Arquivo da tag: flores

Dia das Mães: Flávia Rocco dá dicas de arranjos e flores que fogem do óbvio

Não à toa as flores são protagonistas nos presentes de Dia das Mães. Com uma infinidade de cores e tipos, é possível fugir do óbvio presenteando de forma exclusiva. Arranjos minimalistas, cleans e autênticos são opções para seguir a tradição de dar flores de presente sem cair na mesmice.

Para a data, Flávia indica alguns tipos de flores que representam força e beleza. A cor vermelha geralmente significa amor verdadeiro, e para combinar com a delicadeza da data, as tulipas vermelhas ficam lindas em arranjos. Flávia Rocco indica tulipas em um vaso Romeu, de vidro, com fita de cetim verde exército. Já a Rosa Leônidas, em vaso de vidro cilíndrico, com laço de fita em cetim, é uma alternativa para quem não quer deixar de presentear com uma Rosa, mas quer trazer mais personalidade para o presente. Tem muitas pétalas, agradável aroma e cor vibrante, é ideal para mães clássicas.

Já para mães mais modernas e descoladas, o antúrio roxo representa confiança e autoridade. É uma flor que ganha ainda mais personalidade em um vaso oval baixo, com fita de cetim nas cores verde exército e roxo.

Atualmente Flávia Rocco atende em um corner, no shopping Iguatemi São Paulo. No local há arranjos já prontos, mas é possível também entrar em contato com a florista para personalizar um buquê ou arranjo em seu estúdio localizado no Brooklin, também em São Paulo.

rosa leonidas.jpg

Flor: Rosa Leônidas
Fita: fita de cetim verde exército
Vaso: vidro cilíndrico de 18x8cm
Valor: R$ 190,00

anturio roxo.jpg

Flor: Antúrio roxo
Fita: fita de cetim, laço duplo, cores: verde exército e roxo
Vaso: vidro oval baixo 20x25cm
Valor: R$ 350,00

tulipa vermelha.jpg

Flor: Tulipa vermelha
Fita: fita de cetim verde exército
Vaso: vidro Romeu “P”
Valor: R$ 190,00

Flávia Rocco – Shopping Iguatemi – Av. Brigadeiro Faria Lima, 2232 | Piso Térreo | Jd. Paulistano – São Paulo. Horário de atendimento: segunda a sábado, das 10h às 22h e domingos e feriados, das 14h às 18h

Salvar

Saiba qual é a flor ideal para cada ocasião

Flores Online fornece orientações para acertar em cheio na escolha de arranjos para todas as situações

Cada tipo ou cor de flor influencia diretamente na mensagem que se deseja transmitir. Por isso, ao comprar um arranjo, seja para decorar a casa ou para presentear alguém especial, é preciso entender o que cada uma delas representa para não acabar errando na escolha.

Diante disso, a Flores Online, primeiro e-commerce de flores e presentes no país, separou algumas dicas para auxiliar neste momento.

Para a hora da conquista

orquidea.png

Durante a conquista, o ideal é evitar flores vermelhas que remetem a paixão. Neste caso, as orquídeas rosas são uma excelente opção, já que simbolizam romance

Presenteando a(o) amada(o)

rosas.png

Para declarar o amor, nada melhor do que as rosas vermelhas. Sejam as rosas tradicionais ou as colombianas, que se diferenciam pelo tamanho e durabilidade, elas transmitem amor e sensualidade.

Noivado

noivado.png

Lírios, orquídeas ou rosas com tons pastéis, como brancas e champagne, transmitem a delicadeza e elegância que o momento pede. Seja para presentear a noiva durante o pedido, ou para felicitar o casal, essas flores são excelentes opções!

Visitar recém-nascido

flores.png

Nesta situação, aposte em cores alegres e vibrantes: laranja, azul, rosa e amarelo, por exemplo, combinam com a felicidade do casal pela chegada do bebê. Aqui, dois detalhes importantes: opte por arranjos com vasos, que podem ficar na maternidade, e sem perfume para não desencadear uma crise alérgica na mãe ou no recém-nascido.

Casa nova

girassol

Para desejar sorte e sucesso na nova conquista, o girassol é uma ótima opção. O amarelo representa felicidade e entusiasmo, levando boas vibrações ao ambiente.

