Arquivo da tag: frutas vermelhas

Delicie-se com um colorido smoothie de frutas vermelhas e banana

Para a primavera, bebidas refrescantes são boas alternativas para deixar as manhãs, o fim de tarde ou o final de semana ainda mais coloridos. Então, que tal saborear um smoothie de frutas vermelhas e banana na estação mais florida do ano?

Smoothie de frutas vermelhas e banana

ARNO_Feed smoothie sem mixer

Ingredientes:
1 banana fatiada congelada
100g de frutas vermelhas congeladas
¼ xícara de chá de leite de coco
Gelo

Modo de preparo
Coloque todos os ingredientes no Arno TurboMix Pro 3 em 1 e triture bem até atingir uma consistência cremosa. Caso seja necessário, adicione um pouco de água. Sirva bem gelado.

Rendimento: 1 porção
Tempo de preparo: 15min
Grau de dificuldade: fácil

Equipamento utilizado: Arno TurboMix Pro 3 em 1

ARNO_Feed smoothie com mixer

O Arno TurboMix Pro 3 em 1 é mixer, triturador e batedor. Com 400W de potência e 2 velocidades para diferentes alimentos e lâminas de aço inoxidável mais largas, ele entrega resultados perfeitos em pouco tempo. Seu copo medidor de 500 ml, miniprocessador que pica diferentes tipos de especiarias, faz com que ele possa ser usado para triturar carne, também. O produto acompanha batedor para preparar clara em neve ou massas leves, tem detalhe cromado e botão laminado. Preço sugerido: R$ 164,99.

Fonte: Arno – SAC (11) 2060-9777

Você conhece a origem do sabonete?

Usado há séculos, o sabonete teve seu marco na história de a.C e, com o passar do tempo, se tornou um produto essencial a todas as pessoas

Alguém consegue se imaginar sem o sabonete? Taí um assunto que a maioria das pessoas nunca parou para pensar, tamanho é a importância dele no dia a dia e o quanto está inserido na rotina diária de cuidados com o corpo e a higiene. Mas você sabe como ele surgiu? Embora pouco realizado nos dias atuais, essa história pode responder algumas curiosidades.

Por volta dos anos 600 a.C, os fenícios, uma civilização antiga localizada no território atualmente ocupado pelo Líbano, criaram uma substância pastosa com gordura de cabra, água e cinzas de madeira. Eles perceberam que a mistura ajudava a remover gordura do corpo e dos objetos com mais facilidade. Então o sabão começou a fazer sucesso, chegando até a Inglaterra.

Porém, foi apenas no século VII que o sabonete teve sua primeira forma sólida – parecida com a que conhecemos hoje em dia – por meio do processo de saponificação feito pelos árabes, após ferver óleos naturais, gordura animal e soda cáustica. Mais centenas de anos se passaram e, somente no século XV, o produto começou a ter fragrância, sendo a primeira de óleo de oliva, desenvolvida pelos espanhóis.

Hoje, diferentemente do passado, o sabonete já se elevou à categoria de produto de beleza. É possível encontrar infinitas opções de perfumações disponíveis no mercado, passando por flores a essências de óleos naturais.

E assim, para agradar todos os gostos, a Cloy, empresa 100% brasileira, desenvolveu a linha Beauty Bar Ultra Hidratação, composta por seis fragrâncias: Aloe Vera Fresh, Aveia & Karité, Red Fruits, Milk Care, English Lavender e Argan Oil. Enriquecida com manteiga de Karité e Vitamina E, a fórmula exclusiva com complexo de creme hidratante destes sabonetes perfumam a pele sem deixar ressecar e mantendo sua beleza natural.

Preço sugerido ao consumidor final:

cloycloy2

– Linha Beauty Bar Ultra Hidratação: R$ 3,99 (versão com 2 unidades) e R$ 5,99 (versão com 3 unidades).

Os produtos Cloy podem ser encontrados nos grandes supermercados, drogarias e na loja virtual.

Informações: SAC: (19) 3800-3156

Superalimentos são realmente bons para você?

Nos últimos anos, os superalimentos se tornaram um tópico importante. Parece que a cada poucos meses surge um novo que não apenas melhora a saúde, mas também ajuda a prevenir doenças. Embora seja indubitavelmente verdade que uma dieta saudável pode reduzir os problemas de saúde presentes e futuros, os superalimentos podem resolver todos os seus problemas nutricionais?

Não exatamente, dizem os especialistas. Como qualquer outra coisa relacionada à saúde, não há nada mágico que você possa fazer (ou comer) que mude sua vida. Em vez disso, é melhor se concentrar em pequenas mudanças em sua dieta que melhorarão sua saúde ao longo do tempo.

Além disso, muitas pessoas não percebem que só porque os superalimentos são bons para você não significa que deve comê-los em quantidades ilimitadas. Estamos falando de óleo de coco e abacate.

O que é um superalimento?

alimentacao MINIMALIST Bal
Minimalist Baker

Você pode estar se perguntando quais alimentos se qualificam para essa categoria ilusória. “Um superalimento é  rico em nutrientes considerados especialmente benéficos para a saúde e o bem-estar”, explica Amy Goodson, nutricionista esportiva. O único problema? Não há critérios definidos para diferenciar um “superalimento” de um alimento comum, portanto a linha entre alimentos saudáveis ​​e “super” é bastante embaçada.

