Arquivo da tag: ceia

Nutricionista e chef dão dicas e ensinam receitas exclusivas para a festa de fim de ano

Os pratos foram elaborados pelos especialistas da Sodexo On-site pensando em trazer nutrição, sabor, praticidade e economia no bolso para as ceias de final de ano

As festas de Ano-Novo são muito aguardadas pelas pessoas devido ao seu propósito de união e celebração. E toda festividade exige comida gostosa, que traga conforto e carinho. Mas todo esse cenário também é propício para exageros gastronômicos. Contudo, é possível seguir algumas práticas no consumo que ajudarão a aproveitar ainda mais esse momento de confraternização com equilíbrio.

Para Ana Maria Moura nutricionista do programa Mais Saúde da Sodexo On-site Brasil, empresa líder mundial em serviços de alimentação e facilities que proporcionam qualidade de vida e bem-estar para milhões de pessoas, muitos casos de mal-estar ou sensação de ‘estufamento’ aparecem logo após a ingestão de refeições pesadas, com alto teor de gordura. “Geralmente, as comidas de festas são mais gordurosas e para economizar tempo acabamos optando por molhos ou refeições já prontas. Uma aposta para fugir disso, é utilizar temperos naturais como cebola, alho, louro, salsinha, cebolinha, pimenta e coentro no preparo. Eles são ótimos substitutos do sal, açúcar, óleos e gorduras, que devem ser utilizados em menor quantidade para não prejudicar a saúde”, afirma Ana.

Outra dica valiosa é fazer um lanche saudável antes da festa, assim você evita comer tudo o que estiver servido. Além disso, tenha prazer com cada escolha, saboreando cada pedaço e sem ficar pensando na próxima porção que será servida. “O mais importante é concentrar-se no que consumiu, e não ficar pensando no que não consumiu”, recomenda a especialista.

PXhere

Ana ressalta ainda que é importante manter-se bem hidratado, especialmente nessa época com altas temperaturas. “Com o calor, o nosso organismo precisa manter uma temperatura adequada para funcionar e o principal mecanismo para essa regulação é a transpiração, que faz aumentar a eliminação de água e sais minerais, necessitando de mais líquidos durante o dia. Se consumir bebidas alcoólicas, a atenção em ingerir mais água deve ser dobrada! Além de diminuir a ressaca, a água ou sucos naturais ajudam no processamento do álcool pelo fígado diminuindo os efeitos da intoxicação no organismo”, explica.

A nutricionista alerta também sobre medidas que podem ser tomadas após as ceias caso aconteça exagero no consumo de comidas ou bebidas. “Se sentiu que comeu muito nas confraternizações, não inicie um jejum e nem fique se sentindo culpado. A alimentação saudável não se resume a um dia ou uma refeição, assim o importante é fazer escolhas mais saudáveis durante as outras refeições”, conclui.

Já o chef da Sodexo On-site, Levi Viana, traz alguns conselhos para economizar nas compras e ter refeições saborosas, ajudando também o meio ambiente. “Com o cenário atual da economia, estamos passando por alta nos preços, e em tempos de festas esse fator acaba pesando no bolso. Para continuar fazendo receitas deliciosas e com variedade, uma grande saída é utilizar os alimentos ao máximo durante o preparo, principalmente frutas e legumes. As cascas, talos, folhas, sementes desses alimentos, por exemplo, rendem uma maravilhosa entrada ou até mesmo sobremesa”, afirma Viana.

Pensando nessa missão de ter momentos gostosos, saudáveis e sem pesar no bolsa, os especialistas da Sodexo On-site selecionaram cinco receitas fáceis, saborosas e nutritivas, além de um cardápio sustentável em que é possível aproveitar o alimento por inteiro. Confira abaixo:

Entradas

Tapenade de azeitonas

Ingredientes:
180g de azeitona preta
¼ de xícara de manjericão fresco
¼ xícara de queijo parmesão
1 dente de alho
Aproximadamente ¼ xícara de azeite

Modo de Preparo:
Processe a azeitona com o manjericão, o queijo, o alho e o azeite. Misture bem até a azeitona ficar bem picadinha. Essa quantidade de azeite é uma base, o ideal é ir colocando aos pouquinhos, já que percebi que algumas azeitonas são mais molhadinhas que outras, por isso pode ser que você precise de um pouco menos, ou um pouco mais! Só cuidado para não deixar boiando no azeite. Conserve na geladeira.
Tempo: 20 minutos
Rendimento: 10 porções
Dificuldade: fácil

Salpicão saudável com maionese de cenoura

Maionese de cenoura

Ingredientes:
1 cenoura média;
½ xícara de leite;
1 colher de sopa de limão;
azeite o quanto baste;
sal a gosto.

Modo de preparo:
No liquidificador, comece batendo a cenoura com o leite e o suco de limão até ficar bem liso. Em seguida, vá adicionando o azeite até formar um creme bem grossinho. Por fim, acerte o sal a seu gosto.

Salpicão

Ingredientes:
1 peito de frango desfiado;
½ xícara de cenoura ralada;
½ xícara de beterraba ralada;
1 maçã pequena cortada em cubos;
2 colheres de sopa de salsa picada;
sal e pimenta do reino moída na hora a gosto.

Modo de preparo:
Misture o peito de frango, a cenoura, a beterraba, a maçã e salsa com aproximadamente 2 colheres de sopa da maionese de cenoura. Logo após, adicione, o sal e a pimenta do reino a seu gosto.
Tempo: 20 minutos
Rendimento: 2 porções
Dificuldade: fácil

Principal

Filé de frango em crosta de chia com geleia de damasco, ameixas e uvas passas

Ingredientes:
2 unidades de filé de frango
Sal e pimenta agosto
Suco de ½ limão orgânico (para temperar o frango)
1 colher (sopa) de azeite extravirgem
1/4 xícara (chá) de castanha-do-pará picadas
1 colher (sobremesa) de semente de chia
Folhas de 1 ramo de tomilho
1/4 pote de geleia de damasco zero
Suco de ½ limão siciliano
Uva passa escura sem semente

Modo de preparo:
Tempere o frango, com o sal, a pimenta e o suco de limão. Em uma tigela, misture as castanhas do Pará, as sementes de chia, as folhas de tomilho e um pouco de azeite. Aqueça uma frigideira com o restante do azeite e grelhe os filés. Retire do fogo, deixe amornar e cubra com a crosta. Volte a frigideira e esquente os filés para aderir a crosta. Misture a geleia com o suco de limão, junte as uvas passas e as ameixas. Sirva os filés fatiados com a geleia.
Tempo: 40 minutos
Rendimento: 2 porções
Dificuldade: médio

