Arquivo da tag: cereal

Lanche do bem: boas opções para comer entre as refeições

Renata Guirau, especialista em nutrição do Oba Hortifruti, lista opções fáceis e saudáveis para incluir em uma rotina corrida e também ensina receitas para diversificar o cardápio da semana

Manter o funcionamento do organismo, controlar o apetite e a glicemia, dar energia e até minimizar sintomas de refluxo e gastrite. Esses são alguns dos benefícios de incluir os lanches entre as refeições principais. Renata Guirau, nutricionista do Oba Hortifruti, esclarece que comer pequenas porções antes do almoço e do jantar pode ser a chave do sucesso para ter uma alimentação equilibrada, a saúde em dia e o corpo em forma.

“Os lanches são uma boa estratégia para garantir o fracionamento da alimentação, evitando que se coma demais em refeições após longos períodos em jejum. Também podem ser interessantes para pessoas com problemas gástricos, que precisam comer aos poucos, ao longo do dia”, ressalta Renata.

Entretanto, um cuidado importante é na escolha do que consumir. Priorizando a praticidade, muitas pessoas acabam recorrendo aos produtos industrializados que, na grande maioria das vezes, apresentam alto valor calórico e são ricos em gorduras e açúcares – o que pode pôr em xeque todas as vantagens dos snacks.

Para quem sente aquela fominha bater nos intervalos entre refeições principais, a nutricionista do Oba Hortifruti listou cinco escolhas mais saudáveis e que também são fáceis de serem incluídas na rotina:

Freepik

=Frutas em geral: são boas fontes de fibras, vitaminas e minerais, além de baixas em calorias. (Exceto o abacate e o coco, que possuem valor calórico mais alto).

Foto: Goshadron/Pixabay

=Frutas secas: além das propriedades das frutas em si, são opções fáceis de carregar na bolsa e que não precisam de refrigeração.

Pixabay

=Oleaginosas: castanhas, nozes, amêndoas, avelãs são ótimos snacks para matar a fome e também são fontes de fibras, minerais e gorduras boas que ajudam a prevenir doenças.

=Iogurte e queijos: são escolhas ricas em proteínas em vitaminas do complexo B. Para o transporte e armazenamento, vale apostar em uma bolsa térmica.

=Vegetais: pode parecer estranho, mas vegetais também são excelentes opções.

“Palitinhos de cenoura e de pepino, tomate cereja, brócolis cozido, podem e devem fazer parte do lanche da manhã ou lanche da tarde. São ótimos por serem de baixa calorias e boas fontes de nutrientes”, salienta Renata.

Não sinto fome, e agora?

Renata esclarece que para pessoas saudáveis, não há prejuízo em pular os lanchinhos. O mais indicado é sempre respeitar a fome. “Uma dica é se manter organizado e com boas opções à mão. Com consciência de que, se sentir fome, existem opções saudáveis, mas também que, para a maioria das pessoas, tudo bem não realizar os lanches todos os dias”.

Além das indicações anteriores, a nutricionista também sugere receitas simples e nutritivas para incrementar o cardápio:

Bolo integral de banana

Ingredientes
2 xícaras de farinha de aveia
4 bananas nanicas maduras
4 ovos
1 xícara de uvas passas
1 xícara de leite desnatado ou leite vegetal
1 col de sopa de canela
1 col de sopa de fermento em pó

Modo de preparo
Deixe as uvas passas hidratando no leite por 20 minutos. Bata tudo no liquidificador, deixando 2 bananas para decoração. Corte as bananas restantes em rodelas e coloque por cima da massa. Leve ao forno por cerca de 30 minutos.

