Arquivo da tag: festas

Especialistas ensinam a preparar receitas equilibradas para festas de fim de ano

Opções de entradas, pratos principais, sobremesas e drinque aliam saudabilidade e nutrição

Os banquetes são as principais atrações de qualquer festa de fim de ano. Mesmo com as confraternizações reduzidas e com caráter intimista, como devem ser em 2020, manter uma alimentação gostosa e balanceada neste período pode ser um desafio e tanto. Mas, não precisa ser assim. Existem diversas receitas que aliam nutrição, equilíbrio e saudabilidade que podem ser feitas durante as ceias – incluindo as clássicas

Com o objetivo de levar sua expertise em alimentação para incentivar melhorias na qualidade de vida, os especialistas de nutrição e chefs da Sodexo On-site Brasil, prepararam diversas receitas de pratos principais, entradas, drinks e sobremesas nutritivas, além de dicas para manter a alimentação equilibrada e segura neste fim de ano que podem ser acessadas na íntegra no ebook Todos Bem.

Tostas de Abacate com Camarão

Ingredientes

Para a base
1 pão baguete
2 col. de sopa de azeite de oliva

Para o camarão
2 col. de sopa de azeite de oliva
1 kg de camarão descascado
1 col. de chá de Sal
Pimenta preta a gosto
Páprica a gosto
Pimenta caiena a gosto
Alho em pó a gosto
Suco de ½ limão

Modo de preparo
Corte a baguete em fatias finas e leve ao forno preaquecido a 180ºC por 10 a 15 minutos. Depois de levemente tostadas, retire do forno e acrescente o azeite de oliva sobre elas e reserve. Tempere os camarões com sal, pimentas e o alho em pó. Refogue ligeiramente os camarões em uma frigideira, adicionando o azeite. Ao finalizar, coloque os camarões em um prato e adicione o suco de limão. Amasse bem o abacate e tempere com sal, pimenta, alho e limão. Em cada tosta de baguete adicione o creme de abacate e os camarões. Finalize com salsinha para decorar.

Bacalhau com Crosta de Castanha-do-Pará

Ingredientes

1 postas grandes de lombo de bacalhau dessalgado
2 dentes de alho picado
100 gramas de castanha-do-pará triturada
½ xícara de chá de salsa, alecrim e manjericão picados
4 colheres de sopa de azeite extravirgem
1 abobrinha cortada em fatias grossas no sentido de comprimento
1 berinjela cortada em fatia no sentido de comprimento
1 pimentão cortado em tiras largas no sentido de comprimento
Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo

Em uma frigideira antiaderente, coloque 2 colheres de sopa de azeite e doure as postas de bacalhau com o alho. Retire o bacalhau, e sem lavar a frigideira, misture a castanha-do-pará triturada e as ervas. Cubra as postas de bacalhau com a costa de castanha.Coloque em uma assadeira os legumes, regue com o restante do azeite e leve ao forno preaquecido a 200º até os legumes ficarem macios. Sirva as postas com os legumes assados.

Pudim de Chia com Frutas Vermelhas

Ingredientes

4 col (sopa) iogurte natural
8 col (sopa) de chia
1 ½ xícara de leite de coco (ou outro leite vegetal: amêndoa, quinoa, aveia)
⅔ xícara (chá) de água adoçante Xylitol a gosto (opcional)
1 xícara de frutas vermelhas (mirtilo, morango, amora

Modo de preparo

Pudim
Em um bowl ou pote de vidro misture a chia, o leite de coco, a água e o adoçante (opcional). Leve a geladeira por 1 hora.

Frutas vermelhas
Processar as frutas vermelhas no liquidificador e deixar algumas inteiras, misturar. Acrescente 2 colheres de sopa de mel e misture.Coloque sobre o pudim e leve à geladeira por mais 1 hora.

Coquetel tropical (sem álcool)

Ingredientes

350ml de água com gás
Suco de 1 limão
Suco de 1 laranja
Folhas de capim limão
Fatia de limão e laranja
Gelo

Modo de preparo

Adicione os sucos de laranja e de limão, as folhas de capim limão e misture brevemente. Adicione gelo e complete com água com gás.Finalize com a fatia de limão ou laranja na lateral. Sirva imediatamente.

Fonte: Sodexo On-site Brasil

Nutricionista ensina como evitar exageros na alimentação das festas de fim de ano

Dentre as orientações, nutricionista da Dietbox diz que se deve evitar jejuar durante o dia e beliscar no preparo das refeições

Mesa farta é convite para a “comilança” nas festas de fim de ano. Pode ser difícil resistir às tentações, que, muitas vezes, são mais calóricas que as refeições habituais. Mas, segundo Júlia Canabarro, nutricionista da startup de nutrição Dietbox, é possível aproveitar as datas sem cometer exageros.

“Se você é a pessoa responsável pela preparação do cardápio, pode fazer escolhas inteligentes já durante o processo. Por exemplo, evitar frituras e se atentar ao excesso de gorduras, condimentos, sal e embutidos nas preparações podem ser cuidados importantes para um cardápio mais saudável”, comenta Júlia.

A nutricionista da Dietbox dá outras dicas para minimizar os efeitos das festas de fim de ano e priorizar uma alimentação equilibrada. Confira:

Se alimente normalmente

“Não tente se restringir durante o dia para poder ‘se permitir’ à noite. O ideal é garantir a saciedade com consumo de frutas, fibras, cereais integrais e água para não chegar à noite faminto”, orienta.

Nada de beliscar durante a preparação

Beliscar os alimentos ao longo do processo de preparo não é uma boa ideia. “Normalmente, o ato de beliscar é feito sem pensar, movido pela ansiedade. Nestes casos, é comum nem percebermos o que estamos ingerindo”, comenta. “Fazer um lanche da tarde equilibrado para sustentar a fome até a hora do jantar, e claro, manter uma boa hidratação são medidas essenciais”, completa a nutricionista.

