Arquivo da tag: cogumelos

Aprenda a preparar dois pratos leves e saborosos

Tirolez dá algumas inspirações para preparar refeições incríveis para a família, com rendimento de 4 porções e prontas em no máximo 40 minutos

Cogumelos Recheados

Cogumelos-Recheados-Tirolez

Ingredientes:
8 cogumelos Paris grandes
1 xícara (chá) de Queijo Gouda Tirolez ralado
1 tomate sem sementes cortado em cubos pequenos
2 colheres (sopa) de nozes picadas
1 pitada de sal
Manjericão picado a gosto

Modo de preparo:
Com ajuda de uma faca ou colher, retire o miolo de cada cogumelo. Pique o miolo dos cogumelos e misture com o queijo, o tomate, as nozes, o sal e o manjericão. Recheie cada cogumelo com a mistura. Leve para assar em fogo médio por, aproximadamente, 25 minutos até que o queijo esteja derretido. Sirva em seguida.

Rendimento: 4 porções
Tempo de preparo: 30 minutos

Berinjela Recheada

Berinjela-Recheada-Tirolez.jpg

Ingredientes:
2 berinjelas cortadas ao meio na longitudinal
2 dentes de alho descascados e amassados
1 colher (sobremesa) de azeite
100 g de carne moída
1 lata de tomates pelados picado
1 xícara (chá) de espinafre picado cru
½ pote de Creme de Queijo Minas Frescal Original ou Light Tirolez
Pimenta-do-reino preta moída a gosto
4 castanhas-do-pará picadas

Modo de Preparo:
Em uma panela, cozinhe as berinjelas com água, até que as polpas fiquem macias (aproximadamente 10 minutos). Com ajuda de uma colher, retire parte das polpas das berinjelas, formando barquinhas e reserve. Em uma panela, doure o alho no azeite, acrescente a carne moída e deixe refogar. Acrescente os tomates pelados e deixe cozinhar, até que desmanchem; junte o espinafre, e tempere com pimenta. Desligue o fogo e adicione o Creme de Queijo Minas Frescal Original ou Light Tirolez. Distribua o recheio pelas barquinhas de berinjela, coloque-as em uma assadeira e leve ao forno alto para gratinar por 20 minutos. Retire do forno e finalize com as castanhas picadas. Sirva em seguida.

Rendimento: 4 porções
Tempo de preparo: 40 minutos

Fonte: Tirolez

Chef Paula Weber sugere seleção de receitas que ajudam a esquentar

A temporada de frio chegou e o paladar também pede mudanças. À noite, ao invés da salada com grelhado – que tem a cara do verão – as sopas quentinhas assumem o papel principal.

Dedicada a ensinar receitas práticas e saborosas para o dia a dia, a chef Paula Weber, do site e programa Pitadas & Palpites, preparou uma seleção de receitas de sopas. Desde o tradicional caldo verde ou o creme de legumes batidos, Paula separou uma seleção que promete tornar as noites frias ainda mais aprazíveis. Para acompanhar, pão quentinho e caseiro.

Pão de abobrinha

DSCN0335

Ingredientes:
3 e ½ xícaras de farinha de trigo
1 xícara de amido de milho (maisena)
2 colheres de chá de açúcar
1 envelope de fermento biológico seco instantâneo
1 abobrinha pequena ralada no ralo grosso
2 ovos
1 xícara de leite morno
½ xícara de azeite
1 colher de chá de sal
100g de castanha do Pará picada
50g de queijo parmesão ralado
Azeite e farinha para untar

Modo de fazer:
Unte uma forma grande de bolo inglês – é possível também escolher duas pequenas.
Em uma tigela, peneire os ingredientes secos: farinha, amido e açúcar. Acrescente o fermento e reserve. Em outro recipiente, misture a abobrinha, os ovos, o azeite, o leite e o sal. Adicione, aos poucos, os ingredientes secos e a castanha do Pará e misture até obter uma massa homogênea. Sobe a marca em uma superfície com farinha. Coloque na forma e deixe descansar por 40 minutos ou até que dobre de tamanho. Polvilhe com queijo ralado e coloque para assar em forno pré-aquecido por 35 minutos. Desenforme ainda morno.

