Arquivo da tag: dia mundial sem carne

Dia Mundial Sem Carne: lives da SVB ensinam receitas acessíveis e deliciosas

Chefs vão preparar pratos sem ingredientes de origem animal e dar dicas sobre a alimentação à base de vegetais pelo Instagram, no domingo (20)

Para a SVB, é de extrema importância reforçar à população que é possível ter uma alimentação sem carne e que ela pode ser fácil e prática. Montar um prato sem ingredientes de origem animal é, além de tudo, saudável e sustentável.

Durante as lives, conteúdos sobre nutrição serão disponibilizados para ajudar as pessoas que querem fazer a transição para o veganismo. No guia Descubra Novos Sabores, por exemplo, há um passo a passo para reduzir o consumo de alimentos de origem animal até retirá-la completamente das refeições, com novas opções, muito mais saudáveis.

Criado em 1985 nos Estados Unidos, com a ONG Farm, o Dia Mundial Sem Carne é uma data consagrada no calendário do movimento vegano. Em todo mundo, grupos fazem ações de conscientização sobre os impactos que o consumo de carne traz e os diversos benefícios de uma alimentação baseada em vegetais.

Seja pelo planeta, animais ou saúde, as pessoas estão buscando cada vez mais reduzir o consumo de carne. De acordo com uma pesquisa realizada pela SVB em parceria com o Ipec, em 2018, o Brasil já tem 30 milhões de vegetarianos e cerca de 7 milhões de veganos.

Programe-se:
Lives SVB Dia Mundial Sem Carne
No domingo (20), pelo perfil do Instagram @sociedadevegetariana

Padoca Vegan – Opções Veganas para o Café da Manhã e Lanche da Tarde
Horário: 11h

Restaurante Jaca Verde – Torta Vegana
Horário: 12h

Fonte: Sociedade Vegetariana Brasileira

Dia Mundial Sem Carne: Chef Léo Oliveira ensina receita especial para que todos possam contribuir

Para quem deseja participar da ação que acontece ao redor do mundo, Chef Léo ensina como fazer um arroz com legumes prático e saboroso

No dia 20 de março, é comemorado o Dia Mundial Sem Carne, a data que teve origem nos Estados Unidos como “MeatOut Day”, é comemorada mundialmente desde 1985 e surgiu através de uma a iniciativa da ONG Farm (Farm Animal Rights Movement) em criar uma série de ações em prol da proteção e do respeito animal.

Como forma de participar de um dia que trás a tona um debate sobre os direitos dos animais e encoraja a população, que consome ou não carne e seus derivados, a conhecer um estilo de vida mais saudável, a Chef Léo Oliveira, profissional renomada na área com mais de 30 anos de experiência, separou uma receita fácil e saborosa para quem deseja diminuir o consumo da carne nesse dia.

Confira, abaixo, os ingredientes e o modo de preparo:

Arroz à Grega da Chef Léo Oliveira

Ingredientes:
2 xícaras de arroz cozido
1/4 de pimentão vermelho picados em cubinhos
1/4 de pimentão amarelo picados em cubinhos
2 dentes de alho
1 xícara de azeitonas picadas
1 xícara de milho
1 xícara de ervilha
1 xícara de vagem
1 xícara de cebola picada
1 cenoura picada
100ml de água
Cheiro verde a gosto
200g de mussarela ralada
Fio de óleo

Modo de preparo
Comece fritando o alho picado e a cebola picada em pedaços pequenos. Na sequência acrescente os pimentões, a vagem, a cenoura, o milho, a ervilha e mexa mais um pouco. Acrescente 100ml de água e deixe cozinhar um pouco, até os legumes ficarem levemente cozidos. Acrescente a azeitona e o cheiro verde e acerte o sal. Agregue o arroz já cozido e mexa bem para incorporar todos os ingredientes. Em um refratário grande, coloque a metade do arroz, salpique a metade do queijo mussarela, termine com o restante do arroz e a outra metade da mussarela por cima. Leve ao forno preaquecido a 200 graus por 10 minutos. Servir ainda quente.

Fonte: Chef Léo Oliveira

Dia Mundial Sem Carne: como a retirada dela do prato ajuda sua saúde

Especialistas e ONGs comentam estudos que mostram relação entre o consumo da proteína animal e aumento de casos de câncer

Há 37 anos, o dia 20 de março é marcado por ações de conscientização sobre os impactos que o consumo de carne tem. Na data, foi instituído o Dia Mundial Sem Carne e diferentes aspectos são levantados no debate, como a degradação ambiental decorrente da pecuária e as condições a que os animais são submetidos durante a produção.

