Arquivo da tag: frutos do mar

Semana Santa Kiichi: moqueca de robalo com frutos do mar e vinho branco português

Além do combo delivery, válido de quinta-feira até domingo(1º) até dia 4, o cliente também pode montar a ceia com outras opções de peixes e acompanhamentos

Chef Brito, do restaurante Kiichi, oferece para a Páscoa de 2021 um combo exclusivo, idealizado especialmente para a Semana Santa: moqueca de robalo com frutos do mar, disponível de 1º de abril até o domingo (4).

Bem servido, o Combo da Semana Santa (R$ 198,99) serve facilmente duas pessoas e tem como ingredientes robalo, camarão, lula, polvo e mexilhão. Vem acompanhado de arroz branco, salada verde, farofa de banana e 1 garrafa de vinho português branco seco Terras D’el Rei.

O cliente também pode optar pelo combo sem a garrafa de vinho (R$ 147,00) ou montar a própria ceia com outras opções de peixes e acompanhamentos (todas servem duas pessoas). São elas: Buri grelhado com ervas e tempero tradicional -300g (R$ 55,00), Black Cod marinado ou grelhado- 335g (R$ 65,00), Robalo grelhado (R$ 56,00), Cioba frito inteiro (R$ 75,00), Farofa de Banana (R$ 12,60), Salada Verde (R$ 15.00), Arroz branco (R$ 13,60) e Vinagrete (R$ 13,00).

Sem necessidade de agendamento, o cliente pode fazer o pedido pelos canais de delivery do restaurante, nos quais também encontra uma grande variedade de bebidas, ótimas sobremesas, opções diversas de pratos tradicionais da casa e outras promoções.

Delivery Kiichi: pedidos podem ser feitos por aplicativo próprio do Kiichi, disponível para IOS e Android, pelo site, por telefone 11 3051-3330 ou iFood. O horário do serviço de delivery é das 11h às 23h.

Festival do Pescado Ceagesp tem kits de Natal e Ano Novo

O Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp termina no próximo dia 20 de dezembro. Mas quem quiser prolongar os sabores do evento para o Natal ou para o Ano Novo pode encomendar Kits com alguns pratos à base de peixes e frutos do mar que fazem sucesso no evento.

O público terá duas opções disponíveis para encomendas: o Kit Paella, por R$ 329,90, e o Kit Salmão, por R$ 369,90. Cada um deles serve até cinco pessoas e ainda dá direito a um espumante nacional e a um panetone de 400g. Os dois kits ainda virão acompanhados de cinco Casquinhas de Siri e um Kit Acarajé (5 unidades de Acarajé, Vatapá, Camarão, Vinagrete e Pimenta).

O que tem nos kits

O Kit Paella segue com uma porção de 1,2 kg de Paella à Marinera, um dos pratos mais apreciados do Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp. Esse kit também tem uma porção de Moqueca de Cação à Baiana (1,2kg), com arroz branco e farofa de banana da terra, e uma Salada de Frutos do Mar, com Camarão, Lula, Marisco, Vôngole e Kani Kama.

No Kit Salmão, o público encontra quatro postas de 200g de Salmão Grelhado, com molho de champignon paris, brócolis e pupunha, como acompanhamentos. Também faz parte desse kit uma porção de Bobó de Camarão (1,2kg), com arroz branco de acompanhamento. Além de tudo isso, segue ainda uma Maionese de Bacalhau (700g), com azeitonas pretas e ovos cozidos.

As retiradas das encomendas serão no Espaço Gastronômico Ceagesp, com entrada pelo Portão 4 do entreposto (av. Dr. Gastão Vidigal, altura do 1.946 – Estacionamento). As entregas em domicilio serão feitas na região metropolitana de São Paulo, mediante frete a combinar no momento da encomenda. Todos os pratos serão entregues resfriados para finalização em casa.

Últimos dias da Edição 2020

Quem ainda não veio ou pretende voltar, têm poucos dias para visitar o Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp. Esta é a penúltima semana do evento gastronômico, realizado na Ceagesp desde 2013. A edição 2020 começou neste ano um pouco mais cedo do que o normal, em agosto.

A previsão é de que mais de 25 mil pessoas devem saborear mais de 20 toneladas de peixes e de frutos do mar. Só de camarão, até agora, foram consumidos cerca de 10 toneladas. A Paella à Marinera, gigante, e os Camarões Assados servidos no espeto à vontade nas mesas, são as grandes atrações do evento.

O Festival do Pescado funciona de quinta a domingo no Espaço Gastronômico Ceagesp. Às quintas e sextas-feiras, o horário é das 18h às 22h. Aos sábados, das 12h até as 22h. Aos domingos, das 12h às 17h. O valor por pessoa é de R$ 98,90 com tudo incluso, exceto bebidas e sobremesas.