Sopa de brócolis

sopa de brocolis

Ingredientes:
1 maço de brócolis
2 cenouras
1 cebola
1 alho-poró
1 colher de sopa de azeite
1 litro de água
1 colher de chá de sal
Salsa picada para polvilhar (opcional)

Modo de fazer:
Corte as flores do brócolis, cozinhe e reserve. Deixe os talos e as folhas crus. Em uma panela, refogue a cebola e o alho-poró. Acrescente a cenoura e os talos do brócolis, deixe um pouco na panela e depois acrescente a água. Cozinhe por aproximadamente 20 minutos. Bata no liquidificador e acrescente as flores na hora de servir. É possível substituir o alho-poró por 1 dente de alho, a cenoura pelo chuchu e acrescentar também abobrinha.

Sopa de beterraba

sopa de beterraba.jpg

Ingredientes:
6 beterrabas
1 cenoura
1 cebola
1 dente de alho
1 limão
1 colher de sopa de sal
1 tablete de caldo de carne ou galinha
1,5 litro de água
Creme de leite (opcional)

Modo de fazer:
Cozinhe as beterrabas com casca na panela de pressão por 20 minutos. Rale a cenoura no ralo grosso, pique a cebola e coloque para cozinhar na água. Ao ferver, insira o caldo. Descasque as beterrabas e acrescente Deixe ferver por 5 minutos e bata tudo no liquidificador. Volte para a panela e acrescente o suco do limão e o sal. Sirva quentinha. Se desejar, é possível colocar meia colher de creme de leite (fresco ou de caixinha) direto no bowl da sopa.

Sopa 3 Cogumelos

cogumelo-lucia-1024x635

Ingredientes:
150g de cogumelo paris fresco
150g de shitake
150g de shimeji
2 cebolas cortadas em tiras
200ml de vinho branco
Sal e pimenta
1litro de caldo de carne ou frango ou legumes – feito em casa é mais saudável
Fatias de pão italiano
2 colheres de manteiga
2 galhinhos de tomilho
1 folha de louro
2 dentes de alho bem picadinhos

Modo de Fazer:
Derreta e doure a manteiga e deixe dourar um pouco. Coloque o alho, o tomilho e o louro para refogar com a cebola dourada. Coloque o vinho e deixe evaporar o álcool.
Pique os cogumelos e junte a este refogado e coloque o caldo de carne. Deixe cozinhar por 20 minutos. Coloque em tigelinhas individuais com uma fatia de pão italiano e queijo ralado e leve ao forno preaquecido para gratinar.

Caldo Verde

caldo verde

Ingredientes:
2 batatas médias
1 tablete de caldo de galinha
1 colher (sopa) de óleo
1 colher ( sopa ) rasa de sal ou a gosto
5 xícaras (chá) de água
1 xícara (chá) de couve manteiga cortada em tiras
1 linguiça calabresa defumada cortada em rodelas

Modo de Fazer:
Na panela de pressão, coloque a batata, caldo de galinha, óleo, água e sal. Cozinhe por cerca de 10 minutos. Dica: comece a contar o tempo depois que a panela pegar pressão. Em seguida, bata tudo no liquidificador e leve a panela novamente. Acrescente as rodelas de calabresa e ferva. Desligue o fogo e adicione a couve manteiga. Na hora de servir, coloque um fio de azeite ou croutons.

Chef Paula Weber

chef paula weber.jpg

A gastronomia sempre permeou a vida da chef Paula Weber que, antes de assumir sua paixão por panelas e receitas, atuou como advogada e, por muito anos viu-se às voltas com contratos e negociações do mercado financeiro. Após a criação dos filhos, decidiu recomeçar sua trajetória profissional ao cursar graduação em Gastronomia, pela FMU. Bem distante do desejo de abrir seu próprio restaurante ou uma cozinha para catering de eventos, Paula já havia decidido sua linha de trabalho: trabalhar com receitas práticas e mostrar que a simplicidade de uma receita não implica em um prato menos saboroso – pelo contrário. Depois de ministrar aulas para crianças – uma grande paixão em sua vida, Paula dedica-se ao site e o programa Pitadas e Palpites, quando prepara receitas acompanhada por crianças que começam a descobrir os encantos da cozinha e provarem novos sabores. Canal Chef TV.