Escolha bem os alimentos que vão ao prato

No momento de montar o prato, a especialista da Dietbox ressalta a importância de priorizar as preparações mais naturais e, se possível, dar preferência a preparações assadas e temperos naturais. Já a porção servida pode depender da necessidade de cada pessoa, mas é essencial avaliar a saciedade e saber o momento de parar. “Apenas vale se atentar que, caso a quantidade ingerida seja muito alta, pode atrapalhar o sono e ainda causar problemas gastrointestinais”, pondera.

Evite líquidos durante as refeições

Júlia alerta para a ingestão em excesso de líquidos junto às refeições, pois a prática pode gerar grande desconforto gástrico. Os alcoólicos merecem atenção redobrada, pois trazem efeitos negativos ao metabolismo, incluindo a desidratação.

Não se sabote na sobremesa

A dica do jantar também se aplica na sobremesa: avalie a saciedade. “Para quem está em um planejamento um pouco mais restrito, talvez optar por frutas ou comer apenas um dos pratos doces seja a melhor alternativa. Assim, pode ficar mais fácil manter um pouco mais de controle sobre o que ingeriu”, aconselha.

Mesmo assim, cometeu algum exagero?

Se mesmo seguindo as orientações houve algum exagero, não tem problema. “No dia seguinte, não tente compensar fazendo uma restrição alimentar ou abusando de exercícios físicos. Um dia apenas não colocará tudo a perder. Procure comer alimentos leves e naturais como frutas, legumes e verduras, e hidrate-se muito”, conclui a nutricionista.

Fonte: Dietbox

Excesso de álcool nas festas e férias pode causar problemas no fígado

Consumo de bebidas alcoólicas causa sobrecarga e pode levar a lesões graves, com a degeneração das células hepáticas

Com o final do ano começamos a nos preparar para as celebrações de Réveillon, com consequente aumento dos índices de ingestão de bebidas alcoólicas. Mesmo durante a pandemia, muitas pessoas devem entrar em períodos de folga e férias e, em geral, realizar pequenas celebrações com consumo de bebidas alcoólicas.

Mas o que acontece no nosso corpo após a ingestão de grandes quantidades de álcool? Como o fígado metaboliza excessos? Estela Regina Ramos Figueira, médica responsável da Equipe de Transplante de Fígado do Hospital 9 de Julho, explica como funciona esse processo e como o fígado pode sofrer danos severos com a ingestão de álcool.

“Uma pequena parte do álcool ingerido já é absorvido pela língua e mucosa bucal, depois, ao entrar no estômago uma parte maior, sendo no intestino onde ocorre o maior volume de absorção. Essa absorção significa que o álcool cai direto na circulação sanguínea, passando imediatamente pelo fígado. No fígado, o álcool sofre ação das enzimas aldeidodesidrogenase (ADH), que o transforma em acetaldeído, enzima extremamente tóxica, que sofre ação de outras enzimas até ser depurado do organismo. Esse trabalho acaba sobrecarregando o fígado e, quanto maior a ingestão de álcool, mais o fígado é deteriorado pela agressão aguda e crônica das células hepáticas”, explica a médica.

O fígado também tem a função de regular os níveis de açúcar no sangue, sendo responsável por administrar uma reserva de glicose, mas, quando está ocupado metabolizando a bebida ingerida, o órgão perde a capacidade de agir nesse sistema e tem sua reserva consumida pelo álcool, o que pode levar o indivíduo a ter uma crise de hipoglicemia (falta de açúcar no sangue).

“Para evitar a sobrecarga do fígado é importante limitar a ingestão de bebida alcoólica, beber devagar, uma vez que o órgão é capaz de metabolizar apenas 10 gramas de álcool por hora. Isso equivale a meia taça de vinho ou uma lata de cerveja. O consumo de por exemplo 40 gramas em duas horas ou menos já pode levar ao aparecimento de gordura no fígado. Além disso, ingerir alimentos ricos em proteínas e carboidratos ajuda a diminuir a velocidade de absorção de álcool pelo intestino, dando tempo para o fígado metabolizar melhor o que vai sendo consumido”, afirma a especialista.

Outra dica é beber muita água antes, durante e depois de consumir álcool e, toda vez que for ao banheiro urinar, beber algo não alcoólico como água, suco ou refrigerantes, esses últimos com açúcar para ajudar a balancear o trabalho do fígado.

Imagem: ABPH

Se o consumo excessivo de álcool extrapola as festas ou o período de férias, e se torna mais frequente, as lesões provocadas no fígado aumentam e o corpo passa a ter menos tempo e capacidade de regenerar as células e, assim, se recuperar das lesões. O consumo diário de mais de 30 gramas de álcool já aumenta o risco de doença do fígado, sendo que consumidores mais pesados, com ingestão crônica por mais de dez anos de pelo menos 80 gramas de álcool apresentam um risco alto de doença do fígado (cirrose) de quase 100%.

Fonte: Hospital 9 de Julho

Cuidado com os excessos de fim de ano: antes mesmo de você engordar, sua pele pode sofrer

Estudo publicado em fevereiro no Journal of Investigative Dermatology destaca que, mesmo a curto prazo, a exposição à dieta ocidental rica em gordura e açúcar é capaz de induzir doenças inflamatórias na pele, como acne, psoríase e envelhecimento antes de um significativo ganho de peso corporal

Amamos pavês, bolos, doces, tortas e todo o exagero de Natal, afinal, a ceia feita em família é um momento gostoso. Mas é necessário ter cuidado para não esticar a comilança. Isso porque antes mesmo de experimentar o peso a mais de alguns abusos na alimentação, podemos literalmente sentir na pele as consequências, segundo um estudo, publicado no começo de fevereiro no Journal of Investigative Dermatology.

“Os pesquisadores da UC Davis Health demonstraram que, mesmo uma exposição em curto prazo à dieta ocidental rica em gordura e açúcar pode levar a doenças inflamatórias da pele, como a psoríase”, explica Marcella Garcez, médica nutróloga e professora da Associação Brasileira de Nutrologia. “Segundo o estudo, as doenças inflamatórias da pele podem aparecer antes mesmo de experimentarmos os quilinhos a mais dos excessos”, acrescenta a médica.

