Arquivo da tag: frutas

Diversão e saúde na mesa: receitas criativas para as refeições das crianças

Com sugestões de lanches e sobremesas, página Cozinhando com as Crianças inspira preparo de pratos nutritivos em família

A chegada do Dia das Crianças é uma oportunidade para pais e filhos se juntarem no preparo de receitas nutritivas e divertidas. Para ajudar nessa tarefa, o time de Receitas Nestlé e a página Cozinhando com as Crianças reuniram quatro ideias de pratos saudáveis e equilibrados.

Confira abaixo:

Opção que inclui frango entre os ingredientes é a Coxinha com Ninho Levinho. Nutritivo, saboroso e com uma mistura de proteínas, legumes e muitas vitaminas, o prato tem tudo para ser um sucesso entre os pequenos. Receitas Nestlé/ Sheila Oliveira

Coxinha com Ninho Levinho

coxinha-alta.jpg

Ingredientes

Massa
2 colheres (sopa) de Leite em Pó Ninho Levinho (23 g)
2 batatas descascadas, cozidas e espremidas (250 g)
2 colheres (sopa) de farinha de mandioca torrada
meia colher (sopa) de creme vegetal
meia colher (chá) de sal
1 pitada de colorau em pó

Recheio
1 colher (sopa) de azeite
2 colheres (sopa) de cebola picada
meia xícara (chá) de frango desfiado
1 tomate sem pele e sem sementes, picado
1 colher (sopa) de salsa picada
1 colher (sopa) de Leite em Pó Ninho Levinho (11,5 g)

Montagem
meia xícara (chá) de farinha de milho amarela flocada
1 colher (chá) de colorau em pó

Modo de preparo

Massa:
Em um recipiente, misture todos os ingredientes até obter uma massa homogênea.

Recheio:
Em uma panela, aqueça o azeite, refogue a cebola e o frango. Acrescente o tomate, a salsa e mexa até apurar. Adicione o Leite NINHO e mexa bem até obter um recheio cremoso. Desligue o fogo e espere esfriar.

Montagem:
Abra pequenas porções da massa na palma da mão e coloque 1 colher (sopa) do recheio. Modele como coxinhas e umedeça-as com água. Passe-as na mistura de farinha de milho com o colorau e coloque-as em assadeiras antiaderentes untadas com azeite. Leve ao forno médio (180°C), preaquecido, por cerca de 30 minutos.

 

Minicupcake Colorido de Beterraba e Suco de Limão é uma opção criativa para facilitar a ingestão de nutrientes em uma só refeição. De fácil preparo, o prato conta com detalhes na decoração que estimula e desperta o interesse da criança para experimentar novos sabores. Receitas Nestlé / Carol Quintanilha

Minicupcake Colorido de Beterraba e Suco de Limão

minicupcake-beterraba.jpg

Ingredientes
2 ovos
3 colheres (sopa) de óleo
1 xícara (chá) de beterraba crua, picada
1 e meia colher (sopa) de suco de limão
raspas da casca de 1 limão
meia colher (sopa) de essência de baunilha
meia xícara (chá) de açúcar demerara
meia xícara (chá) de Aveia Flocos Finos Nestlé
meia xícara (chá) de farinha de trigo
1 colher (chá) de Cacau em Pó Nestlé Dois Frades
1 colher (chá) de fermento em pó

Modo de preparo
Em um liquidificador, bata os ovos, o óleo, a beterraba, o suco e as raspas de limão e a essência de baunilha, até obter uma mistura homogênea. Despeje em um recipiente e adicione o açúcar, a Nestlé Aveia, a farinha de trigo, o Cacau e o fermento e misture bem. Coloque a massa em forminhas, de papel ou de silicone, para cupcake n°3, enchendo-as até a metade, e coloque dentro de formas para empada, ou em assadeiras próprias para cupcake. Leve para assar em forno médio-alto (200°C), preaquecido, por cerca de 30 minutos.

Dica: se desejar prepare um glacê para decorar os bolinhos, com 3 colheres (sopa) de açúcar de confeiteiro e meia colher (sopa) de suco de limão.

 
Nada melhor do que despertar a curiosidade para conquistar a atenção da criançada, não é mesmo? É isso o que o Bolinho de Limão com Chia e Geleia de Morango promete. Com um visual atrativo, o prato leva limão com chia e geleia de morango. Receitas Nestlé/ Marcelo Resende.

