Arquivo da tag: esteticista

Cinco dicas para cuidar da pele no inverno

Especialista dá dicas para manter a pele saudável também em dias mais frios; é importante não esquecer do filtro solar

Com a proximidade do inverno, que inicia em meados de junho, os cuidados com a saúde da pele também precisam de atenção. Desde banhos mais quentes a mitos envolvendo o protetor solar podem levar as pessoas a agirem incorretamente e até prejudicarem a derme nesse período do ano. E para não deixar que isso aconteça, a esteticista Cleide Lima, da Singu, marketplace de beleza e bem-estar, que é especialista em limpeza de pele, aponta cinco dicas preciosas para seguir nos dias mais frios do ano. Confira:

Evite banhos muito quentes

MyMedicineBox


O calor excessivo causa uma desidratação na pele, o que a faz produzir ainda mais óleo, ficando mais propícia a acnes, por exemplo. Então, em dias mais frios, além de evitar banhos muito quentes, uma dica é não lavar o rosto no chuveiro e deixar para realizar a skin care após o banho, na água fria.

O protetor solar não é feito só para dias ensolarados

Shutterstock


Esse mito já está praticamente sendo extinto, mas é sempre bom reforçar que o protetor solar também é necessário em dias frios, chuvosos e nublados. E mais: ele é necessário até mesmo sem sair de casa. Com o home office, modalidade em que muitos estão inseridos atualmente, a exposição à luz dos eletrônicos, como o computador ou notebook, também agride a pele. E nesse caso, a exigência é ainda de um protetor com base. Existem diversas texturas: creme, gel aquoso, mousse e até pó, se adaptando a diversos tipos de pele e necessidades.

Hidratação e nutrição


Em dias mais frios, a pele tende a ressecar, e por isso a necessidade de hidratação e nutrição é ainda mais forte no inverno. Mas, sempre lembrando que existem tipos diferentes de peles e, portanto, é necessário usar aquele que é ideal para a sua. Se ainda não tem um hidratante ideal, procure um dermatologista. Aqui é importante derrubar um mito: peles oleosas também precisam de hidratação, existem produtos que cumprem esse papel enquanto controlam a oleosidade.

Faça limpeza de pele com hidratação

Para manter a saúde da pele, é recomendado fazer uma limpeza mensalmente – com uma profissional, nada de tentar fazer em casa! Durante o inverno, é importante fazer o procedimento seguido de uma hidratação, de forma a não deixar a pele tão ressecada.

Reponha Vitamina C

É muito comum a necessidade de reposição de Vitamina C durante os dias mais frios do ano, isso porque o período causa mais ressecamento, fazendo com que a pele demande mais nutrição. Então, além de hidratar, é importante investir tanto em alimentação rica em vitamina C, como, principalmente, na aplicação de produtos com a vitamina como principal fonte, diretamente sobre a pele. Além de ser um importante antioxidante, a vitamina C contribui para a potencialização do protetor solar e, ainda, traz um glow saudável para a pele. Lembrando que o produto ideal sempre será aquele recomendado pelo dermatologista, de acordo com as características da sua pele.

Fonte: Singu

Saiba como realizar tratamentos noturnos na pele e nos cabelos

Esteticista dá dicas para cuidados diários com a pele e o cabelo em casa

O dia de beleza pode ser a noite de beleza, ainda mais quando não sobra tempo para se cuidar ao longo do dia. Vanessa Paez, esteticista que atende pelo GetNinjas, maior aplicativo de contratação de serviços da América Latina, preparou algumas dicas de tratamento noturno para a pele e cabelo, que são práticos para fazer em casa. Confira:

Hidratação noturna para o cabelo

Para o cabelo, ela recomenda o uso do óleo de oliva, de rícino ou mel. “O ideal é misturar uma colher de sopa do óleo de um desses ingredientes para um pote de condicionador ou creme hidratante capilar de 200 ml. Aplique no cabelo do meio às pontas e deixe agir por 15 minutos. Depois, é só enxaguar sem deixar resíduos”.

