Arquivo da tag: criatividade

Especialista desmistifica a meditação e revela os benefícios para corpo e mente

A palestrante, escritora e especialista em fisiologia Debora Garcia fala sobre a meditação, para além dos tabus e estereótipos, e aponta os benefícios que esta prática milenar traz para o corpo e a mente

Quando falamos em meditação, muitas pessoas veem em suas mentes a imagem de um monge em retiro absoluto ou de práticas ligadas ao esoterismo e religiões orientais. No entanto, a prática vai muito além dos estereótipos e muitas vezes não apresenta nenhuma conexão com os diversos mitos que existem ao seu redor, sendo algo laico e com inúmeros benefícios para o corpo e a mente.

debors garcia

A palestrante, escritora e especialista em fisiologia Debora Garcia é uma das referências no que diz respeito ao uso meditação e fala sobre no que consiste essa prática, longe dos rótulos e tabus: “Meditação é estar totalmente presente. Não se trata de uma viagem astral, são coisas totalmente distintas. A meditação é o estado total de presença, onde escolhemos levar o foco da nossa atenção para um único ponto, seja este um som, objeto, a própria respiração ou parte do corpo. A prática da meditação é justamente um treino contínuo para a mente, doutrinando-a para desviar cada vez menos do foco, pois naturalmente nossos pensamentos divagam em algum momento. Logo, quanto mais praticamos a meditação maior será o nosso poder de concentração e melhores os resultados.”

Benefícios da meditação

mulher meditacao mindfulness selfsetfreeliving
Foto: SelfSetFreeLiving

Debora aponta quais são os benefícios da meditação para o corpo e a mente: “a prática diária da meditação traz mudanças significativas no bem estar do indivíduo, proporciona aumento do foco, da criatividade e da produtividade, além de promover o estado de felicidade, combater a depressão e reduzir o fluxo de pensamentos, que às vezes pode ser perturbador para muitos pessoas, além de melhorar a inteligência emocional e até mesmo aliviar dores físicas.”

A especialista também conta que a meditação ajuda a melhorar a capacidade relacional do indivíduo: “A meditação promove a melhora do relacionamento consigo mesmo, entendendo melhor seus pensamentos e emoções, o que possibilita se relacionar melhor com a família e colegas de trabalho, com mais empatia e cooperação entre as pessoas.”

No entanto, os benefícios da meditação também se estendem para além do emocional, relacional e mental. Estudos científicos realizados por pesquisadores do Centro Médico Irving da Universidade de Columbia e do Institute for Prevention Research revelaram que a prática tem muitos benefícios para a saúde geral e o corpo, pois também é capaz de reduzir as chances de se ter um ataque cardíaco e AVC, reduzir a pressão arterial, as inflamações e fortalecer a imunidade

De acordo com um estudo realizado em Harvard, a prática diária da meditação pode trazer diversos benefícios também para o cérebro. Entre eles, está o aumento da massa cinzenta e crescimento significativo do hipocampo, do córtex cingulado e do temporoparietal.

Em 2009 pesquisadores Elizabeth Blackburn, Carol Greider e Jack Szostak, foram ganhadores do Nobel de Fisiologia e Medicina de 2009 ao descobrir que a meditação pode atuar como fator de redução do processo de encurtamento dos telômeros, que causa uma menor habilidade para a divisão celular e consequentemente retardando o envelhecimento.

Quebrando os tabus sobre a meditação

A meditação é uma prática milenar vinda do Oriente e muito difundida em países como Japão, China, Tibete e Índia por monges e praticantes de artes marciais. “No entanto, hoje, a meditação é praticada de forma laica, dissociada de espiritualidade, filosofia, teosofia ou religião, sendo empregada em escolas, empresas, clubes e tantos outros lugares. Este é o primeiro tabu que precisa cair, de que a meditação sempre está atrelada a algo espiritualista”, ressalta a especialista.

Outro tabu apontado por Debora é que muitas pessoas acham que não são capazes de introduzir a prática em suas vidas. “Isto é uma grande inverdade, um mito. Todos temos alguma coisa que nos traz para o momento presente. Todos temos os circuitos necessários para trabalhar o estado de presença. Todos os seres humanos são dotados dos recursos internos para meditar, independente de suas crenças religiosas, temos um circuito no nosso corpo que entramos em estado meditativo.”

