Arquivo da tag: cevada

Muito além da cerveja: conheça outras funções da cevada na alimentação

Fonte de fibras e vitaminas, o cereal, conhecido por ser ingrediente da cerveja, pode virar inúmeras receitas nutritivas, de pães a saladas

Sua popularidade como matéria-prima da cerveja não faz jus à importância e versatilidade que tem em tantas outras preparações. A cevada, ou cevadinha, como é conhecida, vai muito além de ser somente a alma dessa bebida milenar, que dá origem ao malte, responsável pelo corpo, cor e aroma da cerveja. Fonte de fibras, vitaminas e carboidratos, o grão pode ser facilmente inserido na alimentação para uma rotina alimentar mais equilibrada e nutritiva.

cevada - pixabay
Cevada – Foto: Pixabay

Esse cereal é um alimento natural que foi por muito tempo conhecido apenas como um ingrediente da cerveja, mas de alguns anos para cá, ganhou protagonismo em receitas brasileiras tradicionais por seu alto valor nutricional. Segundo a nutricionista da Ambev, Júlia Toledo: “A cevada é um cereal muito nutritivo, fonte de vitaminas do complexo B e minerais, como magnésio, selênio e fósforo. Seu consumo é recomendado como parte de uma dieta saudável, desempenhando um papel fundamental no fornecimento de energia para o corpo”.

Versátil e com sabor suave, a cevada pode ser introduzida no cardápio de formas distintas e consumida crua ou cozida. De acordo com Júlia, o grão pode ser adicionado em saladas, snacks, sopas e até mesmo em pães, que ganham mais sabor e nutrientes com o ingrediente. “As variações de massas também podem ser mais bem aproveitadas com a inclusão desse cereal. É possível encontrar no mercado uma outra versão de cevada: tostada ou moída, muito utilizada como substituta ao café, uma vez que não possui cafeína”, explica a nutricionista.

pao ambev

Na cerveja, a cevada pode ser usada tanto in natura quanto malteada e o seu papel será propiciar corpo, cor, aroma, espuma e dulçor na bebida. Júlia comenta que as propriedades e benefícios da cevada também podem estar presentes na cerveja e reforça que o consumo moderado deve ser pautado sempre levando em consideração as características fisiológicas e metabólicas de cada indivíduo.

chope cerveja shutterstock

Para Carolina Loureiro, beer sommelière da Ambev, a quantidade desse ingrediente na cerveja vai depender do estilo que está sendo produzido pelo mestre-cervejeiro, “As versões que possuem um corpo maior precisam de mais malte, por exemplo. Além da cevada, outros cereais são usados na produção da cerveja, dependendo das características e sabores de cada receita, como arroz, milho, aveia e trigo”, conta a especialista.

Ambev e a Bimbo Brasil produzem pães com malte cevada para doar a comunidades

Pensando exatamente nos benefícios do ingrediente e atuando em mais uma frente para auxiliar a população diante da crise da Covid-19, a Ambev e a Bimbo Brasil, empresa líder em panificados, vão produzir 540 mil fatias de pão feito justamente com o malte de cevada como ingrediente principal da receita, utilizado a partir da cadeia produtiva da cervejaria. O alimento foram destinados a 680 entidades do Mesa Brasil SESC e Cufa (Central Única das Favelas), que redirecionarão os pães para pessoas que vivem em comunidades vulneráveis.

As doações foram feitas em junho por meio do banco de alimentos Mesa Brasil SESC para as cidades de São Paulo (SP), Brasília (DF) e Gravataí (RS), e da Cufa, na cidade do Rio de Janeiro.

O poder do arroz oito grãos

Adorado pelos brasileiros, o arroz é tão versátil que chega à mesa como acompanhamento, prato principal e até mesmo sobremesa. Atualmente, é o terceiro cereal mais cultivado do mundo, perdendo apenas para o milho e o trigo. O arroz integral, por exemplo, é um alimento rico, fonte de fibras, minerais e óleos essenciais, e vem sendo redescoberto em diversas versões.

Cada vez mais comum, o arroz vermelho, negro e o multigrãos têm aparecido em pratos acessíveis do dia a dia. E, para tornar as refeições mais completas em nutrientes, vitaminas e antioxidantes, o Meu Biju, uma das marcas mais tradicionais de arroz do país, apresenta sua linha de arroz 8 grãos nas versões aveia e quinoa. Confira seus diferenciais e benefícios à saúde.

