Arquivo da tag: enogastronomia

Vila Don Patto oferece experiência da colheita de uvas durante o final de semana

Os visitantes serão acompanhados por funcionários que orientarão os melhores cachos. As variedades plantadas são os tipos Niágara branca e rosada, Nubia, Rubi, Isis e Itália

Neste fim de semana, dias 16 e 17 de janeiro, quem for à Vila Don Patto, complexo enogastronômico localizado em São Roque, a 65 km de São Paulo, terá a chance de viver uma experiência deliciosa: a partir do meio dia está liberado colher as uvas dos tipos Niágara branca e rosada, Nubia, Rubi, Isis e Itália que, desde o final de dezembro, dão cor e aroma ao parreiral.

A colheita acontece um ano após a retomada do plantio de uvas não viníferas, e será orientada por funcionários da Vila Don Patto, que indicarão a forma correta do corte e quais os melhores frutos. Não é necessário agendamento prévio: basta pedir pela experiência diretamente na Adega. Cada pessoa levará para casa uma caixa de uva com cerca de quatro cachos da fruta por R$ 20,00.

“Esta colheita é muito simbólica e importante porque há um século a minha família plantou a primeira uva aqui em São Roque”, conta Tulio Patto, diretor geral da Vila. “Cem anos depois, nós reavivamos a tradição por meio das mudas plantadas e que agora trazem cores e aromas para toda a Vila. E por que não compartilhar isso tudo com nossos visitantes?!”, aponta Tulio.

O parreiral tem 1000m² com espécies cultivadas para consumo e fabricação de sucos integrais. “Temos planos de, em breve, ter o plantio de uvas viníferas e retomar a produção de vinhos, renovando a história da minha família”, explica Túlio.

Vila na Fase Laranja

Seguindo todas as recomendações sanitárias do governo do estado de São Paulo durante a Fase Laranja no combate à pandemia do novo coronavírus, a Vila Don Patto está aberta de terça a domingo, com o horário de fechamento antecipado para às 20h, e com a limitação de público em 40%. Na gastronomia, o Café e Grelhados e o Restaurante Português oferecem as melhores opções para almoço, cafés e lanches. A Adega também permanece aberta ao público em geral, com rótulos variados, produtos de empório, massas artesanais produzidas no local e outras delícias.

Há também uma Loja de Artesanato para quem desejar levar uma lembrança da Vila ou um mimo para presentear alguém. Outras atrações são a Sorveteria, em parceria com a marca Quero Quero Sorvetes – referência em gelattos tradicionais e Premium da região -, a uma filial da Maison de La Bière, que fica parte alta do complexo, proporcionando uma vista perfeita para apreciar cervejas de rótulos de vários lugares do mundo, além de produções locais.

Para as crianças, além dos menus infantis e sorvetes disponíveis, há ainda Espaço Kids, em área aberta, com diversos brinquedos para elas.

Informações: Vila Don Patto

2020, um ano de grandes lançamentos Miolo

Miolo amplia e reformula linhas do portfólio, lança os ‘Sete Lendários’ e compartilha conquista de certificação vegana para 100% de seus rótulos

A Miolo cruzou 31 anos engarrafando histórias. A cada safra, um novo desafio e rótulos surpreendentes, que abriram as portas para o Brasil no mundo inteiro. Mas este ano, a vinícola se superou em grandes lançamentos. Até agora são 19 rótulos, sem contar as novidades que ainda estão por vir. Os holofotes se voltam para os ‘Sete Lendários’, fruto da expoente safra de 2018, que inspirou o enólogo Adriano Miolo a criar esta seleção colecionável de vinhos nobres, revelando a expressão de diferentes terroirs.

O ano começou com uma série de lançamentos da Safra Lendária de 2018. Com os ‘Sete Lendários’ a Miolo revela toda sua expertise na elaboração de vinhos tintos ícones, mostrando o quanto evoluiu, aprendendo com a natureza a interpretar as peculiaridades de cada solo, de cada clima. Este avanço está intimamente ligado aos investimentos em tecnologia e manutenção dos vinhedos, um trabalho contínuo e criterioso. O resultado são sete rótulos únicos, sendo eles: Miolo Merlot Terroir (Vale dos Vinhedos), Testardi Syrah (Vale do São Francisco), Quinta do Seival Cabernet Sauvignon (Campanha Meridional), Miolo Lote 43 (Vale dos Vinhedos), Quinta do Seival Castas Portuguesas (Campanha Meridional), Sesmarias (Campanha Meridional) e Vinhas Velhas Tannat (Campanha Central).

