Arquivo da tag: espumante

Casa Valduga lança Maria Valduga Rosé em homenagem ao Dia das Mães

Considerada a joia do espumante brasileiro, icônico rótulo ganha edição limitada para homenagear a matriarca da família

Idealizadora do sonho de elaborar espumantes no Brasil pelo método champenoise, seguindo a tradição da região de Champagne na França, a matriarca da Casa Valduga recebe como tributo Maria Valduga Rosé, uma edição especial e limitada deste que é considerado a joia do espumante brasileiro, em homenagem ao Dia das Mães. O rótulo icônico é uma consagração a quem dá origem à vida.

Em uma tiragem de apenas três mil garrafas, Maria Valduga Rosé é elaborado com a seleção das melhores uvas Chardonnay (70%) e Pinot Noir (30%). De excelente cremosidade, com perlage fino e persistente, esse espumante é resultado da evolução no silêncio e na penumbra das caves subterrâneas por 60 meses.

No olfato, Maria Valduga Rosé revela um bouquet elegante e intenso de frutas em calda, remetendo principalmente à frutas vermelhas. Os aromas de brioche amanteigado se entrelaçam com um leve toque frutado e expressam a complexidade adquirida durante sua lenta maturação.

No paladar, este rótulo icônico de Casa Valduga reflete de maneira ímpar a excelência do Terroir do Vale dos Vinhedos na elaboração de espumantes, apresentando cremosidade incomparável, vigoroso frescor, intensidade e um retrogosto onde se evidenciam suas notas evolutivas.

Maria Valduga Rosé harmoniza com pratos à base de peixes e carnes brancas, molhos leves e canapés variados, e é ideal para o brinde do almoço de 9 de Maio, ou para quando os encontros em família forem possíveis novamente.

Vendas: Loja

Informações SAC: 0800-721-1875

Vinho e sobremesa: saiba como harmonizar corretamente

Não é segredo para ninguém que o universo da confeitaria proporciona experiências únicas através da combinação infindável de ingredientes. Uma receita bem elaborada tem o poder de melhorar o dia de qualquer um – um pedaço de bolo acalenta corações tal qual um abraço apertado.

Mas é claro, toda experiência gastronômica pode, e deve, ficar mais completa e especial. Uma das formas de celebrar a complexidade da confeitaria é adicionar um toque de outro universo igualmente mágico e cheio de possibilidades: o do vinho. Engana-se, aliás, quem pensa que a harmonização de vinhos restringe-se tanto a receitas salgadas como a eventos altamente refinados. O vinho é, acima de tudo, amplo e democrático.

Nessa arte de harmonizar vinhos com comidas, a experiência adocicada no paladar pode ser verdadeiramente enriquecedora. Para comprovar essas possibilidades, Cake By Yu, Ateliê de Bolos e Doces na Vila Mariana, e o sommelier de vinhos e cervejas Elias Varella, dão dicas incríveis. Confira:

Quais são os vinhos que mais harmonizam com receitas adocicadas?

Existem combinações clássicas com os chamados “vinhos licorosos”, que também são conhecidos como “vinhos de sobremesa”. Dentre eles, destacamos o famoso húngaro Tokaji e o francês Sauternes. Também não poderia deixar de citar os famosos vinhos fortificados, como o icônico Vinho do Porto nas suas versões Tawny e Ruby, os Late Harvest, ou vinhos de colheita tardia, em que as uvas são maturadas por um longo período, concentrando grande quantidade de açúcar. Outra boa opção são os espumantes mais adocicados, como o italiano Asti, assim como Champagne ou Cava nas suas classificações mais doces (Sec, Demi-Sec e Doux).
Apesar de essas serem algumas das opções de vinhos doces que combinam com sobremesas, não se prenda somente a eles. Dependendo da sobremesa, alguns vinhos secos, como um Sauvignon Blanc da Nova Zelândia, um Chardonnay californiano com longo envelhecimento em barricas, um Riesling alemão ou até mesmo alguns vinhos tintos como o Pinot Noir, Cabernet Sauvignon e Zinfandel, podem criar harmonizações surpreendentes!