Sobremesa

Pudim de Tapioca com Mirtilo

Ingredientes:
3 ovos;
2 xícaras de leite vegetal ou desnatado;
200 ml de leite de coco light;
1 xícara de leite em pó desnatado;
1 e ½ xícara de açúcar demerara (para o pudim)
1 xícara de açúcar demerara (para calda)
1 e ½ xícara de coco fresco
1 caixa de mirtilo

Modo de preparo:
Deixe a tapioca de molho no leite por 2 horas. Bata, utilizando uma batedeira em velocidade média, os outros ingredientes e metade da tapioca hidratada. Coloque a calda no fundo da forma e adicione a mistura. Leve em banho-maria por 45 minutos ou até firmar. Tire da forma e leve a gelar.
Tempo: 3horas e 30 minutos
Rendimento: 6 porções
Dificuldade: médio

Drinque da virada (alcoólico)

Imagem meramente ilustrativa – Shutterstock

Ingredientes:
25 ml de licor de pêssego
50 ml de suco de maçã
gelo
champagne
morango para decorar

Modo de preparo:
Em uma coqueteleira, coloque o licor de pêssego, o suco de maçã, o gelo e balance bem para misturar. Passe o conteúdo da coqueteleira para uma taça e complete-a com champagne.
Coloque uma fatia fina de morango na taça para decorar e dar mais sabor à bebida.

Tempo: 5 minutos
Rendimento: 2 porções
Dificuldade: fácil

Cardápio Sustentável

Kibe de Abóbora

Ingredientes:
500 g de trigo para kibe
1,2 kg de abóbora
2 cebolas
2 dentes de alho
300 g de queijo muçarela ou queijo ricota, ralado
Hortelã
Sal a gosto
Manteiga ou óleo para untar

Modo de preparo:
Em uma tigela, hidrate o trigo cobrindo-o com água morna e reserve. Descasque a abóbora e reserve as cascas e sementes. Corte a abóbora em cubos e cozinhe em água com sal até ficar macia. Escorra bem a abóbora e amasse com um grafo fazendo um purê e refogue junto com o alho amassado e a cebola picada. Misture o trigo hidratado com o purê de abóbora e a hortelã até obter uma massa homogênea. Preaqueça o forno a 180ºC e siga para montagem. Em uma forma ou refratário untado, espalhe metade da massa por toda o recipiente, em seguida acrescente a muçarela ou a ricota e cubra com o restante da massa. Leve ao forno por cerca de 20 minutos ou até dourar.

Tempo: 2 horas
Rendimento: 10 porções
Dificuldade: médio

Salada de batata com cascas de abóbora

Ingredientes:
1,2kg de batata inglesa
1/2 copo de requeijão
1 xícara (chá) de cascas de abóbora
Sal a gosto

Modo de preparo:
Corte as batatas com cascas em cubos médios, cozinhe em água com sal até ficarem “al dente”, e então escorra e reserva. Corte as cascas de abóbora que estavam reservadas em pedaços pequenos de 1cm e cozinhe em água com sal até ficarem “al dente”. Escorra as cascas de abóbora e misture com as batatas e o requeijão. Ajuste o sal. Coloque em uma travessa para servir.
Tempo: 40 minutos
Rendimento: 10 porções
Dificuldade: fácil

Sementes ao forno

Ingredientes:
Sementes de abóbora
Sal a gosto

Modo de preparo:
Espalhe as sementes de abóbora que estavam reservadas em uma assadeira e salpique sal por toda superfície. Asse a 140ºC por aproximadamente 1 hora. Após esse tempo, mexa as sementes e asse por mais 20 minutos ou até secarem por completo. Retire e reserve.
As sementes da abóbora assadas podem utilizadas com versatilidade, servindo como entrada ou para incrementar uma salada de folhas.
Tempo: 1 hora e 20 minutos
Dificuldade: fácil

Fonte: Sodexo

Ceia de Ano-Novo: cardápio português é alternativa deliciosa

Quinta do Olivardo têm opções variadas para quem busca praticidade

O tradicional restaurante e adega Quinta do Olivardo, em São Roque, e a filial em São Paulo, Tasca do Brooklin, preparam diversas opções da gastronomia portuguesa para quem busca ceias prontas para a celebração do Ano Novo. Os kits, que servem de quatro a dez pessoas, são uma alternativa para quem busca praticidade e economia de tempo, além da experiência de degustar uma receita lusitana. 

O kit para quatro pessoas tem o valor de R$ 399,00; vem com porção de croquete de picanha (8 unidades), arroz com alho-poró, parmesão e amêndoas laminadas, maminha à portuguesa (maminha assada no galho de louro e finalizada ao molho madeira) e rabanada na calda de vinho do porto.

O kit que serve seis pessoas, tem porção de croquete de picanha (12 unidades); alheira acompanhada de batatas sautê, ovo frito e pão português, arroz com brócolis e com alho-poró, parmesão e amêndoas laminadas, bacalhau à moda da casa (assado na brasa, acompanhado por batatas, brócolis, couve, cebola, ovo cozido, salsa, pimentão vermelho, azeite e azeitona), maminha à portuguesa e rabanada na calda de vinho do porto; tudo por R$ 720,00.

Já o kit que atende 10 pessoas sai por R$ 1.450,00, e acompanha 2 porções de croquete de picanha (10 unidades cada), 2 alheiras, arroz nas opções branco, com brócolis e com alho- poró, parmesão e amêndoas, bacalhau com natas (bacalhau em lascas temperado), filé a parmegiana (filé mignon empanado e frito finalizado no forno com molho de tomate e queijo); maminha à portuguesa, pastel de natas e, por último, rabanada na calda de vinho do porto.

O restaurante também oferece ao cliente a opção de escolher outros pratos do cardápio. Para brindar o novo ano e complementar a ceia, a Quinta dispõe de uma carta de vinhos diversos, inclusive de fabricação própria. Os pedidos podem ser feitos nos restaurantes de São Roque e São Paulo até o dia 30 de dezembro.

Quinta do Olivardo, em São Roque, e a Tasca do Brooklin, na capital paulista, ficam abertas ao público até o dia 31 de dezembro, às 15 horas, e retornam no dia 2 de janeiro. A casa está seguindo todos os protocolos de segurança e as encomendas podem ser feitas pelos telefones (11) 9.9110-1777, (11) 9.94223-0195 ou (11) 5505-7305.

Como harmonizar cerveja com os tradicionais pratos das ceias de fim de ano

Cervejaria Madalena tem diversos rótulos ideais para as comidinhas de Natal e Ano Novo

Se engana quem pensa que os pratos servidos nas ceias de Natal e Ano Novo combinam apenas com vinhos, espumantes e frisantes. A cerveja, bebida predileta dos brasileiros, também traz no seu preparo diversos componentes que harmonizam perfeitamente com as tradicionais receitas desta época festiva.

