Arquivo da tag: centro

Bia Hoi SP apresenta novidades de primavera

Pratos e petiscos de sabor forte e novos drinques que combinam com a estação são alguns dos lançamentos do pub vietnamita no Centro de SP

O Bia Hoi SP, primeiro pub vietnamita do Brasil, traz novidades para a primavera em seu cardápio. O novo menu da estação dá destaque a pratos e sanduíches mais carregados no tempero e na pimenta. Também ganham espaço petiscos fritos perfeitos para acompanhar um chope ou cerveja bem gelada. Para completar, a casa oferece novos coquetéis e uma cerveja própria.

Banh Bao Viet Cajun

Entre os sanduíches, as novidades são os Banh Bao: versão vietnamita do tradicional pão cozido no vapor. São cinco opções de recheio, quase todos com sabor picante. O Banh Bao Viet Cajun (R$ 33) é uma criação dos imigrantes vietnamitas no sul dos EUA que retornaram para o Vietnã e levaram a influência americana de volta à terra ancestral. Leva bolinho de carne de siri, saladinha vietnamita (repolho roxo, pepino, cenoura, hortelã e coentro) e molho cajun bem picante. O Banh Bao Tom (R$ 43) leva camarões grelhados picantes, amendoim moído e saladinha vietnamita. Banh Bao Panceta (R$ 26) é recheado com barriga de porco em caramelo picante e saladinha vietnamita. Banh Bao Ga (R$ 25) tem frango empanado e caramelizado com molho picante, maionese de coentro, cenoura, nabo, pepino, cebola, hortelã, coentro e molho de pimenta sriracha Huy Fong. E o Banh Bao Cà Tím (R$ 22) é a versão vegetariana, com berinjela à milanesa com maionese de coentro e saladinha vietnamita.

Para petiscar, entram no cardápio os Mexilhões Viet (R$ 29) – deliciosa porção de mariscos empanados com tempero vietnamita picante e fritos, acompanhados de maionese cajun. Seguindo a tradição vietnamita de sempre inventar novas formas e novos recheios para os pratos tradicionais, o Bia Hoi SP também apresenta uma nova opção de Goi Cuon, o rolinho e papel de arroz adorado pelos vietnamitas. A nova versão é o Goi Cuon Salmão Curado (R$ 44) que leva pedaços saborosos de salmão curados com vodca, açúcar mascavo e dill.

As novidades continuam nos pratos principais. São duas opções de Ca Ri, a versão vietnamita do curry. O Ca Ri Ga (R$ 39) leva aromático curry preparado na casa com a mistura de especiarias e outros temperos mais ácida, típica do Sul do Vietnã, que inclui tamarindo, capim limão, pimenta dedo de moça e limão kaffir. Completam o prato cubos de peito de frango e legumes do dia que podem incluir abóbora cabotiã, abobrinha, vagem, batata doce, brócolis, acelga chinesa e tomate. Muito picante, o prato já faz sucesso na casa e também faz alguns clientes chorarem com o ardor. Ca Ri Chay (R$ 34) é a versão vegana do prato, com os mesmos legumes do dia.

Novos coquetéis e cerveja da casa

Pensando nos dias mais quentes da primavera, o Bia Hoi SP também apresenta novas opções de coquetéis. É o caso do Spice Gin (a partir de R$ 28 com gim nacional premium) – gim tônica com canela e anis estrelado que destaca as especiarias do oriente. Para quem está entre amigos, a novidade é a jarra de Clericot Cochinchina (R$ 88), preparado com vinho branco, Cointreau, água com gás, frutas da estação, canela e anis, que lembram as especiarias trazidas da Cochinchina (como os portugueses chamavam o Vietnã). A jarra tem 1,2 litro e serve até cinco pessoas.

Sobre o Bia Hoi SP

Inaugurado em novembro de 2017 na Vila Buarque, Centro de São Paulo, o Bia Hoi SP traz pela primeira vez à cidade a típica comida de rua do Vietnã. Inspirado nos bia hoi de Hanói – botecos simples onde o chope é a grande estrela – a casa oferece uma variada oferta de comidinhas vietnamitas. São porções para compartilhar e petiscos perfeitos para acompanhar um chope, as várias opções da carta de cervejas artesanais ou os coquetéis autorais ou clássicos da casa. Os pratos servidos são o resultado de vários anos de pesquisa e passagens dos sócios Dani Borges e Fernando Brito pelo Vietnã, além de um ano e meio de realização do Jantar no Centro, em que o casal recebia, duas vezes por mês, grupos de 20 pessoas para jantares vietnamitas.

Entre as receitas já clássicas da casa estão o Goi Cuon (rolinhos primavera vietnamitas, que são frescos e não fritos), feitos com verduras, ervas aromáticas e camarão no vapor, tudo enrolado em papel de arroz; o Thit Kho To, picadinho de filé mignon suíno em um perfumado molho de leite de coco queimado; e o tradicional Pho, o prato nacional do Vietnã, que consiste em um caldo de ossos de boi preparado por várias horas onde são acrescentadas especiarias, ervas aromáticas e finas fatias de peito de boi.

Bia Hoi SP – Vietpub: Rua Rêgo Freitas, 516, Vila Buarque – São Paulo. Telefone: (11) 3151-2508
Horário de funcionamento: de terça a quinta, das 12h às 15h e das 19h às 23h. Sexta e sábado, das 12h às 23h. Domingo, das 12h30 às 22h

Experiência By Koji em casa chega no centro de São Paulo

Operação de delivery do restaurante é ampliada com inauguração de nova unidade

Tendência que já existia e conhecida por muitos, o conceito Dark Kitchen teve um aumento significativo de inaugurações por conta da Covid-19, quando os restaurantes se viram obrigados a fechar seus salões devido o decreto de quarentena. O restaurante By Koji, especializado em alta gastronomia japonesa, já planejava a abertura de uma dark kitchen desde outubro de 2019, meses antes da pandemia de covid-19 chegar ao Brasil.