Na gastronomia brasileira, temos muitos doces com alto teor de açúcar entre os queridinhos, principalmente aqueles com cobertura de brigadeiro. Nesse caso, o vinho ajuda a quebrar esse excesso? Quais cepas equilibram o paladar?

Depende muito da sobremesa. Mas pensando na cobertura com brigadeiro, que é um chocolate doce, eu sugeriria um Vinho do Porto Ruby, por combinar pela semelhança, ou um espumante tinto do Piemonte chamado Brachetto d’Acqui, que possui perlage e acidez suficientes para equilibrar o dulçor da sobremesa.

Quais são os “no go’s” da harmonização entre vinhos e pratos adocicados?

Tudo depende do tipo da sobremesa. Temos que pensar na intensidade, na quantidade de açúcar e nas notas complementares, como a adição de frutas ou especiarias. A comida e a bebida têm que interagir de forma harmônica para que uma não se sobressaia em relação à outra. É uma questão de bom senso e de conhecer bem a sobremesa e o vinho que se deseja harmonizar. Para citar um exemplo: uma sobremesa delicada à base de frutas cítricas não combina com um vinho tinto encorpado e adstringente; assim como um bolo de chocolate amargo não harmoniza em nenhum aspecto com um vinho branco delicado.

Quais dicas você daria para um couvert levemente ‘açucarado’, com vinho, e equilibrado para abrir o paladar?

Pixabay

Uma boa escolha são os espumantes adocicados. Além de ser uma tradição iniciar uma refeição com um espumante, a perlage e a acidez ajudam a abrir o paladar. A melhor opção vai depender do couvert e do gosto do cliente, mas um espumante com Moscatel, um Cava ou Champagne costumam agradar bastante.

Por fim, após o isolamento social e pensando em um evento completo, com entrada, prato principal e sobremesa com vinhos, quais escolhas são certeiras do começo ao fim?

iStock

Temos que pensar numa escala de intensidades, que vá do mais leve para o mais encorpado. E claro: tudo vai depender do menu de comidas proposto. De modo geral, abrimos o evento com um espumante, já que a perlage e acidez ajudam abrir o paladar, como já mencionado. Para entradas leves, saladas ou carnes brancas, podemos harmonizar com vinhos brancos vibrantes. No prato principal, se pensarmos em carnes vermelhas e pratos intensos e estruturados, os tintos amadeirados e encorpados, como um Syrah ou um Cabernet Sauvignon, podem ser uma boa opção. Por fim, para as sobremesas, podemos aproveitar todas as dicas que foram passadas aqui, seja um vinho fortificado, de colheita tardia, licoroso ou até mesmo um belo espumante!

Fonte: Cake By Yu

Tinto Português e Espumante Francês são rótulos de degustação virtual beneficente

Com a experiência “Como Degustar Vinhos – Edição Vinhos do Bem”, Talk Wine vai destinar parte do valor das vendas a uma instituição de caridade

“Fazer o bem sem olhar a quem”. A máxima é o ponto de partida para a temporada de degustações virtuais de 2021 da Talk Wine, a primeira startup brasileira 100% dedicada ao tema. A experiência “Como Degustar Vinhos – Edição Vinhos do Bem” aliará bons vinhos e solidariedade, pois será um evento beneficente, em que parte da receita será destinada à APAE de Maringá/PR.

Além de ajudar ao próximo, quem adquirir o kit de vinhos poderá provar dois clássicos antagônicos: o robusto tinto português Marques de Borba e o delicado espumante francês Veuve du Vernay Brut Rosé, edição limitada. Os rótulos serão recebidos em casa e degustados ao vivo, na companhia do especialista, Marcelo Copello, no dia 27 de fevereiro.

“Decidimos por um evento beneficente pois entendemos nossa responsabilidade social. Em um ano que se inicia com grandes desafios para todos, nada melhor do que começar com um ato de amor ao próximo”, destaca André Barros, um dos sócios-fundadores da Talk Wine, que ressalta a importância de reverter algo também para a cidade. “Escolhemos uma entidade de Maringá, pois é onde está nossa sede e é o município em que vivemos. Por esta razão, temos laços fortíssimos com este lugar”.