Polenghi apresenta receitas para Dia das Mães

Dia das Mães é uma daquelas datas mais que especiais que merecem ser celebradas com muito amor. E, para deixar o dia ainda mais feliz, a Polenghi traz sugestões de receitas para almoço, jantar e sobremesa elaboradas com os produtos da linha de queijos finos Polenghi Sélection, que vão deixar os pratos com sabores surpreendentes e ainda mais deliciosos. Confira abaixo algumas escolhas da Polenghi para você:

Linguine com Brie e Cogumelos

linguine

Ingredientes:
– 200g de macarrão tipo linguine
– 1 xícara (chá) de cogumelos Paris frescos fatiados (100g)
– 1 colher (sopa) de manteiga (20g)
– 1 embalagem de queijo Brie Polenghi Sélection cortado em cubos (125g)
– ½ xícara (chá) de creme de leite fresco (120ml)
– 4 colheres (sopa) de salsinha picada (20g)
– Pimenta do reino e sal a gosto

Modo de Preparo:
– Cozinhe o linguine até ficar “al dente”.
– Numa frigideira refogue os cogumelos na manteiga.
– Adicione o queijo Brie Polenghi Sélection, o creme de leite e por último a salsinha.
– Tempere com a pimenta do reino moída na hora e acerte o sal.

Rendimento: 2 porções
Tempo de Preparo: 20 minutos
Dicas: Prepare os cogumelos numa frigideira grande para poder envolver o linguine escorrido no refogado bem quente.
Variações: Acrescente presunto picado e ervilhas cozidas ao refogado.

Batatas Gratinadas com Queijo Pategrás

batatagratinada

Ingredientes:

Molho
– 1 colher (sopa) de manteiga sem sal (20g)
– 4 colheres (sopa) de cebola picada (40g)
– 1 colher (sopa) de farinha de trigo (10g)
– 2 xícaras (chá) de leite (480ml)
– 2 xícaras (chá) de Pategrás Polenghi Sélection ralado(150g)
– sal a gosto

Batatas
– 3 batatas descascadas (500g)
– Manteiga para untar
– ½ xícara (chá) de Queijo Pategrás Polenghi Sélection ralado (40g)

Modo de Preparo
– Em uma panela, aqueça a manteiga e refogue a cebola.
– Adicione a farinha de trigo e cozinhe mexendo sempre até obter uma pasta.
– Acrescente o leite aos poucos e cozinhe até encorpar.
– Junte o Pategrás Polenghi Sélection. Acerte o sal. Reserve.
– Corte as batatas em fatias de 0,5 cm.
– Unte um refratário (20×20 cm) com a manteiga.
– Alterne camadas de batata e molho de queijo.
– Finalize com o molho de queijo e salpique o queijo Pategrás Polenghi ralado.
– Asse em forno médio (180°) preaquecido, por 1 hora coberto com papel alumínio. -Retire o papel alumínio e cozinhe por mais 30 minutos ou até a superfície dourar.

Rendimento: 6 porções
Tempo de Preparo: 2 horas
Dicas: Quanto mais fina forem cortadas as batatas, mais rapidamente ficarão cozidas no forno.
Variações: Você pode substituir o queijo Pategrás pelos queijos Emental ou Gruyère Sélection.

Peras ao Vinho com Gorgonzola

peras

Ingredientes:
– 4 peras (não muito maduras) (cerca de 650g)
– 1 xícara (chá) de vinho do Porto (240ml)
– ½ xícara (chá) água (120ml)
– 1 colher (sopa) de suco de limão (15ml)
– 4 colheres (sopa) de açúcar (48g)
– 60g de Gorgonzola Polenghi Sélection
– 2 colheres (sopa) de Cream Cheese Polenghi (30g)

Modo de Preparo:
– Descasque e corte as peras ao meio, no sentido do comprimento. Com uma colher pequena, retire as sementes.
– Em uma panela, coloque as peras, o vinho do Porto, a água, o suco de limão e o açúcar.
– Cozinhe por aproximadamente 20 minutos em panela tampada, até que as peras fiquem macias (o tempo depende do estágio de amadurecimento da fruta).
– Após cozinhar, retire as peras da panela e ferva o líquido restante até engrossar e formar o molho.
– Recheie as peras com o Gorgonzola Polenghi Sélection amassado com o Cream Cheese Polenghi.
– Regue com o molho do vinho do Porto e sirva as peras com a cavidade para cima.

