Arquivo da tag: doctor feet

Lixar os pés com frequência pode prejudicá-los?

O hábito de lixar demais os pés é extremamente prejudicial, além de não os manter mais jovens e macios

Responda sem pensar. Qual a parte do seu corpo que merece uma atenção especial durante o inverno? Se a sua resposta foi os pés, você acertou. É durante esta estação que eles ficam com a pele ressecada, com rachaduras e precisam de cuidados especiais.

A primeira atitude escolhida pela maioria das pessoas é lixar sempre os pés, quando ele apresenta uma pele grossa que se forma, principalmente, nos calcanhares, o que se configura em um grave erro. Segundo Cristina Lopes, podóloga e coordenadora técnica da Doctor Feet, é preciso atenção na hora de lixá-los, já que o excesso pode deixá-lo ainda mais grosso.

doctor feet pes.jpg

“Toda vez que a pele recebe algum tipo de atrito, faz com que engrosse mais. É como se você tirasse uma proteção natural do nosso corpo e que, para se defender, reconstitui o local com uma camada mais grossa ainda. O ideal é procurar um especialista a cada 30 dias”, explica Cristina.

pés lixando getty images.png
Getty Images

Uma alternativa à temida lixa é o tratamento de hidratação com argila, conhecida como argiloterapia, que não possui nenhuma contraindicação e é feito com a utilização do material enriquecido com óleo essencial. O tratamento com este tipo de produto age como cicatrizante e auxilia na renovação do tecido, promovendo uma hidratação profunda e prolongada, além de fechar algumas fissuras encontradas no local onde for aplicado.

argila para tratamento de beleza dreamstime
Dreamstime

A argila utilizada é a branca, que possui propriedades cicatrizantes e de rápida renovação do tecido, e o efeito é percebido desde a primeira aplicação, embora a duração pode variar de acordo com o nível dos problemas apresentados por cada pessoa. Para aumentar a eficácia, os pés devem receber uma esfoliação antes da aplicação da argila, o que aumenta a penetração do produto, e deverá agir por cerca de 20 minutos no local.

Fonte: Doctor Feet

Cuidados ao fazer as unhas fora de casa: veja dicas de como evitar contaminação

Especialista da Doctor Feet ensina dicas para proteger a saúde ao frequentar salões e esmalterias para cuidar das mãos e dos pés

Quem não quer as unhas sempre bem-feitas e bonitas? A praticidade dos serviços de manicure faz com que muitas pessoas busquem regularmente salões e esmalterias para este fim, porém, deve-se levar em consideração os riscos de contaminação ao realizar o procedimento sem checar os cuidados com a higiene e manipulação dos produtos utilizados.

Segundo Cristina Lopes, podóloga e coordenadora técnica da rede Doctor Feet, algumas medidas, fiscalizadas antes do atendimento, podem evitar qualquer problema. “A remoção da cutícula cria pequenas aberturas por onde existe a chance de contaminação. Essas lesões são a principal porta de entrada para vírus e bactérias, além de outros riscos relacionados a técnica, como o enfraquecimento das unhas, micoses e a descamação”, comenta.

A especialista dá algumas cuidados para prevenir doenças e evitar fungos e bactérias. Veja abaixo:

– Atente-se sobre a esterilização dos instrumentos

esterelizador manicure aliexpress
AliExpress

Verifique se no local existe uma autoclave e veja como os instrumentos são manipulados. Se estiverem embalados em plástico é um bom sinal. Apesar da obrigação de esterilizar todos os instrumentos, é possível que você não conheça a procedência do estabelecimento na primeira visita. Segundo Cristina, um instrumento infectado pode transmitir doenças como, micoses bactérias e até mesmo hepatite B e C.

– Levar o seu próprio material não garante que ele esteja estéril

manicure-unhas

É comum ouvir a orientação de levar os próprios instrumentos, porém, isso não garante que ele esteja estéril e livre de contaminação. A autoclave, que funciona através da esterilização por vapor, é o principal meio de garantir a assepsia dos alicates e espátulas.

– Verifique se alguns itens são descartados

manicure dedo unhas píxabay

Lixas, palitos de unha e saquinhos devem ser descartados e substituídos após cada uso. Veja se a profissional utiliza novos itens antes de começar. Os vasilhames para imergir as mãos e os pés também devem estar cobertos com plástico, que devem ser trocados a cada atendimento.