“Os alimentos considerados ‘super’ geralmente têm níveis mais altos de nutrientes do que outros da classe”, observa Carrie Dennett, proprietária da Nutrition By Carrie com sede em Seattle. “Isso pode significar vitaminas e minerais, mas é provável que os superalimentos sejam ricos em fitonutrientes – compostos vegetais que possuem propriedades antioxidantes, anti-inflamatórias e, às vezes, anticâncer”, explica ela. Quanto ao motivo de tanta discussão sobre superalimentos, Sheri Kasper, cofundadora da Fresh Communications, tem uma teoria.

“O termo se tornou tão popular, em parte, devido ao nosso intenso desejo de encontrar uma bala mágica nutricional: um (super) alimento especial que pode prevenir o câncer, nos tornar mais magros, evitar doenças cardíacas [insira aqui o resultado desejado para a sua saúde]. É claro que nenhum alimento pode fazer todas essas coisas. “Com base na ciência, a melhor opção é comer uma grande variedade de vegetais, frutas, grãos integrais, proteínas magras e laticínios com pouca gordura. Essa mensagem, com moderação, não é tão sexy assim. Digite: superalimentos.”

É importante comê-los?

Alimentos-que-auxiliam-a-digestao

Bem, definitivamente não vai doer se você comer superalimentos. “Os alimentos comumente referidos como super são tipicamente muito saudáveis ​​- salmão, quinoa, couve, batata doce, chia, frutas, iogurte – todos podem fazer parte de uma dieta saudável”, diz Sheri. “Nesse sentido, sim, é importante comer superalimentos. Se você pensa no total de calorias como um orçamento de alimentos, deseja obter o melhor retorno possível. A escolha de alimentos ricos em nutrientes, como a maioria dos superalimentos, garantirá a nutrição necessária para uma saúde ideal”. Dito isso, a qualidade de sua dieta é determinada pela maneira como você come em geral.

“Ter uma dieta não saudável que tenha um lado ocasional de couve ou um punhado de nozes não vai cortá-la”, diz ela.

Além disso, os especialistas alertam que confiar demais em superalimentos pode ser uma ladeira escorregadia. Por exemplo, “açafrão é uma tendência para todos”, ressalta Carrie. “Enquanto a pesquisa e a tradição apoiam alguns benefícios à saúde, o hype excede em muito a ciência atual”. O que mais faz o radar da nutricionista disparar? “Desconfio de qualquer superalimento que venha de algum local exótico e seja creditado por proporcionar saúde vibrante e eterna a uma população indígena. Em quase todos os casos, essas reivindicações são baseadas em marketing, não são científicas.”

Quais valem a pena comer?

No geral, os especialistas em nutrição aconselham que você não deve confiar apenas em um ou até em alguns superalimentos para melhorar sua saúde. “Em vez disso, concentre-se na variedade, principalmente na cor”, diz Adina Pearson. “Cada grupo de cores tem diferentes fitoquímicos e antioxidantes benéficos: vermelho / laranja / amarelo, verde, azul / roxo e até branco (couve-flor, cebola, repolho). Apontar para um arco-íris ao longo do tempo ou mesmo em uma refeição – o que for realista – ela aconselha. Para uma abordagem ainda mais simples, coma produtos sazonais para obter uma variedade natural.

No entanto, se você deseja saber quais superalimentos são os mais rentáveis, aqui estão algumas opções aprovadas por nutricionistas:

salmao

Salmão: este está no topo do gráfico de superalimentos, de acordo com Amy, por causa de seu conteúdo de ômega-3 e vitamina D. “O ômega-3 pode ajudar a reduzir a inflamação no corpo e aumentar o HDL, que é o seu bom colesterol”, diz ela. “A vitamina D é encontrada minimamente nos alimentos e é um componente essencial para a absorção de cálcio em todas as idades, tornando o salmão uma potência de nutrição, além de uma excelente fonte de proteína”.

lentilha

Lentilhas: “Graças às proteínas, e aos 19 gramas de fibra por porção, elas nos mantêm saciados e satisfeitos”, diz Sheri. “Além disso, as lentilhas são ricas em muitas vitaminas e minerais, incluindo ferro e folato, o queas tornam ótima opção para mulheres que estão grávidas ou tentando engravidar”.

