Arquivo da tag: exames

Exames, acupuntura, massagem e atividades recreativas gratuitas no Bom Retiro

Programação inclui check-up e aulas de dança para incentivar a prática de atividades físicas, entre outras atividades

Hoje, 23 de agosto, os moradores do Bom Retiro e região central da cidade poderão participar da Ação Saúde que será realizada até às 17h, na Praça Coronel Fernando Prestes, em frente ao Metrô Tiradentes. Com objetivo de promover a saúde e bem-estar da população, a programação gratuita inclui a realização de exames de sangue, hepatite e urologia, checagem de pressão arterial e avaliação odontológica, além de sessões de acupuntura, fisioterapia, massagem e máscara facial.

Para quem quiser se exercitar e se divertir haverá aulas de ginástica, alongamento, zumba, dança tradicional coreana, K-pop, Taekwondo e Workshop de Dobradura para entreter e estimular a coordenação motora principalmente das crianças.

A Ação Saúde é uma iniciativa do vereador Aurélio Nomura (PSBD) e do Centro Cultural Hallyu, dirigido pela jornalista e escritora Yoo Na Kim, com o objetivo de orientar as pessoas sobre questões de saúde e benefícios da atividade física para o corpo e mente, proporcionando à população à oportunidade de acesso gratuito a uma série de exames e atividades recreativas.

Programação

 

HORÁRIOS

EXAMES PALCO/AULA WORKSHOP WORKSHOP
9:00 ~ 10:00   Ginástica Dobradura Odontológico
10:00 ~ 11:00 Pressão Alongamento    
11:00 ~ 12:00   Taekwondo Massagem Beleza/máscara
12:00 ~ 13:00 Hepatite Zumba    
13:00 ~ 14:00   Dança coreana Massagem Fisioterapia
14:00 ~ 15:00 Sangue Dança K-pop    
15:00 ~ 16:00   Dança K-pop Dobradura Acupuntura
16:00 ~ 17:00 Pressão Zumba    

cartaz ação saúde.jpg

Ação Saúde
Dia 23 de agosto
Horário: das 9h às 17h
Local: em frente ao Metrô Tiradentes
Endereço: Praça Coronel Fernando Pretes
Mais informações: e-mail: cursos@cchallyu.com.br ou no Centro Cultural Hallyu – Rua Guarani, 149, Bom Retiro
Evento gratuito

Dia dos Pais: cardiologista dá dicas de exames preventivos para os homens

Homens com mais de 35 anos são aconselhados a realizar o check-up pelo menos uma vez ao ano; assim permanecem cientes do que está acontecendo com o seu organismo

Para estar presente em cada momento da vida dos filhos é preciso ter saúde. E para ter saúde é preciso se cuidar. Celebrado no dia 11 de agosto nesse ano, o Dia dos Pais serve como uma oportunidade de despertar sobre a importância dos cuidados da saúde masculina, a fim de melhorar a qualidade de vida dos homens. Pois os cuidados de prevenção devem começar desde a adolescência.

Muitas doenças podem ser prevenidas quando os homens procuram os serviços de saúde regularmente. Com o aumento da idade, há uma tendência à redução de massa muscular e aumento do tecido gorduroso, o que reduz a taxa metabólica. E, assim, ocorre uma tendência do aumento de colesterol, glicemia, triglicérides. Também há chance de neoplasias malignas (câncer), cuja incidência é aumentada com a idade. Dessa forma é importante procurar o médico sempre que tiver alguma dúvida, mas também periodicamente, antes que apareçam sintomas de doenças.

Hoje o conhecimento científico, que gradualmente se acumula na medicina, permite diagnósticos mais individualizados e precisos, abrangendo dados que facilitam a prevenção, detecção precoce e evolução das doenças, assim como a indicação de procedimentos terapêuticos adequados. De acordo com César Jardim, cardiologista e responsável pelo Clinic Check-up HCor, as doenças do aparelho cardiovascular (principalmente AVC e infarto) são a principal causa de óbito entre os homens, seguido pelas neoplasias, principalmente o câncer de próstata, reforçando a extrema importância da prevenção no universo masculino.

melanoma pele exame medico

A importância da prevenção para saúde do homem: por meio da equipe multidisciplinar do Clinic Check-up, o HCor estabelece avaliações com o intuito de identificar eventuais doenças e seus possíveis fatores de risco – baseado em dados clínicos e achados de exames. São pesquisadas doenças frequentes e clinicamente importantes com impacto na saúde e na qualidade de vida, como tumores, doenças cardiovasculares, metabólicas e infecciosas. Para isso, o serviço conta com uma equipe multidisciplinar composta por cardiologista, urologista, ginecologista, fisiatra, dermatologista, fonoaudiólogo, oftalmologista e nutricionista.