Serviço

Kits de Fim de Ano – Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp (Servem até cinco pessoas)

Casquinha de Siri
Acarajé
Paella

Moqueca

O que vem no Kit Paella
5 Casquinhas de Siri
Kit Acarajé (5 unidades de Acarajé, Vatapá, Camarão, Vinagrete e Pimenta)
1,2 kg de Paella à Marinera
1,2 kg de Moqueca de Cação à Baiana – Acompanham arroz branco e farofa de banana da terra)
1 Salada de Frutos do Mar (camarão, lula, marisco, vôngole e kani kama)
1 Panetone
1 Espumante nacional

O que vem no Kit Salmão
5 Casquinhas de Siri
5 unidades de Acarajé, Vatapá, Camarão, Vinagrete e Pimenta
Salmão Grelhado (4 postas de 200g cada) – Acompanham molho de champignon, brócolis e pupunha
Bobó de Camarão (1,2kg) – Acompanha arroz branco
Maionese de Bacalhau (700g) – Acompanham azeitonas pretas e ovos
1 Panetone
1 Espumante nacional

Preços: Kit Paella, R$ 329,90 | Kit Salmão, R$ 369,90
Para o Natal: Encomendas até 22/12 |Entrega ou retirada em 24/12 – das 10h às 17h
Para o Ano Novo: Encomendas 1té 29/12 |Entrega ou retirada em 29/12 – das 10h às 17h
Atenção: Todos os pratos serão entregues resfriados para finalização em casa

As encomendas para o Natal devem ser feitas até o próximo dia 22 de dezembro. A entrega ou retirada dos kits será no dia 24/12, das 10h às 17h. Quem optar pela Ceia de Ano Novo, deve fazer o pedido até o dia 29 de dezembro. Nesse caso, a entrega ou retirada será no dia 31/12, também das 10h às 17h. Os pedidos devem ser feitos pelo telefone 11-3675-0219 ou pelo WhatsApp 11-9-4081-2910.

Seis questões que podem te fazer incluir mais peixes na alimentação

Pesquisadora da Secretaria de Agricultura e Abastecimento informa que peixe é um alimento saudável para adultos e crianças

O peixe é um alimento rico em proteínas de alto valor biológico e minerais, como cálcio, zinco, magnésio e ferro, além de algumas espécies serem fonte de gordura boa, como o ômega 3. O pescado é um alimento altamente nutritivo e traz como mais uma vantagem a preparação rápida, em poucos minutos, trazendo praticidade para o dia a dia das famílias.

A pesquisadora do Instituto de Pesca (IP-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo, Cristiane Rodrigues Pinheiro Neiva, responde seis dúvidas frequentes sobre o consumo de pescado que vão te fazer incluir mais peixes na alimentação. Confira!

Quais as melhores espécies para consumir?

Pixabay

No Brasil é possível encontrar uma rica diversidade de espécies de pescado, ou seja, de peixes, crustáceos (camarões e caranguejos), moluscos (ostras, mexilhões, polvo e lula), répteis (rã e jacaré), além de algas. “Portanto, temos muitas oportunidades de variar o consumo de espécies marinhas ou de água doce, provenientes da pesca ou da aquicultura ou ainda em preparações simples ou gourmet”, diz Cristiane. Os consumidores podem variar a preparação utilizando pescados magros, como pescada, linguado, merluza ou bacalhau, e gordos, como sardinha, salmão, atum e cavalinha. “O sabor de cada espécie sofre influências do conteúdo de gordura, sendo, em geral, os peixes gordos considerados por alguns consumidores como os mais saborosos, enquanto os magros apresentam sabor suave e agradam paladares mais requintados”, explica a pesquisadora do IP.

Os benefícios à saúde são reais?

Sim. Segundo Cristiane, há muitos dados científicos sobre os benefícios que o consumo de pescado e algas trazem a saúde, como redução do risco de morte por doença coronária e derrame, diminuição do risco de diabetes, aumento do período de gestação e melhora do desenvolvimento cognitivo e do desenvolvimento neural infantil – quando consumido antes e durante a gestação – e redução do risco de câncer de tireoide em mulheres.

O pescado é um alimento do futuro?

De acordo com a pesquisadora do IP, o pescado representa um alimento importante para o futuro em termos de nutrição, segurança alimentar e sustentabilidade e é a terceira proteína mais consumida pela humanidade depois de cereais e leite. “Uma alimentação rica e segura na infância estimula uma alimentação saudável na vida adulta. Portanto, a criança que cresce comendo peixe, provavelmente será um consumidor saudável quando adulto”, afirma.

Não gosto do cheiro… o que fazer?

O cheiro de peixe pode ser desagradável para muitas pessoas e é um indicador de como está o frescor do pescado, sendo uma característica importante para ser observada na compra do produto. “Peixes frescos e com qualidade apresentam cheiro e sabor suaves, sendo os odores ruins sinais de deterioração. Escolha locais de compra que demonstrem e garantam a procedência e os cuidados higiênicos e sanitários necessários e recomendados pelas autoridades sanitárias”, explica Cristiane. Como o peixe e os frutos do mar estragam mais rápido do que outras carnes, organize-se quanto a quantidade comprada e sua conservação refrigerada até o momento do preparo. Na dúvida congele pequenas porções a serem consumidas de cada vez, descongele-as sob refrigeração e evite o recongelamento.