A primeira inauguração dedicada somente ao delivery ocorreu em março de 2020, no estádio do Morumbi, com operação totalmente exclusiva e separada da sua primeira unidade, o restaurante By Koji Morumbi, situado também dentro do estádio. Agora, o conceito By Koji em Casa desembarca no Centro de SP e abre as portas na Rua da Consolação, com alcance de entrega para as regiões da Paulista, Jardins, Higienópolis, Perdizes, Pompeia e Mooca. Os pedidos poderão ser realizados pelo aplicativo iFood.

Sushi Buri
Trilogia do Atum

Exclusiva para delivery, a quarta unidade By Koji conta com dois andares. O primeiro, dedicado à operação, tem a cozinha dividida com as áreas de mise en place, sushi bar, pratos quentes, confeitaria e expedição. Além dos espaços para o preparo das entregas, mais quatro câmaras frias contribuem para o armazenamento de peixes, frutas e verduras, congelados e o lixo. Já o segundo piso é reservado para o bem-estar dos funcionários, com área de descanso para os colaboradores, refeitório e vestiário. Os entregadores também contam com um ambiente privado para espera com cadeiras, banheiros e tomadas para carregar o celular.

Temaki Ikura – Ovas de Salmão
Bluefin

A nova unidade na Rua da Consolação, seguirá o mesmo padrão das demais, priorizando os melhores pescados, sempre frescos, e pratos que viajam bem até o cliente. Entre as sugestões, são apresentadas entradas como o Carpaccio de Peixe Branco R$ 32; Temakis, como o Ikura de ovas de Salmão R$ 59; Sashimis servidos em cinco fatias, como Olho de Boi R$ 35; as opções de sushis incluem o de Bluefin R$ 40 (uma unidade) ; Uramakis servidos em oito peças; e a seção de pratos quentes, como o Teppan de Futos do Mar, com Camarão, lula, peixe do dia e polvo R$ 110, e o Katsudon, lombo à milanesa com ovo, cebola e o Gohan.

Combinado vegetariano

Vale como destaque do delivery a seção dos Combinados, que servem uma pessoa, como o Moriwase Variado: sete Sashimis, cinco Niguiris, um Dyo, quatro Baterás e quatro Uramakis R$ 105; versão Vegetariana R$ 68; para crianças o combinado Kids R$ 60 e o Tirashi (R$130), prato individual de seleção de peixes sobre o shari.

Em breve, os pedidos podem ser realizados via WhatsApp e também no formato de retirada Take Away. Além do Centro, o restaurante By Koji vai inaugurar uma unidade no exterior ainda neste ano.

By Koji

Conhecido e respeitado pela sua habilidade em escolher pessoalmente os melhores peixes, chef Koji Yokomizo é o nome à frente do By Koji. Com 4 casas em São Paulo – duas no Estádio do Morumbi (salão e delivery), Rua da Consolação e outra no Hospital Albert Einstein –, Koji traz para o público paulistano requintes da tradicional gastronomia japonesa ao mesmo tempo que emprega com maestria elementos contemporâneos na sua cozinha.

Uma história que começou ainda criança, através da paixão que nasceu com seu próprio pai pela pesca, responsável pelo fascínio do chef pelos peixes e que culminou no sucesso de quem conhece tão bem o ingrediente principal da culinária japonesa, e que baseou o seu trabalho na habilidade de extrair os melhores cortes, tornando o prazer de degustar sushis e sashimis uma experiência única.

Além das casas no Estádio e Centro de São Paulo, o By Koji também está localizado no Hospital Albert Einstein. Reconhecido pela qualidade e apresentação dos seus sushis e sashimis, o By Koji apresenta também outras preparações das cozinhas fria e quente da culinária japonesa.

By Koji: Rua da Consolação, 2596 – Centro – São Paulo. Horário de atendimento: segunda a sexta, das 11h às 14h30 e das 18h às 22h; sábado e domingo, das 12h às 15;30 e das 18h às 22h.

Bar do Terraço Italia reabre

O Bar do Terraço Itália, um dos mais queridos da cidade está de volta! Atração que antecede a experiência do jantar no restaurante do complexo, é um dos preferidos entre casais pela atmosfera romântica, à luz de velas e aquela vista espetacular de São Paulo a 165 metros de altura. Por enquanto, o espaço ainda não sediará eventos musicais, como de praxe, por conta da limitação de horários e número de pessoas permitidos, atendendo aos protocolos de distanciamento. Mas em meados de dezembro, retoma a programação com shows ao vivo.

Enquanto isso, já está disponível a vista majestosa 360º da cidade, a seus pés, e até mesmo a emoção de ver helicópteros voando pertinho de você dos janelões que circundam o ambiente. Uma Enomatic com rótulos do velho e novo mundo criteriosamente selecionados pela equipe de sommeliers do Terraço, permite provar vinhos consagrados com a qualidade e frescor que merecem – um dos destaques do bar. Há rótulos do novo e velho mundo, e o sistema Enomatic permite degustá-los em doses que mantém a qualidade, aroma e frescor.

A carta de drinques traz novidades, em breve a serem anunciadas. Enquanto isso, clássicos como Negroni Sbagliato, Gin Terraço e o Prosecco Coquetel saem do balcão caprichosamente preparados pela equipe de bartenders, com o acompanhamento de petiscos com toque italiano, como as famosas bruschettas do chef Pasquale Mancini, espetinhos de cordeiro ao molho de hortelã, e camarões ao molho rosé, entre outras delícias.