Além dos dois vinhos, o kit conta com um completo material de apoio, contendo informações sobre a experiência e dicas para a degustação. Contém ainda uma receita de chef para preparar em casa e harmonizar com as bebidas. A experiência já está à venda no site a R$ 299,00.

Degustação Virtual – Para participar de uma degustação virtual não precisa ser nenhum expert em tecnologia, nem tampouco em vinhos. A experiência é completa e segura. Após a compra online do kit, os rótulos são recebidos em casa.

No dia e hora marcados, o entusiasta do vinho tem o link de acesso à live. Durante a transmissão, conta com orientações e aprende como analisar e apreciar as bebidas. Tudo é conduzido de forma didática e divertida pelo curador da Talk Wine, Marcelo Copello, um dos mais renomados degustadores do país, jurado em diversos concursos ao redor do mundo e presidente do júri da Grande Prova Vinhos do Brasil.

“O evento é completo. Há entretenimento e conhecimento, incluindo dicas de harmonização”, comenta mais um dos sócios-fundadores da Talk Wine, José Roberto Mattos. “A vantagem da degustação virtual é promover a companhia online de especialistas que podem estar em qualquer lugar do mundo. E isso, com certeza, torna a vivência muito mais interessante do que a simples compra em um e-commerce de bebidas”.

Não somente online, mas também offline, é possível ter a companhia de amigos ou familiares durante o evento. A dica é compartilhar o kit adquirido e aproveitar a experiência ao máximo, pois o box enviado serve até quatro pessoas. “Uma pequena reunião em casa, cozinhando a receita sugerida, é a harmonização perfeita para a degustação virtual”, indica Mattos.

Vale lembrar que a live tem data e horário predeterminados, mas, depois de realizada, pode ser vista quando quiser, pois fica gravada e o acesso à quem comprou o kit é liberado a qualquer momento.

Informações: Talk Wine

Receita de Ano-Novo: Verrine Tropicália

Sem ideia do que preparar para sobremesa da ceia da virada de ano? A chef Karyne Iancóski (@auladeconfeitaria) ensina a preparar uma bem gostosa e refrescante. Confira:

Verrine Tropicália

Ingredientes
Creme de iogurte
500g de iogurte natural integral
200g de leite condensado
20ml de suco de limão
400g de creme de leite fresco ou nata

Calda de maracujá e espumante
400ml de espumante
50ml de suco de maracujá
100ml de água
100g de açúcar
10g de amido de milho

Finalização
300g de frutas frescas à sua escolha (kiwi, morangos, goiaba, mirtilos)

Modo de preparo:

Creme – em uma tigela, misture muito bem o iogurte, o leite condensado e o suco de limão. Bata o creme de leite fresco em picos firmes e acrescente ao creme em movimentos envolventes. Despeje em uma taça grande ou faça porções individuais. Leve para a geladeira por no mínimo 6 horas.

Calda – dilua o amido de milho com um pouquinho de água e coloque em uma panela com todos os outros ingredientes. Quando começar a ferver, mexa por 1 minuto e desligue. Deixe esfriar completamente e leve à geladeira. Corte as frutas escolhidas em cubos médios, coloque sobre o creme e despeje a calda delicadamente. Sirva gelado.

Grau de dificuldade: fácil.
Rendimento: 8 porções

Fonte: Karyne Iancóski é chef pâtissière, professora de confeitaria e criadora de conteúdo na página @auladeconfeitaria, onde ensina receitas de forma prática e descomplicada. Para mais informações sobre a profissional acesse ou as redes sociais

Aprenda a preparar três drinques para receber o novo ano

Bartender ensina três receitas práticas e deliciosas para a virada de ano em casa

Apesar do ano ter sido pra lá de atípico e desafiador para a maioria das pessoas, 2020 já está chegando ao fim e toda a esperança que a virada de ano traz merece ser brindada. Para que as comemorações sejam cheias de sabor e divertidas, Flávio Félix, bartender em São Paulo que atende pelo GetNinjas, maior aplicativo de contratação de serviços da América Latina, elaborou tutoriais de três receitas de drinques que vão agradar o paladar de todos. Confira abaixo:

Russian

Ingredientes:
25ml de vodca
25ml de suco de limão espremido
15ml creme de cassis
1 colher de açúcar
Espumante para completar
Gelo a gosto

Modo de preparo:
Em uma coqueteleira, coloque o gelo e os demais ingredientes com exceção do espumante. Em seguida, bata por aproximadamente dez segundos. Por fim, sirva em copo alto, e complete com o espumante.

