Arquivo da tag: frutas

Exótica, carambola pode integrar receitas de sobremesas e saladas

Azedinha e de cor amarela, a carambola pode ser utilizada para dar um ar diferenciado nas refeições. Fruta da época, ela também oferece diversos benefícios, como sabor, textura e cor, a um bom custo. Veja abaixo como aproveitar o ingrediente em receitas diversas e que darão cor ao seu dia a dia.

Para acompanhar de uma forma diferente sua receita de carne preferida, o Chutney Tropical é a sugestão perfeita para sua refeição. Além de aromático, o sabor é surpreendente. Receita de Iara Venanzi.

Ingredientes
• 1 colher (sopa) de manteiga
• 2 colheres (sopa) de açúcar mascavo
• 1 cebola média picada
• 2 xícaras (chá) de abacaxi em cubos (400 g)
• 1 carambola média picada
• meia xícara (chá) de suco de laranja
• meia xícara (chá) de vinagre de maçã
• meia colher (chá) de Maggi Fondor
• 1 colher (chá) de fécula de batata
• 3 colheres (sopa) de hortelã picada

Modo de preparo
Em uma panela, aqueça a manteiga e o açúcar e deixe caramelizar. Acrescente a cebola e refogue até dourar. Junte o abacaxi, a carambola, o suco de laranja, o vinagre e o Maggi Fondor e deixe cozinhar em fogo baixo, por cerca de 10 minutos após levantar fervura. Adicione a fécula de batata dissolvida em 2 colheres (sopa) de água. Misture bem e deixe cozinhar por cerca de 2 minutos ou até engrossar levemente. Salpique a hortelã e sirva.

Se você precisa de uma salada com cores atrativas, sabor diferenciado e super-rápida de fazer, a Salada de Rúcula Especial pode te ajudar. Leva apenas cinco minutos para preparar. Receita de Sheila Oliveira.

Ingredientes

Salada:
• 2 maços de rúcula
• 1 xícara (chá) de carambola picada
• 1 pote de queijo cottage (220g)

Molho:
• 1 stick de Maggi Meu Segredo
• meia xícara (chá) de vinagre
• 4 colheres (sopa) de azeite
• 1 colher (chá) de pimenta rosa triturada

Modo de preparo

Salada:
Em uma saladeira, distribua as folhas de rúcula, a carambola e o queijo cottage.

Molho:
Em uma tigela, misture os ingredientes e regue a salada no momento de servir.

Apostar em uma sobremesa com frutas é tendência para quem deseja aliar prazer e alegria. E a carambola pode ser aproveitada para fazer uma deliciosa Torta de frutas. Receita de Marcelo Resende.

Ingredientes

Massa da torta:
• 1 xícara (chá) de farinha de trigo
• meia xícara (chá) de Aveia Flocos Finos Nestlé
• 4 colheres (sopa) de manteiga
• 4 colheres (sopa) de Leite Líquido Ninho Forti+ Integral

Recheio da torta
• 2 xícaras (chá) de Leite Líquido Ninho Forti+ Integral
• 2 gemas
• 2 colheres (sopa) de mel
• 2 colheres (sopa) de amido de milho
• meia colher (chá) de essência de baunilha

Montagem da torta
• 2 kiwis em fatias
• 3 morangos em fatias
• 1 carambola em fatias
• 1 colher (sopa) de mel

Modo de preparo

Massa da torta:
Em um recipiente, misture bem todos os ingredientes até formar uma farofa úmida. Forre o fundo e as laterais de uma forma com fundo removível (25 cm de diâmetro) e leve ao forno médio (180°C), preaquecido, por cerca de 10 minutos. Reserve.

Recheio da torta
Em uma panela, misture todos os ingredientes e leve ao fogo baixo, mexendo sempre, até engrossar. Cubra com plástico-filme e reserve.

Montagem da torta
Coloque o Creme sobre a Massa reservada, cubra com as frutas, regue com o mel e leve para gelar por cerca de 1 hora. Sirva.

Fonte: Nestlé

2021 é o Ano Internacional das Frutas e Vegetais; entenda a importância desses alimentos

Criada pela Assembleia Geral das Nações Unidas, campanha visa conscientizar a população sobre a importância do consumo de frutas e vegetais para a manutenção da saúde e prevenção de doenças. Médica nutróloga dá dicas sobre como consumir e conservar esses alimentos

Todos sabemos a importância de uma alimentação saudável, balanceada e diversificada, rica, principalmente, em frutas e vegetais. Porém, nem todos colocam em prática esse hábito. Na verdade, estudos1 estimam que 3,9 milhões das mortes em todo mundo em 2017 foram recorrentes do consumo insuficiente de frutas e vegetais. Então, visando conscientizar a população sobre a importância do consumo regular desses alimentos, a Assembleia Geral das Nações Unidas declarou 2021 como o Ano Internacional das Frutas e Vegetais.

“Excelentes fontes de fibras, vitaminas, minerais e fitoquímicos benéficos, as frutas e vegetais são parte indispensável de uma dieta saudável, sendo essenciais para o bom funcionamento do organismo e prevenção de uma série de doenças”, explica Marcella Garcez, médica nutróloga e professora da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran).