O ex-Beatle Paul McCartney entre as filhas Mary e Stella, defensores da campanha Segunda Sem Carne pelo mundo

Neste ano, as ONGs Sinergia Animal e Million Dollar Vegan Brasil fazem um alerta sob um ponto de vista pouco debatido: a relação entre o consumo de carne e a saúde humana. O alerta é de que a retirada das carnes da alimentação pode ajudar a prevenir casos de câncer.

Só no Brasil, segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), 625 mil novos casos de câncer devem surgir neste ano. Pessoas que serão afetadas pela gravidade da doença e do tratamento, na maioria das vezes, não sabem que os inimigos podem estar no próprio prato, a cada refeição.

A Million Dollar Vegan, organização que incentiva os líderes mundiais a darem exemplo e mostrarem como a adoção de uma dieta vegana (sem carnes, ovos, leite e derivados) pode proteger a saúde, lamenta que esta informação não chegue à grande parte da população mesmo sendo fruto de tantos estudos já publicados.

O médico e escritor Michael Greger, apoiador oficial da ONG, alerta: “Até o sistema mudar, precisamos nos responsabilizar por nossa saúde. Não podemos esperar que a sociedade se atualize com a ciência para agir, porque é uma questão de vida ou de morte”.

Por isso, a organização se dedica a ampliar o acesso à informação sobre a contribuição da carne também nos riscos de câncer, assim como outras doenças crônicas como as cardíacas e cardiovasculares.

OMS reconhece os prejuízos da carne à saúde

Pequenas quantidades de carne podem agir como um veneno silencioso, inflando os percentuais das chances de doença. A Organização Mundial da Saúde (OMS) já classificou carnes processadas, como salsichas, presunto e bacon, no grupo 1 de carcinogênicos – mesmo grupo em que estão os cigarros, amianto, radiação ultravioleta e álcool.

Uma pessoa que consuma diariamente 50 gramas de carne processada, o equivalente a 4 fatias de bacon ou uma salsicha, aumenta o risco de câncer colorretal em 18%. No Brasil, o tumor localizado inicialmente no cólon e reto é o terceiro câncer que mais mata homens e mulheres.

E não é só em formato processado que a carne é vilã da saúde. Sem passar pelo processamento, a carne vermelha foi classificada pela OMS no Grupo 2A, como provável cancerígena para humanos.

A Sinergia Animal, organização internacional de proteção animal reconhecida como uma das mais efetivas ONGs do mundo, defende a retirada da carne do prato e ressalta os benefícios de uma dieta vegana balanceada, repleta de frutas, legumes, verduras e grãos, no combate ao câncer, pois é rica em antioxidantes, que têm um papel importante na prevenção.

A Million Dollar Vegan espera que, a partir da repercussão dos estudos, mais médicos, nutricionistas e outros profissionais da saúde reconheçam a eficácia de uma dieta 100% vegetal com o intuito de prevenir, tratar e curar doenças crônicas.

Para contribuir com informação, a organização disponibiliza orientações para iniciantes na alimentação sem carne, ovo e leite, trazendo receitas e dados sobre os benefícios à saúde. Em seu site, a Million Dollar Vegan desafia as pessoas a “descobrirem o veganismo” experimentando uma alimentação 100% vegetal por 31 dias.

Recém-lançado, Guia de Nutrição Vegana traz orientações para uma vida sem carne

Em fevereiro, uma nova ferramenta para auxiliar profissionais da saúde com orientações sobre a alimentação sem produtos de origem animal foi lançada no Brasil. O Guia de Nutrição Vegana para Adultos, desenvolvido pelo Departamento de Medicina e Nutrição da União Vegetariana Internacional (IVU), traz também informações importantes sobre o combate ao câncer.

Entre elas, há uma tabela com precauções que podem ser tomadas na alimentação. Segundo o Guia, evitar o consumo de carne vermelha e carnes processadas contribui para diminuir o risco de câncer de cólon e reto. Além disso, a exclusão da carne grelhada e frita pode fazer cair o risco de câncer de cólon, reto, mama, próstata, rins e pâncreas.

Conforme o autor do guia, o médico Eric Slywitch, que é diretor dos Departamentos de Medicina e Nutrição da IVU e da Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB), o consumo de alimentos de origem vegetal tem efeito protetor na prevenção do câncer, ainda mais se associados à redução ou eliminação dos produtos de origem animal.