Existem muitas hidratações que podem ser aplicadas à noite, mas é preciso verificar qual é o mais indicado para o seu tipo de cabelo. Tem uma dica infalível e que serve para todos, além de ser possível fazer em casa. Veja como fazer:

Você vai precisar de babosa ou dois quiabos, óleo de coco e um creme de hidratação (pode ser o que você já está acostumada). Corte o quiabo ou babosa e coloque em uma tigela. Acrescente duas colheres (sopa) de água, misture bem e depois inclua também uma colher de creme de hidratação. Aplique no cabelo, da raiz às pontas, e deixe agir por 15 minutos. Depois, é só enxaguar sem deixar resíduos e procure utilizar água morna ou fria.

Hidratação noturna para a pele

Stephnaie Albert/Pixabay

A pele também precisa de cuidados e é importante ficar atenta ao ressecamento. Para a hidratação noturna na pele, Vanessa recomenda o uso de borra de café (que você pode reutilizar depois de coar a bebida), iogurte natural (sem sabor) e mel. Misture um pouco desses ingredientes em um recipiente. Após o banho, aplique em todo o corpo, massageie por cinco minutos e depois enxague bem. Para finalizar, você pode usar um creme hidratante corporal.

Para as partes mais rígidas do corpo, como joelhos, cotovelos, pescoço e pés, use cremes esfoliantes. “Para o rosto, recomendo uma limpeza com água micelar e depois a aplicação de um creme hidratante de acordo com a sua idade. Para o corpo, utilize o creme hidratante corporal de costume e misture algumas gotas de óleo de amêndoas para massagear a pele”, afirma Vanessa.

Royalt Free Image

De maneira geral, a pele fica exposta às mudanças climáticas, independente da idade. “Além disso, o aspecto da pele acaba sendo um reflexo do que nos alimentamos, por isso é importante ficar atento a isso. Hidratar a pele também é tomar a quantidade de água diária recomendada e se alimentar de maneira saudável”, finaliza a profissional.

Fonte: GetNinjas

BB Blow: técnica gera dúvidas entre especialistas

Uns afirmam que é tratamento. Outros, “nanomaquiagem”. O fato é que o procedimento gera dúvidas entre especialistas em estética e dermatologistas. Ter uma pele lisinha, iluminada e sem marcas é o desejo de dez em dez mulheres. Porém, a que custo elas estariam dispostas a conseguir isso?

Vinda da Coreia do Sul, uma técnica chamada BB Glow chegou ao Brasil e vem causando verdadeiro frisson entre elas. A definição do procedimento varia de profissional para profissional, ou de clínica para clínica. Uns o definem como tratamento. Outros, como “nanomaquiagem” ou BB Cream de longa duração.

Os séruns são aplicados sobre a camada mais superficial da pele, por meio da técnica de microagulhamento e podem conter vitaminas, células-tronco, partículas de ouro 24k, ativos pigmentares, dentre outros componentes. É dito que não se trata de maquiagem definitiva, nem de camuflagem, mas que resolve vários tipos de imperfeições, como poros dilatados, sinais de envelhecimentos, cicatriz de acne, manchas etc.

BBGlowadvertising6.jpg.9222ea84

Mas, afinal, a nova técnica pode trazer algum tipo de prejuízo à pele? Especialistas em estética e dermatologistas ainda têm muitas dúvidas a respeito. Lívia Camargo, fisioterapeuta com pós-graduação em estética, proprietária de clínicas especializadas nas cidades de Sorocaba (SP) e São Paulo, não aderiu à técnica: “Não existem estudos científicos que comprovem que os ativos utilizados no BB Glow não oxidem ou apresentem qualquer outra reação indesejada”, destaca.

Além disso, diz ela, uma pele que já recebeu o BB Glow não tem indicação para realizar outros tipos de procedimentos para o rejuvenescimento facial, como o laser e a luz pulsada, por exemplo. “Não há garantia de que o calor emitido por esses procedimentos não reaja desfavoravelmente com os ativos do BB Glow”, relata a fisioterapeuta dermatofuncional e esteticista.

A médica dermatologista Milena Lopes, reforça a ausência de estudos e normativas que regulamentem o método e indiquem possíveis reações adversas. “A Sociedade Brasileira de Dermatologia não reconhece nenhuma técnica específica do procedimento, que acaba sendo feita de uma forma diferente em cada local. De qualquer forma, as técnicas que envolvem pigmento podem, sim, prejudicar a identificação posterior de uma possível doença de pele, que pode ser mascarada”, afirma.

