Arquivo da tag: emagrecentro

Não era saudável, era cilada: descubra três erros que estragam a dieta

O CEO do Emagrecentro, Edson Ramuth, explica quais são os erros mais comuns na hora de perder peso de forma saudável

Já ouviu falar que para emagrecer basta cortar o jantar? Ou que trocar comidas sólidas por sopa é o suficiente para uma dieta saudável? Algumas informações que circulam pela internet parecem até saudáveis, mas são verdadeiras ciladas para quem quer ou precisa perder peso e diminuir medidas. O médico Edson Ramuth, CEO do Emagrecentro, desmistificou três fake news sobre emagrecimento com saúde.

Trocar sólidos por líquidos: até parece uma boa ideia trocar a comida sólida por líquidos, mas a verdade é que o que conta são as calorias, carboidratos e os nutrientes envolvidos na refeição. As sopas, cremes e shakes são uma delícia e podem ser uma opção saudável, contudo, não é o estado dos alimentos que vai garantir que o indivíduo perca peso ou não. Um copo de vitamina pode apresentar muito mais carboidratos em sua composição do que um prato de filé com verduras, uma refeição mais interessante nutricionalmente, por exemplo.

Pular refeições e passar fome: parece até dica de emagrecimento da vovó ‘fechar a boca’. No entanto, a ciência envolvida nas técnicas de emagrecimento evoluíram e hoje mostram que passar fome pode até ter o efeito reverso e prejudicar a perda de peso. “Hoje, a medicina entende que pode ser mais interessante ter um cardápio variado e com refeições nutritivas ao longo do dia, como no método 4 fases. Do contrário, a chance do paciente abandonar o tratamento é muito maior”, afirma Ramuth. O método mencionado acima pelo profissional é baseado em estudos científicos e que consiste num plano dividido nas etapas de desintoxicação, emagrecimento, reeducação alimentar e manutenção de peso.

Pixabay

Saudável não significa baixa caloria: contar calorias é um erro. No entanto, é preciso saber usá-las de maneira inteligente. Muitas pessoas confundem alimentos saudáveis com opções menos calóricas e não é verdade. Por exemplo, nozes e castanhas devem fazer parte da dieta, mas é preciso ficar de olho na quantidade. As oleaginosas podem ser consideradas hiperpalatáveis, ou seja, é superfácil acabar com um pacote de amendoim sem perceber. Apesar de supernutritivos, em grande quantidade podem atrasar os resultados.

Dica Final: decidir que vai incluir hábitos saudáveis na rotina é uma decisão que traz muitos benefícios. O que não é nada saudável é começar com dietas e exercícios sem auxílio profissional. “O entusiasmo é muito importante, mas se perde quando os resultados não são como o esperado. É uma mudança de vida e, por isso mesmo, no Emagrecentro realizamos um acompanhamento semanal que leva, no mínimo, cinco semanas, porque sabemos que não é do dia para a noite que se conquista um bom resultado”, finaliza.

Sobre a Emagrecentro
Referência nas áreas de emagrecimento e estética corporal, a Emagrecentro foi fundada pelo médico Edson Ramuth em 1986 e entrou para o franchising em 1994. A rede que oferece tratamentos a preços acessíveis atualmente conta com 250 unidades no Brasil e cinco nos Estados Unidos com a bandeira de Best Shape.

Especialista dá dicas de como emagrecer depois dos 50 anos

Você sabia que é possível emagrecer depois dos 50? Confira algumas dicas para entrar em forma sem abrir mão da saúde

Se perder peso parece que ficou mais difícil com o passar dos anos, saiba que você não está só. Com o avanço da idade, é natural que o organismo perca massa muscular mais facilmente, diminuindo o gasto energético diário. A desaceleração associada a hábitos inadequados, influencia o resultado na balança.

Contudo, com algumas mudanças, é possível entrar em forma com saúde em qualquer etapa da vida. Há 35 anos à frente da Emagrecentro, rede especializada em emagrecimento saudável, o médico Edson Ramuth separou as principais estratégias para obter resultados positivos.

Nada de receitas milagrosas

Durante o processo de emagrecimento, é comum receber dicas e receitas milagrosas de outras pessoas. Algumas são inofensivas e podem ajudar, mas nada de automedicação, mesmo que seja natural. “Uma dica que funciona é ‘descascar mais alimentos e abrir menos pacotes’, já que a alimentação real, sem alimentos processados e ultraprocessados, é a base de qualquer processo de emagrecimento que leve em conta a saúde”, explica Ramuth.

