Arquivo da tag: decoração

Como decorar a casa para as festas de final de ano

Designer da Tok&Stok dá dicas de como preparar a decoração e transformar todos os ambientes da casa em um lugar ainda mais especial para as festas

As festas de final de ano se aproximam e ter a casa pronta para receber amigos e parentes torna a data ainda mais especial. Pensando nisso, Edson Coutinho, designer e especialista em tendências da Tok&Stok, separou algumas dicas para preparar a decoração natalina.

Iluminação – a luz valoriza os detalhes da composição. Aposte em diferentes tipos de iluminação como pisca-pisca e luminárias de piso ou mesmo de mesa. Outra dica importante é montar sua árvore próxima à luz natural, que pode vir de uma janela ou uma porta.

decor natal.jpg

Cores e materiais – clássicos, os tons verdes e vermelhos resgatam o Natal tradicional, já a madeira traz uma sensação de conforto. Se sua mesa for deste material, você pode deixá-la aparente. Esta pequena atitude dá um toque extra na decoração.

Mesa à francesa – nela, o prato deve ser a peça central. Os garfos à sua esquerda, colheres e talheres de sobremesa à frente e facas à direita. As taças devem estar na altura da ponta das facas e são posicionadas da direita para a esquerda.

Criatividade – quem quiser optar por uma decoração mais clean e moderna, pode apostar em uma árvore de Natal DIY (do inglês, do it yoursef, ou seja, feita por você!), investindo em fitas colantes ou até mesmo fazer o desenho com um pisca-pisca. A casa também ganha vida com a substituição dos itens do dia a dia por enfeites natalinos. Para o momento das festas em si, a mesa de centro pode ser utilizada como bar para apoio de taças, por exemplo.

decor natal 2.jpg

Decoração em todos os lugares – a decoração natalina pode estar em todos os ambientes da casa: salas, quartos e até lavabo. O espaço das crianças, por exemplo, vai além da árvore. Uma estante pode receber cordões decorativos e enfeites, dando um toque a mais na criatividade.

Ambientes multiuso – a ideia aqui é aproveitar todos os espaços disponíveis no cômodo, o carrinho do bar pode ser usado como buffet e servir, também, como suporte para bebidas.

Comida decorativa – utilizar as cores e as formas dos alimentos também é uma maneira de decorar. Escolha pratos e travessas que contrastem com frutas e doces e os coloque em evidência.

decor natal 3.jpg

Sobreposições – compor a mesa com sobreposições de jogos americanos, pratos e sousplats preenche o visual do espaço. Para dar uma sensação ainda maior de movimento, adicione taças de tamanhos diferentes.

A Tok&Stok oferece mais de 350 itens para montar sua de decoração de Natal com personalidade e bom gosto. Os produtos podem ser encontrados em todas as lojas da marca ou pelo site.

Aulas gratuitas sobre cultivo de cactos, suculentas e minijardins

Nos dias 28, 29 de setembro e 5 e 6 de outubro, paulistanos poderão participar gratuitamente de aulas sobre suculentas e cactos, com Harri Lorenzi, Carol Costa, Gerardus Olsthoorn, Randall Fidencio e Gabi Pileggi

O Shopping Garden Sul promoverá gratuitamente quatro aulas para quem buscar conhecer um pouco mais sobre cactos, suculentas, produção de minijardins, os principais gêneros e espécies, características, manuseios, como plantar, cuidados que se deve ter, poda, rega, entre outras técnicas.

A programação de aulas faz parte do 2º Festival de Cactos e Suculentas promovido pelo Shopping Garden. As plantas colecionáveis serão destaque durante dez dias no Shopping Garden Sul, em um festival que trará uma grande variedade de cactos e suculentas de diversas espécies, formatos, tamanhos e cores. Bastante funcionais, as suculentas e os cactos se adaptam em qualquer ambiente e são excelentes quando o assunto é decoração.

Os responsáveis pelo conteúdo abordarão os processos e cuidados básicos para o cultivo das plantas, mostrarão as ferramentas e vasos adequados, os tipos de substratos e adubos, e a quantidade de luz necessária para manter as plantas lindas. Também tirarão dúvidas dando dicas sobre os cuidados necessários para a recuperação das colecionáveis.

Cactos1

No dia 28 de setembro, às 10h, Carol Costa, Harri Lorenzi e Gerardus Olsthoorn, autores do livro “Cactos e outras Suculentas para decoração” marcarão presença no festival e farão um bate papo sobre o assunto com os participantes. Carol Costa além de escritora e jornalista, é colunista do quadro Jardinaria, da revista Natureza e da BandNews FM, foi apresentadora do “Mais Cor, Por Favor”, e agora tem um programa só de jardinagem, “A Louca das Plantas”, no canal GNT.

Harri Lorenzi é engenheiro agrônomo, fundador do Instituto Plantarum e autor de dezenas de artigos e livros sobre planta, e por fim, Gerardus Olsthoorn, holandês radicado em Holambra, com ampla experiência em agronomia, ênfase em floricultura, parques e jardins, consultor do Instituto Plantarum, que cultiva há 29 anos cactos e bromélias, somando mais de 900 espécies das plantas em seu sítio.

Já no dia 29 de setembro, Carol Costa volta ao Festival para ministrar duas aulas, às 10h onde abordará como decorar festas com as plantas colecionáveis e às 14h quando ensinará como plantar e montar quadros verticais com as suculentas.

