Arquivo da tag: duoflex

Travesseiro ideal: isso existe?

Especialista da Duoflex explica os detalhes sobre escolha e conservação do produto

A conquista de uma boa noite de sono pode depender de diversos fatores, desde alimentação balanceada à qualidade de colchões e travesseiro. Mas será que existe um travesseiro ideal para todos os tipos de pessoa? De acordo com a consultora do Sono da Duoflex, Renata Federighi, o que existe é um travesseiro que se adapta melhor às necessidades de cada um. Pensando nisso, a especialista separou algumas dicas para quem quer aprender a escolher e conservar esse importante parceiro do sono.

Há três pontos fundamentais para levar em conta na hora da escolha de um travesseiro: a posição em que você dorme, seu biótipo e, claro, o gosto pessoal. Sobre os primeiros pontos, a especialista explica: “O produto deve preencher o espaço entre a cabeça e o colchão e proporcionar alinhamento da coluna cervical com o tronco. Em termos práticos, significa que ao deitar de lado, o pescoço deve formar um ângulo de 90º com o ombro”.

Questões pessoais, por outro lado, interferem em pontos como o toque e suporte da espuma – macia, média ou firme; formato – tradicional ou anatômico; conforto térmico; proteção antiácaro, dentre outros. “Uma pessoa alérgica dá maior atenção à proteção, enquanto alguém que produz muito suor prioriza o frescor do travesseiro”, comenta. “São detalhes que fazem toda a diferença na hora de dormir. Lembrando que uma noite de sono ruim pode gerar alteração no humor, extremo cansaço, agitação ou até mesmo problemas de circulação e cardíacos, a longo prazo”, completa a especialista.

mulher domindo cama sono c_scott pixabay
Foto: C_Scott/Pìxabay

Outro ponto importante de atenção é o prazo de validade dos travesseiros. Sim, isso existe! Um travesseiro produzido em espuma especial de alta qualidade pode durar anos, porém, por se tratar de um produto de uso diário, acaba acumulando umidade, gordura, suor e outras secreções, o que facilita a proliferação de ácaros. “O ideal é realizar a troca dos travesseiros a cada dois anos”, alerta Renata.

É claro que pode haver higienização caseira, mas é preciso ter cuidado também com esses processos. “Manter um travesseiro em exposição direta ao sol pode elevar a temperatura de sua espuma de maneira exagerada, deixando o ambiente ainda mais propício à proliferação de bactérias. O ideal é arejar o travesseiro em luz indireta, protegido por uma fronha”, conclui a consultora.

Sugestões de produtos

Natural Látex

natural latex.jpg

Produzido em espuma de látex natural extraído da seringueira, o Natural Látex é composto por milhões de células abertas e centenas de furos, que permitem maior ventilação e evaporação e mantém o travesseiro sempre seco e fresquinho. Por ser altamente elástico, seu uso é recomendado para pessoas que necessitam de um travesseiro com maior sustentação para cabeça durante o sono e transpiram muito durante a noite.

Nasa

nasa.jpg

Macio e automoldável, o travesseiro Nasa adapta-se melhor ao contorno do corpo, oferecendo menor pressão e maior capacidade de absorção do peso da cabeça e do pescoço. Por ser termossensível, a espuma Nasa acompanha a temperatura corporal, proporcionando maior conforto térmico e uma agradável sensação de aconchego, sendo seu uso especialmente indicado para pessoas que apreciam travesseiros macios e confortáveis.

Gelflex Nasa

gelflex.jpg

O travesseiro Gelflex Nasa alia a suavidade e o conforto da espuma Nasa a uma manta de gel, proporcionando um toque ainda mais gostoso e fresquinho, sendo especialmente indicado para pessoas que apreciam o toque e a maciez do Nasa, porém não abrem mão de um travesseiro mais fresco.

Ventsoft

ventsoft.jpg

Ventsoft é produzido em espuma especial de poliuretano extra macia. Seu alto poder de ventilação, permite eliminar a umidade e a transpiração, retardando o aparecimento de odores desagradáveis ocasionados pelo suor. Com leveza e frescor incomparáveis, proporciona máximo prazer ao repouso e uma noite de sono agradável e relaxante, sendo especialmente indicado para pessoas que apreciam travesseiros extremamente macios e fofinhos.

Fonte: Duoflex

Páscoa: descubra os efeitos do chocolate no sono

Se houver exageros, alto índice de cafeína presente na guloseima pode prejudicar o descanso

Páscoa é sinônimo de se deliciar com uma variedade de ovos de chocolate. É nesta época que o consumo de um dos doces mais queridos do mundo aumenta e os exageros acontecem. Apesar de ser motivo de alegria, tanto da criançada quanto dos adultos, em excesso pode acarretar prejuízos à saúde, principalmente ao sono.