Piña Colada

Ingredientes:
70ml de rum
150ml de suco de abacaxi
50ml de leite de coco
50ml de leite condensado
Gelo a gosto

Modo de Preparo:
Em uma coqueteleira, coloque gelo e adicione todos os ingredientes. Em seguida, bata a mistura por aproximadamente dez segundos. Sirva em uma taça ou copo longo. Se preferir pode polvilhar coco ralado para finalizar e enfeitar a borda com um pedaço pequeno de abacaxi cortado.

Apple Martini

Ingredientes:
50ml de vodca
15ml de licor de laranja
15ml de xarope de maçã verde
Gelo a gosto

Modo de Preparo:
Em uma coqueteleira, coloque gelo e adicione todos os ingredientes. Bata a mistura por aproximadamente dez segundos. Sirva em uma taça martini ou copo longo, mas use uma peneira para que o gelo não caia na taça/copo. Se preferir, pode enfeitar a borda do corpo com uma fatia fina de maçã verde.
*Dica Ninja: o Apple Martini deve ser servido gelado, porém sem pedras de gelo na taça/copo. Sendo assim, é recomendável deixar a taça/copo no refrigerador enquanto o coquetel é preparado.

Fotos meramente ilustrativas

Fonte: GetNinjas

Espumantes Saint Tropez: um convite da Vinícola Góes para brindar a vida

A linha de espumantes Saint Tropez é elaborada com uvas viníferas: Moscato, Chardonnay e Cabernet Franc cultivadas 100% em solo brasileiro com aroma, cor e paladar surpreendentes

Nas festas de fim de ano em 2020, a tradicional troca de presentes e comilança podem passar por adaptações, mas um bom espumante para comemorar a vida e torcer por dias melhores não pode faltar.

Os apreciadores de espumantes podem contar com a excelência e experiência de mais de 80 anos da Vinícola Góes para compor sua Ceia de Natal e Réveillon, com bebidas leves, de notas frescas e elegantes. Conheça os detalhes das variadas opções Saint Tropez:

Espumante Moscatel Rosé Saint Tropez

Elaborado com uvas da variedade Moscato Hamburgo e Moscato Italiano, cultivadas na região da Serra Gaúcha, fermentado em tanques de aço inoxidável hermético (Processo Asti) à baixa temperatura, com leveduras selecionadas específicas para que o produto preserve os aromas primários das variedades. O espumante tem graduação alcoólica de 7,5%vol, ideal para ser servido de 6ºC a 8ºC.

Apresentado na lindíssima coloração rosé, com leves tons de cereja, o Moscatel Rosé Saint-Tropez tem aspecto límpido e brilhante, com bolhas finas e persistentes. Com aroma intenso, porém fresco, notas florais e frutadas, que lembram mel e frutas, este espumante pode ser um agradável presente pra quem prefere no paladar uma sensação leve e doce. Pode ser harmonizado com sobremesas como: fondue de chocolate, tiramisu e torta de maçã.

Espumante Moscatel Saint Tropez

Elaborado com uvas da variedade Moscato, cultivadas na região da Serra Gaúcha, fermentado em tanques de aço inoxidável hermético (Processo Asti). Deve ser servido a de 6ºC a 8ºC e tem graduação alcoólica de 7,5%vol. Ótima opção de harmonização com carne suína com geleia, doces e sobremesas.

Moscatel de aspecto límpido e brilhante, bolhas finas e persistentes, tem a tonalidade amarelo-esverdeado clara. Com notas florais e frutas tropicais, pêssego e maçã verde, este espumante de aroma intenso, porém fresco, pode agradar quem gosta de paladar equilibrado, com boa acidez, leve e doce.