Às 14h, do dia 5 de outubro, Randall Fidencio, jardineiro, paisagista e diretor da empresa Vila Nina, ensinará como cultivar cactos e suculentas, abordando sobre as espécies, floração, luminosidade, entre outras técnicas e métodos para o cultivo de minijardins.

 

A última aula gratuita ocorrerá no dia 6 de outubro, às 14h, com Gabi Pileggi que mostrará como montar arranjos de cactos e suculentas utilizando sacos de juta. Gabi foi apresentadora do programa “Meu Quintal virou Jardim”, na TV Aparecida ao lado de Claudete Troiano e atualmente é responsável pelo paisagismo do programa “Mais Cor Por Favor” do canal GNT.

As aulas ocorrerão simultaneamente ao segundo Festival de Cactos e Suculentas, projeto realizado pelo Shopping Garden Sul, aberto ao público do dia 27 de setembro até 6 de outubro, momento em que os visitantes terão acesso a uma grande diversidade de cactos e suculentas, plantas ideais para o cultivo em casa ou no escritório.

Charmosas, fáceis de manusear, possuem grande capacidade de armazenar água e chegaram para conquistar os apaixonados por plantas, que enxergam nos cactos e nas suculentas a oportunidade de criar um jardim, mesmo em pequenos ambientes e até mesmo para quem gosta de colecionar diversas espécies.

Os cactos e as suculentas são plantas que armazenam água e não precisam de regas diárias, esse é um dos motivos pelos quais elas têm se tornado tendência para quem curte jardinagem, a vida corrida não impede que a casa, apartamento e até o mesmo escritório esteja repleto de verde, completando a decoração dos ambientes.

Apesar de parecer um passatempo extremamente exótico, a infinidade de espécies e tamanhos, além do fácil cultivo têm incentivado colecionadores e também um novo caminho para quem quer empreender na área. Minijardins produzidos com cactos e suculentas estão cada vez mais em ascensão entre os presentes para homens e mulheres. As plantas também trazem um charme especial quando plantadas em xícaras.

Durante o festival também estará à venda todos os materiais necessários para quem quer produzir o seu jardim, mudas, arranjos, vasos e insumos para o cultivo. Durante os dez dias de evento, os visitantes encontrarão cactos e suculentas a partir de R$ 5,00.

suculentas

O Festival de Cactos e Suculentas, é gratuito, promovido pelo Shopping Garden Sul, de 27 de setembro até 06 de outubro, de segunda a sábado das 8h às 19h e no domingo das 9h às 19h. O estacionamento é gratuito e os visitantes também podem almoçar ou tomar um café, no restaurante local, em meio a natureza, que possui um cardápio bem elaborado com preços especiais.

Suculentas1

Aulas Gratuitas sobre Cactos e Suculentas
Onde: Shopping Garden Sul
Endereço: Avenida dos Bandeirantes, 5.900
Telefone: (11) 5591-5555
Quando: 28 e 29 de setembro / 05 e 06 de outubro
Sábado (28): às 10h
Domingo (29): às 10h00 e 14h00
Sábado (5): às 14h
Domingo (6): às 14h
Inscrição gratuita no e-mail: festivalcactosesuculentas@gmail.com ou pelo telefone: (11) 5591-5555. As vagas são limitadas.

Suculentas2

2º Fetival de Cactos e Suculentas
Onde: Shopping Garden Sul
Data: 27 de setembro a 6 de outubro
Horário: De segunda a sábado, das 8h às 19h. Domingo das 9h às 19h
Endereço: Avenida dos Bandeirantes, 5.900
Telefone: (11) 5591-5555

Para participar das aulas gratuitas é necessário se inscrever previamente por meio do e-mail: festivalcactosesuculentas@gmail.com ou pelo telefone: (11) 5591-5555. As vagas são limitadas.

Capital paulista recebe Festival gratuito de cactos e suculentas

De 28 de junho a 7 de julho paulistanos podem escolher um programa saudável e alternativo para fazer em família. Um passeio em meio a natureza para admirar, aprender e adquirir plantas ornamentais, essa é a proposta do Festival gratuito de Cactos e Suculentas, promovido pelo Shopping Garden Tatuapé.

As plantas colecionáveis serão destaque durante dez dias no Shopping Garden Tatuapé, em um festival que trará uma grande variedade de cactos e suculentas de diversas espécies, formatos, tamanhos e cores. Bastante funcionais, as suculentas e os cactos se adaptam em qualquer ambiente e são excelentes quando o assunto é decoração.

Suculentas2

No Brasil existem cerca de 200 tipos de cactos e suculentas, ideais para o cultivo em casa ou no escritório, elas são charmosas, fáceis de manusear, possuem grande capacidade de armazenar água e chegaram para conquistar os apaixonados por plantas, que enxergam nos cactos e nas suculentas a oportunidade de criar um jardim, mesmo em pequenos ambientes e até mesmo para quem gosta de colecionar diversas espécies.

Os cactos e as suculentas são plantas que armazenam água e não precisam de regas diárias, esse é um dos motivos pelos quais elas têm se tornado tendência para quem curte jardinagem, a vida corrida não impede que a casa, apartamento e até o mesmo escritório esteja repleto de verde, completando a decoração dos ambientes.