Nesse caso, ela orienta que se seja realizada uma consulta prévia com um dermatologista. “O médico precisa verificar a saúde da pele e se não existe nenhuma contraindicação para o procedimento”, conclui.

Lívia complementa dizendo que prefere apostar em outros métodos estéticos avançados, que, na sua avaliação, promovem o tratamento das imperfeições na causa do problema, e não nos efeitos. “Prefiro seguir a linha dos cuidados estéticos de ‘dentro para fora’, isto é, que vão atuar no tratamento do problema em si, como auxiliar na produção de colágeno, hidratação da pele, correção de manchas e marcas de cicatriz, dentre outros”.

Lívia Camargo fisioterapeuta dermatofuncional e esteticista com clínicas especializadas nas cidades de Sorocaba (SP) e São Paulo (2)
Lívia Camargo

Informações: Clínica Lívia Camargo

Uso excessivo do celular causa papada e flacidez na região do pescoço

Edy Guimarães, expert em estética com mais de 30 anos de carreira dá dicas de como evitar o problema e aponta os tratamentos mais eficazes para combatê-lo

A papada, também conhecida como “queixo duplo”, é um problema que acomete milhares de brasileiros, homens e mulheres, e que pode causar muito incômodo. As causas são as mais diversas, da disposição genética à flacidez facial, passando pelo excesso de pele e acúmulo de gordura.

Se você sofre desse mal, mas não apresenta nenhum dos fatores citados acima, o problema pode estar no uso excessivo do celular e de outros componentes eletrônicos, como o tablet e computador. Isso mesmo! A tech neck é a papada que aparece como resultado da postura incorreta do pescoço.

“Usar o celular com muita frequência não só prejudica a saúde, mas também o visual. Passar horas navegando pelas redes sociais com o aparelho na mão e o pescoço inclinado para baixo acelera o envelhecimento da região, propiciando o aparecimento de rugas, que, com o passar do tempo, vão aumentando até resultarem em papada”, explica a esteticista Edy Guimarães.

mulher celular cama

Além disso, a inclinação da cabeça leva à flacidez entre o queixo e o pescoço e à deformação do tecido adiposo na região, o que acaba contribuindo para o problema. Para se ter uma ideia, a cabeça humana, que pesa, em média, sete quilos, passa a ter mais de 25 quando o pescoço se inclina a cerca de 60º, ocasionando a tech neck, mas também a outros problemas na cabeça e na coluna.

Como evitar

O primeiro passo é manter a postura correta. “O pescoço e o maxilar devem permanecer sempre a 90º, ou seja, formar um ângulo reto. Precisamos sempre nos policiar para manter o celular na altura dos olhos, para que olhemos sempre para frente. O mesmo vale para os tablets e comutadores. Usar suportes para levantar as telas é a melhor opção”, explica Edy.

shutterstock mulher usando celular.jpg
Shutterstock

A expert recomenda ainda exercícios para fortalecer a musculatura dos ombros e pescoço. “Alongamento é essencial e atividades, como caminhada, pilates e ioga são excelentes”, recomenda. Se houver dores na lombar, ombros e pescoço, o ideal é procurar a ajuda de médicos ortopedistas para uma avaliação mais profunda e, se for o caso, sessões de fisioterapia.

Os tratamentos

hifu tratamento rosto healthline

HIFU – Foto: HealthLine

Além dos cuidados para prevenir a tech nech, existem diversas opções de tratamentos estéticos para revertê-lo. Entre eles, podemos citar:

