é um catálogo mundial do movimento Slow Food, dividido em categorias como animais, frutas e verduras. O movimento reúne hoje mais de 3500 ingredientes de diversos países, sendo quase 100 brasileiros. Ao adotar os ingredientes da Arca, os chefs do festival estão contribuindo para a permanência de agricultores e produtores em suas terras, que preservam e cuidam diariamente da biodiversidade brasileira.

Localizado num casarão, no agitado bairro dos Jardins, o Capim Santo tem ambiente que remete à natureza e ao décor rústico-chique da matriz, em Trancoso (BA), com jardins com coqueiros, jabuticabeiras e bananeiras. Para o festival, a chef Morena Leite preparou um menu exclusivo em três tempos (R$ 98,00 por pessoa), servido no jantar de 20/outubro a 05/novembro, com ingredientes ameaçados como o jenipapo, o urucum, o queijo do Araxá e a jabuticaba. A jabuticabeira, árvore frutífera genuinamente brasileira, pode demorar de 10 a 15 anos para produzir os primeiros frutos.

Pela dificuldade da colheita, é encontrada em pomares domésticos e pequenas plantações. Arredondada, de coloração roxa-escura e muito suculenta, a jabuticaba será a estrela de vários pratos preparados pela chef Morena Leite neste festival. Dentre os destaques: o Pirarucu com Molho de Urucum e Escamas de Banana-da-Terra e a Panna Cotta de Queijo do Araxá com Calda de Jabuticaba.

capim_pirarucu-com-molho-de-urucum-e-escamas-de-banana-da-terra_foto-sabrina-vasconcellos
Pirarucu com molho de urucum e escamas de banana da terra – Foto: Sabrina Vasconcelos

Formada como Chef de Cozinha e Confeitaria na renomada Le Cordon Bleu, em Paris, Morena Leite imprime no menu sua marca registrada: cozinha saudável, ingredientes e temperos brasileiros e técnicas francesas (quente com frio, crocante com creme, sabor com estética). Autora de cinco livros de gastronomia, a chef tem pesquisa sobre ingredientes de diferentes biomas brasileiros em obras como “Mistura Morena – Cozinha Tropical Brasileira” (Ed. Senac, 2014) e “Brasil – Ritmos e Receitas” (Ed. Boccato, 2005), publicado originalmente em francês e que ganhou o prêmio de melhor livro de culinária do mundo no quesito inovação, na Suécia.

Já o Figo Restaurante preparou um jantar em cinco tempos harmonizado com vinhos (R$ 220 por pessoa), na sexta-feira (21/outubro), no charmoso espaço para festas, que conta como uma cozinha aberta, de onde se veem todos os passos de preparo dos chefs. A grande mesa de madeira tatajuba, produzida artesanalmente pelo designer Germano Utsch, na Bahia, é o destaque do espaço com mais de 200m². O salão de eventos conta ainda com uma varanda, com vista para o arborizado e tranquilo bairro da Vila Nova Conceição. O menu para o festival, preparado pelos chefs Marc Le Dantec (ex-Daniel Bouloud, em Nova York, e Maisons de Bricourt, em Cancale, França, ambos 3 estrelas no Guia Michelin) e Milton Yamamoto (ex-Sal Gastronomia, Condessa Bistrô), utiliza ingredientes ameaçados como a pitanga, o palmito Juçara, a jabuticaba e a ostra de Cananeia, do litoral Sul de São Paulo.

figo_ostras-empanadas_creditos-mario-rodrigues
Ostras empanadas do restaurante Figo – Foto: Mario Rodrigues

Menor e mais adocicada que a do Pacífico, a ostra-do-mangue é ingrediente fundamental em diversas receitas caiçaras, com extração baseada no sistema de produção familiar. A ostreicultura artesanal é uma atividade essencialmente extrativista e base de sustento das famílias da região. No menu do festival, os destaques são: o Gel de Pitanga com Picles de Maxixe e Jamón Ibérico e as Ostras de Cananeia Empanadas com Brioche e Castanha de Baru com Creme de Juçara Defumada.

Para começar o dia de forma saudável, o Condessa Bistrô preparou para o festival uma aula de ioga com um café da manhã nutritivo, no domingo (30/outubro). O menu criado pela chef Flávia Marioto (R$ 90 por pessoa) inclui uma tostada ou ovos orgânicos, uma bebida quente e um suco, com ingredientes ameaçados como a pitanga e o queijo do Serro, reconhecido como um Patrimônio Imaterial da Cultura de Minas Gerais e uma das bases da economia local. De produção artesanal, o queijo tem uma leve acidez, coloração clara e consistência macia. Dentre os destaques do menu, estão a Tostada de Taioba e Queijo do Serro no Pão de Sementes e o Suco de Pitanga com Figo e Pólen. Com mesinhas na varanda, o restaurante é charmoso, pet e bike friendly, com muito verde no seu entorno. Perfeito para uma aula de ioga saudável ao lado dos amigos.

 

cafe-da-manha_condessa_creditos-sabrina-almeida
Café da manhã no Condessa. Foto: Sabrina Almeida

Arte

Unindo gastronomia e arte, a Mercearia do Conde, colorida casa de esquina na Joaquim Antunes, preparou para o festival um menu em 6 etapas harmonizado com vinhos orgânicos (R$ 197 por pessoa), na quinta-feira (27/outubro). Os pratos criados pela chef Flávia Marioto levam ingredientes ameaçados como as ostras de Cananeia, o queijo do Serro ou do Salitre, a pitanga, a goiabada cascão e a ora-pro-nóbis (latim “rogai por nós”), uma cactácea pouco conhecida fora de Minas Gerais e raramente cultivada comercialmente, apesar de ser uma hortaliça resistente, de fácil cultivo e tem alto valor nutricional. No menu, os destaques são: a Ostra de Cananeia ao Curry Verde, o Frango ao Molho de Pitanga e Ora-Pro-Nóbis e a Nuvem de Goiabada Cascão com Farofa e Sorbet de Limão. A chef, também atriz e que prefere ser chamada pelo seu nome espiritual, Shanti Nilaya, irá fazer, antes do jantar, uma interpretação da história “A Árvore Generosa”, obra de Shel Silverstein que discute consciência ecológica e o amor incondicional. Experiências de chefs guardiões de sabores e culturas.

mercearia_ostras_com_curry_cre_ditos_patri_cia_arau_jo
Ostras com curry da Mercearia do Conde. Foto: Patrícia Araújo

Sobre o Slow Food

Fundado por Carlo Petrini, na Itália, em 1986, o Slow Food é um movimento internacional sem fins lucrativos presente em mais de 150 países. Nasceu como um protesto contra o fast-food e a fast-life, onde tudo é padronizado. Defende o alimento bom, ou seja, saboroso e de qualidade; limpo, que não prejudica o meio ambiente; e justo, em relação a condições de trabalho e remuneração dos produtores. O Slow Food tem três grandes missões: defender a biodiversidade alimentar, difundir a educação do gosto e aproximar os agricultores dos consumidores através de eventos, iniciativas e projetos como a Arca do Gosto, o Terra Madre Day e a Aliança dos Cozinheiros.

Serviço:
Festival Arca do Gosto – Slow Food

InstagramFacebook / Vendas 

Onde encontrar: Capim Santo / Condessa Bistrô / Figo Restaurante / Mercearia do Conde