Fonte: Flores Online

Oito flores para atrair boas energias em 2019

Você sabia que, além de deixar os ambientes mais bonitos e cheirosos, existem flores que atraem boas energias? Mais que decoração, elas podem trazer vibrações positivas para os cômodos da sua casa ou trabalho.

Para garantir que isso seja transmitido, é importante que as plantas estejam bem cuidadas. Flores sem vida e murchas não serão capazes de manter o ambiente em harmonia, então não se esqueça de regá-las e cuidar de sua terra.

Confira a seleção que a Giuliana Flores fez para você e atraia bons fluidos neste ano que se inicia:

1 – Rosa

rosas vaso.jpg

Conhecida mundialmente como a flor do romantismo, a rosa é usada para demonstrar amor, não importando a sua cor.

2 – Orquídea

 

orquideas

Uma das flores mais populares para atrair boas energias, a orquídea atrai fartura e, ainda, promove uma boa relação entre as pessoas.

3 – Cravo

cravos brancos.jpg

Esta flor revela os sentimentos mais íntimos. Se for vermelho, significa a paixão, enquanto o branco simboliza a conexão com o mundo espiritual.

4 – Jasmim

depositphotos stock-photo-closeup-jasmim -flowering-plant-in
Depositphotos

Com perfume característico, o jasmim traz o fortalecimento dos relacionamentos e união dos casais.

5 – Crisântemo

depositphotos_stock-photo-bouquet- crisantemos

Além de alegre, o crisântemo dá a sensação de bem-estar e relaxamento.

6 – Violeta

 

violeta roxa

Quando o ambiente estiver pesado e carregado de energias negativas, a violeta ajuda a transmutar e manter o equilíbrio.

7 – Margarida

margarida pixabay

A flor do bem-me-quer, mal-me-quer representa a pureza e a inocência das crianças. Invista para harmonizar os ambientes de integração com elas.

8 – Hortênsia

hortensia pixabay
Pixabay

Nativa dos países orientais, principalmente Japão e China, a principal energia atraída pela hortênsia é a prosperidade.

Fonte: Giuliana Flores

15ª Expoverão oferece exposição de orquídeas nobres

De 23 a 25 de novembro, no prédio da Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e Assistência Social (Bunkyo), no bairro da Liberdade, em São Paulo, acontece a 15ª Expo Verão de Orquídeas. A exposição, organizada pela Associação Orquidófila de São Paulo (AOSP) traz cerca de 700 plantas de colecionadores para serem apreciadas. A expectativa de público para esta edição é de aproximadamente 25 mil visitantes.

O destaque desta edição é a Laelia purpurata, uma das orquídeas mais atraentes, com um colorido inconfundível e uma extraordinária variabilidade. Inclusive, é a Laelia o motivo da Expoverão ter sido criada. “Esse tipo de planta só floresce nessa época, e a ideia da exposição é justamente prestigiá-la. A Laelia purpurata é considerada uma flor nobre que encanta com sua beleza e charme. Mas, infelizmente, é uma planta pouco conhecida”, explica Lúcia Morimoto, presidente da AOSP.

A exposição tem entrada franca e durante os três dias de evento haverá venda de mudas e orquídeas floridas com preços a partir de R$ 10,00, bem como livros, adubos, substratos, vasos e acessórios em geral.

O visitante terá ainda a oportunidade de apreciar espécies raras e comprar desde pequenas mudas até plantas adultas floridas, podendo também participar das aulas gratuitas de cultivo de orquídeas, que acontecerão todos os dias em horários alternados.

orquidea1orquidea3orquidea2

15ª Expoverão 2018
AOSP – Associação Orquidófila de São Paulo
Data: 23 a 24 de novembro, sexta e sábado, das 9h às 19h, e 25 de novembro, domingo das 9h às 18h
Local: Sociedade Brasileira de Cultura Japonesa e Assistência Social (BUNKYO)
Endereço: Rua Galvão Bueno, 596, esquina com a Rua São Joaquim. Bairro da Liberdade, São Paulo – Entrada Franca

 

Conheça a origem das flores em diferentes lugares do mundo

Uma das maiores belezas que o mundo possui são as paisagens deslumbrantes proporcionadas pela flora e também pela diversificada fauna característica de cada região. Alguns lugares têm espécies diferentes de flores típicas, que além de embelezar, trazem as principais referências de seu país nativo.