0d739-couve-brocolis

Vegetais crucíferos: “Brócolis, juntamente com o restante da família dos vegetais crucíferos, é rico em uma variedade de fitonutrientes, o mais importante dos quais são os glucosinolatos”, diz Carrie. “Os glucosinolatos têm benefícios antioxidantes e anti-inflamatórios e também podem ajudar a reduzir o risco de desenvolver certos tipos de câncer. Para colher esses benefícios, invista não apenas em brócolis, mas também em rúcula, , couve, couve-chinesa, couve-de-bruxelas, couve-flor, rábano-silvestre, repolho, rabanete, rutabaga, nabo, agrião e wasabi”.

cebola e alho - hot black
Foto: Hotblack

Alho e toda a família Allium: inclui cebola, alho-poró, chalota e cebolinha. “Eles são ricos em compostos organossulfurados, um grupo de fitonutrientes que possuem propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias”, diz Carrie. “Isso os torna protetores contra doenças cardíacas, câncer e outras condições de saúde que podem estar relacionadas à inflamação crônica”.

ginja cereja acida
Pinterest

Cerejas ácidas: conhecidas como ginjas ou amarenas, contêm as mais altas propriedades antioxidantes de qualquer alimento, de acordo com Amy. “Muitos atletas utilizam o suco dessa cereja”.

alga marinha

Algas: “Ricas em proteínas, ômega-3 e mais de 40 vitaminas e minerais”, observa Sheri. “Curiosamente, é uma ótima fonte de vitamina B12, o que a torna um excelente complemento para dietas veganas e vegetarianas, pois, caso contrário, a B12 só é encontrada em alimentos fortificados, carnes e laticínios”.

frutas vermelhas

Bagas: e não apenas mirtilos! “Cranberries, morangos, amoras e framboesas são todos ricos em antioxidantes, vitaminas e fibras”, diz Sheri. “Os antioxidantes nas bagas reduzem a inflamação e nos protegem de doenças como o câncer”.

Fonte: Julia Malacoff – My Domaine

Eudora apresenta a linha Instance: passou, secou e hidratou

Novos produtos proporcionam rápida absorção e hidratação imediata para a pele

Ideal para quem deseja hidratação intensa. O Sabonete Líquido Cremoso (R$ 24,99), garante ação hidratante enquanto limpa suavemente a pele. Com alta concentração de ingredientes, a Manteiga Desodorante Corporal Karité (R$ 34,99) repara profundamente as áreas ressecadas, além de ser livre de sulfatos e parabenos. Já o Hidratante Desodorante Corporal (R$ 36,99) e o Creme Desodorante Hidratante de Mãos (R$ 16,99), ambos com rápida absorção.

Instance Karité

instance karite

Ideal para quem deseja hidratação intensa. O Sabonete Líquido Cremoso (R$ 24,99), garante ação hidratante enquanto limpa suavemente a pele. Com alta concentração de ingredientes, a Manteiga Desodorante Corporal Karité (R$ 34,99)repara profundamente as áreas ressecadas, além de ser livre de sulfatos e parabenos. Já o Hidratante Desodorante Corporal (R$ 36,99) e o Creme Desodorante Hidratante de Mãos (R$ 16,99), ambos com rápida absorção.

Instance Frutas Vermelhas

instance eudora 2 frutas vermelhas

Rico em nutrientes e vitaminas, Instance Frutas Vermelhas envolve o corpo em uma deliciosa fragrância frutal adocicada. Livre de parabenos, petrolatos e óleo mineral, a Geleia Esfoliante Corporal (R$ 34,99), contém sementes naturais do morango, garantindo uma esfoliação delicada e o Sabonete Íntimo Líquido (R$ 30,99) possui PH Balanceado e proporciona sensação de frescor durante o dia inteiro. Com espuma cremosa, o Sabonete em Barra (R$ 15,99) oferece uma explosão de fragrância durante o banho. O Hidratante Desodorante Corporal (R$ 36,99) e o Creme Desodorante Hidratante de Mãos (R$ 16,99) oferecem hidratação profunda e imediata, e o Spray Corporal Perfumado (R$38,99) permite sentir o aroma de frutas vermelhas na pele durante o dia todo.

Instance Baunilha

instance eudora baunilha

Cremosidade em um piscar de olhos, este é o principal diferencial de Instance Baunilha. O novo Sabonete Esfoliante Corporal (R$ 29,99) traz em sua composição lascas de coco natural que limpam e esfoliam a pele sem agredir, além de ser livre de parabenos, petrolatos e óleo mineral. O Hidratante Desodorante Corporal (R$ 36,99) possui textura cremosa e envolvente, deixando a pele macia e hidratada e o Creme Desodorante Hidratante de Mãos (R$ 16,99), livre de sulfato, parabenos, petrolatos e óleo mineral, hidrata as mãos sem tirar o brilho do esmalte. O Spray Corporal Perfumado Desodorante (R$ 38,99) garante uma pele radiante e perfumada com a inconfundível fragrância de baunilha.

Instance Chá Verde e Romã

instance eudora romã

Composta por Spray Corporal Perfumado (R$ 38,99), livre de parabenos, envolve a pele com o frescor do chá verde e romã, Hidratante Desodorante Corporal (R$ 36,99) com alto poder de hidratação e Sabonete em Barra (R$ 15,99), livre de parabenos, petrolatos e óleo mineral, que forma uma espuma cremosa deixando a pele macia e perfumada, Instance Chá Verde e Romã possui ação antioxidante e refrescante, que proporciona sensação revigorante ao corpo.

Informações: Eudora – SAC 0800 727 45 35

 

Confira dez alimentos que ajudam a reduzir o colesterol

Especialista orienta que eles devem ser incluídos na dieta e não como suplementos

A alimentação saudável é a principal forma de manter as taxas de colesterol controladas, reduzindo-se as chances de acidentes vasculares cerebrais (AVC) e infarto.