– Intradermoterapia – tratamento indicado para pequenas partes do corpo, como a região do queixo, e que consiste na aplicação de enzimas na pele, ou abaixo dela, para absorver a gordura localizada. O tratamento é rápido, praticamente indolor e os resultados são visíveis logo após a primeira aplicação.
– Lifting com Fios de PDO – promove a suspensão dos tecidos da face por meio do uso de fios 100% absorvíveis, compostos de polidioxanoma (PDO), que também estimulam a produção de colágeno.
– Criofrequencia – técnica que reduz a gordura localizada utilizando uma base ultracongeladora que esfria a epiderme a 10ºC negativos e sob radiofrequência de aproximadamente 55ºC. O choque térmico promove a contração das fibras de colágeno, promovendo maior firmeza à pele.
– Bioestimuladores injetáveis – substâncias que, ao serem injetadas na pele, estimulam a produção de colágeno natural do corpo, reduzindo a flacidez da pele. Atualmente existem dois produtos com essa função, o ácido polilático (Sculptra) e a hidroxiapatita de cálcio (Radiesse), O Sculptra apresenta um efeito progressivo e duradouro (25 meses), com resultados que aparecem gradualmente. Já o Radiesse é um bioestimulador que, além do efeito de preenchimento imediato, estimula a produção natural de colágeno e com recupera a firmeza e a elasticidade da pele. Seu efeito dura entre 18 e 24 meses.
– Ultrassom Microfocado (HIFU) – tratamento desenvolvido para proporcionar efeito de lifting facial de forma não-invasiva e não-cirúrgica. Essa tecnologia utiliza o calor para promover a melhora da flacidez, já que as ondas do ultrassom conseguem atingir e aquecer as camadas mais profundas da pele, nas quais a contração do colágeno começa a ocorrer.

“Vale lembrar que todos os efeitos dos tratamentos utilizados no combate à tech neck devem ser associados com hidratações e lifting cosmetológicos para que os resultados sejam ainda mais satisfatórios”, finaliza Edy.

Edy Guimarães

Com mais de 30 anos de profissão, a expert é uma das maiores referências em tratamentos estéticos no Brasil, sendo a maior influenciadora digital do segmento (@edybeleza), com mais de 62 mil seguidores diretos e quase 40 milhões em suas conexões. Acaba de inaugurar sua nova clínica, localizada na região da Faria Lima, um dos bairros mais nobres da capital paulista, onde oferece não só os mais modernos e eficazes tratamentos estéticos, mas também os serviços de dermatologistas, endocrinologistas e nutricionistas.

Dez dicas de como deixar a pele do rosto mais sequinha no verão

A pele costuma ficar mais oleosa no verão. Aprenda truques para driblar o problema e manter a cútis com visual saudável e luminoso.

Quem tem pele oleosa sabe que o verão pode ser uma temporada complicada, já que é preciso lidar de forma mais intensa com a produção excessiva de brilho. Além disso, em todas as épocas do ano, o rosto e o corpo ainda são afetados pelos efeitos nocivos dos agentes externos, como a radiação solar e a poluição.

Quer saber como manter a pele sequinha e saudável mesmo nos dias mais quentes? Fique de olho nessas dez dicas da esteticista Natália Nascimento.

1ª Dica – Não lave o rosto com água quente:

mulher lavando o rosto

Peles oleosas e secas, devem tomar cuidado ao lavar com água quente, pois o ideal é a água morna. Não e necessário tomar banho gelado e sim morna, basta testar na pele do pulso, se estiver agradável, pode entrar no chuveiro.

2ª Dica – Faça o uso de água micelar pela manhã:

A água micelar, de forma geral, age de forma tão eficiente por causa das micelas, ou seja, aglomerados de átomos, íons ou moléculas que atraem a sujeira, a oleosidade e a maquiagem sem agredir a pele. É por isso que a água micelar pode ser usada diariamente, de manhã e à noite, antes e depois da maquiagem, sem qualquer tipo de prejuízo para a pele.

3ª Dica – Use protetor solar:

pele rosto mulher

A dica é usa um protetor solar que tenha um toque seco para a pele oleosa. Muitos deles possuem alta proteção e oferecem textura seca, como é o exemplo dos que têm a tecnologia AIRlicium.

4ª Dica – Não use produtos que contenham álcool:

A quantidade de gordura desse tipo de pele é muito grande. Por isso, mesmo depois de lavada, ela tende a ficar novamente oleosa. Para casos assim, o melhor é apostar em sabonetes ou loções livres de álcool que removem o excesso de oleosidade e ainda evitam o risco do ressecamento.

5ª Dica – Use maquiagem leve:

pele_linda

Por mais leve que seja a maquiagem, se você puder usá-la em pequena quantidade ou não usá-la com tanta frequência, será melhor para não obstruir os poros. A dica de maquiagem é evitar camadas e camadas de produtos.

6ª Dica – Faça uma esfoliação uma vez por semana:

“Em geral, peles espessas e oleosas podem ser esfoliadas com produtos faciais próprios, sempre com a pele úmida, diariamente. Mas peles mistas, recomendo usar o esfoliante duas vezes por semana. Já peles secas e sensíveis, a cada 15 dias e sempre com cautela”.