Bolinho de Limão com Chia e Geleia de Morango

bolinho_limao_alta33d5091f83b963b0a6c0ff0000205b53

Ingredientes

Massa
2 ovos
4 colheres (sopa) de açúcar demerara
meia xícara (chá) de óleo
meia xícara (chá) de leite
3 colheres (sopa) de suco de limão
1 xícara (chá) de farinha de trigo integral
raspas da casca de 1 limão
meia colher (sopa) de fermento em pó
3 colheres (sopa) de semente de chia

Geleia de Morango
1 xícara (chá) de morango picados

Modo de preparo

Massa
Em um recipiente misture bem todos os ingredientes até obter uma massa homogênea. Coloque a massa em forminhas de cupcake (n°0), e leve ao forno médio-alto (200°C), preaquecido, por cerca de 30 minutos.

Geleia de Morango
Em uma panela pequena, coloque os morangos e meia xícara (chá) de água e leve ao fogo alto até iniciar fervura. Abaixe o fogo, e cozinhe por cerca de 8 minutos com a panela tampada. Retire a tampa e cozinhe por mais 2 minutos. Sirva sobre os bolinhos.

 

Para quem procura uma opção de receita saudável para fazer para toda a família ou servir para os pequenos e seus coleguinhas, o Gelado de Frutas é a escolha certa. Feito com frutas diversas, ele alia nutrição e diversão. Receitas Nestlé/ Carol Gherardi.

Gelado de Frutas

gelado_com_salada_de_frutas_alta.jpg

Ingredientes
1 e meia xícara (chá) de manga madura, em cubos, congelada
1 e meia xícara (chá) de morangos maduros, congelados
2 bananas-nanicas grandes, maduras, congeladas
1 pote de Iogurte Nestlé Natural Integral

Dica: se quiser, acrescente 4 xícaras (chá) de outras frutas picadas

Modo de preparo
Em um liquidificador, bata a manga com 3 colheres (sopa) de Iogurte Nestlé até ficar homogêneo e com a consistência de sorvete. Repita o mesmo processo com os morangos e depois com as bananas. Transfira cada um dos sorvetes para um saco de confeitar e sirva sobre as frutas picadas.

Dica: se preferir, deixe os sorvetes no congelador até o momento de servir.

Fonte: Receitas Nestlé

Torteria oferece receitas veganas, vegetarianas e fits

A marca amplia a seção do cardápio dedicada a diferentes públicos, com novidades salgadas e doces que podem ser encontradas em três endereços

O cardápio da Torteria cresceu. Além das receitas tradicionais, que incluem tortas, quiches e sugestões doces, a marca agora dedica toda uma seção aos públicos vegano e vegetariano, além de criar alternativas saborosas para quem costuma optar por uma alimentação mais leve, natural e saudável.

As tortas são oferecidas em três tamanhos – individual, médio ou grande. Entre as opções veganas, que têm massa à base de dois tipos de farinhas – grão de bico e arroz –, gergelim, linhaça, azeite e sal, estão a caprese (R$ 17,00 a porção individual), com tomatinho assado, creme de tofu com ervas e manjericão, e a vegetais (R$ 21,00 a porção individual), com cogumelo Paris, berinjela defumada, cebola caramelizada, espinafre e homus.

Já as novidades fit, preparadas com massa integral, incluem receitas como a torta fit queijos (R$ 16,00 a porção individual), recheada de mussarela light, ricota, tomate assado e manjericão, a rústica verde (R$ 19,00 a porção individual), com abobrinha, aspargos, creme de ricota e manjericão, tomatinho e limão siciliano, e a torta de frango proteica (R$ 19,00 a porção individual), que leva frango desfiado, leite de coco, especiarias e homus.

A turma da boa forma também conta com duas receitas para adoçar a vida. Com massa-base de farinha de amêndoas, aveia, açúcar de coco e óleo de coco, a torta de frutas vermelhas (R$ 15,00 a porção individual) traz geleia de frutas vermelhas adoçada com xylitol; já a torta de chocolate 80%, que leva a mesma base, recebe recheio de ganache de chocolate e é finalizada com praliné de macadâmia preparado com açúcar de coco.

Veja abaixo a lista de novidades:

Torta Fit/Veganas

Torta fit queijos – Individual R$ 16,00. Média R$ 64,00. Grande R$ 112,00.
Massa integral com mussarela light, ricota, tomate assado e manjericão

Torteria_3

Torta vegana caprese – Individual R$ 17,00. Média R$ 68,00. Grande R$ 116,00.
Massa vegana com tomatinho assado, creme de tofu com ervas e manjericão

Torta vegana palmito – Individual R$ 18,00. Média R$ 74,00. Grande R$ 132,00.
Massa vegana com palmito, cenoura, abobrinha, tomate, ervas e creme de alho poró

rustica fit abobrinha aspartgo.jpg

Torta fit rústica verde – Individual R$ 19,00. Média R$ 78,00. Grande R$ 138,00.
Massa integral com abobrinha, aspargos, creme de ricota com manjericão, tomatinho e limão siciliano.