A Cervejaria Madalena tem rótulos artesanais diversificados, indicados para cada receita típica presente nas mesas da maioria das casas. Confira qual deles é o ideal para cada iguaria e harmonize sem medo de errar na frente dos seus convidados.

Entradas como mix de nozes, castanhas, amêndoas e pistache pedem uma cerveja mais leve, de baixa fermentação e menos amarga como a Madalena Lager, ou ainda dourada e um pouco mais encorpada, como a Madalena Bohemian Pilsner. 

Para os tradicionais peru, pernil, tender e acompanhamentos, como farofa, batatas assadas, legumes grelhados ou os pratos com lentilha do Réveillon, as cervejas mais maltadas, com notas de caramelo, como a Madalena Amber Ale são ideais.

Para os doces, a harmonização varia de acordo com os ingredientes de destaque de cada um deles. Para pavê ou qualquer outra sobremesa que leve chocolate no preparo, Madalena Stout. Manjar de cocô ou rabanada, Madalena Weiss. 

Quem quiser comprar os rótulos da Cerveja Madalena, todos estão disponíveis pelo e-commerce da cervejaria. Outras opções são a loja de fábrica, que fica em Santo André, no ABC Paulista, o Empório Madalena, que fica no Jardins, na capital paulista ou em mais de mil pontos de vendas pelo Brasil (o que envolve estados como São Paulo, Rio de Janeiro, Santa Catarina, Minas Gerais, Amazonas, Paraíba e Maranhão).

Cervejaria Madalena: Rua Araçatuba, 137 – Santa Maria – Santo André, SP
Instagram: @cervejamadalena
Empório Madalena: Rua Padre João Manoel, 974 – Jardins SP
Instagram: @emporiomadalenasp
Mais informações pelo telefone: (11) 4800-0500 e Whatsapp: (11) 9.7133 – 4650

Cardápio econômico de Natal: substitua ingredientes sem deixar a ceia menos gostosa

Manter o orçamento do mercado equilibrado tem sido uma tarefa cada vez mais difícil para os brasileiros. Com a constante alta dos preços dos alimentos, as visitas ao mercado estão exigindo planejamento e controle financeiro.

O fato é que o Natal já está batendo à nossa porta e não podemos deixar a data passar em branco. Afinal, com grande parte da população já vacinada, as famílias estão mais confiantes e planejando o reencontro após dois anos evitando aglomerações. Mas lembre-se! A pandemia ainda não acabou e devemos manter os cuidados já conhecidos por todos nós.

Para driblar a inflação e montar uma ceia ou almoço mais econômicos, sem deixar nada a desejar no sabor e na qualidade, o professor e chef do curso de Gastronomia do Centro Universitário Internacional Uninter, Rafael de Andrade, preparou um cardápio com inspirações clássicas natalinas, adaptado com ingredientes mais baratos. Na proposta, ele utilizou legumes da estação que podem ser encontrados com melhor valor; pão reaproveitado; além da carne suína, que está saindo mais em conta que outros cortes.

O cardápio é composto por prato principal, acompanhamentos e sobremesa. Confira as receitas completas com quantidades suficientes para 10 a 12 pessoas.

Copa Lombo Assada com Especiarias e Mel

Ingredientes:
1 peça de copa lombo suíno (aproximadamente 2kg)
Quanto bastar de pimenta do reino
Quanto bastar de mostarda em grão
Quanto bastar de coentro em grão
Quanto bastar de erva doce
Quanto bastar de pimenta caiena
Quanto bastar de canela em pó
Quanto bastar de sal
Quanto bastar de alecrim fresco
2 cebolas roxas picadas
300 ml vinho branco
300 g mel
200 ml óleo de girassol
Amêndoas tostadas e cebolinha para decorar

Modo de preparo:
Em um pilão ou processador, moa o mix de especiarias até ficarem bem picados ou pó.Retire o excesso de gordura da carne, e tempere com o mix de especiarias deixe marinar por aproximadamente 30 minutos, então adicione a cebola roxa picada, o alecrim, e esfregue bem na carne. Adicione o vinho branco e deixe marinar para o dia seguinte.No dia seguinte, tire a carne da marinada, pincele um pouco de mel e óleo, e envolva bem com um plástico filme, e por cima envolva bem em papel alumínio.Leve para assar em forno preaquecido a 200°C por aproximadamente 2h30.Retire o papel alumínio, retire o plástico filme, pincele mel e volte ao forno até dourar. De pouco em pouco pincele mais mel e um pouco de óleo. Após assada, corte em fatias para servir, ou deixe inteiro. Sirva com o molho que se formar no fundo da forma, decore com amêndoas tostadas e cebolinha picada.

Observações: cuidado para não deixar nenhum pedaço do plástico filme aparente para não derreter no forno. O tempo pode variar de acordo com o tamanho de sua peça de copa lombo.

Tomates Recheados

Ingredientes:
8 a 10 tomates médios
500g de ricota
100g farinha de rosca
60g nozes picadas
80g castanha-do-pará picada
80g amêndoas inteiras
Quanto bastar de tomilho
Quanto bastar de azeite
Quanto bastar de sal
Quanto bastar de pimenta do reino
Quanto bastar de cebolinha picada
150g parmesão ralado fino

Modo de preparo:
Corte a tampa dos tomates, e retire a polpa. Tempere o interior com azeite, sal e pimenta, e deixa virado de cabeça para baixo em um pano para escorrer o excesso de umidade. Salteie as oleaginosas em uma frigideira para dourar levemente, reserve. Esfarele a ricota, misture a farinha de rosca, as castanhas, e tempere com tomilho, cebolinha picada, azeite e sal. Recheie os tomates com a mistura, e por cima salpique um pouco de parmesão. Acomode-os em uma travessa, regue um pouco de azeite e leve para assar por aproximadamente40min a 200°C até gratinar. Sirva com as tampinhas dos tomates inclinado por cima.

Observações: pode variar o recheio com o que tiver as mãos para utilizar, mas necessita ser um recheio mais seco tipo uma farofa.

Salada de Folhas com Beterraba Marinada

Ingredientes:
2 alfaces americana
1 maço rúcula
3 beterrabas inteiras
80 ml de vinagre de vinho branco
Suco de 2 limões
3 colheres sopa de melado
100 g nozes
80 g açúcar

Modo de preparo:
Comece enrolando a beterraba em papel alumínio e deixe a assar até ficar macia. Após, deixe esfriar.Descasque a beterraba, e corte em cubos.Faça uma marinada com o vinagre, suco de limão, e o melado, misture as beterrabas e deixe marinando por pelo menos 30 min.Adicione o açúcar em uma frigideira com as nozes em fogo baixo e vá mexendo até caramelizarem, reserve.Monte as folhas em uma travessa, misture as beterrabas e decore com as nozes por cima.