Como começar

meditacao ioga

A especialista revela que não é preciso ter experiência prévia e que todos podem começar a meditar em casa mesmo, o que é ideal neste período de quarentena e pandemia.

“Não é preciso neste momento sair de casa para começar a meditar. Claro que ter uma ajuda e acompanhamento profissional é muito importante, mas existem muitos profissionais que podem te guiar neste processo através de sessões online. Mas você sozinho em casa pode começar a fazer a meditação, no seu ritmo e ao seu tempo, com 5 minutos por dia e aumentar gradativamente. Fechando os olhos e reduzir por alguns instantes os estímulos do mundo externo para que possa perceber ainda mais seu corpo e conhecer seus talentos e pontos a melhorar”, finaliza.

 

20 metas simples de serem cumpridas para ser mais saudável em 2020

Especialista em emagrecimento Edivana Poltronieri indica 20 metas para cumprir no próximo ano e melhorar a qualidade de vida

Obter uma vida mais saudável é um dos objetivos número um para muitas pessoas a cada virada de ano, mas que muitas vezes acaba se perdendo no decorrer do ano. “É comum começarmos um novo ano focados em cumprir nossas metas, mas com a correria do dia a dia acabar deixando de lado”, comenta a especialista em emagrecimento Edivana Poltronieri, do 5S Estilo de Vida Saudável.

“Isso acontece também porque as pessoas acham que para viver uma vida saudável é preciso fazer grandes mudanças, sendo que mudar pequenos hábitos já podem trazer um ótimo resultado”, completa.

Confira as dicas da especialista para, enfim, bater essa meta:

1 – Beber a quantidade de água ideal
Manter-se hidratado diariamente está relacionado integralmente com um melhor funcionamento do corpo e da mente. O ideal é beber 35ml a cada kg para quem é sedentário e 70ml para quem se exercita.

mulher madura tomando agua
Dica da especialista: “Para quem esquece de beber água, a dica é colocar alarmes no celular ou carregar sempre uma garrafinha para sempre lembrar de ingerir o líquido.”

2 – Consumir mais frutas e verduras
O próximo ano pode ser o momento ideal para inserir mais frutas e verduras – ricos em água e fibras que fortalecem a flora intestinal evitando diversas doenças, além de suas vitaminas e minerais que nutrem as células e evitam a tal “fome oculta”.

Frutas_Frescas181112_160641
Dica da especialista: “Caso não seja muito fã de comer a fruta/verdura pura, comece a preparar picolés de frutas, salada de frutas, tortinhas de legumes e sucos detox com frutas, verduras e vegetais, por exemplo.”

3 – Variar os alimentos
Que tal diversificar mais o cardápio? Um novo ano é um ótimo momento para experimentar novos tipos de alimentos, inclusive aqueles que você já tentou ingerir uma vez e não gostou, porém, preparado de outra forma especial.

pad_thai_vegano
Dica da especialista: “Quanto mais você variar os alimentos saudáveis, mais vitaminas e minerais diferentes serão ofertadas ao corpo, o que ajudará no aceleramento do metabolismo, prevenindo doenças e ajudando no sistema imunológico”

4 – Comer sal sem excesso de sódio
O consumo excessivo do sal pode gerar problemas de saúde como hipertensão e doenças cardiovasculares. Preste atenção no quanto de sal você coloca na sua comida e vai diminuindo aos poucos. O vilão em si não é o sal, mas o sódio que ele carrega.

sal de ervas pinterest
Pinterest

Dica da especialista: “Prepare um delicioso e saudável sal de ervas combinando diversas especiarias a seu gosto batidas no liquidificador com uma pitadinha de sal. Assim você realça o sabor sem precisar exagerar no sódio.”