Embora o estudo tenha relacionado a casos de psoríase, há evidências de que a dieta rica em gorduras ruins (como frituras) e açúcar pode causar acne e envelhecimento da pele. “Existe um gene chamado TNF-alfa e ele está associado ao processo inflamatório; se o indivíduo tem um alelo (forma alternativa de um determinado gene) que leva a um processo inflamatório mais intenso, você vai usar alguns ativos orais em uma determinada concentração para frear e adequar a expressão desse gene. Além disso, você deve tomar cuidado com a alimentação, pois existem alimentos que são pró-inflamatórios e o consumo exagerado pode piorar a inflamação da acne e também o envelhecimento da pele”, afirma o geneticista Marcelo Sady, Pós-Doutor em Genética e diretor geral Multigene.

Foto: Mel Schmitz

O estudo “Short-term exposure to a Western diet induces psoriasiform dermatitis by promoting accumulation of IL-17A-producing γδ Tcells” sugere que os componentes da dieta podem levar à inflamação da pele e ao desenvolvimento de psoríase. De acordo com a dermatologista Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia, a psoríase é uma inflamação que ocorre quando os anticorpos começam a agredir os queratinócitos, células produtoras da proteína morta responsável por formar a camada protetora da pele. Em resposta a essa agressão, os queratinócitos começam a se proliferar, multiplicando-se de maneira muito mais rápida e assim favorecendo a formação de crostas.

Psoriasis Hand

“Além disso, há a dilatação dos vasos sanguíneos, que leva ao surgimento de manchas vermelhas. Posteriormente, ainda ocorre um processo de micropontos de sangramento no local, chamado de orvalho sangrento, devido a remoção dessas crostas que se formaram durante o processo inflamatório”, explica a médica. “Dessa forma, a psoríase é categorizada como uma doença autoimune, sendo causada então principalmente devido à predisposição genética. Porém, outros gatilhos também podem agravar a doença, como fatores ambientais, alimentação e o estresse”, completa.

Estudos anteriores mostraram que a obesidade é um fator de risco para o desenvolvimento ou agravamento da psoríase. A dieta ocidental, caracterizada por uma alta ingestão de gorduras saturadas e sacarose e baixa ingestão de fibras, tem sido associada ao aumento da prevalência de obesidade no mundo. Para o estudo da UC Davis Health, que utilizou um modelo de camundongo, os pesquisadores descobriram que era necessária uma dieta contendo alto teor de gordura e alto teor de açúcar (imitando a dieta ocidental em humanos) para induzir a inflamação da pele.

Em apenas quatro semanas, os ratos com dieta ocidental aumentaram significativamente o inchaço dos ouvidos e a dermatite visível em comparação com os ratos alimentados com dieta controlada e com dieta rica em gordura. “A dieta não saudável não afeta apenas a sua cintura, mas também a imunidade da pele”, diz Marcella.

O estudo detalhou os mecanismos pelos quais a inflamação ocorre após uma dieta ocidental. “O trabalho identificou que a alimentação rica em gordura e açúcares é capaz de despertar a sinalização inflamatória na pele, desregulando a via Interleucina-23, um mensageiro pró-inflamatório que contribui para o desenvolvimento de dermatites”, afirma a nutróloga.

O estudo também enfatiza a importância da dieta para pacientes com doenças de pele. Pacientes com psoríase, por exemplo, com má alimentação têm maior risco de desenvolver doenças relacionadas, incluindo diabetes, hipertensão e doenças cardiovasculares, que podem ser evitadas ou melhoradas por abordagens dietéticas.

Image Hires

Um exame de genotipagem também pode ajudar no tratamento da psoríase. “Prevenir a psoríase também pode ajudar na prevenção contra o câncer. Segundo um estudo recente, publicado em outubro de 2019, no conceituado JAMA Dermatology, portadores de psoríase apresentam risco aumentado de diversos tipos de câncer, principalmente portadores de psoríase severa, cujo risco de câncer de células escamosas (um dos tipos de câncer de pele), pode ser até aproximadamente 12 x maior”, afirma o geneticista.

A Multigene já trabalha com o perfil de genotipagem para prevenção e tratamento de psoríase, que não só identifica a presença dessas variantes genéticas responsáveis por maior incidência da doença, como também ajuda a orientar o paciente a como controlar a ação negativa das variantes mais importantes.

Em uma revisão sistemática da literatura, o aumento da gravidade da psoríase pareceu correlacionar-se com um maior índice de massa corporal (IMC), e acredita-se que a obesidade provavelmente predisponha à psoríase e vice-versa.

“Embora as recomendações dietéticas específicas não sejam claras, um estudo observacional encontrou uma associação benéfica de melhora com pacientes que seguiram a dieta mediterrânea. Em termos de suplementos nutricionais, vários estudos apostam no óleo de peixe como o mais promissor e a vitamina D oral demonstrando alguma promessa em estudos abertos”, diz Claudia.

“De qualquer forma, uma boa alimentação, equilibrada e com boa ingestão de fibras, sem excessos em açúcar e gordura de má qualidade, é capaz de trazer diversos benefícios para a pele e evitar muitas doenças. Por isso, procure ajuda de um médico nutrólogo para ajustar os desequilíbrios da sua dieta”, finaliza Marcella.

Receitas exclusivas exploram diversidade e sabor das maçãs europeias

Chef Giovanna Grossi criou receitas exclusivas em que a maçã francesa é a estrela

Que a gastronomia europeia exerce uma grande influência na cultura do mundial, isso muitos já sabem. Entre os ingredientes estrelados, estão as frutas e os legumes frescos, símbolos de tradição e excelência. Além de ser uma delícia para ser consumida fresca, a maçã francesa apresenta diversas qualidades que combinam muito bem com o paladar do brasileiro, e pode ser utilizada de uma forma versátil em muitas receitas.