Observações: pode-se utilizar outros tipos de alfaces para deixar ainda mais colorido e saboroso.

Ratatouille de Forno

Ingredientes:
4 dentes de alho picados
2 cebolas picadas
6 tomates sem semente picados
Quanto bastar de água
Quanto bastar de alecrim
Quanto bastar de tomilho
Quanto bastar de manjericão
Quanto bastar de sal
Quanto bastar de pimenta-do-reino
3 abobrinhas fatiadas finas
3 berinjelas fatiadas finas
2 tomates em fatias finas
1 pimentão vermelho em rodelas finas
1 pimentão amarelo em rodelas finas
½ pimentão verde em rodelas finas
2 cebolas comuns em rodelas
1 cebola roxa em rodelas
Quanto bastar de azeite

Modo de preparo:
Refogue o alho e a cebola em uma panela com um pouco de azeite, após refogue o tomate picado até começar a desmanchar. Adicione as ervas a gosto, e deixe cozinhar por aproximadamente 30 minutos. Acrescentando um pouco de água de vez em quando para não secar. Quando os tomates já estiverem bem cozidos e o molho ter uma textura mais grossa e seca, desligue o fogo, e acerte o tempero. Tempere as fatias de abobrinha e berinjela com um pouco de sal, e reserve para soltar um pouco do líquido, escorra. Espalhe o molho ao fundo de um refratário para forno, e vá montando as camadas dos vegetais um ao lado do outro, completando toda a fôrma. Nos pequenos espaços que forem ficando, pode preencher com um pouco de molho e pedaços menores dos vegetais. Tempere com sal, pimenta do reino, tomilho, regue azeite e leve ao forno até murchar levemente e dourar (aproximadamente 45 minutos).

Farofa Sable

Ingredientes:
10 pães francês amanhecidos
150g de manteiga
Quanto bastar de azeite
4 dentes de alho picado
2 cebolas cortadas em fatias finas
½ maço de salsinha picada
Quanto bastar de sal
Quanto bastar de pimenta-do-reino

Modo de preparo:
Rasgue os pães grosseiramente e leve ao forno até secarem.Esfarele o pão torrado em migalhas finas e reserve.Aqueça a manteiga com um pouco de azeite, frite a cebola até começar a dourar, frite o alho, e adicione o pão. Salteie até dourar e ficar crocante. Acerte o sal, pimenta do reino, e adicione a salsinha picada.

Observações: “sable” quer dizer “areia” em francês, a farofa se assemelha à consistência de uma areia grossa. Quanto mais velho o pão, mais crocante será a farofa. Se preferir pode adicionar bacon em cubos pequenos, e/ou amêndoas tostadas.

Arroz à Grega

Ingredientes:
½ bandeja vagem picada
1 pimentão vermelho em cubos pequenos
1 pimentão amarelos em cubos pequenos
1 cenoura ralada
1 lata de milho escorrido
100g uvas passas pretas
½ maço de cebolinha
800 g arroz cozido
80 g amêndoas tostadas
Quanto bastar de azeite
Quanto bastar de sal
Quanto bastar de pimenta do reino preta

Modo de preparo:
Aqueça um pouco de azeite em uma panela, adicione os pimentões e refogue até estarem macios adicione a vagem e continue mexendo para cozinhar no calor, a cenoura ralada, as passas, e refogue rapidamente. Adicione o arroz cozido e misture tudo. Acerte o sal e a pimenta no final, e então adicione as amêndoas e a cebolinha.

Observação: pode-se utilizar bacon em cubos pequenos, ou presunto também.

Salpicão de Frango

Ingredientes:
1 peito de frango com osso
3 dentes de alho
Quanto bastar de páprica defumada
Quanto bastar de cominho
Quanto bastar de pimenta-do-reino
Quanto bastar de azeite
Quanto bastar de vinagre de vinho branco
5 ramos de tomilho
Quanto bastar de sal
2 cenouras cortadas em tiras finas
2 talos de salsão em fatias finas
3 maçãs verdes em tiras
2 batatas grandes em cubos
½ xícara de uvas passas branca de molho em cachaça, rum, conhaque, ou apenas água se preferir
200 g maionese
2 copos de iogurte natural
1 maço cebolinha picada
120 g castanha-do-pará picada grosseiramente
Suco de 2 limões
Quanto bastar de azeite

Modo de preparo:
Tempere o frango esfregando bem os temperos, mantenha-o com a pele, e leve para assar por aproximadamente 40 min em forno preaquecido a 180°C, coberto com papel alumínio, após, deixe resfriar para o uso.Corte a maçã e deixe em uma solução de água com suco de limão até a hora da montagem. Corte os outros ingredientes e misture com a maionese e o iogurte, adicione o frango, e tempere a gosto.

Observação: o frango assado com a pele se mantém mais suculento devido a gordura.

Manjar de Coco com Calda de Ameixa

Ingredientes:
1 L de leite integral
200 ml leite de coco
50 g coco ralado (preferencialmente sem açúcar)
75 g açúcar
60 g amido de milho
200 g ameixa seca
80 ml cachaça
150 g açúcar
200 ml água
150 g castanha-do-pará

Modo de preparo:
Unte a fôrma com água.Adicione uma parte do leite, o leite de coco, o coco ralado e o açúcar em uma panela e misture bem para dissolver o açúcar.Em uma tigela dissolva o amido no restante do leite. Leve a panela ao fogo, e quando começar a ferver abaixe o fogo o junte a mistura do amido, vá mexendo até formar um creme grosso. Desligue o fogo, e continue mexendo para baixar um pouco da temperatura. Tire do fogo e transfira o creme para a forma untada, nivele com uma colher, e cubra com plástico filme em contato.Deixe amornar mais, e após coloque na geladeira, e deixe esfriar pôr no mínio3 horas. Hidrate as ameixas na cachaça por pelo menos 30 minutos.Misture a água com o açúcar em uma panela até dissolver, então adicione as ameixas com a cachaça de molho, e deixe cozinhar até ficarem macias. Caso precise, adicione um pouco mais de água. Desenforme o manjar e sirva com a calda por cima, e as castanhas raladas.