Confira alguns exemplos de flores e suas origens pelo mundo, selecionadas pela Giuliana Flores, maior e-commerce de flores e presentes do país.

Brasil – Orquídea

orquidea.png

No país, existem cerca de 2.600 espécies de orquídeas, sendo um dos principais países em termos de seu plantio. Estas flores, que se adequam melhor em temperaturas de 25 a 30 graus durante o dia e 20 a 25 graus à noite, são geralmente cultivadas em casa. Milhares de brasileiros são admiradores das orquídeas, ocasionando várias feiras espalhadas pelo país que estimulam a produção artificial da espécie, logo, preservando as flores presentes na natureza.

Bulgária – Rosa

rosa.png

Durante séculos, a Bulgária foi considerada a pátria das rosas. O Vale das Rosas, localizado no país, ao sul dos Balcãs, é famoso pela produção da flor, utilizada na produção de perfumes. Suas propriedades também são muito empregadas na indústria farmacêutica e de alimentos. Além disso, ela é oferecida aos hóspedes que estão de passagem, pois é considerada o símbolo da amizade.

Austrália – Golden Wattle

golden wattle.png

No dia 1º de setembro, é celebrado o “Wattle Day” ou “Dia da Acacia pycnantha” na Austrália, reforçando o status da flor que simboliza prosperidade, renovação e recomeço. O emblema nacional é natural do sul do país e muito bem adaptado ao clima local, semelhante ao brasileiro e regiões de queimada, que na maior parte das vezes matam as plantas-mãe, porém estimulam a germinação de sementes armazenadas no solo. As acácias australianas são caracterizadas por terem cinco pequenas pétalas, geralmente amarelas, que são arranjadas ao redor de longos ramos.

Turquia – Tulipa

tulipa.png

Originárias da Turquia, as tulipas foram batizadas em virtude de sua forma que, de ponta cabeça, se assemelha a pequenos turbantes – tülbend, em turco otomano – que posteriormente, após sofrer influências francesas, mudou para tulipe. Desde 2006, o país celebra anualmente um festival dedicado às tulipas. A flor também é muito popular na Holanda, sendo uma das principais economias do país.

Egito – Lótus

lotus.png

A Flor de Lótus é uma espécie aquática, geralmente encontrada sobre lagos. Sua delicadeza e elegância são admiradas entre diversos povos. Na cultura egípcia, a flor está associada ao renascimento. De acordo com lendas locais, o deus do sol nasceu de uma flor de Lótus, tornando-a sagrada. A planta está retratada no interior das pirâmides e nos antigos palácios do Egito. A Lótus geralmente brota na primavera e permanece aberta durante dois dias, permitindo que o fruto fique exposto após esse período.

Fonte: Giuliana Flores

 

 

Chegada da primavera é estímulo para enfeitar o lar

Antes de distribuir o verde e outras cores pela casa, é preciso atenção a algumas dicas para garantir uma harmonização entre as plantas ornamentais e a decoração

Conhecida como estação das flores, a primavera no Brasil chegou no último sábado (22). O período, que segue até o dia 21 de dezembro, é um estímulo a mais para quem quer colorir a residência com plantas ornamentais. Mas antes de distribuir o verde e outras cores pela casa, é preciso atenção, para garantir uma harmonização entre as plantas ornamentais e a decoração, levando sempre em consideração o bem-estar delas e dos moradores.

A designer de interiores Jacqueline Adorno considera que não existe planta feia, e sim planta no lugar certo. Para tal, ela destaca que é preciso conhecer as necessidades das plantas e as características de cada ambiente. “Existem espécies que são próprias para ambientes internos porque suportam baixa luminosidade, algumas convivem bem até com ar condicionado, não precisam de sol direto. A partir do momento em que você faz uma seleção de plantas ideais para um local, a probabilidade de que elas fiquem sempre bonitas é bem maior”, explica.