E são inúmeros os benefícios das frutas e vegetais. Segundo Marcella, esses alimentos são, por exemplo, fundamentais para o crescimento e desenvolvimento adequado durante a infância, devendo assim serem introduzidos já a partir dos seis meses de idade e mantidos como uma parte regular da dieta ao longo de toda a vida.

“Além disso, o consumo adequado de frutas e vegetais é capaz de aumentar a longevidade, potencializar o sistema imunológico, melhorar a saúde mental, do coração e do intestino e reduzir o risco de condições como ansiedade, depressão, câncer, diabetes, obesidade e doenças cardiovasculares”, ressalta a médica. Mas de nada adianta ingerir apenas uma maçã por dia como forma de conseguir tais benefícios. “A recomendação geral para o consumo de frutas e vegetais é de, no mínimo, 400 gramas por dia, sendo que as porções devem ser compostas de frutas e vegetais variados”, aconselha a nutróloga.

No entanto, pode ser um pouco difícil definir o que exatamente são frutas e vegetais, afinal, não existe uma definição amplamente aceita para essa categoria de alimentos. Mas, segundo material divulgado pela Assembleia Geral das Nações Unidas para promoção do Ano Internacional das Frutas e Vegetais, consideram-se frutas e legumes partes comestíveis de plantas em seu estado bruto ou minimamente processado, excluindo-se raízes, tubérculos, leguminosas, oleaginosas, sementes, ervas, temperos e estimulantes como chás, café e cacau.

“Por sua vez, alimentos processados e ultra processados derivados de frutas e vegetais também não se enquadram nessa categoria de alimentos, incluindo sucos de caixinha, vinhos, ketchup e molhos de tomate, xaropes, conservas, fermentados e substitutos de carne à base de vegetais”, completa.

Foto: Nicole Perry/Popsugar Photography

Então, a primeira dica para aumentar o consumo de frutas e vegetais é apostar nos alimentos mais naturais. “Devemos sempre optar por frutas e vegetais frescos ou minimamente processados, isto é, que passaram apenas por procedimentos que não afetam sua qualidade, como higienização e separação, mantendo assim seus valores nutricionais. Inclusive, a escolha de frutas pré-cortadas e saladas prontas é uma boa dica para aqueles que alegam falta de tempo”, diz Marcella.

iStock

Além disso, procure consumir, no mínimo, cinco porções de frutas e vegetais por pelo menos cinco dias na semana, dando preferência a alimentos de diferentes tipos e cores. “Montar um prato composto por frutas e vegetais variados e coloridos é uma ótima maneira de potencializar a saúde, pois, na maioria dos casos, as cores desses alimentos estão relacionadas aos nutrientes que contêm. Por exemplo, frutas e vegetais de cor roxa ou azul geralmente possuem altas quantidades de antioxidantes que auxiliam na prevenção do câncer e derrames, enquanto alimentos da cor vermelha ajudam na melhora da saúde cardiovascular. Da mesma forma, frutas e vegetais brancos e marrons são ricos em potássio e possuem propriedades antibacterianas e antivirais, enquanto aqueles de cor laranja contribuem com a visão e a beleza da pele devido ao betacaroteno”, afirma a especialista.

Mas, de acordo com a médica, a melhor forma de adotar esse novo hábito alimentar é através do prazer. Por isso, o ideal é tentar achar frutas e vegetais cujos sabores agradem ao seu paladar. “Vale também apostar nos sucos, incluir vegetais em sopas e caldos, fazer refogados, acrescentar temperos para disfarçar o gosto e preparar receitas que você já gosta, mas em versões que incluam vegetais, como macarrão de espinafre ou lasanha com berinjela”, recomenda.

Em último caso, é possível também consumir alguns desses alimentos na forma liofilizada. “Utilizada em alimentos que apresentam alto teor de água, a liofilização ou criodessecação é um processo de desidratação em que a fruta ou vegetal à vácuo é congelado e, posteriormente, sublimado. O resultado é um pó que pode ser adicionado ao arroz, feijão, macarrão, molho e preparações caseiras, conferindo os nutrientes do alimento sem interferir no sabor”, completa.

No entanto, o aumento no consumo de frutas e verduras vai muito além das mudanças nos hábitos alimentares propriamente ditos. Por exemplo, a alta perecibilidade desses alimentos é um fator que faz com que muitas pessoas deixem de comprá-los por medo de estragarem. Mas a boa notícia é que é possível contornar o problema por meio de alguns cuidados.

“Por exemplo, para conservar as frutas por mais tempo, é interessante separá-las pela quantidade de etileno que emitem, visto que esse gás é o responsável pelo amadurecimento das frutas. Abacate, banana, manga, maçã, mamão, maracujá, pera e tomate, por exemplo, são algumas das frutas que mais emitem etileno, devendo então serem armazenadas em ambientes ventilados e frescos. Já abacaxi, limão, goiaba, laranja, melancia, morango e uva não produzem tanto etileno, devendo então serem guardadas separadas das frutas do primeiro grupo”, explica a médica.