Torteria_2

Torta fit frango proteica – Individual R$ 19,00. Média R$ 78,00. Grande R$ 138,00.
Massa integral com frango desfiado, leite de coco, especiarias e homus

vegana cogumelos

Torta vegana vegetais – Individual R$ 21,00. Média R$ 84,00. Grande R$ 150,00.
Massa vegana com cogumelo Paris, berinjela defumada, cebola caramelizada, espinafre e homus.

torteria 3

Torta de frutas vermelhas – Individual R$ 15,00. Pequena R$ 76,00. Média R$ 123,00. Grande R$ 158,00.
Massa de farinha de amêndoas, aveia, açúcar de coco e óleo de coco com geleia de frutas adoçada com xylitol.

torta vegana choco

Torta de chocolate 80% – Individual R$ 16,00. Pequena R$ 88,00. Média R$ 129, 00. Grande R$ 172,00.
Massa de farinha de amêndoas, aveia, açúcar de coco e óleo de coco, ganache de chocolate e praliné de macadâmia feito com açúcar de coco

A Torteria
Higienópolis: Rua Sabará, 585
Morumbi: Rua Dos Três Irmãos, 654
Pinheiros: Central de Encomendas – Rua Fradique Coutinho, 39

Vontade de comer doce? Aprenda a fazer barrinha funcional de chocolate

A chef Iracema Bertoco, professora dos cursos de gastronomia do Centro Europeu, principal escola de gastronomia do Brasil, preparou uma uma receita especial para quando bate aquela vontade de comer doce: Barrinha Funcional de Chocolate.

Além de funcional, o preparo é muito saboroso e simples de fazer. Confira:

Barrinha Funcional de Chocolate

Ingredientes:

150g de chocolate meio amargo
50g de pistache
50g de cranberry
30g de goji berry
20g de semente de abóbora
50g de castanha-de-caju
30g de pasta de amendoim natural
20g de mel ou agave

Modo de preparo:

Derreter o chocolate no micro-ondas, acrescentar a pasta de amendoim e o agave (ou mel), depois misturar o restante dos ingredientes. Despejar o conteúdo em um papel manteiga deixando a espessura de 1 cm. Levar pra geladeira para endurecer, cortar em barrinhas e se deliciar.

barrinhafuncional

Fonte: Centro Europeu

Você já ouviu falar sobre alimentação sazonal?

Prática auxilia no emagrecimento e na economia doméstica

Durante os próximos meses começa a época do mamão, das nozes, da uva e do rabanete. Além desses, outros inúmeros alimentos se tornam mais ou menos frequentes nas feiras livres de todo o país de acordo com a sua sazonalidade e região. Mas por que respeitar essa característica quando, dia após dia, os alimentos se tornam mais fáceis de serem encontrados durante todo o ano?

frutas

Entre os benefícios de priorizar o consumo dos alimentos de acordo com a safra, há o aumento da qualidade, os impactos na saúde e o baixo custo que essa prática pode oferecer. “Cada hortaliça, legume e fruta tem um período propício para o cultivo. Basicamente, há o que chamamos de início de safra, quando os alimentos começam a chegar aos balcões; safra, quando a oferta é abundante; fim de safra, quando encontrar aquele item começa a ser mais difícil; e, por fim, a entressafra, quando o alimento não é cultivado e vendido”, explica o Nutricionista do Vigilantes do Peso, Matheus Motta.

Durante o ápice da safra, os alimentos encontram condições naturalmente favoráveis para seu cultivo e colheita e se mostram maiores, melhores e em grande quantidade. “Essa qualidade vai além da fruta bonita e chega também no valor nutricional. Alimentos consumidos dentro do período da safra tendem a se desenvolver melhor, podendo conter mais vitaminas e minerais , já que a semente encontra solo e ambiente propícios para se desenvolver”, ressalta o especialista.

Quem já tentou comprar morango fora de época sabe que uma fruta também pode ser salgada. Isso acontece em função da oferta e da procura. A dificuldade em cultivar um alimento diminui a quantidade e afeta a qualidade do item ofertado. Matheus conta ainda que em função disso, conhecer e respeitar as safras também auxilia – além da manutenção da saúde, na economia doméstica.

alimentos frutas vermelhas

Luciana Daudt, gestora jurídica e Associada do Vigilantes do Peso, adotou a sazonalidade na alimentação depois de perceber que alguns itens da lista de compras estavam caros demais. “Fui procurar o porquê e descobri que o aumento nos preços era em decorrência da entressafra”, explica.