Gaia_Alex_Malheiros1 com

A especialista considera que a planta são sempre um plus, ou seja, algo que não é obrigatório, mas um incremento interessante na decoração de ambientes. Segundo ela, o ambiente que oferece mais possibilidades para o uso das plantas são a sacada e a varanda gourmet, se for o caso. Dedicado ao lazer, descanso e reuniões com amigos, estes espaços são mais abertos, favorecendo a ventilação e a luminosidade. “Também costumam ser maior, o que permite até o uso de plantas ornamentais de um porte médio”, acrescenta a designer.

Gaia_Alex_Malheiros5_ com

Por toda parte

Em um de seus mais recentes projetos, o decorado do Gaia Consciente Home, empreendimento da Consciente Construtora e Incorporadora, Jacqueline Adorno aproximou ainda mais as pessoas das plantas ao mixar o acolhimento da madeira com plantas frutíferas em um banco na varanda.

A designer de interiores afirma que nem mesmo os banheiros podem ser preteridos na hora de distribuir o verde. “Esse costuma ser um lugar bacana para se ter planta em terrário com suculentas ou vasinhos, porque essas plantas são bem adaptadas à baixa luminosidade e pouca ventilação. Já na sala, o perfeito seria um bonito vaso no aparador ou no rack”, orienta.

Gaia_Alex_Malheiros3_ com

A cozinha também permite muitas possibilidades. Nesse ambiente, o uso de vasos pode ser uma boa opção, mesmo quando o espaço for menor e, além de decorar, as plantas podem ajudar a temperar. Cebolinha, salsa, alecrim, entre outros temperos frescos são itens de luxo para quem mora nas alturas.

Os jardins verticais que se popularizaram há alguns anos ainda são muito usuais e considerados por Jacqueline Adorno como item que agrega um charme especial. No entanto, ela esclarece que esta opção precisa ser planejada. “Você tem que ter preparação para irrigação, porque não há como molhar as plantas com a frequência necessária manualmente e a drenagem deve ser outro ponto de atenção”, pontua.

Gaia_Alex_Malheiros2_

A profissional diz ainda que há espaço até para as plantas artificiais, que segundo ela, eram vistas antigamente com olhares tortos. No entanto, Jacqueline esclarece que os fabricantes aperfeiçoaram muito a técnica de confecção desses itens decorativos. A designer explica que essa possibilidade é ideal para quem não possui o tempo necessário para cuidar das plantas. “É uma opção muito bacana. Se a pessoa quer decorar, mas não gosta de cuidar ou não possui tempo, pode escolher as artificiais”, acrescenta.

 

As flores certas para os librianos

Há quem não saia de casa sem conferir o que o horóscopo prevê para o dia. Existem também aqueles que se baseiam no que os astros falam sobre a personalidade. Pensando nisso, a Giuliana Flores traz um guia para os filhos de Libra, ressaltando suas características e flores que mais combinam com esse signo do zodíaco.

Aqueles que nascem de 23 de setembro a 22 de outubro pertencem ao elemento ar. Apesar de serem seres livres, são movidos pela paixão, pelo amor e possuem outras características fortes como a inteligência e o poder de justiça, que resulta em uma pessoa observadora, persuasiva e que tem a fama de apaziguar relações.

As flores escolhidas para seu buquê foram as Hortências Spray e Astromélias, símbolos do capricho e da amizade, além de Rosas e Lisianthus, que trazem a paz e o romance.

flores libriano.jpg

Na Giuliana Flores, buquê do signo de Libra custa R$ 170,50.

Informações: Giuliana Flores

Expoflora comemora os 70 anos da imigração holandesa no Brasil

A maior exposição de flores e plantas ornamentais da América Latina começa nesta sexta-feira, 24 de agosto, e vai até 23 de setembro, sempre de sexta-feira a domingo, das 9 às 19 horas, em Holambra, a 140 km da capital paulista.

Com o tema da sua Exposição de arranjos florais voltado à comemoração dos 70 anos da imigração holandesa no Brasil, a Expoflora preparou uma festa ainda mais bonita e alegre para dar as boas-vindas à primavera 2018 e mostrar ao público as novidades do mercado floricultor.