Barrinha de cereal caseira

Ingredientes
1 xícara de aveia em flocos
1/4 xícara de semente de linhaça
1/4 de xícara de coco ralado
1/2 xícara de castanha do Pará picadas
1/4 xícara de nozes picadas
1/2 xícara de ameixas secas sem caroço
1/2 xícara de uvas passas
6 col de sopa de mel
1 pitada de canela em pó

Modo de preparo
Hidrate as ameixas e bata no mixer com o mel.Misture os demais ingredientes em uma vasilha separada e, após bater o mel com a ameixa, misture com a parte seca da receita. Acomode em uma forma coberta com papel manteiga. Leve ao forno, em fogo baixo, por cerca de 15 minutos. Retire do forno e deixe esfriar bem antes de cortar.

Vegetais com patê

Ingredientes
1 lata de atum (opcional)
3 col de sopa de creme de ricota
2 col de sopa de cheiro verde picadinho
1 cenoura ou 1 pepino cortado em formato palito

Modo de preparo
Misture o creme de ricota e o cheiro verde. Quem desejar, pode acrescentar a lata de atum. Acrescente sal e pimenta (ou o tempero que você preferir). Consuma os palitos de cenoura e/ou pepino com o patê.

Fonte: Oba Hortifruti

Vegano passa fome? Veja fontes de proteínas e vitaminas para adeptos do hábito alimentar

Nutricionista da Superbom, empresa pioneira na produção de alimentos saudáveis, separou dicas imperdíveis para quem procura uma refeição livre de origem animal, mas rica em sabor

O veganismo vai muito além do fato de não consumir carne. Dentre vários motivos, muitos escolhem esse estilo de vida por questões de saúde, éticas ou ambientais. Segundo uma análise realizada pela Universidade de Florença, na Itália, as pessoas que aderem a esse hábito têm 15% menos de chance de sofrer de câncer comparando com os não adeptos.

Cyntia Maureen, nutricionista da Superbom , empresa pioneira na produção de alimentos saudáveis, afirma que umas das vantagens de ser vegano ou vegetariano estrito é a prevenção de doenças crônicas e outras enfermidades. “Quando feita de forma correta e acompanhada por um profissional da saúde, a prática pode ajudar na prevenção da hipertensão, diabetes e do câncer de mama. Além disso, diminui a probabilidade de obesidade, pois há um aumento no consumo de fibras, presentes nos vegetais, cereais, oleaginosas e leguminosas, que trazem uma maior sensação de saciedade e melhoram significativamente a atuação do intestino”, explica.

Muitos se enganam ao pensar que ao seguir esse novo estilo de vida o cardápio terá apenas folhas e verduras. A riqueza das opções de alimentos disponíveis no mercado abrange diversos grupos alimentares como legumes, verduras, frutas, cereais, leguminosas, sementes, oleaginosas. “É possível fazer combinações variadas e ter um prato saboroso, colorido e, principalmente, nutritivo, que atenda as necessidades de cada indivíduo”, afirma a nutricionista.

Abaixo, Cyntia indica alimentos que não podem ficar de fora da mesa dos seguidores deste estilo de vida. Confira:

• Carnes vegetais (análogos de carnes)

Miroro/Pixabay

São produtos feitos à base de leguminosas como soja, grão-de-bico, ervilha. “Ótimas opções para quem procura substituir proteínas animais mantendo os níveis em equilíbrio”, comenta.

• Sementes

Foto Agromix.In

Sementes de chia, linhaça, girassol e gergelim fornecem boas quantidades de proteína, Ômega-3 e vitaminas do complexo B. O gergelim é também excelente fonte de cálcio. “O consumo das sementes somado a uma boa ingestão de água é muito importante para ajudar no funcionamento do intestino. Além disso, provoca uma lenta absorção de açúcar no sangue, prevenindo e tratando diabetes.” explica.

• Cereais integrais

Como o arroz integral, aveia, amaranto, trigo, quinoa e centeio, são boas fontes complementares de proteína vegetal, fornecem vitaminas do complexo B, ferro e fibras. “Por evitarem as carnes, os veganos possuem um receio de não obter a quantidade ideal de proteína diária. Mas essas opções, associadas as leguminosas, substituem tranquilamente o alimento cárneo e ainda ajudam a manter uma prática mais saudável bem como prevenção de vários tipos de doenças.” acrescenta.