Rendimento: 4 porções (2 meias peras por porção)
Tempo de Preparo: 30 minutos
Dicas: Ao descascar as peras, vá colocando-as em um recipiente com água para que não escureçam.
Variações: Substitua o vinho do porto por vinho tinto.

Tortinhas de Maçã com Queijo Gruyère

tortinhasdemaça

Ingredientes:
– 2 maçãs (cerca de 380g)
– 4 colheres (sopa) de açúcar cristal (60g)
– canela a gosto
– 1 rolo de massa folhada pronta (300g)
– 1 xícara (chá) de Queijo Gruyère Polenghi Sélection ralado em ralo grosso (100g)

Modo de Preparo:
– Lamine as maçãs e misture o açúcar cristal e canela.
– Abra a massa folhada e com auxílio de um cortador (9,5 cm de diâmetro) corte círculos. – – – Forre forminhas para tortinhas de fundo removível (7,5 cm de diâmetro).
– Coloque em cada forminha com 1 colher (sopa) de queijo Gruyère Polenghi Sélection ralado.
– Distribua as fatias de maçã sobre o queijo e leve ao forno médio preaquecido a 180˚C por – 1 hora ou até que as tortinhas fiquem ligeiramente douradas.

Rendimento: 12 unidades
Tempo de Preparo: 1 hora e 20 minutos
Dicas: Sirva cada tortinha com 1 bola de sorvete no sabor de sua preferência.
Variações: Substitua a maçã por banana ou pera.

Fonte: Polenghi

 

Aprenda a fazer receitas criativas

Que tal investir na criatividade? Para ajudar a formar um momento de ousadia na cozinha, a Bunge Brasil separou quatro receitas fáceis que vão surpreender o paladar.

Não é preciso ser um grande chef para fugir do comum e explorar o universo gastronômico e as receitas da Bunge Brasil estão aqui para provar isso, pois quando o assunto é cozinhar, o importante é arriscar-se e experimentar novos produtos e sabores combinando diferentes ingredientes e temperos, o que deixa a experiência muito mais prazerosa.

Confira o modo de preparo das receitas de bolinhos de lentilha, frango e vegetais, mini quiches de vegetais e gruyère, sanduíche de alho poró e cogumelos recheados ao forno.

Bolinhos de lentilha, frango e vegetais

bolinho de lentilha

Ingredientes
3 xícaras de Óleo de Girassol
1 xícara de lentilhas
400 mililitros)de água fervente
2 fatias de bacon picadinho
½ unidade de cebola ralada
2 xícaras) de frango cozido, desfiado e picadinho
2 sachês de caldo em pó sabor galinha
1 abobrinha grande ralada
1 xícara de migalhas de pão integral
1 tomate sem sementes picadinho
2 colheres de Sobremesa de sal
4 colheres de Sopa de cheiro verde picado

Modo de preparo
Leve a lentilha para cozinhar em água fervente com sal. Escorra e amasse até obter um purê e reserve. Coloque o Óleo de Girassol Salada em uma panela e frite o bacon. Adicione a cebola e em seguida refogue o frango adicionado do caldo de galinha. Retire do fogo, junte os demais ingredientes e misture bem até que se forme uma massa. Com a ajuda de uma colher (de sopa) modele a massa no formato de bolinhos.
Aqueça uma panela e coloque 2 xícaras (de chá) de Óleo de Girassol Salada. Frite os bolinhos aos poucos, virando dos dois lados, até que estejam dourados. Retire-os com auxilio de uma escumadeira e coloque-os sobre papel toalha para retirar o excesso de óleo. Sirva imediatamente.