Promovida pela Interfel e cofinanciada pela União Europeia a campanha “Maçãs Francesas: Tão… Crocantes!”, retorna ao mercado com nova safra, sob o propósito de incentivar o público brasileiro ao consumo e à descoberta de novas variedades e sabores. Entre as opções presentes estarão a Gala, Fuji, Red, Granny Smith, Golden, Ariane e Kissabel, cada uma com sua característica própria em cores, aromas e texturas.

Foto: Tadeu Brunelli

A convite da Interfel a jovem chef brasileira Giovana Grossi – que já participou do Bocuse D’Or e atualmente preside o júri no Brasil – criou saborosas receitas que vão impressionar nas festas de fim de ano. Ela buscou valorizar a versatilidade da fruta em diferentes preparos e momentos de consumo, seja como prato principal ou sobremesa.

Confira a seguir algumas dessas receitas:

Copa lombo com tubérculos e maçã Granny Smith

Foto: Tadeu Brunelli

Ingredientes
2 maçãs Granny Smith
350 g de copa lombo
1 cebola
100 g de batata bolinha
50 g de batata doce branca
50 g de batata doce roxa
50 g de cenoura
400 ml de caldo a base de carne
Sal
Alecrim
Pimenta de cheiro
Azeite
Farofa para acompanhar

Modo de preparo
Corte os tubérculos e as maçãs, todos mais ou menos do mesmo tamanho. Coloque-os em uma assadeira, tempere com sal, azeite, alecrim e pimenta de cheiro e asse em forno aquecido a 200ºC por 15min. Tempere a carne e salteie-a com cebola e azeite.

Para o molho
2 cebolas
2 cenouras
2 salsões
1kg carcaça de carne
2l de água
Talos de salsinha e tomilho
3 folhas de louro
30ml de azeite
Grãos de pimenta preta
300ml de vinho tinto

Modo de preparo
Corte os legumes, coloque-os em uma panela com azeite e deixe dourar bem. Reserve. Na mesma panela, coloque as carcaças de carne e deixe ficarem bem douradas. Junte os legumes previamente salteados, o vinho tinto, a água e
as ervas aromáticas (talo de salsinha, louro, tomilho, pimenta preta). Deixe cozinhando por 2 horas pelo menos. Coe o caldo, coloque novamente no fogo e deixe reduzir até que fique com uma textura mais espessa,
de molho.

Montagem
Disponha os tubérculos e as maçãs assadas no prato. Adicione a copa lombo, um pouco de molho de carne e um pouco de maçã crua para finalizar com um pouco de acidez.
Acompanhe com a farofa.

Arroz de cordeiro com maçã Red glaciada

Foto: Tadeu Brunelli

Ingredientes
1 maçã Red
150 g de arroz carnaroli
400 ml de caldo cordeiro
1 cebola
4 dentes de alho
1/2 pimentão vermelho
350 g de cordeiro
30 g de manteiga
60 g de mel
Salsinha e coentro picados
50 ml coalhada
Tomilho

Modo de preparo
Refogue a cebola, o pimentão e o alho picados. Adicione o arroz e uma parte do caldo de cordeiro preparado previamente. Deixe cozinhar e reserve. Salteie o cordeiro e reserve.
Em uma frigideira coloque o mel, a manteiga, o tomilho e adicione as maçãs cortadas em pedaços pequenos e uma concha de caldo de cordeiro. Deixe em fogo médio sem mexer até reduzir.

Para o molho
2 cebolas
2 cenouras
2 salsões
1kg carcaça de carne
2l de água
Talos de salsinha e tomilho
3 folhas de louro
30ml de azeite
Grãos de pimenta preta
300ml de vinho tinto

Modo de preparo
Corte os legumes, coloque-os em uma panela grande e deixedourar bem. Reserve. Na mesma panela, coloque as carcaças de carne e deixe ficarem bem douradas. Junte os legumes previamente salteados, o vinho tinto, a água e as ervas aromáticas (talo de salsinha, louro, tomilho, pimenta preta). Deixe o caldo cozinhando por 2h pelo menos. Coe e use como base para cozinhar o arroz.

Montagem
Coloque o arroz no prato, em seguida o cordeiro salteado, a coalhada em pequenas porções e as maçãs glaciadas por cima.

Serve: 2 pessoas
Tempo de preparo: 40 min

Clafoutis de maçã Gala com pitanga e cumaru

Foto: Tadeu Brunelli

Ingredientes
2 maçãs Gala
2 ovos
1 gema
125 g de açúcar
20 g de amido de milho
10 g de farinha de trigo
100 g de creme de leite
150 ml de leite
50 g de pitanga
1 pitada de sal
1 fava de cumaru (fava tonka)
Açúcar de confeiteiro para decorar

Modo de preparo
Em uma panela misture os ovos, a gema, o creme de leite e o leite. Acrescente a farinha de trigo, o amido de milho, o açúcar e o sal. Rale o cumaru sobre essa mistura liquida e reserve.
Corte a maçã em cubos e coloque numa forma. Coloque a mistura dentro da forma sobre as maçãs e por último coloque as pitangas. Asse em forno preaquecido a 160ºC por 15 min.

Montagem
Retire da forma e sirva no recipiente de sua escolha. Peneire o açúcar de confeiteiro por cima para decorar.

Serve: 6 pessoas
Tempo de preparo: 15 min + 15 min de forno

Fonte: Interfel

Arroz e feijão não podem faltar nas festas de fim de ano

Não há nada mais tradicional para o brasileiro do que arroz e feijão, não é mesmo? A comida que traz consigo o gostinho de aconchego do lar tem variadas formas de preparo e pode ser consumida em qualquer época do ano. Por isso, a Cozinha Experimental Camil separou algumas receitas que transformam os ingredientes tradicionais do dia a dia em pratos elegantes para as celebrações de fim de ano. Confira:

Bolinho de Arroz com Tender

Ingredientes
2 xícaras (chá) de Arroz Camil cozido
1/2 xícara (chá) de queijo parmesão ralado fino
1 colher (sopa) de cheiro-verde picado
1 colher (sopa) de fermento em pó
1/2 xícara (chá) de farinha de trigo
1/2 xícara (chá) de tender cozido e picado
3 ovos batidos
Óleo para fritar

Modo de preparo
Em uma tigela, coloque o Arroz Branco CAMIL cozido, o queijo parmesão ralado, o cheiro-verde, o fermento em pó, a farinha de trigo, o tender e os ovos. Misture bem. Em uma panela pequena e funda, aqueça o óleo em fogo médio. Faça bolinhos com o auxílio de duas colheres. Frite os bolinhos até dourarem levemente, escorra sobre papel-absorvente e sirva em seguida.