Terraço Itália: Avenida Ipiranga, n° 344 – 41° andar – Centro – São Paulo – SP. Confira os novos horários de funcionamento: segunda a sexta, das 15h às 23h; sábado, domingo e feriados, das 12h às 23h. Para o bar não se faz reserva, e o atendimento se dá por ordem de chegada.

Paribar tem serviço de delivery para região central de São Paulo

Atendendo as recomendações globais de saúde para evitar a proliferação da Covid-19, o restaurante passa a realizar seu serviço por meio de entregas domiciliais

Seguindo todas as recomendações de segurança propostas pela Organização Mundial de Saúde, a medida visa garantir a integridade da saúde dos funcionários e dos clientes. Pedidos podem ser feitos pelo telefone ou Whatsapp e, se o cliente preferir, pode ir até o restaurante e fazer a retirada no próprio Paribar.

Algumas alterações foram feitas no menu devido à falta de determinados ingredientes que possibilitariam o cardápio completo, porém isso não atrapalha a experiência do cliente, que tem acesso a dez pratos que variam entre massas, peixes, carne e sanduíches, além de um prato vegano e sobremesa.

Todo dia também há uma massa fresca diferente disponível para o pedido, com preço fixo de R$ 20,00, que é anunciada diretamente no Instagram do próprio Paribar. De acordo com Luiz Campiglia, chef e proprietário da casa, a medida garante a segurança de todos e não interfere na experiência do cliente.

Entrada

Legumes-Cajun
Legumes Cajun – R$ 32,30
Croquete de Carne – R$ 26,90

Sanduíches

Pariburguer
Pariburguer – R$ 34,50

Sanduiche-de-Lingua
Língua no Pão Ciabatta – R$ 31,80

Massas

Ravioli
Ravioli Caprese – R$ 39,50
Spagheti Carbonara – R$ 35,40
Nhoque de Mandioquinha – R$ 36,10
Tagliolini à Bolonhesa – R$ 37,50

Carnes

Arroz-com-Cupim
Arroz de Cupim – R$38,80

Pescados
Sardinha (serve duas pessoas) – R$ 44,50

Sobremesa
Creme de Limão Siciliano – R$ 23,60

No ato da entrega, o entregador dispõe de álcool em gel para a higienização das mãos do cliente após o contato com as embalagens e máquinas de pagamento.

Paribar – Telefones para delivery: (11) 3159-0219 | Whatsapp: (11) 93346-5703

Na rota dos blocos: Bia Hoi tem comidinhas vietnamitas e drinques para levar

Pho Bo e Banh Mi para levar estarão disponíveis no final de semana do Carnaval

O Carnaval chegou e com ele os blocos de rua tomam conta da cidade. Para tornar a vida do folião mais agradável, o Bia Hoi SP Vietpub preparou drinques especiais e comidinhas para levar.

Pho44PhoBo2BanhMi

Para dar energia ao folião, o tradicional Pho Bo (R$ 32), caldo vietnamita feito com ossos de boi, peito, macarrão de arroz e ervas aromáticas estará pronto para viagem, assim como o Banh Mi, famoso sanduíche feito na baguete Julice, com carne (R$ 26) ou frango (R$ 24), acompanhado por conserva de cenoura e nabo, pepino, coentro, hortelã, manjericão e maionese de coentro. Ambos estarão disponíveis na sexta, sábado e domingo do feriado de Carnaval.

Para beber, o Bia Hoi oferece o tradicional Caju Amigo, que pode ser feito com cachaça (R$ 23), vodca nacional (R$ 25) ou importada (R$ 27), gim nacional (R$26) ou importado (R$ 29). A caipirinha de três limões estará disponível com cachaça (R$22), vodca nacional (R$ 24) ou importada (R$ 26). Aperol (R$ 22) e chopp (R$ 12 – 400ml) também serão vendidos.

Sobre o Bia Hoi SP

Inaugurado em novembro de 2017 na Vila Buarque, Centro de São Paulo, o Bia Hoi SP traz pela primeira vez à cidade a típica comida de rua do Vietnã. Inspirado nos bia hoi de Hanói – botecos simples onde o chope é a grande estrela – a casa oferece uma variada oferta de comidinhas vietnamitas. São porções para compartilhar e petiscos perfeitos para acompanhar o chope Bia Hoi SP, o lager puro malte da casa, além das várias opções da carta de cervejas artesanais ou dos coquetéis autorais ou clássicos da casa

Os pratos servidos são o resultado de vários anos de pesquisa e passagens dos sócios Dani Borges e Fernando Brito pelo Vietnã, além de um ano e meio de realização do Jantar no Centro, em que o casal recebia, duas vezes por mês, grupos de 20 pessoas para jantares vietnamitas.

Bia Hoi SP – Vietpub: Rua Rêgo Freitas, 516, Vila Buarque – Horário de funcionamento: de terça a sexta, das 12h às 14h30 e das 19h às 23h. Sábado, das 12h às 17h e das 19h às 23h. Domingo, das 12h30 às 17h.

Fim de semana tem rock e gastronomia de primeira na Praça do Patriarca

Serão três dias de muita animação, com comilança, arte, cultura e diversão para todas as idades. Tudo junto e misturado no coração da capital. Além da grande variedade de comidas e cerveja artesanal, haverá shows das bandas de rock Open Rock, Rolls Rock e Sherlock Rock. E ainda: área Kids, show de hipnose, apresentação de dança, aulas e Balada ao Ar Livre. Em área ampla, segura, de fácil acesso, com Entrada gratuita.

