Arquivo da tag: fermentação natural

Bauducco e Matilda Lanches anunciam parceria

Receita inédita foi preparada especialmente para a data, com vendas ativas na loja física e pelo iFood a partir de hoje, 16 de outubro

Em ação especial com o Matilda Lanches, restaurante da chefe Renata Vanzetto, em comemoração ao Dia Mundial do Pão, comemorado ontem (16), a Bauducco lança um lanche especial feito com Pães Fermentação Natural. A opção de lanche com queijo e agrião é acompanhada de molho de tomate picante.

O sandubinha é feito com o Pão Bauducco Fermentação Natural (versão Tradicional), que é delicioso, fofinho e macio.

A receita exclusiva está disponível no iFood, entre as opções de entrada, e na unidade Matilda Lanches do Itaim, sendo comercializada até o dia 23 de outubro.

Dia Mundial do Pão: chef de padaria artesanal incentiva o consumo do “pão de verdade”

Pascal Abadie da boulangerie Jules L’art du Pain, com duas unidades na capital paulista, explica em detalhes porque o pão com fermentação natural pode fazer um bem danado para sua saúde

O pão é um dos alimentos mais consumidos no dia a dia, em todos os países do mundo. Na data em que se celebra o Dia Mundial do Pão (16), o chef Pascal Abadie, da Jules L’art du Pain, boulangerie artesanal francesa, mostra por que o produto deve fazer parte do cardápio das pessoas. Ele quebra vários paradigmas — ao dizer, por exemplo, que o pão não deve ser encarado como o vilão das dietas. Na conversa abaixo, o chef explica detalhes importantes sobre a fermentação natural e mostra porque esse estilo de panificação traz, sim, grandes benefícios para a saúde. Veja abaixo o que ele diz:

P: Pascal, você defende o “pão de verdade”. O que seria isso?

Pascal: Aqui na Jules, a gente produz o pão com fermentação natural e ingredientes selecionados. As diversas farinhas que usamos (trigo, centeio, sarraceno, espelta…) são uma fonte importante de carboidratos complexos, fibras, proteínas vegetais, vitaminas e micronutrientes. Mas é preciso lembrar, que por aqui, no geral, as técnicas, o material e as matérias-primas usadas para panificação não seguiram a evolução que houve no mundo da panificação nos últimos 30 anos. Por isso, nós fazemos questão de mostrar que temos tudo aqui no Brasil para mudar isso e demonstrar que o pão não é vilão da dieta. Quando ele é produzido com rigoroso processo, equipamentos modernos permitindo longas fermentações e seleção de matérias primas de qualidade, ele carrega uma série de vantagens.

P: Qual o segredo dos ingredientes dos pães da Jules?

Pascal: As nossas massas são batidas lentamente e preservam os carboidratos complexos das farinhas. Esses carboidratos são digeridos aos poucos pelo organismo e fornecem a energia necessária para o dia a dia. Os pães com fermentação natural têm um índice glicêmico baixo e são aliados de dietas. As fibras presentes nas farinhas em nossos produtos ajudam a melhorar o trânsito intestinal, evitando constipação e reduzindo o risco de câncer de cólon. Os produtos da Jules contém entre 10% e 13% de proteína vegetal, fazendo dele o alimento cerealista mais rico em proteína. Vale também ressaltar que nossos pães são feitos apenas de farinha, água e sal e, por isso, são produtos veganos.

P: Como é feita a fermentação natural da Jules?

Pascal: O grande diferencial dos pães da Jules é a fermentação natural ou levain, em francês. Esse levain é criado ao misturar água, farinha e suco de uma fruta fermentada (como maçã ou uva) e deixar a combinação exposta aos microrganismos presentes ao nosso redor: na farinha, na água, no ar e até no recipiente onde o pão é feito. Esse processo faz parte da Jules em, praticamente, todos os nossos pães. Nossos produtos são produzidos com farinha 100% naturais, sem nenhum aditivo ou melhorador artificial. Aqui na boulangerie, os pães ficam entre 24 e 48 horas em processo de fermentação natural.

P: Quais são os principais benefícios da fermentação natural para a saúde?