Rende 40 porções
Grau de dificuldade: Fácil
Tempo de preparo: 1 hora

Miniquiches de vegetais e gruyère

miniquiche vegetais

Ingredientes
½ xícara de Óleo de Milho
3  ovos
2 colheres de Sopa de água
2 xícaras de farinha de trigo
2 colheres de Sopa de queijo parmesão ralado
1 colher de Sopa de raspa de limão
100 gramas de flores de brócolis
1 cenoura pequena, sem casca, picadinha
1 cebola picada
2 colheres de Sopa de vinho branco seco
1 xícara de queijo Gruyére em cubos
¼ xícara de cebolinha verde picada
½ xícara de creme de leite fresco
sal, pimenta-do-reino e noz-moscada a gosto a gosto

Modo de preparo

Massa: em uma vasilha, coloque os ingredientes líquidos e misture-os bem. Adicione os ingredientes secos e misture até que a massa esteja homogênea. Abra a massa e forre 9 forminhas de empada. Acomode-as em uma assadeira e leve para pré-assar, em forno preaquecido, à temperatura de 160°C por 10 minutos. Retire do forno e reserve.

Recheio: coloque o Óleo de Milho Salada em uma panela, adicione a cebola, as flores de brócolis e a cenoura para refogar, mexendo de vez em quando, por 10 minutos ou até que amoleçam. Adicione o vinho, o sal, a noz moscada e cozinhe por mais 2 minutos ou até que o vinho evapore. Retire do fogo, adicione o queijo Gruyère, a cebolinha, misture bem e reserve. À parte, em uma vasilha, misture os ovos (batendo-os ligeiramente), o creme de leite, o sal, a pimenta-do-reino e a noz moscada, a gosto.

Montagem: distribua o recheio de legumes pelas forminhas, adicione um pouco do líquido dos ovos em cada uma e retorne ao forno à temperatura de 180°C para assar por mais 20 minutos.

Rende 9 porções
Grau de dificuldade: Fácil
Tempo de preparo: 1h30 minutos

Sanduíche de alho poró

sanduiche de alho poro

Ingredientes
10 pão pita ou pão de forma
40 ml Azeite Extra Virgem Cardeal 0,4
100 g alho poro fatiado
Sal quanto baste
Pimenta do reino moída quanto baste
250 g de queijo tipo cottage

Modo de preparo
Refogue o alho poró no Azeite Extra Virgem Cardeal 0,4. Acrescente o sal e a pimenta. Esfrie e adicione o queijo. Misture e coloque no pão.

Rende 5 porções
Grau de dificuldade: Fácil
Tempo de preparo: 25 minutos

Cogumelos recheados ao forno

cogumelos recheados

Ingredientes
4 cogumelos shiitake grande
100 g farinha de rosca
Sal quanto baste
Pimenta do reino moída quanto baste
1 dente alho picado
Salsinha picada quanto baste
60 ml Azeite Extra Virgem Cardeal 0,4 60

Modo de preparo
Limpe os cogumelos. Misture em uma tigela os demais ingredientes formando uma farofa úmida. Coloque sobre os cogumelos e leve ao forno a 180°C por 15 minutos ou até dourar.

Rende 4 porções
Grau de dificuldade: Fácil
Tempo de preparo: 30 minutos

Fonte: Bunge Brasil

 

 

 

 

 

 

 

Alimentos para fortalecer a imunidade e evitar resfriados neste fim de inverno

 

Ainda resta pouco menos de um mês para o fim do inverno, e pode ser que nos últimos dias da estação o frio resolva se intensificar. Associado à umidade, que está mais proeminente nestes dias, a variação de temperatura – o vento gelado na rua e ambientes fechados em casa ou no escritório – colaboram para facilitar com que as pessoas fiquem gripadas ou resfriadas com maior facilidade.

Para evitar o desconforto gerado por esses males, além de se agasalhar bem, é possível investir na alimentação adequada para potencializar o sistema imunológico. Afinal, já é difícil sair da cama de manhã em dias frios para ir trabalhar, imagine ter que fazer isso com o corpo todo dolorido mais o mal-estar.

Uma boa alternativa para melhorar a imunidade e diminuir à propensão a ter pequenas ou grandes infecções e quadros como gripes está em dar atenção aà alimentação.