Espumante Brut Rosé Saint Tropez

Elaborado a partir das variedades Chardonnay, cultivada em Divinolândia (SP), e Cabernet Franc, cultivada em São Roque (SP). Este espumante deve ser servido de 6ºC a 8ºC e tem graduação alcoólica de 12%. Harmonize com canapés, saladas de folhas e queijos, culinária japonesa, peixes grelhados e risotos leves.

Com delicada coloração Rosé, este límpido e brilhante espumante vai agradar quem prefere um paladar equilibrado com boa acidez, fresco e cremoso. No aroma, predominância de frutas vermelhas e frutas cítricas.

Espumante Brut Saint Tropez

Variedade Chardonnay cultivada em Divinolândia, SP. Elaborado através do método Charmat. Com graduação alcoólica de 12%vol, sugere ser servido de 6ºC a 8ºC.  Acompanha bem canapés, queijos suaves, peixes, frutos do mar e carnes grelhadas.

Neste Brut, destaca-se a tonalidade palha com reflexos esverdeados, com bolhas finas e persistentes. Com aroma intenso, porém fresco, notas de flores, frutas cítricas, maçã verde e pão torrado indicado para aqueles apreciadores de espumantes que gostam de paladar equilibrado com boa acidez, frescor e cremosidade.

A linha completa Saint Tropez, nome inspirado na badalada praia francesa, pode ser encontrada no site em versões de kit festa, com quatro produtos, em combinações ou garrafas individuais. Uma boa pedida para presentear quem aprecia a vida com a sofisticação do espumante.

Fim de ano: Edega tem vinhos para presentear, harmonizar e celebrar

E-commerce do PNR Group preparou uma seleção especial de vinhos para tornar as festas deste fim de 2020 e início de 2021 ainda mais alegres e acolhedoras

As festas de final do ano estão chegando e o vinho é sempre o principal protagonista destas celebrações, tanto para presentear como para estar à mesa no Natal e Réveillon. A Edega, e-commerce da importadora PNR Group, do empresário francês Philippe de Nicolay Rothschild, tem algumas sugestões que são certeiras para essas ocasiões. Acompanhe:

Vinhos para presentear, harmonizar e celebrar

Champagne Barons de Rothschild Brut 2010, com Estojo Luxo (R$ 895,00)

Champagne Barons de Rothschild Rosé Magnum, com caixa de presente (R$ 1.470,00)

Champagne Barons de Rothschild Blanc de Blancs 2006 (R$ 1.990,00)

Vinho tinto francês Epsilon, Hermitage 2009, com estojo exclusivo (R$ 2.094,00)

Vinho tinto espanhol Centum Vitis 2010 – Delux Box (R$ 1.515,00)


Vinho tinto italiano Pietranera Brunello di Montalcino Riserva 1999 magnum (R$ 1.999,00)


Caixa de colecionador Le Dix de Los Vascos, com seis safras distintas (1996-2014) e avental de couro (R$ 8.435,00)

Itens que são um presente

Vinho rosé francês Lampe de Méduse 2018 (R$ 295,00)


Vinho rosé francês Château Sainte Roseline Cuvée La Chapelle de Sainte Roseline (R$ 597,00)


Decanter de cristal Barons de Rothschild (R$ 995,00)

Harmonizações de fim de ano

O diretor de produtos da Edega, o especialista Cédric Grelin, dá algumas dicas de vinhos que vão potencializar a experiência à mesa:

“Para os amantes da tradição, o espumante não pode faltar: é uma bebida bastante versátil, leve, traz sensação de frescor e dispõe de uma acidez ilustre, sendo figurinha carimbada nas grandes festas. Aproveite para conhecer os excelentes Champagnes Barons de Rothschild ou o Cava Reserva Secret.

O vinho branco também é outro clássico importantíssimo. Nos lares amantes das festas de final de ano onde os frutos do mar, os peixes ou as aves sempre marcam presença, os vinhos brancos são ideais neste festival de paladares. Nossa dica é optar por um Chablis do Daniel-Etienne Defaix que tem a mineralidade e o corpo perfeitos para esses pratos.