“O composto que chamamos de colesterol é sintetizado no fígado e transportado no sangue pelas lipoproteínas. As mais importantes são as Lipoproteínas de Baixa Densidade [LDL] e as Lipoproteínas de Alta Densidade [HDL]”, explica a nutricionista Regina Helena Marques Pereira, do Departamento de Nutrição da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (Socesp).

A LDL é o chamado “colesterol ruim” porque está associada com o risco de desenvolver a doença coronariana. “O ideal é que sua taxa sanguínea fique abaixo de 130 mg/dl”, afirma a especialista. A HDL é o “colesterol bom”, que ajuda a remover o excesso de colesterol que entra na parede das artérias via LDL. O indicado é manter a taxa superior a 40 mg/dl. Temos ainda as VLDL, que são relacionadas ao transporte principalmente de triglicerídeos, mas também oferecem risco ao coração.

De acordo com dados do DataSUS, em 2017 ocorreram 358 mil mortes causadas por doenças do aparelho circulatório no Brasil. Significa dizer que um a cada três óbitos tem como causa problemas cardiovasculares. “É um número alto e simboliza uma morte a cada 40 segundos proveniente de doenças que podem ser diagnosticadas e controladas. Somente a prevenção, com adoção de práticas saudáveis, o diagnóstico e o tratamento podem reverter essa situação”, afirma José Francisco Kerr Saraiva, presidente da Socesp.

Segundo Regina, manter uma alimentação saudável e praticar atividades físicas são as principais ações a serem realizadas para diminuir o risco de doenças cardiovasculares causadas pelo colesterol. “O colesterol dos alimentos contribui com 30% do composto no organismo humano”, complementa a nutricionista.

A especialista elaborou uma lista com os 10 alimentos que são verdadeiros aliados na luta contra o colesterol. Confira-os, em ordem alfabética:

maionese de abacate california avocado commission
Foto: California Avocado Comission

1 – Abacate: rico em gorduras monoinsaturadas. De acordo com estudo publicado pela American Heart Association, substituir fontes de gorduras saturadas por abacate pode reduzir em até 13-14 mg/dl o colesterol total e a LDL.

aveia

2 – Aveia: rica em fibras solúveis e betaglucano, já é amplamente reconhecida como coadjuvante, pois atua em nível intestinal, diminuindo a absorção de gorduras, por meio do aumento da velocidade do fluxo intestinal, devido a sua característica para formação de gel. Mas, sua melhor versão está no farelo de aveia, que contém maior teor em fibras.

azeite

3 – Azeite de Oliva Extravirgem: alimento base da dieta do mediterrâneo, rico em ácidos graxos monoinsaturados e outros compostos também antioxidantes. Quando substituindo gorduras saturadas, promove redução nas taxas de colesterol não-HDL, ou seja, melhora a relação entre colesterol bom e ruim, favorecendo o bom.

cereal-pixabay
Pixabay

4 – Cereais integrais: devido ao seu conteúdo de fibras e vitaminas, estão também associados a menor risco de aterosclerose, atuando da mesma forma que a aveia, por meio da redução na absorção de gorduras durante a digestão dos alimentos. Também promovem mais saciedade, reduzindo o volume total de ingestão alimentar.

frutas vermelhas
Foto: Max Straeten

5 – Frutas vermelhas: ricas em polifenóis, são conhecidas por sua ação antioxidante capaz de reduzir as alterações decorrentes da oxidação das LDL, que nesta forma são mais aterogênicas.

oleaginosas pixabay
Pixabay

6 – Oleaginosas: nozes, castanhas, amêndoas etc. Ricas em ácidos graxos monoinsaturados que, assim como as poli-insaturadas, melhoram o perfil de colesterol, porém essas estão mais relacionadas com elevação do HDL, colesterol conhecido como o bom.

oleos sustentavel

7 – Óleos vegetais: ricos em ácidos graxos poli-insaturados, são associados com redução de LDL e risco cardiovascular em inúmeros estudos que usam este tipo de gordura como substituição de gorduras saturadas de origem animal e/ou vegetal.

Salmão_queridinho_Brasileiros

8 – Peixes ricos em ômega 3: salmão e sardinha são ricos neste tipo de gordura, cuja relação com redução de colesterol já é bastante conhecida. A maior ingestão de ômega 3 aumenta o conteúdo de ácidos graxos poli-insaturados no organismo o que favorece a redução do colesterol.

soja-1600 getty
Getty Images

9 – Soja: em uma revisão bibliográfica, pesquisadores da Universidade do Vale dos Sinos, do Rio Grande do Sul, avaliaram os resultados de 13 estudos internacionais, concluindo que o consumo de proteína de soja isolada (e não do grão integral) tem efeito positivo na redução de colesterol-total se consumido por 6 a 8 semanas. O consumo deve ser maior ou igual a 40g de proteína de soja por dia, contendo 80mg de isoflavonas ou mais. Porém, este consumo não é realidade em nosso país.

uvas-escuras.jpg

10 – Uva: suco concentrado, vinho tinto, uva fresca. São variantes de forma de consumo dessa fruta que contém, além dos polifenóis das frutas vermelhas, o resveratrol, composto específico da uva amplamente estudado, relacionado à redução de oxidação das partículas de LDL, melhorando sua remoção da circulação e consequente redução da formação de placas típicas da aterosclerose.

