Arquivo da tag: frutos do mar

Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp é dica para feriado

O Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp é uma boa dica gastronômica para quem estiver em São Paulo no feriado de 15 de Novembro. O evento, realizado na Ceagesp desde 2013, oferece mais de 50 itens para o público comer o quanto quiser em receitas com muito peixe e frutos do mar.

No dia da Proclamação da República, o festival abrirá, excepcionalmente, apenas para o almoço. O horário especial do feriado será das 12h até as 17h. O evento gastronômico atrai milhares de pessoas todos os anos ao maior entreposto de alimentos da América Latina, de setembro a dezembro.

Os camarões, oferecidos de diversas maneiras, são destaque do evento, previsto para terminar no dia 22 de dezembro. A principal atração é o espeto de camarão servido à vontade nas mesas. Outro prato que é sucesso de público é a paella à marinera, gigante, apresentada num tacho de mais de um metro de diâmetro, repleta de camarões e de outros frutos do mar.

Pirarucu

17-09-16-pirarucu-37_credito-eduardo-bacani
Foto: Eduardo Bacani

O visitante já começa a comer assim que chega ao festival. Entre os pratos de entrada, o público encontra, por exemplo, casquinha de siri e acarajé, feito e servido na hora por uma baiana vestida a caráter.

Ao ingressar no evento, a pessoa pode escolher, comer e repetir, entre diversas opções, saladas com frutos do mar. Toda semana, o festival oferece ainda três receitas diferentes com peixes de mar e de água doce. Nesta 11ª semana (de 13 a 17 de novembro), Pirarucu assado inteiro é o destaque do cardápio de peixes.

Pratos de acompanhamento, como pirão de peixe, vários tipos de arroz, legumes, escondidinho de pescado, entre outros, também fazem parte do festival. Servidos nas mesas, além dos camarões no espeto, tem ainda isca de peixe e manjubinha frita. Tudo para comer à vontade.

Outra atração do evento são os pratos especiais do dia, inclusos no valor do festival. Às quartas-feiras, tem caranguejada. Toda quinta-feira é dia de ostras frescas. Creme de camarão no coco verde é a atração da sexta-feira. Aos sábados, tem mariscada. O macarrão com camarão servido no interior de um queijo parmesão grana padano encerra a semana no domingo.

Procedência

Camarao Assado_MG_1931rdzMacarrão com Camarão no Grana Padano todo domingo (Divulgação)_19Paella Marinera todos os dias (Foto Zeka Videira)_19Paella Marinera todos os dias (Foto Zeka Videira)

Os peixes, camarões e outros frutos do mar servidos no Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp são das melhores procedências. Os camarões, que são servidos no espeto, na paella, no acarajé e em tantos outros pratos, vêm de viveiros de Santa Catarina.

Os peixes de mar são pescados no litoral catarinense. Os peixes de água doce são criados em cativeiro nas regiões norte e centro-oeste. Os caranguejos servidos toda quarta-feira, e as Ostras servidas toda quinta chegam fresquinhos ao Festival diretamente de Cananéia, no litoral sul do Estado de São Paulo.

Pelo preço fixo de R$ 84,90 por pessoa (não é cobrada taxa de serviço), o público pode comer, quantas vezes quiser, cerca de 50 itens disponíveis no cardápio. As bebidas e as sobremesas são cobradas à parte. Crianças de até cinco anos não pagam o festival. De seis a dez anos, pagam metade do preço.

Funcionamento

O Festival do Pescado e Frutos do Mar funciona de quarta a domingo no Espaço Gastronômico Ceagesp. Às quartas, quintas e sextas, o horário é das 18h à meia-noite (somente jantar). Aos sábados, funciona a partir das 12h até a meia-noite (almoço e jantar). Aos domingos, abre das 12h às 17h (somente almoço).

O acesso é pelo Portão 4 da Ceagesp (altura do nº 1.946 da av. Dr. Gastão Vidigal, na Vila Leopoldina – São Paulo-SP). O estacionamento, também no Portão 4, tem preço fixo especial para os frequentadores do Festival.

Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp 2019
Quando: Até 22 de dezembro.
Horários: Quarta, quinta e sexta, das 18h às 24h (jantar). Aos sábados, das 12h às 24h (almoço e jantar). Aos domingos, das 12h às 17h (somente almoço).
Preço: R$ 84,90 por pessoa. Crianças até 5 anos não pagam. De 6 a 10, pagam metade do valor do Festival. Bebidas e sobremesas são cobradas à parte.
Onde: Espaço Gastronômico Ceagesp
Endereço: Portão 4 da Ceagesp (altura do nº 1.946 da Av. Dr. Gastão Vidigal, na Vila Leopoldina – São Paulo – SP).
Estacionamento: Portão 4, com preço fixo especial para o festival.
Reservas: 11-3645-0481 / 11-94023-0500.

 

Jangada oferece novos pratos individuais de camarão e frutos do mar

O restaurante Jangada, com 55 anos de história e tradição em receitas que levam peixes e frutos do mar, preparou novidades exclusivas para seu cardápio.

camarão atlantico.jpg

Entre elas, prometem agradar todos os paladares, o Camarão Atlântico, prato que leva camarões grelhados com molho de limão siciliano, acompanhado com risoto de parmesão (R$ 59,90). O queridinho dos brasileiros, strogonoff, também ganha espaço no menu, preparado com camarões e acompanhado de arroz branco e batata palha caseira (R$ 54,90).

bobo de camarao

Além das novas receitas, o Jangada incluiu opções de pratos individuais, que antes eram servidos apenas em versões para compartilhar. É o caso do Bobó de Camarão, que leva camarões rosa (médios) salteados no azeite de dendê, finalizados com creme de mandioca, leite de coco e caldo de camarão, acompanhado de arroz branco e farofa de dendê (R$ 69,90); o Camarão Maui, feito com camarões grelhados com molho especial de catupiry, na panela de barro, servido com arroz com brócolis e batata frita (R$ 69,90); a Lagosta à Thermidor, feita com molho branco, vinho branco e champignons, acompanha arroz negro e batata palha da casa (R$ 125); e a Paella à Mineira, as famosas lagostas grelhadas e gratinadas com molho branco, vinho branco e champignons, servidas com arroz negro e batata palha da casa (R$ 125).

camarao a grega.jpg

Para completar as novidades, o restaurante trouxe novas opções de tamanhos para o clássico Camarão à Grega, que leva grandes camarões recheados com muçarela, empanados e fritos, acompanhados de arroz à grega e batatas fritas caseiras, agora nas versões individual (3 camarões – R$ 79,90), para duas pessoas (6 camarões – R$149,90) e para três pessoas (9 camarões – R$ 209,90).

O Camarão Noronha, preparado com camarões recheados de catupiry empanados e fritos, servidos com arroz à grega e batatas fritas, também ganhou novos tamanhos. Agora está disponível na versão individual (3 camarões – R$ 79,90), para duas pessoas (6 camarões – R$ 149,90) e para três pessoas (9 camarões – R$ 209,90).

Informações: Restaurante Jangada

Festival Ceagesp terá Hambúrguer de Siri no Dia da Criança

No feriado de 12 de Outubro, sábado, o Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp abrirá para o almoço e o jantar. Nesse dia, especialmente para a criançada, o Festival servirá Hambúrguer de Siri e Batata Emoticons. Além do prato preferido do público infantil, as crianças ainda terão picolé e uma lembrancinha para levar para casa. Para os adultos, como sempre, muito camarão, peixes e frutos do mar para comer o quanto quiser.

São mais de 50 itens à base de peixes e frutos do mar para comer à vontade. As grandes atrações do evento, em seu sétimo ano consecutivo, são os Camarões Assados e a Paella à Marinera, servida num tacho de mais de um metro de diâmetro.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Toda semana, por exemplo, o Festival oferece receitas especiais preparadas com três peixes. Nesta sexta semana (de quarta a domingo – 9 a 13), quem for ao evento vai encontrar Jaú Assado Inteiro, Pintado Grelhado com Velouté de Legumes e Filé de Pescada à Parmegiana. Na semana seguinte, entram novos peixes em novas receitas.