• Oleaginosas

Castanhas, amêndoas, nozes, avelãs e macadâmias são ricas em gorduras boas, proteínas, fibras e antioxidantes. Além disso são fontes de vitaminas E e do complexo B, e de minerais como zinco, potássio, manganês, ferro, cobre e selênio. “Entre os pontos positivos, está o fato de que elas possuem Ômega 3, que auxilia o organismo a utilizar a gordura como fonte de energia, traz benefícios cerebrais, diminui as taxas do mau colesterol (LDL) e aumenta as do bom (HDL).” finaliza.

Confira abaixo produtos da Superbom excelentes para veganos:

Carne Vegetal

Geleia de Frutas Vermelhas com Chia

Granola Premium

A Granola Premium da Superbom é um mix de cereais composta por frutas secas, grãos, oleaginosas e adoçantes naturais. É um preparo que concentra carboidratos, lipídios, fibras, alto conteúdo de vitaminas A, D e E. Muito baixo em sódio, fonte de fibras, isento de gorduras trans. O resultado disso, é a melhora dos casos de prisão de ventre, redução do colesterol e da incidência de câncer no intestino. Sem contar que seu bom funcionamento dá maior disposição e proporciona uma pele mais bonita. A granola também é uma aliada na luta contra o envelhecimento, já que os minerais presentes, em especial selênio e zinco, são antioxidantes e ajudam a manter as células sempre jovens.

Fonte: Superbom

Arroz, trigo, milho e cevada – por que consumi-los?

Os grãos fazem parte da nossa alimentação há milhares de anos e têm um papel muito importante dentro da dieta. Eles são a semente do cereal, e entre eles estão o arroz, o milho, o trigo, a aveia, o centeio e a cevada. Por serem fontes de carboidrato, têm como principal papel fornecer energia para o organismo. Além disso, possuem proteínas, lipídios, minerais e fibras.

Os grãos podem ser consumidos cozidos inteiros ou por meio de seus derivados, como a farinha, que pode ser refinada – feita apenas da parte interna do grão, ou integral – com o grão completo. As farinhas dão forma a grande parte dos produtos que são fontes de carboidratos – pães, bolos, massas, tortas e bebidas como a cerveja.

pão integral bellanapoli

Os grãos e seus derivados são a principal fonte de energia e, quando consumidos com alimentos fontes de proteínas e gorduras boas, compõe uma alimentação saudável. O pão feito de trigo, centeio, cevada e milho pode ser consumido no café da manhã ou nos lanches intermediários, acompanhado de frios magros, leite e derivados desnatados e frutas frescas ou secas.

A nutricionista Beatriz Botequio, da Equilibrium Consultoria e consultora do Sabe Portal, cita os quatro benefícios do consumo de grãos:

cerebro

Mais energia: o carboidrato é a principal fonte de energia para o organismo e fornecedor de glicose para o cérebro exercer as suas funções.

coração de pétalas

Menor risco de doenças do coração: por serem fontes de fibras, o consumo de grãos integrais pode contribuir para a saúde do coração.

pao-integral-com

Aliado contra diabetes: estudos apontam que a ingestão de fibra insolúvel, encontrada no grão integral, está associada a menor risco de diabetes tipo 2.

cereais cafe da manhã pixabay
Pixabay

Favorece a saúde intestinal: as fibras também são aliadas do intestino, pois ajudam a melhorar a formação e eliminação das fezes.

 

 

Alimentos que substituem o pão no café da manhã

Equipe de nutrição do Kurotel oferece alternativas para começar o dia mais saudável

O café da manhã, primeira refeição do dia, como todos sabem é muito importante, pois ajuda a repor as energias gastas durante à noite e abastece o corpo para começar o dia com mais disposição. A maior parte dos trabalhos científicos relaciona que pular o café da manhã pode estar relacionado a maiores chances de obesidade. E não é só isto. A qualidade do que se come nesta refeição também já foi diretamente ligado ao peso corporal.