Fonte: Socesp

Harald sugere sobremesas irresistíveis para o final de semana

Torta de Maçã, Verrine e Cheesecake são opções para quem quer ir para cozinha para surpreender a família e os amigos

Quer deixar o final de semana mais gostoso ou encerrar o tradicional almoço de domingo em clima de festa? Se você gostou da ideia, a Harald selecionou três sobremesas deliciosas, elaboradas com frutas e chocolate, para quem quer ir para cozinha preparar um docinho super especial para agradar a família e os amigos.

Tem uma Torta de Maçã diferente, feita com recheio de chocolate branco e iogurte, Verrine de Chocolate com camadas de banana e creme de avelã e um Cheesecake de Frutas Vermelhas super cremoso que derrete na boca. As receitas são preparadas com chocolates e recheios das linhas Melken, Inovare e Confeiteiro e têm links para vídeos com dicas de preparo. Confira!

Torta Delícia de Maçã

342115_809047_torta_delicia_maca_1000x1000

Ingredientes:

Massa:
1 embalagem de biscoito maisena (140 g)
4 colheres (sopa) de manteiga em temperatura ambiente (60 g)

Recheio:
200 g de Chocolate Branco Melken picado
200 ml de iogurte natural
1 colher (sopa) de suco de limão
Raspas de limão
1 colher (chá) de gelatina sem sabor (5 g)

Cobertura:
250 g de Recheio de Maçã e Canela Confeiteiro

Material:
Assadeira de fundo removível (20 cm de diâmetro)

Preparo:

Massa: triture o biscoito maisena no processador de alimentos ou no liquidificador até obter uma farofa fina. Passe para uma tigela, acrescente a manteiga e misture delicadamente com as mãos, até fazer uma farofa úmida. Cubra o interior da assadeira de fundo removível com a farofa, pressionando bem com os dedos. Leve à geladeira por pelo menos 30 minutos para adquirir consistência. Recheio: derreta o chocolate. Aqueça o iogurte por aproximadamente 20 segundos em micro-ondas e adicione-o ao chocolate derretido, misturando bem até homogeneizar. Adicione o suco e as raspas de limão. Hidrate a gelatina em 2 colheres (sopa) de água, deixe descansando por 2 ou 3 minutos e, em seguida, leve ao micro-ondas (potência média) por 15 segundos, ou sumirem todos os grânulos de gelatina (tome cuidado para não aquecer demais). Adicione a gelatina ao recheio e mexa bem. Coloque por cima da massa assada e leve para a geladeira por pelo menos 2 horas para firmar. Desenforme a torta com cuidado e coloque-a em um prato de servir. Cubra com o Recheio de Maçã e Canela e sirva.

Tempo de Preparo: 1 hora
Rendimento: 12 pedaços
Dica: experimente trocar o Recheio de Maçã e Canela pelo Recheio de Frutas Vermelhas, Gel de Chocolate ou outros sabores da linha.

Verrine de Chocolate

342115_809046_verrine_de_chocolate_1000x1000

Ingredientes:
Chantilly de Chocolate:
150 g de Cobertura Fracionada Branca Confeiteiro
¼ de xícara (chá) de leite desnatado (50 ml)

Creme:
200 g de Inovare Caramelo
1 xícara (chá) de creme de leite UHT (200 g)
2 bananas-nanicas maduras

Farofa:
20 biscoitos tipo maisena triturados
2 colheres (sopa) de Recheio de Avelã Melken (50 g)

Finalização:
2 bananas nanicas médias
1 colher (chá) de manteiga

Material:
8 copinhos transparentes
Manga de confeitar com bico pitanga

Preparo:

Chantilly de Chocolate: na véspera, prepare o chantilly conforme indicado nas técnicas. Passe o chantilly para um saco de confeitar ou manga com o bico pitanga.

Creme: corte o Inovare em pedaços, junte o creme de leite e faça a ganache. Amasse as bananas com um garfo até formar um purê e misture-o ao creme. Coloque-o em um saco de confeitar e reserve. Farofa: misture os biscoitos triturados ao Recheio de Avelã. Amasse com a ponta dos dedos até obter uma farofa úmida.

Finalização: corte as bananas em rodelas e doure-as na manteiga, em uma frigideira grossa, virando para dourar dos dois lados. Montagem: coloque em copinhos de vidro ou descartáveis uma camada da farofa, outra do creme de Inovare, rodelas de banana, outra vez de farofa e do creme de Inovare. Decore com chantilly e uma rodela de banana.

Tempo de Preparo: 1 hora e 30 minutos
Rendimento: 8 porções
Dica: sirva a verrine gelada.