No que diz respeito às doenças cardiovasculares, além da identificação e controle dos fatores de risco, o HCor conta com o ecocardiograma tridimensional e angiotomografia de artérias coronárias, no qual pode identificar a concentração de cálcio nesses vasos e a presença de placas de aterosclerose, além de ressonância magnética e tomografia computadorizada do coração. “Também são feitas orientações nutricionais para reeducação alimentar e para a prática de atividade física, pois é evidente que cada um de nós tem sua parcela de responsabilidade, já que algumas medidas preventivas estão relacionadas diretamente aos nossos hábitos de vida”, alerta Jardim.

Fique atento à saúde do seu pai: com a vida cada vez mais corrida e o estresse diário, aumenta cada vez mais a preocupação com o bem-estar e a saúde, fundamental para garantir qualidade de vida. No entanto, se o seu pai é do tipo relapso, que não se preocupa com a saúde, e vai ao médico apenas quando precisa, fique de olho. Aproveite o dia dos pais e o incentive a fazer um check-up, independentemente da idade ou de estar se sentindo bem.

Dicas do cardiologista do Clinic Check-up HCor com os exames recomendados aos homens:

sangue

Após os 30 anos: exame de sangue para avaliar a função renal e hepática, os marcadores tumorais e as taxas de colesterol, glicemia, tireoide e triglicérides e eletrocardiograma;

exame ciencia equipamento

Após os 40 anos: exame de sangue para avaliar a função renal e hepática, os marcadores tumorais e as taxas de colesterol, glicemia, tireoide e triglicérides, exames urológicos e de hormônios, exame da saúde da próstata (apenas para homens com histórico de câncer na família);

exame homem healthline
Healthline

Após 50 anos: todos os exames acima são recomendados. Exame da próstata torna-se obrigatório anualmente e, em caso de alterações, a cada seis meses.

A prevenção ainda é o melhor remédio: a descoberta precoce de certas doenças é um importante passo no processo de cura. No entanto, os homens ainda deixam para procurar um médico somente quando já está seriamente doente, ou seja, o check-up preventivo costuma ser desprezado.

“Felizmente, essa mentalidade está começando a mudar, e cada vez mais, as pessoas percebem que o check-up é uma ferramenta importante para a manutenção da saúde. Homens com mais de 35 anos são aconselhados a realizar esse procedimento pelo menos uma vez ao ano, assim permanecem cientes do que está acontecendo com o seu organismo”, aconselha o médico.

depositphotos pai e filho homens
Depositphotos

Os filhos têm papel fundamental na saúde dos pais. São eles que motivam, acompanham, marcam as consultas e participam mais ativamente da rotina do pai. “Apesar de nos últimos anos o comportamento masculino ter melhorado, ainda existem muitos homens que não procuram o médico. Os homens, além de fazer menos exames preventivos, tendem a fumar e beber mais, além de serem mais sedentários e terem, na média, mais sobrepeso”, esclarece o cardiologista do HCor.

Para o aparecimento da doença é necessária a presença de fatores de risco, como tabagismo, obesidade, hipertensão arterial, colesterol elevado e diabetes. “Se controlarmos os fatores de risco, e a isto aliarmos uma vida saudável, com alimentação regrada e exercícios adequados, reduziremos em 90% o risco do aparecimento do infarto”, orienta o cardiologista.

Fonte: HCor

Hospital Veterinário da UNG fornece serviços com preços baixos

Consultas devem ser agendadas com antecedência, exceto em situações de emergência

O Hospital Veterinário da Universidade Univeritas/UNG retomou os agendamentos para o atendimento de animais de grande e pequeno porte. Embora não sejam gratuitas, as consultas e cirurgias do hospital veterinário são em média 50% mais em conta do que em clínicas particulares. Os valores são destinados a manter e repor os suprimentos.

“O Hospital Veterinário oferece serviço de qualidade por um valor acessível, disponibilizando, também, a opção de parcelamento, favorecendo as pessoas de baixa renda”, explica o coordenador do curso de Medicina Veterinária, Paulo Cesar de Carvalho Ferreira de Freitas. Os atendimentos são realizados por alunos de pós-graduação e docentes da Universidade, enquanto graduandos acompanham os procedimentos.

A clínica faz exames laboratoriais e de imagem, como sangue, urina, fezes, e histopatológicos que verificam a presença de doenças por meio da análise de um tecido celular. O tempo de espera e de atendimento pode variar dependendo do quadro apresentado pelo animal, dos exames que necessitam ser realizados e do fluxo das consultas.

As consultas podem ser agendadas com antecedência, pessoalmente ou por telefone. Casos emergenciais poder ser encaixados mediante análise da equipe.

cachorro vet veterinaria UNG

Hospital Veterinário da Universidade Univeritas/UNG
Local: Prédio H do Campus Dutra
Rua: Anthon Philips, 446 – Vila Herminia, Guarulhos, São Paulo
Horário: de segunda a sexta-feira, das 8h30 às 20h3
Informações: Telefone (11) 2423-7601

Check-up é receita de vida longa para os pets

Avaliação feita durante consulta de rotina ajuda a prevenir ou detectar doenças antes que elas se agravem

Cuidados e prevenção estão associados à longevidade também dos pets. Alimentação balanceada, atividades físicas, dormir bem e a prevenção de doenças, com vacinação e visitas regulares ao veterinário, fazem parte da receita de qualidade de vida de cães e gatos. “O check-up é uma maneira de manter a saúde do pet em dia”, alerta a veterinária Larissa Seibt, do Centro Veterinário Seres, da rede Petz.