Pascal: O fermento natural apresenta vários benefícios. O mais importante é que ele torna os pães muito mais digeríveis. O fermento natural é ácido e, durante o longo processo de fermentação em nossas câmaras, a massa tem seu PH diminuído e desenvolve uma acidez que ajuda na pré-digestão do glúten. Dessa forma, pessoas que são mais afetadas por pães industrializados e quem não é celíaco pode comer pães de fermentação natural com mais prazer e segurança. O beneficio mais imediato é o sabor muito mais agradável e sutil do que o pão de fermento comercial. O levain também cria uma crosta mais crocante e grandes buracos no miolo do pão, trazendo um aspecto rústico. O pão de fermento natural também pode ser conservado por muito mais tempo do que o de fermento comercial. Enquanto um pão rústico, de fermento natural, dura até uma semana, pães comerciais perdem a textura e o sabor em menos de um dia.

P: O pão no Brasil não é tão valorizado quanto na França?

Pascal: Verdade. Aqui no Brasil, em muitas ocasiões, o pão é cortado do cardápio diário das pessoas. Na França, o pão de fermentação natural já está em um patamar em que ele está sendo, até mesmo, indicado em dietas de emagrecimento como o pão 100% integral ou o pão rústico. Entendemos que um dos nossos papéis, aqui no Brasil, é o de conscientizar as pessoas de que o pão tem um valor nutricional fantástico.

Jules L’art du Pain:

Moema: Al. dos Anapurus, 942. Tel. (11) 5055-4537 e (11) 98090-5050.
Vila Nova Conceição: R. Afonso Braz, 355, Tel.: (11) 3848-9206 e (11) 96739-6909.
Obs.: Também pode ser encomendado pelo aplicativo da Jules, disponível para Android e IOS
.

Bauducco comemora Dia Mundial do Pão, produto milenar e querido pelos brasileiros

Com conteúdos e ações especiais para a data, a marca vai convidar os consumidores a celebrar o alimento, que tem lugar tão especial no dia a dia das famílias

As receitas de fermentação natural são a essência da Bauducco, uma vez que a massa madre, trazida da Itália pelo seu fundador há 70 anos, dá origem aos seus Panettones e Colombas e é a responsável pelas características de textura, maciez e sabor único. E essa mesma massa também dá vida aos Pães Bauducco com Fermentação Natural.

Em comemoração à data que homenageia esse produto tão querido, a Bauducco vai realizar uma série de ações junto aos consumidores para convidá-los a celebrar esse alimento milenar no Dia Mundial do Pão, em 16 de outubro. O pão é consumido no mundo todo e tem espaço cativo na mesa dos brasileiros. De acordo com dados divulgados em 2019 pela Kantar, o pão possui 98,7% de penetração no Brasil e está presente em quase um quarto de todas as refeições, especialmente no café da manhã.

Sempre atenta ao mercado e às necessidades dos consumidores, a Bauducco aliou sua artesania a diferenciais quando desenvolveu os Pães Bauducco com Fermentação Natural – um dos maiores investimentos da companhia dos últimos anos. “Traduzimos o carinho e o cuidado que Bauducco tem nos Panettones e nas Colombas em uma nova receita, criando, há um ano, a nossa linha de pães de fermentação natural. E, para comemorarmos o Dia Mundial do Pão juntos, vamos convidar os nossos consumidores a preparar receitas especiais em casa e a curtir momentos gostosos junto com família e amigos”, conta Juliana Corá Bastos, grouper de Marketing da Bauducco.

70 anos de história traduzidos em uma nova receita

No final da década de 40, Carlo Bauducco trouxe da Itália uma receita de família e um fermento natural que é usado até hoje nos produtos da marca. Como o próprio nome diz, a fermentação natural é um processo mais natural e de excelente desempenho.

Um método milenar, que garante características sensoriais e funcionais ideais para a receita, desenvolvendo aromas, texturas e sabores mais complexos, oferecendo mais leveza e maciez ao produto final, além de melhorar a digestibilidade (por ser mais leve).

A massa madre da Bauducco fica guardada em uma sala especial, conhecida como “berçário”. Ela é alimentada diariamente, durante todo o ano por um mestre de fermentação natural, na função há 30 anos.

Quanto à linha de produção da companhia, conta com uma estrutura exclusiva, que permite prevenção e controle de contaminações. A estrutura tem isolamento total e impede o contato dos pães com impurezas ou bactérias externas.

Outra vantagem é a linha Pães Bauducco Fermentação Natural possuir um processo de fabricação diferenciado, que garante um produto fresco por mais tempo, favorecendo toda a cadeia, do varejo ao consumidor.