Técnicas da receita: Chantilly de Chocolate / Fazendo Ganaches

Cheesecake de Frutas Vermelhas

342115_809048_cheesecake_frutas_vermelha_1000x1000

Ingredientes:

Massa:
140 g de bolacha maisena
70 g de manteiga

Recheio:
300 g de cream cheese
1 colher (sopa) de essência de baunilha
200 g de creme de leite UHT
8 colheres (sopa) de açúcar (80 g)
3 ovos
3 colheres (sopa) de farinha de trigo (20 g)
200 g de Recheio de Frutas Vermelhas Confeiteiro

Cobertura:
150 g de Recheio de Frutas Vermelhas Confeiteiro
Frutas frescas para decorar

Material:
Forma de fundo removível (22 cm de diâmetro)

Preparo:

Faça a massa: triture o biscoito maisena em um liquidificador ou processador, junte a margarina e bata mais um pouco. Despeje a massa em na forma de fundo removível e asse em forno preaquecido (180 °C) por 10 minutos.

Faça o recheio: bata o cream cheese, a baunilha, o creme de leite e o açúcar até obter um creme liso e homogêneo (experimente e veja se precisa de mais açúcar). Junte os ovos e a farinha de trigo e misture até homogeneizar. Monte o cheesecake: despeje o creme na massa já assada e distribua o Recheio de Frutas Vermelhas sobre pontos da torta. Com a ajuda de um palito, mescle o recheio ao creme e asse por cerca de 50 minutos em forno preaquecido (180 °C). Faça a decoração: gele o cheesecake por pelo menos 2 horas, cubra com o Recheio de Frutas Vermelhas, decore com algumas frutas frescas e sirva logo em seguida.

Tempo de Preparo: 30 minutos
Rendimento: 8 fatias médias
Técnicas da Receita

Fonte: Harald

 

Para adoçar a noite, torta de frutas vermelhas

Para o Dia dos Namorados, uma receita da Água Doce Sabores do Brasil que promete adoçar não só os paladares, mas também os corações: torta de frutas vermelhas. Confira o passo a passo:

Torta de Frutas Vermelhas

Ingredientes:
200g de biscoito maizena
100g de nozes
50g de manteiga
1 lata de leite condensado
1 pote de iogurte natural
100ml de leite integral
300g de cream cheese
1 envelope de gelatina em pó sem sabor
150g de morango congelado
150g de amora congelada
100g de açúcar
50ml de suco de limão

Modo de preparo da massa
Em um liquidificador, triture os biscoitos e as nozes. Faça uma farofa com os ingredientes triturados e a manteiga. Forre uma forma de aro removível com a farofa e leve para assar por 5 minutos.

Modo de preparo do recheio
Bata no liquidificador o leite condensado, o cream cheese, o iogurte natural e a gelatina em pó sem sabor hidratada no leite.

Modo de preparo da geleia de frutas vermelhas
Em uma panela, coloque os morangos e as amoras congelados, o açúcar e o suco de limão. Deixe apurar até obter uma consistência de geleia. Deixe esfriar. Reserve.

Montagem
Coloque o recheio sobre a massa já assada e leve para geladeira por 2 horas. Após este tempo, espalhe a geleia de frutas vermelhas sobre o recheio. Decore a gosto. Sirva.

aguadoce torta.png

Fonte: Água Doce Sabores do Brasil

Na Tortinha aposta em um clássico para o Dia dos Namorados

Dia dos Namorados é uma data especial que pede uma comemoração inesquecível. É o dia em que os casais demonstram o seu amor e frequentam restaurantes e bares em busca de momentos agradáveis.

Para tornar este dia ainda melhor, a escolha do lugar é essencial. Se você ainda está na dúvida, o Na Tortinha pensou em um cardápio especial para tornar essa data ainda mais saborosa. Para o menu de almoço do dia dos namorados, a sugestão do restaurante é a deliciosa torta de  cheesecake com calda de frutas vermelhas. Uma ótima escolha para quem gosta da junção e sabor do queijo, frutas vermelhas e o biscoito de canela.

Além disto, o Na Tortinha conta com um cardápio variado. São 11 sabores de tortas salgadas e oito sabores doces. Os preços variam de R$ 19 a R$ 34. E para quem vai curtir um jantar romântico em casa o Na Tortinha tem a opção delivery para São Paulo.

na tortinha

Na Tortinha: Rua José Otaviano Soares, 71 – Brooklin – Horário de Funcionamento: Segunda a Sexta: das 11h30 às 16h. Sábados: das 12h às 16h30

Cinco benefícios das frutas vermelhas

Especialista fala sobre as propriedades desses alimentos e elenca as vantagens de inclui-los na dieta

Amora, morango, framboesa, mirtilo e cereja. Além dos tons avermelhados e o sabor marcante, essas frutas têm em comum algumas propriedades nutritivas como vitaminas, minerais e fitoquímicos, que desempenham funções antioxidantes para organismo, fortalecendo o sistema imunológico.

Também conhecidas como berries, essas frutas podem fazer parte das refeições diárias por meio de receitas, sucos, geleias ou in natura, trazendo benefícios para a saúde e praticidade para o dia a dia. Cyntia Maureen, nutricionista e consultora da Superbom, empresa alimentícia especializada na fabricação de produtos saudáveis, lista cinco benefícios das frutas vermelhas:

Beneficiam a visão

frutas vermelhas
Foto: Max Straeten

Por terem grandes quantidades de vitamina C, fósforo, cálcio e vitaminas do complexo B, as frutas vermelhas são aliadas à saúde dos olhos, melhorando a capacidade visual diurna e noturna.