“Alimentos são ricos em vitaminas, minerais e outras substâncias que auxiliam na manutenção do sistema imunológico. Muitos também ajudam a proteger as células do organismo contra alterações que podem levar a problemas de saúde, além de ajudar a combater infecções e reduzir inflamações”, explica Rita Scarpato, nutricionista da Splendido Alimentação.

Segundo Ida Helena Poltronieri, nutricionista e diretora comercial da Splendido, não só funcionários, mas empresas também podem e devem se atentar com a alimentação neste período.

“Muitas empresas estão percebendo que proporcionar alimentação para seus colaboradores é muito mais do que um benefício de ‘RH’, é proporcionar qualidade de vida que será refletida no desempenho deste trabalhador. Essas empresas que se preocupam com a alimentação de seus colaboradores possuem equipes mais dispostas e sofrem menos com ausências e licenças de trabalhadores por conta de doenças que podem ser facilmente evitadas como uma boa nutrição”, comenta ela, ao recordar que obesidade, pressão alta e diabetes também sofrem influência da alimentação.

Para Rita uma ótima pedida para evitar estes infortúnios é apostar em um prato de comida bem equilibrado e colorido, principalmente com os ingredientes certos. Confira a seguir alguns alimentos que a nutricionista sugere acrescentar no cardápio neste período:

tomate-uwe-tuchen-pixabay
Foto: Uwe Tuchen / Pixabay

1. Tomate: rico em vitaminas A, B e C, bem como em sais minerais como fósforo, potássio, cálcio e magnésio. Por isso, auxilia na proteção do sistema imunológico. A substância responsável por esses benefícios, que dá a coloração vermelha ao alimento, é o licopeno. Esse nutriente é antioxidante, auxiliando no combate aos radicais livres, que leva ao envelhecimento precoce, e também a manter o coração saudável. “Muitas pessoas não gostam de comer salada no inverno. Por isso, uma boa opção para ingerir este alimento é prepará-lo em sopa ou mesmo um caldo. Além de consumir o nutriente, a versão quente do alimento ainda serve para aquecer o organismo no frio”, comenta Rita.

cebola e alho - hot black
Foto: Hotblack

2. Temperos: alho, cebola, pimenta e gengibre. O alho tem função imunoprotetora e uma boa dose de selênio e zinco, nutrientes importantes para evitar gripes, resfriados e outras doenças, explica Rita. “É por isso que muitas pessoas, quando gripadas, recorrem ao chá de alho para melhorar os sintomas”, comenta a nutricionista. Sobre a maneira de utilizá-lo na prevenção, ela recomenda que pode ser consumido no tempero das preparações e adicionado cru para temperar o tofu, por exemplo. A cebola possui quercitina, outro potencializador da função imune, prevenindo doenças virais e alérgicas.

ginger gengibre
Pixabay

Durante os períodos de festa juninas e julinas, o gengibre é muito utilizado para o preparo do quentão. Elaborado desta forma ele pode ficar até muito saboroso, mas não é nada recomendado ingerir bebidas alcóolicas para trabalhar. Rico em vitamina C e B6, o gengibre é expectorante, reduz a inflamação e a dor, tem ação bactericida e também auxilia no fortalecimento do sistema imunológico. O alimento também é um excelente termogênico capaz de diminuir inflamações da garganta, típicas de gripes e resfriados. Porém, é muito importante ter cuidado ao ingerir este alimento, porque algumas pessoas são alérgicas e podem passar mal com uma tosse seca e muito forte, obstrução da garganta e surgimento de manchas avermelhadas pelo corpo. “De toda forma, nunca use grandes pedaços e, sim, lascas fininhas e pequenas”, recomenda Rita. A nutricionista indica que o gengibre pode ser usado em muitas sobremesas doces, mas também pode ser utilizado ralado em molhos salgados, sucos, chás e outros alimentos.

pimenta

Já a pimenta por si só já é considerada um alimento que provoca “calor” em muitas pessoas. Não é à toa que na Bahia, ela é sinônimo de “quente”. “Isso também se deve ao fato de ser um alimento termogênico, que auxilia na aceleração do metabolismo e, assim, favorece o emagrecimento. O fitoquímico responsável pelos benefícios é denominado de capsaicina, responsável pelo ‘ardido'”, comenta Rita. Esta substância tem a capacidade de reduzir a quantidade de radicais livres no organismo, sendo considerada um antioxidante e também um expectorante natural. As pimentas vermelhas também são fontes de vitaminas A, C e do complexo B, podem ser utilizadas moderadamente.