Fotos: Felipe Gobbo Bordon

Fonte: Centro Universitário Internacional Uninter

Uva-passa: veja benefícios da fruta para sua saúde

Polêmico’ nas confraternizações, o alimento é livre de colesterol e gordura

Quando o Natal se aproxima, os memes com a uva-passa começam a aflorar na internet. Isso porque a tão famosa fruta se torna a grande questão das ceias natalinas e divide opiniões: ter ou não ter no cardápio? Mas o fato é que o ingrediente, que aparece nas receitas com arroz e com farofa, traz diversos benefícios à nossa saúde.

“Além de ser livre de colesterol e gorduras, as uvas-passas têm substâncias com propriedades anti-inflamatórias e antibacterianas que auxiliam na prevenção de doenças cardiovasculares, do câncer colorretal, da osteoporose e da diabete tipo 2, na redução do colesterol total e colesterol LDL”, cita a nutricionista, doutora em cardiologia e coordenadora do curso de Nutrição da Anhanguera, Fernanda Maniero Banevicius. “Além disso, melhora no trânsito intestinal e sintomas da menopausa, por exemplo”, pontua.

Com benefícios para diversos sistemas integrados do corpo humano, a docente traz outros destaques da uva-passa para a nossa saúde:

Ilustração: Sepalika

=Regulação intestinal: por terem fibras, as uvas-passas contribuem para o processo digestório e têm efeito laxativo, auxiliando para quem tem intestino preso. Além disso, ela favorece a absorção de nutrientes e ajuda na eliminação de toxinas e radicais livres, que podem piorar a constipação. Uma porção de 40 gramas de uva-passa tem 1,5 grama de fibras – o equivalente a 6% das necessidades das mulheres e 4% da dos homens;

=Contribui para o fortalecimento do sistema imunológico: a uva-passa também é rica em vitaminas de complexo B e minerais como o ferro, essenciais para prevenção de anemia. A fruta também possui o cobre, estimulante natural para a produção contínua de células vermelhas. Por fim, tem arginina e ajuda no fortalecimento do corpo contra fraquezas e mal-estar;

=Atua na proteção contra doenças do coração: uvas-passas ainda são ricas em catequina, antioxidante eficaz para eliminar o colesterol e limpar as artérias, além de regular a pressão e colaborar com a boa circulação;

Pixabay

=Colabora com a prevenção do câncer: por ter antioxidantes que agem contra os radicais livres, elas ajudam a evitar agentes correlacionados ao surgimento de tumores;

Pixabay

=Age contra infecções: os chamados fitonutrientes polifenólicos estão presentes na fruta e possuem propriedades anti-inflamatórias que ajudam na redução de febres e ação de bactérias;

=Trabalha no cuidado dental: um dos seus componentes é o ácido oleanólico que atua contra cáries, sensibilidade e fragilidade dentária ao impedir o desenvolvimento das bactérias responsáveis pelo tártaro. O ácido ainda é útil contra o mau hálito. Além disso, por ser rica em cálcio, fortalece os dentes e seu esmalte.

=Dá mais energia ao corpo: a frutose aumenta o nível energético e ajuda a absorver minerais e vitaminas importantes. Com isso, aumenta-se o rendimento físico em atividades do cotidiano;

=Fortalece os músculos: o potássio também ajuda na melhor contração dos músculos e do sistema nervoso. Quando unido a uma quantidade moderada de sódio otimiza o processo de hipertrofia;

=Fortalece os ossos: o cálcio e o ferro não só ajudam os dentes, como também os ossos a ficarem mais fortes e resistentes. Além disso a uva-passa tem boro, que auxilia na composição óssea.

Claro, para não causar mais antipatia pela fruta, escolha um ou outro prato para acrescentá-la. Não a coloque em todos os pratos, para não enjoar.

Fontes: Anhanguera

Especialista dá dicas para evitar exageros na ceia

Especialista sugere estratégias para comer menos e reduzir os efeitos do álcool nas festividades

Embora as festas de fim de ano sejam sempre um gatilho para a busca por dietas, também são comuns os exageros durante a ceia, seja no Natal ou no Réveillon. Apesar da alta nos preços no supermercado, o avanço da vacinação contra o coronavírus tem deixado as famílias brasileiras ansiosas para as festas. Para a nutricionista Maíra Azevedo, além dos cuidados com o vírus, também é importante adotar medidas para evitar extremos com comida e bebida.

Exceções sim, mas com moderação

Como recomenda a especialista, independente da pessoa estar ou não seguindo algum tipo de dieta com o objetivo de perder peso, não há problema em se permitir sair um pouco da rotina enquanto comemora com parentes e amigos. Contudo, Maíra reforça que isso não significa que tudo é permitido e que os excessos não vão trazer impactos negativos para o seu organismo. Assim, ela afirma que é normal querer desfrutar da ceia com liberdade, mas é preciso ser honesto consigo mesmo na hora de definir o que é celebração e o que é apenas exagero.

“O que eu sempre recomendo para meus pacientes é abrir exceção apenas no jantar do dia 24 e no almoço do dia 25, por exemplo. Já nas outras refeições é importante tentar comer o mais equilibrado possível. Afinal, não há necessidade de abrir exceção de dois dias inteiros”, argumenta.

Como não pode faltar, a nutricionista também aponta uma estratégia para limitar a compulsão. “Sugiro começar a refeição pela salada. Assim, a pessoa conseguirá ter moderação ao comer os outros itens”, aconselha.

Cuidado com a bebida

Foto: Pressfoto/Freepik

Indo além dos pratos postos à mesa, Maíra Azevedo também dá dicas para evitar o excesso com a bebida alcoólica. De fato, o gasto do brasileiro com bebidas cresceu mais de 4% durante a pandemia e esse é um item que também não costuma faltar durante as festas de fim de ano.

Sendo assim, a primeira recomendação da nutricionista é intercalar os drinques, vinho, espumantes ou a cerveja com a ingestão de água. “Assim, além acabar bebendo menos, a pessoa também não terá ressaca no dia seguinte, que é consequência da desidratação causada pelo álcool”, explica a especialista.

Como outra estratégia apontada por ela para limitar os exageros alcoólicos, Maíra sugere que a pessoa faça um consumo consciente e dê preferência para bebidas que normalmente consegue ingerir em menores quantidades. Da mesma forma, a nutricionista destaca que é importante lembrar que a bebida também contribui para o ganho de peso. “Também é possível reduzir as calorias de drinques usando energético zero, água tônica zero e adoçante ao invés de açúcar”, salienta.

Mentalidade saudável

De acordo com o relatório “Estatísticas da Saúde Mundial de 2021”, da Organização Mundial de Saúde (OMS), 22% da população adulta do Brasil está obesa. Assim, Maíra aproveita para frisar a necessidade de ter autorresponsabilidade na hora da ceia.