Falta pouco para a realização do sonho de muitos paulistas! Assistir “na faixa” shows das melhores bandas de rock da cidade com o melhor da gastronomia! Isso será possível graças ao convite da Secretaria Municipal de Turismo para que o Espaço As Meninas Feiras e Eventos e a Charrua Produções Artísticas levassem para o centro da cidade o seu tradicional Festival das Paixões Paulistanas, recheado de tudo que todos amam.

O megaevento, que faz parte do projeto Triângulo SP da Prefeitura de São Paulo, será nos dias 25, 26 e 27 de outubro (sexta-feira a domingo), na Praça do Patriarca, com acesso pelas estações de metrô Anhangabaú, São Bento e Sé e várias linhas de ônibus. Para confirmar presença e acompanhar tudo o que terá no evento, basta acessar os perfis de cada evento no Facebook: Festival das Paixões Paulistanas – Edição Triângulo SP, 2º Festival do Torresmo de São Paulo e 2º Festival do Churrasco & da Cerveja Artesanal.

torresmo.jpg

O Festival das Paixões Paulistanas – Edição Triângulo SP inclui o 2º Festival do Torresmo de SP, o 2º Festival do Churrasco e da Cerveja Artesanal, o 3º Festival do Hambúrguer e o 1º Festival do Gelatto de SP. “Estamos muito honrados de levar esse evento consolidado bem onde o coração do paulistano bate mais forte. É a concretização de um sonho nosso oferecer a todos o acesso a atrações gratuitas, como o SP Rock. O projeto Triângulo SP é muito importante para o resgate da história da cidade e da memória afetiva das pessoas e o nosso festival tem tudo a ver com a proposta”, comemora Elaine Vilela, sócia-proprietária do Espaço As Meninas Feiras e Eventos.

Dentro do Triângulo SP estão os principais pontos históricos da cidade, entre eles o Largo São Bento, o Páteo do Colégio e o Largo São Francisco. O objetivo do projeto é promover neste perímetro atrativos tanto noturnos quanto aos finais de semana, para estabelecê-lo como um dos principais destinos turísticos da capital. Assim, o megafestival não poderia ficar de fora!

Cardápio de tirar o fôlego

churrasco.jpg

Já estão garantidas muitas gostosuras, como costela BBQ, porco no rolete, porco com berinjela, torresmo de rolo, hambúrguer com complementos variados, hambúrguer artesanal, fogazza, lanche de pernil, lanche de calabresa, lanche de picanha, lanche de porco com berinjela, torre de batata frita, porção de batata frita, panquecas, comida síria, massas, K-pop Chicken, hot dog no palito, camarão empanado, pizza, coxinha burger, espetinhos variados, acarajé, abará e queijos diversos entre as opções. Para adoçar: sorvetes, doce de leite, cannoli de diversos sabores, doces mineiros cristalizados, churros espanhois, milk shake, pipoca gourmet, goiabada, etc. Na parte de bebidas, vários rótulos de cerveja artesanal, como Pérola Negra, Bigorna, Ashby, Gonçalves, Bloco 7, Madalena, Amarula, Chopp do Alemão, além de cachaça artesanal e bebida japonesa entre outros.

Música e dança

editada29-1-980x418
Sherlock Rock

No SP Rock, confirmadas as participações das bandas consagradas da noite paulistana Open Rock (dia 25), Rolls Rock (dia26) e Sherlock Rock (dia 27). Para animar a galera, Balada ao ar Livre sob o comando do festejado DJ das noites paulistanas Dinho Garcia, dia 26 (no sábado), das 13h às 18h. Ainda na parte cultural apresentação do grupo Trajetória Cia de Dança Flamenca. Aulas de Zumba e salsa com o Professor do Rey Castro, Luiz Guarany

Área Kids, Hipnose e Feira de Artes e Variedades

As crianças poderão se esbaldar em uma área kids que será montada especialmente para elas. Para os curiosos de plantão, oportunidade única de uma experiência com o renomado hipnólogo e hipnoterapeuta Rafael Oliveira, que estará presente com seus shows de hipnose. Os apaixonados por boas compras sempre têm vez e poderão aproveitar para prestigiar artesãos e pequenos empreendedores na Feira de Artes e Variedades.

Passar um fim de semana agradável

Ir ao festival será uma excelente oportunidade de começar bem o fim de semana, com muita gastronomia boa, bebidas e diversão para todas as idades. O evento se estenderá até o domingo, com diversas opções para almoçar, lanchar, descontrair, passar bons momentos com a família, encontrar amigos e fazer novas amizades.

Esse evento traduz bem um dos objetivos do Espaço As Meninas e da Charrua Produções Artísticas: promover um dia agradável o com o melhor da gastronomia, em ambiente acolhedor, amplo e com boa localização.

Responsabilidade Social

Mantendo a parceria de vários anos com o Centro de Convivência Início de Luz, que abriga uma creche, serão arrecadados alimentos não perecíveis para a entidade sem fins lucrativos, que cuida de mais de cem crianças carentes das regiões do Cambuci e do centro da capital paulista.