Versões para comemorar o Dia Mundial do Pão em todos os momentos da rotina

Disponível nas versões Tradicional, Integral e Grãos Clássicos, a linha foi desenvolvida para atender aos mais diversos momentos de consumo e perfis de consumidor. Os Pães Bauducco são versáteis e podem ser consumidos em diversas combinações, como em cafés da manhã e da tarde, em um bom sanduíche, entre outras preparações. E, para comemorar o Dia Mundial do Pão, a marca inicia uma série de ações especiais.

A Bauducco e a CP+B Brasil desenvolveram o conceito “Nossa história em uma nova receita” com conteúdos criados exclusivamente para a ocasião e, para promover a interação com os consumidores, a marca irá fazer uma divulgação na TV Globo. O formato inédito e contextualizado faz parte de uma estratégia de domínio de toda a programação da emissora (manhã, tarde e noite), hoje, 16 de outubro, Dia Mundial do Pão, com uma série de inserções ao longo do dia. Milhares de pessoas serão impactadas por meio de filme sobre os Pães Bauducco veiculado na TV, além de conteúdos especiais no online, incluindo canais, como Globo.com, Globoplay e Tudo Gostoso.

No Dia Mundial do Pão, além de ativações nos pontos de venda, a marca irá convidar os consumidores para participarem do grande dia por meio dos canais oficiais e nas redes sociais, com conteúdos exclusivos em perfis de influenciadores de gastronomia (Juliana Nicoli, Renata Vanzetto e Larissa Januário). Ao longo da semana, os criadores de conteúdo irão publicar receitas especiais incentivando os consumidores a fazerem os preparos com os pães da marca em casa e curtirem a data com a família e os amigos.

Além disso, como o Dia do Pão é nesta sexta-feira, a marca irá criar um forte movimento nas redes sociais com uma hashtag que promete fazer sucesso: o #CestouBauducco, em que o “sextou” se transforma em “cestou”. Nada mais conectado do que ações de engajamento como o envio de cestas especiais com Pães Bauducco Fermentação Natural a diversos influenciadores, além de convite e interações digitais com o público geral, para compartilharem momentos da data com a hashtag da campanha “#CestouBauducco”.

Wickbold lança pães com fermentação natural

Após o sucesso da linha 100% Integral, empresa traz produtos inovadores, rústicos e de alto valor agregado nas versões tradicional e integral; Pães Wickbold de fermentação natural chegam ao mercado nas versões Integral e Tradicional

Um pão pode levar mais de 36 horas para ficar pronto. Isso promove uma experiência de consumo diferenciada, além de uma composição cheia de nutrientes. Diante desses atributos, a Wickbold apresenta a linha Padaria Wickbold, composta por produtos de fermentação natural, que trazem todas as características de uma formulação rústica e artesanal, como o miolo macio e o cheirinho inigualável.

A novidade conta com dois pães nas versões Tradicional e Integral, com sementes de girassol e chia, que proporcionam leveza, sabor e textura macia. Tudo isso é possível graças à fermentação natural, que também oferece benefícios à saúde, como a melhora do funcionamento do intestino e nutrientes obtidos devido a complexidade da composição.

“Para o desenvolvimento dos novos itens do portfólio, realizamos uma análise profunda do mercado e do comportamento dos consumidores, que buscam alimentos mais sofisticados e novas experiências de consumo. A nossa operação de entregas frequentes nos supermercadistas nos possibilita trabalhar com ingredientes mais naturais e, consequentemente, levar mais frescor para a mesa do consumidor. No fundo, ninguém quer comer um pão com a validade muito longa, pois na cabeça do consumidor esse fato remete ao aumento do uso de conservantes”, diz Pedro Wickbold, Diretor de Marketing e Vendas da companhia.

Dessa forma, a linha Padaria Wickbold destaca-se por oferecer pães frescos, que atestam o compromisso da fabricante em oferecer qualidade, e formulação com menos aditivos em comparação a outros itens similares do mercado.

wickbold

Disponíveis em embalagens de 370g, as novidades podem ser encontradas nas principais gôndolas do Brasil por um preço médio de R$ 5,99, a versão Tradicional, e R$ 6,49, o pão Integral com sementes de girassol e chia.

Conheça os benefícios do pão de fermentação natural

74596681_2706219882763111_1609629132654641152_o

Há 81 anos, a Wickbold apresenta pães inovadores ao mercado brasileiro. Em 2019, a fabricante ampliou sua participação e começou a investir em diversas categorias do setor alimentício, como os cookies 100% integrais, por exemplo. Agora, a empresa anuncia sua entrada no segmento de fermentação natural.

Os ingredientes principais são simples: farinha e água, além da adição de microrganismos para fermentar a massa durante, aproximadamente, 36 horas. Depois disso, ela passa pelo processo de desidratação para obter o fermento natural.