“Já para aumentar a vida útil dos vegetais, uma boa estratégia é lavá-los assim que chegarem do mercado ou feira, secando-os bem e guardando-os em sacos plásticos bem fechados. Caso o alimento seja muito úmido, vale a pena retirar um pouco da umidade com um papel toalha. E deixe para temperar a salada apenas quando for consumi-la, já que os alimentos crus duram mais tempo.”

Infelizmente, uma série de outros fatores alheios ao indivíduo também dificultam a procura da população pelas frutas e vegetais, incluindo a disponibilidade, visto que muitos desses alimentos são sazonais e a acessibilidade, já que, principalmente as frutas, podem ser caras, e questões culturais, pois nossos gostos são diretamente influenciados pela cultura em que estamos inseridos.

“Até mesmo fatores como políticas nacionais, segurança dos alimentos, falta de conhecimento e a grande publicidade em torno dos alimentos processados também interferem no consumo de frutas e vegetais pela população. Justamente por esses motivos que campanhas governamentais, como o Ano Internacional das Frutas e Vegetais, são tão importantes para conscientizar e informar a população de diversas faixas etárias e classes sociais sobre a importância de uma alimentação balanceada e diversificada na manutenção da saúde e na prevenção de doenças”, finaliza a médica.

Fonte: Marcella Garcez é médica nutróloga, Mestre em Ciências da Saúde pela Escola de Medicina da PUCPR, Diretora da Associação Brasileira de Nutrologia e Docente do Curso Nacional de Nutrologia da Abran. Membro da Câmara Técnica de Nutrologia do CRMPR, Coordenadora da Liga Acadêmica de Nutrologia do Paraná e Pesquisadora em Suplementos Alimentares no Serviço de Nutrologia do Hospital do Servidor Público de São Paulo.

Dieta baseada em vegetais e pouca quantidade de carne e laticínios ajuda a diminuir pressão arterial

Queijos e outros produtos lácteos, além da carne, são alimentos que devem ser consumidos com muita moderação por pacientes hipertensos. Estudo, publicado em julho no Journal of Hypertension, avaliou que mais importante que não comê-los é priorizar os vegetais na dieta.

“Segundo o estudo, qualquer esforço para aumentar alimentos à base de plantas em sua dieta e limitar produtos animais provavelmente beneficiará sua pressão arterial e reduzirá o risco de ataques cardíacos, derrames e doenças cardiovasculares”, diz a médica nutróloga Marcella Garcez, professora e diretora da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran).

Os pesquisadores da Universidade de Warwick conduziram uma revisão sistemática de pesquisas anteriores de ensaios clínicos controlados para comparar sete dietas à base de plantas, várias das quais incluíam produtos de origem animal em pequenas quantidades, a uma dieta de controle padronizada e o impacto que estes tiveram na pressão arterial dos indivíduos.

Foto: Olga’s Flavor Factory

“As dietas à base de plantas sustentam o alto consumo de frutas, vegetais, grãos integrais, legumes, nozes e sementes, limitando o consumo da maioria ou de todos os produtos de origem animal (principalmente carne),” afirma a médica. A pressão alta é o principal fator de risco global para ataques cardíacos, derrames e outras doenças cardiovasculares. Uma redução na pressão sanguínea traz importantes benefícios à saúde, tanto para indivíduos quanto para populações.

Segundo a médica, dietas não saudáveis são responsáveis por mais mortes e incapacidades, globalmente, do que o uso de tabaco, alto consumo de álcool, uso de drogas e sexo inseguro juntos. Segundo o estudo, um aumento no consumo de grãos integrais, vegetais, nozes, sementes e frutas, como alcançado em dietas à base de plantas, poderia evitar até 1,7, 1,8, 2,5 e 4,9 milhões de mortes globalmente a cada ano, respectivamente, anualmente, de acordo com pesquisas anteriores.

“Já se sabe que dietas vegetarianas e veganas com total ausência de produtos de origem animal diminuem a pressão arterial em comparação com dietas onívoras. Sua viabilidade e sustentabilidade são, no entanto, limitadas. Até agora, não se sabia se era necessária uma completa ausência de produtos de origem animal nos padrões alimentares baseados em plantas para obter um efeito benéfico significativo na pressão sanguínea”, diz Marcella.

O estudo estima que uma redução na escala da pressão arterial causada por um maior consumo de dietas à base de plantas, mesmo com produtos de origem animal limitados, resultaria em uma diminuição de: 14% nos acidentes vasculares cerebrais, 9% nos ataques cardíacos, e 7% na mortalidade geral. “Esta é uma descoberta significativa, pois destaca que a erradicação completa de produtos de origem animal não é necessária para produzir reduções e melhorias na pressão arterial. Dessa forma, fica mais fácil para o paciente colocar em prática uma mudança em direção a uma dieta baseada em plantas”.

A pesquisa ainda sugere ações multissetoriais por parte de governos e sociedade para aumentar a disponibilidade e diminuir os custos de alimentos vegetais com a intenção de promover mudanças de políticas com foco na sustentabilidade ambiental da produção de alimentos, coleta de informações científicas e consequências para a saúde. “Introduzir mais vegetais à dieta trará uma série de benefícios à saúde. Independente da opção alimentar pessoal, as escolhas devem compor um hábito de consumo variado, equilibrado e o mais natural quanto possível”, finaliza a médica.