Todo dia, também tem pratos especiais inclusos no cardápio. A quarta-feira é dia de Caranguejada. Toda quinta, tem Ostras para comer o quanto quiser. Às sextas-feiras, o prato especial é o Camarão ao Catupiry servido no coco.

Hamburguinho de Siri (Foto Divulgação)1

No sábado tem Mariscada, e neste Dia da Criança, será servido ainda o Hambúrguer de Siri. O domingo encerra a semana com o Macarrão com Camarão servido no interior de um queijo parmesão Grana Padano.

Acarajé na entrada

A recepção começa com os pratos de entrada, como Casquinha de Siri e Acarajé. Ao entrar no salão do festival, o público encontra um completo buffet de saladas diversas, além de frutos do mar. Quem for ao evento também tem à disposição todos os pratos de acompanhamento, os peixes da semana e os camarões e a paella, as grandes atrações do evento.

Pelo preço fixo de R$ 84,90 por pessoa, o público pode comer, quantas vezes quiser, todas as opções oferecidas (exceto bebidas e sobremesas). Crianças de até cinco anos, não pagam o valor do Festival. De seis a dez anos, pagam metade do preço. No Festival não há cobrança de taxa de serviço.

Funcionamento

O Festival do Pescado e Frutos do Mar funciona de quarta a domingo no Espaço Gastronômico Ceagesp. Às quartas, quintas e sextas, o horário é das 18h à meia-noite. Aos sábados, funciona a partir das 12h até a meia-noite. Aos domingos, abre das 12h às 17h, somente para o almoço.

Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp 2019
Quando: Até 22 de dezembro.
Horários: Quarta, quinta e sexta, das 18h à meia-noite (jantar). Aos sábados, das 12h à meia-noite (almoço e jantar). Aos domingos, das 12h às 17h (somente almoço).
Preço: R$ 84,90 por pessoa. Crianças até 5 anos não pagam. De 6 a 10, pagam metade do valor do Festival. Bebidas e sobremesas são cobradas à parte.
Local: No Espaço Gastronômico Ceagesp
Endereço: Portão 4 da Ceagesp (altura do nº 1.946 da av. Dr. Gastão Vidigal, na Vila Leopoldina – São Paulo – SP).
Estacionamento: Portão 4, com preço fixo especial para o festival.
· Reservas: 11-3645-0481 / 11-9-4023-0500.

Já começou o Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp

Paella Marinera todos os dias (Foto Zeka Videira)_19Camarão no Espeto todos os dias (Foto Zeka Videira)_19.jpg

Começou a temporada 2019 do Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp, que neste ano se estende até 22 de dezembro. Camarões Pistola Assados servidos no espeto e a Paella à Marinera gigante são as marcas registradas deste evento. Realizado na Ceagesp desde 2013, o Festival oferece dezenas de receitas com peixes e frutos do mar para comer o quanto quiser.

Caranguejada toda quarta (Divulgacao)_19.jpg

Neste ano, o público também terá pratos fixos especiais acrescentados ao cardápio durante a semana, igualmente, para comer à vontade. Toda quarta-feira será dia de caranguejada.

Ostras toda quinta (Divulgacao)_19.jpg

Às quintas, o cardápio será reforçado com ostras. Quem for às sextas, terá camarão ao catupiry servido no coco como prato adicional.

Mariscada aos sabados (Dikvulgação)_MG19.jpg

Aos sábados, o prato especial será mariscada.

Macarrão com Camarão no Grana Padano todo domingo (Divulgação)_19.jpg

Todo domingo, o menu terá como prato extra Macarrão com Camarão no Parmesão Grana Padano.