Selo Paixões Paulistanas

O Festival das Paixões Paulistanas – Edição Triângulo SP, o 2º Festival do Torresmo de SP, o 2º Festival do Churrasco e da Cerveja Artesanal, o 3º Festival do Hambúrguer de SP, 1º Festival do Cuscuz , 1º Festival Trufado e o 1º Festival do Gelatto de SP têm a certificação dos eventos e ações idealizados sob medida para o gosto dos paulistas. Para criar o selo e o calendário de eventos, os organizadores fizeram uma vasta pesquisa e identificaram os temas que mais atraem o público da cidade de São Paulo e do interior. Este selo está produzindo uma variedade de festivais inéditos que acontecem desde 2012 e continuarão ao longo de 2019.

gelato.jpg

Festival das Paixões Paulistanas – Edição Triângulo SP
2º Festival do Torresmo de SP 
2º Festival do Churrasco e da Cerveja Artesanal
3º Festival do Hambúrguer de SP 
1º Festiva do Gelatto de SP

hamburguer.jpg

Datas e Horários:
Dia 25 (sexta) das 17h00 às 22h00
Dia 26 (sábado) das 12h00 às 22h00
Dia 27 (domingo) das 10h00 às 18h00

Local: Praça do Patriarca – Centro, SP

Entrada Gratuita (só paga o que consumir)

Tia Pipoca: 50% de desconto nos sabores café ou oriental

Gosta de café? Ou prefere uma comida japonesa? Então, aproveite que a Tia Pipoca Gourmet está concedendo 50% de desconto na pipoca sabor café ou oriental. A boa notícia é que a promoção vai até dia 30 de junho para os consumidores que apresentarem o cupom que está sendo distribuído no Pátio Metrô São Bento. Lembrando que a pipoca é servida com calda quente, o que apura o sabor e refina ainda mais a experiência.

tia pipoca.jpg

A aposta da Tia Pipoca é em sabores inusitados. Com esse conceito, um dos produtos mais populares entre os brasileiros ganha novas e deliciosas versões doces e salgadas. E os sabores são regionais. O conceito de pipoca gourmet vem se espalhando pelo país e conquistando o gosto do público. Quem já gostava da guloseima vai se surpreender ao provar a evolução de um alimento já tão familiar.

Os sabores das pipocas salgadas são vatapá, oriental, grano padano nacional, flor de sal temperada com ervas e alho leve, manteiga aromática I e II e sal do himalaia. A versão tradicional também é vendida e não leva cobertura.

A pipoca sabor vatapá é feita em azeite de dendê, salpicada de camarão salgado em pó e com um toque de coentro (opcional). A oriental, no óleo vegetal, é finalizada com manteiga oriental composta por shoyu, óleo de gergelim tostado, gengibre e cebolinha. A grano padano nacional, também em óleo vegetal, leva queijo parmesão incorporado e crocante.

A de flor de sal é levemente passada na manteiga clarificada acrescida de flor de sal com louro fresco, tomilho, alecrim e alho. A de manteiga aromática I é finalizada em manteiga aromatizada de manjericão. Já a de manteiga aromática II é finalizada em manteiga aromatizada com alecrim e limão. A de Sal do Himalaia é levemente passada em manteiga clarificada e acrescida de sal do Himalaia triturado com páprica defumada.

Já as pipocas doces, todas feitas em óleo vegetal, são oferecidas em quatro sabores: rapadura com cumaru, café, brigadeiro ao leite e chocolate branco. A pipoca de rapadura com cumaru leva caramelo de rapadura e cumaru, semente nativa e aromática de sabor intenso e único. A café é acrescida de caramelo de café do cerrado mineiro. A de brigadeiro é finalizada com cremoso brigadeiro ao leite ou a opção de brigadeiro meio amargo, conforme o gosto do cliente. As pipocas doces são do tipo mushroom, ou “cogumelo”. Esse tipo de milho, quando estourado, geralmente apresenta formato redondo e regular, quase sempre maior do que a pipoca comum.

tia pipoca 2.jpg

Preço: promocional de café ou oriental: R$ 4,00 (pequena) e R$ 5,00 (grande)
Preço: outros sabores: R$ 8,00 (pequena) e R$ 10,00 (grande)

Tia Pipoca Gourmet – Pátio Metrô São Bento – Largo São Bento, 109 – Loja 14A – Centro – São Paulo – SP. Contato: faleconosco@tiapipoca.com.br

Sesc Consolação oferece atividades esportivas gratuitas para mulheres

Programação “Lugar de mulher” promove, gratuitamente, aulas abertas,
festivais esportivos, bate-papos e apresentações com atletas

Com o intuito de valorizar a presença e a atuação das mulheres nos esportes, o Sesc Consolação oferece ao público feminino atividades esportivas gratuitas por meio do projeto “Lugar de mulher”. Em sua primeira edição, a abertura ocorre no dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher,às 19h, e se estende até o final do mês.

Débora Santos França, supervisora de esportes da unidade, comenta sobre a inspiração para os encontros: “Movidas pelas próprias histórias e de tantas outras mulheres que admiramos, temos feito uma série de discussões sobre o(s) lugar(es) que as mulheres ocupam na atual sociedade. Afinal de contas, que lugares são esses? Para nós esta pergunta não tem resposta única … são lugares de ser, estar, viver, representar, resistir e tantos outros”.

alana maldonado
Alana Maldonado

aline silva
Aline Silva

Durante o mês de março, serão realizadas aulas de diferentes tipos de lutas: tais como taekwondo, capoeira, defesa pessoal e karatê. As atletas Alana Maldonado, do judô paraolímpico, e Aline Silva, da luta greco-romana, presentes na abertura, convidam o público para compartilhar suas histórias no esporte, contando sobre os desafios para conquistar um lugar de destaque em suas respectivas modalidades. No encontro, as atletas também realizam vivências esportivas com as participantes.

Além das lutas, haverá um torneio de futsal, aos sábados, a partir do dia 16 de março, que incentiva e promove o espaço da mulher dentro das quadras.

Lugar de mulher: Lutas

Abertura: dia 8 de março das 19h às 21h20
Local: Sala de Ginástica Multifuncional (5º andar)
Com a participação das atletas Alana Maldonado e Aline Silva e mediação de Marina Ribeiro, educadora fisicoesportiva do Sesc.
Livre
Grátis – Sem retirada de ingressos.

