Arquivo da tag: dia do tomate

Dia do Tomate: conheça as diferenças das versões enlatadas do fruto

O tomate enlatado, como o pelado, extrato ou molho, é nutritivo e mais econômico

Você sabia que em hoje, 1º de fevereiro é comemorado o Dia do Tomate? Para não dispensar este alimento no cardápio diário e garantir economia, uma excelente alternativa são os tomates enlatados, seja pelado, extrato ou molho.

Além de custar menos, o atomatado também é uma opção segura e nutritiva. “Os tomates enlatados dispensam o uso de conservantes químicos e suas propriedades nutricionais são, na maioria das vezes, melhores se comparados a produtos in natura. As embalagens de aço para atomatados proporcionam muito mais saúde aos consumidores já que preservam as propriedades antioxidantes do tomate”, diz, Thais Fagury, engenheira de alimentos e executiva da Abeaço (Associação Brasileira de Embalagem de Aço).

Foto: Site JessicaGavin

Como a lata protege o alimento da ação da luz, a vitamina C do tomate é preservada. O alimento é a fonte de licopeno, poderoso antioxidante que combate os radicais livres, retarda o envelhecimento e pode proteger contra o câncer. Estudos comprovam que o nosso organismo absorve melhor o licopeno quando exposto ao cozimento, ou seja, o calor aumenta a biodisponibilidade da substância, tornando-a mais presente do que nos tomates frescos.
Confira as diferenças de cada tipo de tomate em lata:

Pixabay

Tomate Pelado
Versáteis na cozinha, as latas de tomates pelados inteiros ou em pedaços podem ser utilizadas em qualquer receita que utilize o fruto. Esse tipo é o que apresenta o tomate em sua forma mais natural, uma vez que ele é minimamente processado. Após a colheita, eles são higienizados e prontamente inserido nas latas junto a um pouco de suco de tomate. As latas preservam todo o nutriente e sabor.

Pixabay

Extrato de Tomate
O famoso extrato de tomate é bastante utilizado na cozinha brasileira para o preparo de molhos. Essa versão é mais concentrada e utiliza a poupa de tomates mais maduros, o que resulta em uma cor bastante avermelhada. Para equilibrar o sabor, são acrescentados sal e açúcar em pouca quantidade. A recomendação é que o extrato ainda seja diluído em água nas receitas, por conta de sua densidade.

Passata de Tomate
Para quem deseja um molho de tomate com um sabor mais natural, essa, junto com o tomate pelado, é a melhor opção. A passata de tomate consiste na polpa cozida, sem a pele ou sementes. Ela é uma opção mais caseira e bem prática e não contém sal ou açúcar e nem adição de conservantes químicos.

Molho de Tomate
Bastante práticos e prontos para servir, os molhos são a versão mais elaborada do tomate em lata. O enlatado costuma ter adição de sal, especiarias ou ervas como cebola, alho, orégano e manjericão. A concentração do tomate varia de acordo com a marca do produto. O ideal é sempre verificar a lista de ingredientes, pois existem algumas opções no mercado que contém mais ingredientes nobres como azeitonas e ricotas, enquanto outras contêm aromatizantes artificiais para realçar o sabor. As versões embaladas em latas de aço não possuem adição de conservantes químicos e, apesar de terem um valor um pouco mais alto, garantem maior preservação do sabor natural do tomate.

Fonte: Abeaço

Hoje é o Dia do Tomate; descubra os benefícios que ele traz à saúde


Hoje, 1º de fevereiro é comemorado o Dia do Tomate, um dos alimentos mais versáteis e nutritivos. Presente em uma infinidade de saladas e molhos, é apreciado cru, cozido ou processado, conferindo sabores diferentes às receitas. Além da versatilidade, vale destacar os benefícios do consumo do tomate.

A nutricionista Adriana Stavro explica que entre as principais propriedades do tomate, por exemplo, estão o licopeno, vitaminas A e C, vitaminas do complexo B e minerais como o potássio, fósforo e magnésio. A nutricionista Adriana cita alguns benefícios do fruto, abaixo, e afirma que “quando mais maduro, maior a concentração desses nutrientes”. Confira:

Proteção solar: tomates tem licopeno, um antioxidante que ajuda a proteger a pele contra os danos causados pelo sol tornando a pele menos sensível aos danos da luz ultravioleta, uma das principais causas de linhas finas e rugas no rosto, explica Adriana.

Pele sempre saudável: o consumo regular de tomates ajudará no aspecto da sua pele, já que ajuda a minimizar poros dilatados, curar a acne e erupções cutâneas ou tratar pequenas queimaduras.

Melhora a visão: segundo a nutricionista, com uma alta quantidade de vitaminas A e C, nossa visão também é muito beneficiada com o consumo deste fruto. O tomate também pode reduzir o risco de desenvolver cataratas.

Foto: Max Straeten/Morguefile

Saúde dos ossos: devido à presença de vitamina K e cálcio, que ajudam a fortalecer e reparar os ossos. O licopeno é antioxidante e ajuda a melhorar a massa óssea, que é uma ótima maneira de combater a osteoporose.