Apesar de parecer um passatempo extremamente exótico, a infinidade de espécies e tamanhos, além do fácil cultivo têm incentivado colecionadores e também um novo caminho para quem quer empreender na área. Minijardins produzidos com cactos e suculentas estão cada vez mais em ascensão entre os presentes para homens e mulheres. As plantas também trazem um charme especial quando plantadas em xícaras.

Cactos1

Durante o festival também estará à venda todos os materiais necessários para quem quer produzir o seu jardim, mudas, arranjos, vasos e insumos para o cultivo. Durante os dez dias de evento, os visitantes encontrarão cactos e suculentas a partir de R$ 5,00.

Quem também marcará presença no festival é Carol Costa, que além de escritora e jornalista, é colunista do quadro Jardinaria, da revista Natureza e da BandNews FM, foi apresentadora do Mais Cor, Por Favor, e agora tem um programa só de jardinagem, A Louca das Plantas, do GNT. Carol ensinará para iniciantes como plantar e os cuidados básicos, como decorar festas, fazer buquês e montar quadros verticais, tudo isso com as suculentas.

Suculentas1

O Festival de Cactos e Suculentas, é gratuito, promovido pelo Shopping Garden Tatuapé, de 28 de junho até 7 de julho, de segunda a sábado das 8 às 18 horas e no domingo das 9 às 18 horas. O estacionamento é gratuito e os visitantes também podem almoçar ou tomar um café, no restaurante local, em meio a natureza, que possui um cardápio bem elaborado com preços especiais.

Festival de Cactos e Suculentas
Data: 28 de junho até 7 de Julho de 2019
Horário: de segunda a sábado das 8h às 18h / domingo das 9h às 18h
Local: Shopping Garden Tatuapé
Endereço: Avenida Salim Farah Maluf, 2211

Florista Flavia Rocco dá dicas de flores para a casa no inverno

Saiba quais flores que desabrocham durante a estação mais fria do ano e como cuidar para que permaneçam bonitas por mais tempo

O outono termina no final do mês de junho e já é hora de começar a preparar a casa para receber os dias mais gelados do ano. Transformações cotidianas como tirar dos armários mantas para sofás, roupas de cama e vestuário, fazem parte deste ritual de preparo para o inverno. Mas se engana quem acha que só na primavera é possível deixar a casa colorida, com flores desabrochando. Apesar de parecer uma estação cinzenta, é possível alegrar e colorir os ambientes com as flores certas para a estação.

Algumas espécies são bastante resistentes às baixas temperaturas e até preferem florescer nessa época. A conceituada florista Flavia Rocco, que trabalha há mais de 20 anos com os melhores arranjos do mercado, comenta que podemos encontrar muitos tipos de flores para o inverno. Callas, por exemplo, gosta de baixas temperaturas.

callas.jpg

“É uma flor que gosto muito e que tem grande durabilidade em vasos”, comenta Flavia. Comumente usada em casamentos dada a elegância e sua associação à devoção, tem variações nas cores laranja, rosa, bordô, amarela e até preta. Na cor branca é conhecida como copo de leite, mas nas variações de cores são chamadas de Callas, que, em grego, significa “beleza”.

Outra opção para o inverno é o Ciclame. Flavia explica que é “conhecida popularmente como a rainha da estação, pois chega a aguentar até mesmo temperaturas de 5°C”. Uma espécie que não pode ser usada como flor de corte e, sim, em vasos plantados.

Cravinas, azaleia e amor perfeito também são resistentes aos dias frios. De pétalas aveludadas, o amor perfeito é associado às recordações amorosas e significa amor romântico e duradouro. Flávia tem um carinho especial por esta flor “porque é colorida, delicada e extremamente apaixonante”, comenta.

orquidea.jpg

Já as orquídeas são encontradas quase que durante todo o ano, mas no inverno saem em todas as qualidades. “É nesta época que temos a Phalaenopsis, também conhecida como orquídea borboleta, de todas as cores variáveis e exóticas”, explica Flavia.

astromeliasd.jpg

Segundo Flávia, as astromélias também gostam de frio e aguentam bem as mudanças de temperatura.

Ao adquirir sua flor preferida, sempre fica a dúvida dos cuidados para mantê-la viva por mais tempo. De acordo com Flavia, algumas dicas prolongam a beleza dos arranjos, como não deixar pegar muito sol, manter em lugar arejado e trocar de água a cada dois dias, para arranjos com água. Além disso, ela tem uma dica importante que sempre coloca em prática em seu ateliê: “conversar com elas faz muita diferença”.

Flávia Rocco Shopping Iguatemi SP – Av. Brigadeiro Faria Lima, 2232 – Piso Térreo – Jd. Paulistano

Confeiteira ensina a fazer bolachas caseiras e decorá-las para presentear

Dia das Mães chegando e que tal você mesma produzir um presente diferente e saboroso? A confeiteira Sayonara Tozzi, proprietária da Je t’aime Cookies ensina receita de bolachas caseiras personalizadas.

je taime

 

Confira abaixo o passo a passo para produzir as bolachas amanteigadas:

Bolachas amanteigadas

Ingredientes
300g de farinha
100g de manteiga
145g de açúcar
1 ovo
1 colher de chá de essência*
½ colher de chá de sal
1 colher de chá de fermento

Modo de preparo
Na preparação deve-se, em primeiro lugar, misturar açúcar, manteiga e essência. Em seguida, acrescenta-se ovo, pitada de sal, fermento (opcional) e, por último, a farinha de trigo. Feito isso, é hora de moldar as bolachas. Pode-se tanto usar forminhas dos mais variados modelos, quanto a tradicional bolinha, dando uma leve amassada, para ela ficar mais redondinha. Caso o intuito seja fazer uma decoração por cima, o melhor é optar pelas formas.

je taime 3

Decoração: pode-se utilizar pasta americana ou glacê real, de acordo com a preferência.