Fonte: Marcella Garcez é médica nutróloga, Mestre em Ciências da Saúde pela Escola de Medicina da PUCPR, Diretora da Associação Brasileira de Nutrologia e Docente do Curso Nacional de Nutrologia da Abran. Membro da Câmara Técnica de Nutrologia do CRMPR, Coordenadora da Liga Acadêmica de Nutrologia do Paraná e Pesquisadora em Suplementos Alimentares no Serviço de Nutrologia do Hospital do Servidor Público de São Paulo.

Outono: conheça frutas, verduras e legumes da estação

A vitamina C presente nos alimentos da época fortalecem o sistema imunológico contra gripes e resfriados

É preciso ter atenção especial com a alimentação durante todo o ano, mas em algumas épocas, como outono, o organismo precisa de nutrientes diferenciados e alimentos que fortalecem o sistema imunológico contra gripes e resfriados por conta das temperaturas mais baixas. Uma forma de atingir esse objetivo é investir em alimentos da estação com a presença de vitamina C, que vão aumentar as defesas do corpo. Além dos benefícios para a saúde, o cliente ganha em qualidade e sabor, já que os alimentos quando colhidos no auge de sua produção têm um gosto mais acentuado.

A Boa Terra selecionou alguns alimentos da estação de outono para você incluir na sua dispensa, confira:

Silverstylus/Pixabay

Abacate: a fruta é repleta de nutrientes, além de ter fibras, potássio, magnésio e vitaminas do complexo B, K e C, ideias para o bom funcionamento do organismo. O abacate também apresenta um aminoácido chamado triptofano que ajuda na produção de serotonina, responsável pela sensação de bem-estar no corpo.

Laranja: é rica em vitamina C, cálcio, fósforo e ferro que vai melhorar a imunidade. Os antioxidantes presentes ajudam a diminuir o colesterol, além de bloquear células cancerígenas. As fibras presentes também auxiliam na diminuição de problemas intestinais.

Banana: muito comum em todo o Brasil, é um alimento rico em vitaminas do complexo B, como B1, B2, B6 e B12 que auxiliam diretamente no sistema nervoso. A presença de ferro estimula a produção de hemoglobina, sendo indicada para o combate de anemia.

Maçã: famosa por diminuir o índice glicêmico, a fruta é rica em fibras solúveis que eliminam impurezas pelo intestino. A florizina, substância encontrada na maçã, protege o fígado contra a ação dos radicais livres, incentivando que ele elimine toxinas e excesso de gordura.

Shutterbug75/Pixabay

Limão: o suco da fruta já é conhecido por suas propriedades alcalinas e digestivas, que facilitam a desintoxicação do organismo. O limão também é rico em vitamina C e minerais como cálcio, ferro e magnésio que são importantes para a manutenção da saúde.

Gengibre: ingrediente sempre presente em chás e sucos, a especiaria ajuda a acelerar o metabolismo. Suas propriedades anti-inflamatórias e digestivas, melhoram a limpeza do intestino e a digestão de gorduras, o que facilita o trabalho do fígado.

Espinafre: as folhas apresentam boas doses de ferro, cálcio, fósforo, potássio, magnésio, fibras, proteínas, carboidratos, além de vitaminas A, K e B2. O consumo regular contribui para a saúde dos olhos e pode prevenir doenças cardiovasculares. Para a absorção de todos os minerais, é recomendado ingerir a hortaliça com alimentos ricos em vitamina C, tais como laranja, abacaxi ou acerola.

Agrião: de sabor marcante, o agrião é rico em cálcio, ferro, potássio e vitaminas A e C. A vitamina C, aliás, atua na prevenção e combate de problemas respiratórios, resfriados e gripes graças a sua ação expectorante e descongestionante. O alimento pode ser consumido como salada e também usado como complemento em carnes refogadas, sopas e caldos.

Pepino: o pepino não é somente bom para a pele, ele é rico em vitamina C, B5, potássio, magnésio, folato, fibras e antioxidantes. Composto de 90% de água, o vegetal apresenta 24% de proteína que podem beneficiar os músculos.

Além desses alimentos acima, compõem a estação: abóbora, abobrinha brasileira, ameixa estrangeira, atemoia, batata-doce, beringela, canjica, caqui, cará, carambola, cebola, chuchu, cupuaçu, ervilha-torta, figo, graviola, inhame, jiló, kiwi, lima-da-pérsia, louro, mamão, mandioca, mandioquinha, mexerica, milho, pera, pinhão, pitaya, rabanete, salsa, tangerina, tomate e uva.

Para facilitar a semana e ter sempre alimentos fresquinhos na dispensa, A Boa Terra, empresa pioneira na produção e comercialização de produtos orgânicos, entrega cestas com frutas, verduras e legumes fresquinhos na porta de casa. O cliente ainda pode personalizar ou escolher a sugestão do sítio (R$ 36,00 a R$ 124,00) – assinaturas semanais custam de R$ 50,00 a R$ 163,00. As encomendas podem ser feitas diretamente no site.