Foto: Uwe Tuchen / Pixabay

Reduz os problemas capilares: acidez e vitaminas do tomate ajudam no equilíbrio dos níveis de pH no seu cabelo, além de fortalecer, proporciona brilho para fios opacos, danificados e sem vida.

Ajuda a reduzir níveis de açúcar no sangue: é fonte do mineral cromo, que pode ajudar os diabéticos a regular os níveis de açúcar no sangue. Além disso, por ser um alimento de baixa caloria, se torna um aliado para às pessoas que estão tentando perder peso, ressalta Adriana.

Pixabay

Previne o câncer: estudo publicado no Jornal do Instituto Nacional do Câncer sugere que comer mais tomates reduz o risco da doença em órgãos como: próstata, pulmão, estômago, entre outros.

Ajuda a melhorar as noites de sono: de acordo com um estudo da Universidade da Pensilvânia, aqueles que consomem mais licopeno dormem melhor em comparação com pessoas que não o fazem.

Reduz a pressão arterial: licopeno, vitamina C e outros antioxidantes são os principais encontrados no tomate e são conhecidos por melhorar a saúde cardiovascular. Outro fator importante é que ele é rico em potássio, ajudando assim a baixar a pressão arterial.

Diminui as dores crônicas: devido à presença de agentes anti-inflamatórios como bioflavonoides e carotenoides, tomates podem reduzir dores crônicas. O consumo do fruto ajuda a reduzir a inflamação e ainda traz alívio da dor.

Curiosidades sobre o tomate

Fruta, legume ou verdura? Muitos acham que o tomate é um legume por fazer parte da salada, mas ele é uma hortaliça do tipo fruta, mesmo sem o sabor doce.

Pode ajudar a evitar alguns tipos de câncer? Por ser rico em licopeno (que confere a cor vermelha típica dos frutos), o tomate tem propriedades que evitam o desenvolvimento de diversos tipos de câncer de próstata, ovário e na redução de doenças cardiovasculares.

Demorou para chegar a Europa. Apesar da fama dos molhos italianos, o tomate só chegou à Europa no século XVI. E no início, eles não eram comidos, mas usados como decoração nas mesas de banquetes. Os italianos foram os primeiros a usar tomate como comida. Por lá, chamaram a fruta de “promo d’oro” (pomo de ouro), que também deu origem ao nome da receita de molho de tomate pomodoro.

Diferenças para o consumo das variedades de tomate

Na hora de escolher qual tomate comprar, leve em consideração que alguns tipos são melhores para molhos, in natura nas saladas ou outros usos. Confira algumas dicas da nutricionista:

Tomate caqui (longa-vida ou convencional): consumo in natura;
Tomate Santa Cruz/Santa Clara/Débora: consumo in natura e molhos caseiros;
Tomate italiano/saladette: consumo in natura, molhos caseiros e tomate seco;
Tomate mesa rasteiro e tomateiro industrial: consumo in natura, molhos caseiros, extratos, ketchup;
Tomates cereja e grape: consumo in natura

Fonte: Adriana Stavro é nutricionista mestre pelo Centro Universitário São Camilo. Com curso de formação em Medicina do Estilo de Vida pela Universidade de Harvard Medical School
Especialista em Doenças Crônicas não Transmissíveis (DCNT) pelo Hospital Israelita Albert Einstein. Pós-graduada em Nutrição Clínica Funcional pelo Instituto Valéria Pascoal (VP) Pós-graduada EM Fitoterapia pela Courses4U.

Dia do Tomate: conheça curiosidades e benefícios da fruta + receitas

Hoje, 1º de fevereiro, é comemorado o Dia do Tomate, um dos alimentos mais versáteis e nutritivos. Presente em uma infinidade de saladas e molhos, o tomate é apreciado cru, cozido ou processado, conferindo sabores diferentes às receitas.

Além da versatilidade, vale destacar os benefícios do consumo do tomate. Entre as suas principais propriedades, por exemplo, estão o licopeno, vitaminas A e C, vitaminas do complexo B e minerais como o potássio, fósforo e magnésio. A nutricionista da Predilecta, Bianca Naves cita alguns benefícios do fruto, abaixo, e afirma que “quando mais maduro, maior a concentração desses nutrientes”. Confira:

tomate propriedades

10 Benefícios do tomate

Proteção Solar
Tomates tem licopeno, um antioxidante que ajuda a proteger a pele contra os danos causados pelo sol tornando a pele menos sensível aos danos da luz ultravioleta, uma das principais causas de linhas finas e rugas no rosto.

Pele sempre saudável
O consumo regular de tomates ajudará no aspecto da sua pele, já que ajuda a minimizar poros dilatados, curar a acne e erupções cutâneas ou tratar pequenas queimaduras.