Com a expectativa de também atrair os 300 mil visitantes que anualmente participam desta festa, a Expoflora coloriu muito mais os jardins de seu amplo parque de 250 mil metros quadrados. Somente nos canteiros do parque foram plantados 7.517 vasos de flores e plantas ornamentais decorando o ambiente, entre sunpatiens, hibiscos, bromélias, lavandulas, primaveras, gerânios, erbenias, flor do deserto e tuias.

Cerca de 350 mudas de rosas formam o Jardim da Roseira e 800 orquídeas e 340 bromélias foram colocadas nas árvores próximas aos bebedouros e no Fusca.

Cerca de 350 mudas de rosas formam o Jardim da Roseira e 800 orquídeas e 340 bromélias foram colocadas nas árvores próximas aos bebedouros e no Fusca. Nos arranjos da Exposição de Arranjos Florais, o show de cores, formas e texturas é garantido por mais de 2 mil vasos de flores e plantas ornamentais e 272 mil hastes de mais de 3.500 variedades de cerca de 350 espécies diferentes. Essas espécies podem ser adquiridas no Shopping das Flores, acessado tanto na entrada como na saída do evento.

Novidades em flores

Este ano, entre as novidades em flores e plantas, estão a rosa “Inglesa” (que tem mais de 100 pétalas e lembra as raras e caras peônias), a pelargonium (que se parece com o gerânio) e a penta (com suas flores em forma de estrelas de cinco pontas).

Destaque para a petúnia “Night Sky”, roxa com pigmentos brancos, remetendo a um céu estrelado.
Petúnia Night Sky

Destaque para a petúnia “Night Sky” (roxa com pigmentos brancos, remetendo a um céu estrelado) e para a craspédia (arredondada, com várias florzinhas amarelas). O público conhecerá ainda as alstresias (mistura de alstroemérias com frésias), as alstroemérias “Jumbo” e “Azul”, a suculenta echevéria na cor chocolate e duas novas variedades de crisântemos (“Lígia” e “Ipanema”).

Para a decoração estão sendo apresentadas as gipsofilas (mosquitinho) tinturadas em 12 cores.
Gipsofilas (mosquitinho)

Há flores de todos os tamanhos, como o lírio gigante “Jovem”, as minicallas, minigladíolos, minikalanchoes (em embalagens com a Turma da Mônica para atrair o interesse da criançada pelas flores) e as miniphalaenopsis em hidropote que duram 12 meses. Para a decoração estão sendo apresentadas as orquídeas estaqueadas em formato de “coqueirinho” e as gipsofilas (mosquitinho) tinturadas em 12 cores.

O chef Frank Martin Gerritsen criou o “Martin pork” (cotovelo de porco holandês).A salada de flores do Restaurante Casa Bela é outro lançamento gastronômico.

Os restaurantes e as confeitarias também prepararam receitas especiais para comemorar os 70 anos da imigração holandesa, como o “Martin pork” (cotovelo de porco holandês) e o “Lentebloem” (flor da primavera), criações do chef Frank Martin Gerritsen, da Martin Holandesa, e a salada de flores do Restaurante Casa Bela. A Omma Beppi apresentará queijos especiais dos Países Baixos, como o “Maasdam” e os “Gouda”, temperados com cominho ou ervas mediterrâneas.

Parque da Expoflora

O Parque da Expoflora tem 250 mil metros quadrados de área e muitas atrações. O parque é repleto de jardins e áreas de descanso com bancos à sombra das árvores. São duas praças de alimentação, com 16 lanchonetes, além de sete restaurantes (de fast-food até comidas nacionais e típicas holandesas) e duas confeitarias.

O amplo estacionamento comporta cinco mil veículos em sistema rotativo. São 200 sanitários, um fraldário, dois postos médicos e guarda-volumes. Há bebedouros com água fresca espalhados pelo parque. As equipes de apoio estão sempre próximas para atender o visitante.

São três pavilhões de exposição (Shoppings Vermelho, Verde e Azul), onde podem ser encontrados cerca de 250 estandes com uma variedade de produtos, desde artesanatos a produtos industriais e para decoração, além de móveis e utensílios domésticos.