– Não utilize separadores de dedo

separador de dedos pés.jpg

Muitas profissionais usam separadores de dedo de E.V.A e outros materiais. No mesmo local onde eles são posicionados ocorrem as frieiras e outras infecções por vírus e fungos, que podem ser transmitidas de uma pessoa para outra. O correto é utilizar algodão ou papel entre os dedos.

– Veja se a profissional usa acessórios de segurança

manicure- unhas beleza pixabay

O uso de instrumentos cortantes exige que a profissional use luvas descartáveis e máscara para proteger a sua própria saúde e a do cliente. “Na Doctor Feet existe o procedimento de entregar um equipamento de proteção individual as podologas, para que, desta forma, nossos clientes estejam totalmente protegidos.” comenta a especialista.

– Toalhas devem ser de papel

freepik unhas manicure
Freepik

O uso da toalha de algodão para secar as mãos ou tirar o resíduo de creme é comum, porém, pode ser perigoso. O melhor é que a manicure use apenas papel toalha ou produtos semelhantes descartáveis. Mesmo quando individual, essas toalhas precisam ser lavadas em água quente e com produtos específicos para que não haja contaminação, o que não ocorre normalmente.

– Busque um médico no caso de inflamação por longo período

medico-consulta

Lesões nas cutículas são comuns durante o processo, porém, se elas permanecerem por mais de 5 dias, procure um dermatologista para evitar grandes complicações.

Fonte: Doctor Feet

Doctor Feet lança tratamento quente para o inverno

Rede de podologia investe em novos produtos e passa a oferecer cremes quentes em todas as unidades

Com o mote da campanha “Xô Frio! Seus pés aquecidos e bem cuidados nesse inverno”, a Doctor Feet, maior rede de podologia do Brasil, lança no mês de julho seu mais novo procedimento. Com o objetivo de proporcionar maior conforto durante a sessão, o Tratamento de Podologia Quente, serviço desenvolvido exclusivamente pela rede e destinado para todos os públicos – homens, mulheres, atletas, idosos, crianças e gestantes -, já está disponível em todas as unidades de São Paulo/do país pelo valor promocional de lançamento de R$ 119,00, que corresponde ao atual tratamento tradicional completo.

Aplicado para assepsia e emoliência, momentos de higienização e preparo dos pés para posterior limpeza das cutículas, assim como desbaste de calosidades, o acondicionamento em equipamento apropriado o mantém em temperatura elevada, fator essencial para provocar a confortável sensação durante todo o procedimento. O lançamento vem para corroborar com a proposta da Doctor Feet de ser referência em tratamento para os pés e tornar cada vez mais agradável a experiência nas cabines de atendimento.

Doctor-Feet.jpg

Informações: Doctor Feet

Sete dicas para ter pés bem cuidados durante o inverno

Botas e sapatos fechados no período criam o ambiente perfeito para micoses e unhas encravadas; especialista ensina como evitar esses problemas

Durante a estação mais frias do ano é comum existir um descuido maior com os pés, que deixam de ser exibidos e passam a maior parte do tempo cobertos. Essa condição cria o ambiente perfeito para a proliferação de fungos e bactérias, que causam as temíveis frieiras e micoses, além do também ressecamento típico do período. Segundo Cristina Lopes, podóloga e coordenadora técnica da rede Doctor Feet, é essencial existir uma rotina de cuidados diários nessa época, que exige atenção redobrada para evitar essas patologias.

“As pessoas se esquecem ou deixam de cuidar dos pés nesta estação por conta da pouca necessidade de exibi-los, mas a questão é que nesse período os riscos são maiores”, comenta Cristina, que lista abaixo sete dicas para evitar qualquer contratempo:

– Sapatos confortáveis

shoestock___bota_couro_montaria_de_r__499_99_por_r__299_99
Escolha sempre sapatos confortáveis que não apertem as unhas e os dedos para evitar o encravamento das unhas.

– Meias de algodão

pés frio lareira
Dê preferência às meias de algodão, que absorvem melhor o suor dos pés e permite que eles respirem, evitando a proliferação de fungos e bactérias.

– Alterne o uso dos sapatos

pés sapatos
Troque os sapatos sempre que utilizá-los e deixe-os em local arejado por algumas horas após o uso.

– Hidrate os pés diariamente

pés
Use cremes específicos para a região dos pés e mantenha eles sempre hidratados. Durante o inverno é comum existir um ressecamento maior e por isso o uso de creme específico deve ser diário.