Como fazer com a presença de espinhas?

Lena Eriksson/Pixabay

Algumas espécies de peixe possuem pequenos ossos ou espinhas intramusculares, o que pode causar acidente na hora do consumo. A sugestão é atenção para a retirada desses espinhos antes do consumo ou o preparo de peixes sem esses organismos, como cação, pirarucu, pintado, tambaqui e bagre, principalmente, quando se for servir pratos à base de pescado para as crianças. Outra opção é a compra de filé ou de carne mecanicamente separada que apresentam menores chances de terem espinhas.

Peixe pode ser consumido por crianças?

Sim, podem. Os especialistas em saúde recomendam incluir o pescado de duas a três vezes por semana para adultos, com porções de 100 a 120g, e de uma a duas vezes por semana para as crianças com porções de 30g a mais, conforme a idade. O Guia Alimentar para Crianças Menores de 2 anos, desenvolvido pelo Ministério da Saúde, recomenda a partir do sexto mês, pode-se fazer a introdução do peixe na dieta dos bebês.

As crianças podem ser mais receptivas ao pescado se a escolha começar por espécies com sabor mais suave como a pescada, a tilápia ou o linguado. Para conquistar o paladar infantil busque novas formas de preparo e inove nas receitas.

Cristiane sugere o preparo, por exemplo, de iscas ou pedaços de peixes empanados em casa. “Comece temperando o peixe com sal e limão, mergulhe as tiras no ovo batido e cubra com farinha de rosca caseira, regue com azeite, leve ao forno e sirva com um delicioso molho de iogurte ou mostarda com mel. O preparo ao forno de filés com azeite, tomates, cebolas e batatas em rodelas e ervas frescas, pode ser uma ótima alternativa a fritura! Não esqueça da praticidade dos enlatados no preparo de saladas de batata, patês e molhos para massas”, orienta a pesquisadora do IP.

Muitas crianças têm acompanhado o aumento de consumo de peixes crus, o qual pode acontecer com os cuidados relacionados a manipulação e conservação adequados antes do preparo para que não haja risco de contaminação microbiológica. “O peixe cru fica delicioso e mais seguro se servido como ceviche, mergulhado no caldo de limão, azeite e rodelas finas de cebola”, diz Cristiane.

Mais informações

Para mais informações sobre o consumo de pescado, acesse as publicações da série Pescado é Saúde, produzidas pelo IP e a Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios (Codeagro):

Pescado é Saúde – Aproveitamento Integral do Pescado
Pescado é saúde: salga, secagem e defumação
Pescado é saúde: uso do frio

Crianças: hambúrguer de siri é prato especial no Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp

Nesta semana, o Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp oferece uma atração especial para a garotada. Vai ter Hambúrguer de Siri para os pequenos comerem o quanto quiser. Esse prato exclusivo vai ser servido de quinta a domingo em comemoração ao Dia da Criança, acompanhado de batatas smiles.

O Hambúrguer de Siri já virou tradição para a criançada nesta época do ano. E, neste ano, não poderia ser diferente no Festival do Pescado. Para garantir esta tradição, que sempre faz muito sucesso com as crianças, já estão sendo preparados centenas desses hambúrgueres especiais. Para os adultos, como sempre, muito camarão, peixes e frutos do mar também para comer à vontade.

O cardápio do Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp oferece mais de 50 itens à base de peixes e frutos do mar. Os Camarões Assados servidos nas mesas e a Paella à Marinera, gigante, feita num tacho de mais de um metro de diâmetro, são os pratos mais tradicionais do evento, servidos todos os dias.

Peixes

Caranguejada

Mas o evento oferece ainda muitas outras opções para comer o quanto quiser. Toda semana, por exemplo, o público encontra receitas preparadas com vários peixes. Quem for ao Festival nesta semana (de 8 a 11/10), vai encontrar Pescada de Cambucu, Filé de Dourada, Cação com Molho de Alcaparras, entre outras opções.

Todo dia, também tem pratos especiais inclusos no cardápio. A quinta-feira é dia de Caranguejada. Toda sexta tem Lagosta Sapateira ao Molho Thermidor. Sábado dá para comer Ostras o quanto quiser. A semana encerra no domingo com o Fettuccine Alfredo com Camarão Parmesão Grana Padano. Isso sem contar o prato da garotada durante toda esta semana.

A recepção começa com os pratos de entrada, como Casquinha de Siri e Acarajé. Ao entrar no salão do festival, o público encontra um completo buffet de saladas diversas, que incluem várias opções com frutos do mar. Quem for ao evento também tem à disposição todos os pratos de acompanhamento, os peixes da semana e os camarões e a paella, as grandes atrações do evento.