“A formação acadêmica dos profissionais de saúde de muitas universidades não contempla informações sobre a forma de elaborar a alimentação sem carne e derivados animais. É natural que haja receio de não saber avaliar e conduzir indivíduos com uma alimentação vegetariana e vegana e, por desinformação sobre publicações sobre o tema, muitas vezes é tirada a possibilidade do incentivo a seguir um sistema alimentar que traz mudanças positivas para a saúde e a qualidade de vida”, explica Eric.

Fonte: Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB)

Feijão branco com abóbora e alho-poró é sugestão da Água Doce para Dia Mundial sem Carne

Não é preciso gastar muito, nem de inventar receitas complicadas para substituir pratos com carne por outras opções, mais saudáveis e mais sustentáveis. A rede Água Doce ensina a preparar um prato simples e muito saboroso, unindo feijão, abóbora e cenoura. Confira:

Feijão Branco com Abóbora e Alho-poró

Ingredientes
1 xícara (chá) de feijão branco cozido com grãos inteiros e ao dente
1 xícara (chá) de abóbora moranga cortada em cubos médios
1 xícara (chá) de cenoura em cubos pequenos
1 cebola pequena picada
3 colheres (sopa) de alho-poró em rodelas finas
3 colheres (sopa) de cebolinha picada
1 colher (sopa) de azeite de oliva
Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo
Em uma panela grande aqueça o azeite e doure a cebola. Adicione um pouco de sal e pimenta-do-reino, acrescente o alho-poró, a cenoura e a abóbora. Deixe dar uma douradinha e em seguida adicione o feijão. Coloque água o suficiente perto de cobrir. Quando levantar fervura verifique o tempero, tampe a panela e deixe cozinhar por mais alguns minutos até que a abóbora fique macia. Tampe a panela e deixe descansar por um minuto antes de servir. Distribua o feijão em um refratário e salpique a cebolinha por cima. Sirva em seguida.

Grau de dificuldade: fácil
Rendimento: 4 porções
Tempo de preparo: 55 minutos

Fonte: Água Doce Sabores do Brasil

Dez receitas vegetarianas e saudáveis para comemorar o Dia Mundial Sem Carne

Freeletics Nutrition elaborou sugestões para quem quer testar pratos sem carne

Hoje, 20 de março, é celebrado o Dia Mundial Sem Carne. A data surgiu em 1985 nos Estados Unidos por iniciativa das comunidades vegana e vegetariana que, no mundo todo, realizam ações de conscientização. Atualmente, 30 milhões de brasileiros se consideram adeptos ao vegetarianismo, de acordo com o Ibope.

Com tantas pessoas aderindo ao modo de vida sem carne, o Freeletics Nutrition, aplicativo líder em exercícios físicos e nutrição com uso de inteligência artificial, listou 10 opções de receitas para uma refeição vegetariana saudável e nutritiva.

Salada de macarrão do mediterrâneo

Ingredientes:
60g de massa integral (por ex.: penne, fusilli)
100g de muçarela magra
½ berinjela
30g de tomates secos (conservados em azeite)
30g de rúcula
1 colher de chá de orégano seco
1 colher de chá de vinagre balsâmico

Modo de preparo:
Ferva água em uma panela. Cozinhe a massa de acordo com as instruções da embalagem – lembre-se do que mencionamos sobre o ponto. Usando uma toalha de papel, remova o excesso de óleo dos tomates secos e corte em tiras finas. Pique a berinjela e a muçarela em cubos. Pegue 1 colher de chá de azeite do pote de tomates secos e aqueça-o em uma panela. Refogue a berinjela em cubos em fogo médio por cerca de 15 minutos até que ela fique escura e macia.
Misture todos os ingredientes e tempere com sal a gosto.

Abóbora assada com molho de ricota

Ingredientes:
400g de abóbora
10g de gengibre ralado
1 dente de alho picado
1 colher de chá de azeite
250g de ricota com baixo teor de gordura
1 colher de sopa de manteiga de caju natural
1/2 colher de sopa de canela em pó
1/2 colher de sopa de flocos de pimenta

Modo de preparo:
Preaqueça o forno a 180 °C. Cubra uma assadeira com papel alumínio.Descasque a abóbora, corte-a em fatias com aproximadamente 2 cm. Misture com o óleo de coco, gengibre ralado, alho picado, flocos de canela e pimenta em uma tigela grande. Tempere com sal e pimenta à gosto. Coloque as fatias de abóbora na forma e asse na grade do meio por cerca de 30 minutos. Misture a ricota com suco de limão ou limão siciliano e com a manteiga de castanha-de-cajú e mergulhe as fatias de abóbora.