Aulas abertas: de 9 a 30 de março, sábados, das 11h30 às 13h
Local: Ginástica Multifuncional (5º andar)
Duração: 90 minutos
9/3 – Luciana Januzzi- Taekwondo
16/3 – Marina Ribeiro – Capoeira
23/3 – Bruna Santoro – Defesa Pessoal
30/3 – Juliana Cavalcante- Karatê
Não recomendado para menores de 12 anos
Grátis – Sem retirada de ingressos.

Lugar de mulher: Futsal
Torneios e campeonatos

Dias 16 e 23 de março, sábados, das 11h às 17h
Dia 30 de março, sábado, das 11h às 14h
Local: Ginásio Vermelho (2º andar)
Livre
Grátis
Inscrições até 11 de março e informações no portal do Sesc. Vagas limitadas

Sesc Consolação: Rua Dr. Vila Nova, 245, Vila Buarque, São Paulo – Informações: (11) 3234-3000. Transporte Público: Estação Mackenzie do Metrô – Linha 4 – Amarela

Informações Projeto “Lugar de Mulher”, clique aqui

Mandioca Cozinha é novidade no centro de São Paulo

Restaurante temático explora versatilidade da mandioca e traz receitas de diferentes regiões do país, como tucupi, pirão, bobó, sagu e destilados, como a tiquira

Mandioca, inhame, aipim, macaxeira, pão da terra, rainha do Brasil. Muitos apelidos, uma só raiz. Soberana na culinária brasileira, a mandioca ganha um restaurante inteiramente dedicado a ela no centro da cidade de São Paulo. O Mandioca Cozinha, restô da chef pernambucana Madu Melo, abriu recentemente, na Vila Buarque, bairro no qual eu moro e que está se tornando o novo polo gastronômico da capital.

A casa promete explorar todas as facetas gastronômicas dessa planta 100% nacional e 100% aproveitável, com receitas caseiras, glúten free, opções veganas, uso de ingredientes sazonais e preferencialmente orgânicos e agroecológicos. Em todo o menu, carta de bebidas e até mesmo em alguns itens do décor, a mandioca é a estrela.

www.tbfoto.com.brMANDIOCA - SP/SP - 18/05/2018
Foto: Tadeu Brun
Cozido da Vó Nenzinha reúne carnes bovina e suína com legumes, pirão e arroz: receita de família no Mandioca. Foto: Tadeu Bruneli

casa trará receitas de todas as regiões do país, com os diferentes tipos de mandiocas – mansa, branca e amarela, fermentada e não-fermentada; segundo o Embrapa, são 250 tipos catalogados no Brasil – e uma dezena de variações de subprodutos e usos. Dentre eles, a farinha do Uarini (Amazonas), o tucupi amarelo (Pará), a farinha de Copioba (Bahia), a de tapioca (com massa feita na casa) e outras farinhas de diferentes cantos do país.

“Do doce ao salgado, do bar ao restaurante, do café da manhã ao jantar, a mandioca está em todas as mesas brasileiras. É um patrimônio cultural e o restaurante busca homenagear esse ingrediente tão versátil e saboroso de uma forma amigável e simples”, explica a chef e sócia Madu Melo, nascida em Recife e radicada há 10 anos em São Paulo. Formada em Marketing e tendo atuado como executiva em multinacionais e empresa de bebidas, resolveu, depois de um período sabático de viagem e pesquisas a mais de 30 países, transformar a paixão em profissão.

Foi no exterior, depois de visitar a lista dos principais restaurantes estrelados Michelin e da Restaurant, que concluiu que nada era melhor que o simples e confortante Cozido da Vó Nenzinha (ensopado de carnes bovina e suína com legumes com pirão de carne e arroz). Não por acaso, é o prato preferido da chef, receita de sua avó, cozinheira de mão cheia e sua inspiração primeira na gastronomia.

Num conceito informal e descolado, durante a semana, a casa não tem garçons e trabalhará com o conceito de autosserviço, o que impacta positivamente no preço final ao consumidor. O cliente faz o seu pedido, retira-o, leva para a mesa e recolhe sua bandeja. Aos fins de semana e feriados, a casa terá garçons, mas, durante o período de testes e de soft opening, não cobrará taxa de serviço. A proposta da casa é ter uma boa relação custo-benefício, com pratos que variam de R$ 29,90 (preço do prato do dia, no almoço executivo de segunda a sexta) a R$ 45,00.

Menu

Da folha à raiz, tudo se aproveita para formar tapiocas, beijus, farinhas, polvilhos, caldos, mingaus, bebidas fermentadas e destiladas. Mandioca significa literalmente “filha da tribo”(mani = filha, oca = local onde mora a tribo). Diz a lenda que no lugar em que morreu uma linda índia nasceu uma planta. E ela foi, assim, chamada de “Manioca”. Para os nossos primeiros habitantes, a mandioca tinha um status próximo do sagrado. Era o bem mais valioso de uma tribo. Tanto que, quando era preciso mudar a aldeia de lugar -por causa de guerras ou exaustão de terras- era costume transformar todo o mandiocal em farinha e levá-lo na viagem.

A técnica de preparar a extração da mandioca-brava (ou mandioca-amarga, por causa do ácido cianídrico) é complexa e se deve aos índios, que tiraram o seu veneno através da exposição ao sol e/ou ao cozimento por um bom tempo. Não por acaso, essa raiz branca e de casca escura já foi chamada de “rainha do Brasil”pelo historiador Luís da Câmara Cascudo e de “pão da terra” pelo padre Anchieta.