Crianças

Hambúrguer de Siri

Pelo preço fixo de R$ 98,90 por pessoa, o público pode comer, quantas vezes quiser, todas as opções oferecidas (exceto bebidas e sobremesas). Crianças de até cinco anos não pagam o valor do Festival. De seis a dez anos, pagam metade do preço. No Festival não há cobrança de taxa de serviço.

O Festival do Pescado e Frutos do Mar funciona de quinta a domingo no Espaço Gastronômico Ceagesp. Às quintas e sextas, o horário é das 18h às 22h. Aos sábados e domingos, funciona das 12h às 17h. É recomendável fazer reservas antecipadamente.

Segurança

O público pode ficar tranquilo quanto à segurança. Os Festivais Gastronômicos Ceagesp cumprem todas as determinações das autoridades de saúde e da prefeitura. A entrada só é permitida com o uso de máscara e após medição de temperatura corporal. Na entrada, há um totem de álcool em gel, além de tapete sanitizante.

As mesas estão dispostas com espaçamento uma das outras, assim como as cadeiras. Cada mesa conta ainda com álcool em gel à disposição. Para se servir no buffet, a pessoa precisa utilizar luvas descartáveis disponíveis no local. Todos os colaboradores contam com equipamentos de proteção individual. Isso sem contar que há limitação do número de pessoas de acordo com as regras estabelecidas para o funcionamento do evento.

O acesso é pelo Portão 4 da Ceagesp (altura do nº 1.946 da av. Dr. Gastão Vidigal, na Vila Leopoldina – São Paulo-SP). O estacionamento, também no Portão 4, tem preço fixo especial para os frequentadores do Festival.

Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp – Edição 2020
Quando: até 20 de dezembro.
Horários: quinta e sexta, das 18h às 22h (jantar). Sábado e domingo, das 12h às 17h (somente almoço).
Preço: R$ 98,90 por pessoa. Crianças até 5 anos não pagam. De 6 a 10, pagam metade do valor do Festival. Bebidas e sobremesas são cobradas à parte.
Onde: no Espaço Gastronômico Ceagesp
Endereço: Portão 4 da Ceagesp (altura do nº 1.946 da av. Dr. Gastão Vidigal, na Vila Leopoldina – São Paulo – SP).
Estacionamento: Portão 4, com preço fixo especial para o festival.
Reservas: clique aqui

Aproveite as noites de inverno para preparar diversas opções de fondues

Noites frias que são ideais para reunir a família. Esse é o momento de preparar receitas para compartilhar, como a fondue. De origem suíça, é um queridinha da temporada e pode ser preparada com queijos, carnes, chocolates, morangos e diversos acompanhamentos.

Por isso, o time de Receitas Nestlé listou opções de fondues repletas de sabor para você preparar para a noite de inverno. Aproveite e faça algo especial para seus familiares; Confira:

A Fondue de 3 Queijos é ideal para quem busca o prato na versão salgada. A receita é fácil de preparar e rende até seis porções, além de muito saborosa para compartilhar na noite de inverno. Receitas Nestlé / Marcelo Resende

Ingredientes
2 e meia xícara (chá) de Leite Líquido Ninho Forti+ Integral
1 pacote de Maggi Creme de Queijo
1 xícara (chá) de queijo prato em cubos
meia xícara (chá) de queijo parmesão ralado
1 pitada de pimenta-do-reino
1 pitada de noz-moscada 1 caixinha de Nestlé Creme de Leite
1 dente de alho

Modo de preparo
Em uma panela, acrescente o Leite Ninho e o Maggi Creme de Queijo. Misture e deixe cozinhar por cerca de 5 minutos ou até engrossar, em fogo médio com a panela destampada. Acrescente os queijos, a pimenta e a noz-moscada. Mexa bem para derreter os queijos, acrescente o Nestlé Creme de Leite e reserve. Em uma panela especial para fondue, esfregue o alho por toda a superfície interna para que o aroma do alho passe de forma delicada para os queijos. Coloque a mistura reservada e ligue a chama. Deixe que cada pessoa se sirva, espetando na ponta de um garfo longo um cubo de pão e mergulhando-o na fondue.

Dicas:

  1. Caso não tenha a panela própria para fondue, sirva na panela convencional, esquentando a fondue quando necessário.
  2. Sirva com o acompanhamento de sua preferência: pão italiano, pão francês, batata bolinha, carne ou legumes.
  3. Se desejar, substitua meia xícara (chá) de Leite Líquido NINHO Forti+ Integral por vinho branco.

A Fondue de Frutos do Mar é uma opção para quem busca ousar na preparação de fondues salgados e surpreender a turma toda. A receita rende até cinco porções e é super rápida de preparar. Receitas Nestlé/Iara Venanzi.