“Vale lembrar que a essência* dará o gosto à bolachinha, então você pode optar por baunilha que é mais tradicional ou até mesmo limão, chocolate ou, se quiser ousar, de acordo com o gosto de sua mãe”, ressalta Sayonara.

Dica: se quiser bolacha de chocolate, é preciso tirar 50g de farinha e acrescentar 50g de chocolate, assim, o resultado será ainda melhor, alerta Sayonara.

je taime 2

Caso deseje encomendar as bolachas já prontas, basta entrar em contato nas redes da Je T’aime Cookies.

Bazar da Cidade leva 110 expositores ao Museu da Casa Brasileira

Em sua 11ª edição, o Bazar da Cidade ocupa pela segunda vez o privilegiado terraço e jardim do Museu da Casa Brasileira. O evento – com entrada gratuita – ocorre no sábado 27 e no domingo 28 de abril, sempre das 10 às 21 horas, reunindo 110 expositores.

Parte deles – exatos 27 – são dedicados à gastronomia. Estão divididos em dois grupos: Mercearia, com produtos para se presentear ou serem levados para casa –; e Praça de Alimentação, com delícias para serem consumidas lá mesmo, no incrível espaço do MCB.

O Bazar da Cidade reúne também dezenas e dezenas de expositores de vestuários e acessórios, joias e bijuterias, casa e decoração, bem-estar, arte indígena e infantil.

Desde sua primeira edição, em agosto de 2015, o Bazar da Cidade dá importância à Gastronomia, sempre tratada de forma muito especial por Bel Pereira, curadora do evento.

“Dentro do conceito do nosso bazar de valorizar o diverso, o visitante encontrará opções interessantes que aguçarão seu paladar e sua criatividade”, afirma Bel Pereira. Dessa vez, por exemplo, a culinária húngara e toda sua tradição poderão ser apreciadas na barraca do É dos Anjos – Sabores do Mundo. Há ainda a comida típica venezuelana da Arepas Picatta SP e os sanduíches e pratos do Mapu, de legítimas raízes taiwanesas.

O bazar promove também uma série de oficinas para crianças e adultos. Uma das oficinas para adultos é gastronômica, e ocorre nos dois dias do bazar, sempre às 12h30:

Ervas, Especiarias e Masalas. Pitadas afetivas de aromas e sabores, com Marcelo Nastari, da Grão Vizir Masalas & Especiarias – Encontro regado a aromas, sabores e atividades sensoriais. A partir do uso dos sentidos serão abordados: “Conceitos de ervas, especiarias e masalas”, “Noções gerais de uso culinário de três a cinco temperos (ervas, especiaria e masala)” e “Armazenamento e qualidade”. Inclui degustação e material de apoio (temperos e material impresso) – Duração: 1h e 15 minutos – Vagas limitadas: 12 pessoas

Relação completa dos participantes gastronômicos:

Mercearia

Alho Negro do Sítio
O alho negro é o alho in natura, que passa por um processo de fermentação, é depois submetido a uma condição de temperatura contínua de aproximadamente 65 graus centígrados e umidade controlada e assim vai escurecendo sem nenhum aditivo químico. Ele ganha sabor, odor e textura diferenciados. Fica adocicado e perde aquela característica ardida. Com ele, são desenvolvidos diversos produtos: azeite, geleia, chimichurri, mostarda, pasta, pesto e pimenta de alho negro. O alho negro puro é vendido em embalagens de 100g, 250g e 500g. Há ainda embalagens gourmets para restaurantes.

Caiu do Pé

CAIU DO PÉ geleias premium 100% artesanais 1
Geleias premium e licores artesanais por Dulce Botelho. Semanalmente, as melhores frutas são higienizadas e cortadas, recebem adição de açúcar e suco de limão – base de todas as geleias. Para os licores, as frutas são colocadas em infusão alcoólica para maturação de 30 a 90 dias.

Campo Místico Cafés Especiais
Cafés produzidos em Bueno Brandão, Sul de Minas Gerais. Agricultura familiar de montanha, cujo processo de colheita é manual e seletivo, com secagem natural em terreiro suspenso. Tudo isso confere ao café aromas e sabores únicos.

Cantinho de Minas
Queijos artesanais e outros deliciosos produtos fazem o sucesso da Cantinho de Minas, empresa de Soraya Vilhena. Sete queijos são da Fazenda Pé de Serra, propriedade da família Vilhena, em Carmópolis. Mas a Cantinho trabalha com uma variedade maior do produtos. No total, são vinte diferentes tipos de queijos. Há ainda doces de leite, goiabadas, geleias e cachaças – entre elas, a Cachaça Sant’Ângela, armazenada em carvalho e umburana.