Todas as semanas serão servidos pratos feitos com três peixes diferentes, além de todas as demais opções de pratos e saladas. A ideia é apresentar toda a variedade de produtos comercializados no Setor de Pescados da Ceagesp. É de lá que sai, durante a madrugada, a maioria dos produtos que abastecem restaurantes, peixarias, supermercados e feiras livres da cidade e região metropolitana de São Paulo, além de cidades do interior e até de outros Estados.

Primeira semana

Salmão ao Molho de Maracujá, Meca Grelhada com Molho de Champignon e Bacalhau à Fiorentina são os peixes escalados para a primeira semana do Festival do Pescado e Frutos do Mar (até 8 de setembro – quarta a domingo). Na semana seguinte, novos peixes em novas receitas entram para o menu, atualizando o cardápio com novos pratos até o final do evento, em 22 de dezembro.

Pelo preço fixo de R$ 84,90 por pessoa (não será cobrada taxa de serviço), o público poderá comer, quantas vezes quiser, cerca de 50 itens disponíveis no cardápio. As bebidas e as sobremesas serão cobradas à parte. Crianças de até cinco anos não pagam o festival. De seis a dez anos, pagam metade do preço.

Casquinha de Siri - prato de entrada (Foto Zeka Videira)_19Acaraje feito na hora - prato de entrada (Divulgacao)_19

A recepção do público já começa com os pratos de entrada, como Casquinha de Siri e Acarajé, entre outros itens. Tudo já incluso no valor do evento, desde a chegada. Ao entrar no salão do festival, as pessoas encontram um completo buffet de saladas diversas, além de opções de frutos do mar.

Quem for ao evento também terá à disposição, todas as semanas, vários tipos de pratos de acompanhamento. Entre as opções, haverá Pirão de Peixe, Escondidinho de Pescada, Arroz, entre outras comidas.

Funcionamento

Brusquetas diversas - prato de entrada (Foto Zeka Videira) _19.JPG

O Festival do Pescado e Frutos do Mar funcionará de quarta a domingo no Espaço Gastronômico Ceagesp. Às quartas, quintas e sextas, o horário será das 18h à meia-noite (somente jantar). Aos sábados, funcionará a partir das 12h até a meia-noite (almoço e jantar). Aos domingos, abrirá das 12h às 17h (somente almoço).

Paella Marinera todos os dias (Foto Zeka Videira)

Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp 2019
Quando: de 4 de setembro a 22 de dezembro.
Horários: Quarta, quinta e sexta, das 18h à meia-noite (jantar). Aos sábados, das 12h à meia-noite (almoço e jantar). Aos domingos, das 12h às 17h (somente almoço).
Onde: Espaço Gastronômico Ceagesp
Endereço: Portão 4 da Ceagesp (altura do nº 1.946 da av. Dr. Gastão Vidigal, na Vila Leopoldina – São Paulo – SP).
Estacionamento: Portão 4, com preço fixo especial para o festival.
Reservas: 11-3645-0481 / 11-9-4023-0500.
Preço: R$ 84,90 por pessoa. Crianças até 5 anos não pagam. De 6 a 10, pagam metade do valor do Festival. Bebidas e sobremesas serão cobradas à parte.

14ª Santa Feira do Peixe na Ceagesp

Até o dia 18 de abril será realizada a 14ª Santa Feira do Peixe, no Pátio do Pescado da Ceagesp, das 12h às 21h, com produtos a preços promocionais. Por exemplo, o cação será comercializado a R$ 18,90/kg, e a tainha a R$ 11,90/kg. O camarão também será comercializado a um valor mais em conta do que o praticado no varejo. Para este ano, os comerciantes esperam vender cerca de 150 toneladas de pescados e frutos do mar durante o evento.