Ingredientes
meia colher (sopa) de azeite
2 talos de alho-poró em cubos bem pequenos
meio pimentão verde em cubos bem pequenos
1 tomate , sem pele e sem sementes, em cubos bem pequenos
1 xícara (chá) de vinho branco
meia colher (chá) de açafrão da terra (ou cúrcuma) 1 stick de Maggi Meu Segredo
250 g de peixe de carne firme em cubos (como abadejo, robalo, etc)
200 g de salmão em cubos
250 g de camarão médio sem casca

Acompanhamento:
cogumelos shimeji
brócolis aferventados
vagens aferventadas
molhos cremosos de Picles e Mostarda; Iogurte com Manjericão; e Limão Siciliano com Tomilho.

Modo de preparo
Em uma panela aqueça o azeite e refogue o alho-poró, o pimentão e o tomate. Junte o vinho branco, o açafrão-da-terra, o Maggi Meu Segredo e 2 xícaras (chá) de água quente e espere ferver. Transfira para uma panela para fondue, coloque sobre o fogareiro e mantenha com chama alta, para que o caldo ferva. Deixe que cada pessoa se sirva, espetando um pedaço de peixe (camarão ou ainda um dos vegetais) na ponta de um garfo de cabo longo (próprio para fondue) e coloque no caldo fervente, deixando cozinhar até o ponto desejado. Coloque sobre um prato e deguste com os molhos e acompanhamentos de sua preferência. Molho de Picles e Mostarda: Misture bem 1 caixinha de Creme de Leite Nestlé, 2 pepinos pequenos em conserva picados, meia colher (sopa) de alcaparras picadas e 1 colher (sopa) de mostarda. Tempere com sal a gosto e adicione 1 colher (sopa) de cebolinha verde picada. Sirva a seguir. Molho de Iogurte e Manjericão: Misture bem 2 potes de Iogurte Nestlé Grego Culinário (110 g cada), 10 folhas de manjericão picadas e 1 dente de alho amassado. Tempere com sal e pimenta-do-reino a gosto e sirva a seguir. Molho de Limão: Misture bem 1 lata de Creme de Leite Nestlé Light, meia colher (sopa) de raspas da casca de limão siciliano, 1 colher (sopa) suco de limão siciliano, 1 colher (chá) de tomilho fresco, meia colher (chá) de sal e pimenta-do-reino a gosto. Sirva a seguir.

A Fondue de Brigadeiro é a opção de sobremesa que remete ao sabor de um doce queridinho de muitos e é a favorita de muitos para essa época de inverno. É fácil de preparar e rende até dez porções, além de ser muito saborosa. Essa fondue é ideal para acompanhar com morangos, bananas e uvas ou outras frutas da preferência. Receitas Nestlé / Sheila Oliveira.

Ingredientes
1 Leite Moça (lata ou caixinha)
100 g de Chocolate Classic Meio Amargo
1 colher (sopa) de manteiga 1 caixinha de Nestlé Creme de Leite

Acompanhamento:
1 caixinha de morangos
2 bananas em rodelas
1 xícara (chá) de uvas-verdes sem sementes
4 colheres (sopa) de chocolate granulado

Modo de preparo
Em uma panela, coloque o Leite Moça, o Chocolate Nestlé Classic e a manteiga. Misture bem e leve ao fogo médio, por cerca de 5 minutos ou até obter consistência de brigadeiro mole. Desligue o fogo, junte o Nestlé Creme de Leite e misture bem. Transfira para uma panela de fondue, coloque sobre o fogareiro e mantenha em chama baixa. Deixe que cada pessoa se sirva, espetando um pedaço de fruta na ponta de um garfo de cabo longo (próprio para fondue), mergulhando-o na fondue e depois no chocolate granulado.

A Fondue de Doce de Leite é uma opção para quem buscar diferenciar na preparação da receita. É rápida e fácil de fazer. Receitas Nestlé / Sheila Oliveira

Ingredientes
1 Leite Moça (lata ou caixinha)
1 lata de Nestlé Creme de Leite
3 xícaras (chá) de frutas picadas (morango, uva e banana)

Modo de preparo
Retire o rótulo e o excesso de cola da lata de Leite Moça, coloque-a fechada em uma panela de pressão e adicione água suficiente para cobri-la. Tampe a panela e cozinhe em fogo médio por 15 minutos (contados após início da fervura). Espere sair toda a pressão, abra a panela, retire a lata com cuidado e deixe-a esfriar antes de abri-la. Transfira o conteúdo para uma panela própria para fondue, junte o Nestlé Creme de Leite e misture bem para ficar homogêneo, mantendo a chama baixa. Deixe que cada pessoa se sirva, espetando um pedaço de fruta na ponta de um garfo de cabo longo (próprio para fondue) e mergulhando-o na fondue.

Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp amplia atendimento ao público

A partir desta semana, o Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp tem novos dias e horários de atendimento. Com a flexibilização das medidas restritivas na cidade de São Paulo, agora o evento passa a ocorrer de quinta a domingo. Às quintas e sextas-feiras, o horário é das 18 às 22 horas. Aos sábados e domingos, o funcionamento é do meio-dia às cinco da tarde.