Enquanto a Miolo caminhava para finalizar sua 31ª safra, que registrou uma colheita de mais de 10 milhões de quilos de uvas, as novidades foram chegando à mesa dos consumidores. Paralelo aos ‘Sete Lendários’, a vinícola também focou esforços no lançamento do primeiro vinho da Safra 2020, o Miolo Gamay Wild, elaborado sem a adição de sulfitos (SO2), com leveduras selvagens naturais da própria uva. A inovação mostra a capacidade da Miolo de elaborar vinhos de altíssima qualidade, com estilos e conceitos muito diferentes. Ao inserir em seu portfólio este Gamay, a marca aposta numa linha especialmente voltada para quem está em busca de produtos mais naturais. Este foi o primeiro rótulo do portfólio a exibir o Selo da The Vegan Society, como 100% vegano e livre de alergênicos, certificação concedida a todos os produtos feitos pela Miolo.

Na sequência, o mercado pode conhecer o Sauvignon Blanc 2020, único vinho brasileiro que nasce de uvas colhidas à noite. Em duas madrugadas de lua cheia, 30 mil quilos da variedade foram colhidos nos vinhedos próprios na Campanha Meridional. Mas as inovações não pararam por aí. Ainda no primeiro semestre, a mais tradicional linha de vinhos da Miolo é apresentada com mudanças no rótulo e revisão nos cortes. Novos por dentro e por fora, os oito rótulos da linha Miolo Reserva trazem a evolução da marca, além do lançamento do Miolo Reserva Syrah, fruto da colheita de inverno do Vale do São Francisco, todos da Safra 2018. Com excelente custo-benefício, estes vinhos ficam na faixa de R$ 50. São seis tintos (Cabernet Sauvignon, Tempranillo, Merlot, Tannat, Pinot Noir e Syrah) e três brancos (Chardonnay, Pinot Grigio e Sauvignon Blanc).

O último lançamento foi o Sunny Days de Uva Integral Premium nas versões Branco e Rosé. Tropical, 100% uva, sem conservantes, sem adição de açúcar e elaborado com uvas colhidas todos os dias no Vale do São Francisco, este suco é muito mais fresco, puro e jovem. Agora, a Miolo trabalha para lançar outras novidades ainda este ano, incluindo tanto vinhos quanto espumantes.

LANÇAMENTOS 2020

The 2018´s Seven Legendaries of Miolo – os Sete Lendários


1. Miolo Merlot Terroir – Miolo / Vale dos Vinhedos
2. Testardi Syrah – Terranova / Vale do São Francisco
3. Quinta do Seival Cabernet Sauvignon – Seival / Campanha Meridional
4. Miolo Lote 43 – Miolo / Vale dos Vinhedos
5. Quinta do Seival Castas Portuguesas – Seival / Campanha Meridional
6. Sesmarias – Miolo / Campanha Meridional
7. Vinhas Velhas Tannat – Almadén / Campanha Central

8. Miolo Gamay Wild 2020 – Seival / Campanha Meridional

Linha Reserva Safra 2018


9. Miolo Reserva Cabernet Sauvignon – Seival / Campanha Meridional
10. Miolo Reserva Tempranilo – Seival / Campanha Meridional
11. Miolo Reserva Merlot – Seival / Campanha Meridional
12. Miolo Reserva Tannat – Seival / Campanha Meridional
13. Miolo Reserva Pinot Noir – Seival / Campanha Meridional
14. Miolo Reserva Syrah – Terranova / Vale do São Francisco
15. Miolo Reserva Chardonnay – Seival / Campanha Meridional
16. Miolo Reserva Pinot Grigio – Seival / Campanha Meridional
17. Miolo Reserva Sauvignon Blanc – Seival / Campanha Meridional

Sunny Days Suco de Uva Integral Premium

18. Suco de Uva Rosé
19. Suco de Uva Branco
20. Suco de Uva Tinto

Informações: Miolo

Reserva85 lança curso online gratuito sobre vinhos

A plataforma de ensino de vinhos Reserva85, está lançando o Vinho em uma Taça, um curso online gratuito sobre vinhos para fazer em casa na companhia de uma taça de vinho. Desenvolvido pela sommelière internacional Paula Daidone, o curso tem como objetivo tornar o universo do mundo acessível para todo mundo.

