Arquivo da tag: escalda pés

Pé de Atleta? Especialista dá dicas de cuidados

Calçados adequados, corte de unha e até a hidratação da pele são alguns dos fatores que interferem no rendimento do atleta

Hoje, 10 de fevereiro, comemora-se o Dia do Atleta Profissional e, para que os corredores e praticantes de qualquer esporte de impacto tenham um bom rendimento, os cuidados com os os pés devem ser parte da rotina diária, assim como os treinos. Para ajudar com esse check-list, a podóloga e coordenadora técnica da Doctor Feet, Maria Lourdes Pinheiro, lista abaixo algumas dicas.

mulher tenis meias

=Se for correr ou realizar atividades em quadra, procure um tênis adequado e use-o com meias de algodão, que absorvem o suor e ajudam a combater os fungos causadores do pé de atleta (micose);

podologo pixabay
Pixabay

=O corte das unhas deve ser feito por um podólogo, profissional habilitado que, além de cortar e lixar corretamente, também poderá identificar e tratar doenças específicas.

pés pixabay esmalte escuro unhas
Pixabay

=Evite remover totalmente as cutículas. Essas são proteções naturais do corpo que impedem a sensibilidade, calos, frieiras, infecções por bactérias e bolhas.

pés cremes hidratacao
=Mantenha os pés hidratados, pois isso evita o atrito com a meia e impede a formação de bolhas.

Silicone-palmilha orthodynamic
Foto: Orthodynamic

=Opte por palmilhas e protetores de silicone que absorvem o impacto e evitam o impacto e o atrito com o calçado.

bolha pés mulher woman fitness
Foto: Woman Fitness

=Evite estourar as bolhas que costumam surgir nos pés, mantendo-os limpos, secos e em repouso, pois assim o risco de infecção é menor.

pés

=Após a atividade física, faça um escalda-pés com água quente para relaxar e pingue algumas gotas de óleo essencial de melaleuca, que tem ação antifúngica, ou óleo essencial de lavanda, que é relaxante. Na falta dos óleos, junte à água um punhado de sal grosso, que ajuda na circulação.

pés massagem andreas 160578 pixabay
Pixabay

=Invista na reflexologia, uma massagem relaxante, também é recomendada para ajudar a descansar e aliviar as tensões.

Fonte: Doctor Feet

Especialista dá dicas essenciais para cuidar dos pés no inverno

Não é porque os pés ficam escondidos durante o inverno que não merecem atenção especial. Por causa das baixas temperaturas e dos banhos quentes, eles ficam ainda mais ressecados. Por isso, algo bem importante a se fazer durante a estação mais fria do ano remete a um conselho milenar dado pelas sábias vovós.

Escalda Pés mornos, com óleos essenciais, são ótimos após um longo dia de trabalho, pois ajudam a reduzir o inchaço e hidratar a pele. “Antes do ritual, recomendo uma breve esfoliação, que remove a pele morta, deixando-a mais macia. Para quem gosta, pode-se usar a lixa na parte inferior para remover a pele ressecada”, aconselha Dra Maria Paula Del Nero, dermatologista e consultora da Netfarma. Depois do ritual, aplique hidratante nos pés, os ideais são à base de ureia. O resultado é uma pele bem macia.

pés.jpg

Massagear os pés, com um bom hidratante, espuma para pés ou óleo corporal, também é um recurso infalível para esquentar, relaxar e desinchar – reserve alguns minutos antes de dormir para esse ritual. “De tempos em tempos, se possível, vale investir numa massagem profissional”, indica a especialista.

Para nos proteger do frio, o organismo involuntariamente faz com que o sangue deixe de irrigar tanto nossas extremidades, uma forma de manter o equilíbrio da temperatura corporal. Por isso, é comum que as mãos e os pés fiquem mais gelados. Assim como agasalhamos todo o corpo, o mesmo deve ser feito com nosso pés. Meias de lã e de outros tecidos naturais, costumam resolver o problema. Como a terceira idade costuma ter maior dificuldade para manter a temperatura corporal, o cuidado para manter os pés aquecidos deve ser redobrado.

Apesar de óbvio, é importante lembrar de manter a higiene regular dos pés, lembrando sempre de manter as unhas aparadas, secar bem os pés após o banho e sempre usar um talco ou desodorante específicos para a área, evitando assim a possibilidade de mau cheiro.

Fonte: Netfarma