5 – Usar o açúcar a seu favor
Assim como o sal, o açúcar pode ser um vilão da alimentação saudável e, quando ingerido em abundância, é capaz de provocar doenças como diabetes e obesidade.

chocolate amargo cacau elsenaju
Dica da especialista: “Diminua aos poucos a quantidade usada no café, chá e sucos. Substitua também o suco de fruta adoçado por fruta in natura. Em bolos e tortas troque o açúcar por frutas secas ou naturais e quando bater a vontade louca de comer um chocolate prefira 70% cacau.”

6 – Jogar força nos alimentos de verdade
Alimentos que parecem práticos para o consumo (industrializados), muitas vezes, apresentam produtos químicos artificiais e sintéticos que não contribuem com quem quer atingir o objetivo de ser mais saudável.

getty images frutas legumes
Dica da especialista: “Comida de verdade é o alimento que você encontra na natureza e que não foi modificado. Jogue força nele e ele jogará força e vitalidade em você!”

7 – Prestar mais atenção nas embalagens
Comece a olhar sempre nas embalagens dos alimentos os seus nutrientes e composições antes de adquiri-lo. Caso a embalagem apresente informações não tão claras, o produto certamente não é saudável.

istockphoto- mulher na cozinha
iStock

Dica da especialista: “Para 2020 tente desembalar menos e descascar mais!”

8 – Ficar de olho nas bebidas
Essa meta vale para todas as bebidas, principalmente refrigerantes, sucos concentrados e álcool. A ingestão excessiva de bebidas industrializadas pode ajudar na obtenção e no agravamento dos problemas de saúde. Afinal, não são bebidas de verdade.

agua-pinterest
Dica da especialista: “Que tal começar a saborear chás naturais e água aromatizada com frutas e ervas? Seu corpo e sua mente agradecerão.”

9 – Fazer novas amizades e cuidar das antigas
Essa meta tem tudo a ver com a era tecnológica em que estamos vivendo. Estudos apontam que manter os laços de amizade é o grande segredo da verdadeira felicidade e da longevidade.

mulheres amigas abraço jeans
Dica da especialista: “Desgrude do celular e grude mais em pessoas. Amigos que possam rir e chorar juntos, jogar conversa fora e visitar, conseguem suprir o que nenhum bem material proporciona dentro de nós.”

10. Mexer o corpo
Essa meta é comum na lista de muitas pessoas e o próximo ano pode ser o momento certo para, finalmente, dar início na prática de uma atividade física. Se você é sedentário, comece praticando pequenas caminhadas ou substituindo o elevador por escadas, por exemplo. Após 1 mês, o corpo já estará acostumado e você poderá intensificar o exercício, realizando pelo menos 15 minutos por dia. Se você já realiza algum exercício físico, que tal tentar algum esporte ou outra modalidade diferente?

treinamiento-funcional-eurogimnas-granollers
Eurogimnas

Dica da especialista: “Para quem deseja emagrecer aconselho o HIIT: rápido, completo e prazeroso. Há várias séries disponíveis no YouTube.”

11 – Desenvolver habilidades culinárias
Para ter um maior controle da sua alimentação, nada melhor do que preparar o seu próprio alimento. Desenvolver e aprimorar habilidades culinárias pode ser uma das metas para 2020, pois, além de ser um hobby que aguça a criatividade, também é uma justificativa para comer aquilo o que gosta de maneira saudável, afinal, quem escolhe os alimentos é você.

mulher cozinhando fogao panela
Dica da especialista: “Assista vídeos de culinária, adquira e-books de receitas, faça cursos rápidos, compre uma boa faca e acessórios e divirta-se criando na cozinha!”

12 – Planejar com antecedência sua semana
Faça um calendário e, nele, coloque todas as suas atividades da semana, incluindo o cardápio de alimentos, exercícios físicos, horário livres, entre outros. Nada melhor do que uma semana organizada para conseguir concluir todas as metas.

freegreatpicture-mulher-agenda
Dica da especialista: “Você pode anotar tudo em um caderno ou baixar aplicativos que te ajudem no planejamento semanal. Chega de desculpas!”