Batatas assadas

Ingredientes:
2kg de batata
8 ramos de alecrim fresco
8 ramos de tomilho fresco
4 colher de chá de azeite de oliva virgem
400g de tofu
2 dentes de alho picados
2 limões sicilianos – raspas e suco
4 colheres de chá de óleo de linhaça
Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de fazer:
Preaqueça o forno a 160ºC e cubra uma assadeira com papel alumínio.Lave as batatas e corte-as em canoas de 1 cm. Salpique alecrim e folhas de tomilho. Em uma tigela, misture as ervas com as batatas e com o azeite de oliva. Tempere com sal e pimenta a gosto. Coloque as canoas de batata na assadeira e asse por cerca de 45 minutos até que elas estejam douradas e crocantes. Retire os ramos maiores de alecrim e as folhas maiores de tomilho. Bata tofu, alho, raspas de limão, suco de limão e óleo de linhaça até que tudo esteja homogêneo. Sirva com as batatas.

Arroz frito com vegetais e amendoim

Ingredientes:
300g de arroz integral
400 ml de água
300g de tofu firme
2 pimentões vermelhos em cubos
1 abobrinha fatiadas
20g de gengibre triturado
4 ovos
4 colheres de sopa de shoyu light
4 colheres de sopa de óleo de gergelim
80g de amendoim (sem sal)
Suco de limão fresco (opcional)

Modo de fazer:
Ferva água em uma panela e cozinhe o arroz e uma pitada de sal. Deixe cozinhar em fogo baixo por cerca de 30 minutos até que os líquidos tenham evaporado.Corte o tofu em cubos. Aqueça o óleo em uma panela. refogue o gengibre, o tofu, a pimenta em cubos e as fatias de abobrinha por cerca de 10 minutos até dourar. Adicione o arroz cozido, quebre os ovos sobre a mistura, depois adicione molho de soja e tempere com suco de limão à gosto. Refogue por mais 5 minutos e polvilhe com nozes.

Cogumelos veganos recheados

Ingredientes:
40g de cogumelos paris castanhos
320g de tomate-seco
4 colheres de sopa de tahine
2 cachos de manjericão fresco
2 limões siciliano (suco)
Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de fazer:
Preaqueça o forno a 180ºC e cubra uma assadeira com papel alumínio.Limpe os cogumelos e remova o miolo. Coloque-os na assadeira com a parte arredondada para baixo.Use um papel toalha para tirar o excesso de óleo dos tomates secos. Pique os tomates e o manjericão. Misture ambos com o tahine e o suco de limão. Tempere com sal e pimenta a gosto. Recheie os cogumelos com o mix de tomates e asse por cerca de 20 minutos na prateleira do meio.

Berinjela recheada com nozes

Ingredientes:
3 berinjelas médias
2 colheres de sopa mais 4 colheres de chá de azeite, divididas
2 cebolas vermelhas médias cortadas em cubos
3 xícaras de tomate cereja cortados na metade
¾ xícara de nozes picadas grosseiramente
2 ¼ colher de chá de canela moída
1 ½ colher de chá de orégano seco
¼ xícara de farelo de pão integral
⅔ xícara de queijo feta drenado e reduzido em gordura

Modo de fazer:
Corte as berinjelas ao meio longitudinalmente, tire o miolo e reserve, deixando as bordas com 1 cm de espessura. Corte o miolo retirado em pedaços de 1 cm. Polvilhe os pedaços e a canoa de berinjela com sal e deixe descansar por 25 a 30 minutos. Passado esse tempo, enxague tudo com água fria e seque. Ferva uma panela grande com água salgada e cozinhe as berinjelas em fogo brando por 5-8 minutos. Drene a água e seque-as. Em fogo médio, aqueça 1 colher de chá de azeite numa frigideira grande. Refogue as cebolas por 3 minutos, adicione a berinjela, os tomates, as nozes, a canela, o orégano e ¼ xícara de água. Tempere com sal e pimenta a gosto e cozinhe por 8 minutos ou até que os vegetais estejam castanhos, mexendo ocasionalmente;
Preaqueça o forno na temperatura máxima e, em uma tigela, misture o farelo de pão com 4 colheres de chá de azeite. Pincele cada casca de berinjela com ½ colher de chá de azeite e coloque-as na assadeira viradas para cima. Diminua a temperatura do forno para 190°C. Divida o recheio entre as canoas de berinjela. Polvilhe cada berinjela recheada com a mistura de farelo de pão e cubra com queijo feta. Asse por 35 minutos.