Ela explica que é um ‘exame de bem-estar’, em que é possível identificar alterações no organismo do pet, que podem ser corrigidas precocemente, evitando o seu agravamento. Além disso, o bate-papo com o profissional orienta o tutor na conduta e manejo, favorecendo a saúde global dos bichinhos de estimação.

Quais doenças ajuda a prevenir

“Em sua grande maioria, as doenças possuem uma fase silenciosa – sem apresentar sintomas. Mas diagnosticadas e tratadas em fase inicial, há mais chances de sucesso e menos riscos de agravamento, além de, em alguns casos, reduzir o tempo de tratamento – de acordo com a enfermidade”, afirma Larissa. Alterações renais, cardiovasculares, pulmonares, osteoarticulares, hormonais, entre outras, podem ser detectadas nessas consultas.

Por que é importante?

veterinario-gato-1-770x490

Quando o pet vai ao veterinário para check-up, ele é avaliado a partir de um exame físico, em que pode ser constatada, por exemplo, alguma anormalidade no coração. São pedidos os exames para o diagnóstico preciso e orientação de tratamento, caso necessário. “Essa intervenção evita a progressão negativa do quadro e melhora a qualidade de vida dos bichinhos. Caso não reconhecida a alteração em tempo hábil, a progressão negativa pode ser acelerada e reduzir a expectativa de vida do pet, bem como afetar seu bem-estar”, avalia a veterinária.

De modo geral, o check-up permite a identificação de anormalidades ou problemas que podem ser tratados para evitar agravamento e comprometimento da saúde do pet.

Como é feito

cachorro no veterinario warren
Foto: Warren Photographic

Durante o check-up é realizada uma conversa com o tutor, para entender a rotina do pet e seu comportamento e, em seguida, exame físico do animal, onde são avaliados peso corporal (caquexia/subnutrição/desnutrição/obesidade), saúde bucal, hidratação, temperatura, pressão arterial, avaliação cardíaca, pulmonar, avaliação de pele e pelos, palpação abdominal para identificar desconforto ou alterações.

Exames

Cat at veterinarian

Dependendo do caso, é indicada a realização de exames de sangue, testes hormonais, exames de imagem (radiografias e ultrassom), exames cardiológicos. Com o hemograma, é possível ver se o animal não apresenta nenhuma infecção. Já os testes de função renal e hepática servem para avaliar o trabalho dos rins e do fígado. E o eletrocardiograma permite um check-up cardiológico.

De quando em quando deve ser feito

A periodicidade é estipulada de acordo com a idade do pet. Cães e gatos de até sete anos de idade devem ir ao veterinário, pelo menos, uma vez ao ano, visto que este intervalo também é o utilizado para protocolo de vacinação. Quando acima dos sete anos de idade, aumenta a periodicidade dos check-ups, sendo adequado levá-los ao veterinário por, pelo menos, duas vezes ao ano (a cada seis meses). Ainda, se constatadas alterações nos check-ups, pode ser necessário que o pet compareça à consulta veterinária com uma maior periodicidade, de acordo com as instruções do veterinário responsável.

Fonte: Petz

Exames de mamografia gratuitos e oficinas de beleza na Praça da República

Campanha realizada em prol do Outubro Rosa também contará com dicas de moda da digital influencer Gi Charaba, bate papo com especialistas e oficinas de maquiagem e lenço

A Fundação Instituto de Pesquisa e Estudo de Diagnóstico por Imagem (Fidi) – responsável pelos exames de imagem em 85 unidades públicas de saúde na capital – realizará entre os dias 16 e 19 de outubro, das 10h às 18h, a campanha “Todos pelo Rosa” (#TodosPeloRosa), na esplanada da Praça da República, na região central de São Paulo. A ação especial e gratuita, realizada em prol do Outubro Rosa, contará com diversas atividades, entre elas, exames de mamografia, oficinas de maquiagem e de lenço e bate papo com especialistas sobre prevenção.

Durante o período, todos os dias serão distribuídas 50 senhas para a realização de exames de mamografia em mulheres a partir dos 35 anos. Para isso, basta levar cartão do SUS, RG e CPF. As mulheres serão atendidas em uma Unidade Móvel, fornecida pela Truckvan, líder brasileira no mercado de soluções sobre rodas e apoiadora da ação. Caso os médicos detectem alguma alteração, o ultrassom será feito na hora. Além disso, as pacientes serão encaminhadas ao Hospital Pérola Byington.

Para estimular doação de cabelo entre os participantes, serão disponibilizados diariamente cabeleireiros profissionais para realizarem o corte. Além disso, a digital influencer, modelo e Miss Acre Gi Charaba estará no evento para compartilhar sua experiência e dar dicas de moda para as mulheres presentes.