13 – Dormir mais e melhor
Pessoas que dormem pouco ou inadequadamente tendem a sofrer com o organismo desregulado e com aumento da fome, tornando-se um fator para o aumento de peso. Para manter ou chegar no peso ideal é fundamental dormir bem, por no mínimo, 8h diárias.

chá camomila
Foto: chamomileteaonline

Dica da especialista: “Evite atividades agitadas e intensas antes de dormir, assim como o celular e notícias. O quarto deve estar em escuridão e silêncio total. Tome um chá morno de maracujá com camomila. Inspire e expire lentamente e profundamente. O resultado será uma boa noite de sono”.

14 – Organizar a agenda
Selecione diariamente aquilo que é prioridade e deixe para realizar outras atividades conforme for concluindo as prioritárias. Tentar fazer tudo ao mesmo tempo só causará estresse e angústia, prejudicando a meta de se tornar uma pessoa com uma melhor qualidade de vida.

Compras Compulsivas mulher computador pensando
Dica da especialista: “Tome as decisões mais complexas ou difíceis sempre pela manhã quando seu cérebro ainda está cheio de energia”.

15 – Metas alcançáveis para começar
Nos primeiros meses do ano, comece com metas objetivas que serão possíveis de serem concluídas. Depois, vá aprimorando-as conforme for concluindo.

alimentacao
Dica da especialista: “Não tente cortar todos os doces logo em janeiro ou querer correr uma maratona até fevereiro. Comece por pouco, com pequenas mudanças que se tornarão mudanças efetivas no final do ano e para toda a vida. Lembre-se: prefira sempre o longo caminho curto do que o curto caminho longo.”

16. Persistir sempre
O começo será muito desafiador, mas o importante é persistir! Se acontecer deslizes, mantenha o foco e recomece no próximo dia. É necessário entender que nem sempre todos os dias serão apropriados para se tornar uma pessoa saudável e que tudo depende apenas de você.

mulher homem conversa trabalho pexels
Pexels

Dica da especialista: “Ter alguém inspirador por perto pode ser um grande aliado. Um mentor, um amigo ou alguém que você possa contar nos momentos que pensar em desistir”.

17 – Cuidar da vida financeira
Ser organizado financeiramente é uma meta que, quando cumprida, tornará a pessoa mais saudável mentalmente. Faça planilhas de gastos para ter um melhor controle dos lucros e prejuízos. Assim, será a melhor forma de monitorar eficientemente as economias do próximo mês.

dinheiro poupança financas pixabay 33
Dica da especialista: “Existem diversos aplicativos, consultorias e profissionais dedicados a ajudar a organizar sua vida financeira”.

18 – Fazer aquilo que te faz feliz
Não deixe de ter um tempo para você fazer aquilo que te faz feliz. Separe 1h por dia para realizar algo que goste muito até esse hábito se tornar frequente. Isso fará com que cada dia seja mais prazeroso.

mulher fotografia
Dica da especialista: “Pode ser pintar, dançar, correr, aprender um novo idioma, malhar, tocar um instrumento, cozinhar, ler, aprender algo novo. 2020 é o ano de ser feliz!”

19 – Ter recompensas
Ter uma recompensa quando achar que está se saindo bem nas metas é primordial. Faça algo que goste como sair com os amigos, dançar ou até mesmo ficar em casa sem fazer nada. O importante é reconhecer o seu esforço e continuar praticando os hábitos saudáveis.

mulher-no-espelho
Dica da especialista: “Olhe-se no espelho. Elogie-se mais. Parabenize-se. Sinta mais orgulho de você. E lembre-se: Sentimentos só se recompensa com outro sentimento, nunca com coisas”.

20 – Contar com ajuda de profissionais
Profissionais da área da saúde são pessoas que entendem sobre determinado assunto, então não há problema em solicitar um auxílio. “Se você achar que precisa de ajuda para concluir qualquer meta, entre em contato com um profissional de confiança”, indica a especialista.

mulher sessão terapia psicologa

Dica final: “Se você conseguir realizar 20% das metas acima, já será 80% mais saudável e feliz e isso realmente acontece! Pode apostar”.

Fonte: Edivana Poltronieri é formada em fisioterapia pela Universidade de Vila Velha (ES), possui três pós-graduações, em Obesidade e Emagrecimento, Dermatofuncional e Cardiovascular e Respiratória. Mestre em Dermofarmácia e Cosmetologia pela Universidade de Barcelona, na Espanha. Cansada de fazer dietas e buscando emagrecer rápido e definitivamente, Edivana criou o 5S Estilo de Vida em 2015. 