Alimento melhor significa saúde melhor? Para Luciana, sim. “Sou uma pessoa muito alérgica e a alimentação impacta bastante no funcionamento do meu organismo. Ingerir alimentos mais frescos e nutritivos, cultivados com respeito à sazonalidade, melhorou bastante as minhas crises de alergia na pele”.

De acordo com Matheus, a saúde é beneficiada porque há uma variação nas escolhas. “Se a pessoa segue a sazonalidade, ela passa a adaptar o cardápio mês a mês e, assim, consome uma maior variedade de alimentos  e, consequentemente, de nutrientes, vitaminas e minerais”, complementa.

verduras legumes frutas

“Para quem quer emagrecer, essa variação ajuda a deixar a alimentação mais leve e fugir da rotina, a probabilidade da pessoa enjoar de comer um único legume é menor, e, assim, o engajamento dela na reeducação alimentar também é beneficiado”, conclui.

Fonte: Vigilantes do Peso

Frutas da primavera: veja quais são e como aproveitá-las

Nutricionista lista frutos da temporada e sugere receita de smoothie que é a cara da estação

A chegada da primavera marca a safra de várias frutas que trazem múltiplos benefícios para a saúde e oferecem diversidade de cor e sabor aos pratos. Manga, maçã e banana nanica são apenas algumas opções de alimentos que estarão em alta nos próximos meses.

“O clima mais quente da primavera ainda é perfeito para incluir sucos ou smoothies das frutas da estação no cardápio”, sugere Jéssica Santos, nutricionista da Superbom, empresa alimentícia especializada na fabricação de produtos saudáveis.

Conheça seis frutas da temporada e as vantagens de incluí-las no cardápio:

manga

Manga: as fibras alimentares presentes melhoram o sistema digestivo e também o trânsito intestinal. Sucos e sobremesas de manga são algumas formas de diversificar o consumo da fruta.

jabuticaba pixabay
Pixabay

Jabuticaba: por ter antioxidantes atua no combate de inflamações, desintoxicação do organismo e até na prevenção de doenças cancerígenas. “O ferro contido na jabuticaba ainda a torna ideal para ajudar no tratamento contra a anemia”, indica.

abacaxi-pippalou-morguefile

Abacaxi pérola: amplamente utilizado em sucos detox por ter propriedades que ajudam na eliminação de toxinas do corpo, a vitamina C presente no abacaxi ainda ajuda a manter a imunidade em alta.

maca-fuji

Maçã fuji: a especialista pontua que apesar de muitas pessoas retirarem a casca da fruta, a parte externa da maçã possui uma importante propriedade: a pectina, tipo de fibra solúvel que ajuda na redução do LDL, conhecido como colesterol ruim.

bananas- pixabay

Banana nanica: esta variedade da fruta tem maior concentração de potássio, mineral responsável por evitar cãibras. “Além disso, a banana nanica tem maior concentração de carboidratos, que ajuda quem busca fontes energéticas para o pré-treino”, esclarece.

Para ajudar quem busca receitas práticas e fáceis de fazer no dia a dia, a nutricionista apresenta abaixo uma receita de smoothie saudável e deliciosa com banana e suco de maçã. “Os smoothies são ótimas opções para complementar o café da manhã porque são ricos em diversos nutrientes e promovem a saciedade”.

Receita de Smoothie de Banana e Maçã

smoothie-de-banana-e-maca-1024x640-1.jpg

Ingredientes:

200ml de suco de maçã 100% Fruta Superbom
2 bananas congeladas
1 colher (sopa) de canela em pó
Pedras de gelo
1 embalagem de snack Kroc morango Superbom para decorar

Modo de preparo:

Em um liquidificador, bata todos os ingredientes, exceto o Snack Kroc. Distribua em taças e adicione o Snack Kroc. Sirva.

Rendimento: 3 porções
Tempo de preparo: 10 minutos

Informações: Superbom                                                                                                                                                                                       

Conheça os benefícios do maracujá para a saúde

Além de ser rico em nutrientes, o maracujá é indicado para quem está de dieta e na prevenção de doenças

O maracujá é uma fruta rica em nutrientes e também conhecida pelo seu uso terapêutico. Na composição desse excelente fruto aproveitamos tudo: fruto, casca e semente e folhas para várias finalidades. A nutricionista clínica e funcional Cleonice Pereira, que atende pelo GetNinjas, detalhou quais são os benefícios da fruta para saúde, inclusive para quem está de dieta ou quer se prevenir de doenças.