Inicialmente, funcionando apenas no horário do almoço, a casa trabalha com preços promocionais de prato do dia (R$ 29,90) e opções à la carte. Para começar, há um Caldinho do Dia, sempre com um toque de mandioca na receita, o MPM (moela de galinha com pão caseiro de mandioca e molho) e o Caribéu Pantaneiro (ensopado de mandioca e carne de sol da casa). Para quem está de olho na dieta, há uma opção de belisquete vegano e mais leve, os Beijus com Dips (barquinhas de beiju de tapioca acompanhadas de vinagrete de maxixe apimentado e homus de pinhão).

No almoço executivo, os pratos fazem um percurso gastronômico dedicado a diferentes Estados do país: às segundas, o Bobó Sem Mar (bobó vegano de castanha-de-caju com arroz de coco e farofa de dendê e talos de coentro); às terças, o Frango do Cerrado (galinhada de coxa e sobrecoxa de frango com pequi acompanhada de angu de mandioca e quiabo assado); às quartas, o Porco Sulista (corte de lombo com costela suína preparado com melado de rapadura, farofa de pinhão e abóbora assada, ao estilo dos pampas); às quintas, Mamma Brasiliana (nhoque de mandioca com legumes salteado no tucupi preto); às sextas, Cozido da Vó Nenzinha (ensopado de carnes bovina e suína com legumes acompanhado de pirão de carne e arroz branco).

www.tbfoto.com.brMANDIOCA - SP/SP - 18/05/2018
Foto: Tadeu Brun
Delícia do Uarini é feito com peixe do dia assado na folha de couve, regado com tucupi, farofa (feita com farinha da região amazônica) com pimenta cumari, castanha-do-pará e jambu. Foto: Tadeu Brunelli.

Aos sábados e feriados, a dica é a Delícia do Uarini (peixe assado na folha de couve, regado com tucupi, acompanhado de farofa de farinha do Uarini com pimenta cumari, castanha-do-pará e jambu). Como sobremesas, a chef Madu Melo traz a Tapioca Ensopada (tapioca de coco fresco ralado, ensopada no leite de coco e adoçada com mel orgânico), o Sagu Clássico (sagu de vinho tinto com creme de baunilha) e o Pudim da Casa (pudim de mandioca com toque cítrico, calda de cumaru e crocante de castanha do Pará).

Para harmonizar, carta de cervejas artesanais brasileiras, com rótulos até com mandioca na composição. É o caso da Colorado Cauim, de Ribeirão Preto, cerveja pilsen com adição de cereais, malte importado, lúpulo tcheco e mandioca. Dentre as opções sugeridas pela chef, está a Cangaço’s Kingdom (Double IPA), da Caatinga Rocks (AL), seca, longa e amarga, rica em aromas e sabores cítricos, decorrente da utilização de fortes lúpulos americanos, ideal para harmonizar com pratos marcantes e apimentados. A carta de vinhos 100% nacional foi assinada pela sommelière Camila Melo e traz opções de vinícolas de todas as regiões do país, com destaque para a Guaspari, de Espírito Santo do Pinhal (SP) e Rio Sol, de Petrolina (PE).

A carta de drinques contou com a consultoria do mixologista Rafael Vidiri (que trabalhou como chef de bar do Grupo Fasano e hoje é sócio do Quintal de Casa, em Bragança Paulista, interior do Estado). Dentre as sugestões, estão drinques com tiquira, o destilado de mandioca, como Tiquira Tônica (tiquira, água tônica, gelo, limão, hortelã e mel de abelhas nativas) e o autoral Galo do Norte (cachaças branca e de jambu e cynar), releitura do clássico Rabo de Galo. A casa só trabalha com rótulos nacionais, seja de cervejas, destilados ou vinhos.

Fonte de fibras e isenta de glúten, a mandioca é um poderoso carboidrato e oferece ainda vitamina C e minerais como o potássio, o magnésio e o cálcio. A folha de mandioca, além de ter vitaminas A, B1 e C, também contém cálcio, fósforo, proteínas, hidratos de carbono e de ferro. Não é à toa que se tornou ingrediente queridinho de esportistas e da turma glúten free, que trocou o pão pela tapioca.

Décor

mandioca ambiente
Reprodução Facebook

Revitalizada por cafés e galerias badaladas, a Vila Buarque, essa microrregião entre a Santa Cecília e a República, reúne gente moderna que curte moda, design e boa gastronomia, mas com bons preços. É nesse clima que se insere o Mandioca. O restaurante fica bem em frente à histórica Santa Casa de Medicina, no piso térreo de um simpático prédio residencial de tijolinhos. Próximo de pontos históricos importantes da cidade, como o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), da Universidade Mackenzie e de galerias como a Pilar.

Em uma área de 161 m², o arquiteto paulistano Vitor Loschavio aposta num ambiente industrial e, ao mesmo tempo, aconchegante, totalmente acessível para cadeirantes, com rampas de acesso e mesas mais largas, além da mesa comunitária. Explorando elementos como o concreto, madeira e aço, piso de cimento queimado, tubulações aparentes, o projeto traz elementos de modernidade e um toque de pop art, com um enorme mural, de 12 metros, assinado por Enivo, um dos grafiteiros mais atuantes da cidade. Haverá, ainda, exposições temporárias de artistas de todo o país, sob curadoria da chef e proprietária Madu Melo. Os objetos expostos estarão à venda nesse período, dando um toque de galeria de arte ao restaurante, que celebra a raiz de maior uso no país, a mandioca. Unanimidade do boteco pé-sujo à alta gastronomia.