Pesquisas mostram que cerveja pode fazer bem à saúde

Cientistas japoneses publicaram um estudo na revista científica Medical Molecular Morphology comprovando que o lúpulo presente na cerveja possui propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes.  É isso mesmo que você leu, a cerveja, consumida com moderação, faz bem à saúde. A seguir,  confira alguns dos benefícios:

Combate à gripe

mulher gripe doente cama

Cientistas japoneses publicaram um estudo na revista científica Medical Molecular Morphology comprovando que o lúpulo presente na cerveja possui propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes capazes de inibir a multiplicação do vírus, contribuindo além do combate à gripe, também para a prevenção da pneumonia.

Diminui a probabilidade de desenvolver a doença de Alzheimer

cervejas sementes

A cerveja pode reduzir em até 23% a probabilidade da pessoa sofrer disfunção cognitiva ou doença de Alzheimer na velhice. Essa informação pode ser encontrada em um estudo publicado em 2011 pela Universidade de Lyola, nos EUA.

Ajuda a controla o colesterol

cerveja com chocolate

Nas cervejas escuras, principalmente, existe fibra solúvel. Elas são responsáveis por reduzir os níveis de colesterol LDL e, com isso, diminuir o risco de doenças cardiovasculares.

Diminui o envelhecimento precoce

lupulo - ulleo pixabay
Foto: Ulleo/Pixabay

A cerveja possui um polifenol em seu lúpulo, o xanthohumol, com propriedade antioxidante, impedindo a ação danosa dos radicais livres, que causam o envelhecimento precoce. Isso foi apontado em um estudo da Universidade de Lanzhou, na China, divulgado em 2015 pelo Journal of Agricultural and Food Chemistry, essa propriedade beneficia, inclusive, as células cerebrais.

Diminui o risco de diabetes tipo 2

diabetes-medicao

Foram analisados 38.000 profissionais de saúde masculinos na Holanda e foi descoberto que o consumo moderado de cerveja diminui, ao longo de quatro anos, a probabilidade de desenvolver diabetes tipo 2.

Ajuda a fortalecer os ossos

OSSOS

A cerveja pode beneficiar a saúde dos ossos e do tecido conjuntivo, tudo por conta do silício presente na bebida, que ajuda a melhorar a densidade óssea, segundo um estudo do Kings College, em Londres. A substância, encontrada no grão da cevada, é mais abundante nas cervejas do tipo ales e nas lagers.

Possui menos calorias que um suco de laranja

43750-cervejas

Um copo de cerveja possui 120 calorias, contra 180 calorias num copo de copo de laranja sem açúcar.

Ajuda a tratar a insônia

mulher sono insonia

O efeito sedativo da cerveja, de acordo com uma pesquisa realizada pela University of Extremadura, na Espanha, pode ser ideal para o tratamento de insônia e distúrbios associados ao sono, já que o lúpulo presente na bebida aumenta a atividade do neurotransmissor Gaba, substância que apresenta efeito sedativo e diminui a ação do sistema nervoso, preparando o organismo para um sono tranquilo.

É a bebida alcoólica mais nutritiva

cervejas micro-malterie

A cerveja é a bebida que possui mais possui compostos nutritivos, principalmente vitaminas do complexo B, minerais como fósforo, selênio, magnésio e algumas fibras solúveis.

Previne o surgimento de doenças cardiovasculares

coração

A revista científica The Lancet publicou um estudo holandês que constatou que pessoas que bebem cerveja regularmente apresentam taxas de vitamina B6 cerca de 30% mais altas quando comparadas a exames de outros que não costumam consumir a bebida. A vitamina B6 é responsável por ajudar a eliminar a homocisteína, substância que, em excesso, contribui para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares. Existe também uma pesquisa do Centro de Pesquisa Cardiovascular de Barcelona, na Espanha, que demonstrou que a cerveja possui efeito protetor do sistema cardiovascular, reduzindo a cicatriz no coração provocada por um infarto agudo do miocárdio.