7ª Dica – Antes de dormir faça o seu ritual diário:

Pele mulher

Fatores como radiação solar, poluição, fumaça de cigarro, mudanças de temperatura e maquiagem fazem com que a pele fique envelhecida, desidratada e sem brilho. Uma boa limpeza de pele, combinada aos cosméticos certos, garante o equilíbrio da oleosidade e a proteção necessária.

8ª Dica – Durma bem:

Que uma boa noite de sono é essencial para ter uma pele sempre linda ninguém duvida, porém muitos esquecem. Uma noite bem dormida, ou melhor várias noites seguidas podem fazer maravilhas pela saúde, pois é durante o sono que o organismo produz os hormônios de crescimento. Esses hormônios são importantes para a renovação celular, sistema imunológico, nervoso, esquelético e na reparação dos tecidos dentre eles, a pele.

9ª Dica – Sempre retire sua maquiagem:

limpeza cílios cotonete

O sabonete, por melhor que seja, não é suficiente. Para remover todos os restinhos da sua maquiagem, conte com um bom demaquilante ou um tônico facial (vale substituir por uma loção adstringente, caso sua pele seja oleosa). Espalhe o produto com um algodão, até que ele saia sem vestígios de pó, base, sombra ou blush.

10ª Dica: Use soro fisiológico no rosto com algodão ou um borrifador:

O soro fisiológico para a pele é perfeito em todos os sentidos, sendo uma excelente opção para quem não quer gastar com água termal. O uso pode ser feito tanto na pele facial, quanto na pele corporal.

Sem corte e sem dor: novo tratamento para dar um fim à papada

Muitas mulheres – e homens – se incomodam com o famoso “queixo duplo” que pode formar nesta região com o passar dos anos ou com o aumento de peso. Isso acontece devido ao acúmulo de gordura ou mesmo por conta da flacidez da pele. A boa notícia é que nem sempre é necessário submeter-se à cirurgia plástica para combater o problema.

Prova disso é a novidade que acabou de chegar no Espaço Kurma: Lift Form. Trata-se de um peeling transdérmico que promove a quebra de gordura da região do pescoço, além do rejuvenescimento de toda a face e da região do pescoço e colo.

“Tem como diferencial a aplicação de um ativo altamente inovador, o Reduxlin, que por meio de moléculas bioidênticas e com ação lipolítica, promove quebra e arraste da gordura que se acumula na região”, explica a esteticista Sueli Szterling, sócia do Espaço Kurma.

O protocolo combina ainda os cristais gregos, responsáveis por estimular a produção da Klotho – proteína da juventude que aumenta a capacidade de longevidade celular – a ativos com ação renovadora e antioxidante, fortalecedora e preenchedora.

Além disso, é realizada uma massagem lipomodeladora e usada a tecnologia de compressão cervicofacial para potencializar os resultados. Esta última utiliza a técnica de iontoforese – uma corrente elétrica baixa – que conduz as substâncias utilizadas para as camadas mais profundas da pele. E através do seu formato exclusivo – que se encaixa exatamente no rosto – age diretamente no contorno facial, pescoço e papada.

“O efeito é visível na primeira sessão: uma redefinição dos contornos faciais e uma melhora da qualidade da pele, tornando-a mais nova e hidratada”, afirma Sueli. “Porém, são recomendadas quatro sessões para um tratamento completo”, acrescenta ela.

tratamento papada kurma.png

Espaço Kurma

O nome Kurma foi inspirado no significado da palavra tartaruga em sânscrito, utilizada para simbolizar solidez, estabilidade, longevidade e determinação. E é essa imagem que o espaço escolheu para representá-lo. Localizado no Alto de Pinheiros, o Kurma é um Spa completo que oferece mais de 60 opções de serviços voltados aos cuidados com o corpo e mente, além de terapia capilar e manicure.

No Espaço Kurma, encontra-se o que há de melhor e mais atual em atividades físicas, tratamentos corporais e faciais, orientação nutricional, promoção da saúde, terapias de relaxamento, estética, beleza e autoconhecimento. Com profissionais altamente capacitados, são realizadas somente terapias e procedimentos seguros, com eficácia comprovada.