1 – Liberado para quem está de dieta

maracujá sementes ari farca pixabay

O maracujá é uma excelente opção para quem quer perder peso, pois as calorias nele contidas são de baixíssimo índice glicêmico. Além disso, a pectina presente na casca do maracujá é uma fibra solúvel que atua na redução da absorção de glicose sanguínea, o que auxilia na perda de peso. Cada fruto tem em média 28 kcal ou 97 cal se considerarmos cada 100 gramas de polpa fresca. Em comparação com outras frutas com as mesmas propriedades nutricionais, como a manga e a uva, notamos que é uma das que tem a menor quantidade de caloria.

2 – Rico em nutrientes

maracujá arica farca pixabay

São muitos os nutrientes importantes para nosso organismo encontrados no maracujá, pois é uma fruta rica em várias vitaminas e minerais, em sua composição estão relacionadas as seguintes propriedades: fonte de vitamina C, vitaminas do complexo B2, B3, B6, vitamina A, e os seguintes minerais: ferro, cálcio, fósforo, magnésio, zinco, cobre, potássio e fibras.

3 – Benefícios à saúde

maracujá3

Entenda como os nutrientes do maracujá auxiliam em várias funções orgânicas e reações químicas em nosso organismo:

– A vitamina A age como protetora da pele e visão;
– As vitaminas A, C e B favorecem o metabolismo e as reações enzimáticas do organismo como um todo;
– A niacina (vitamina B3) é auxiliadora na síntese de proteína. É importante para atletas e pessoas com necessidade de aporte proteico aumentado na dieta;
– Graças à sua riqueza em vitamina C, é considerada um potente antioxidante que combate radicais livres, fortalece o sistema imunológico, auxilia no combate às infecções e aumenta a absorção de minerais como ferro, zinco e magnésio quando consumido perto das grandes refeições.
– Também atua como protetor ósseo e tecidos. A pectina, presente na casca do maracujá, é uma fibra solúvel que atua na redução da absorção de glicose sanguínea, e por isso auxilia no tratamento do diabetes e colesterol.
– Além disto tudo, o maracujá contém uma substância chamada passiflorina que age como calmante. Já as sementes do maracujá são poderosos vermífugos da dieta.

4 – Tratamento e prevenção de doenças

maracujá fruta oiluarb_ai pixabay

Como vimos, as propriedades do maracujá proporcionam benefícios para saúde e boa forma. Os casos em que seu consumo é recomendado e auxiliará no tratamento e prevenção de doenças são:

Prevenção e combate contra o câncer
Suporte ao sistema imunológico
Insônia
Má circulação
Ajuda a manter as células do cólon saudáveis
Má digestão
Necessidade de aumento da hemoglobina no sangue
Melhoria da saúde dos olhos
Alteração da pressão sanguínea
Ajuda a manter o bom humor
Alívio para a asma
Baixa densidade dos ossos

A seguir,  Cleonice indica uma receita leve e prática para quem quer se deliciar com a fruta, além de indicar os valores nutricionais e calóricos da sobremesa.

Gelado de Maracujá

creme maracujá pinterest
Foto meramente ilustrativa – Pinterest

Ingredientes
– 3 colheres (sopa) de adoçante em pó
– 4 colheres (sopa) de suco de maracujá
– 1 envelope de gelatina em pó sem sabor
– 1 copo de iogurte desnatado

Modo de Preparo
Colocar a gelatina numa tigela e hidratar com 3 colheres (sopa) de água. Levar ao fogo, em banho-maria, por 5 minutos, ou até amolecer. Bater no liquidificador a gelatina, o iogurte, o suco de maracujá e o adoçante, bater por 2 minutos, ou até ficar homogêneo. Distribuir em 2 taças individuais e levar para gelar por 2 horas, ou até endurecer. No momento de servir, decorar com folha de hortelã.

Rendimento: 2 porções.

Valor nutricional e calórico:
Cada porção equivale a uma taça de 130g
Calorias = 115 Kcal
Carboidratos = 14,58g
Proteínas = 10,79
Lipídios = 1,69 g

Fonte: GetNinjas

Consumo regular de legumes e frutas é fator de proteção contra tumores de boca

Pesquisa coordenada pelo A.C.Camargo em São Paulo, Goiânia e Vitória comprovam que o consumo de banana, tomate, brócolis e outros vegetais protegem contra o câncer. Estudo foi publicado em revista ligada ao Ministério da Saúde dos EUA