Principais atrações

A principal atração da Expoflora é a Exposição de arranjos florais, cuja equipe está sob a responsabilidade dos decoradores florais holandeses Jan Willem van der Boon e Jessica Drost. Em 2018, eles assinam 14 cenários em uma área de 750 m² que contará, por meio de arranjos florais, a chegada dos holandeses ao Brasil, suas impressões sobre o novo país e as lembranças da Holanda. Os arranjos trazem as tendências e as novidades em flores e em plantas ornamentais para as estações Primavera-Verão.

Mostra de paisagismo

Na Mostra de paisagismo e decoração, sob a coordenação da arquiteta Karina Taccola, são 19 ambientes, todos com ideias sustentáveis e decoração que reutiliza materiais.
Na Mostra de paisagismo e decoração, sob a coordenação da arquiteta Karina Taccola, são 19 ambientes, todos com ideias sustentáveis e decoração que reutiliza materiais – Foto: Mateus Lustosa

Na Mostra de paisagismo e decoração, sob a coordenação da arquiteta Karina Taccola, são 19 ambientes, todos com ideias sustentáveis e decoração que reutiliza materiais. Tambores são usados, por exemplo, não apenas para o plantio de flores, mas como sofá, porta-garrafas, porta-lenha e luminárias. Plantas de baixa manutenção, que exigem pouca rega, têm a preferência dos paisagistas em época de tempo seco. A tendência segue o conceito “Do it yourself” ou “Faça você mesmo”.

Também são atrações a Parada das Flores e a Chuva de Pétalas, que acontecem todos os dias do evento, respectivamente, às 16h e às 16h30, e o Passeio Turístico, que leva os visitantes para um city tour por Holambra e a uma fazenda produtora de flores. Tem também as apresentações das danças típicas, diariamente, a partir das 14h30, o Parque de Diversões, o Museu Histórico de Holambra e o minissítio.

Novidade

A Expoflora preparou uma festa ainda mais bonita e alegre para dar as boas-vindas à Primavera 2018.

O personagem Tulipo ganhou este ano uma casa e uma banda.
Fotos: Vera Longuini

O personagem Tulipo ganhou este ano uma casa e uma banda. A casa – que tem arquitetura holandesa e cascata artificial que cai do telhado para regar o florido jardim externo – é mobiliada e decorada com cortinas brancas de renda, cerâmicas típicas de Delft sobre as mesas e lindas floreiras que ornamentam os grandes janelões. O Tulipo terá uma banda, a “Chuva de Pétalas”, que se apresentará em frente à nova casa, na Alameda Amsterdã, e participará da Parada das Flores.

Outra novidade são os cursos “Flores e plantas para a sua casa”, ministrado pelo agrônomo Jean Koesten Ferreira e “Paisagismo e jardinagem para iniciantes”, pelo paisagista Mauro Contesini. As aulas serão 100% práticas com o objetivo de ensinar os participantes a montar arranjos e a criar pequenos jardins. Serão 90 cursos, com uma hora de duração cada, entre os dias 29 de agosto e 23 de setembro.

Sobre Holambra

Holambra é uma antiga colônia holandesa, com pouco mais de 13 mil habitantes, e concentra quase a metade (45%) da comercialização de flores e de plantas ornamentais do Brasil. Como o próprio nome sugere, a Expoflora é uma exposição, e não uma feira, já que o seu objetivo não é a venda direta de flores no evento, mas fomentar o seu consumo em todo o país. Por isso, os produtores aproveitam a Expoflora para apresentar aos consumidores as novas variedades de flores e de plantas para avaliar a sua aceitação pelo mercado.

37ª Expoflora
Localização: Holambra/SP
Data: 24 de agosto a 23 de setembro (de sexta a domingo)
Horário: das 9h às 19h
Ingressos: R$ 48,00 na bilheteria e no site Ingresso Rápido
Informações para o público: (19) 3802-1499

XIII Festival de Orquídeas e Plantas Ornamentais de São Roque

AOSR – Associação Orquidófila de São Roque promoverá nos dias 3, 4 e 5 de agosto de 2018, das 9 às 18 horas, o XIII Festival de Orquídeas e Plantas Ornamentais de São Roque que, neste ano, terá como tema as espécies que florescem nos meses de inverno. Dentre elas estão cymbidium, coelogyne, dendrobium e paphiopedilum que podem ser cultivadas, dando vida e movimento, em apartamentos, escritórios, consultórios, casas, chácaras entre outros.