O desejado é que nele estejam contidas proteínas, carboidratos complexos (ricos em fibras), gorduras saudáveis, vitaminas, minerais.

Um estudo feito com adolescentes procurou identificar os alimentos mais sacietóginos (que provocavam maior saciedade). Um grupo recebia cereal refinado adicionado a açúcar e leite, outro cereal integral com fibras sem açúcar e com leite e um terceiro grupo recebia omelete no café da manhã. O resultado é que a turma que tinha fome mais precocemente pela manhã era a dos adolescentes que haviam consumido o refinado, seguido daqueles que comeram fibra. Os últimos a sentirem fome (mais de uma hora depois) eram aqueles que haviam consumido ovo. Por isso, utilizar o ovo nesta refeição, pode ser algo interessante para termos em mente.

Assim, algumas possibilidades para se substituir o pão do café da manhã são:

1. Omelete

omelete jaqueline morguefile
Foto: Jaqueline/Morguefile

Esta opção pode ser preparada sem gordura e é uma boa oportunidade de se agregar proteína e legumes. Para quem gosta, deve usar bastante cebola (alimento que tem bastante fibra e que dá muita saciedade) na comida. Outra forma de aumentar a saciedade é unindo a abobrinha ralada.

2. Tapioca

04-tapioca
A tapioca contém carboidrato de baixo índice glicêmico e libera os níveis de açúcar lentamente no sangue. Além disso, é uma opção sem glúten, para aqueles que necessitam esta alternativa. Pode também ser agregado mais alguma semente na massa da tapioca para potencializar seu benefício, como a chia por exemplo. Como recheio, pode ser usado o tofu, legumes, queijos e carnes magras leves, ou ainda, nas versões doces com frutas como coco in natura , banana, morangos, adicionados à pasta de cereais natural e canela (que também é útil metabolicamente).

3. Panquecas

panquecaPANQUECA MAÇA
Panquecas integrais recheada com queijos magros ou peito de peru. Outra opção bastante interessante do ponto de vista nutricional, e também de sabor, são as panquecas de batata doce ou de inhame, que não levam nenhum tipo de farinha e podem ser recheadas com pasta de oleaginosas (como tahime, amendoim, nozes) ou cogumelos, por exemplo. Essas panquecas podem ser feitas com ou sem ovos, dependendo das necessidades individuais.

4. Cereais

cereal pippalou morguefile
Foto: Pippalou/Morguefile

Cereais integrais são ricos em fibras e antioxidantes. Eles dão sensação de saciedade. Podem ser misturados no leite ou em iogurtes de vaca, búfala, cabra, ovelha ou ainda de vegetais (que podem ser feito em casa) como arroz, amêndoas entre outras.

Fonte: Kurotel

 

 

Torta Cremosa de Banana com Cereal Mix Chocolate

Unindo a crocância do biscoito de chocolate com o sabor da banana, a Arcor do Brasil sugere a receita Torta Cremosa de Banana com Cereal Mix Chocolate. A sobremesa leva 50 minutos para ficar pronta, rende 10 porções e é servida no potinho. Uma opção bem prática e gostosa para agradar à família e aos amigos.

A receita da torta foi elaborada em parceria com a chef Yukari Carolina, do blog Cake By Yu, e faz parte da campanha “Receitas Mágicas Arcor”. Para conferir como faz a tortinha, é só anotar o passo a passo abaixo ou assistir ao vídeo da receita disponível no site e nas redes sociais da Arcor do Brasil.

Ingredientes
1 pacote de Triunfo Cereal Mix Chocolate com Avelã
½ litro de leite integral
1 ½ xícara de chá de leite condensado
3 gemas peneiradas
3 colheres de sopa de farinha de trigo
1 colher de chá de essência de baunilha
6 bananas maduras
2 xícaras de açúcar
1 xícara de água

Modo de preparo

Creme de baunilha
Em uma panela, coloque o leite, o leite condensado, a farinha de trigo, a essência de baunilha e as gemas. Deixe cozinhar em fogo médio, mexendo sempre, até engrossar. Despeje em um recipiente, cubra com papel filme e reserve.