Dica: sirva os bolinhos acompanhados de molho de pimenta ou molho de ervas.
Rendimento: 30 bolinhos
Tempo de preparo: 30 minutos

Arroz com Chester

Ingredientes:
1 colher (sopa) de azeite de oliva
Meia cebola pequena picada
1 xícara (chá) de Arroz Reserva Especial Camil
Meia xícara (chá) de vinho branco seco
1 colher (chá) de sal
1 pitada de açafrão-da-terra em pó
2 xícaras (chá) de água fervente
2 xícaras (chá) de chester assado e desfiado (250 g)
2 colheres (sopa) de amêndoas torradas e grosseiramente picadas
2 colheres (sopa) de uva passa preta sem sementes
3 damascos secos picados
Meia colher (chá) de tomilho fresco picado

Para regar:
Azeite de oliva

Modo de preparo:
Em uma panela, aqueça o azeite em fogo médio e doure levemente a cebola. Adicione o Arroz Reserva Especial Camil. Adicione o sal, o açafrão e a água fervente e cozinhe, com a panela parcialmente tampada, por 10 minutos. Abaixe o fogo, tampe a panela e cozinhe por mais 5 minutos ou até secar o líquido. Junte o chester, as amêndoas, a uva passa, os damascos e o tomilho, e misture delicadamente. Regue com o azeite e sirva a seguir.

Rendimento: 4 porções
Tempo de preparo: 30 minutos

Farofa de Feijão com Bacon

Ingredientes

Feijão
1/2 xícara (chá) de Feijão Rajado Camil
3 xícaras (chá) de Água

Farofa
1 colher (sopa) de azeite
1/2 xícara (chá) de bacon picado
1 unidade de dente de alho picado
1 unidade de cebola pequena picada
2 colheres (sopa) de uvas passas pretas sem sementes
1/2 xícara (chá) de castanhas-de-caju picadas
1/2 xícara (chá) de cenoura ralada grossa
1/2 colher (chá) de sal
1 1/2 xícara (chá) de farinha de milho em flocos
3 colheres (sopa) de manteiga
2 colheres (sopa) de cheiro-verde picado

Modo de Preparo

Feijão
Em uma panela de pressão, adicione o Feijão Rajado Camil e a água.Tampe a panela e cozinhe por 20 minutos contados a partir do início da pressão. Desligue o fogo e aguarde sair toda a pressão antes de abrir a panela.Escorra os grãos e reserve.

Farofa
Em uma panela, aqueça o azeite em fogo médio de frite o bacon até dourar. Adicione o alho e a cebola e refogue até murchar. Acrescente o Feijão Rajado Camil reservado, a uva passa, as castanhas, a cenoura e o sal, e refogue. Junte, aos poucos e sem parar de mexer, a farinha de milho amarela. Misture a manteiga e o cheiro-verde, e sirva a seguir.

Rendimento: 4 porções
Tempo de Preparo: 35 minutos

Arroz com Champanhe e nozes

Ingredientes
1 colher (sopa) de manteiga sem sal
1 xícara (chá) de nozes picadas
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
Meia cebola média picada
1 e meia xícara (chá) de Arroz Reserva Especial Camil
1 e meia xícara (chá) de champanhe
1 colher (chá) de sal
2 xícaras (chá) de água fervente
Folhas de tomilho fresco a gosto

Modo de preparo:
Em uma panela, em fogo médio adicione a manteiga e doure as nozes rapidamente. Retire da panela e reserve. Na mesma panela, aqueça o azeite em fogo médio e refogue a cebola até dourar levemente. Adicione o Arroz Reserva Camil e refogue por alguns minutos, acrescente o champanhe, o sal e a água fervente. Tampe parcialmente a panela e cozinhe em fogo médio por 10 a 15 minutos ou até o liquido secar e os grãos estarem cozidos. Desligue o fogo, tampe a panela e reserve por 5 minutos. Solte delicadamente o arroz com um garfo e misture as nozes reservada, adicione o tomilho e sirva em seguida.

Rendimento: 6 porções
Tempo de preparo: 25 minutos

Salpicão de feijão bolinha

Ingredientes:

Feijão
1 xícara (chá) de feijão bolinha Camil
5 xícaras (chá) de água

Salpicão
1 cenoura média ralada no ralo grosso
1 xícara (chá) de uvas passas pretas sem sementes
1 peito de frango médio cozido e desfiado
1 xícara e meia (chá) de maçã cortada em cubos pequenos
meia xícara (chá) de salsão picado
1 pimentão vermelho pequeno picado
1 pimentão verde pequeno picado
3 colheres (sopa) de azeite
Suco de 1 limão médio
Sal e pimenta-do-reino a gosto
1 e meia xícara (chá) de maionese

Modo de Preparo:

Feijão
Em uma panela de pressão, coloque o Feijão Bolinha Camil e a água. Tampe a panela e cozinhe por 20 minutos contados a partir do início da pressão. Desligue o fogo e aguarde sair toda a pressão antes de abrir a panela. Escorra o caldo do feijão e reserve os grãos.

Salpicão
Em uma tigela, misture os grãos cozidos do feijão bolinha Camil, a cenoura, as uvas passas, o frango, a maçã, o salsão e os pimentões. Tempere com azeite, o suco de limão, o sal e a pimenta-do-reino. Acrescente a maionese e misture bem. Leve à geladeira por duas horas ou até o momento de servir.