Mandioca Cozinha – Rua Doutor Cesário Mota Junior, 187 – Vila Buarque – São Paulo (próximo ao metrô Santa Cecília)

 

Deltaexpresso inaugura flagship e primeira unidade de rua em São Paulo

A rede traz sua marca registrada de grãos selecionados, um espaço de conveniência com produtos de preparo e consumo para serem levados para casa, em um ambiente pensado especialmente para receber os apreciadores de bons cafés

Com ambiente cosmopolita e moderno, a flagship da Deltaexpresso Coffee Convenience Store chegou ao centro de São Paulo. A novidade promete fazer sucesso entre os apaixonados por café, pois agrega em um mesmo espaço blends selecionados de várias partes do mundo e conveniência com venda de produtos dedicados ao consumo e preparo da bebida (em grãos, moídos e cápsulas), máquinas de expresso portáteis e acessórios como xícaras e canecas.

Localizada na Praça do Patriaca, esta é a primeira loja de rua na capital e a sétima no estado de São Paulo. A marca, que está presente em 14 estados brasileiros, já conta com um espaço no aeroporto de Congonhas e pretende abrir mais duas unidades em São Paulo até agosto.

A Deltaexpresso tem como parceiro exclusivo a Delta Cafés – empresa portuguesa, líder no mercado e considerada uma das maiores torrefadoras europeias. Selecionados por especialistas nos melhores países produtores de café, os blends, em grãos ou moídos, utilizados nos preparos das bebidas são classificados em: Internacionais e de Origem. Há, ainda, outros blends em cápsulas, para usar na máquina de expresso Delta Q – que também utiliza cafés selecionados de países como Laos, Vietnã, El Salvador, Tanzânia, Panamá, entre outros.

O Ruby, de grãos arábicos e robustos, escolhidos em diversas regiões do Quênia, Havaí, Brasil, Colômbia e Costa Rica está nos Internacionais. Intenso, de corpo médio e acidez na medida são características deste blend, um dos mais pedidos. Outra opção é o Platinum, formado pelos melhores grãos arábicos do Brasil, Colômbia, Costa Rica, Timor Leste e Angola. É caracterizado pela sua personalidade forte, densidade elevada, retrogosto intenso, achocolatado e por ter uma persistência de aromas na boca muito prolongada.

delta expresso

Já os blends classificados como de Origem, são preparados com grãos arábicos extraídos das melhores regiões de um país: Brasil (suave, perfumado e tropical, aroma doce e frutado), Timor (composto por um dos mais famosos cafés do mundo, dá origem a uma bebida com traços doces de chocolate e especiarias), Angola (intenso, uma bebida robusta, com matizes da terra de origem), Colômbia (feito apenas de uma espécie, o Colômbia Excelso, tem como característica ser suave e aveludado, com ligeiras notas cítricas) e Índia (suave e realçado pelo aroma dos míticos cafés da Índia, tem corpo intenso com notas de especiarias e caramelo).

Além do café expresso, que aparece em diferentes variações no cardápio, podendo ser pedido também em menu degustação, é possível escolher outras bebidas quentes como chocolates, chás ou cappuccinos que, além do tradicional, há outras opções exclusivas como com paçoca, chantilly diversos como de menta ou amarula, e brûlés (com uma capa crocante de açúcar caramelizado), entre outros.

As bebidas geladas também aparecem de forma diversificada. No total, são nove sabores de milk-shakes (entre eles: morango, brownie e Nutella), cinco chás gelados – com base de chá mate, além de frozens e sodas italianas (ideal para quem busca fugir dos refrigerantes tradicionais). Há também o cappuccino na versão gelada, com sabores como tradicional, crocante e mocha com doce de leite.

Para acompanhar, a casa possui salgados, com opções integrais, como croissants, empadas e quiches, além de uma linha exclusiva de sanduíches, servidos em pão baguete tradicional ou integral. São seis recheios variados como o especial da casa (carne de panela cozida ao vinho com molho exclusivo), mortadela paulistana, além de opções vegetarianas. Para quem busca uma refeição rápida, o menu oferece crepiocas, sopas e pratos quentes – escondidinho de carne de sol com batata doce e sopa de cenoura com gengibre, são alguns deles.

Na parte de doces há opções variadas de tortas como cheesecake com calda de morango e tartelete de limão; bolos de canela com nozes e laranja; e brownie de chocolate e pastel de Nata; além de uma sobremesa que promete agradar a todos os públicos: o Deltaexperience, que brinca com as sensações de quente e gelado e com diversas texturas, nos sabores chocolate e paçoca; Oreo; Deltaexpresso; e brownie e brigadeiro.

Colorido com pinturas e um poema sobre café em uma das paredes, lâmpadas que dão o tom de conforto e uma playlist que completa o clima do ambiente, o espaço é amplo, com capacidade para 103 lugares, e tem também uma área externa. Seus mais de 180 m² são distribuídos em mesas de diversos tamanhos, com cadeiras e sofás, e dois balcões. A novidade também é ideal para coworking e reuniões. Na conveniência, além dos cafés, há também cappuccino, chás em sachê e cápsula, entre vários outros produtos.

Com mais de 70 unidades em 14 estados brasileiros, a rede Deltaexpresso Coffee Convenience Store está em crescente expansão e pretende, até o final de 2018, chegar a 100 unidades distribuídas em todo o Brasil, duas delas na capital Paulista, uma no Shopping Center 3 e outra no Shopping Light, além de quatro lojas no interior de São Paulo.

Deltaexpresso-3_Gustavo_Menasce
Foto: Gustavo Menasce

Deltaexpresso Coffee Convenience Store: Praça do Patriarca, 66 – Sé – São Paulo/SP – 
Segunda a sexta, das 7h às 18h. Sábado, das 7h às 14h