Com toda a segurança que o momento exige, o público ganhou mais dois dias para aproveitar todas as atrações do Festival do Pescado e Frutos do Mar. O evento, realizado na Ceagesp todos os anos, desde 2013, começaria em setembro, mas foi antecipado para o início de agosto, aos sábados e domingos na hora do almoço.

Agora, o público também passa a ter a opção de jantar às quintas e sextas-feiras. A mecânica continua igual. O cardápio conta sempre com muitos peixes e frutos do mar, principalmente camarões. Tudo à vontade, para comer quantas vezes quiser.

Camarões

Delivery Pescado Paella

Paella à Marinera, gigante, feita num tacho de mais de um metro de diâmetro, e os Camarões Pistola, servidos no espeto, à vontade nas mesas, são as grandes atrações deste evento. Mas o público encontra mais de 40 itens, de entradas a pratos quentes, passando por uma farta mesa de saladas.

Para ajudar a manter o distanciamento e evitar aglomerações, o atendimento ao público é feito somente por meio de reservas. Quem quiser participar do evento, deverá escolher dia e horário no site. Para saber tudo o que vai encontrar por lá nesta semana, também dá para ver na página.

Crianças

A Edição 2020 do Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp vai até o dia 20 de dezembro. Para comer à vontade todos os itens do cardápio, o valor por pessoa é de R$ 89,90 (bebidas e sobremesas à parte). Crianças até cinco anos não pagam. De seis a dez anos, pagam metade do valor do festival. Não há cobrança de serviço.

O acesso ao Festival é feito pelo Portão 4 da Ceagesp (Av. Dr. Gastão Vidigal, altura do número 1.946, na Vila Leopoldina, zona oeste da capital). O estacionamento para automóveis, no mesmo local, tem preço especial de R$ 14,00 para os participantes do evento.

Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp – Edição 2020
Quando: até 20 de dezembro
Onde: Espaço Gastronômico Ceagesp
Endereço: Portão 4 da Ceagesp – av. Dr. Gastão Vidigal, 1.946 – Vila Leopoldina – zona oeste da capital
Horários: quinta e sexta, das 18h às 22h | sábado e domingo, das 12h às 17h
Preço: R$ 89,90 por pessoa (tudo incluído, exceto bebidas e sobremesas) | Crianças até cinco anos não pagam. De seis a dez anos, pagam metade do valor.
Reservas: Festivais Ceagesp

Festivais Gastronômicos Ceagesp adotam o sistema de delivery

Um dos eventos mais tradicionais da cidade aderiu ao sistema de entregas em domicílio para atender aos seus milhares de fãs. Quem quiser receber em casa pratos dos Festivais Gastronômicos Ceagesp pode fazer pedidos pelo iFood, por telefone ou WhatsApp.

Pelo iFood, basta procurar por Festival de Sopas Ceagesp, Festival do Pescado e Frutos do Mar e Salada Online. Também dá para ligar para o 11-3675-0219 ou pedir pelo WhatsApp 11-94081-2910. Os pedidos de sopas também podem ser feitos pelo site Cia. das Sopas.

Por enquanto, a área de entregas de pratos quentes, pelo iFood, está restrita a bairros da zona oeste, próximos à Ceagesp (ver lista abaixo). Em breve, a cobertura vai atingir mais regiões da cidade. Porém, pelo site Cia. das Sopas , é possível encomendar a entrega de sopas congeladas para toda a região metropolitana de São Paulo.

Enquanto estiver valendo a recomendação de distanciamento social, esta será a forma de as atrações dos Festivais Gastronômicos Ceagesp chegarem até o público. É possível pedir para entrega as famosas sopas do tradicional Festival de Sopas Ceagesp. Também dá para encomendar pratos do Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp, do Festival de Camarão e Massas, além de uma variada seleção de saladas.

Sopa de Cebola Gratinada Saco (Divulgacao)

A Sopa de Cebola Gratinada, por exemplo, chega quentinha, em embalagem de 500 ml, por R$ 26,00 (mais taxa de entrega).

Delivery Pescado Paella

A porção de 600 g de Paella à Marinera, que serve bem duas pessoas, pode ser encomendada por R$ 64,90.

Delivery Pescado Camarão Rosa

Seis Camarões Rosa, os mesmos do famoso Espeto servido nos Festivais, saem por R$ 99,00 pelo delivery.

Todos os pratos dos Festivais Gastronômicos Ceagesp chegam até a casa dos fãs com a mesma qualidade de sempre. Os ingredientes fresquinhos, direto do maior entreposto de alimentos da América Latina, a Ceagesp, da Vila Leopoldina.

Caldinho de Feijão com aroma de cachaça_(Divulgação).4Caldo verde (Divulgação)r1Canja com Galinha20190425_0006Sopa de Cebola_sem gratinar (Divulgacao)Delivery Pescado Casquinha

Alguns dos bairros atendidos pelo iFood:

Vila Leopoldina, Lapa, Alto da Lapa, Alto de Pinheiros, Pinheiros, Vila Leopoldina, Vila Romana, Perdizes, Água Branca, Vila Anastácio, Vila Jaguara, Vila Ipojuca, Jaguaré, Butantã, Cidade Universitária, entre outros bairros da zona oeste.