Além das barracas de pescados, frutos do mar e o tradicional bacalhau – que será vendido tanto em postas como desfiado-, haverá ainda uma grande praça de alimentação, venda de panelas de barro, ovos de Páscoa, doces, licores, de verduras, legumes, frutas e temperos e minifeira de flores.

ceagesp.JPG

A Santa Feira do Peixe é uma festa tradicional que já faz parte do calendário de eventos que antecedem a Páscoa na cidade de São Paulo, atraindo centenas de pessoas durante os quatro dias de comercialização. É uma ótima opção para a preparação do almoço de Páscoa, pois o consumidor poderá encontrar em um único espaço tudo o que ele precisa para comemorar essa data cristã de maneira saudável e saborosa, a preços promocionais e mais em conta do que os praticados no mercado.

ceagesp peixe

Outro atrativo é a praça de alimentação, que este ano contará com barracas de paella e porções de camarão, acarajé, bolinho de bacalhau, pastéis, macarrão com camarão no queijo grana padano, moqueca de cação, comida japonesa, bicicleta de brigadeiro, bicicleta de vinhos e venda de doces como ovo de colher, palha italiana, bolos, coxinhas de morango e pizza brownie, bebidas e um cardápio específico com os produtos em promoção.

Os atacadistas estarão trazendo uma mostra da oferta de pescados que podem ser encontrados diariamente na Feira de Pescados e Frutos do Mar que ocorre no Frigorífico São Paulo, dentro do Entreposto Terminal São Paulo, de terça a sábado, das 2h às 6h, no mesmo espaço onde ocorrerá a Santa Feira do Peixe.

O evento tem entrada gratuita e o estacionamento no local também será gratuito durante todo o evento. Para facilitar os motoristas, a localização já está marcada inclusive no Google Mapas, basta teclar “Santa Feira Do Peixe” que na hora o aplicativo dará as coordenadas e rotas de acesso.

A iniciativa tem apoio da Associação dos Comerciantes Atacadistas de Pescados do Estado de São Paulo (Acapesp), dos permissionários do Frigorífico de São Paulo (Frisp) e da Sampa Foods.

14a santa feira do peixe.jpg

14ª Santa Feira do Peixe da Ceagesp
De 15 a 18 de abril de 2019, das 12h às 21h
Entrada pelo portão 15 da Rua Xavier Kraus (esquina com Avenida Nações Unidas – Marginal Pinheiros).
Entrada e estacionamento gratuitos.

Clima de praia na Ceagesp vai até março

A Edição de Verão do Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp termina no próximo dia 3 de março. Até lá, o público ainda pode aproveitar o clima de praia no maior Entreposto de Alimentos da América Latina. No cardápio de todas as semanas, muito camarão, muito peixe e frutos do mar.

Destaque para os Camarões Assados servidos à vontade nas mesas e para a Paella à Marinera, gigante, servida num tacho de mais de um metro de diâmetro. Mas o Festival tem ainda Camarões Crocantes com Tártaro e Limão, Escondidinho de Camarão, Risoto de Camarão e Camarão na Moranga. Tudo isso para o público comer o quanto quiser.

Camarao Assado_MG_1931rdz.jpg

Para quem não abre mão de saborear peixe, também não faltam opções. Toda semana, três receitas com peixes entram no cardápio. Nas semanas seguintes, novos peixes em novas receitas substituem as da semana anterior.

Todo dia um prato diferente

A Edição de Verão do Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp também tem pratos especiais, incluídos no cardápio a cada dia. Na quarta-feira, tem Caranguejada. Ostras à vontade, toda quinta. Na sexta-feira, tem Camarão Cremoso servido no Coco Verde. Aos sábados, são duas opções. Tem Xixo de Meca, no almoço, e Spaghetti com Camarão no Parmesão Grana Padano, no jantar. O Spaghetti com Camarão reforça o cardápio também aos domingos.

Esses pratos típicos de praia, para comer quantas vezes quiser, são exclusividade que o público só encontra, em São Paulo, no Festival Gastronômico realizado na Ceagesp. E, para ficar ainda mais no clima de praia, logo na entrada, Casquinha de Siri e Acarajé, quentinho, feito na hora, são alguns dos pratos de entrada.

O público que visita a Edição de Verão do Festival do Pescado Ceagesp também tem à disposição uma completa mesa de saladas, com opções de frutos do mar. O Festival ainda oferece várias alternativas de pratos de complemento.