Fonte: A Boa Terra

Cinco frutas de verão que trazem benefícios à pele: hidratação, proteção e ação anti-idade

Frutas características do verão podem te ajudar muito a proteger e hidratar a pele, prevenindo os sinais do envelhecimento

Apesar dos danos do sol, a temporada de verão também pode ser boa para a pele – principalmente se você aproveitar a estação para o consumo de frutas com alto poder hidratante, antioxidante e anti-idade para a pele. “Um bom hábito alimentar é fundamental para manter a pele saudável e ajudar a prevenir sinais de envelhecimento cutâneo precoce ou acelerado”, afirma a médica nutróloga Marcella Garcez, professora e diretora da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran).

É claro que esses alimentos não substituem o uso de cosméticos, principalmente de protetor solar, mas eles podem servir de grande ajuda. “O uso de protetor solar é importante porque previne o aparecimento de câncer de pele e o fotoenvelhecimento da pele. O produto ajuda a combater várias lesões benignas e malignas desencadeadas pelo sol, como: melanoses (manchas nas mãos e no rosto), melasma (mancha da gravidez ou não), leucodermia gutata (manchinhas brancas como sardas brancas nas pernas e braços), lesões pré-malignas (queratose actínica) e as malignas (câncer de pele: carcinoma basocelular ou espinocelular ou melanoma)”, explica a dermatologista Paola Pomerantzeff, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Por isso, a médica recomenda o uso diário de um protetor solar com FPS de no mínimo 30. Mas, para proteção extra contra os raios ultravioleta prejudiciais e ações anti-idade, você pode adicionar certas frutas à dieta.

Abaixo, algumas das frutas e seus benefícios:

Abacate

O abacate é reconhecido como uma excelente fonte de gorduras boas e vitaminas. No entanto, ele também é uma das frutas com ótimo teor de fibras e minerais. “A pele precisa de um bom aporte de nutrientes para manter o tônus e renovar suas estruturas. A síntese de colágeno, proteína que dá estrutura à derme, depende de bons níveis de vitamina C circulantes e o abacate é rico em vitamina C. No caso da gordura presente no abacate, a maior parte é de ácido oleico, um ácido graxo monoinsaturado que ajuda na hidratação e umectação da pele, prevenindo a perda de água”, diz Marcella. O abacate apresenta diversos compostos bioativos, possuindo carotenoides, compostos fenólicos, tocoferóis e fitoesteróis, entre outros. “Além disso, essa fruta também tem antioxidantes, como a glutationa, que ajudam a proteger e a evitar o envelhecimento das células da pele, conferindo maior elasticidade e deixando a aparência mais bonita e saudável”, afirma a médica. “O abacate também conta com a Niacina ou Vitamina B3, substância que vem sendo muito pesquisada com estudos, inclusive, indicando que ela pode proteger as células da pele dos efeitos da exposição aos raios ultravioleta (UV): o principal fator de risco para cânceres de pele não melanoma”, completa.

Abacaxi

Pixabay

É uma das frutas com maior teor de vitamina C, uma fonte perfeita para proporcionar brilho, unificar o tom da pele e conferir ação antioxidante potente, por também ser rico em vitamina E. “A fruta também conta com bromelina, mistura de enzimas proteolíticas, que ajuda nos processos digestivos e na melhora da circulação sanguínea, o que é importante para ajudar em tratamentos de celulite, além de uma ação clareadora e renovadora complementar da pele. Mas atenção, como é uma fruta de índice glicêmico médio na forma natural em pedaços, se for consumida na forma de suco natural coado, mesmo não adoçado, pode ter esse índice aumentado, o que não é bom para a pele”, diz a médica nutróloga.

Melancia

Ajuda a hidratar o organismo porque contém 92% de água, e isso também beneficia também a pele. “Além disso, devido a sua composição rica em carotenoides, como o licopeno, a melancia é uma ótima opção para ajudar a proteger a pele dos danos oxidativos causados pelo sol e assim evitar o envelhecimento precoce do tecido cutâneo e assim como o abacaxi, deve ser consumida preferencialmente em pedaços”, diz a médica. A fruta também conta com a vitamina A, que contribui para a regeneração celular.

Uva

Falar sobre os benefícios da uva é lembrar do poder do resveratrol, um polifenol encontrado, principalmente, na casca e nas sementes das uvas vermelhas ou pretas. “Presente em cosméticos, o Resveratrol possui uma extensa lista de benefícios: é antioxidante, retarda o processo do envelhecimento e promove elasticidade e firmeza da pele”, afirma a dermatologista Claudia Marçal, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia. Segundo a médica nutróloga, com relação à pele, sua ação antioxidante e protetora contra a radiação ultravioleta é o mais importante para um efeito anti-idade complementar, na medida em que aumenta a longevidade celular.

Mamão

De acordo com a nutróloga, o mamão possui uma enzima chamada papaína, que é capaz de promover a renovação celular, desobstruir poros, hidratar a pele, amenizar cicatrizes de acne e ainda prevenir o aparecimento de cravos e espinhas. “A fruta também é rica em nutrientes como potássio, magnésio, vitamina C que ajudam a melhorar a elasticidade e a firmeza da pele e reduzem a aparência de rugas e linhas de expressão e betacaroteno que além de ser precursor de vitamina A, tem efeito fotoprotetor quando consumido em boas quantidades por via oral”, esclarece Marcella. É sempre bom lembrar que as frutas ajudam muito na hidratação, mas não substituem a ingestão de água.