Rendimento: 8 porções
Tempo de preparo: 1 hora e 30 minutos
Tempo de geladeira: 2 horas
Tempo de total: 3 horas e 30 minutos

Arroz à grega com tender

Ingredientes:

Arroz
1 colher (sopa) óleo
1 dente de alho picado
3 xícaras (chá) de arroz Camil
6 xícaras (chá) de água fervente
2 colheres (chá) de sal

Refogado
2 colheres (sopa) de azeite de oliva
1 cebola média picada
1 cenoura pequena cortada em cubos pequenos
1 pimentão vermelho cortado em cubos pequenos
1 pimentão amarelo cortado em cubos pequenos
1 pimentão verde cortado em cubos pequenos
2 xícaras (chá) de tender cozido e cortado em cubos pequenos
Meia xícara (chá) de uvas passas pretas sem sementes
Meia xícara (chá) de uvas passas brancas sem sementes

Modo de Preparo:

Arroz
Em uma panela, aqueça em fogo médio o azeite e refogue o alho. Junte o arroz Camil e refogue por alguns minutos. Acrescente a água e o sal. Tampe parcialmente a panela e cozinhe por 10 a 15 minutos ou até o liquido secar e os grãos ficarem cozidos.Desligue o fogo, tampe a panela e reserve.

Refogado
Em uma panela, aqueça em fogo médio o azeite e refogue a cebola e a cenoura até ficar macia. Junte os pimentões e o tender, refogue por mais alguns minutos. Acrescente o Arroz Camil cozido e as uvas passas, misture bem e sirva em seguida.

Rendimento: 8 porções
Tempo de preparo: 30 minutos

Fonte: Cia. União

Avon dá dicas para uma maquiagem de final de ano com produtos must-have

Mesmo que as comemorações neste ano sejam um pouco diferentes, ainda assim vale investir na produção de um look especial. Pensando nisso, a Avon preparou um passo a passo especial com seus must-have da estação para uma maquiagem de arrasar.

Preparação da pele

Este passo é fundamental em qualquer maquiagem, pois promove a uniformização do tom da pele e a preparação dela para a aplicação de outros produtos. Para a sua maquiagem durar por muitas horas, opte pela Base Líquida Power Stay que possui acabamento matte e dura 24 horas, cobrindo as imperfeições, olheiras, marcas da pele e manchas avermelhadas.
Depois, aplique um corretivo nas áreas que precisam de mais cobertura. O Corretivo Líquido Power Stay é ideal, pois possui 18 horas de duração, promove uma cobertura de média a alta e cobre linhas finas, manchas e olheiras. Caso sinta necessidade, finalize com a aplicação do Pó Compacto Facial Matte FPS35 para selar e potencializar o efeito de fixação da maquiagem.

Base Líquida Power Stay (R$ 59,99), Corretivo Líquido Power Stay (R$ 27,99) e Pó Compacto Facial Matte FPS35 (R$ 47,99)

Destaque no olhar

Aproveite para inovar na produção dos olhos e brincar com diferentes cores! Para isso, a Megapaleta da Avon é perfeita, ela possui 77 opções de cores para todos os estilos e gostos. Para montar a sua make, escolha as cores que mais combinam com o seu look. Uma boa dica é aplicar uma sombra em tom médio por toda a pálpebra móvel e depois aplicar uma sombra em tom mais escuro no canto externo do olho, marcando bem o côncavo. Deste modo, você cria uma profundidade no olhar. Por fim, lembre-se de esfumar levemente as sombras. Um ótimo truque é criar um centro de luz, aplicando uma sombra clara no canto interno do olho, trazendo mais luminosidade para o look. Depois, aplique uma máscara de cílios para realçar o olhar. A máscara de cílios No Limits é perfeita para a ocasião! Ela promove 6x mais volume, 4x mais elevação e até 24 horas de duração. Sua fórmula Lift&Lock Triple Set foi criada para levantar todos os tipos de cílios, inclusive os mais retos. Nem precisa de curvex!

Avon Presente Megapaleta de Maquiagem (R$ 299,90) e Máscara de Cílios No Limits (R$ 27,99)

Finalize o look com muito brilho e cor

Para finalizar o seu look de final de ano, invista em muita cor e brilho. Iluminadores estão em alta na maquiagem, então pode investir no glow sem medo! Aplique onde preferir, seja nas têmporas ou no colo. O Iluminador em Gotas Cobre é ideal, pois ele garante um brilho instantâneo para a pele. Como última etapa, escolha um batom de impacto! Uma boa dica é optar por um batom de longa duração, como o Batom em bala Power Stay, que tem durabilidade de até 10 horas nos lábios. Sua fórmula soft, desenvolvida para esquecer que se está usando batom, garante um acabamento matte e cor duradoura sem transferir. Disponível em 10 cores, é só escolher o seu preferido!

Iluminador em Gotas Cobre (R$ 47,99) e Batom Power Stay Rosa Total (R$ 34,99)

Os produtos poderão ser adquiridos com uma revendedora Avon ou pelo e-commerce.

Informações: SAC Avon – 0800 708 2866, de segunda a sábado das 8h às 20h.

Como conservar os alimentos que sobram nas festas de fim de ano?

Acondicionar alimentos corretamente aumenta sua durabilidade e faz bem para o bolso

As celebrações de Natal e Ano-Novo são sempre sinônimos de aglomeração em família, mas neste ano nem todos poderão passar a data juntos por conta do isolamento social causado pela pandemia. No entanto, uma coisa é certa: terá muita comida na mesa e, assim como todo ano, as sobras dos alimentos devem durar para além das ceias.

Segundo o estudo Fundação Getúlio Vargas (FGV) em parceria com a Embrapa e o programa Sem Desperdício da União Europeia, revelou que o Brasil joga fora, por pessoa, 42 quilos de comida por ano. Logo, em uma família, o estudo revela o desperdício de 128 quilos de alimentos por ano.

O efeito causa impactos sociais, econômicos e ambientais. A produção e colheita dos alimentos afetam o campo em que foram plantados e, a partir disso, no momento em que a comida é desperdiçada, tal dano ambiental foi causado em vão. Além da perda de dinheiro investido.