Melhora a visão
Com uma alta quantidade de vitaminas A e C, nossa visão também é muito beneficiada com o consumo deste fruto. O tomate também pode reduzir o risco de desenvolver cataratas.

tomates

Saúde dos ossos
Devido à presença de vitamina K e cálcio, que ajudam a fortalecer e reparar os ossos. O licopeno é antioxidante e ajuda a melhorar a massa óssea, que é uma ótima maneira de combater a osteoporose.

Reduz problemas capilares
A acidez e vitaminas do tomate ajudam no equilíbrio dos níveis de pH no seu cabelo, além de fortalecer, proporciona brilho para fios opacos, danificados e sem vida.

Ajuda a reduzir níveis de açúcar no sangue
É fonte do mineral cromo, que pode ajudar os diabéticos a regular os níveis de açúcar no sangue. Além disso, por ser um alimento de baixa caloria, se torna um aliado para às pessoas que estão tentando perder peso.

Previne câncer
Um estudo publicado no Jornal do Instituto Nacional do câncer sugere que comer mais tomates reduz o risco da doença em órgãos como: próstata, pulmão, estômago, entre outros.

Melhora as noites de sono
De acordo com um estudo da Universidade da Pensilvânia, aqueles que consomem mais licopeno dormem melhor em comparação com pessoas que não o fazem.

Reduz a pressão arterial
O licopeno, Vitamina C e outros antioxidantes são os principais encontrado no tomate e são conhecidos por melhorar a saúde cardiovascular. Outro fator importante é que o tomate é rico em potássio, ajudando assim a baixar a pressão arterial.

Reduz a dor crônica
Devido à presença de agentes anti-inflamatórios como bioflavonoides e carotenoides, tomates podem reduzir dores crônicas. O consumo do fruto ajuda a reduzir a inflamação e ainda traz alívio da dor.

Curiosidades

tomates

Fruta, legume ou verdura?
Muitos acham que o tomate é um legume por fazer parte da salada, mas ele é uma hortaliça do tipo fruta, mesmo sem o sabor doce

Pode evitar alguns tipos de câncer
Por ser rico em licopeno (que confere a cor vermelha típica dos frutos), o tomate tem propriedades que evitam o desenvolvimento de diversos tipos de câncer de próstata, ovário e na redução de doenças cardiovasculares.

Demorou para chegar à Europa
Apesar da fama dos molhos italianos, o tomate só chegou à Europa no século XVI. E no início, eles não eram comidos, mas usados como decoração nas mesas de banquetes. Os italianos foram os primeiros a usar tomate como comida. Por lá, chamaram a fruta de “promo d’oro” (pomo de ouro), que também deu origem ao nome da receita de molho de tomate pomodoro.

molho de tomate

Diferenças para o consumo das variedades de tomates
Na hora de escolher qual tomate comprar, leve em consideração que alguns tipos são melhores para molhos, in natura nas saladas ou outros usos. Confira:

=Tomate caqui (longa-vida ou convencional): consumo in natura
=Tomate Santa Cruz/Santa Clara/Débora: consumo in natura e molhos caseiros;
=Tomate italiano/saladette: consumo in natura, molhos caseiros e tomate seco;
Tomate mesa rasteiro e tomateiro industrial: consumo in natura, molhos caseiros, extratos, ketchup;
=Tomates cereja e grape: consumo in natura

Receitas

Penne ao Extrato de Tomate Livre Predilecta

penne ao extrato

Ingredientes
1 xícara de chá de penne
1 e ½ xícara de chá de água
½ cebola
1 dente de alho
1 colher de sopa do Extrato de Tomate Livre Predilecta
½ colher de sopa de azeite
1 xícara de chá de tomate cereja
5 azeitonas pretas sem caroço
2 ramos de manjericão fresco
½ colher de chá de sal
Pimenta do reino
Parmesão ralado

Modo de preparo
Descasque e pique a cebola e o alho. Lave e corte os tomates cerejas ao meio e fatie as azeitonas em quatro partes, no sentido de comprimento. Leve uma panela ao fogo médico e quando aquecer, regue com o azeite. Em seguida, coloque a cebola e o sal e refogue por três minutos, até dourar. Adicione o alho e refogue por mais um minuto. Adicione o Extrato de Tomate Livre Predilecta e misture bem. Depois coloque o macarrão, os tomates, as azeitonas e a água. Mexa bem, raspando o fundo da panela;
Coloque as folhas de manjericão e tempere com a pimenta do reino. Misture e, quando ferver, deixe cozinhar por cinco minutos. Após isso, tampe a panela e deixe cozinhar por mais dez minutos. Quando estiver pronto, sirva com parmesão ralado.

Pizza de Pão com Molho de Tomate Predilecta – Sabor Pizza

pizza de pao

Ingredientes
Pão amanhecido
Molho de Tomate Predilecta – Sabor Pizza
Mozzarella
Orégano

Modo de preparo
Corte os pães em rodelas e coloque-os em uma bandeja que possa ir ao forno. Acrescente o Molho de Tomate Predilecta – Sabor Pizza, a mozzarella e o orégano e leve ao forno preaquecido por 30 minutos a 180ºC. Quando o queijo estiver derretido, a pizza está pronta.

Fonte: Predilecta