“Ninguém precisa comer para passar mal. Coma bem devagar, saboreando cada garfada. Além de perceber melhor o sabor da comida, a pessoa sentirá saciedade e comerá menos”, afirma.

Da mesma forma, embora os exageros ainda sejam tão comuns durante as festas, dados como o da OMS servem para reforçar a necessidade de manter hábitos alimentares saudáveis. Para a especialista, isso acaba refletindo em longo prazo também.

“Ter uma alimentação saudável e equilibrada precisa ser um estilo de vida, afinal sua saúde depende disso. Quando a pessoa aprende a comer por fome e a identificar sua saciedade, ela tem liberdade de comer o que quiser, sem perder o controle. Então, as festas de final de ano nunca mais serão um problema”, completa.

Drinques que pesam menos na balança

Por fim, a nutricionista Maíra Azevedo dá dicas para quem não abre mão dos drinques nas festas, mas quer opções que pesem menos na balança:

  • Gin + suco de limão + gengibre + pepino + água com gás;
  • 50 ml de gin + 150 ml de água tônica zero açúcar + gelo e fatia de limão para decorar (Gin Tônica);
  • 250 ml de água de coco + 250 ml de suco de laranja + 250 ml de água tônica zero + suco de cranberry + hortelã a gosto;
  • 50 ml de gin + 1 ramo de alecrim + 4 zimbros levemente amassados + água tônica zero + gelo;
  • 50 ml de gin + 1 saquinho de chá de frutas vermelhas + água tônica zero + gelo.

Bolo Red Velvet: sobremesa com a cara de Natal

Haila Santua da dica de receita para enfeitar a mesa da ceia de natal

As festas de fim de ano são marcadas por diversas tradições e uma delas é a ceia de natal, que além de todas as delícias salgadas também exige uma sobremesa a altura. A confeiteira, Haila Santua, preparou uma receita que harmoniza perfeitamente com a mesa da ceia, simples e muito delicioso o bolo Red Velvet é uma ótima pedida para a noite de natal.

“Gosto de preparar bolos caseiros com um toque de sofisticação, o Red Velvet é um bolo maravilhoso e quando decorado da maneira certa fica uma linda sobremesa”, conta Haila, que hoje trabalha com as redes sociais para divulgar receitas e dicas de confeitaria.

Confira abaixo a receita e garanta uma sobremesa de Masterchef para sua ceia.

Bolo Red Velvet

Ingredientes:
470g de farinha de trigo
40g de cacau em pó
1 colher de chá de sal
2 xícaras de óleo
427g de açúcar
3 ovos
30g de xícara de corante vermelho líquido
1 e 1/2 colher de chá de baunilha
1 e 1/4 de xícara de buttermilk (mistura de uma colher de sopa de limão ou vinagre para uma xícara de leite – deixar descansar por 10 minutos)
2 colheres de chá de bicarbonato (se você quiser pode acrescentar 1 colher de chá de fermento)
2 e 1/2 colher de chá de vinagre branco.
Frutas para decorar (a gosto)

Modo de preparo:
Em uma vasilha grande junte a farinha, cacau e o sal e reserve. Na batedeira em velocidade média para alta bata o óleo e o açúcar, até incorporar bem os ingredientes, em seguida diminua a velocidade e adicione os ovos um a um, enquanto tira sempre o que estiver grudado na lateral, o corante e a baunilha. Em seguida adicione à mistura os secos e os líquidos, alternando sempre, começando e terminando pela farinha. Sempre confira as laterais do bow em que está batendo o bolo e observe se a massa está ficando homogênea e não está deixando ingredientes grudado nas laterais. Em uma vasilha pequena misture o vinagre com o bicarbonato e então adicione imediatamente na massa e deixe bater por mais 10 segundos, em seguida despeje a massa na forma já untada e leve ao forno na temperatura de 135° por uma média de 50 minutos. Para finalizar decore o bolo com as frutas e sirva.

Fim de ano com Bacalhau da Noruega

O fim de ano chegou e é hora de pensar em um dos protagonistas da noite, o bacalhau. As receitas com este peixe são inúmeras, da entrada até o prato principal, mas o que não pode ser diferente é a origem do produto que vai à mesa. Para não errar na escolha e no preparo do Bacalhau da Noruega, o Seafood from Norway, marca representada pelo Conselho Norueguês da Pesca que é símbolo de origem e qualidade dos produtos exportados pela Noruega para o mundo todo, dá dicas de como escolher, dessalgar corretamente, armazenar em casa, além de uma seleção de receitas para deixar todo mundo com água na boca.

Afinal, de onde vem o bacalhau?

O autêntico Bacalhau da Noruega é o Gadus morhua (da família Gadidae) vem das águas frias e cristalinas dos mares que circulam o Polo Norte, na Noruega, garantindo a melhor qualidade e o sabor único. O Bacalhau da Noruega é altamente saudável, tem baixo teor de gordura – cada 100g do peixe possui aproximadamente 160 calorias, é fonte de proteínas, cálcio, ferro e rico em ômega 3, além de ser livre de conservantes artificiais, porque é apenas peixe e sal. Tanto o Bacalhau da Noruega quanto os outros peixes salgados secos do país, Saithe, Zarbo e Ling, rendem até 30% a mais após o dessalgue, ou seja, ganham o volume que perderam durante o processo de salga e secagem.

O conhecimento e a experiência únicos da Noruega constituem uma das maiores comunidades de pesquisa e desenvolvimento em pesca e produtos do mar do mundo, que incluem desde o tamanho dos peixes até os métodos de pesca. Além disso, o país nórdico possui sistemas de rastreabilidade que permitem que as informações sobre os peixes sejam rastreadas em toda a cadeia de alimentos.

Como escolher:
Para ter certeza de que está levando o produto certo para casa, é preciso saber diferenciar todos os tipos de bacalhau. Por aqui, podemos encontrar cinco tipos de peixes salgados secos da família Gadidae, que a partir da nova legislação de janeiro de 2019 devem ser denominados da seguinte forma:

Bacalhau Salgado Seco Gadus morhua– Considerado o mais nobre bacalhau, esse tipo é pescado no Atlântico Norte e apresenta postas altas, largas e coloração palha e uniforme, quando salgado e seco. Depois de cozido, sua carne se desfaz em camadas claras e tenras.
Saithe Salgado Seco Pollachius virens – Possui sabor mais forte e coloração menos clara. Quando cozido, sua carne macia desfia com facilidade. É o tipo perfeito para preparar bolinhos, saladas e ensopados.
Ling Salgado Seco – Molva molva – O mais estreito entre os peixes tipo bacalhau. Sua carne branca e apetitosa é perfeita para pratos desfiados, assados, cozidos e grelhados.
Zarbo Salgado Seco – Brosme brosme – É o menor entre os cinco peixes tipo bacalhau. É mais roliço do que o Ling e possui barbatana dorsal contínua. É ótimo para a preparação de pratos desfiados, caldos, pirões e bolinhos.