Informações: Espaço Kurma

Cosméticos: saiba a ordem correta para a aplicação de cada produto na pele

Creme, gel, sérum, loção, antienvelhecimento, antiacne, hidratante, fotoprotetor… São muitos os cosméticos usados no dia a dia, e aplicá-los na ordem errada pode afetar a ação do produto

Nos dias de hoje a preocupação com a beleza vem aumentando cada vez mais, principalmente quando se fala sobre a qualidade da pele. Logo, são muitos os cosméticos usados para manter a pele bonita e saudável, indo desde de cosméticos para limpeza até cremes antienvelhecimento e fotoprotetores. Mas poucos se atentam sobre a ordem correta que esses produtos devem ser passados, o que pode fazer com que os cosméticos percam sua ação.

“Existem alguns ativos que se anulam, mas também existem muitos que se complementam em sua formulação. Tudo depende da ordem em que forem usados. Se os cosméticos forem utilizados na ordem errada podem ser que não tenham uma ação tão eficaz. Por exemplo, se eu passar um produto que tem como finalidade o tratamento da pele antes de limpá-la, as impurezas impedirão a ação do produto”, explica Isabel Piatti, especialista em Estética e Cosmetologia, embaixadora do CIA — Centro e Instituto Internacional de Aprimoramento e Pesquisas Científicas, Membro do Conselho Científico da Academia Brasileira de Estética Científica – ABEC.

Mas qual a sequência correta? Segundo Valéria Marcondes, dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia, na rotina diária deve-se sempre começar pela limpeza, é o passo mais básico. Em peles mais secas e sensíveis, é recomendado realizar a limpeza com demaquilantes ou produtos micelares que combinam óleo e água. Já em peles mais oleosas, pode-se usar sabonetes líquidos ou em barra com alguns princípios ativos que tratem e absorvam a oleosidade.

Pele mulher

O passo seguinte é a tonificação, para que, após a limpeza, a pele fique com o pH mais próximo do original. “Quando lavamos a pele acabamos deixando-a muito alcalinizada, pois o sabão possui o pH muito básico. Então, quando utilizamos o tônico, normalizamos o pH, tornando-o mais parecido com o normal da pele”, explica a dermatologista.

Após a limpeza e a tonificação vem a aplicação dos séruns, loções e cremes, sempre indo dos produtos de apresentação mais líquida para os mais consistentes, na seguinte sequência: loções, séruns, cremes e máscaras. Segundo Valéria, esta ordem deve ser seguida pois quanto mais fluído o veículo é, maior sua capacidade de concentração de princípios ativos. Por fim, aplica-se o filtro solar, que sempre deve ser o último a ser passado na pele.

De acordo com Isabel, alguns produtos devem ser passados apenas de manhã ou à noite, sempre se baseando no tratamento. “Durante o dia o foco é a proteção contra radiação solar, oxidantes e perda de água, então devem ser aplicados fotoprotetores, antioxidantes e hidratantes. Já durante a noite deve-se focar na renovação utilizando produtos antienvelhecimento, antirrugas e cosméticos com ativos de ação reparadora como ácidos, coenzima Q10, dragosine, entre muitos outros”, completa.

Outro fator importante na hora de passar vários cosméticos em sequência no rosto é o tempo de secagem de cada um. Antes de passar um cosmético, deve-se esperar até que o anterior esteja completamente seco.

“Depois de limpar e tonificar a pele, o ideal é esperar de 10 a 15 minutos antes de continuar a passar os cremes e loções. Se passados logo em seguida, sua pele estará com pouquíssima oleosidade, o que pode fazer com que os cosméticos e ativos penetrem demais na pele, machucando o tecido e promovendo irritação, descamação e dificuldade de manter o uso”, destaca Valéria.

Assim como existem pessoas mais meticulosas, que procuram seguir a ordem de aplicação de cosméticos com um produto para cada protocolo, existem pessoas que preferem a praticidade. Para estes casos, o ideal é optar por cosméticos multifuncionais.

creme rosto beleza mulher.jpg

“Para quem tem o ritmo de vida muito corrido, os multifuncionais são ótimos. Pode-se realizar a limpeza do rosto com uma água micelar que já possui função de tonificação e, depois, passar um produto que possua ação hidratante, antienvelhecimento, fotoprotetora e ainda contenha cor. Tudo isso em um único cosmético”, afirma Isabel.