Cuidado com as calorias líquidas

Luisa Sancelean/EyeEm/Getty Images

Além de focar no que está no prato, é preciso olhar o que está no copo. Algumas bebidas, sobretudo refrigerantes e drinques alcoólicos, podem agregar carboidratos e calorias extras que tendem a sabotar os resultados sem, necessariamente, agregar nutrientes e fibras que dariam mais saciedade, por exemplo.

Busque um programa

Pinterest

Perder peso não precisa ser um processo solitário. Os programas de emagrecimento ajudam a manter a motivação porque combinam uma equipe de profissionais com outras pessoas passando pelos mesmos desafios. Mas, atenção, é preciso buscar profissionais habilitados: “Para ter ideia, o método que desenvolvi, de quatro fases, foi baseado em mais de 100 trabalhos científicos. Nossa metodologia leva, no mínimo, cinco semanas de acompanhamento com check-ups semanais. É uma mudança de vida e, por isso, é preciso buscar locais com respaldo para evitar danos à saúde”, explica o fundador.

Mova-se!

Luis Alvarez/Getty Images

Por que não aproveitar a mudança de hábitos para começar um novo esporte ou aprender a dançar depois dos 50? O fato é que sair do sedentarismo não é apenas um aliado para perder peso, mas para a longevidade. Incluir a musculação também é uma boa pedida para ajudar no ganho de massa muscular e massa óssea. A longo prazo, adotar uma rotina saudável em qualquer idade é um bônus para a qualidade de vida.

Fonte: Emagrecentro

Emagrecimento saudável: confira mitos e verdades

Trocar refeições por frutas emagrece? Água com limão funciona? Desvendamos algumas crenças sobre perder peso com saúde

Na teoria, emagrecer é simples: gastar mais energia do que foi ingerido ao longo do dia. No entanto, na tarefa de manter o déficit calórico, alguns mitos atrapalham o resultado final. Há mais de 35 anos à frente da Emagrecentro, rede especializada em emagrecimento saudável, o médico Edson Ramuth explica que, na maioria das vezes, a desinformação e a falta de acompanhamento profissional capacitado é a causa do desânimo em adotar uma alimentação mais nutritiva e adequada para o organismo.

Receitas milagrosas, chás, entre outras dicas circulam pela internet, mas será que funcionam? Conheça os principais mitos e verdades sobre emagrecimento saudável para não cair em fake news na hora de perder peso:

Água com limão emagrece? Bem gelada e no calor, a água com limão é uma delícia e faz muito bem para saúde, só que na prática ela sozinha não emagrece. Apesar de ser um mito, a fruta é rica em vitamina C e outros nutrientes que auxiliam na imunidade. Assim, apesar de não ajudar a perder peso, vale a pena manter este hábito para uma vida mais saudável.

Botswanayouth

Substituir refeições por frutas é saudável? Para quem busca um emagrecimento saudável, refeições exclusivamente de frutas podem deixar de fora macro e micronutrientes importantes para o corpo. Outro fator é que existem frutas com bastante carboidratos e calorias que podem atrapalhar, e muito, uma estratégia para perder peso.

Programas de emagrecimento funcionam? Verdade, desde que sejam realizadas em clínicas sérias e que se guiem em pesquisas científicas sobre emagrecimento saudável. Para ter ideia, o método 4 fases do Emagrecentro foi baseado em mais de 100 trabalhos científicos. O protocolo de cinco semanas, por exemplo, conta com check-up semanal para acompanhar a evolução da dieta e promover uma reeducação alimentar.

Chás emagrecem? Sozinhos, sem uma alimentação saudável, os chás não emagrecem. Apesar disso, uma infusão de hortelã, hibisco e camomila, por exemplo, podem colaborar com o bem-estar e a saúde, além de ajudar no controle da compulsão alimentar ou a saciar a vontade de comer doces. No entanto, é preciso tomar cuidado com receitas milagrosas, já que elas não existem, e com a dosagem e a frequência do consumo.

Fonte: Emagrecentro

Emagrecentro lança linha de bebidas alcoólicas livres de carboidrato e açúcar

A cerveja artesanal e as Hard Seltzer já estão à venda nas 240 unidades da rede e também de forma online

Manter a dieta nem sempre é uma tarefa fácil, principalmente em momentos de lazer e descontração. Pensando nisso, a Emagrecentro, uma das maiores redes de emagrecimento e estética corporal do país, está lançando uma linha de bebidas alcoólicas zero carboidrato e zero açúcar.

Entre as novidades estão a Cerveja Best Shape, produzida de forma artesanal e com teor alcoólico de 4,8%, vendida em embalagens de 275ml preço sugerido de R$ 12,00. Sensação nos Estados Unidos, a Hard Seltzer, água com gás alcoólica saborizada, também passa a fazer parte do portfólio da rede no Brasil.