Para saborear o quanto quiser todos os itens, o valor por pessoa é de R$ 79,90 (exceto bebidas e sobremesas, cobradas à parte). Crianças de até cinco anos, não pagam. De seis a dez, pagam metade do preço. No Festival Ceagesp, também não há cobrança de taxa de serviço.

Funcionamento

A Edição de Verão do Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp funciona sempre de quarta a domingo, até 3 de março. De quarta a sexta, o horário é das 18h às 24h. Aos sábados, das 12h às 17h, e das 18h às 24h. Aos domingos, das 12h às 17h.

A entrada é pelo Portão 4 da Ceagesp, na altura do nº 1.946 da av. Dr. Gastão Vidigal, na Vila Leopoldina, zona oeste da capital. O estacionamento, no mesmo local, tem preço especial para os frequentadores do evento.

Edição de Verão – 2019 – Festival do Pescado e Frutos do Mar Ceagesp
Quando: até 3 de março
Horários: de quarta a sexta, das 18h às 24h. Aos sábados, das 12h às 17h, e das 18h às 24h. Aos domingos, das 12h às 17h
Preço: R$ 79,90 por pessoa (não haverá cobrança de taxa de serviço). Bebidas e sobremesas são cobradas à parte. Criança até cinco anos, não paga. De seis a dez, paga metade do valor.
Onde: Espaço Gastronômico Ceagesp
Endereço: Portão 4 da Ceagesp – av. Dr. Gastão Vidigal, altura do 1.946, na Vila Leopoldina, zona oeste da capital.
Estacionamento: no mesmo local (preço especial para os frequentadores do evento)

Frutos do mar estão entre os alimentos que mais causam alergias

Calor, praia e frutos do mar são a combinação perfeita para aproveitar o verão. Mas é preciso ficar atento, pois o camarão está entre os principais alimentos causadores de alergias. Mesmo a pessoa que nunca apresentou nenhuma reação pode se tornar alérgica. As alergias são imprevisíveis e podem ocorrer em qualquer fase da vida.

No Brasil não há estatísticas oficiais, porém, a prevalência parece se assemelhar com a literatura internacional, que mostra cerca de 8% das crianças, com até dois anos de idade, e 2% dos adultos com algum tipo de alergia alimentar.

camarão

“O fato de já ter comido camarão e nunca ter apresentado reação não significa que, em algum momento da vida, a pessoa não possa ter alergia por este alimento. Indivíduos com asma, rinite e dermatite atópica são um pouco mais predispostos do que a população geral, mas isso não é uma regra”, alerta Renata Cocco, Coordenadora do Departamento Científico de Alergia Alimentar da Associação Brasileira de Alergia e Imunologia (Asbai).

A anafilaxia é a reação alérgica mais grave e pode ser fatal, caso a pessoa não seja imediatamente tratada com adrenalina. Vários fatores podem desencadear uma crise de anafilaxia, entre elas ferroadas de inseto, alimentos, medicamentos, exposição ao látex etc.

anafilaxia alergia

Os sintomas da anafilaxia são urticária gigante, geralmente acompanhada de angioedema (inchaço), comprometimento respiratório (como falta de ar, chegando à insuficiência respiratória), sintomas gastrointestinais (cólicas, vômitos e diarreia agudos) e comprometimento cardiocirculatório, com hipotensão e choque, sendo que em questão de minutos o paciente pode evoluir para morte.

“Quem já teve qualquer tipo de reação alérgica pode apresentar outra crise ainda mais grave em uma outra exposição e o uso de anti-histamínicos ou corticoide prévios não previne o aparecimento de sintomas”, comenta a especialista da ASBAI, que aponta abaixo algumas dicas que ajudam na prevenção de uma possível reação alérgica causada por alimentos:

mulher checando embalagem rotulo

– Para quem já sabe que é alérgico a determinado alimento, a regra é evitá-lo.
– Leia os rótulos de produtos industrializados (alimentares ou não) para ter certeza se os ingredientes não contêm a substância que causa a alergia.
– Cuidado com restaurantes, especialmente os por quilo, pois há muita contaminação cruzada (ex.: arroz mexido com a mesma colher do camarão).
– O consumo de frutos do mar com álcool (ex: a “caipirinha na praia”) pode aumentar a absorção intestinal e o risco de reações.
– Para quem já apresentou reações graves anteriormente, tenha sempre por perto a adrenalina autoinjetável, já que pode acontecer exposição acidental.