Uma série de pesquisas das principais instituições oncológicas em todo o mundo tem mostrado nos últimos anos os benefícios do consumo de frutas e legumes na prevenção ao câncer. A revista científica Plos One (uma das mais respeitadas dos EUA, ligada ao NIH – National Institute of Health, o Ministério da Saúde norte-americano) publicou um estudo prospectivo acompanhou os dados de 1.740 pessoas de São Paulo, Goiânia e Vitória e relacionou a ingestão regular de alimentos minimamente processados à prevenção de tumores de cabeça e pescoço (boca, laringe, orofaringe e hipofaringe), que juntos figuram entre os dez mais frequentes em todo o mundo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Liderados pela epidemiologista Maria Paula Curado e sua doutoranda Olivia Galvão De Podesta, os pesquisadores selecionaram, em grupo-controle, igual número de pacientes e não pacientes entre os anos de 2011 e 2015 – a cada paciente diagnosticado em cada cidade era identificado um paciente sadio do mesmo gênero e idade. O grupo foi acompanhado pelos cientistas até 2017 e os dados agora publicados na Plos One, revelam que a alimentação frequente com os alimentos estudados se mostraram co mo fatores protetores a esses tipos de câncer para quem tem um consumo regular de vegetais não processados.

tomates

Um desses elementos é o licopeno, antioxidante presente em alimento com a coloração vermelha – caso do tomate, que o brasileiro consome com tanta frequência, relacionado à diminuição das probabilidades de se ter um tumor na cavidade oral, fator observado também em relação ao consumo de frutas cítricas. Limão, laranja e mexerica também contém o nutriente.

0d739-couve-brocolis

Crucíferas como brócolis, repolho e couve estão associados à diminuição do risco de desenvolver câncer de laringe e hipofarínge, também beneficiado pelo consumo regular de cenoura. Também as bananas aparecem associadas à proteção contra tumores orofaríngeos, enquanto maçãs e peras em consumo diário reduzem os riscos associados ao câncer de laringe.

bananas- pixabay

“Os vegetais estudados são compostos de elementos que atuam de forma a reduzir a chance do câncer de cabeça e pescoço protetores que atuam diante do câncer”, afirma Maria Paula Curado, head do Núcleo de Epidemiologia e Estatística em Câncer do A.C.Camargo Cancer Center e que foi uma das diretoras de epidemiologia da IARC (International Agency for Research on Cancer), de Lyon (França), órgão da OMS responsável pelos estudos oncológicos em todo o mundo.

Os fatores de risco mais fortemente reconhecidos como causadores do câncer de cabeça e pescoço são o tabaco, álcool e a infecção pelo HPV. Na outra ponta, surge agora a evidência destes fatores protetores: “Mostramos aqui que quanto maior o consumo desses alimentos minimamente processados, menor será o risco de câncer na cavidade bucal”, diz a doutoranda Olivia Galvão De Podesta, do A.C.Camargo, uma das principais autoras da pesquisa.

Fonte: A.C.Camargo Cancer Center 

Del Valle Frutas + Vegetais chega ao mercado de São Paulo

Novos sucos trazem mistura de frutas, verduras e hortaliças em três versões: vermelho, verde e amarelo

A Coca-Cola Brasil juntou o pomar com a horta no novo Del Valle Frutas + Vegetais. A bebida, uma mistura de frutas, verduras e hortaliças. De olho nas pessoas que buscam uma alimentação natural e equilibrada no dia a dia, o suco terá três sabores, ou melhor, cores: vermelha, verde e amarela.

As receitas trazem alguns ingredientes já tradicionais das misturas coloridas, mas inova ao acrescentar abóbora e espinafre, por exemplo. Del Valle Frutas + Vegetais não contém conservantes, açúcar e nenhum outro aditivo químico.

Entre os ingredientes presentes no suco verde estão maçã, abacaxi, coco, limão, uva, kiwi, couve, gengibre, melão, pepino, hortelã e espinafre. Já o suco amarelo é feito com maçã, tangerina, acerola, cenoura, manga, gengibre e abóbora. Enquanto a receita do vermelho leva maçã, uva, framboesa, beterraba, arônia, limão, morango e hortelã.

Os novos sucos são vendidos em embalagens individuais de vidro de 300ml. A distribuição começou pela cidade de São Paulo e depois será estendida para outros estados.

sucos del valle

O preço sugerido está entre R$ 7,90 e R$ 8,99. Del Valle Frutas + Vegetais também estará disponível na Loja online da Coca-Cola Brasil.

Inverno pede cuidados com a alimentação; confira algumas dicas

No inverno, é comum sentirmos vontade de comidas quentes e mais elaboradas, como chocolates quentes, fondue, sopas, caldos e massas com molhos mais calóricos. Isso porque durante essa estação, o organismo aumenta o gasto calórico para manter a temperatura do corpo estável.