O chocolate contém cafeína em doses que variam de acordo com o tipo. As versões meio amargas são as campeãs: a cada 450 gramas, são 30 miligramas da substância, o que equivale a uma xícara de chá instantâneo. “Parece pouco, mas o descanso noturno pode ser prejudicado, principalmente se há alta ingestão do alimento próximo ao horário de dormir”, conta a Consultora do Sono da Duoflex, Renata Federighi.

chocolate escuro

“Em doses moderadas, a cafeína produz ótimo rendimento físico e intelectual, aumenta a capacidade de concentração e auxilia na reação aos estímulos sensoriais. Já em doses exageradas, esse consumo pode causar sintomas que comprometem o sono, como ansiedade, nervosismo, tremores musculares e taquicardia”, completa.

Um estudo da instituição americana National Sleep Foundation (Fundação Nacional do Sono), mostrou que o efeito da cafeína presente em uma barra de chocolate tem duração de três a quatro horas no corpo, chegando a 12 horas dependendo do organismo. “Por isso, para que a qualidade do sono não seja afetada, recomenda-se ingerir o doce pelo menos três horas antes de dormir e evitar exageros”, orienta Renata.

mulher comendo sorvete na cama

Apesar dos cuidados necessários, vale lembrar que 50 gramas de chocolate por dia, estimula a produção de serotonina, responsável pelo relaxamento do corpo e pela sensação de bem-estar. “Com moderação, a guloseima pode se tornar um aliado à saúde. O meio amargo é o mais indicado para uma alimentação saudável”, finaliza a consultora da Duoflex.

Fonte: Duoflex

Boas noites de sono são fundamentais para o bem-estar da mulher

Dormir bem evita o estresse e melhora a disposição para enfrentar a rotina do dia a dia

Muitas vezes, os compromissos e as tarefas do dia a dia podem deixar a rotina da mulher ainda mais agitada. Para enfrentar essa correria, boas noites de descanso são essenciais. Segundo pesquisa da Universidade de Duke, nos Estados Unidos, quando o assunto é sono, o sexo feminino tem padrões diferentes do masculino.

cama mulher sono dormir pixabay dieter robbins
Foto: Dieter Robbins/Pixabay

“Devido à diferença hormonal, o público feminino precisa de mais horas dormidas para manter a mesma disposição, se comparado ao sexo oposto” explica Renata Federighi, Consultora do Sono da Duoflex.

Outro estudo, realizado pelo Instituto do Sono da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), mostrou que as mulheres levam mais tempo para adormecer, porém o tempo do sono mais profundo (REM) é mais longo. Além disso, elas são mais propensas a terem sonhos ruins, os chamados pesadelos.

“Elas têm alterações hormonais que prejudicam o sono normal, como o período menstrual, a menopausa e a gravidez. A progesterona (hormônio feminino) tem papel fundamental nos mecanismos reguladores do sono. Tanto que as mulheres em pós menopausa, por exemplo, apresentam queda na qualidade e no número de minutos de sono”, esclarece a consultora.

Além disso, as mulheres estão mais propensas a desenvolver doenças cardíacas e depressão quando não dormem bem durante um período longo da vida.

Outra preocupação recorrente entre as mulheres é com a aparência. E ao contrário do que se imagina, sono da beleza não é só uma expressão. De acordo com Renata, o corpo produz hormônios associados ao estresse quando não há repouso adequado.

“Isso altera funções vitais e provoca vasoconstrição, ou seja, palidez e cansaço. Dormir menos do que precisamos deixa a pele sem brilho, com aumento dos vincos e flácida, pois o hormônio do crescimento, que é responsável pelo tônus muscular e pela renovação celular, é liberado em grande quantidade enquanto dormimos. As olheiras também se acentuam, o que faz com que a aparência fique ainda mais abatida”, explica.

Cerca de 40% da população apresenta algum tipo de distúrbio do sono

Conhecer estas particularidades é essencial para se garantir horas de sono realmente reconfortantes e, consequentemente, o bom funcionamento do organismo. Outras práticas podem ajudar a ter boas noites de sono.

“É importante se atentar à postura, usar um travesseiro e colchão que ofereçam conforto e sustentação para a cabeça e corpo, preservando a curvatura natural e alinhando a coluna, seguir uma alimentação saudável e hidratar-se bem, manter o ambiente arejado e o mais silencioso e escuro possível e evitar atividades estimulantes antes de dormir”, orienta a consultora do sono da Duoflex.