“O que mais escuto é: vinho é muito complicado, acho que nunca vou aprender. E de tanto escutar isso, resolvi desenvolver um método de estudo diferente. Onde primeiro o aluno aprenderá a identificar o tipo de vinho que ele gosta, para depois aplicar teoria”, explica Paula.

O projeto foi desenvolvido depois de muito estudo e pesquisa, para chegar em um formato direto, mas que aborde todos os assuntos necessários para que a pessoa ingresse nesse mundo. “O Vinho em uma Taça tem o objetivo de simplificar o mundo do vinho. A ideia é que o aluno quebre o gelo com o vinho e crie uma relação íntima com a bebida”, completa a sommelière.

O curso é dividido em 3 módulos: Introdução ao Mundo do Vinho, Degustação de Vinho e Harmonização. Cada etapa é composta por um roteiro de estudos e um e-book, que funciona com livro base para toda a pesquisa. O e-book apresenta o conteúdo de forma bem direta, para que o estudante realmente entenda o conceito. E ele levará para artigos técnicos de aprofundamento. Assim o aluno pode escolher quais assuntos quer ir mais afundo e quando.

Ao término de cada módulo há um quis para testar o conhecimento adquirido. E é disponibilizado um certificado de conclusão.

Para participar, basta se inscrever na página do curso no site do Reserva85 – clicando aqui. Em seguida, todo o material é disponibilizado. “Este curso é para quem quer se tornar um expert de vinho ou então para quem quer aprender a beber e descobrir o seu vinho preferido”, resume Paula.

curso vinho

Sobre Paula Daidone

Jornalista de enogastronomia e sommelière há 12 anos. Paula Daidone promove cursos sobre vinho; ministra palestras; desenvolve projetos de enoturismo em parceria com empresas do setor; atua como consultora e winehunter; é jurada convidada em concursos internacionais; e escritora e editora do site Reserva85.

Formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, com as seguintes certificações internacionais: Wine & Spirit Education Trust (WSET) nível 2, Londres/São Paulo; especialização em vinho português pela Associação dos Escanções de Portugal, e pós-graduação em Wine Marketing & Events, ambos realizados em Portugal; especialização em vinho da África do Sul pela Wines of South Africa, em Cape Town, na África do Sul; e Master em Champagne pela Wine Scholar Guild, com estágio em Reims, na França.

Premiações: Melhor profissional a serviço do vinho em Portugal, pela Associação dos Escanções de Portugal, em junho de 2019; e Menção Honrosa no 22° Troféu São Paulo Capital Mundial da Gastronomia 2019, promovido pela Câmera dos Vereadores de São Paulo, prêmio que reconhece jornalistas que fazem a diferença no cenário gastronômico paulistano.

Alentejo é eleito uma das seis melhores regiões vinícolas para visitar em 2020

Região foi a única de Portugal na lista da prestigiosa revista Condé Nast Traveler

O Alentejo, maior região de Portugal, foi eleito pela prestigiosa revista de turismo Condé Nast Traveler como uma das melhores regiões vinícolas para visitar em 2020. A publicação utilizou a opinião dos mais importantes especialistas em vinho dos Estados Unidos para a elaboração da lista.

20160623_GONCALO VILLAVERDE_0319 - QUINTADO QUETZALExperiência da vindima para turistas - Casa de Campo Vila Galé - Adega Santa Vitória - Crédito VictorCarvalho.com.brPiquenique - Alentejo - Credito Manuel Gomes da Costa

Segundo a matéria, tanto os vinhos tintos quanto os brancos, feitos principalmente com uvas autóctones, como a touriga nacional, aragonez e alicante bouschet, são as atrações mais importantes da região. A publicação também destacou as adegas alentejanas e o design vanguardista de algumas delas.

Prova de Vinhos na Quinta do Quetzal - CREDITO GONCALO VILLAVERDEProva de Vinhos - Herdade dos Grous - Credito Turismo do Alentejo

A revista conversou com Michele Gargiulo, sommelier do Jean Georges Philadelphia, restaurante do hotel Four Seasons. A especialista afirmou que há muitos produtores que fazem vinhos fantásticos no Alentejo, exaltando a qualidade excepcional das bebidas e seus preços excelentes.

Prova de vinhos no Alentejo_Crédito - Divulgação Turismo do Alentejo

A região tem muito a oferecer aos enófilos: não apenas é possível provar os vinhos locais, mas também conhecer onde e como são produzidos, participar de degustações variadas, fazer harmonizações de vinhos com a saborosa gastronomia local e mesmo, durante as vindimas, que acontecem em agosto ou setembro, participar da colheita ou da pisa das uvas.