O câncer de mama é o tipo de câncer mais comum entre as mulheres no mundo e no Brasil. Desde 2014, a Fidi realiza um levantamento do número de pacientes encaminhados para exames complementares por achados suspeitos ou altamente suspeitos. O número de casos cresceu 25% no período, com cerca de 2,8 mil pacientes encaminhadas no último ano.

Vivian Milani, radiologista da Fidi, explica que o câncer de mama tem até 95% de chances de cura se for precocemente detectado: “A melhor forma de se fazer essa prevenção é com a realização do exame de mamografia. Por isso é muito importante que as mulheres respeitem o período de retorno prescrito no laudo médico”.

A coordenadora de projetos sociais da Fidi, Cristiane Claro Monzani, afirma que o objetivo do evento é evidenciar a importância da prevenção e promover momentos de lazer para mulheres que já passaram ou ainda enfrentam a doença.

“Como instituição preocupada com o bem-estar da população, a Fidi deseja disseminar informações sobre o câncer e conscientizar as pessoas sobre a importância dos exames preventivos. Além disso, ao promover oficinas, também queremos ajudar no processo de elevação da autoestima da mulher. Nosso maior intuito é unir a sociedade em torno de uma causa nobre”, ressalta.

Segundo o Colégio Brasileiro de Radiologia, a mamografia de rotina deve ser realizada anualmente a partir de 40 anos de idade. No caso das mulheres com histórico familiar, mãe, filha ou irmã, a orientação é que iniciem esse rastreamento o mais rápido possível.

O autoexame é muito importante para que a mulher conheça bem o seu corpo e perceba com facilidade qualquer alteração nas mamas e assim procure rapidamente um médico. Vale lembrar que o autoexame não substitui a mamografia e deve ser realizado mensalmente, logo após a menstruação. Nas pacientes que não menstruam mais, devem escolher um dia no mês, para realizar o autoexame.

Para examinar a mama esquerda, coloque a mão esquerda atrás da cabeça e apalpe com a mão direita. Para examinar a mama direita, faça o movimento inverso, colocando a mão direita atrás da cabeça e apalpe com a mão esquerda. Já no mamilo, faça pressão suave e verifique se há alguma secreção. As axilas também podem omitir pequenas alterações, portanto, após examinar as mamas, apalpe toda a área debaixo dos braços.

Mais informações sobre a Fidi podem ser obtidas no site clicando aqui.

fidi

Programação completa:

16/10 – Terça-feira
10h às 11h – Oficina de Maquiagem – Hinode
11h às 12h – Dicas de Moda – Influenciadora Gi Charaba
12h às 13h – Bate papo: “O câncer de Mama”, com Rosana Midori
13h às 14h – Oficina de Maquiagem – Hinode
14h às 15h – Oficina de Lenço (ONG Leva Estilo)
15h às 16h – Oficina de Maquiagem – Hinode
16h às 17h – Oficina de Lenço (ONG Leva Estilo)
17h às 18h – Oficina de Maquiagem – Hinode

17/10 – Quarta-feira
10h às 11h – Oficina de Maquiagem – Mary Kay
11h às 12h – Dicas de Moda – Influenciadora Gi Charaba
12h às 13h – Bate papo “Sinais e Sintomas do Câncer de Mama”, com Vivian Milani
13h às 14h – Oficinas de Moda e Maquiagem (AMT Assessoria de Beleza / Akassi Estúdio de Estilo)
14h às 15h – Oficinas de Moda e Maquiagem (AMT Assessoria de Beleza / Akassi Estúdio de Estilo)
15h às 16h – Oficinas de Moda e Maquiagem (AMT Assessoria de Beleza / Akassi Estúdio de Estilo)
16h às 17h – Oficina de Lenço (ONG Leva Estilo)
17h às 18h – Oficina de Maquiagem – Mary Kay

18/10 – Quinta-feira
10h às 11h – Oficina de Maquiagem – Hinode
11h às 12h – Dicas de Moda – Influenciadora Gi Charaba
12h às 13h – BATE PAPO “Mitos e Verdades da Mamografia”, com Simone Caetano
13h às 14h – Oficina de Lenço (ONG Viva Melhor)
14h às 15h – Oficina de Maquiagem – Hinode
15h às 16h – Mini Aula Prevenção (ONG Viva Melhor)
16h às 17h – Oficina de Maquiagem – Hinode
17h às 18h -Oficina de Lenço (ONG Viva Melhor)

19/10 – Sexta-feira
10h às 11h – Oficina de Maquiagem – Hinode
11h às 12h – Dicas de Moda – Influenciadora Gi Charaba
12h às 13h – Bate Papo: “Prevenção do câncer de mama”, com Cristiana Costacurta
13h às 14h – Oficina de Lenço (ONG Viva Melhor)
14h às 15h – Workshop de Moda – Marci Marciano
15h às 16h – Workshop de Moda – Marci Marciano
16h às 17h – Workshop de Moda – Marci Marciano
17h às 18h – Oficina de Maquiagem – Hinode

fidi rosa 1.jpg

Informações importantes

Durante todos os dias de evento, haverá um cabeleireiro à disposição para doação de cabelo para perucas.