Macarrão com pesto de rúcula com limão

Ingredientes:
40g de massa integral (por ex.: penne, fusilli)
60g de ervilhas (frescas ou congeladas)
1/4 de abacate maduro
40g de rúcula
2 castanhas-do-pará
½ limão (raspas e suco)
4 colheres de chá de azeite de oliva

Modo de preparo:
Ferva água em uma panela. Cozinhe a massa de acordo com as instruções da embalagem juntamente com ervilhas e, em seguida, escorra.Misture o abacate, a rúcula, as castanhas-do-pará, o suco de limão e o azeite em fogo alto até ficar cremoso. Sirva o macarrão e as ervilhas cobertas com o pesto de rúcula e as raspas de limão.

Brownies gelatinosos

Ingredientes:
2 batatas-doces de médias para grandes
2/3 de xícara de amêndoas moídas
½ xícara de farinha de coco
14 tâmaras
4 colheres de sopa de cacau sem açúcar
3 colheres de sopa de xarope de bordo puro
1 pitada de sal
1 punhado de castanhas, cacau em lascas, ou coberturas adicionais (opcional)

Modo de fazer:
Preaqueça o forno a 180ºC. Descasque e corte as batatas em pedaços e ferva por 8-10 minutos. Em seguida, leve ao processador com as tâmaras sem semente.Coloque os ingredientes restantes em uma tigela antes de misturar com a batata-doce e as tâmaras e mexa bem. Coloque em uma assadeira forrada e asse por cerca de 20 minutos. Deixe fora do forno por 10 minutos para esfriar.

Sorvete de batata-doce vegano

Ingredientes:
½ xícara de batata-doce cozida e amassada
1 xícara de manteiga de amendoim cremoso sem aditivos
½ xícara + 2 colheres de sopa de xarope de bordo puro
1l de leite de coco (pode ser substituído por 1 ¾ xícaras de outro leite cremoso, como caju ou soja)
1 colher de sopa de extrato de baunilha
½ colher de chá de sal marinho fino

Modo de fazer:
Adicione todos os ingredientes em um liquidificador e bata até ficar homogêneo. Coloque a mistura em um recipiente para sorvete bem isolado e deixe no congelador por 2-3 horas. Não se esqueça de agitar o sorvete de vez em quando.

Bolo de cenoura com cobertura de iogurte grego

Ingredientes:
Para o bolo de cenoura:
1 ½ xícara de farinha de amêndoa
2 colheres de sopa de bicarbonato de sódio
1 colher de chá de noz-moscada moída
¼ colher de chá de gengibre
⅛ colher de chá de sal
¼ de copo de óleo de coco derretido
2 ovos grandes
1 colher de chá de extrato de baunilha
⅔ copo xarope de bordo (maple syrup)
½ xícara de iogurte grego natural
⅓ copo de leite de amêndoa sem açúcar
2 xícaras de cenouras raladas
½ xícara de passas

Para a cobertura:
1 ½ xícara de iogurte grego natural
2 colheres de sopa de xarope de bordo (maple syrup)
1 colher de chá de extrato de baunilha

Modo de fazer:
Preaqueça o forno a 175° C e Unte a forma com óleo de coco. Em uma tigela misture a farinha, o bicarbonato de sódio, a noz-moscada e o gengibre. Reserve.Em outra tigela misture os ovos, o óleo de coco, o extrato de baunilha, o xarope de bordo, o iogurte grego e o leite de amêndoas. Adicione os líquidos aos secos e mexa lentamente até misturar bem, então adicione as cenouras e as passas. Asse por 20-25 minutos. Deixe esfriar completamente à temperatura ambiente antes de colocar a cobertura. Para preparar a cobertura, bata o iogurte grego, o xarope de bordo e o extrato de baunilha. Espalhe sobre o bolo frio. Deixe descansar por 1-2 horas antes de cortar e servir.