Os Peixes Salgados Secos: Saithe (Pollachius virens), Ling (Molva molva) e Zarbo (Brosme brosme) provenientes da Noruega, são feitos com peixes da mesma família do qual se faz o Bacalhau (Gadus morhua). São salgados e secos da mesma forma e com o mesmo padrão de qualidade, são espécies de peixes diferentes, devem ser denominados como tal, mas são submetidas ao mesmo processo. Na hora da compra, é importante checar a origem do produto para ter a certeza de que está levando para casa o autêntico Bacalhau da Noruega. Busque pelas etiquetas, logo e pergunte ao vendedor para se certificar que o produto é realmente exportado pela Noruega.

Como dessalgar:
O método de dessalgue do bacalhau, que ganha aproximadamente 30% a mais de volume, pode até levar um tempo a mais, mas é muito simples. É recomendado mergulhar o bacalhau em água fria, com pedras de gelo, dentro da geladeira e usar duas partes de água para cada parte de bacalhau, trocando a cada duas horas e mantendo o bacalhau na geladeira, para ficar bem conservado.

O tempo de dessalgue depende da altura das postas, seguindo a indicação:
Bacalhau Desfiado: 6 horas (trocar a água de 3 em 3 horas)
Postas normais: 24 horas (trocar a água de 6 em 6 horas)
Postas grossas: 40 horas (trocar a água de 8 em 8 horas)
Postas muito grossas: 48 horas (trocar a água de 8 em 8 horas)
Lombos muito grossos: 72 horas (trocar a água de 8 em 8 horas)

Como conservar o peixe em casa:
Ao comprar o bacalhau na bandeja, retire o filme plástico. Faça o mesmo no caso de comprar no saquinho. Coloque em vasilhame bem limpo, seco e com tampa.
Se for salgado e seco, deve ser mantido em refrigerador (nunca manter em temperatura ambiente, em armários, prateleiras, etc.)
Pincelar com azeite para evitar o ressecamento. E o mais importante, nunca congele o bacalhau ainda salgado.

Dicas de receitas

Bolinho de Bacalhau da Noruega

Ingredientes:
400g de Saithe Salgado Seco da Noruega desfiado, após dessalgar
1 ramo de salsinha
1kg de batata-inglesa
Pimenta-do-reino moída na hora
2 claras
Azeite de oliva
Óleo vegetal para a fritura
⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Modo de fazer:
Desfiar o peixe com um pano de algodão ou com as mãos. Cozinhar as batatas, amassá-las e misturar ao peixe, de preferência com as mãos. Acrescentar a salsa picada, a pimenta-do-reino, as duas claras batidas em neve e misturar. Untar as mãos com azeite e enrolar os bolinhos.
Fritar em óleo abundante e bem quente.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Rende 40 bolinhos

Bacalhau da Noruega em Crosta

Ingredientes:
4 postas de Bacalhau da Noruega
2 cebolas
2 linguiças
Salsa
Broa de milho
1 dente de alho
Azeite de oliva

Modo de fazer:
Corte as cebolas no formato meia lua e coloque em uma travessa, arrume por cima os lombos de Bacalhau da Noruega, regue com bastante azeite até que o fundo do recipiente fique coberto. Leve ao formo preaquecido a 180 graus por 20min. Enquanto o bacalhau está no forno, retire a casca da broa de milho, corte as linguiças sem pele em pedaços e retire o caule da salsa. Coloque tudo no processador picando grosseiramente. Retire o bacalhau do forno e junte a mistura com a broa com um pouco do caldo do assado. Por fim, coloque o dente de alho amassado e misture tudo. Retire a pele dos lombos do bacalhau e a espinha central. Cubra com a pasta de broa e coloque no grill por 5 min para tostar.

Bacalhau da Noruega de Natal com Especiarias

Ingredientes:
1kg de Bacalhau da Noruega
3 colheres de sopa de raspas de laranja
6 dentes de alho
400ml de azeite de oliva
6 porções de pimenta-da-Jamaica
3 unidades de anis estrelado
6 unidades de pimenta-do-reino
10 unidades de pimenta rosa
4 ramos de alecrim
6 batatas

Acompanhamento:
6 tomates
2 ramos de alecrim fresco

Molho:
8 gemas
150ml de suco de laranja
4 ramos de endro
Sal a gosto
Pimenta malagueta a gosto

Modo de fazer:
Raspe a laranja com um descascador ou ralador e retire a pele do alho. Coloque os lombos de bacalhau já dessalgados em uma travessa, cubra com as raspas de laranja e regue com um pouco de azeite. Junte em seguida a pimenta-da-Jamaica, o anis estrelado, a pimenta-do-reino e os grãos de pimenta-rosa. Adicione os ramos de alecrim e o alho. Regue novamente com um pouco mais de azeite e leve ao forno, preaquecido a 120 ̊C, durante 2 horas e regue com o molho.

Prepare o tomate confitado: retire a pele do tomate, abra-o ao meio e parta-o em quarto, retirando também as sementes. Coloque em uma travessa e cubra com um pouco de azeite e tomilho. Leve ao forno a 120 ̊C por 40 minutos. Para preparar o molho, coloque as gemas num liquidificador e tempere com sal, pimenta-do-reino e azeite. Junte o suco de laranja e os raminhos de endro. Volte a bater tudo até que tenha consistência de molho. Cozinhe as batatas e corte-as em rodelas. Retire um pouco do azeite do bacalhau e doure as batatas, por 2 a 3 minutos de cada lado. Sirva o bacalhau acompanhado das batatas douradas, do tomate confitado e com o molho à parte.

Bacalhau da Noruega grelhado com mandioquinha e cebolada de laranja

Ingredientes:
1kg de Bacalhau da Noruega; 50ml de azeite de oliva

Cebolada de laranja:
200g de cebola laminada
3 dentes de alho cortado em lâminas
150ml de azeite extravirgem
150ml de suco de laranja
1 folha de louro
Tomilho-limão a gosto
Sal a gosto
Pimenta-do-reino moída a gosto

Acompanhamento:
1,5kg de mandioquinha cozida em rodelas
3 dentes de alho cortado em lâminas
2 colheres de sopa de cebolinha francesa picada
50ml de azeite extra virgem
Flor de sal a gosto

Modo de fazer:
Bacalhau:
Dessalgar o bacalhau. Grelhar o bacalhau pelo lado da pele até as postas ficarem douradas. Pincele com azeite.