Casal degustando vinhos em casa típica, Alentejo_Crédito - Divulgação Turismo do Alentejo

Há vinícolas espalhadas por todo o território alentejano. Além do enoturismo, o Alentejo convida os viajantes a conhecerem um vasto patrimônio histórico, vilas charmosas e restaurantes deliciosos.

Torre de Palma - Vinhos - Alentejo - DivulgacaoVariedade de vinhos alentejanos_Crédito - Divulgação Turismo do Alentejo

A Condé Nast Traveler também divulgou os resultados de sua tradicional premiação feita com votos dos leitores, e Portugal ficou em terceiro lugar no ranking dos melhores países do mundo de 2019. A pesquisa teve mais de 600 mil votos, e a revista indicou uma viagem pelo Alentejo e seus vinhos, uma região que afirmaram ser fantástica. Para conferir a lista completa clique aqui.

Páscoa na Serra Gaúcha: vinícola harmoniza trufas e vinhos

É impossível negar que o período de Páscoa desperta nosso paladar para apreciar diferentes tipos de chocolate – e, no que depender da Cooperativa Vinícola Garibaldi, esses sabores chegarão a outro patamar. Isso porque a atração Taça & Trufa oferecida no complexo enoturístico, em Garibaldi, apresenta aos visitantes da Serra gaúcha surpreendentes harmonizações entre chocolates artesanais e vinhos e espumantes premiados.

A experiência enogastronômica dura cerca de 45 minutos, incluindo três espumantes e dois vinhos, cada qual combinado a uma variedade do doce feito à base de chocolate e com recheios saborizados. Bebida intensa e complexa, com os fatores de paladar e aromas bem marcantes, o vinho se combina com as diferentes escalas de intensidade do chocolate: a parceria entre os dois é empírica e passional.

As sugestões são: vinho Chardonnay e trufa de maracujá; espumante Prosecco e trufa de laranja; espumante Rosé Pinot Noir e trufa de cereja; vinho tinto seco e trufa de chocolate meio amargo; espumante Moscatel e Trufa champanhe.

É necessário realizar agendamento para os horários: 10h, 13h30min ou 15h30min (de segunda-feira a sábado) ou 10h30min e 13h (domingos e feriados). A experiência custa R$ 35,00 por pessoa.

Roteiros de imersão

Além do Taça & Trufa, a Cooperativa disponibiliza o projeto Desperte seus Sentidos, uma degustação às cegas que ocorre no interior de uma pipa de 100 mil litros anexa à cave Acordes, que também dá nome aos produtos ícone da marca. Por aqui, o turista é desafiado a explorar seus sentidos em uma experiência apaixonante, e claro, com muito vinho e espumante. São três modalidades com duração aproximada de 50 minutos cada (preços sob consulta).

Outros atrativos são a Degustação de Produtos Premiados, que ocorre no wine bar localizado no complexo enoturístico, e Uma História para degustar – visita guiada gratuita entre pipas e tanques. Para que a experiência seja mais marcante, a dica é participar da visita e combinar pelo menos uma das degustações temáticas, conhecendo o mundo dos vinhos de modo diferenciado.

garibaldi.jpg

Atrações no complexo enoturístico da Cooperativa Vinícola Garibaldi
Endereço: Avenida Independência, 845 – Garibaldi (RS)
Horário de atendimento ao público: de segunda-feira a sábado, das 9h às 17h; nos domingos e feriados, das 10h às 15h
Horários do Taça & Trufa: 10h, 13h30min ou 15h30min (segunda-feira a sábado) ou 10h30min e 13h (domingos e feriados)
Duração: 45 minutos
Quanto: R$ 35,00 (Taça & Trufa) – demais atrações sob consulta
Informações e agendamento: (54) 3464.8104 | turismo@vinicolagaribaldi.coop.br

Grand Cru promove Wine Dinner Zuccardi em São Paulo

A Grand École, escola de vinhos da Grand Cru, realizará uma experiência enogastronômica com a presença da Eleonora Ridi, export manager da Vinícola Zuccardi.

eleonora ridi.jpg

No próximo dia 27, na Grand Cru Itaim, será realizada o Wine Dinner Zuccardi com presenças especiais vindas da Argentina. Na ocasião serão apresentados os rótulos: Serie Q Tempranillo, Zuccardi Poligonos Malbec 2015, Tito Zuccardi Paraje Altamira Blend 2015 e Jose Zuccardi Malbec 2013.

poligonos

Os vinhos serão servidos junto com couvert, entrada, prato principal e sobremesa.