Foto: Divulgação/Freeletics Nutrition

Fonte: Freeletics

Receitas veganas para preparar no Dia Mundial Sem Carne

Fabiana Chagas, proprietária da Master Fit, ensina três receitas incríveis para passar o dia com sabor e sem carne

Você sabia que hoje (20) é o Dia Mundial Sem Carne? A data surgiu em 1985 nos Estados Unidos, com a ONG Farm e é muito celebrada pelas comunidades vegana e vegetariana. Para marcar a ocasião, grupos e instituições no mundo todo realizam ações de conscientização sobre os efeitos do consumo de carne e dos benefícios de uma dieta livre de animais.

Apenas um dia sem consumo de proteína animal geram 14kg a menos de CO2 na atmosfera; 24 m² de terras são poupadas; 7 kg de grãos deixam de virar ração; e 3400 litros de água são poupados.

Fabiana Chagas, proprietária da Master Fit, ensina três receitas incríveis para passar o dia com sabor e sem carne.

Quiche Vegetariana de Ricota e Alho-poró

Ingredientes massa
2 xícaras (chá) de farinha de trigo integral
3 colheres (sopa) de azeite
1/4 xícara (chá) de Óleo de girassol
1/2 colher (chá) de sal

Ingredientes recheio
500g de ricota fresca macio
300g de alho-poró
2 colheres (sopa) de azeite
2 dentes de alho picados
90g de requeijão de soja
noz-moscada ralada a gosto
sal a gosto
pimenta-do-reino preta a gosto

Modo de preparo massa
Em uma tigela grande, coloque a farinha e o sal. Junte o azeite e aos poucos, mexendo e amassando com as mãos. Adicione o óleo até formar uma massa uniforme e que não grude nas mãos. Embale em plástico filme e leve à geladeira por 30 minutos. Enquanto isso prepare o recheio.

Modo de preparo recheio
Lave o alho-poró e use somente o a parte mais grossa. Escalde em água quente e esprema com as mãos para retirar toda água. Amasse bem a ricota com um garfo. Leve ao fogo uma frigideira, regue com o azeite e junte o alho, mexa por um minuto apenas para perfumar. Acrescente o alho-poro e refogue por cerca de 3 minutos, tempere com sal, pimenta e noz-moscada a gosto. Desligue o fogo e deixe amornar. Junte o requeijão e a ricota, misture bem para incorporar tudo. Reserve.

Montagem
Separe uma fôrma redonda de fundo falso, com cerca de 20 cm de diâmetro. Preaqueça o forno à 180ºC. Passado o tempo, retire a massa da geladeira e, com um rolo, abra um círculo maior que a fôrma. Transfira a massa para a fôrma e recheie. Leve ao forno para assar por cerca de 25 minutos ou até a massa ficar dourada. Retire do forno, deixe amornar. Desenforme e sirva a seguir.

Quibe vegano de abóbora

Ingredientes:
2 xícaras de triguilho
2 xícaras de abóbora
1 cebola pequena
1/2 maço de cheiro verde
1/2 xícara de hortelã
3 dentes de alho
1 colher de sopa de azeite
1 colher de chá de sal (a gosto)
1/2 limão

Modo de Preparo:
Comece colocando o trigo para quibe de molho em água morna por 40 minutos. Enquanto o triguilho está sendo hidratado vamos cozinhar a abóbora somente em água e preparar os temperos. Lave o cheiro verde e o hortelã, descasque e pique em pedaços grandes a cebola, retire a casca do alho. Vá colocando tudo dentro do processador de alimentos ou liquidificador. Vamos bater bem tudo até os temperos fiquem bem pequenos. Assim que a abóbora ficar macia escorra a água e reserve-a. Escorra a água do trigo de quibe, aperte bem para remover a água excedente e coloque o trigo de quibe numa bacia, adicione a abóbora e com a ajuda de um garfo vá misturando e apertando a abóbora para quem ela vire um purê e se misture bem com o triguilho até formar uma mistura homogênea. Coloque os temperos triturados e misture bem, adicione o sal a gosto, o azeite e o suco de limão. Unte um refratário com azeite ou óleo e despeje a massa do quibe de abóbora. Caso deseje faça cortes leves sobre a massa para deixar com uma aparência mais bonita e então leve ao forno preaquecido em potência média/alta por 40 minutos.

Mousse de Maracujá Vegana

Ingredientes:
1 xícara (chá) de castanha-de-caju crua
4 unidades de maracujá
1 xícara (chá) de água
5 colheres (sopa) de açúcar
1/2 colher (chá) de agar-agar

Modo de preparo
Deixe a castanha de molho por uma noite. Em seguida escorra, lave e reserve. Em um liquidificador, coloque a polpa de maracujá e a água e apenas pulse algumas vezes e coe. Coloque esta mistura em uma panela e adicione açúcar e o ágar-ágar. Assim que ferver conte 30 segundos e desligue. Bata muito bem essa mistura com as castanhas no liquidificador e coloque em tacinhas ou potinhos de sobremesa. Deixe gelar por 3 horas.