Creme de banana
Em uma panela, misture a banana, a água e o açúcar. Leve ao fogo médio até ferver e formar um creme homogêneo. Reserve.

Montagem
Pique a Bolacha Triunfo Cereal Mix Chocolate com Avelã e coloque no fundo de um pote de vidro. Cubra com o creme de baunilha e depois com o creme de banana.

Finalize com o biscoito. Sirva gelado.

Torta%20cremosa%20de%20banana%20com%20cereal%20mix_201698125719.png

Rendimento: 10 porções
Tempo de preparo: 50 minutos
Vídeo da receita

Fonte: Arcor

Alimentos importantes para um café da manhã equilibrado

A nutricionista Lara Natacci indica quais itens podem contribuir para começar bem o dia

Para se sentir bem disposto ao longo do dia é importante tomar um café da manhã balanceado, que inclua proteínas, vitaminas, minerais e carboidratos. Depois de um longo período de jejum, esta é a principal refeição que tem a função de repor a energia gasta pelo organismo durante o sono e também colabora para as atividades do começo do dia.

Ingerir os grupos de alimentos corretos é essencial para ter um café da manhã equilibrado. A nutricionista Lara Natacci, do DietNet, orienta a optar por itens com nutrientes variados e que também ajudem a manter a sensação de saciedade.

Anote os 5 grupos de alimentos que a Lara selecionou como sugestão para compor o seu café da manhã:

1. Inclua uma fonte de cálcio e proteínas, como o leite (ou seus derivados: iogurtes e queijo) ou bebida à base de soja;

freegreatpicture-leite

2. Invista em cereais (como pães, biscoitos, bolo simples) que conferem energia para começar bem a manhã. Priorize as versões integrais por terem mais fibras e ajudarem a manter a sensação de saciedade;

café da manhã

3. Adicione uma fonte de gorduras insaturadas, importantes para o bom funcionamento do organismo e na prevenção de doenças cardiovasculares. Uma opção interessante é o creme vegetal, que dá um sabor gostoso no pão, bolo, biscoito, torrada ou mesmo na tapioca. O azeite de oliva também pode ser utilizado, assim como as sementes oleaginosas (nozes, castanhas, amêndoas), e o abacate.

becel_

4. Deixe ainda mais gostoso, incluindo frutas, que são excelente fonte de fibras, vitaminas e minerais;

coração frutas

5. Beba chá. Os chás (verde e preto) possuem teanina, um aminoácido que ajuda a dar aumentar a atenção e foco nas atividades. Os chás têm menor quantidade de cafeína que o café, logo, também são uma ótima alternativa para começar bem o dia.

chá emily beeson
Foto: Emily Beeson / Morguefile

Barrinhas do bem são uma opção de lanche saudável e prático

As barrinhas de cereais são uma ótima opção de lanches intermediários, pois além de fáceis de levar e guardar na bolsa, elas são ricas em carboidratos, proteínas e gorduras boas, o que gera um alto nível de energia e controla o apetite aumentando a saciedade do organismo.

As barrinhas do bem são 100% naturais, sem a presença de adoçantes e artificiais, além de serem feitas com aveia integral ao invés dos tradicionais flocos de arroz e encorpadas com mel silvestre; ou seja: mais natural impossível.

Cada ingrediente é escolhido pensando nos benefícios que eles podem trazer ao serem consumidos. Todas são feitas com nuts que promovem a saciedade, oferecendo maior controle do apetite. Além disso, as barrinhas são fonte saudável de energia, contém gorduras boas, aminoácidos e antioxidantes.