Disponíveis em dois sabores, limão e frutas vermelhas, a linha Best Drink é comercializada em long neck de 275ml e tem teor alcoólico de 4,5%, preço indicado para o consumidor final é de R$ 11,00. Os lançamentos estão à venda nas 240 unidades da marca.

Com 35 anos de experiência, o médico, fundador e CEO da Emagrecentro, Edson Ramuth, comenta sobre os lançamentos. “Investimos continuamente em pesquisas, inovação e tecnologia para sempre oferecer aos nossos clientes o que há de mais atual e moderno quando se fala em saúde, estética e bem-estar. Chegar ao corpo desejado não precisa ser algo sofrido e agora a barriguinha de cerveja virou algo do passado”, comemora.

Sobre a Emagrecentro

Referência nas áreas de emagrecimento e estética corporal, a Emagrecentro foi fundada pelo médico, Edson Ramuth, em 1986 e entrou para o franchising em 1994. A rede que oferece tratamentos a preços acessíveis, atualmente conta com 210 operações no Brasil e cinco nos Estados Unidos com a bandeira de Best Shape.

Especialistas dão dicas de como manter a dieta em dias frios

A temporada dos dias mais frios chegou e junto com ela a vontade de comer aumenta, afinal o organismo precisar fazer um esforço maior para manter a temperatura do corpo, elevando assim, o gasto de energia.

Segundo a nutricionista da rede de salada por quilo, Green Station, Izabelly Cavassani, alguns temperos são termogênicos e auxiliam o corpo a manter a temperatura. “Curry, mostarda e pimenta calabresa são excelentes temperos que auxiliam no aumento da circulação, temperatura corporal, além de auxiliar na queima calórica”, diz.

Já o médico fundador da Emagrecentro e membro da sociedade brasileira de nutrologia, Edson Ramuth, aponta que é importante selecionar com cautela alguns condimentos. A pimenta sozinha, por exemplo, não eleva a pressão, “o cuidado deve ser tomado se o produto for em conserva, pois o sal é o conservante”, afirma.

1 – Alimente-se bem e a cada três horas

café da manhã pixabay
Pixabay

O corpo funciona como uma máquina que precisa de combustível para exercer suas funções. O alimento fornece energia para que possamos realizar as atividades diárias. Quando passamos longos períodos sem ingerir calorias, algumas reações para manter o equilíbrio corporal e os níveis de energia são forçados. Uma dessas reações é a utilização dos estoques de energia presentes nos músculos e tecido adiposo. O ideal é comer a cada três horas e fazer de cinco a seis refeições por dia. Segundo Izabelli, é importante lembrar que o café da manhã é a principal alimentação sendo o principal combustível para começar o dia.

2- Evite o álcool

bebida cerceja amigos.jpg

Bebidas alcoólicas não oferecem nenhum nutriente para o organismo. Pelo contrário, cada grama contém cerca de três calorias, segundo Ramuth. Então é importante consumir com moderação para não aumentar as medidas;

3 – Aposte nos refogados

acelga pixabay
Pixabay

Nos dias mais frios, algumas pessoas diminuem o consumo de folhas e verduras, uma opção saudável para manter esses ingredientes no radar de quem não abre mão da dieta equilibrada são os refogados. Segundo a nutricionista, brócolis, couve-flor, couve, acelga, cenoura e agrião são algumas opções;

4 – Inclua sopa e caldo no cardápio

sopa com chia plattershare
Plattershare

Nesse período, muitas pessoas optam por pratos quentes. Então consumir sopas, caldos e cremes durante as refeições são opções saudáveis. E para incrementar a receita e deixá-la mais funcional, a sugestão é incluir farinha de chia e linhaça, garante Ramuth;

5 – Inclua fibras no cardápio

amendoa leite aveia laranja

A fibra é um ingrediente essencial para nosso sistema digestivo. Entre os benefícios do consumo diário, é importante citar o controle do colesterol e os níveis de glicose no sangue de diabéticos. De acordo com a nutricionista, incluir fibras em uma refeição com proteínas, folhas e vegetais é uma excelente escolha para quem deseja repor calorias e realizar uma alimentação saudável e balanceada;

6 – Ao invés do chocolate, substitua por frutas

maçã com canela pixabay
Pixabay

Para a sobremesa, a sugestão do Ramuth é saborear as frutas nas versões quentes para saciar a vontade do doce. Uma opção é aquecer a maçã, pera ou banana no micro-ondas e comer com canela.