Festivais Gastronômicos Ceagesp – Delivery
• Pelo iFood: (procurar por Festival de Sopas Ceagesp, Festival do Pescado e Frutos do Mar e Salada Online)
• Pelo telefone: 11-3675-0219
• Pelo WhatsApp: 11-94081-2910
• Pelo site: Cia. das Sopas

Restaurante Praça São Lourenço lança Menu do Mar

Salmão Selvagem Sockeye do Alasca é um dos destaques do novo cardápio

O charmoso restaurante Praça São Lourenço lançou o Menu do Mar com receitas saborosas e saudáveis de peixes e frutos do mar. Um cardápio especial que vai até final de março no qual cada prato principal acompanha uma entrada e uma sobremesa. Entre os destaques do novo menu, brilha o Salmão Selvagem Sockeye do Alasca.

Repleto de ômega 3, ferro e baixo teor de gordura, o salmão é muito nutricional, pois os peixes naturais, selvagens e sustentáveis do Alasca vivem soltos nos mares do estado norte-americano e não em cativeiro, como a maioria dos peixes disponíveis no mercado.

Menu do mar

sao lourenço

Entradas: lula, camarão e manjubinha em migas de pão no forno a lenha e maionese de cerveja; Salada de Algas com farofa de castanha do Brasil e vinagrete de coco; Vinagrete de Mexilhão e espuma do mar.

churrasquinho de vieira
churrasco de vieiras, salada de maionese de coral, pão de alho com camarão seco e farofa de botarga

Praça São LourençoSalmão Sockeye
Salmão Selvagem Sockeye Unilateral, legumes enterrados na brasa, cristais de mel e gel de dill

Principais: churrasco de vieiras, salada de maionese de coral, pão de alho com camarão seco e farofa de botarga (R$ 138,00); Salmão Selvagem Sockeye Unilateral, legumes enterrados na brasa, cristais de mel e gel de dill (R$ 98,00); Atum de Barbatana Amarela com missô, cogumelo eryngui, arroz crocante e salada de ervas (R$ 93,00); Peixe Fresco, milho e echalote tostados, pipoca de escamas e caldo de pepino (R$ 84,00); Miniarroz com Lula, Polvo, Camarão, Mexilhão e Peixe Fresco, gel de cebolinha (R$ 89,00) e Paleta de Cordeiro com Aliche, salada fresca, purê de alho e alho caramelizado (R$ 116,00).

Sobremesas: sorbet de Cambuci, pó de alga e algas caramelizadas; Caipirinha do Seu Dino: sorbet de caju, gelatina de cachaça com gengibre e rapadura.
Peixes do Alaca: selvagem, natural e sustentável

Provenientes da costa do Alasca, entre o Mar de Bering e o Golfo, uma das regiões mais preservadas do mundo, as cinco espécies de Salmão Selvagem do Alasca (Real, Vermelho, Prateado, Keta e Rosa), o Cod do Alasca (espécie Gadusmacrocephalus), a Polaca do Alasca, o Halibut (em português, Alabote do Alasca), as diversas espécies de peixes Solha e o Black Cod ou Guindara do Alasca, fazem parte de um seleto grupo de frutos do mar e peixes selvagens de muito prestígio no mercado gastronômico.

Diferentemente dos peixes criados em cativeiros, têm baixo teor de gordura saturada e muito ômega 3 (ácido graxo extremamente benéfico ao organismo). “Nosso objetivo é que, cada vez mais, o consumidor tenha conhecimento dos benefícios e diferenciais dos peixes do Alasca. Todos com o selo de garantia de uma indústria que preza pelo controle de pesca e o meio ambiente”, diz Carolina Nascimento, porta voz do Alaska Seafood no Brasil.

Restaurante Praça São Lourenço – Rua Casa do Ator, 608 – Vila Olímpia – São Paulo

Hoje é dia de comer lagosta à vontade na Ceagesp

Toda sexta-feira, agora, dá para comer Lagosta Sapateira à vontade na Ceagesp. O prato é a novidade desta Edição de Verão do Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp. Outro prato novo do evento, que vai até 1º de março, é o Chiclete de Camarão, servido exclusivamente aos sábados.

Às quartas-feiras, tem Caranguejada. O prato especial de quinta são as Ostras Frescas. No domingo, Macarrão com Camarão, servido no interior de um queijo parmesão Grana Padano, encerra a semana gastronômica na Ceagesp. E esses são apenas algumas das dezenas de pratos à base de peixes e frutos do mar oferecidos na Edição de Verão do Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp deste ano.

Mas as atrações clássicas do evento continuam fazendo sucesso neste. Os Camarões no Espeto, servidos à vontade nas mesas, e a Paella à Marinera, gigante, feita num tacho de mais de um metro de diâmetro, são oferecidos todos os dias da semana.

