Arquivo da tag: espm

Setembro Amarelo: suicídio é segunda principal causa de morte entre jovens no Brasil

Qual o papel das instituições de ensino no combate a esse problema?

O Setembro Amarelo, movimento de conscientização sobre a prevenção do suicídio, tem levantado a discussão mais aberta e profunda de temas como a depressão entre jovens. No Brasil, de acordo com dados da OMS – Organização Mundial da Saúde, o suicídio é a segunda principal causa de morte de jovens com idades entre 15 e 29 anos. Diálogo, inclusão e acolhimento estão entre os principais elementos para sua prevenção.

Mas como incorporar tudo isso no ambiente acadêmico?

O bem-estar dos alunos é uma preocupação da ESPM Rio desde a sua fundação em 1974. E atualmente a instituição oferece, ao longo do período de graduação, atividades de extensão para que os alunos troquem experiências, identifiquem seus desejos, expressem e entendam seus sentimentos e desenvolvam a individualidade e a convivência em grupo. São oficinas, workshops, semanas profissionais e de talentos, projetos de pesquisa e núcleos estudantis. Com a supervisão de professores mentores, os alunos escolhem as atividades com as quais tenham mais afinidade e manifestam suas emoções por meio do engajamento e da criatividade. Os alunos têm acesso também a serviços que ajudam na compreensão do momento e das emoções e que prestam apoio acadêmico e social.

depressaohomem

São eles:

Papo – Programa de Acolhimento Psicológico e Orientação — atende alunos e, quando necessário, seus familiares, para que possam repensar seus conflitos, angústias e ansiedades diante dos impasses vividos fora e nas atividades acadêmicas, além de oferecer oficinas para o desenvolvimento pessoal e profissional dos estudantes.

Carreira – Tem o objetivo de levar o aluno a entender seus dilemas, aptidões e habilidades para que ele próprio estabeleça sua escolha profissional. Analisa o currículo do estudante, orienta sobre uma melhor postura em entrevistas e dinâmicas de seleção, orienta em casos de conflitos no ambiente e trabalho e na reflexão sobre dilemas éticos profissionais.

Pipa – Programa de Intervenção Pedagógica no Aprendizado — acolhe e orienta estudantes que apresentem laudo de necessidades específicas. O atendimento elabora um plano de acompanhamento para cada aluno, juntamente com seus professores e coordenadores de curso.

tristeza-ansiedade-depressao

“O companheirismo e o senso de coletividade amparam aqueles que apresentam dificuldades na vida. Queremos que jovens que passam por momentos de sofrimento sejam acolhidos pelos colegas, amigos e professores”, diz Maria Cláudia Tardin, professora da ESPM e coordenadora do Papo, Programa de Acolhimento Psicológico e Orientação.

Fonte: ESPM

II Fórum de Economia Colaborativa e Afetiva na Prática

A economia colaborativa é uma maneira inovadora de fazer negócios trocando talentos e serviços, economizando, promovendo a sustentabilidade, estreitando relacionamentos e criando oportunidades de mercado.

Um novo jeito de fazer negócios vem chamando a atenção e aumentando a cada dia no país e é por meio da economia colaborativa. Esse formato, no qual a moeda não é uma troca convencional, conecta pessoas ou empresas que podem oferecer o que o outro necessita.

Atualmente, diante do cenário de transformação das relações de consumo, sai na frente aquele que tem um olhar criativo e consegue enxergar oportunidades na crise. A economia colaborativa e afetiva contribui para que isso aconteça.

O conceito é simples: “Em primeiro lugar estar aberto para sentir, em seguida, disposto a colaborar com o outro através de seus talentos”, diz Regina Watson, fundadora do grupo Escambo de Luxo, pioneiro em economia colaborativa no Brasil.

Regina Watson criou o grupo em 1990, em São Paulo. Inicialmente, as reuniões eram presenciais, com participantes das áreas de comunicação, cultura, ciências sociais e empresários.

As reuniões aconteciam na maioria das vezes em forma de pequenos jantares em sua casa, como alternativa para estreitar relacionamentos mais seguros e confiáveis.

A partir daí, consequentemente, o grupo foi se propagando e disseminando para outras tecnologias, passando pelo fax, e-mail, orkut e migrando para o Facebook, onde continua ativo até hoje e segue em busca de investidores para atuarem por meio de uma plataforma.

A rede colaborativa Escambo de Luxo conta com quase 12.000 pessoas selecionadas dentro do Facebook e somente madrinhas ou padrinhos podem indicar novos membros.

I Fórum Escambo de Luxo - Foto Leilane Trombeti (1)
Foto: Leilane Trombeti

Regina idealizou o grupo apostando sempre na contribuição de sanar a dor do outro em primeiro lugar e, consequentemente, os negócios acabavam sendo gerados, ora por conta de reputação e referências, ora por afinidade imediata nos posts. As trocas não são medidas por valor, tempo ou graduação. Esse é o grande diferencial da rede afetiva e genuinamente colaborativa.

Para divulgar, propagar e exercitar o tema, o grupo Escambo de Luxo promove no dia 15 de agosto, na ESPM, em São Paulo, o II Fórum de Economia Colaborativa e Afetiva na Prática.

O evento busca disseminar a cultura de doação e colaboração, inspirando com histórias reais de pessoas que doaram e receberam afetividade, e geraram negócios doando ou trocando seus talentos e serviços de maneira inovadora.

A entrada é gratuita.

II Fórum de Economia Colaborativa e Afetiva na PráticaII Fórum de Economia Afetiva e Colaborativa na Prática - Imagem Divulgação

Cronograma:
l) Painel no formato tradicional de conferência
ll) Painel no formato desconferência
lll) Momento conexão

*14:00 – Início do credenciamento presencial
*14:15 – Abertura da lista de espera dos pré-inscritos presencial
*14:30 – Abertura do evento
*15:00 – Início Painel l – Conferência
*16:30 – Coffee break
*16h45 – Início Painel II – A caminho da desconferência
*18:20 – Início Painel lll – Conexão 360º (com coffee break)
*19:30 – Encerramento

Informações: Facebook