brocolis

3. Vegetais verde-escuros: “Brócolis, couve, couve de Bruxelas, rúcula e espinafre são fontes importantes de ácido fólico e vitaminas A, B6 e B12, que possuem papel na maturação das células imunes, ajudando na resistência às infecções”, diz a nutricionista da Splendido Alimentação. Rita complementa que os alimentos ricos em ácido fólico são importantes porque este nutriente participa da formação de glóbulos brancos, responsáveis pela defesa do organismo. “O brócolis é um dos vegetais mais saudáveis que você pode colocar na sua refeição e um dos alimentos que ajudam na imunidade. A chave para manter seu poder intacto é cozinhá-lo o mínimo possível, no vapor, para que não perca suas propriedades. Pode ser colocado em molhos, arroz, risotos, lanches, saladas, recheio de tortas e onde mais a imaginação permitir”, aconselha Rita.

raspberries framboesa iogurte vermelha

4. Iogurte ou leite fermentado: segundo a nutricionista, o iogurte natural e o leite fermentado são ricos em lactobacilos com propriedades probióticas, que melhoram a flora intestinal e fortalecem o sistema imunológico. “Além de serem consumidos no café da manhã e no lanche da tarde, são ótimas opções de ceia, antes de dormir ou para quando bate aquela fome de madrugada, pois é justamente neste período noturno que a ação dos lactobacilos é mais eficiente” indica Rita. A nutricionista acrescenta que ainda é possível utilizá-lo na preparação de molhos para saladas.

lox-deli-salmao-defumado-laqueado-com-mel

5. Ômega 3: está presente, por exemplo, no azeite e no salmão, auxilia as artérias a permanecerem longe de inflamações, ajudando a imunidade do corpo. “Salmão, cavala e arenque são exemplos de mariscos ricos em gorduras ômega-3, que reduzem a inflamação, aumentam o fluxo de ar e protegem os pulmões de resfriados e infecções respiratórias”, observa Rita.

morango do emiliano

6. Morango: assim como outras frutas cítricas (laranja, acerola, limão e kiwi), o morango é rico em vitamina C, antioxidantes, fibras, flavonoides e propriedades anti-inflamatórias. “A vitamina C é importante porque aumenta a produção das células de defesa do corpo, aumentando, assim, a resistência a infecções. Além de serem ricas em antioxidantes, que evitam a ação dos radicais livres responsáveis por enfraquecer as células, deixando o organismo mais propenso a agentes invasores, grande parte das frutas cítricas têm percentual significativo de água, fator que acaba auxiliando na hidratação”, pondera a nutricionista. Ela recorda que, apesar de teoricamente a temporada do morango começar só em setembro, já é possível encontrar esta fruta em grandes quantidades pelas feiras, sacolões e supermercados. “Em muitos destes locais já está com preço bem acessível ou em promoção, por isso é ótima pedida para incluir na alimentação neste período”, pondera completando que, além de consumir a fruta in natura, é uma excelente opção para sucos e vitaminas, que auxiliam a dar um ‘up’ no organismo.

mushroom cogumelo
Pixabay

7. Cogumelos: como o champignon contêm selênio, um forte antioxidante que combate os radicais livres, melhorando a imunidade do corpo e acelerando a cicatrização do organismo. Já o shitake é rico em lentinana, nutriente capaz de estimular a produção das células de defesa e aumentar a imunidade. “Cogumelos diferentes como shiitake, champignon, shimeji podem trazer inúmeros benefícios. Pode-se consumir um punhado todos os dias. Ficam deliciosos em risotos, massas, saladas ou acompanhado de carnes” orienta Rita.