Só serão atendidas mulheres a partir dos 35 anos, com documento de identidade com foto, CPF e cartão do SUS. Não é necessário ter pedido médico.

Fonte: Fidi

 

Check-up anual em animais domésticos pode evitar doenças graves

Animais de estimação têm feito mais parte da rotina das pessoas, muitas vezes até considerados integrantes da família, por isso seus tutores não medem esforços quando o assunto é saúde. É nesse momento que a Medicina Veterinária entra com os exames preventivos. Os testes laboratoriais são uma ferramenta importante para evitar que doenças atinjam os animais, assim como nos humanos.

Carolina Ferreira, médica veterinária do Hospital Veterinário Cão Bernardo, aponta que os exames necessários todos os anos são o hemograma, bioquímica sérica (que avaliação de função renal, fígado, glicemia, colesterol, proteínas) e eletrocardiograma porque previnem doenças como anemias, insuficiências renal e hepática, diabetes e insuficiência cardíaca. Com esses testes é possível detectar possíveis alterações que são mais comuns de forma precoce, aumentando as chances de sucesso no combate a essas doenças e garantindo melhor qualidade de vida aos pets.

pesquisa estudo microscopio testes ciencia pixabay
Pixabay

Os laboratórios veterinários são uma ferramenta importante para pesquisa de doenças infecciosas e zoonoses (doenças transmitidas dos animais aos humanos). Principalmente pela presença de matas muito próximas a grandes centros urbanos, fica muito difícil o controle dessas doenças na população em geral. Por serem comuns, os laboratórios precisam estar atentos a surtos e ao aumento da incidência de doenças, e trabalhar em conjunto com os órgãos públicos para minimizar o impacto na população.

É necessário que essas avaliações sejam realizadas em centros de análises clínicas próprios para animais, com profissionais capacitados para o processamento destas amostras e com divisórias entre cães e gatos.

Preparação do pet para os exames

Cat at veterinarian

A preparação dos animais para fazerem exames médicos é tão ou mais importante do que as avaliações em si. Cães e gatos podem se estressar com todo o processo, principalmente nos exames mais invasivos, como a endoscopia. Essa última avaliação e o exame de sangue exigem estômago vazio e um jejum do pet de 12 horas.

O ideal é o bicho de estimação ter uma pessoa de confiança por perto durante os exames. A insegurança e o estresse podem deixá-lo agitado e complicar o processo. Antes de exames sanguíneos é necessário que o animal esteja em jejum alimentar, finaliza Ferreira.

Fonte: Cão Bernardo

Como preparar seu pet para visitar pacientes em hospitais

Lei recente do município de São Paulo amplia possibilidades de levar animais de estimação para visitas hospitalares, contribuindo para a recuperação do paciente

 

Chega de saudade: agora, cães, gatos e outros animais domésticos podem ser levados para visitar pacientes em hospitais municipais de São Paulo, por conta da lei nº 355/2017, recentemente aprovada. A iniciativa se une a hospitais privados que já abrem as portas para os pets, por considerarem que este contato contribui para a recuperação dos pacientes. Esta novidade pode deixar muitos tutores pensando: como preparar o seu animal de estimação para estas visitas?

É importante lembrar que a entrada dos pets precisa ser autorizada previamente pelo hospital. No caso dos hospitais municipais de São Paulo, a comissão de infectologia da instituição decide caso a caso, baseada nos regulamentos internos, no estado de saúde do paciente e nas condições de saúde do pet. A lei exige a apresentação de um laudo do médico veterinário para a liberação.

“Primeiramente, o tutor deve levar o animal para avaliação do médico veterinário, que poderá explicar melhor os prós e contras de uma visita a um hospital. Como recomendações gerais, o animal de estimação precisa estar limpo e completamente saudável. Ele deve estar com a vacinação em dia e sem pulgas ou carrapatos, entre outros parasitas”, afirma Fabiana Avelar, gerente de produto da Zoetis.

A avaliação do pet é importante por dois fatores: tanto para protegê-lo de eventuais contaminações no ambiente hospitalar quanto para evitar a transmissão de parasitas e de doenças para os humanos, as chamadas zoonoses.

cachorro hospital visita foto wideopenpets
Foto: Wideopenpets

“Na verdade, manter o seu animal de estimação limpo e saudável deve ser uma preocupação diária do tutor. Nos casos das visitas hospitalares, essa preocupação precisa ser redobrada, sempre visando o bem-estar do próprio pet e o daqueles com quem convive”, finaliza.

Ainda, de acordo com a lei, para entrar nos hospitais, os animais domésticos precisam estar em caixas de transporte ou usar guias presas em coleiras.