Melhora o sistema imunológico

cervejas

O consumo moderado de cerveja traz benefícios para o sistema imunológico, tornando o organismo mais resistente a algumas infecções, conforme um estudo publicado na revista científica Annals of Nutrition and Metabolism.

Aumenta a criatividade

mulhermenteilustracaocerebropixabay

Segundo um estudo publicado no jornal Consciousness and Cognition, o consumo de cerveja com moderação faz com que as pessoas fiquem mais espertas e criativas.

Ótimo remédio contra pedras nos rins

rins-healthtap

Como todos sabem, a cerveja é , reconhecidamente diurética, estimulando o fluxo de urina , agora uma pesquisa da Harvard School of Public Health mostrou que a bebida pode reduzir sensivelmente o risco de formação dos cálculos renais, até em proporção maior do que chá.

Cerveja é um produto natural

cevada - pixabay
Cevada – Foto: Pixabay

Por norma, a cerveja não tem corantes nem conservantes, é produzida a partir de elementos naturais, como água, grãos de cevada maltados e lúpulo, sendo que este último é o responsável pelo sabor e aroma desta bebida.

la rambla 2

Depois de demonstrados todos os benefícios, quando consumida em moderação, só nos resta concluir que uma visita ao La Rambla Mooca, com suas 16 torneiras de chope artesanal, é praticamente como uma visita a um spa, só vai trazer benefícios para sua saúde.

La Rambla Rua Conde Prates, 620, Mooca

Seis motivos para cozinhar mais e comer melhor o ano todo

A Smart, marca especialista em temperos, destaca as principais razões para que as refeições preparadas em casa ganhem mais espaço na sua vida

Como anda sua relação com a cozinha? Você tem medo de errar, preguiça de cozinhar ou falta tempo? A Smart, marca especialista em temperos, destaca seis motivos principais para criar mais oportunidades de preparar refeições para você e as pessoas amadas. São razões suficientes para você ganhar mais disposição para a cozinha durante o ano todo. Confira!

Exercite sua criatividade

Happy woman in the kitchen cooking dinner
iStock

Não é a toa que muitos dizem que “cozinhar é uma arte”. Você percebe que para criar um prato é preciso unir harmoniosamente ingredientes diferentes, cada um com um sabor particular? Além de nutrir e trazer prazer às refeições, cozinhar é um exercício saboroso para exercitar as funções cognitivas do cérebro e os sentidos do corpo.

Dê o seu tempero para a comida

mulher cozinhando fogao panela

Tem coisa melhor fazer uma comidinha com aquele sabor que você tanto gosta? Dá água na boca saborear aquela refeição que você sabe que não tem erro, porque o tempero foi você quem escolheu. Hoje em dia, são tantas opções de ervas frescas e desidratadas, além de mix de temperos disponíveis, que você tem toda chance de comer um prato tão saboroso quanto dos melhores restaurantes! A Smart, por exemplo, reúne condimentos e especiarias premium do mundo todo para oferecer à cozinha brasileira.

Aproveite essa sessão de terapia

istockphoto- mulher na cozinha
iStock

Silenciar a mente das preocupações do dia a dia para se dedicar a preparação de um prato que você quer saborear é uma delícia de terapia. Além de ter sabor, cheiro, textura, cozinhar promove o estado de presença e relaxamento, reduzindo a ansiedade e estresse do dia a dia.

Cuide mais de si e das pessoas amadas

avo neta cozinha freepik
Freepik

Quem não gosta de fazer um mimo para si ou para as pessoas que ama? Cozinhar permite praticar o amor, o cuidado, o carinho por meio da nutrição. Quem não gosta de presentear ou receber uma refeição saborosa no fim do dia, no encontro com amigos e familiares ou em uma data especial?

Garanta a qualidade dos alimentos que está ingerindo

crianças e mae no supermercado The Yummy Mummy Club

Quando você se dispõe a cozinhar, você tem chance de ir ao supermercado, feiras, mercearias e escolher ingredientes de procedência segura e com qualidade superior. Ao preparar os alimentos em casa, você também garante a higienização, sabendo que o que está comendo é a melhor opção para o seu corpo e não apenas para o seu paladar.