Precisamos nos atentar mais ainda à nossa alimentação, devido ao possível ganho de peso, optando por refeições mais saudáveis, verduras, legumes e frutas. E é justamente por este motivo que, nos dias mais frios do ano, é preciso redobrar os cuidados com a alimentação.

citricos citricas nicole franzen
Foto: Nicole Franzen

Nesse período, são frequentes gripes e resfriados, uma vez que o sistema imunológico fica mais frágil, por isso, é importante que não falte na nossa alimentação vitamina C e zinco, que ajudam a fortalecer a imunidade. A vitamina C é encontrada, principalmente, em frutas, como laranja, limão, acerola, abacaxi, maracujá, kiwi, goiaba e mexericas; já o zinco, no arroz integral, carnes, castanhas, semente de abóbora, amaranto, quinoa, chia e nozes.

Outra boa dica seria fazer substituições nas preparações típicas do Inverno, a fim de torná-las mais saudáveis e menos calóricas. Por exemplo, no preparo de chocolate quente, dê preferência ao leite desnatado e ao cacau em pó ou achocolatado diet, que não têm adição de açúcar. Quando for preparar sopas e fondue de chocolate, substitua o creme de leite por leite.

O consumo de água é importante também nos dias mais frios. Mesmo não tendo a sensação de sede, devemos ingerir líquidos para o funcionamento adequado dos rins, bexiga e do intestino, regular a temperatura corpórea, auxiliar na digestão, absorção e circulação, ajudar a eliminar toxinas, lubrificar as articulações e evitar a desidratação. Outras opções para aumentar a ingestão de líquidos são os chás, água de coco, sucos naturais, de preferência sem adição de açúcar.

mulher madura tomando agua

Embora no inverno, normalmente, diminua a motivação para a prática de atividade física, é essencial a sua continuidade, por auxiliar na prevenção de doenças, para a manutenção do peso e para a melhoria da qualidade de vida.

Veja algumas dicas para uma alimentação mais saudável durante o frio.

Sopas

IG_KNORR_sopa_de_carne_com_legumes_3_baixa160620_150634

Frio e sopa é uma ótima combinação, porém devemos ter atenção à composição e tamanho das porções consumidas. Substituir a salada com proteína grelhada por uma sopa composta por verduras, proteínas, legumes e temperos naturais pode ser uma opção saudável para os jantares de inverno.

Preparações compostas por creme de leite, macarrão e queijos gordurosos devem ser evitadas devido à maior oferta calórica. Dê preferência a preparações com verduras, proteínas magras e legumes, como chuchu e abobrinha. Se preferir uma opção com maior oferta proteica, acrescente uma proteína de origem vegetal, como feijão, grão de bico, lentilha, ervilha ou proteínas de origem animal.

Chás

chá com flores

Além da sensação de prazer e relaxamento, o consumo regular de chás pode ter efeitos positivos no organismo, devido às propriedades antioxidantes dos polifenóis. Apesar de naturais, os chás devem ser consumidos com moderação, pois o excesso de algumas substâncias pode causar efeitos colaterais.

Atualmente existe uma variedade enorme de chás indicados para vários objetivos, como, por exemplo, os chás que acalmam (maracujá, melissa, hortelã) e os estimulantes (chá mate, chá preto e chá verde).

Chocolate quente

Cocoa Powder on spoon and Dark Chocolate background

O cacau possui efeito estimulante sobre o sistema nervoso central, proporcionando uma sensação de prazer e satisfação e também ação antioxidante, auxiliando na prevenção de doenças cardiovasculares e inflamatórias. Existem no mercado muitas variações de chocolate. A opção mais saudável para o consumo é o chocolate com concentração acima de 70% de cacau.

Apesar dos efeitos benéficos que o cacau apresenta, não devemos esquecer que o chocolate geralmente possui açúcar em sua composição, o que aumenta muito seu valor calórico. Para preparar um chocolate quente mais saudável e menos calórico, utilize chocolate com concentração de cacau superior a 70% e leite desnatado.

Fondues

fondue

Criado na Suíça, o fondue atualmente é sinônimo de comida refinada, prazer e celebração, presente nas reuniões e jantares no inverno. A variedade na composição deste prato é bem grande, podendo ser preparado com diferentes tipos de queijos, chocolate e/ou caramelo, acompanhados de carnes, pães, frutas e doces.

Para não esquecer a alimentação saudável é importante fazer uma triagem dos ingredientes consumidos, por exemplo, trocar as carnes gordas por cortes mais magros, acompanhados de legumes e molhos à base de queijos magros.
Para a sobremesa, fondue de chocolate com 70% cacau, acompanhado de frutas, evitando os doces.