A do bem conta com cinco sabores de barrinhas, confira abaixo os benefícios de cada uma e escolha qual se encaixa melhor no seu cardápio:

dobem

do bem barrinha só nuts
Livre de açúcar, xarope de glicose, aromas ou conservantes. Sem lactose, rica em proteínas e aminoácidos essenciais, gordura saudável, ômega 9, magnésio, zinco e fósforo.

do bem barrinha com banana
Com mel, castanha de caju, amendoim, banana passa, castanha do pará, aveia integral inteira, esse mix de nuts é rico em nutrientes, fonte de vitaminas A, C e complexo B, além de conter propriedades antioxidantes.

do bem barrinha com damasco
Damasco desidratado, mel, castanha de caju, amendoim e aveia integral inteira, estão entre os ingredientes, da barrinha que tem uma rica combinação de betacaroteno, vitamina C, antioxidantes, potássio e ainda muitas fibras.

do bem barrinha cranberry e cacau
Recheada de cranberry, conhecida pelos seus super poderes nutricionais, é muito rica em vitamina C e K, além de conter flavonoides e antocianidinas, com ação antioxidantes. A barrinha ainda conta com mel, castanha de caju, flocos de cereais e flocos de cacau.

do bem barrinha maçã e canela
Mel, castanha de caju, maçã, amendoim, aveia integral inteira e canela. Alto teor de fibras solúveis como a pectina, um excelente aliado para o bom funcionamento do intestino. A barrinha ainda conta com quercetina e flavonoides, dois poderosos antioxidantes. Fonte de vitaminas C, B1, B2 e niacina, além de potássio, ferro e fósforo.

Preço sugerido: R$ 3,25

Informações: do bem

Dicas de alimentos que podem ajudar a reduzir os riscos de um câncer de mama

O mês de outubro ganhou destaque nos últimos anos como o período da campanha dedicada ao combate e prevenção do câncer de mama. São cerca de 25% de novos casos por ano, segundo o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca). É preciso ter atenção aos sintomas, histórico familiar, mudanças no corpo e também à alimentação, pois ela pode ser uma boa aliada tanto para quem busca prevenção quanto para quem já enfrenta a doença.

De acordo com a nutricionista do Hapvida Saúde, Maria Cristina Câmara, mulheres que estão acima do peso e possuem excesso de gordura visceral (localizada na região interna do abdômen, próxima dos órgãos vitais), criam um ambiente mais favorável para o desenvolvimento de um tumor.

Segundo estudo publicado pela Sociedade Brasileira de Mastologia, mulheres com excesso de gordura abdominal são 74% mais propensas a desenvolver câncer de mama. “Manter a gordura corporal em níveis adequados com uma alimentação equilibrada e anti-inflamatória, pode contribuir na prevenção contra o câncer”, diz Maria Cristina.

A nutricionista selecionou alguns alimentos que podem ser consumidos para trazer benefícios ao organismo:

– Peixes frescos: fonte de ômega 3, é um importante aliado no combate ao colesterol;

SantaFeira 21316 (29)
– Azeite de oliva: suas propriedades podem danificar o gene cancerígeno;

azeite-de-oliva-5
– Brócolis e couve: ajudam a eliminar substâncias que podem originar células cancerígenas;

couve
Foto: Jorgeyu / Morguefile

– Ovos, frutas cítricas e legumes alaranjados (mamão, laranja, cenoura): evita a formação dos radicais livres e ajuda no controle do trânsito intestinal;

mamaão papaia xenia2
– Linhaça: estudos mostram que seu consumo diminui o ritmo do crescimento do câncer;

linhaça
– Cereais: além de ajudarem a baixar o colesterol ruim, as fibras presentes nos cereais também ajudam a combater o câncer de mama;

Barrinhas de Cereais
Foto: Abimapi

– Maçã: previne o desenvolvimento de tumores, controla o apetite e retarda o envelhecimento.

maçãs

A especialista diz que é importante ter em mente que conservar hábitos alimentares saudáveis vai além da questão estética. “Cuidar da alimentação é, sobretudo, uma questão de saúde e prevenção de diversos males. Portanto, sempre recomendo que seja evitado o excesso de carnes vermelhas, comidas industrializadas e açúcares, pois eles retardam o funcionamento do organismo e o deixam mais vulneráveis ao surgimento de doenças”, finaliza.

Fonte: Hapvida