Local: Grand Cru Itaim
Endereço: R. Prof. Tamandaré Tolêdo, 51 – Itaim Bibi, São Paulo – SP
Data: 27 de setembro às 19h30
Valor: R$ 295,00

Os convites podem ser adquiridos no site da Grand École.

Livro para quem quer conhecer mais sobre o universo dos vinhos

Os restaurantes, bares, adegas e estabelecimentos especializados na enogastronomia foram os que mais sofreram nas duas crises econômicas que atingiram o país desde 2010 e é o último setor a recuperar-se mas, já aponta a retomada no crescimento.

No Brasil, a alimentação fora do lar representa 33% dos gastos com alimentos e bebidas e levou todo setor de food service a movimentar por volta de R$ 300 bilhões em 2015. Esse número está crescendo, mesmo com a crise. Enquanto um americano compromete cerca de 40% de sua renda disponível com alimentos e bebidas, no Brasil ainda há espaço para crescer. Isso explica o fato de as classes A e B consumirem mais fora do lar e apresentarem expectativas elevadas. À medida que houver mais renda disponível nas classes C, D, E, o setor crescerá mais.

Como as pessoas acabam cortando gastos e viajando menos nos fins de semana, isso acaba tendo uma compensação no lazer gastronômico em suas cidades. A boa notícia, é que análises indicam que este ano poderá registrar uma recuperação que retorne aos patamares de 2013.

E neste mesmo sentido dos bares, restaurantes e delicatessen, o mercado de bebidas está surfando na onda de retomada do crescimento econômico. O mercado de vinhos e cervejas especiais prepara-se para o caloroso verão que já começa a ser esperado.

Uma das melhores datas para o mercado de vinhos, outono e inverno, esquentou a venda dos vinhos tintos, sobretudo os produzidos por nossos vizinhos sul-americanos – Argentina e Chile. Agora no verão, é a vez dos vinhos brancos e rosés, conhecidamente os mais refrescantes e festivos.

“São chamados de vinhos festeiros pois, agradam aso paladares por seu frescor, notas herbais de boca e muito florais no aroma”, destaca o sommelier Danilo Bueno – profissional especializado em vinhos finos.

“Mas, vender e comprar vinhos é uma verdadeira arte. O profissional que trabalha com o mercado de vinhos tem de conhecer a geografia de diversas regiões vinícolas, conhecer a interferência do tempo e do terreno na nutrição da uva, os processos de vinificação e também as características dos principais enólogos (profissional que faz o vinho) que institui a sua ‘assinatura’ em cada vinho que fabrica. Cada país tem uma identidade em termos de uva e metodologia de vinificação”, destaca o sommelier.

Danilo

Autor de um livro voltado a quem quer saber mais sobre vinhos – “O Céu de Baco – Uma viagem aos prazeres do vinho” -, Danilo vê com bons olhos o aquecimento do mercado e trabalho que busca por estes profissionais especializados. Depois de muitos anos de retração, este mercado, que é conhecido por suas altas remunerações, precisará encontrar pessoas que tenham conhecimento apurado em vinhos e cervejas especiais, principalmente porque o fim de ano é reconhecidamente uma das melhores datas para a venda destes artigos, sempre presentes em festas familiares, celebrações, formaturas e nos festejos de virada de ano.

“A melhor maneira de se preparar para este mercado é estudando e para estudar, deve-se ler muito e beber muito vinho. O aprendizado gustativo dá-se pela experiência em provar-se diversos rótulos, de muitas regiões viníferas e ler livros e revistas especializadas”, finaliza Danilo.

Não há exigência de formação para atuar nesta área. Seja o interessado engenheiro ou garçom, todos têm espaço para tornarem-se um sommelier e trabalhar no mercado gastronômico. O investimento para formação é relativamente baixo se comparado com outras profissões mas, a chegada no topo, depende unicamente pela dedicação do profissional e por sua paixão na área do atendimento. O bom profissional é rapidamente recompensado por seu talento.

Ficou interessada(o)? Leia o livro de Bueno, quem sabe você também pode enveredar por este delicioso mundo dos vinhos.

capadanilo

Livro: “O Céu de Baco – Um a viagem aos prazeres do vinho”
Editora: Baraúna
Autor: Danilo Bueno
Ano: 2012
Páginas: 129
Preço: R$ 31,00