Conheça os ingredientes que compõem cada um deles, e entenda suas funcionalidades:

atitude_strip_492227_0_full

Meu Biju Arroz 8 Grãos com Aveia: Arroz integral, triticale, trigo, cevada, linhaça, arroz cateto, arroz vermelho e aveia. Contém glúten | Preço sugerido: R$ 6,50

atitude_strip_492227_1_full

Meu Biju Arroz 8 grãos com quinoa: Arroz integral, trigo, arroz cateto, lentilha, arroz vermelho, linhaça, quinoa e gergelim. Contém glúten. | Preço sugerido: R$ 6,50

Arroz integral:

arroz integral Jules -Stonesoup
Foto: Jules -Stonesoup

Fornece energia e contém fibras que ajudam no funcionamento do intestino e no controle do colesterol, além de trazer saciedade, auxiliando no processo de perda de peso.

Triticale:

triticale.jpg
Grão produzido como fruto do cruzamento entre o trigo e o centeio, é um cereal nutritivo e rico em proteínas.

Trigo:

trigo quibe
Importante fonte de energia para o organismo, o trigo é um alimento rico em vitaminas do complexo B, potássio, fósforo e magnésio.

Cevada:

cevada - pixabay
Cevada – Foto: Pixabay

Rica em vitaminas e minerais, auxilia na formação e manutenção da saúde dos ossos e dentes, além de sua ação antioxidante, que atua no combate ao envelhecimento precoce.

Linhaça:

farinha-sementes-linhaça
GreenMe

Traz benefícios ao coração, intestino e na prevenção de alguns tipos de câncer. Suas fibras atuam na liberação da glicose no sangue reduzindo o acúmulo de gordura no corpo.

Arroz cateto:

ARROZ-CATETO
Uma ótima fonte de proteínas importantes para formação de tecidos do corpo, rico em fibras e vitaminas B e E, que auxiliam no funcionamento do organismo.

Arroz vermelho:

arroz-vermelho.jpg
Grão integral rico em nutrientes como ferro e fibras, que ajudam na redução do colesterol. A cor avermelhada se deve ao alto teor do antioxidante antocianina.

Aveia:

aveia
Por ser rico em fibras solúveis, o cereal reduz as taxas de LDL (colesterol ruim), previne o câncer de intestino, além de contar com diversos nutrientes como ferro, cálcio, magnésio, zinco, cobre, manganês, vitaminas e proteínas.

Lentilha:

lentilha alvimann
Foto: Alvimann/Morguefile

Contém lisina, um aminoácido essencial para o organismo, além de ser rica em fibras, ferro, vitaminas do complexo B, cálcio, fósforo, potássio e magnésio.

Quinoa:

quinoa - max straeten
Foto: Max Straeten

Rica em proteínas, fibras, cálcio e ferro, ajuda no fortalecimento muscular.

Gergelim:

gergelim-agromix-in
Foto Agromix.In

Ajuda a melhorar a saúde óssea, protege contra radiação, câncer, hipertensão, diabetes e inflamação.

Fonte: Josapar

Arroz, trigo, milho e cevada – por que consumi-los?

Os grãos fazem parte da nossa alimentação há milhares de anos e têm um papel muito importante dentro da dieta. Eles são a semente do cereal, e entre eles estão o arroz, o milho, o trigo, a aveia, o centeio e a cevada. Por serem fontes de carboidrato, têm como principal papel fornecer energia para o organismo. Além disso, possuem proteínas, lipídios, minerais e fibras.

Os grãos podem ser consumidos cozidos inteiros ou por meio de seus derivados, como a farinha, que pode ser refinada – feita apenas da parte interna do grão, ou integral – com o grão completo. As farinhas dão forma a grande parte dos produtos que são fontes de carboidratos – pães, bolos, massas, tortas e bebidas como a cerveja.

pão integral bellanapoli

Os grãos e seus derivados são a principal fonte de energia e, quando consumidos com alimentos fontes de proteínas e gorduras boas, compõe uma alimentação saudável. O pão feito de trigo, centeio, cevada e milho pode ser consumido no café da manhã ou nos lanches intermediários, acompanhado de frios magros, leite e derivados desnatados e frutas frescas ou secas.

A nutricionista Beatriz Botequio, da Equilibrium Consultoria e consultora do Sabe Portal, cita os quatro benefícios do consumo de grãos:

cerebro

Mais energia: o carboidrato é a principal fonte de energia para o organismo e fornecedor de glicose para o cérebro exercer as suas funções.

coração de pétalas

Menor risco de doenças do coração: por serem fontes de fibras, o consumo de grãos integrais pode contribuir para a saúde do coração.

pao-integral-com

Aliado contra diabetes: estudos apontam que a ingestão de fibra insolúvel, encontrada no grão integral, está associada a menor risco de diabetes tipo 2.

cereais cafe da manhã pixabay
Pixabay

Favorece a saúde intestinal: as fibras também são aliadas do intestino, pois ajudam a melhorar a formação e eliminação das fezes.