Por fim, aqueles que são apaixonados por uma boa carne vermelha ou pratos mais encorpados, os vinhos tintos entram como um triunfo. Os mais leves como um Chinon Les Blancs Manteaux ou um Las Veletas País para as carnes magras, e os mais encorpados como um Pauillac Moulin de Duhart ou um Ribeira del Duero de Callejo para harmonizar perfeitamente com os pratos de sabor mais marcado”.

Edega: loja online de vinhos
Atendimento: de segunda a sexta, das 9h às 18h
Contato: 0800-7720158/ (11)3074-6868/ Whatsapp (11) 99919-0404
Email: contato@edega.com.br
Instagram: @edega_vinhos
*Frete grátis para compras a partir de R$ 300,00 para todo o Brasil

21 espumantes para receber 2021

Carregando as marcas Miolo, Terranova, Seival e Almadén, espumantes com diferentes terroirs atendem aos mais diversos estilos com preços que partem de R$ 20

2020 passou. Era para ter sido bem diferente, mas vem aí 2021 carregado de boas energias e com muita expectativa. Para celebrar a vida, a Miolo Wine Group, que há 25 anos elabora grandes espumantes, ampliou seu portfólio desta categoria passando a oferecer 21 rótulos. Frisantes, moscatéis, brut (charmat e método tradicional), além de Nature e Sur Lie. Tem espumantes para todos os estilos, momentos e bolsos.

A relação da vinícola com a elaboração de espumantes começou com o Miolo Cuvée há 25 anos. Para comemorar a data, a empresa não apenas lançou o Nature como também aproveitou para modernizar a linha, toda ela agora com Denominação de Origem Vale dos Vinhedos, certificando a origem e a qualidade do produto sem pagar mais por isso. “O Miolo Cuvée tem um significado muito especial para a história da vinícola. Foi com ele que entramos nesse segmento. E conquistar a Dow para toda a linha nos enche de orgulho. A renovação também posiciona o produto em seu lugar de direito, com o merecido destaque”, salienta o enólogo Adriano Miolo, diretor superintendente da vinícola. Nessa trajetória, o Miolo Cuvée arrematou 47 prêmios em concursos internacionais.

Entre as novidades, destaque também para o ultra premium Miolo Millésime Brut 2017, cobiçado entre os amantes da bebida. Mas o líder de vendas, ‘queridinho’ do verão brasileiro é o Terranova Tropical Moscatel, que está totalmente remodelado, exibindo toda brasilidade que a estação mais quente do ano exige. Outro lançamento do ano é o Almadén Moscatel Rosé, elaborado pelo método Asti com uvas cultivadas no Vale do São Francisco. Ideal para sobremesa ou aperitivo, é um espumante leve e descontraído, com baixa graduação alcoólica, atraente na cor, nos aromas e na refrescância.

São 21 rótulos que vão de escolhas descontraídas até as mais sofisticadas. Tem espumante para todos os gostos. A diversidade está nos estilos e no preço, com opções que vão de R$ 20, como é o caso do Almadén Brut (Branco e Rosé) e Demi Sec, até chegar ao Íride Miolo Sur Lie Nature 10 Anos, a R$ 350. Tem espumante tropical, espumante que conquistou até a França e espumante com Denominação de Origem Vale dos Vinhedos.

Os rótulos das marcas Terranova, Seival e Almadén, por exemplo, colocam na taça toda pluralidade que o Brasil esbanja com um excelente custo-benefício. Elaborados com uvas cultivadas no Vale do São Francisco, na Campanha Meridional e Campanha Central do Rio Grande do Sul, estes espumantes são ideais para celebrar. Fáceis de beber, carregam expressões dos três terroirs em assemblages com uvas como Chardonnay, Pinot Noir, Chenin Blanc, Sauvignon Blanc, Verdejo, Moscato, Grenache, Pinot Gris, Shiraz e Semillon.