“Esse procedimento é o responsável por trazer ao produto o aspecto rústico, com miolo cheio de alvéolos irregulares. Uma sugestão, inclusive, é colocar o pão no forno por cinco minutos antes de consumir. Assim, a casca ficará crocante. Outro aspecto surpreendente é o cheirinho delicioso ao abrir a embalagem. A preferência do consumidor por nossa marca, líder da categoria no país, passa pelos cinco sentidos”, conta o diretor.

Fonte: Wickbold

Pães com fermentação natural ganham o mercado

Os pães têm lugar marcado no cardápio da maior parte dos brasileiros. E e de alguns anos para cá, uma receita antiga está voltando à moda: é o pão de fermentação natural. O fermento natural vem sendo usado para garantir uma vida mais saudável sem deixar o alimento de lado e também, para garantir um gostinho ainda mais especial.

Feito apenas com farinha e água, os pães de fermentação natural levam o dobro de tempo de um pão feito com fermento industrializado além de ser mais saudável, já que levam menos aditivos químicos. “A base do nosso pão é apenas água e farinha francesa, que juntos eles começam a agir e formam o fermento natural. Esse processo leva até sete dias para ficar pronto”, explica o chef da Prestinaria – A Casa dos Pães, Rodrigo Machado.

Pães

Além dos aspectos nutricionais, o pão com fermentação natural tem também um gosto diferente do que o de costume. Devido ao processo, o pão apresenta uma acidez maior. A crocância é outro destaque, sendo o dobro dos pães normais. Segundo Rodrigo Machado, o público tem procurado cada vez mais esses diferenciais.

fermentacao

“Até há pouco tempo, aqui na Prestinaria fazíamos apenas um pão com fermentação natural por dia. Hoje já são nove opções, e o público pede cada vez mais”, detalha o chef. Na casa curitibana é possível encontrar uma vasta opção de pães com fermentação natural: baguete francesa, baguete de grãos, fougasse, pain marron, espelta, campagne, rústico e sarraceno.

castanhas

Segundo o chef Carlos Henrique Mancuzo, do Centro Europeu, o famoso pão francês não está com os dias contados, mas já vem perdendo espaço no mercado, “estamos acostumados a comer um pão francês que atualmente é produzido com muita química e quando provamos do fermento natural, temos uma digestão melhor, o que acaba fazendo com que a procura seja maior”, comenta.

Pães com fermentação natural ganham o mercado

Mais saudáveis e saborosos, os pães têm se destacado nas prateleiras de empreendimentos curitibanos

Os pães têm lugar marcado no cardápio da maior parte dos brasileiros, e de alguns anos para cá, uma receita antiga está voltando à moda: é o pão de fermentação natural. O fermento natural vem sendo usado para garantir uma vida mais saudável sem deixar o alimento de lado e também, para garantir um gostinho ainda mais especial.

fermentacao pão

Feito apenas com farinha e água, os pães de fermentação natural levam o dobro de tempo de um pão feito com fermento industrializado além de ser mais saudável, já que levam menos aditivos químicos. “A base do nosso pão é apenas água e farinha francesa, que juntos eles começam a agir e formam o fermento natural. Esse processo leva até sete dias para ficar pronto”, explica o chef da Prestinaria – A Casa dos Pães, em Curitiba, Rodrigo Machado.

castanhas pão

Além dos aspectos nutricionais, o pão com fermentação natural tem também um gosto diferente do que o de costume. Devido ao processo, o pão apresenta uma acidez maior. A crocância é outro destaque, sendo o dobro dos pães normais. Segundo Rodrigo Machado, o público tem procurado cada vez mais esses diferenciais.

pão 07graos

“Até há pouco tempo, aqui na Prestinaria fazíamos apenas um pão com fermentação natural por dia. Hoje já são nove opções, e o público pede cada vez mais”, detalha o chef. Na casa curitibana é possível encontrar uma vasta opção de pães com fermentação natural: baguete francesa, baguete de grãos, fougasse, pain marron, espelta, campagne, rústico e sarraceno.

Pães

Segundo o chef Carlos Henrique Mancuzo, do Centro Europeu, o famoso pão francês não está com os dias contados, mas já vem perdendo espaço no mercado: “Estamos acostumados a comer um pão francês que atualmente é produzido com muita química e quando provamos do fermento natural, temos uma digestão melhor, o que acaba fazendo com que a procura seja maior”, comenta.