Dia Mundial Sem Carne: conheça três receitas com carne vegetal

Na busca pela conscientização sobre os impactos da produção de carne animal, brasileiros estão substituindo a proteína por outros alimentos

Hoje, 20 de março, é celebrado o Dia Mundial Sem Carne, data que se propõe a alertar sobre o impacto negativo que o consumo de carne de origem animal traz para o meio ambiente, saúde e economia. Além disso, mostra os benefícios de incluir nas refeições do dia a dia alimentos que substituem a proteína, como é o caso da carne vegetal.

“Com apenas um dia sem consumo da proteína animal na dieta, já é possível diminuir os impactos no meio ambiente que a indústria de carnes gera, como alta emissão de CO2 e consumo exagerado de água”, destaca a engenheira de alimentos Erika de Almeida. Além disso, apostar na carne vegetal é uma forma de adaptar os pratos e se beneficiar de uma alimentação ainda mais saudável e benéfica para o meio ambiente e para o corpo.

“Hoje em dia encontramos opções de carnes vegetais que trazem sabor e são ideais para a manutenção da saúde. O Vegetal Burger, por exemplo, é saudável, prático e saboroso e pode ser incluído na rotina da cozinha”, ressalta a analista de Pesquisa e Desenvolvimento da Jasmine Alimentos, empresa referência em alimentação saudável.

Confira três receitas com carne vegetal para incluir no cardápio da semana:

Panqueca fit com carne vegetal

Ingredientes – massa
2 ovos
2 xícaras (chá) de Farinha de Trigo Integral
2 xícaras (chá) de Biov Arroz + Cálcio Jasmine
Sal Marinho a gosto

Modo de preparo
Bata todos os ingredientes no liquidificador até obter uma massa lisa. Aqueça uma frigideira com um fio de azeite e coloque uma concha da massa. Faça movimentos circulares com a frigideira para que a massa cubra todo o fundo. Quando a massa começar a formar bolhas e a soltar do fundo da frigideira, vire a panqueca com o auxílio de uma espátula para dourar o outro lado. Transfira o disco para uma assadeira e repita o processo com o restante da massa, sempre adicionando um pouco de azeite antes de cada disco.

Ingredientes – recheio
160g de Mix Para Vegetal Burger Jasmine
200 ml de água
½ cebola picada
2 dentes de alho picados
1 colher (sopa) de azeite
1 colher (chá) de Sal Marinho
1 colher (chá) de páprica doce
Salsinha e cebolinha a gosto
3 colheres (sopa) de Molho de Tomate Tradicional

Modo de preparo
Adicione todo o conteúdo de 2 pacotes de Mix para Vegetal Burger em uma vasilha e acrescente a água. Reserve. Em uma panela, adicione o azeite e refogue a cebola e o alho. Transfira o mix para a panela, tempere com o sal e a páprica, acrescente a salsinha e a cebolinha e, por fim, o molho de tomate. Recheie as panquecas e sirva em seguida.

Strogonoff de carne vegetal

Ingredientes – recheio
80g de Mix Para Vegetal Burger Jasmine
200g de champignon
200g de creme de leite
300g de Molho de Tomate Tradicional
2 colheres de sopa de molho inglês
1 cebola pequena
5 dentes de alho
Sal Atlantis Jasmine a gosto

Modo de preparo
Adicione todo o conteúdo do Mix para Vegetal Burger em uma vasilha e acrescente a água. Reserve por 10 minutos. Em uma panela, coloque a cebola e o alho para refogar. Enquanto refoga os outros ingredientes, escorra e seque bem o Vegetal Burger, espremendo bem com um papel toalha e tirando toda a água. Modele em pequenos pedaços e adicione à panela junto com o champignon, tempere com sal e pimenta, misture tudo e deixe por uns 5 minutos. Depois coloque todos os outros ingredientes (se você gosta de strogonoff mais branquinho, use menos molho de tomate), misture tudo, e deixe cozinhar em fogo médio por mais uns 10 minutinhos. Em seguida, pode servir.