Coleção de espumantes da Miolo Wine Group
Íride Miolo Sur Lie Nature 10 Anos

Miolo Millésime Brut

Miolo Millésime Brut Rosé
Miolo Millésime Brut 6l


Miolo Cuvée Nature
Miolo Cuvée Brut
Miolo Cuvée Brut Rosé
Miolo Cuvée Demi-Sec
Magnun Miolo Cuvée Brut 1,5l
Magnun Miolo Cuvée Brut Rosé 1,5l
Terranova Brut
Terranova Brut Rosé
Terranova Demi-Sec


Terranova Tropical Moscatel
Terranova Baby (Brut e Moscatel)
Almadén Brut
Almadén Brut Rosé
Almadén Demi-Sec

Almadén Moscatel Rosé
Seival by Miolo Brut
Seival by Miolo Brut Rosé

Informações: Miolo

Miolo Cuvée festeja 25 anos com lançamento de caixa personalizada e versão Nature

O Miolo Cuvée é um dos espumantes mais tradicionais do Brasil. Suas borbulhas finas e persistentes e, principalmente, seu frescor, elegância e versatilidade conquistaram o mundo. Assim, o espumante brasileiro mais vendido em Paris também é a bebida oficial do Natal Luz de Gramado há 14 anos. Nesses 25 anos, a linha abriu portas e conquistou mercados, levando a marca Brasil para todos os continentes. Hoje, com presença em 15 países, o Miolo Cuvée conquista o reconhecimento da Denominação de Origem Vale dos Vinhedos (DOVV), amplia sua família com o lançamento de um Nature e apresenta nova roupagem.

Nascido nos vinhedos próprios da Miolo no Vale dos Vinhedos, o Miolo Cuvée expressa o terroir de uma região com plena vocação para o espumante. “O Miolo Cuvée tem um significado muito especial para a história da vinícola. Foi com ele que entramos nesse mercado há 25 anos, e conquistar a DOVV nos coloca em outro patamar agregando mais valor à marca Miolo no segmento de espumantes”, salienta o enólogo Adriano Miolo, diretor superintendente da vinícola. Nessa trajetória, o Miolo Cuvée arrematou 47 prêmios em concursos internacionais.

As mudanças querem provocar junto ao consumidor uma nova sensação, trazendo o novo sem deixar de lado a tradição. A modernização dos rótulos, que traz ícones de comunicação e paleta de cores mais contemporâneos, chega num momento em que a marca está consolidada como detentora de produtos premium, mostrando a expertise da Miolo na elaboração de grandes espumantes. Esta repaginada deixa o produto ainda mais elegante e ao mesmo tempo delicado, com inspiração na moda e perfumaria mundial, identificando-se com um consumidor jovem, sofisticado e mais feminino. E tudo isso sem mudança de preço, ficando entre R$ 50,00 e R$ 70,00.

Mas as mudanças não foram somente na estética. O espumante também passou por uma transformação no corte do vinho base. Agora, o Miolo Cuvée tem 60% Pinot Noir e 40% Chardonnay ao invés de 50% cada variedade como foi até aqui. O resultado trouxe elegância e sofisticação para um blend clássico.

Sobre a DOVV

Única no Brasil, a DOVV traduz a expressão do vinho autêntico, com identidade do Vale dos Vinhedos. O Miolo Cuvée conquistou a distinção por comprovar que 100% de suas uvas (Pinot Noir e Chardonay) são cultivadas na região geograficamente demarcada, além de todo processo de elaboração acontecer no Vale dos Vinhedos, seguindo um rígido controle de etapas pré-estabelecidas. A linha também seguiu pré-requisitos como a condução do vinhedo em sistema de espaldeira e a elaboração pelo método tradicional (Champenoise).

Miolo Cuvée Collection

Outra novidade para comemorar o aniversário é o Miolo Cuvée Collection, uma caixa personalizada com os quatro rótulos: Miolo Cuvée Nature, Miolo Cuvée Brut, Miolo Cuvée Brut Rosé e o Miolo Cuvée Demi-Sec, todos em 750 ml. A proposta é gerar experimentação, além de ser uma excelente dica de presente com a coleção completa. Assim, o consumidor poderá degustar os quatro espumantes, que nem sempre estão disponíveis no mesmo ponto de venda, com o preço de quatro garrafas unitárias. O Miolo Cuvée Brut e o Miolo Cuvée Brut Rosé, ambos com 12 meses de envelhecimento nas caves subterrâneas da vinícola, também serão disponibilizados em garrafa Magnum com 1,5 litro. Os quatro rótulos também exibem o Selo da The Vegan Society, como 100% veganos e livres de alergênicos.

