Arquivo da tag: cozinha mediterranea

Le Tuscani: cozinha mediterrânea e vinhos a preços convidativos

Instalado dentro da loja da Grand Cru em Moema, restaurante tem 490 rótulos vendidos com preço de importadora, a partir de R$ 39

Existe coisa mais desestimulante do que entrar em um restaurante e ver que o preço que a casa está cobrando por aquele vinho que você tanto gosta é duas ou até três vezes maior do que o valor que você está costumado a pagar na adega de bebidas ou no supermercado do seu bairro?

Essa prática é muito comum, e a esmagadora maioria dos restaurantes não vê nada de mais em trabalhar com preços entre 60% e 150% acima dos preços de tabela das importadoras/distribuidoras.

Mas, felizmente, toda regra tem suas exceções. Uma delas é o Le Tuscani, um misto de bistrô e trattoria que, como o nome já indica, tem um menu focado em pratos das culinárias italiana e francesa. “Temos também algumas opções com sotaque espanhol e português, por isso preferimos nos apresentar como um restaurante de comida mediterrânea”, explica Márcio de Paula, o comandante da casa.

Instalado dentro de uma loja da importadora Grand Cru, o restaurante tem uma enorme variedade de vinhos à disposição de seus clientes. No total, são 490 rótulos, entre tintos, brancos, rosés e espumantes originários de países como Itália, França, Espanha, Portugal, Chile, Argentina, Alemanha, África do Sul, Austrália e Uruguai.

Você escolhe passeando por entre as prateleiras ou pela carta de vinhos, com ou sem a ajuda de um sommelier, e leva à mesa o rótulo que selecionou. Para completar, o melhor de tudo é que essas bebidas são comercializadas a preço de prateleira! Em muitos casos, você paga um preço menor do que é praticado naquele empório ou supermercado lá perto da sua casa.

bouef

O cardápio, assinado pelo chef e consultor Ricardo Setoue, tem pratos criados para harmonizar com os vinhos à disposição na loja. Por exemplo, o boeuf bourguignon (R$ 79) combina muito bem com o Côtes du Rhone Alexandre Heyne Grignan Les Adhemar (R$ 49,90) ou com o Bordeaux Boyd Catenac (R$ 149,90), o risotto de filé mignon com cogumelos, bacon e azeite trufado (R$ 62) fica ainda mais saboroso se acompanhado por um barbera piemontês da Vistamonte (R$ 49,90) ou pelo toscano Badiola (R$ 99,90), e o lombo de bacalhau confitado em azeite de ervas com batatas ao murro, linguiça calabresa, tomatinhos cereja e aspargos (R$ 110) casa à perfeição com o tempranillo espanhol Algairén (R$ 54,90) ou com o português Churchill’s State Douro (R$ 129,90).

camarao rosa

Outros hits da casa são o camarão rosa grelhado com salsa de alho confitado, limão siciliano e risotto de abóbora (releitura do clássico camarão na moranga, R$ 98) – que pode fazer par com um Chardonnay chileno da Terrapura (R$ 39,90) ou com o rosé francês Berne Sprit Mediterranée (R$ 99,90) –, o arroz de pato (R$ 78) ideal para ser degustado com um cabernet argentino Circus (R$ 49,90) ou com um alentejano Quinta do Mouro Zagalos Reserva (R$ 189,90) e os gnocchi com ragu de costela (R$ 59), ainda mais maravilhosos se escoltados por um Miluna (R$ 44,90), da Puglia, ou pelo pinot noir da Borgonha La Vignée Bouchard (R$ 189,90).

entrecote angus

Para os fãs de uma boa carne, o restaurante franco-italiano tem o entrecôte de Angus com molho de mostarda anciénne e fritas (R$ 85), o medalhão de filé mignon com molho rôti (R$ 86) e a tentadora paleta de cordeiro com polenta trufada (R$ 88). Para esses suculentos e saborosos cortes, as sugestões são o malbec argentino Escorihuela, da Família Gascon (R$ 69,90), ou o cabernet chileno Morandé Pionero (R$ 69,90).

le tuscani 2

Nos almoços de segunda a sexta, o Le Tuscani serve um menu executivo por R$ 59 com várias opções de entrada, prato principal e sobremesa. Quem preferir pode pedir um dos pratos principais do cardápio à la carte e receber uma entrada e uma sobremesa do executivo pelo mesmo valor do menu promocional. Aos finais de semana, o restaurante também oferece o menu “Almoço na adega” com entradas, pratos principais e sobremesas do menu normal, por R$ 99 + 12% (serviço).

Para quem preferir vinhos em taça, a casa acaba de começar a trabalhar com a máquina Coravin, que permite beber pequenas doses de um vinho sem abrir a garrafa e conservá-lo graças à injeção de gás argônio. São 70 rótulos, dos mais baratos e simples aos mais caros e complexos, e o cliente pode escolher se prefere uma dose de 30 ml, 60 ml ou de 120 ml. Essa é uma alternativa muito conveniente para quem for curtir uma happy hour na varanda do restaurante, período no qual a cozinha oferece petiscos próprios para serem compartilhados, como a porção de lulinhas à provençal (R$ 51), a burrata com pesto de manjericão (R$ 59) ou as bruschettas de tomate com mozarella de búfala (R$ 32).

Em suma, o Le Tuscani é um espaço que enaltece a enogastronomia, oferecendo uma comida de qualidade e, para acompanhar, ótimos vinhos a preços vantajosos – que agradam tanto quem é iniciante e não quer desembolsar um valor muito alto, quanto quem já tem familiaridade com o universo dos vinhos e busca bebidas excepcionais sem valores exorbitantes.

le tuscani vinho

Sobre Márcio de Paula

Nascido no interior do estado de São Paulo e hoje com 44 anos, Márcio de Paula veio para a capital no final dos anos 90 para estudar e aprofundar seus conhecimentos de sommelier. Nos anos seguintes, trabalhou em renomados restaurantes e lojas gourmet, como o Café Gardênia, a rotisserie Paola di Verona, o Empório Santa Maria e o Figueira Rubaiyat – onde foi eleito um dos melhores profissionais da cidade no ano de 2007, segundo a revista “Gula”.

Desde 2009, trabalha na área comercial, tendo passado por importadoras como a Península e a Grand Cru. Depois de atuar como gerente no restaurante que funcionava na loja da Grand Cru em Moema, assumiu o negócio junto com outros dois sócios. Desde agosto de 2019, comanda os trabalhos no espaço, rebatizado como Le Tuscani.

le tuscani

Le TuscaniAlameda dos Nhambiquaras, 614, Moema – São Paulo – Horário de funcionamento: Segunda a quinta, das 12h às 15h e das 19h às 23h. Sexta, das 12h às 15h e das 19h às 24h. Sábado, das 12h às 17h e das 19h às 24h. Domingo, das 12h às 17h