Para reduzir a quantidade de comida que vai parar no lixo depois das festas de fim de ano, o ideal é reutilizar os alimentos para criar outros pratos e garantir o almoço da semana toda. Para que isso seja possível é preciso manter tudo bem refrigerado e acondicionado em embalagens plásticas. Desta forma, a comida será conservada e sua durabilidade aumentará consideravelmente.

Como conservar

Alimentos assados, cozidos e fritos podem ser congelados. O ideal é refrigerar as sobras das refeições em pequenas porções individuais. Além disso, é relevante escolher o recipiente correto, já que as embalagens adequadas influenciam na durabilidade dos produtos. A diretora de Comércio Exterior e Marketing da Alpfilm, Alessandra Zambaldi, informa que para congelar alimentos, o mais indicado é utilizar sacos plásticos herméticos que impedem a entrada de ar e previnem a contaminação por fungos e bactérias.

“Um fator determinante para garantir maior durabilidade dos alimentos na geladeira é escolher adequadamente os recipientes que serão utilizados. O ideal é fazer uso de recipientes para conservar o alimento e vedar com tampa ou caso não houver, com embalagens plásticas, como o plástico filme PVC Alpfilm Protect, material com micropartículas de prata com propriedade bactericida e fungicida. Assim, além de não ocorrer absorção de umidade, a embalagem também impedirá a entrada de bactérias e fungos. A proteção é ainda mais relevante por conta da pandemia em que estamos vivendo, pois este produto também possui capacidade de inativar o novo coronavírus”, conta a diretora.

Foto: foodsafetysuperhero

Além disso, o uso de etiquetas nas embalagens facilitam a diferenciação dos alimentos. A identificação traz maior praticidade na hora de retirar o alimento do congelador. A diretora indica que seja anotado o prazo de validade para certificar-se de consumi-lo em bom estado.

Outra dica é que, apesar do que muitas pessoas acreditam, não é necessário esperar que o alimento esfrie para inserir no congelador. “Esperar a comida esfriar para congelá-la pode reduzir o tempo consumo e isso acontece porque, quando em temperatura ambiente, o alimento fica mais exposto à contaminação por fungos e bactérias. Por isso, o ideal é não aguardar mais que duas horas para levar o prato ao freezer”, explica.

Recongelar o alimento também não é indicado: depois de descongelar um alimento, não o leve de volta ao freezer. A diretora afirma que quando em contato com o ar em temperatura ambiente, o nível de proliferação de micro-organismos aumenta. Desse modo, quando recongelada, a comida possuirá uma carga microbiana muito maior, podendo causar intoxicações alimentares após o consumo.

Evitar o desperdício de alimentos, além de ser a opção mais inteligente e econômica, também contribui para o meio ambiente com o uso consciente dos recursos naturais e maior sustentabilidade.

Fonte: Alpfilm

Dez bebidas para presentear ou curtir durante o verão

Linha de destilados premium da Importadora Aurora inclui rótulos para todos os gostos e perfis

Fim de ano está aí e o verão já chegou. É hora de comemorar e celebrar a passagem de 2020 e esperar o novo ano com fé e boas vibrações. A tradição induz à troca de presentes entre amigos e familiares, e a estação convida a um brinde refrescante com as bebidas preferidas. Cai como uma luva o prestigiado e diversificado portfólio da Importadora Aurora na hora de escolher qual a bebida ideal para cada tipo de pessoa.

Confira as dicas:

Para mulheres empoderadas: no momento em que se acentua o empoderamento feminino, a mensagem de MOM Gin, à base de botânicos exóticos, contemporâneo, vibrante e infusionado com morangos, é um convite às mulheres para que assumam seu legítimo e inalienável direito de reinar e brilhar. Preço sugerido: R$ 249,00

Para “apavorar e tocar o terror”: aquele amigo ou amiga com um lado dark e sombrio vai amar The Kraken – o rum que evoca um mítico monstro marítimo. Infusionado com 13 especiarias, guarda sua receita a sete chaves e que se mantém secreta até hoje. Apresenta-se em uma emblemática garrafa, com duas alças laterais, que representam os olhos do monstro que inspira seu nome. Preço sugerido: R$ 178,00

Para quem ama sofisticação e coleciona garrafas: só a garrafa com vidro todo esculpido, estilo vintage já faz presença impactante no bar. No copo então, a 1800 Cristalino entusiasma experts e apreciadores de destilados Super-Premium. Envelhecida por 14 meses em barris de carvalho francês, e 6 meses em barris de vinho do porto, é filtrada posteriormente para retirada das notas mais amargas e das cores absorvidas durante o envelhecimento. Preço sugerido: R$ 480,00

Para quem gosta, mas ainda não saber fazer margaritas: uma dupla imbatível e que vai derreter o coração de quem receberá é a Tequila Jose Cuervo Silver e o Margarita Mix, itens indispensáveis no preparo da mais perfeita Margarita. Ambos levam o selo da lendária JoseCuervo, responsável pela produção da Tequila No 1 do mundo. Preço sugerido: Jose Cuervo Silver, R$ 125,00 e Margarita Mix, R$ 40,00

Para festeiros: de cor amarelo dourado, à base de 43 ingredientes naturais, Licor 43 é figura carimbada em festas e comemorações. Pode ser bebido puro gelado, ou com café espresso e gelo, no drinque Carajillo 43. Para o verão, e intervalo entre uma cerveja e outra, a dica é uma versão deliciosa de drink com Licor 43 e batizada de Mini Beer 43. Servida em uma charmosa minicaneca, com 25 ml de Licor 43 gelado, é completada com uma fina camada de preparo para chantilly também gelado. Um pack de Licor 43 com duas mini canecas é aquele presente com a cara dos mais festeiros, e a certeza de arrasar na escolha. Preço sugerido: R$ 169,00