Empório Dona Mita
Empório Dona Mita, de Patricia Ioannou, produz de forma natural uma saborosa linha de antepastos e conservas, além de risotos incríveis. Para os antepastos e conservas, são usados azeite de oliva, óleo de girassol, alimentos frescos e não congelados. Destaques para o antepasto de alcachofra, bacalhau confit, relish picante de erva-doce, carpaccio vegetal de chuchu, chucrute artesanal. Os preços dos antepastos variam de R$ 25,00 a R$ 45,00. Os kits para risotos são de cinco sabores e custam R$ 30,00 cada. Entre eles, destacam-se o de pera com alho-poró e o de figo turco com nozes.

Grão Vizir Masalas e Especiarias
Marcelo Nestari leva ao Bazar da Cidade as ervas e temperos da sua Grão Vizir, produtos exclusivos que encantam todos os sentidos. As masalas (termo indiano para mistura de ervas e especiarias) são pra lá de especiais. Entre elas, Curry de Madras, Garam Masala, Kashmir Masala, Panch Phoron Rajasthani, Tandoori Masala e Tchai Masala. Destaque também para a Calda de vinho e especiarias, para ser explorada em muitos pratos, carnes, queijos, bolos e frutas.

Jais Hand Made
Empresa formada pelo alemão e fotógrafo publicitário Egon Jais e sua esposa Karina Jais, brasileira que atuava no mercado de moda. Egon é de família de cozinheiros alemães, onde os homens sempre dominaram a cozinha e trabalhavam da forma mais natural possível. A empresa produz charcutaria de carne suína e bovina, conservas no azeite, manteigas temperadas, chutneys, relishes, picles, mostarda e geleia de bacon.

K.Lab
Dos irmãos Renato Mendes e Victor Mendes, a K.Lab surgiu a partir do sucesso do Kittychenlab, canal de gastronomia do YouTube. A empresa produz uma linha de sete diferentes azeites aromatizados, elaborados com azeite extravirgem, ervas frescas e orgânicas processadas através de desidratação e sous-vide. A produção é artesanal e feita em São Paulo. Preocupada com a sustentabilidade, a Klab tem um sistema de refil, que é o azeite no saco, hermeticamente fechado.

La Conserveria
A empresa nasce da paixão pela gastronomia da italiana Graziana Matera, que une a tradição de fazer conservas à inspiração pela busca de novos sabores. Na Itália, conservar vem da necessidade e de respeito às estações – é armazenar o melhor das frutas e legumes para todos os momentos do ano. A proposta da Le Conserveria é perpetuar esse tipo de conhecimento, através de uma fabricação artesanal de qualidade, sem quaisquer aditivos químicos. No Bazar da Cidade, Graziana Matera estará com suas geleias e chutneys. Entre os chutneys, o mediterrâneo e o de cebola roxa com vinagre balsâmico. Entre as geleias, entre outras a de alho com pimenta calabresa, a de pimenta com alecrim, geleia de amora com lavanda e laranja com manjericão.

Mestiço Chocolates
Trazendo o cacau certificado da Fazenda Bonança, em Itacaré, Bahia, a Mestiço produz artesanalmente o chocolate em pequenas bateladas, preservando as características varietais e imprimindo identidade em cada receita. A família Galvão Kamei inaugura fábrica em São Paulo, na Vila Olímpia, onde desenvolve o conceito Tree-to-Bar, observando todo o processo desde o plantio da árvore até a elaboração das barras. A Mestiço Chocolates faz parte da 3ª geração de cacauicultores de Itacaré, na Bahia. O grande propósito da marca é fazer da Fazenda Bonança uma referência ainda mais forte no cultivo sustentável e de qualidade. O cacau é separado por variedades, permitindo a elaboração de chocolates com características diferenciadas, respeitando a individualidade dos frutos e do terroir.

Pain Vert
A Pain Vert é uma micropadaria artesanal de verdade, que faz pães veganos, orgânicos e de fermentação natural. Pães elaborados apenas com farinhas, sal, água e sementes ou frutas secas. Todos eles são fermentados por mais de 24 horas em ambiente controlado, e modelados manualmente, um a um. Depois de crescerem em panos de linho (couches), os pães são levados ao forno à lenha – assam diretamente no piso do forno.

Quinta do Quiriri
É uma propriedade em Paraibuna, SP, propriedade do português Nuno Carvalho e de sua esposa Joana Mattei, radiestesista e acupunturista. O casal tem uma preocupação bastante séria com o ato de nutrir-se. Assim, cada alimento produzido recebe, pela radiestesia, uma programação energética em seu processo de fabricação. São produzidos pães de fermentação natural, pães de batata doce (típico português), pastas de castanhas, granolas doces e salgadas, manteigas Ghee e iogurte grego sem lactose.

São João das Três Ovelhas

SÃO JOÃO DAS TRÊS OVELHAS queijos e outros produtos.jpg
Queijos artesanais de leite de ovelha produzidos em Terra Fria, Gonçalves, Minas Gerais. As ovelhas crescem livres, se alimentam de gramíneas orgânicas e nativas, bebem água de fonte natural. Os queijos produzidos são curados: o Serrinha é mais firme e o Sertão de Cantagalo, mais cremoso. O leite de ovelha resulta em um queijo de sabor marcante e é facilmente digerido pelos intolerantes à lactose e alérgicos.