Outras estratégias

Além da alimentação, existem também suplementos que podem ajudar na questão da fotoproteção oral e ação antioxidante. “Mais recentemente tem se falado muito na questão dos pré e probióticos associados à formulação tópica e via oral com conceito de defesa e imunologia da pele. A fotoproteção oral é fundamental e complementar. No entanto, eles não substituem os protetores de uso tópico! Os filtros imunoprotetores via oral vieram para ficar com propriedades de melhora da resistência cutânea e imunológica”, afirma a dermatologista.

“Eles funcionam como verdadeiros guardiões, quando associados aos protetores locais, para preservar a estrutura e evitar a desnaturação do DNA celular por proteger as células imunológicas da pele e reverter em parte os danos biológicos e inflamatórios causados pela exposição exagerada ao sol. Os mais importantes são o Polipodium Leucotomus, Pycnogenol, Astaxantina, Luteína, Extrato de White e Green Tea, Resveratrol e ácido elágico da Romã, sempre associando ao uso de silício orgânico Exsynutriment para melhora do aspecto da flacidez e ao Bio-Arct para ação antioxidante, imunológica e melhora da energia mitocondrial. Outra substância importante para a nutrição celular e ação anti-idade é In.Cell”, finaliza Claudia.

Praticidade e sabor: sorvetes são a sobremesa perfeita para todas as refeições

Escolher o sorvete como grande personagem principal das sobremesas vale para qualquer ocasião, seja após as refeições do dia a dia ou do final de semana. Além de já vir pronto para servir, agregando praticidade quando já temos outros pratos para elaborar, são tantos sabores e opções deliciosas que fica muito mais fácil agradar o paladar de todos. Por isso, a Perfetto, uma das maiores indústrias de sorvete do Brasil, selecionou algumas opções para que você eleja a sua preferida.

Para os fãs de frutas

Aos apaixonados por abacaxi, a Perfetto disponibiliza opções da linha Variatta como o Abacaxi Francês, com pedaços da fruta ao vinho e uma deliciosa calda de uva. Preço sugerido: R$ 18,90

Outra opção da linha Variatta, para quem gosta de sabores mais cítricos, é o Mousse de Maracujá, que vem com muita calda da fruta, elaborada na própria fábrica da marca, com a polpa in natura. Além de ser uma sobremesa deliciosa, o processo de produção preserva os nutrientes do maracujá. Preço sugerido: R$ 18,90

Para agradar os paladares que gostam de um sorvete bem cremoso e de sabor único, a linha Variatta conta também com o Banana com Açaí, feito com bananas in natura e calda de açaí, elaborada a partir da própria polpa pasteurizada do açaí. Preço sugerido: R$ 18,90

Loucos por chocolate

Aos que não abrem mão do chocolate, entre as opções da Perfetto estão o Speciale Fantástico 3 Chocolates, um sorvete cremoso de chocolate meio amargo, com flocos de chocolate branco e uma irresistível calda de chocolate trufado. Impossível não se apaixonar. Preço sugerido: R$ 16,90

Além das opções com frutas, a linha Variatta apresenta o Leite Trufado, um cremoso sorvete de leite com cobertura de chocolate trufado, especialmente desenvolvida pela marca. Preço sugerido: R$ 18,90

Agora, se é somente o puro e verdadeiro chocolate que te alegra, pode apostar no Variatta Chocolate, com massa e calda trufada, elaboradas com o exclusivo chocolate da marca. Preço sugerido: R$ 18,90

Para alegrar a todos

Como não poderia faltar, a Perfetto oferece também opções deliciosas em picolés. Na linha Fazendo a Festa, com kits em multipacks de 8 unidades, o sabor clássico combina sorvete cremoso de baunilha com cobertura de chocolate. Os outros sabores são sorvete de coco coberto com chocolate e sorvete de chocolate com cobertura também. Preço sugerido: R$ 13,90

Fonte: Perfetto Alimentos

Dez receitas de bebidas saudáveis e refrescantes para o verão

Freeletics Nutrition reuniu ideias de bebidas para quem quer aproveitar a estação de forma mais saudável

No verão, não há nada melhor do que aproveitar as tardes de sol e as noites mais quentes com bebidas leves e refrescantes. De acordo com um levantamento realizado pela GoomerGo, plataforma de delivery que não cobra taxa de comissão, os pedidos de sucos e açaí cresceram 24% em janeiro em relação ao mês de dezembro. A pesquisa levou em consideração o comportamento de consumo dos clientes em mais de 90 mil restaurantes, lojas de conveniência, mercearias, lanchonetes e bares cadastrados no país.

Para ajudar quem quer curtir a estação sem tirar o foco de uma alimentação saudável, o Freeletics Nutrition, aplicativo líder em exercícios físicos e nutrição com uso de inteligência artificial, reuniu dez receitas de bebidas leves e nutritivas.