Têm ação anticancerígena e desintoxicante

frutas-vermelhas

Essas frutas são ricas em antocianinas, substância responsável pela coloração avermelhada/arroxeada desses alimentos, que combatem a inflamação e a ação dos radicais livres, sendo, portanto, anticancerígenas e antioxidantes. “Elas proporcionam maior proteção aos órgãos e aos tecidos do corpo, retardando a temida ação do tempo sobre todas as células, como as da pele, por exemplo“, conta.

São ricas em fibras

frutas vermelhas skyangel

A grande quantidade de fibras presente nas berries é ótima para quem procura melhorar o trabalho do sistema digestório. “É bom lembrar que além de beneficiar o intestino, as fibras são aliadas de quem quer reduzir os níveis de colesterol e glicose no sangue”, destaca.

Aumentam a saciedade

frutas vermelhas pixabay
Mais uma vez as fibras desses alimentos caem no gosto de quem quer ficar em dia com a balança. A alta quantidade da substância nas frutas vermelhas dá uma sensação de maior saciedade quando elas são ingeridas, diminuindo a vontade por doces ou snacks pouco saudáveis nos intervalos das refeições principais.

Combatem a anemia

frutas vermelhas

Frutas desse grupo quando consumidas com algum alimento rico em ferro, auxiliam e promovem uma maior absorção do mineral no organismo. “Por apresentarem bastante vitamina C, que facilita a assimilação do ferro no corpo, são ideais para quem sofre de anemia ou ainda para quem quer evitá-la”, pontua.

Sugestão de produtos

Geleias

geleia superbom

As geleias da Superbom são saborosas e ricas em nutrientes como vitaminas D, E, ferro e cálcio, opção ideal para rechear pães e torradas. Disponíveis nos sabores: morango com chia, amora, frutas vermelhas com chia, e uva.

Suco Antiox

Suco-Antiox-1L

Suco 100% fruta com misto de maçã, blueberry, cranberry, romã e cenoura roxa, frutas com alto poder antioxidante. São diversos flavonoides e polifenóis que auxiliam na prevenção do envelhecimento celular causado pela oxidação natural do organismo.

Fonte: Superbom

Quatro receitas de cheesecake zero açúcar

Um dos doces mais apreciados em todo o mundo é o cheesecake, um bolo de queijo cremoso, cozido sobre uma base crocante e servido com várias coberturas que ressaltam ainda mais seu sabor delicioso.

Segundo relatos históricos, o primeiro cheesecake foi servido na Grécia Antiga durante os Jogos Olímpicos na Ilha de Delos, em 776 a.C. Com a conquista da Grécia pelos romanos, o segredo desta iguaria mudou de mãos e os romanos passaram a oferecer o doce as seus Deuses para acalmá-los. E, assim, o cheesecake foi se espalhando pelo mundo afora até chegar aos cadernos de receitas das nossas avós.

Mesmo com o passar dos anos, o ingrediente essencial da cheesecake continua sendo o queijo, porém, existem vários tipos encontrados nas receitas como o queijo cremoso, ou cream cheese, o queijo Francês Neufchâtel, o cottage e a ricota.

Para quem não pode consumir açúcares, mas não dispensa esse prazer tão antigo e irresistível, as nutricionistas da Lowçucar criaram versões sem o ingrediente e com menos calorias. Confira:

Cheesecake com calda de physalis (zero açúcar)

cheesecake_de_physalis___alta

Ingredientes:

Massa:
1 embalagem de Wafer Lowçucar Zero Adição de Açúcares Sabor Chocolate
2 colheres (sopa) de margarina culinária (40 g)

Recheio:
1 embalagem de Pó para Preparo de Sobremesa Sabor Leite Condensado Lowçucar Zero Adição De Açúcares (220g)
1 embalagem de creme de leite fresco (300g)
1 embalagem de cream cheese light (150g)
1 embalagem de gelatina em pó incolor e sem sabor (12g)

Geleia:
1 xícara (chá) de Frutose Lowçucar (140g)
75g de physalis sem pele picado
¾ xícara (chá) de água (150 ml)

Modo de preparo:

Massa: em um recipiente triture com as mãos o wafer e amasse até ficar esfarelado. Adicione a margarina e misture.

Recheio: prepare o leite condensado conforme as instruções da embalagem. Reserve. Hidrate a gelatina conforme as instruções da embalagem e reserve. Na batedeira, bata o creme de leite até dar ponto de chantilly. Em seguida, acrescente o cream cheese, o leite condensado e bata até homogeneizar. Adicione a gelatina hidratada e bata novamente. Reserve. Geleia: Em uma panela, coloque a frutose, a physalis, a água e leve ao fogo até dar ponto de geleia.

Montagem: forre com a massa uma forma de aro removível de 23 cm de diâmetro por 6 cm de altura. Acrescente o recheio e leve para gelar por 3 horas. Solte as laterais da forma e com auxílio de uma espátula, transfira a torta para um prato e cubra com a calda já fria.