Fonte: Splendido Alimentação

Alimentos funcionais que não estão no cardápio de quem quer emagrecer, mas deveriam

Especialista em emagrecimento, Rodrigo Polesso mostra alimentos vantajosos para emagrecer e contesta mitos da dieta

Salada é uma das primeiras palavras que vem à cabeça de quem quer emagrecer e não tem muito conhecimento sobre o assunto. Rodrigo Polesso, especialista em Nutrição Otimizada para Saúde e Bem-Estar pela Universidade Estadual de San Diego, Califórnia, e criador do programa online de emagrecimento Código Emagrecer de Vez, argumenta que existem muitos alimentos que ajudam a emagrecer e dá a primeira dica: não passar fome.

“O primeiro grande mito sobre o emagrecimento está no conceito de que é preciso comer pouco e contar calorias, e isso é uma grande mentira. Quando você prioriza qualidade dos alimentos que consome, seu corpo automaticamente regulara a quantidade necessária para você se sentir saciado”, explica.

Antes de destacar os cinco alimentos que ajudam a emagrecer e que para muitos são considerados vilões, Polesso conta que o que pouco se fala sobre emagrecer é que o correto é buscar alimentos capazes de regularizar o funcionamento metabólico e hormonal do corpo de forma a fazer com que ele queime o excesso de gordura naturalmente.

“O principal hormônio que precisa funcionar corretamente é a insulina, caso contrário irá continuar promovendo o armazenamento de gordura até mesmo quando comemos pouco”, explica. Por isso, Polesso conta que o foco deve estar na qualidade do que se come. “É importante evitar alimentos ricos em carboidratos refinados e industrializados, pois além de engordativos eles trazem vários riscos à saúde”.

1- Queijos

ALLFOODMesa Queijos
Foto: ALLFOOD

Diferente de muitos que transformam a gordura presente nos queijos em vilã, Polesso ensina que eles são alimentos nutritivos e podem ser aliados de uma dieta alimentar que visa a regularização do sistema hormonal do corpo. “Assim como os outros laticínios, é importante estar atento para as versões industrializadas, por isso opte pelos queijos não processados”, indica o especialista. Enquanto sugere que se dê preferência ao queijo integral e o mais natural possível, Polesso lembra que eles são bem-vindos apenas às pessoas que processam bem a lactose.

2-Frutos do mar

cara-makan-seafood-yang-aman-dan-sehat

Longe da alimentação rotineira da maioria das pessoas, a variedade de frutos do mar disponíveis são muito bem-vindos à dieta de quem busca perder peso. “Além de serem ricos em proteínas e gorduras de alta qualidade, eles contêm grande quantidade de ômega 3, que também auxilia no fortalecimento da saúde geral”, conta. Mariscos, camarão, merluza, polvo e ostra são parte da lista que pode estar mais presente no cardápio. “Procure adquirir sempre os produtos mais frescos e evite as versões industrializadas deles, como os enlatados”, alerta.

3-Cogumelos

cogumelos

Todos os cogumelos comestíveis, como Shimeji, Shiitake, champignon, entre outros, fazem parte dos alimentos aceleradores, ou seja, que promovem a modificação metabólica do corpo e regulam a produção de insulina. “Eles são ricos em muitos nutrientes, incluindo o potássio, que colabora contra a retenção de líquido”, explica o especialista. Segundo Polesso, é importante priorizar os cogumelos frescos aos enlatados ou em conserva, que geralmente são naturalmente livres de pesticidas e agrotóxicos.

4-Chocolate

chocolate

O chocolate pode ser um ótimo aliado da dieta, desde que seja bem diferente das guloseimas repletas de açúcar e aditivos. “O cacau integral e sua manteiga é um alimento muito nutritivo, por isso as barras de chocolate com pelo menos 85% deste ingrediente são excelentes opções”, sugere o especialista. Polesso destaca que isso pode ajudar a saciar a vontade de comer doces.

5-Bacon

bacon-yahoo
Foto: Yahoo

Por último, Polesso destaca um alimento que assusta muitas pessoas: o bacon. “Ele é mal visto por muita gente, mas na verdade é uma fonte de gorduras de qualidade.”, afirma. O especialista conta que metade da gordura presente no bacon é monoinsaturada, vista universalmente como uma gordura de boa qualidade. No entanto, o especialista alerta que há opções de bacon com nitritos e outros ingredientes acrescentado à carne. “Procure utilizar as marcas que curam o bacon da forma mais natural possível”.

Fonte: Rodrigo Polesso