– Produtos bactericidas

produto sapato bactericida
A utilização desses produtos nos sapatos e nos pés evita que fungos e bactérias se proliferam.

– Seque bem os pés

mulher usando oleo creme pernas corpo
Após o banho seque bem o vão dos dedos e os pés para evitar o aparecimento de micoses e frieiras

– Procure um podólogo regularmente

podologo pixabay
Busque um podólogo ao menos duas vezes por mês. O corte correto da unha, seguindo o formato certo dos dedos, é analisado pelo profissional e impede o encravamento.

Fonte: Doctor Feet

Carnaval – dicas para aproveitar as festas sem ter problemas com os pés

Bloquinhos de rua, desfiles e muito samba no pé – e haja pé para tantos dias de folia. A curtição do carnaval exige alguns cuidados básicos com esses dois protagonistas, que serão responsáveis por sustentar o corpo por horas a fio sem descanso. Segundo Valéria Vieira, podóloga e coordenadora técnica da rede Doctor Feet, o principal risco está relacionado a pisões e colisões, já que o contato com multidões nesses eventos é comum.

Além desses, outros riscos, como a fascite plantar e bolhas por atrito, podem ocorrer se não tomadas algumas medidas de prevenção. A especialista lista alguma dicas para evitar qualquer tipo de problema, confira:

mulher tenis rua pixabay
Pixabay

=Escolha sapatos fechados com absorção de impactos, como os tênis
=Não use chinelos, sandálias ou sapatilhas e não fique descalço em grandes multidões
=Use palmilhas ou calcanheiras se for ficar muito tempo em pé

saltocarnav_133719153
=Se usar salto, evite as bolhas usando protetores de dedo feitos de silicone, gel e adesivo, assim como o calcanhar
=Beba muita água para evitar a desidratação
=Em caso de dores, use um massageador específico para os pés ou mergulhe-os em uma bacia com água gelada por 30 minutos

escalda pés healthextremist
Foto: HealthExtremist

= Faça um escalda pé com óleos essenciais ou ervas para relaxar
=Coloque os pés para cima depois da folia e, se possível, durma com eles assim
=Ah, e outra dica muito importante: sexo só com camisinha! Seguindo esses e outros conselhos você poderá curtir as festas sem preocupação.

Fonte: Doctor Feet

Doctor Feet traz novidades para o cuidado dos pés

O uso terapêutico da argila remonta aos egípcios e outros povos antigos que conheciam seus efeitos purificadores e atribuíam-lhe uma grande força curativa. No início do século XX, naturopatas alemães entre eles Kneipp, Kuhn, Just e Felke, foram os que mais contribuíram para o renascimento do emprego da argila no contexto dos tratamentos naturais.

De origem mineral, a argila traz em sua composição ferro, magnésio, cálcio, sódio, potássio e muitos outros elementos vitais, pois possui a propriedade de irradiar a energia (radioatividade) do solo, do ar e da água transmitindo vitalidade ao organismo. Entretanto, é preciso tomar cuidado para que o produto seja de boa procedência e não esteja contaminado por poluição e agrotóxicos.

“As argilas medicinais são ótimas aliadas nos tratamentos estéticos, atuando como um dos mais poderosos bactericidas, inibindo o desenvolvimento dos germes patogênicos e favorecendo a regeneração celular, curando com rapidez feridas e úlceras. Também possui um grande poder cicatrizante na epiderme e na derme, que regeneram sem deixar cicatrizes, devido à alta concentração de silicato de alumínio que possui. Além disso, seu uso promove a esfoliação, suaviza e acalma a pele”, afirma Cristina Lopes, coordenadora técnica da Rede Doctor Feet.

Argiloterapia

Por todas essas propriedades, a Doctor Feet desenvolveu uma fórmula exclusiva com argila branca – indicada para peles sensíveis e desidratadas – para o tratamento e cuidados dos pés.

A argila utilizada pelos podólogos da Rede já vem pronta em um sachê, com a mistura e dosagem certas para uso imediato. É muito importante que antes do processo os pés estejam limpos e higienizados. O tratamento é feito aplicando-se o conteúdo nos pés, até que seque. O produto é retirado com água e o procedimento é finalizado com creme hidratante.

Desde novembro, o tratamento de argiloterapia estará sendo oferecido em todas as 78 lojas da rede Doctor Feet. O atendimento é feito com hora marcada e traz melhores resultados quando combinado com o tratamento tradicional de podologia.

Informações: Doctor Feet