Rendimento: 28 porções de 50g com 119 kcal cada

Cheesecake de frutas vermelhas (zero açúcar)

cheesecake_de_frutas_vermelhas___alta

Ingredientes:

Massa:
2 embalagens de Wafer Lowçucar Zero Adição de Açúcares Sabor Chocolate (230g)
2 colheres (sopa) de margarina culinária (40g)

Recheio:
1 embalagem de Pó para Preparo de Sobremesa Sabor Leite Condensado Lowçucar Zero Adição De Açúcares (220g)
350g de creme de leite fresco
1 cream cheese light (150g)
1 gelatina em pó incolor e sem sabor (12g)

Geleia:
1 xícara (chá) de Frutose Lowçucar (140g)
100g de amoras
1¼ xícara (chá) de morangos
1 gelatina em pó incolor e sem sabor (12g)

Modo de preparo:

Massa: em um recipiente triture com as mãos os wafers e amasse até ficar esfarelado. Adicione a margarina e misture.

Recheio: prepare o leite condensado conforme as instruções da embalagem. Reserve. Hidrate a gelatina conforme as instruções da embalagem e reserve. Na batedeira, bata o creme de leite até dar ponto de chantilly. Em seguida, acrescente o cream cheese, o leite condensado e bata até homogeneizar. Adicione a gelatina hidratada e bata novamente. Reserve.

Geleia: em uma panela, coloque a frutose, as amoras, os morangos e leve ao fogo até dar ponto de geleia. Em seguida, hidrate a gelatina conforme as instruções da embalagem e adicione na geleia.

Montagem: forre com a massa uma forma de aro removível de 23 cm de diâmetro x 6 cm de altura. Acrescente o recheio e leve para gelar por 4 horas. Solte as laterais da forma e com auxílio de uma espátula, transfira a torta para um prato e cubra com a calda já fria.

Rendimento: 34 porções de 45g com 120 kcal cada

Cheesecake de maracujá (zero açúcar)

cheesecake_de_maracujA_

Ingredientes:

Massa:
2 embalagens de Wafer Lowçucar Zero Adição De Açúcares Sabor Chocolate (230g)
3 colheres (sopa) de margarina culinária (60g)

Recheio:
1 embalagem de Pó para Preparo de Sobremesa Sabor Leite Condensado Lowçucar Zero Adição De Açúcares (220g)
300g de polpa de maracujá congelada
1 embalagem de cream cheese light (150g)
1 envelope de gelatina em pó incolor e sem sabor (12g)
1 embalagem de creme leite light (200g)

Calda:
4 colheres (sopa) de Adoçante Culinária Lowçucar (32g)
¾ xícara (chá) de água (150 ml)
2 polpas de fruta de maracujá (200g)
1 colher (sobremesa) de amido de milho (10g)

Modo de preparo:

Massa: em um recipiente triture com as mãos os wafers e amasse até ficar esfarelado. Adicione a margarina e misture.

Recheio: prepare o leite condensado conforme as instruções da embalagem. Em seguida coloque a polpa de maracujá, o cream cheese, o creme de leite e bata até homogeneizar. Adicione a gelatina dissolvida e bata novamente. Reserve.

Calda: em uma panela pequena, coloque o adoçante, o amido de milho, a água e mexa para dissolver. Acrescente a polpa de maracujá, ferva por aproximadamente 3 minutos, desligue o fogo e deixe esfriar.

Montagem: forre com a massa uma forma de aro removível 23 cm de diâmetro x 6 cm de altura. Acrescente o recheio e leve para gelar por 4 horas. Após este período, solte a lateral da forma e com auxílio de uma espátula, transfira a torta para um prato e cubra com a calda já fria.

Rendimento: 35 porções de 45g com 98 kcal cada

Cheesecake com goiabada na taça (zero açúcar)

cheesecake_de_goiaba___alta

Ingredientes:
1 embalagem de Wafer Lowçucar Zero Adição de Açúcares Sabor Baunilha (115g)

Recheio:
4 colheres (sopa) de Adoçante Culinária Lowçucar (48g)
1 xícara (chá) de leite desnatado (200ml)
1 embalagem de creme de leite fresco (300g)
1 embalagem de cream cheese light (150g)
1 embalagem de gelatina em pó incolor e sem sabor (12g)

Geleia:
300g de goiabada diet picada
1 xícara (chá) de água (200ml)

Modo de preparo:

Recheio: hidrate a gelatina conforme as instruções da embalagem e reserve. Na batedeira, bata o creme de leite até dar ponto de chantilly. Em seguida acrescente o cream cheese, o leite, o adoçante e bata até homogeneizar. Adicione a gelatina hidratada e bata novamente. Reserve.

Geleia: em uma panela, coloque a goiabada e a água e leve ao fogo até dar ponto de geleia. Retire do fogo e deixe esfriar, reserve.

Montagem: distribua o wafer picado em taças. Cubra o wafer com o recheio deixando um dedo para completar a taça. Leve à geladeira até adquirir consistência. Em seguida, distribua a geleia sobre as taças e sirva gelado.

Rendimento: 30 porções de 45g com 98,2 kcal cada

Fonte: Lightsweet