Confira o calendário de vacinação do seu pet e conheça as linhas completas de vacinas e antiparasitários visitando o site da Zoetis.

 

Existem testes para identificar a síndrome do intestino irritável?

Está notando que seu estômago vai mal há algum tempo. Essas dores e cólicas vêm e vão, mas mesmo depois de alguns meses, você simplesmente não consegue se livrar delas. Você já ouviu falar de algo chamado SII – ou síndrome do intestino irritável. Poderia ser o que você tem? E como seu médico descobrirá?

Existem alguns testes que ajudam a descobrir o que está acontecendo, incluindo um exame de sangue. Mas a maneira mais comum que seu médico faz o diagnóstico é com um pouco de trabalho de detetive.

Identifique seus sintomas

Seu médico pedirá os detalhes do que está incomodando você. Ele vai comparar as informações com um conjunto de sintomas conhecidos como Critérios de Roma IV. Para atender ao padrão, sua dor abdominal precisa ser um problema há pelo menos seis meses. E nos últimos três meses, você a ter notado pelo menos um dia por semana.

mulher dor sii

Você também precisa ter dois destes sintomas:

=Sua dor de barriga está relacionada a um movimento intestinal.
=Quando você tem dor ou desconforto, seus movimentos intestinais são mais ou menos frequentes do que o habitual.
=Suas fezes mudaram de aparência e são mais duras ou mais suaves do que o normal quando você tem dor ou desconforto.

Se isto é o que você está passando – e não há nenhum alerta para outra doença, como sangue nas fezes, perda de peso inexplicável ou febre – seu médico pode não precisar checar mais. Ele pode estar pronto para diagnosticar você com SII e iniciar o tratamento.

Mas se seus sintomas incluem diarreia, ou se eles só começaram depois de você completar 50 anos, pode precisar de testes para procurar outras possíveis causas. E se você tem um histórico familiar de outras doenças estomacais, seu médico vai querer descartá-las.

Exame de sangue para SII

Blood test, blood samples on a laboratory form
IstockPhoto

Não há teste laboratorial de diagnóstico definitivo para SII. O objetivo dos testes laboratoriais é principalmente excluir um diagnóstico alternativo. Todos os pacientes com suspeita da síndrome devem fazer um hemograma completo.

O teste pode ajudar a confirmar a doença se o seu principal sintoma for diarreia. Mas os cientistas ainda estão estudando o quão bem o teste funciona quando a constipação é sua principal queixa. Uma coisa é preciso ter em mente: às vezes, os resultados são inconclusivos. Seu médico pode precisar fazer mais testes para encontrar a causa raiz de seus sintomas.

Testes para outras doenças

O médico tem algumas outras maneiras de entender por que você não está se sentindo tão bem. Às vezes, outras condições são as culpadas. Existem testes que podem ajudá-lo. Por exemplo, ele pode verificar se seu corpo não é capaz de absorver ou digerir certos ingredientes, como laticínios ou um açúcar simples chamado frutose. Uma maneira de descobrir é ver se seus sintomas melhoram se você os tirar da sua dieta.

Você também pode precisar fazer um exame de sangue para procurar sinais de doença celíaca, que acontece quando o organismo não consegue lidar com o glúten, uma proteína encontrada no trigo, na cevada e na aveia.

Seu médico pode pedir uma colonoscopia, um exame que procura pólipos no intestino grosso. Outra opção pode ser um teste chamado sigmoidoscopia flexível. Durante os dois procedimentos, o médico coloca um tubo estreito e flexível com uma câmera no reto. Ele o move para o seu corpo para examinar parte ou todo o intestino grosso.

colonoscopy- WebMD
Ilustração: WebMD

Durante a colonoscopia, ele pode coletar pequenas seções de tecido do intestino grosso e examiná-las ao microscópio. Não vai mostrar se você tem SII, mas pode mostrar se você tem outras condições como colite ou doença inflamatória intestinal.

Outra maneira que seu médico pode querer olhar para o intestino grosso é com um raio-X  do trato gastrointestinal inferior chamado enema de bário. Para esse teste, ele coloca um tubo flexível no reto e preenche o intestino grosso com bário, um líquido que se acende em raios-X.

Finalmente, pode ser solicitado uma amostra de fezes a ser testada quanto a sangue, infecção ou parasitas. Seu médico lhe dará instruções sobre onde enviar ou levar o kit para análise.

Todos esses testes podem parecer um incômodo, mas é algo vital se você quiser descobrir o que está causando problemas. Uma vez que você tenha um diagnóstico, seu médico pode iniciar o tratamento correto e, assim, você encontrará o caminho para o alívio.

Referência Médica WebMD Analisado por Jennifer Robinson, MD em 16 de outubro de 2017

 

Mês da Mulher: cuidados com a saúde vão além dos exames ginecológicos

Especialista explica a importância dos cuidados com a saúde emocional e também da alimentação para manter um bom funcionamento de todo o corpo

O conceito de saúde definido pela Organização Mundial da Saúde é: um estado de completo bem estar físico, mental e social e não somente a ausência de enfermidades. Muitas mulheres acreditam que o cuidado com a saúde envolve apenas a visita ao ginecologista uma vez por ano para realizar os exames preventivos, que são de suma importância, porém não garantem sozinhos longevidade ou qualidade de vida.