Vestra Panem
Panificadora que produz pães artesanais de levain, de longa fermentação natural, assados diretamente na pedra, sem quaisquer aditivos ou melhoradores. A base é somente farinha de boa qualidade e sal. O resultado da arte do levain são pães escuros, com casca crocante e miolo aerado, macio e de sabor marcante e fácil digestão.

Xá de Cadera
“Nós não vendemos chá, vendemos a pausa, a reconexão individual”, afirma Manuela Sanchez, que criou a marca há poucos meses. Os chás são vendidos em tubos de ensaio de vidro. Cada frasco é fechado com uma rolha queimada. O processo é manual e os chás são feitos um por um. “O chá é uma bebida viva”, afirma Manuela. “E meu trabalho está em reconhecer as folhas, os aromas e suas caraterísticas, suas nuances, seus tons e seus benefícios”.

Praça de Alimentação

Aguzzo Cucina
Uma linha de massas artesanais simples e recheadas, preparadas a partir de receitas e molhos clássicos, estará em uma das principais tendas gastronômicas do Bazar da Cidade. O comando é da equipe do Aguzzo Cucina, restaurante inaugurado em 2006 e localizado no bairro de Pinheiros. Serão cinco massas frescas combinadas com cinco diferentes molhos. As massas: ravioli caprese, ravioli manzo, gnocchi de batata, gnocchi de espinafre, fetuccine. Os molhos: pomodoro, bechamel, bolonhesa, manteiga de trufas negras, ragu de cordeiro.

Arepas Picatta SP

AREPAS PICATTA SP tortilha venezuelana grossa, feita de milho branco, assada e bem recheada.jpg
A comida típica venezuelana também estará presente no Bazar da Cidade. Arepas Picatta SP é a marca comandada por Rosalva Vanesa Cardona de Silva, venezuelana de Puerto Ordaz, há quase quatro anos vivendo no Brasil, em São Paulo. No cardápio, “arepas” – uma espécie de tortilha feita de milho branco ou amarelo, servida com diferentes recheios –; empanadas fritas recheadas, também feitas de milho amarelo; “tequeños” – dedos de queijo, envoltos por uma massa de trigo –; e “papelón com limón” – limonada típica venezuelana, adoçada com rapadura.

La Cuisine Crepes Artesanais

LA CUISINE CREPES ARTESANAIS crepes de autênticas receitas francesas - salgados com farinha integral e doces com farinha branca (2).jpg
Os crepes são feitos com massa autêntica francesa, aprendidos e reproduzidos à risca de uma dupla de amigas francesas. Serão servidos no Bazar da Cidade crepes salgados, com três diferentes tipos de recheio. Entre eles, o de mozarela e pesto. Há ainda deliciosos crepes doces: de Nutella, de chocolate Hershey’s e de doce de leite .

Cervejaria Los Compadres
Cervejaria artesanal de Atibaia, SP, que nasceu da união de dois compadres. Os rótulos das garrafas são geralmente caricaturas em homenagem aos amigos que contribuíram para o surgimento da empresa. No Bazar da Cidade, a Los Compadres estará com quatro estilos de chopp: Lager, Weiss, Ipa, Red Ipa.

Cheers (Drink Truck)
Taças de vinhos e drinques preparados na hora fazem parte da carta de bebidas da Cheers, empresa criada por Alessandra Miguel. Numa simpática kombi azul, pode-se provar dos drinques da moda, como Aperol Spritz e Gin Tônica, tomar uma dose de uísque ou optar por uma taça de espumante, ou de vinho tinto, branco ou rosê. Os vinhos são da Argentina, Chile, Espanha, Portugal ou ainda da França e Estados Unidos.

Deliciss
A Deliciss é especializada em charcutaria artesanal. Criada em 2014 por Eduardo Augusto da Silva, descendente de italianos, a empresa está sediada na Mooca e tem conquistado São Paulo com suas receitas resgatadas da paixão dos avós de Eduardo, que chegaram ao Brasil no início do século XX. No Bazar da Cidade, Eduardo levará o melhor de seu portfólio: salame, butifarra (salame catalão), copa, lombo, porchetta, pancetta, bacon, linguiça curada, pastrami.

Dom – Emporium & Cozinha Artesanal

DOM EMPORIUM & COZINHA ARTESANAL maha mantra.jpg
Sanduíches, petiscos, pratos informais e drinques. Tudo muito gostoso, desenvolvido a partir de uma cozinha que ocupa a garagem de um sobrado na cidade de Mauá, Grande São Paulo.

É dos Anjos – Sabores do Mundo
Os pratos e doces dessa pequena empresa são inspiradas em receitas de família e homenageiam a culinária húngara. Entre as criações, destaques para Kürtos Kalács, um bolo doce de espeto, típico do leste europeu, cujo primeiro registro escrito remonta a 1.679. Ele nasceu com os húngaros da Transilvânia. Outra delícia típica é o Gulyás (conhecido como Goulash), um dos pratos mais antigos da Hungria, conhecido desde o séc. IX, e originalmente preparado pelos pastores húngaros que eram nômades.