Lassi de manga

Ingredientes
1 manga
400ml de leite desnatado
200g de iogurte desnatado
2 vagens de cardamomo

Modo de preparo
Descasque e corte a manga em cubos. Coloque todos os ingredientes em um liquidificador e bata até que atinja uma textura suave. Sirva gelado.

Milk-shake de banana com cereja

Ingredientes
100g de cerejas congeladas
½ banana
250ml de leite desnatado
Opcional: baunilha fresca

Modo de preparo
Bata todos os ingredientes em um liquidificador até que esteja homogêneo. Coloque a baunilha e sirva gelado.

Shake de avocado

Ingredientes
½ avocado ou abacate
5 tâmaras secas
300ml de leite de arroz
½ suco de limão

Modo de preparo
Descasque e corte o abacate em cubos. Bata todos os ingredientes em um liquidificador até que atinja uma textura suave. Sirva gelado.

Shake de banana com canela

Ingredientes
300ml de leite de amêndoas
400g de iogurte de soja
1 banana
2 colheres de chá de manteiga de amêndoas natural
1 colher de chá de canela em pó

Modo de preparo
Bata todos os ingredientes em um liquidificador até que fique cremoso

Shake de avelã e aveia

Ingredientes
30g de aveia
½ banana
100g de iogurte de soja
250ml de suco de laranja sem açúcar
25g de avelã
Opcional: baunilha fresca

Modo de preparo
É só bater tudo em potência alta até ficar homogêneo

Shake de chocolate com menta

Ingredientes
250ml de leite de amêndoas
1 banana
½ avocado ou abacate
3 tâmaras
2 colheres de chá de cacau em pó
¼ hortelã fresco

Modo de preparo
Corte a banana e o abacate, então coloque todos os ingredientes no liquidificador em alta velocidade, até que fique cremoso. Sirva com gelo

Shake de proteína com frutas vermelhas

Ingredientes
250g de queijo quark desnatado
100g de frutas vermelhas
50ml de leite desnatado
250ml de água

Modo de preparo
Bata todos os ingredientes em um liquidificador até que fique cremoso

Shake energético de aveia

Ingredientes
400ml de leite de amêndoas
50g de aveia em flocos finos
4 castanhas-do-pará
2 tâmaras
2 colheres de chá de xarope de bordo ou mel
½ colher de chá de canela em pó

Modo de preparo
Coloque todos os ingredientes em um liquidificador e bata até obter uma textura suave

Smoothie verde de abacaxi na tigela

Ingredientes
150ml de leite de amêndoas
200g de abacaxi
50g de espinafre
1 kiwi
½ banana
½ avocado ou abacate
1 colher de chá de xarope de bordo ou mel
1 colher de chá de sopa de semente de chia
¼ de hortelã fresco

Modo de preparo
Fatie o kiwi e pique o abacaxi, a banana e o abacate. Bata no liquidificador o leite de amêndoas, o espinafre, o xarope/mel e metade do kiwi. Bata até que esteja uma textura suave, então transfira para uma tigela. Coloque o restante das fatias de kiwi em cima e salpique com sementes de chia e folhas de hortelã.

Smoothie de manga com abacaxi

Ingredientes
½ manga
200g de abacaxi fresco
240ml de água de coco
80ml de leite de coco light
1 colher de sopa de manteiga de castanha-de-caju

Modo de preparo
Pique a manga e o abacaxi e bata tudo no liquidificador. Sirva com gelo

Fonte: Freeletics

Confira três receitas Ousadia Drink para o Carnaval #emcasa

Para você cair na folia #emcasa, Ousadia Drink, vodca saborizada da Arbor Brasil, preferida dos rolês apresenta três drinques elaborados com os sabores banana, pêssego, blueberry e açaí com guaraná e a mistura de ingredientes saborosos. Confira:

Drink Ousadia Banana assista ao vídeo da receita aqui

Ingredientes
Ousadia sabor Banana;
Paçoca;
Leite condensado.

Modo de preparo:
Em um mixer ou liquidificador, coloque 100ml de Ousadia sabor Banana, 20ml de leite condensado, 2 tabletes de paçoca e misture tudo. Sirva em um copo com gelo, finalize com uma paçoca e aproveite.

Drink Ousadia Pêssegoassista ao vídeo da receita aqui

Ingrediente
Ousadia sabor Pêssego;
Melancia;
Manjericão.

Modo de preparo:
Em um copo, coloque algumas fatias de melancia e esprema. Acrescente bastante gelo e complete com a Ousadia sabor Pêssego. Para finalizar, use um topo de manjericão para aromatizar o seu maravilhoso drinque.

Drink Ousadia Blueberry e Açaí com Guaranáassista ao vídeo da receita aqui

Ingredientes
Ousadia sabor Blueberry;
Ousadia sabor Açaí com Guaraná;
Frutas como maçã, laranja, uva verde e kiwi e morango;
Espumante.

Modo de preparo:
Em uma jarra com gelo, acrescente os dois sabores de Ousadia, as frutas fatiadas e finalize com espumante.