Economize no orçamento

receitas

Mesmo os pratos mais sofisticados, com ingredientes mais caros, ainda ganham no quesito economia, quando preparados em casa. Coloque na ponta do lápis a lista de compras e perceba que é possível comer refeições inspiradas nos restaurantes que você mais gosta por muito menos.

Fontes: Smart / Latinex

 

Saiba como reutilizar materiais para uma decoração natalina econômica e charmosa

Especialista indica como fazer sua própria guirlanda, utilizar fitas e velas para decorar o ambiente e dar destaque à árvore de Natal

Com o Brasil enfrentando crise financeira, simplicidade e reutilização definem a temática do Natal 2015, que deixa de lado elementos sofisticados, ganha toques artesanais e dá nova utilidade para objetos que estão no fundo do armário. Sabe aquela fruteira bonita do dia a dia? Ela pode virar um belo arranjo de mesa para a noite natalina. Basta acrescentar algumas bolas de Natal e amarrar lacinhos de cetim nos cabos das frutas. “Com criatividade é possível deixar a casa linda, sem gastar muito”, enfatiza Cláudio Lima, professor da pós-graduação em Projeto de Interiores da Anhembi Morumbi, integrante da rede internacional de Universidades Laureate.

Alguns elementos, como a árvore, a guirlanda e o Papai Noel não devem ficar de fora, mas podem ser pensados de forma diferente do tradicional. Se antes o dourado imperava, para este ano o transparente e o cru aparecem para simbolizar a simplicidade nas bolas de Natal, na roupa do Papai Noel, nas fitas e laços e também na rouparia de mesa. A seguir, o especialista dá dicas para você deixar a casa linda com pouco dinheiro.

Guirlanda

guirlanda.jpg

A guirlanda é o primeiro elemento a ser visto em uma decoração de Natal, já que fica na porta de entrada. Portanto, merece atenção especial. Nem por isso precisa custar caro. Você pode comprar uma pronta ou produzir um modelo exclusivo. O especialista indica utilizar uma base de arame firme para começar o projeto. Para revestir há infinitas opções, como folhas de milho verde, galhos secos, cascas de ovos pintadas à mão, bolas natalinas, papel laminado amassado e até frutas penduradas pelo cabo. Neste caso, a peça deve ser confeccionada na véspera da festa. “No final da ceia, os convidados podem comer os elementos da guirlanda”, explica Lima.

arvore de natal lousa

Árvore de Natal

Símbolo da festa, a árvore não pode ficar de fora da decoração. Antes de escolher a sua, observe o espaço disponível e também o local mais nobre da sua sala. “Ela precisa ser colocada em um local onde poderá ser vista por completo assim que a pessoa entrar no ambiente. Perto demais da entrada é ruim, pois dificulta a visualização do todo”, ensina o professor. Sobre o tamanho, a regra é clara: ambientes pequenos pedem árvores menores, que podem ser colocadas sobre a mesa lateral. Se a sala for grande, vale investir em uma árvore maior, montada diretamente no chão. “Cuidado com o diâmetro. Muitas pessoas se preocupam com a altura da peça, mas é a largura que pode comprometer o espaço. Lembre-se que você precisará circular pela casa durante todo o mês e a decoração não pode atrapalhar”, enfatiza. Outra dica importante: por ter a forma arredondada, a árvore de Natal combina com cantos.

Alternativa para quem mora em apartamentos muito pequenos é pintar uma parede da sala ou atrás da mesa de jantar com tinta lousa. Nela, é possível desenhar a árvore de Natal e outros elementos característicos. “Em cada época festiva do ano, a pessoa pode aplicar uma temática diferente. E quando não houver comemorações, pode escrever poemas ou deixar recados”.

Mesa de Jantar

dining-table-decoration-ideas-decorative-glass-candles-holders-decorating-a-dining-room-table-for-valentines-day-table-decorations.jpg

Ao decorar a mesa, é preciso pensar que as comidas serão dispostas ali. Assim, quanto menos elementos colocar nela, melhor. Amarre os guardanapos de tecido com um laço, que pode ser feito com uma bela fita. Vire algumas taças com a boca para baixo e utilize a base como castiçal para velas compridas. Outra opção é comprar velas pequenas e baixas e dispô-las em copos (podem ser de tamanhos e cores diferentes), que podem ser espalhados pela mesa e também no restante do ambiente.