A maior parte das pessoas ao pensar em saúde e qualidade de vida se esquece, por exemplo, da saúde mental e emocional. Segundo Cíntia Pereira, ginecologista da Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo, a visita ao ginecologista envolve aspectos que vão muito além da ginecologia em si e que se refletem na sua saúde física, emocional e em suas relações familiares, no trabalho e na sociedade como um todo.

“Uma pessoa com saúde emocional debilitada pode comprometer vários setores da sua vida: tem dificuldade em manter relacionamentos, desempenhar funções no trabalho e, até mesmo, cuidar dos filhos. Esse abalo emocional pode também prejudicar a saúde física da mulher colaborando para o surgimento de doenças alérgicas, infecciosas, autoimunes e até o câncer, além de favorecer comportamentos de risco como o sedentarismo, a qualidade nutricional ruim, o abuso de álcool, cigarro e drogas”, afirma a médica.

ginecologista medico ucla

Um estudo sobre saúde mental divulgado pela OMS em 2011 apontou que depressão é uma questão grave de saúde pública em todas as regiões do mundo. O estudo, conduzido em 30 países revelou que a ocorrência de transtornos mentais é duas vezes maior em mulheres. No Brasil, a pesquisa foi realizada no estado de São Paulo e apontou que 20% das mulheres apresentam episódios depressivos pelo menos uma vez ao longo da vida.

“Uma das justificativas para isso seria o acúmulo de responsabilidades sociais e expectativas no papel feminino que se intensificaram no último século, e embora representem conquistas importantes, trouxe ao universo feminino um desdobramento entre o passado e o contemporâneo num acúmulo de tarefas e expectativas que muitas vezes a levam a um colapso emocional”, explica a ginecologista.

Já a ansiedade, segundo a OMS, atinge 1 a cada 3 pessoas no mundo, o que representa 4% da população global. Entre as mulheres, 42% sofrem desse transtorno, que é definido pela Organização como sentimento constante de preocupação, de incapacidade, frustração e medo, pode manifestar-se fisicamente com náuseas, taquicardia ou “aperto” no peito, dor no estômago, problemas no sono, dificuldade de manter a concentração, entre outros.

A especialista explica ainda que a observação desses transtornos de natureza mental também deve ser avaliada na conversa com o ginecologista, que muitas vezes é o único veículo de comunicação dessa mulher e que pode, assim, indicar cuidados que vão muito além dos exames periódicos.

Alimentação e Atividade Física

Outro aspecto de grande importância na abordagem da saúde da mulher é seu estado nutricional e a realização de atividades físicas. Em uma visita ao ginecologista, o médico pode fazer o diagnóstico de distúrbios alimentares, como obesidade, anorexia ou bulimia ou mesmo comportamentos nutricionais, que se refletem no perfil metabólico e agravam doenças como diabetes, cardiopatias, hipertensão e hipercolesterolemia.

menopausa mulher bicicleta

Mais uma vez, cabe ao especialista um olhar atento. “As pacientes que passam no Hospital São Camilo com a equipe de ginecologista recebem não só a orientação para uma boa dieta rica em frutas, vegetais, leguminosos, peixes, fibras, vitaminas, sais minerais, antioxidantes, beber água, mas também são aconselhadas a mudar a atitude alimentar podendo receber um atendimento multidisciplinar com diversos especialistas, como nutricionista, nutrólogo, cardiologista, geriatra ou mesmo um psiquiatra”, explica Cíntia.

A atividade física também faz parte das atitudes que são necessárias para que a mulher mantenha sua saúde em dia como um todo garantindo uma melhor qualidade de vida e longevidade maior. No mundo contemporâneo onde desde muito jovens as mulheres assumem uma rede de compromissos entre trabalho, estudo, família e entretenimento, é comum ouvir o discurso que justifica a vida sedentária: “a falta de tempo”.

“Nos últimos anos, as pesquisas médicas apontam que boa parte da falta de saúde tem relação íntima com a falta de atividade física. Podemos observar que pessoas ativas são mais autoconfiantes, menos deprimidas e estressadas, apresentam maior vigor físico resistindo mais às doenças, mantém um peso dentro da normalidade e apresentam uma pressão arterial e frequência cardíaca em níveis mais baixos que uma pessoa sedentária. Além disso, pessoa ativa tem maior volume de oxigênio pulmonar, o que facilita suportar atividades de longa duração com mais facilidade, melhora a postura e combate os maus hábitos como cigarro, álcool e outras drogas”.