Fonte: Ousadia

Dailus apresenta nova cara, fórmula e cor do Lip Tint mais queridinho do Brasil

O lançamento está disponível em três tons e fragrâncias: os já conhecidos melancia e morango, e o recém-lançado amora

Com a pandemia da Covid-19, algumas tendências de consumo saíram de cena enquanto outras ganharam evidência – e, no mercado de beleza, essa movimentação não foi diferente! Uma das grandes apostas do momento é o visual “no make-up make-up”, onde rostos cheios de maquiagem e nécessaires lotados são substituídos por um visual prático, feito sem esforços e com produtos multifuncionais, segundo aponta o report “Coronavírus: o impacto na maquiagem” da empresa WGSN (Worth Global Style Network).

De olho neste novo desejo das consumidoras e com o objetivo de oferecer o melhor custo-benefício do segmento, a Dailus resolveu apostar na reformulação dos best-sellers Lip Tints. Sim, o que era bom ficou melhor! Com fórmula vegana e livre de parabenos, os tints estão mais democráticos, pigmentados e versáteis do que nunca, e agora contam com uma nova cor, o roxinho Batida de Amora. Os já conhecidos do público, Frozen de Melancia e Margarita de Morango, completam este icônico trio.

Com fragrâncias compatíveis às frutinhas, a nova fórmula garante lábios mais pigmentados por mais tempo, sem transferir. Perfeito para usar com máscara de proteção, né? Por ser dermatologicamente testado, você pode abusar do tint nos lábios, bochechas e até mesmo pálpebras, para criar aquele look natural e com cara de saúde, sem medo de irritações ou alergias.

Sua textura em gel é um dos grandes diferenciais, pois promete mais conforto e precisão! E o pincel dosador vem para não deixar que o produto se espalhe por todo o rosto, permitindo uma aplicação pontual. Impossível não amar, né?

Os tons:

Frozen de Melancia
Esta cor vibrante e alegre promete deixar seus lábios corados! O tom avermelhado da melancia é fresh e traz um ar saudável para a make. Perfeito para garantir um look animadinho e deixar sempre na bolsa!

Margarita de morango
A cor que vai te acompanhar em todos os momentos! Este vermelho intenso é a representação de todo o poder que existe em você. É para passar e arrasar, com certeza!

Batida de Amora
A cor intensa de amora garante um acabamento divino em todos os tons de pele. Com pequenas batidinhas, você garante alta cobertura e intensidade, além do rubor “de bonita” que a gente ama!

A novidade está disponível no e-commerce da Dailus por R$16,90 cada.

Drinques sem álcool e frapês são opções para uma alimentação mais saudável em 2021

Cozinha experimental de União ensina bebidas saborosas e com baixas calorias que são ótimas opções para quem quer finalmente cumprir as promessas de ano novo

Uma das promessas mais clássicas de fim de ano é estar firme na dieta, e até mesmo tirar a bebida alcoólica do cardápio. E no verão a vontade por bebidas refrescantes naturalmente aumenta. Mas por 2020 ter sido um ano em que as pessoas não puderam frequentar com assiduidade bares, restaurantes e até mesmo a casa de amigos, algumas tendências e até preferências pelas bebidas mudaram.

Adicionando estas mudanças às já conhecidas promessas de ano novo, muitas pessoas procuram opções saborosas e mais saudáveis de drinks para 2021. Seguindo o conceito de inovação e saudabilidade, a Cozinha Experimental de União desenvolveu duas opções, uma de drink e uma de frapê, saborosas e ótimas pedidas para quem não quer sair da linha. Além de serem alternativas de bebidas para se fazer em casa e curtir com família e amigos de convívio contínuo. Confira:

Frapê de Frutas Amarelas e Gengibre com União Fit

Ingredientes
• 1 e 1/2 xícara (chá) água gelada (300ml)
• 2 xícaras (chá) Manga congelada e picada (340g)
• 1/2 xícara (chá) Polpa de maracujá (100g)
• gengibre fresco a gosto
• 2 e 1/2 colheres (sopa) rasas de União FIT (25g)

Modo de preparo
No liquidificador, adicione a água, a manga, o maracujá, o gengibre e o União FIT. Bata até ficar homogêneo e sirva em seguida.

Dica: experimente trocar a água gelada por suco de laranja.
Rendimento: 2 porções
Tempo de preparo: 10min

Drinque de Uva Verde e Romã com União Sucralose

Ingredientes
• 1 e 1/2 xícara (chá) sementes de romã (198g)
• 1 e 1/2 xícara (chá) suco de uva verde sem açúcar (300ml)
• 1 e 1/2 xícara (chá) água com gás (300ml)
• 12 gotas adoçante líquido União Sucralose (8.4ml)
• gelo a gosto

MODO DE PREPARO
Em uma jarra, coloque as sementes de romã e macere levemente. Adicione o suco de uva, a água com gás e o adoçante líquido União Sucralose e o gelo e misture bem. Decore com sementes de romã no fundo de cada copo, adicione a bebida e sirva em seguida.

Dica: se preferir você pode trocar o adoçante líquido União Sucralose por 2 sachês de Adoçante União Sucralose.
Rendimento: 3 porções

Fonte: União/Camil Alimentos