Fonte: Duoflex

Dez dicas para pular carnaval sem perder o sono

Especialista orienta sobre como dormir bem durante os dias de folia para não prejudicar a saúde

A época de carnaval é sinônimo de festa, diversão e folia. Mas pode estar atrelada também à exageros, ingestão regular de bebidas alcoólicas, desgaste físico e noites mal dormidas. Isso tudo, certamente, compromete o bom equilíbrio do organismo e a saúde do sono, já que, o indivíduo acaba saindo da rotina.

No feriado prolongado, muitas pessoas entram na folia e deixam o sono de lado. O aumento da fadiga pode causar problemas mais sérios relacionados à saúde, gerando sintomas que não combinam com a alegria do carnaval, como irritabilidade, dor de cabeça, mau humor e sintomas de resfriado, devido à queda na imunidade. “Neste período muitos excessos acontecem, no entanto, é importante que os hábitos saudáveis sejam mantidos, para que a saúde não seja afetada”, explica a Consultora do Sono da Duoflex, Renata Federighi.

A especialista dá algumas dicas para manter o sono em dia e minimizar os problemas que podem surgir decorrentes de noites maldormidas.

mulher-dormindo-sono

=Dormir bem é fundamental. O corpo fica totalmente desajustado no carnaval e dormir bem vai ajudá-lo a descansar e recarregar as energias.

kiwi

=Hidrate-se. Reponha as vitaminas e os minerais que o organismo precisa bebendo bastante líquido e aumentando o consumo de frutas e vegetais. A melancia, o mamão, o kiwi, o abacaxi, as folhas verdes, o leite, os sucos de frutas e a água de coco são excelentes opções para inserir no cardápio, pois contêm grandes quantidades de água em sua composição.

Travesseiro Alemão Medicott Dream And Comfort

=Utilize o travesseiro correto. Mais do que uma boa noite de sono, o travesseiro é responsável pela saúde do corpo, pois alinha a coluna cervical com o tronco, melhorando a circulação sanguínea e facilitando os estímulos do cérebro aos demais órgãos. Isso permite que a pessoa levante bem disposta e sem dores no corpo no dia seguinte.

alcool carnaval margarita

=Cuidado com o álcool. Intercale a bebida alcoólica com água. Isso ajuda a diluir a concentração de álcool no sangue. Além disso, tente evitar o consumo do álcool uma hora e meia a duas horas antes de ir dormir. Ao contrário do que muitos pensam, a bebida alcoólica não relaxa. Após alguns goles, ela pode afrouxar as estruturas da região da faringe, comprometendo a respiração, causando ronco e atrapalhando o sono.

cama mulher relaxar
Pixabay

=Relaxe. Para evitar dores no corpo no dia seguinte e relaxar, faça alguns movimentos leves de alongamento, até 3 ou 4 horas antes de se deitar. Ao liberar a adrenalina, o exercício físico aquece e relaxa a musculatura, evitando lesões, dores musculares e problemas ortopédicos.

Cerca de 40% da população apresenta algum tipo de distúrbio do sono

=Silêncio e ambiente escuro. Para que haja um descanso completo do corpo e da mente é necessário silêncio e concentração, portanto, fuja de barulhos. Além disso, mantenha sempre as luzes apagadas, pois na claridade a produção de melatonina – hormônio indutor do sono – e do cortisol – responsável pela sensação de prazer e bem-estar – é interrompida, causando sensação de cansaço pela manhã.

alimentação-saciedade
Foto: Shutterstock

=Alimentação leve. Refeições pesadas antes de deitar podem prejudicar o sono, principalmente se ingerir alimentos que aumentam os níveis de insulina e que mexem com o metabolismo. Quanto maior a refeição noturna, maior a dificuldade de digestão e pior o sono.

relogio despertador cafe

=Horários regulares de sono. Para um sono revitalizador, um indivíduo adulto precisa dormir, em média, oito horas por dia (isso pode variar um pouco de pessoa para pessoa). Só assim o corpo consegue realizar todas as funções que ocorrem durante o período noturno, além de alcançar o descanso merecido.

CAM100815771 quarto

=Ambiente arejado. Tente dormir em locais bem ventilados, com roupas leves e com travesseiros que se mantém numa temperatura mais fresca durante o sono.

GettyImages mulher ressaca

=Diversão e responsabilidade. Os exageros são perigosos e o corpo precisa recuperar as energias, para que, no dia seguinte, as pessoas se mantenham dispostas e, sobretudo, com a saúde em dia. Sendo assim, a melhor receita para curtir a folia, é se divertir com sensatez e respeitar os limites do corpo.

Fonte: Duoflex