No festival, estarão presentes as maiores Associações Orquidófilas do Estado de São Paulo expondo diversas espécies dentre as quais as que são o tema deste ano para que o visitante possa se encantar com sua beleza. Também será encontrado na exposição um pódium, onde estarão os melhores exemplares, que foram premiados.

O visitante ainda poderá adquirir mudas a partir de R$ 10,00, plantas adultas e todo insumo necessário para o cultivo das diversas espécies encontradas nos produtores presentes. Haverá também cursos gratuitos no sábado às 15 horas e no domingo às 13 horas. E a novidade deste ano será a presença de técnicos especializados em fertilização.

“Após essa oficina cada um poderá fazer o plantio sozinho, em sua casa, apartamento, escritório e até em chácara. Além das orquídeas valorizamos a natureza e procuramos sempre protegê-la”, explica Lucia Tonhamillen, produtora e diretora da associação.

Haverá também o SOS Orquídea, um espaço onde as pessoas podem tirar suas dúvidas sobre o cultivo das flores, doenças, formas de imunização entre outros.

Orquídea Coelogyne
Orquídea Coelogyne
Orquídea Cymbidium
Orquídea Cymbidium
Orquídea Dendrobium
Orquídea Dendrobium
Orquídea Paphiopedilum
Orquídea Paphiopedilum

Sobre a cidade

Outros atrativos da exposição são os produtos típicos da cidade. Os visitantes desfrutarão das delícias na praça de alimentação. A famosa produção local de alcachofra, estará presente em conserva, patê e até no pastel da deliciosa flor comestível. Além é claro de doces típicos e artesanato local. Para finalizar curtindo o frio serrano, os vinhos e os licores estarão disponíveis para o público.

alcachofra

Curiosidades

Vocês conhecem as peculiaridades inerentes das orquídeas? Será que ela conquista as mais diferentes pessoas justamente por isso? Vocês sabiam que orquídeas são verdadeiras espécies que provam a sua inteligência sendo as únicas que sobrevivem durante séculos. São identificadas plantas desde a época dos dinossauros, já passaram por cultivo na terra, água e até pedra. Elas usam o próprio fungo da natureza para se alimentar, vivendo em perfeita simbiose. A germinação é feita por insetos e cada espécie solta um odor que atrai o inseto específico para a polinização. Desta forma, crescem e florescem. Nada mais justo do que serem as flores queridinhas dos brasileiros.

XIII Festival de Orquídeas e Plantas Ornamentais de São Roque
Data: Dias: 3 (somente vendas) 4 e 5 (exposição e vendas) de agosto de 2018
Local: Recanto da Cascata – Av. Antonio Maria Picena, 34 – São Roque – SP
Horário: das 9 às 18 horas
Entrada: 1 kg de alimento não perecível (opcional)
Estacionamento: R$ 15,00

Nuxe patrocina o Louvre e seu projeto Proteja as Abelhas

A famosa marca farmacêutica francesa, reconhecida por seus cosméticos ultrassensoriais de origem natural, juntou forças com o maior museu do mundo para apoiar um projeto que reflete sua preocupação com o desenvolvimento sustentável: o Proteja as Abelhas.

Por muitos anos, Nuxe tem dado passos para proteger essa espécie, cada vez mais ameaçada. As abelhas representam um elo essencial para a manutenção da biodiversidade, graças ao seu trabalho de polinização. Seu desaparecimento acarretaria consequências dramáticas para o meio ambiente. Essa preocupação é compartilhada pelo Louvre, que possui 23 hectares de jardins que servem de céu verde no coração da capital francesa e como um refúgio para as abelhas.

Consequentemente, pela primeira vez, o Louvre abriu as portas do Jardin Raffet, a poucos passos da ponte Pont des Arts, para criar, desde maio de 2018 e com apoio da Nuxe, um campo de flores de 1.250 m² e seis colmeias para abelhas coletoras de pólen. Um apicultor será designado exclusivamente para este projeto. A primeira colheita de mel está prevista para ocorrer no verão de 2018.

abelhas2abelhas3abelhas 1