Cebolada de laranja:
Doure a cebola em azeite, junto com o alho, o louro e o tomilho. Misture o suco de laranja e deixe cozinhar em fogo brando. Tempere com sal e pimenta.

Acompanhamento:
Salteie a mandioquinha em azeite com o alho. Tempere com flor de sal e polvilhe, no momento de servir, com a cebolinha francesa.

Especialista ensina receitas para ceia completa, saborosa e que cabe em todos os bolsos

O ano de 2021 foi definitivamente um ano difícil para todos, a economia regrediu e infelizmente muitas pessoas perderam suas vidas, milhões ficaram sem empregos. Mas com as festas de final de ano se aproximando, as esperanças se renovam e a ceia de Natal é um dos momentos mais esperados.

E não é só porque o orçamento está mais apertado que a ceia não pode ser deliciosa! Para isso, a coordenadora do curso de Gastronomia da Cruzeiro do Sul Virtual, professora Regina Santos Costa, montou opções acessíveis e saborosas para uma ceia completa de Natal. Na primeira etapa, a professora dá dicas de entradas e saladas para a ocasião, confira:

Bruschetta (pode ser feita com pão amanhecido, reaproveitando o alimento)

Freepik

Ingredientes:
1 baguete pequena ou pão francês amanhecido
2 tomates grandes maduros
1 dente de alho
2 colheres (sopa) de azeite
2 ramos de manjericão
Sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

Modo de Preparo:
Preaqueça o forno a 180ºC (temperatura média). Corte o pão francês amanhecido ou a baguete em fatias de 1 cm. Disponha as fatias numa assadeira grande, uma ao lado da outra e leve ao forno para assar por cerca de 10 minutos até ficarem crocantes e levemente douradas. Higienize, seque e corte os tomates ao meio, descartando as sementes e corte em cubos de 0,5 cm. Transfira os tomates para uma tigela, junte as folhas de manjericão e regue com 2 colheres (sopa) de azeite. Tempere com sal e pimenta a gosto e misture delicadamente. Descasque o dente de alho. Para montar as bruschettas: esfregue o dente de alho sobre cada torrada e coloque uma porção do tomate temperado. Regue com um fio de azeite ou óleo de sua preferência e sirva a seguir.

Carpaccio de Abobrinha (ingredientes com preços acessíveis)

Freepik

Ingredientes:
1 abobrinha paulista cortada em rodelas bem finas
3 colheres (sopa) de azeite de oliva
2 colheres (sopa) de vinagre de vinho branco
1 xícara (chá) de erva-doce e folhas de erva-doce picadas

Modo de preparo:
Em uma travessa, disponha camadas de abobrinha em fileira. À parte, misture o azeite e o vinagre. Regue a abobrinha e sirva em seguida.

Dicas: deixe descansar na geladeira por 30 minutos. Caso não encontre a abobrinha paulista, substitua pela abobrinha italiana.

Salada Crua (folhas e legumes com preço acessível)

Freepik

Ingredientes:
1 pé de alface
2 beterrabas
2 cenouras grandes
2 tomates
2 dentes de alho
1 pitada de sal
1 colher de sopa caldo de limão
Azeite
Cheiro-verde

Modo de preparar:
Rale a beterraba e a cenoura. Corte os tomates em fatias. Lave a alface e monte a salada. Amasse o alho com o cheiro-verde. Misture o sal, o limão e o azeite e regue por cima da salada.

Salada de legumes e frango

Arquivo Pessoal

Ingredientes:
Meio peito de frango cozido e desfiado
1 batata em rodelas cozida
3 vagens picadas cozidas
1 cenoura em rodelas cozida
2 colheres (sopa) de ervilha
2 colheres (sopa) de cebola picada
Meia maçã verde em cubos (opcional)
1 colher (sopa) de azeite
1 colher (chá) de suco de limão
1 colher (sopa) de salsa picada

Modo de preparar:
Em uma saladeira, misture o frango, a batata, as vagens, a cenoura, a ervilha, a cebola, a maçã, o azeite e o suco de limão e misture bem. Salpique a salsa e sirva a seguir.

Dicas: se desejar, monte as saladas em pratos individuais, decoradas com alface picada.

Natal: três dicas principais para não exagerar nas ceias

Nutricionista fala sobre o equilíbrio entre o prazer de comer e a manutenção do corpo

Junto com as festividades de final de ano, existe a preocupação com a famosa compensação de calorias. Então, como resolver o dilema de aproveitar as comidas das ceias sem comprometer a dieta? O nutricionista Carlos Raiol , membro da Doctoralia, dá dicas de como aproveitar o Natal sem exageros e preocupações.

“Preparação” do corpo?

Se você está planejando reduzir a quantidade de calorias que consome diariamente pensando em “compensar” na ceia de Natal, pare agora mesmo. Isso porque, caso você faça isso, sua fome pode ficar descontrolada, e o corpo, em um mecanismo de sobrevivência, irá exigir maior quantidades de comida que, normalmente seria desnecessária para manter a saciedade.

Além disso, sua estratégia pode resultar em algo completamente oposto do esperado. “Quando fazemos uma redução muito específica e rápida da célula de gordura, nosso corpo acaba interpretando isso como uma situação de estresse e, assim, realiza um processo chamado de remodelamento da matriz extracelular. No momento em que o corpo perceber que pode preencher novamente as células de gordura, irá criar mais células para tentar manter o equilíbrio e evitar essas situações de estresse”, explica o nutricionista.

A consequência disso? O aumento da captação de glicose por essas células de gordura e um cenário muito favorável para o ganho de peso novamente.

Mas como evitar os exageros e manter a dieta?

A vontade de “se empanturrar” em festividades é mais um comportamento do ser humano do que uma necessidade fisiológica em si, afirma o especialista. “O aspecto social da ceia de Natal e o prazer de comer não devem ser restringidos ou evitados, pois faz parte da cultura em que nós estamos. E, por serem momentos eventuais, uma exceção à rotina, uma quantidade maior de alimentos em uma noite não afetará o que foi feito durante o ano”. Por isso, está liberado comer sem culpa.

Se a preocupação com o peso ainda for muito forte, o nutricionista dá algumas dicas:

Não pule refeições tentando prever as calorias que pretende comer na ceia, isso provavelmente só te deixará com mais fome e menos seletivo aos alimentos;

Dê uma boa olhada na mesa antes de decidir o que comer, só escolha o que você realmente deseja e não apenas porque está disponível;

Foto: Envato Elements

Coma em pequenas quantidades para dar tempo de sentir a saciedade, se o desejo de comer for maior, continue se servindo de pequenas porções até ficar satisfeito.

Fonte: Doctoralia