Por: Adriana Luiza – Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo

Seis dicas para manter a alimentação saudável no inverno

Sopas, chás, frutas e oleaginosas são opções para incluir no cardápio na estação mais fria do ano

Tire os agasalhos do armário, a estação mais fria do ano chegou. E com ela uma grande oportunidade de variar o cardápio do dia a dia. São muitas opções de sopas e caldos, massas deliciosas e bebidas quentes, que entram com mais frequência na dieta de algumas pessoas. Mas o inverno também requer alguns cuidados especiais com a alimentação.

Durante os dias mais frios, o corpo precisa aumentar o consumo de energia para manter a temperatura corporal, o que faz com que as pessoas comam mais e optem por refeições mais calóricas. A nutricionista Ellen D’Arc da Bio Mundo, rede de lojas que busca gerar saúde e bem-estar por meio de produtos saudáveis, alerta para os possíveis problemas nos excessos que o inverno pode trazer e dá algumas dicas para conservar a saúde durante essa estação.

“Nesse período é importante redobrar a atenção com o que comemos. Ficamos propensos a cometer exageros nas refeições, ao mesmo tempo que ficamos vulneráveis à algumas doenças sazonais. Manter uma alimentação equilibrada será um bom aliado para evitar esses problemas”, comenta a nutricionista.

1 – Aproveite para variar nas sopas

lena-volkova-osMNIBPQzcI-unsplash
Foto: Lena Volkova

Caldos e sopas são pratos típicos do inverno e ótimas opções para incluir no cardápio. Podem ser muito nutritivos e excelentes aliados da saúde quando bem preparados. “O uso de produtos integrais vai aumentar a sensação de saciedade, por causa das fibras, e evitar exageros. Além disso, o recomendado é combinar vegetais e legumes para deixar a refeição ainda mais nutritiva”, aconselha a especialista.

2 – Se beneficie das gorduras boas nas pequenas refeições

oleaginosas mixto pixabay.jpg

Um excelente item para incluir nas pequenas refeições do dia são as oleaginosas. São ricas em nutrientes e auxiliam no controle do nível do colesterol ruim e bom. “As vantagens dessas sementes são muitas. Por serem práticas vão ajudar a diminuir o consumo de doces e de salgadinhos que aumentam o nível do colesterol ruim”, destaca Ellen. As formas de utilizar esses grãos e sementes nas refeições são muitas. “Salpique grãos sobre saladas de frutas, vitaminas, iogurtes, caldos e sopas, chia e linhaça são excelentes opções, tornando sua refeição mais saudável e nutritiva” sugere a nutricionista.

3 – Frutas são ótimas opções também

frutas secas cristalizadas pixabay
Pixabay

Para as refeições intermediárias, a especialista ainda sugere o consumo de frutas da estação. “Uma boa alternativa é optar por frutas secas e cristalizadas, elas são mais práticas para carregar e não vão deixar você perder os nutrientes e as vitaminas que elas oferecem”, diz a nutricionista.

4 – Não esqueça da hidratação no dia a dia

water

Com o clima frio a vontade de beber água pode não aparecer tanto quanto no verão, mas isso não quer dizer que no inverno diminui a necessidade de se manter hidratado. “Independentemente da estação do ano, a água desempenha um importante papel no organismo. Além de regular a temperatura corporal, auxilia no transporte de nutrientes, na digestão e em muitas outras reações do corpo humano. Por esses motivos, mesmo quando não sentimos sede, devemos nos hidratar durante todo o dia”, comenta.

5 – As bebidas são aliadas no inverno

chá emily beeson
Foto: Emily Beeson / Morguefile

A nutricionista destaca que esse é um período para aproveitar e beber chás e sucos de frutas naturais, principalmente as que são fonte de vitamina C, mas alerta sobre o uso do açúcar refinado. “Algumas dessas bebidas podem ajudar a reforçar o sistema imunológico, por serem ricas em vitaminas e nutrientes. Os chás ainda podem exercer a função de auxiliarem o sistema digestivo e no controle do peso. Mas é importante ficar atento na hora de adoçar e não cometer exageros, uma boa opção é o uso do açúcar de coco ou mascavo”, sugere a especialista.

6 – Substituir alguns alimentos

alfarroba-1 carbo

A nutricionista sugere a substituição de alimentos comuns por integrais. Eles são ricos em fibras e promovem benefícios como o bom funcionamento do intestino, controle de açúcar no sangue e colesterol. Também prolonga a sensação de saciedade. “Investir na qualidade das refeições e não somente na quantidade é uma dica valiosa para manter a saúde e o bem-estar em dia no inverno. Substituir alguns alimentos vão ajudar no dia a dia, como por exemplo, escolher uma massa integral quando bater aquela vontade de uma macarronada, ou optar pelos chocolates mais amargos ou alfarroba, um excelente substituto para o doce”, completa Ellen.

Fonte: Bio Mundo