“Porém o mais importante é que você consulte regularmente um dermatologista. Apenas ele poderá avaliar e dizer quais produtos são ideais para cada tipo de pele e como devem ser utilizados em cada caso”, finaliza.

Fontes
Valéria Marcondes – Dermatologista da Clínica de Dermatologia que leva seu nome, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia com título de especialista e da Academia Americana de Dermatologia. Foi fundadora e é membro da Sociedade de Laser.

Isabel Piatti – especialista em Estética e Cosmetologia, embaixadora do CIA — Centro e Instituto Internacional de Aprimoramento e Pesquisas Científicas, Membro do Conselho Científico da Academia Brasileira de Estética Científica – ABEC.

Busca por corpo “perfeito” no verão exige cautela

Dermatologista aponta os principais cuidados que devem ser tomados na realização de procedimentos estéticos

Com a chegada do verão é comum que as pessoas busquem ainda mais por tratamentos estéticos que proporcionem bem-estar, autoestima e até mesmo a melhora nas condições de saúde, mas essa busca incessável pela estética exige alguns cuidados. Pensando nisso, os pilares da cosmiatria tornam-se essenciais para assegurar a realização destes procedimentos.

A cosmiatria foi um neologismo criado quando a especialidade da dermatologia começou a realizar procedimentos estéticos. “Para nós, dermatologistas, a cosmiatria envolve os tratamentos e procedimentos estéticos realizados com seriedade, ética e rigor científico” afirma Sabrina Talarico, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

A dúvida de muitas pessoas, no entanto, é sobre a escolha do profissional que deve aplicar as técnicas estéticas. De acordo com a dermatologista, existem esteticistas competentes e que até mesmo atuam em parceria com os médicos, trazendo a multidisciplinaridade para a área, porém esses profissionais são capacitados para aplicarem técnicas específicas e não invasivas. Tratamentos invasivos e diagnósticos devem ser sempre realizados pelo médico dermatologista.

plástica procedimento corpo

Alguns desses tratamentos, quando não supervisionados por um profissional da área dermatológica, podem trazer complicações para a saúde. “Não é raro vermos erros diagnósticos, por exemplo, realização de peelings e clareamentos em uma ‘mancha’ que na realidade é um câncer de pele” relata a médica.

O fato do dermatologista ser indicado para a realização desses tratamentos, se deve ao cuidado com a saúde da pele, que muitas vezes pode apresentar patologias que são desconhecidas pelo esteticista ou fisioterapeuta. A recomendação de Sabrina é que a pessoa frequente regularmente o dermatologista a fim de realizar exames preventivos, um pequeno sinal manifestado pela pele, muitas vezes pode oferecer risco à saúde.

Entre os procedimentos estéticos mais procurados e aplicados por esteticistas, estão: limpeza de pele facial, drenagem linfática, massagem modeladora, massagem relaxante, hidratação facial e corporal. Já entre os procedimentos estéticos mais procurados e aplicados por Dermatologistas, estão: toxina botulínica, preenchimento, peelings, laser para rejuvenescimento, tratamentos para manchas (laser/clareadores peelings), criolipólise para gordura localizada, depilação a laser, laser para vasinhos e laser vaginal.

Como ainda não existe um órgão regulador para a realização de procedimentos estéticos, é fundamental que a pessoa opte por um profissional com qualificações adequadas, como por exemplo, saber se o Dermatologista é credenciado pela Sociedade Brasileira de Dermatologia. Para que seu corpo esteja em dia, a saúde é um fator primordial e não deve ser esquecido. Cuide-se!

Fonte: Sabrina Talarico é graduada pela Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro no ano de 2004. Seguiu a Residência de Clínica Médica da Faculdade de Medicina da Universidade de Santo Amaro no ano de 2005 e posteriormente a Residência de Dermatologia do Hospital Celso Pierro da Pontifícia Universidade Católica de Campinas, no período de 2006-2008. Desempenha função de médica colaboradora na Unidade de Cosmiatria, Cirurgia e Oncologia do Departamento de Dermatologia da Escola Paulista de Medicina da Universidade Federal de São Paulo, como preceptora dos residentes do Departamento de Dermatologia no Setor de Dermatologia.