Miolo Cuvée Nature

A aposta em espumantes Nature é recente no Brasil. Tanto que a legislação brasileira passa a citar o produto somente em 2018, permitindo a elaboração com zero adição de licor de expedição, podendo conter até 3 gramas por litro de açúcar residual. ‘Puro’, este espumante é apreciado por paladares mais maduros.

Com 18 meses de envelhecimento na garrafa em contato com as leveduras, e o mesmo preço da linha, o Miolo Cuvée Nature não tem dosagem de licor de expedição. Elaborado pelo método tradicional com uvas das variedades Pinot Noir (60%) e Chardonnay (40%) cultivadas no Vale dos Vinhedos, o produto exige em sua cápsula o selo DOVV.

Límpido, de coloração amarelo palha e nuances esverdeados, possui coroa elegante e perlage fina, delicada e constante. Seus aromas são delicados e lembram frutas cítricas como abacaxi e melão, mel e destaque para notas de pão torrado. Na boca, alto frescor diante de sua acidez equilibrada. Boa persistência gustativa e retrogosto prolongado. Ideal ser apreciado com uma temperatura entre 6ºC e 8ºC. Excelente com aperitivo, harmoniza muito bem com saladas de folhas – sem vinagre -, carpaccios, ovas de peixes, frutos do mar e bolinhos de bacalhau.

Enoturismo regado a Miolo Cuvée

Para brindar os 25 anos do Miolo Cuvée, a vinícola também está preparando o roteiro especial DOVV Espumantes, que será oferecido de segunda a sábado, sempre às 14h30min, a partir de outubro. Além de ser uma experiência mais dirigida ao mundo do espumante, o grande diferencial é a degustação do Miolo Cuvée na emblemática torre da Miolo. Já no Wine Garden será montado o Lounge Miolo Cuvée com taça ao pôr do sol e welcome drink.

Informações: Miolo

Global Champagne Day: um convite para celebrar com champanhe

Além da data comemorada nesta sexta-feira, outubro ainda é marcado pelo Dia do Champanhe

Global Champagne Day, evento realizado na França todos os anos, será comemorado de forma virtual no dia 23 de Outubro. De acordo com o site oficial do evento, este é um dia para celebrar, compartilhar e festejar o vinho, o champanhe, os homens e as mulheres. De acordo com os organizadores do evento, as pessoas devem comemorar este dia efervescente desfrutando champanhe e compartilhando as emoções em fotos ou vídeos nas redes sociais com a hashtag #champagneday.

Outro dia especial para os amantes do vinho branco espumante produzido no nordeste da França é o Dia do Champanhe, mundialmente celebrado em 28 de outubro. De acordo com o Gabinete de Comunicação de Champagne, essa data é um convite a todos os amantes do vinho espumante mais festivo do mundo.

Por conta disso a Vinvino, loja virtual de vinhos e espumantes de Curitiba, terá uma promoção especial para comemorar a Global Champagne Day nesta sexta-feira (23), haverá estoque e promoção de espumantes, 3 unidades, com desconto adicional de 5%, e 6 unidades 10%off. São quatro opções diferentes: Cava Don Román Brut ( 3 garrafas, R$192,00, 6 garrafas ,R$363, 79); Cava Don Ramón Demi Sec ( 3 garrafas R$180,37, 6 garrafas, R$ 341, 76); Messias Bairrada Milésime 2014 (3 garrafas, R$ 209, 6 garrafas R$ 397,54); e Filipa Pato 3B( 3 garrafas R$ 339,40 e 6 garrafas R$ 643,08).

Informações/vendas: VinVino – além do site, também é possível comprar via WhatsApp (41) 98725-6329. O frete é grátis para Curitiba e região.