Para pessoas estilosas e cultas: elegância, estilo, cultura – três atributos que definem a essência de The London Nº1. O gim é elaborado com grãos ingleses da mais alta qualidade e água pura primaveral do norte de Londres, dando a ele um toque 100% londrino. A garrafa se apresenta em um cartucho muito especial, iluminando a icônica cabine telefônica de Londres, assim como ressaltando o azul vívido de seu líquido. Preço sugerido: R$ 398,00

Para amantes de jazz e Rhythm’n’blues: se New Orleans tivesse outro nome, ele seria Southern Comfort. Que o diga Janis Joplin, que elegeu este smooth whiskey para chamar de seu. Notas de pêssego, baunilha, mel e algum “zest” de ervas e picância resultam em uma base perfeita tanto para drinks leves como para os mais potentes, o que torna SoCo muito íntimo de bartenders e da coquetelaria. Aperte o “play”. Preço sugerido: R$ 109,00

Para ChocoLovers: duas versões de Mozart, sofisticado licor austríaco à base de chocolate puro, estão disponíveis em lindas garrafas. São eles, Mozart Dark Chocolate – Criado a partir de chocolate ligeiramente amargo e 87% de cacau puro, perfeito para uso em receitas de coquetéis criativos. E Mozart Chocolate Cream, um licor de chocolate cremoso, que adiciona um toque de doçura ao dia e torna a noite inesquecível. Incrível quando apreciado levemente gelado, como um refinado digestivo ou em elegantes sobremesas. Preço sugerido: R$ 215,00

Para os que curtem uma noite longa e divertida: Fireball é um licor de whisky com infusão de canela natural, com graduação alcóolica de 33%, e popular entre o público jovem. Tem como lema celebrar a vida todas as sextas-feiras, em suas famosas “Fireball Fridays”, o único feriado que acontece 52 vezes ao ano, segundo a marca. É vendido em garrafa de 750 ml, ao preço sugerido de R$ 109,00 e em Pack pronto para consumir em shots, com 6 minigarrafas ao preço sugerido de R$ 59,90

Para “viciados” em verão: perfeito para beber em altas temperaturas, Peachtree é produzido a partir do pêssego doce e maduro, e traz em seu sabor e aroma a sensação refrescante do fruto recém colhido do pessegueiro. Considerado hoje o licor de pêssego mais vendido em todo o mundo, Peachtree remete a dias ensolarados de verão. Sua leveza e frescor o permite ser degustado nos dias mais quentes, além de poder ser misturado em diferentes drinques de fácil preparo e menos calóricos. Um dos mais conhecidos é o famoso “Sex on the Beach”. Preço sugerido: R$ 179,00

Fonte: Aurora Importadora

Maison GH Mumm lança novidades para o verão e grandes comemorações

Packs comemorativos com GH Mumm Grand Cordon e o novo GH Mumm Olympe Gold, o grande lançamento da Maison para o verão, já estão disponíveis

Vanguarda, estilo, qualidade, ousadia, tradição. Tomaria muitas linhas enumerar tantos atributos do champagne líder em mercado na França. Estamos falando de GH Mumm, marca mais que lembrada e icônica, e aliada à grandes eventos esportivos, celebrações, e presente nas boas mesas da gastronomia mundial.

Sempre surpreendendo, e se superando, a Maison acaba de anunciar seu mais novo lançamento: o champagne GH Mumm Olympe Gold, que promete ser um ícone neste verão, podendo ser degustado com gelo. O nome e design da garrafa prestam homenagem ao atleta Usain Bolt e suas medalhas olímpicas.

Não poderia faltar a icônica fita vermelha no vidro, produzida em colaboração com o designer Ross Lovegrove. Cria-se aqui, portanto, um novo terreno, para revelar a essência da Pinot Noir e seus atributos de elegância, presença marcante nos blends clássicos da Maison, figurando ao lado da Chardonnay e Meunier, para dar o toque floral e frutado únicos.

Destaque para a cor amarelo-dourado intenso, com perlage vivo e reflexos âmbar. No nariz, aromas frutados de pêssego, compota de pera, geleia de frutas e tentadoras notas de mel, pão de gengibre, patisserie, brioche e frutas secas. Na adega, está pronto para beber, ao ser comprado, mas tem poder de guarda por mais alguns anos, permitindo revelar mais intensidade de frutas secas.

GH Mumm Olympe Gold é par perfeito para sobremesas e harmoniza bem com sabores agridoces da cozinha tailandesa ou indiana. Também orna bem com queijos fortes como Roquefort, e outras variedades azuis, Munster, nozes, tâmaras e figos secos, tarte tatin ou bolo com ganache de chocolate. Preço sugerido: R$ 439,30.

Outro belo presente para causar o efeito “wow” ou para figurar nas festas de fim de ano é o pack de GH Mumm Grand Cordon – a mítica garrafa criada com a faixa vermelha prestando homenagem à Legion D’Honneur – com duas taças, ao preço de R$ 387,90.

O champagne se destaca por frutas maduras intensas, baunilha e caramelo, mas com frescor e personalidade. Sua composição inclui 45% de Pinot Noir (para ganhar força e estrutura) 25 % de Meunier (para conferir leveza e sabor frutado) e 30% de Chardonnay (para garantir mineralidade e elegância). É envelhecido por 20 meses, repousando na adega da Maison.

Champagne Real

Paixão por excelência, inovação e o caráter disruptivo da Maison – (foi a primeira a entregar seu champagne com drones em 2016, e criou uma versão para ser tomada no espaço – sim, no espaço!!) – remontam à data de sua criação em 1827, atributos vivos e perenes, mantidos pelo atual Master Cellar, Laurent Fresnet.

Como não ter, portanto, este lendário champagne nas festas e comemorações de fim de ano? Aliás, lembrando que acabou de estrear no streaming a quarta temporada da aclamada série The Crown, vale destacar que este lendário champagne leva o prestigiado selo By Appointment of Her Majesty The Queen, e portanto, mergulhar nas intrigas palacianas com uma bela taça de GH Mumm vem a calhar.

As bebidas são encontradas no site Drinks And Clubs.