Desde junho de 2016, a Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo passou a contar nas Unidades Pompeia e Santana com o Centro de Saúde da Mulher, dedicado ao serviço de Ginecologia, suas subespecialidades e exames de diagnóstico.

medico e paciente uc health
Foto: UC Health

O maior diferencial do serviço é atender todos os tipos de patologias ginecológicas em uma abordagem integral da saúde da mulher, desde a prevenção, diagnóstico e cirurgias de patologias benignas, até casos como oncologia mamária, pélvica e miomatose uterina (tumores não cancerosos no útero que surgem na fase reprodutiva da mulher), além de poder contar com toda a rede de especialistas – como nutricionistas, ortopedistas, endocrinologistas, neurologistas, cardiologistas, entre outros – do Hospital, que trabalham de forma multidisciplinar e integrada.

O atendimento ambulatorial às pacientes com horário marcado ocorre de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h, e aos sábados, das 8h às 13h.

Fonte: Rede de Hospitais São Camilo de São Paulo

Outubro Rosa: Consulta do Bem e Femme- Laboratório da Mulher fazem parceria

Visando apoiar a campanha de conscientização para prevenção do câncer de mama, as duas empresas se juntaram e montaram pacotes de exames com desconto de até 65%

Outubro chega e, com ele, o laço rosa que já se imortalizou como símbolo da campanha para combate do câncer de mama: o Outubro Rosa. Mas por que não ir além do câncer de mama e incentivar exames preventivos de outras doenças que afetam as mulheres, como HPV, DSTs etc? Pensando nisso o Consulta do Bem se uniu ao Femme – Laboratório da Mulher, para uma verdadeira força-tarefa no sentido de incentivar as pacientes a aproveitar o mês para pelo menos deixar em dia os exames básicos.

Para as mulheres que quiserem aproveitar o mês de outubro para fazer um check up, o Laboratório Femme e o Consulta do Bem já prepararam três pacotes diferenciados:

Pacote 1) Mamografía Digital 3D + Ultrassonografia de Mamas + Ultrassonografía Transvaginal, que normalmente sairia por R$ 800,00 no Femme, para os assinantes do Consulta do Bem custará R$ 280,00.

Pacote 2) Ultrassonografia de Mamas + Ultrassonografia Transvaginal, de R$ 490,00 sai por R$ 150,00.

Pacote 3) Vulvoscopia + Colposcopia + Colpocitologia Oncótica (Papanicolau), sai de R$ 385,00 por R$ 120,00

logo_polen_outubro_rosa

“É importante ter a opção sem a mamografia, pois para mulheres com menos de 40 anos, salvo pacientes com suspeita ou antecedentes na família, por exemplo, não é necessário solicitar um exame com radiação”, pondera Dr Cristiano Eduardo Busso, ginecologista especializado em reprodução assistida. E acrescenta: “já a opção com os 3 exames é ideal para mulheres com mais de 40”.

A promoção é válida para quem se tornar assinante do Consulta do Bem entre os dias 2 e 31 de outubro. Durante o período o valor da assinatura também será especial: R$ 9,90 no primeiro mês. O agendamento dos exames no Laboratório Femme deve ser realizado até 45 dias após a data de assinatura do Consulta do Bem.

As unidades do Femme que participam da promoção são as seguintes: Central, Preference, Express e Moema. “Nossa meta realmente é usar a data para promover a prevenção em massa entre as mulheres já que o câncer de mama é o tipo de câncer mais incidente entre as mulheres”, finaliza Dr. Marcus Vinicius Gimenes, CEO do Consulta do Bem.

Segundo o World Cancer Report 2014, da International Agency for Research on Cancer (Iarc), da Organização Mundial da Saúde (OMS), o câncer é um problema de saúde pública, principalmente entre os países em desenvolvimento, onde é esperado nas próximas décadas que o impacto do câncer na população corresponda a 80% dos mais de 20 milhões de novos casos estimados para 2025.

Com base em estimativa mundial realizada em 2012 pelo projeto Globocan/Iarc, os tipos de câncer mais incidentes no mundo foram pulmão (1,8 milhão), mama (1,7 milhão), intestino (1,4 milhão) e próstata (1,1 milhão). Entre as mulheres, as maiores frequências encontradas foram mama (25,2%), intestino (9,2%), pulmão (8,7%), colo do útero (7,9%) e estômago (4,8%).

Vale destacar que quem se assinar o Consulta do Bem no período de 02 a 31 de outubro, conforme já mencionado, terá descontos para todos os demais exames que o Laboratório Femme oferece.

iStock cancer outubro rosa
Foto: iStock

Confira o endereço das Unidades Participantes:

Femme Central – Endereço: R. Afonso de Freitas, 188 – Paraíso, São Paulo – SP

Femme Preference – Endereço: R. Des. Eliseu Guilherme, 200 – 10º andar – Paraíso, São Paulo 

Femme Express – Endereço: R. Des. Eliseu Guilherme, 282 – Paraíso, São Paulo – SP

Femme Moema – Endereço: Av. Ibirapuera, 2401 – Moema, São Paulo – SP

Fontes: Consulta do Bem /  Femme