Tacos Mexicanos com quinoa, lentilha e carne vegetal

Ingredientes – tacos
2 xícaras (chá) de Farinha de Trigo Integral
1 ½ colheres (chá) de fermento em pó
4 colheres (sopa) de óleo
½ xícara (chá) de BioV de Arroz com Cálcio Jasmine
1 colher de sopa de Amaranto em Flocos Orgânico
Sal Atlantis Jasmine a gosto

Modo de preparo
Misture todos os ingredientes em uma tigela com a ajuda de uma colher ou de um garfo. Espalhe um pouco de farinha sobre a mesa e sobre ela sove a massa por dois minutos. Transfira a massa para uma tigela, cubra com um pano e deixe descansar por 30 minutos. Divida a massa ao meio e então em pequenas bolinhas e deixe-as descansando por mais 10 minutos. Com a ajuda de um rolo de madeira, abra as bolinhas em discos. Em uma frigideira antiaderente, frite os tacos por cerca de 2 minutos de cada lado.

Ingredientes – recheio
80g de Mix para Vegetal Burger Jasmine hidratado
1 xícara (chá) de Quinoa Real em Grãos cozida
1 ½ xícaras (chá) de lentilha cozida
1 colher (sopa) de chilli em pó (opcional)
2 colheres (chá) de cominho em pó
1 colher (chá) de coentro em pó
1 colher (chá) de páprica defumada em pó
Sal e pimenta caiena a gosto

Modo de preparo
Hidrate o Mix para Vegetal Burger em 1 copo de água morna por 30 minutos. Em uma tigela, misture todos os ingredientes. Transfira a mistura para uma frigideira e aqueça. Espalhe sobre os tacos. Para finalizar, acrescente os adicionais da sua preferência, como abacate, tomate e cebola roxa fatiados.

Fonte: Jasmine Alimentos

Dia Mundial Sem Carne comemora 35 anos hoje

Programa Segunda Sem Carne (SSC) registrou crescimento de 20% em relação a 2019, com mais de 80 milhões de refeições a base de vegetais servidas nos estabelecimentos parceiros.

O Dia Mundial Sem Carne é comemorado hoje (20), como o maior símbolo dos benefícios da alimentação a base de frutas, verduras, grãos e legumes na saúde das pessoas. Criada em 20 de março de 1985, a data representa mais de três décadas de trabalho dos movimentos vegetariano e vegano em todo o planeta.

Para a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB), os números são igualmente relevantes. Criada há pouco mais de 17 anos, a organização fechou o ano passado com núcleos ou grupos presentes em 50 cidades do Brasil, promovendo a alimentação vegetariana como uma escolha ética, saudável, sustentável e socialmente justa.

Promoção do veganismo

vegetariano

Mais de 1,2 mil cozinheiros e 52 nutricionistas foram capacitados por meio da SSC, no último ano. Com os resultados alcançados por meio das refeições vegetais, cerca de seis toneladas de carne deixaram de ser consumidas ano. O meio ambiente foi poupado em um bilhão de litros de água, 981 mil metros quadrados de área agrícola, 331 mil toneladas de grãos (que poderiam alimentar quase cinco milhões de pessoas), além de 400 mil toneladas de gases que contribuem para o efeito estufa, que deixaram de ser emitidos na atmosfera.

O programa Opção Vegana (OPV) foi outro grande canal de promoção do veganismo, oferecendo consultoria gratuita e levando a alimentação a base de vegetais para mais de 1,4 mil estabelecimentos comerciais, em diversos locais do Brasil. O Curso de Capacitação em Nutrição Vegetariana, por sua vez, capacitou mais de três mil profissionais que atuam na área da saúde.

Defesa dos animais

cruelty-free-grey820

A SVB ainda foi reconhecida, pelo segundo ano consecutivo, como uma das nove instituições sem fins lucrativos mais eficazes do mundo na defesa da causa animal. A avaliação foi feita pela Organização Internacional Animal Charity Evaluators (ACE), referência mundial no setor, e considerou o trabalho de 166 organizações que atuam no mundo.

Sociedade Vegetariana Brasileira

Fundada em 2003, a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB) é uma organização sem fins lucrativos que promove a alimentação vegetariana como uma escolha ética, saudável, sustentável e socialmente justa. Por meio de campanhas, programas, convênios, eventos, pesquisa e ativismo, a SVB realiza conscientização sobre os benefícios do vegetarianismo e trabalha para aumentar o acesso da população a produtos e serviços vegetarianos. Para mais informações, acesse http://www.svb.org.br ou os nossos perfis no Instagram, Facebook e Youtube.