Nesta Edição de Verão, o público também já começa a comer assim que chega ao evento. Casquinha de Siri e Acarajé feito na hora são alguns dos pratos de entrada. No salão principal do Espaço Gastronômico Ceagesp, o público encontra ainda muita salada com frutos do mar e os pratos de acompanhamento.

Chiclete de Camarão (Foto Divulgação)_0120
Chiclete de Camarão – Foto Divulgação

Lagosta Sapateira Grelhada (Foto Divulgação)_MG_5293
Lagosta Sapateira Grelhada – Foto Divulgação

Toda semana, as pessoas também podem comer à vontade receitas diferentes preparadas com peixes de água doce e salgada. Nas semanas seguintes, novos peixes em novas receitas substituem os da semana anterior. A ideia é mostrar toda a variedade de pescados que são comercializados no maior entreposto de alimentos do País.

Funcionamento

Para comer à vontade todas as opções, o preço por pessoa é de R$ 89,90. Bebidas e sobremesas não estão incluídas nesse valor. Criança de até cinco anos não paga. De seis a dez, paga metade do preço. No Festival da Ceagesp, também não há cobrança de taxa de serviço.

A Edição de Verão 2020 do Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp funciona de quarta a domingo. De quarta a sexta, o horário é das 18h à 0h. Aos sábados, das 12h às 17h, e das 18h à 0h (almoço e jantar). Aos domingos, das 12h às 17h (somente almoço).

A entrada é pelo Portão 4 da Ceagesp, na altura do 1.946 da av. Dr. Gastão Vidigal, na Vila Leopoldina, zona oeste da capital. O estacionamento para automóveis, no mesmo local, tem preço especial de R$ 14,00 para os frequentadores do evento.

Edição de Verão – 2020 do Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp
· Quando: até 1º de março
· Horários: de quarta a sexta, das 18h às 24h. Aos sábados, das 12h às 17h, e das 18h às 24h. Aos domingos, das 12h às 17h
· Preço: R$ 89,90 por pessoa (não haverá cobrança de taxa de serviço). Criança até cinco anos, não paga. De seis a dez, paga metade do valor.
· Onde: Espaço Gastronômico Ceagesp
· Endereço: Portão 4 da Ceagesp – Av. Dr. Gastão Vidigal, altura do 1.946, na Vila Leopoldina, zona oeste da capital.
· Estacionamento: no mesmo local (preço especial de R$ 14,00 para os frequentadores do evento)

Petiskin do Bob oferece opções veganas inspiradas em sabores que vêm do mar

Entre as mais populares estão releituras de pratos já clássicos, como a casquinha sem siri, a moqueca sem peixe e os camarões veganos

Para quem é vegano, gosta de novidades e acredita que é difícil comer bem em uma casa especializada em culinária litorânea, é preciso conhecer o Restaurante Pestiskin do Bob. O espaço oferece versões feitas com plantas de pratos tradicionais, como o surpreendente camarão, que impressiona pelo rico sabor e pela textura perfeita.

Zenílton Alves Bonfim, mais conhecido como Bob, é quem, desde 2015, administra o restaurante. De quinta a terça-feira, o empresário faz questão de atender e acompanhar todos os clientes do estabelecimento, checando cada detalhe.

“Tenho mais de 25 anos de experiência no ramo e meu compromisso aqui é garantir ao nosso cliente a sua melhor experiência com a comida e com o atendimento”, diz Bob. De segunda a sexta-feira o local conta com um cardápio executivo de opções fixas, mas os demais pratos do cardápio estendidos podem ser pedidos a qualquer momento.

A clientela é bem variada – chegam famílias, casais ou grupos de amigos de qualquer idade, a qualquer hora. Bob conta que vem gente de toda a cidade, ou mesmo de fora, visitar a casa, ainda que a maioria dos clientes habituais more na região. A maioria dos frequentadores é formada por conhecidos dele de longa data: “A vantagem para quem mora aqui, na Pompéia, é poder vir caminhando, escolher almoçar ou jantar, ou apenas se sentar para beber uma caipirinha ou uma cerveja, sem maiores preocupações”.

casquinha de siri veganmoqueca vegan

O restaurante conta com diversas opções em versões veganas, entre eles a casquinha sem siri, recheada de jaca verde desfiada e coberta com queijo ralado gratinado, feito de amêndoas (©Galpão Cucina). O queijo sabor chèvre, da mesma empresa, é feito à base de castanha de caju e realça o sabor da isca sem peixe, servida com arroz e brócolis.

camarao vegetal.jpg

Os camarões veganos, extremamente saborosos, vêm acompanhados de chips de batata doce, molho tártaro e maionese vegana. A moqueca condimentada, no melhor estilo baiano, leva banana da terra, tomate, pimentão, abóbora e, claro, azeite de

Petiskin do Bob – Rua Ministro Miranda de Azevedo, 658 – Pompéia – São Paulo