Farfalla Gelato Leggero

FARFALLA GELATO LEGGERO gelato de amora
A Farfalla Gelato Leggero, da mexicana Julieta Osório Borba Pereira e do brasileiro Eduardo Borba, seu marido, estará no Bazar da Cidade com seu tradicional e delicioso gelato italiano: cremoso, leve e artesanal. São tradicionalmente oito sabores, sendo quatro deles veganos: cacau, limão siciliano, manga e maracujá stracciatella. Os outros quatro sabores são baunilha, chocolate, pistache e stracciatella (produzido com o melhor leite fresco e chocolate 53% de origem Bahia). Para a edição do Bazar da Cidade haverá um sabor muito especial: o de amora.

Mapu (Food Truck)

MAPU FOOD TRUCK bao de língua
Comandado por Duilio Biin Homg Lin e sua mãe, o Mapu, criado há pouco mais de um ano, tem como propósito oferecer os aromas e sabores de uma gastronomia de raízes taiwanesas, por meio de um projeto de comida itinerante. Para o Bazar da Cidade, Duilio montou um cardápio delicioso: são três sanduíches que têm como base o bao (pãozinho chinês feito no vapor), dois petiscos e um prato principal: o Lu Rou Rice, uma espécie de picadinho de carne de porco taiwanês.

Pão di Queijo da Mineira
Renata Goulart é mineira e uma verdadeira mestra quando o assunto é “o melhor pão de queijo que alguém já provou”. Nascida em Campanha, cidade do sul de Minas, Renata resolveu, em 2015, transformar em negócio o “pão de queijo produzido cuidadosamente pela família”. Para o Bazar da Cidade, ela levará uma boa mostra dessas delícias mineiras, como o pão de queijo tradicional, que pode ser apreciado em porções de cinco unidades; em unidade formato grande ou deliciosamente recheados. Neste caso, são os lanches de pão de queijo, como o de salmão defumado, com cream cheese e rúcula ou o de calabresa com queijo Serra da Canastra. Há também os pães de queijo recheados com doce de leite e com goiabada cascão.

Petiscleta (Food Bike)
A proposta da Petiscleta é oferecer sempre opções fáceis e criativas para se comer. Um exemplo é o hambúrguer de pinhão, combinado com guacamole, salada de repolho e cenoura. Há ainda hambúrguer de espinafre, batata suíça e pizza aperitivo de massa artesanal, fina e crocante.

Bazar da Cidade
Datas: 27 e 28 de Abril (sábado e domingo), das 10 às 21 horas
Local: Museu da Casa Brasileira
Endereço: Av. Brigadeiro Faria Lima 2705
Entrada gratuita

Instituto Gourmet lança workshops para quem deseja ganhar dinheiro na Páscoa

Cursos de capacitação e workshops trazem uma grande oportunidade para quem quer investir na carreira gastronômica

Com a chegada da Páscoa e a retomada da economia, o comércio volta a apostar na tradição do brasileiro em dar ovos de presente, pelo menos é o que acredita a Abicab – Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados.

Neste ano, a Páscoa acontecerá no dia 21 de abril e a procura para cursos de capacitação e aperfeiçoamento nesse setor está crescendo. Essa é uma ótima opção para quem deseja conseguir uma renda extra ou até abrir seu próprio negócio.

chocolate ovo de páscoa

Pensando nisso, o Instituto Gourmet criou diversos workshops para atingir esse público. A taxa de inscrição vai de R$ 19,90 a R$ 60,00 e os cursos são destinados aos maiores de 14 anos. Durante os cursos os alunos aprenderão a confeccionar ovos de páscoa comuns e gourmet (como ovos de colher, trufados, vazados etc.), além de aprenderem sobre técnicas de manuseio de chocolates.

Outra opção para quem lucrar nessa época do ano, é o curso de Chocolateiro Profissional da rede, com 64 horas de duração, os alunos aprendem sobre a matéria-prima, técnicas de temperagem, decoração, esculturas, finalização etc.

Além, claro, de aprender sobre gestão e elaboração de cardápios, formalização de preços e até como iniciar o próprio negócio. Após a finalização do curso e dos workshops, o aluno recebe um certificado.

“O curso, além de capacitar com técnicas, tendências e gestão do negócio, prepara o profissional para o mercado de trabalho numa área onde o crescimento é constante, pois a páscoa representa um aumento de vendas, a cada ano, avassalador. A maioria das pessoas preferem ovos caseiros pela qualidade e diversidade de sabores exóticos que podem apresentar”, afirma Lucilaine Lima, fundadora do Instituto Gourmet.

chocolate fazendo

Nos últimos cinco anos, o setor gastronômico cresceu cerca de 80% no país e movimenta R$ 420 milhões de reais por dia. Hoje, o Instituto Gourmet conta com mais de 50 unidades comercializadas e o faturamento já ultrapassou R$ 5 milhões de reais.

“Com o desemprego, muitas pessoas procuram uma alternativa para ganhar dinheiro e para aumentar a renda, e para isso é importante encontrar diferenciais para seus produtos. Como por exemplo, os famosos ovos de colher, trufado com sabor exóticos ou até mesmo vendidos no pote. São novidades assim, que atraem o consumidor que busca qualidade e preços acessíveis”, finaliza Lucilaine.