Papai Noel

papai noel.jpg

O bom velhinho já faz parte da festa natalina dos brasileiros há muito tempo. Sendo assim, é impossível deixá-lo de fora, principalmente em casas com crianças. “Mas cuidado para não virar o Natal do exagero. Escolha um foco de atenção e o restante dos elementos disponha em outros ambientes”, explica Lima. “Não é necessário usar toalha, pano de prato, tapetes de banheiro e almofadas estampadas com o tema, pendurar enfeites no teto ou comprar louças específicas. Seguindo as dicas anteriores, você terá um Natal elegante, gastando pouco”, finaliza.

*Claudio Lima é docente do curso de pós-graduação em Projetos de Interiores da Universidade Anhembi Morumbi. Possui pós-doutorado em Arquitetura e Urbanismo pelo Mackenzie; é doutor em Artes na área de Artes Visuais pela Unicamp e mestre em Urbanismo pela PUC de Campinas. O profissional está à disposição para conceder entrevistas sobre o tema.

Hoje é o dia mundial da criatividade; confira três dicas para aguçá-la

 Para a psicoterapeuta Maura de Albanesi, todas as pessoas são criativas e ser criativo significa ‘ser natural’

Hoje, 17 de novembro, é celebrado o Dia Mundial da Criatividade, data que relembra a importância em ser criativo, em todos os âmbitos e fases da vida. Mas antes que você diga que não tem “boas ideias” e “vocação para ser criativo”, saiba que a criatividade não é algo raro e restrito, ao contrário, todo mundo possui potencial criativo, como afirma a psicoterapeuta e líder-coach Maura de Albanesi. Ela menciona que para ser criativo basta ser natural.

“Esquecemos que lá atrás, no jardim da infância, todos nós fomos criativos. Todos nós brincamos, experimentamos e testamos ideias estranhas sem ter medo, nem vergonha. Ainda não tínhamos aprendido a não fazer isso, já que o medo da rejeição social é algo que só aprendemos com a idade”, afirma.

Maura também lembra que ser criativo não significa – necessariamente – estar ligado à capacidade artística ou ter um milhão de ideias incríveis. “É mais importante ter uma ideia única que muda tudo, ou mesmo, encontrar uma solução prática que resolverá o seu problema”.

Todas as pessoas têm criatividade adaptativa, que se trata de analisar quais são os recursos disponíveis, fazer uma lista de possíveis soluções e escolher a que melhor definirá o resultado. Por exemplo, um sapato é útil como calçado, mas dependendo da situação, você pode usá-lo para atingir algum inseto (barata, pernilongo etc). “Provavelmente, você já fez isso. Então, saiba que utilizou a sua capacidade adaptativa, já que usou o recurso que tinha para resolver o problema. Isso contribuiu também para ampliar as possiblidades e abrir a sua mente”, finaliza.

Para aguçar o seu potencial criativo, a psicoterapeuta sugere três passos:

1 – Acredite em si mesmo. Esqueça a ideia de que criatividade é algo distante da sua realidade. “Você apenas precisa pensar. A criatividade está dentro de você”.
2- Não se autocensure e liberte sua criatividade. “Anote em um papel as suas ideias. Por mais absurdas que elas sejam para você, não se esqueça que ideias incomuns podem fazer a diferença. Portanto, tente não censurá-las”.
3 – Você tem mais de uma opção. Isso mesmo, esqueça o conceito de que existe apenas uma alternativa a seguir. “Não cultive a ideia de que um determinado problema somente possui uma única solução”. Pense melhor e procure se adaptar ao que é possível.

Maura de Albanesi é mestranda em Psicologia e Religião pela PUC-SP, Pós-Graduada em Psicoterapia Corporal, Terapia de Vivências Passadas (TVP), Terapia Artística, Psicoterapia Transpessoal e Formação Biográfica Antroposófica, atua com o ser humano há mais de 30 anos.