Informações e locais do curso: Instituto Gourmet

Decoração: quatro cozinhas inesquecíveis para você se inspirar

Com um custo diferenciado em relação à madeira maciça e inúmeros atributos relacionados à sustentabilidade e preservação de recursos naturais, os painéis de MDF se consolidaram como uma das opções mais notáveis para a produção de móveis e decoração de interiores. Cores, tons, texturas e tecnologias surgem a todo instante para garantir versatilidade, usabilidade e diferenciação dos projetos e, de quebra, conferir personalidade, aconchego e funcionalidade aos ambientes.

Parceira e apoiadora da CasaCor, reconhecida como a maior e mais completa mostra de arquitetura, design de interiores e paisagismo das Américas, a Duratex traz quatro projetos de cozinhas incríveis nos quais foram utilizados produtos do seu portfólio, tanto na criação de mobiliários como nos revestimentos, e que servem de inspiração para quem está construindo ou reformando.

A arquiteta Flávia Bonet inspirou-se nos unicolores e trouxe uma proposta moderna de revestimento para a edição 2018 da CasaCor Paraná. Com textura acetinada e brilho suave, o padrão Rosa Glamour, da linha Essencial, deixou o ambiente descontraído e divertido.

cozinha 1

Joana Deicke e Maria Manoela Bento Pereira, assinaram a “Cozinha e Jantar com Varanda” na edição do ano passado da CasaCor Rio Grande do Sul, que teve a marcenaria do móvel da entrada do ambiente produzida com o painel Álamo, da linha Essencial Wood. O padrão Branco Diamante, da linha Trama, foi usado na produção do mobiliário abaixo da bancada da ilha.

cozinha 2

Em 2017, a designer de interiores Patrícia Pasquini, investiu nos painéis de alto brilho da linha Cristallo para destacar a beleza e capricho dos 53 m² do projeto Cozinha Urbana. O padrão escolhido foi o Álamo.

cozinha 3

Também em 2017, o padrão Carbono, da linha Trama, foi escolhido pela dupla Gladys Fernandes e Yeda Leite para a criação do mobiliário da Cozinha Gourmet, destaque da CasaCor Rio Grande do Norte.

cozinha 4

Fonte: Duratex

Garfield, o gatinho mais comilão, agora nos produtos Tupperware

O gato Garfield, estrela das tirinhas mais famosas do mundo, completou 40 anos cheio de estilo e no seu modo mais preguiçoso de ser. Para entrar na onda da comilança, a Tupperware lança a Caneca e Mini-instantânea Slim com o personagem e suas frases divertidas.

A caneca de 350ml é perfeita para levar ao trabalho ou para o conforto de casa, o produto é livre de BPA e pode ir ao micro-ondas. Já a Mini-instantânea Slim 575ml serve e conserva com praticidade diversos alimentos secos, como bolachas.

As novidades contam com os seus bordões “Eu odeio segundas-feiras” e “Eu nem sempre estou certo, mas nunca estou errado”, além de imagens bem humoradas para se divertir na hora do lanche.

garfield 2garfield

Preço sugerido:
· Caneca Garfield 350ml: R$ 36,00
· Mini-instantânea Slim Garfield 575ml: R$ 35,90
· Conjunto Caneca Garfield + Mini Instantânea Slim Garfield: R$ 59,90

Onde encontrar: com as consultoras da marca pelo site 

Dicas de como harmonizar o ar-condicionado na decoração da casa

Opções de móveis para receber o aparelho, camuflagem de objeto ou integração na decoração são opções para deixar o ambiente mais harmônico

Verão e altas temperaturas. Nesta época do ano é muito comum – e necessário – ligar o ar-condicionado para amenizar o calor. Esse tipo de equipamento também é item obrigatório em algumas regiões do país, mas como harmonizar o aparelho com o restante da decoração da sua casa?

É possível ter o conforto térmico do ar-condicionado e manter a sofisticação do ambiente. A designer de produto do +Design da MadeiraMadeira, Ana Wasen dá algumas dicas:

Móveis para abrigar o ar-condicionado

É possível mandar fazer sob medida alguns espaços específicos para guardar o ar -condicionado, como armários ou estantes. O móvel deve ser planejado aberto ou com pequenas frestas. Assim, além de desviar a atenção do aparelho, o ar irá circular, refrescando o ambiente.

sala decoração.png

Confira opções de estantes de diversas cores e tamanhos no site da MadeiraMadeira

Ar camuflado

O aparelho de ar condicionado não deve roubar a atenção do ambiente. A dica é adotar técnicas para camuflar e desviar a atenção do objeto na decoração. Por exemplo: é possível evitar o contraste do aparelho com a cor da parede, posicionando-o em um local que tenha um tom parecido ou próximo. Além disso, vale guiar o olhar e a atenção para outros objetos da decoração. Para isso, busque itens com estampas e cores fortes e vibrantes, contrastando com a tonalidade neutra do equipamento.

salas decoração 2.png

Diversas cores e modelos de aparelhos de ar-condicionado na MadeiraMadeira

Use o aparelho como parte da decoração

Ao invés de esconder o ar-condicionado, é possível integrá-lo à decoração. Para isso, utilize o aparelho como um item na composição do ambiente. Instale o objeto junto aos quadros e retratos fixados na parede e harmonize de forma equilibrada com a disposição de objetos de decoração.

salas decoração3.png

Modelos de quadros para todos os gostos para harmonizar com o aparelho, na MadeiraMadeira

Fonte: MadeiraMadeira