Primeiros-socorros no caso de anafilaxia

A única forma de salvar uma pessoa em crise de anafilaxia é com a aplicação da adrenalina autoinjetável.

“Aplique a medicação e, em seguida, corra para o hospital mais próximo. A aplicação da adrenalina autoinjetável é simples e mesmo pessoas não habilitadas conseguem utilizar a medicação com segurança”, explica a médica.

adrenalina autoinjetavel newsmedicalnet
NewsMedicalNet

O dispositivo usado para a aplicação da adrenalina ainda não é comercializado no Brasil e só pode ser obtido via importação ou nos prontos-socorros.

Fonte: Associação Brasileira de Alergia e Imunologia

Receitas ideais para dias quentes

A Bunge Brasil sugere quatro receitas para dias quentes: canapés de pasta de gengibre, kani e manga, penne com frutos do mar e maionese de pesto; lagarto recheado com escarola e muçarela; penne com frutos do mar e maionese de pesto e cheesecake de castanha-do-pará e maracujá. Confira abaixo o passo a passo de cada receita e bom apetite!

Canapés de pasta de gengibre, kani e manga

CANAPES DE PASTA DE GENGIBRE.jpg

Ingredientes
2 ½ colheres de sopa de margarina Delícia Supreme
2 ½ colheres de sopa de gengibre em conserva
2 colheres de sopa de creme de leite
8 unidades de kani kama
1 unidade de maga tommy, sem caroço
Sal a gosto
Folhas de dill para acabamento a gosto
Torradas como base para os canapés a gosto

Modo de preparo
Em uma tábua, pique o gengibre bem miúdo e reserve. Em uma vasilha, junte a Margarina Delícia Supreme, o gengibre picado e o creme de leite. Tempere com o sal e misture bem até que todos os ingredientes formem uma mistura homogênea.
Corte a manga e o kani em lâminas bem finas e estreitas.

Montagem
Com o auxilio de uma faca espalhe uma porção da pasta de gengibre sobre uma torrada. Por cima, coloque as lâminas de manga e kani, fazendo curvas para formar desenhos. Decore com folhas de dill.

Rende 30 porções
Grau de dificuldade: fácil
Tempo de preparo: 1 hora

Penne com frutos do mar e maionese de pesto

PENNE COM FRUTOS DO MAR.jpg

Ingredientes
250 gramas de maionese Salada
150 gramas de lulas em anéis
150 gramas de polvo cozido
150 gramas de camarão médio sem casca e sem rabo
150 gramas de robalo ou outro peixe branco em cubos
400 gramas de macarrão tipo penne
½ dente de alho
1 maço pequeno de folhas de salsa
100 mililitros de azeite
50 gramas de castanha do Pará
Queijo parmesão a gosto
Sal a gosto

Modo de preparo
Bata a salsa, o alho, azeite e a castanha do Pará no liquidificador até obter uma textura homogênea. Acrescente a maionese Salada e reserve. Salteie a lula com azeite em frigideira antiaderente até o cozimento, repita o processo com os camarões, os cubos de peixe e com o polvo já cozido. Cozinhe o penne. Monte o prato com os frutos do mar e a maionese de pesto.

Rende 4 porções
Grau de dificuldade: médio
Tempo de preparo: 1 hora e 30 minutos.

Lagarto recheado com escarola e muçarela

LAGARTO RECHEADO.jpg
Ingredientes
6 colheres de Sopa de Óleo de soja Soya
½ quilo de peça de lagarto
1 xícara de suco de laranja
2 xícaras de caldo de carne
2 dentes de alho picado
1 escarola média
1 cebola pequena picada
3 pimentões vermelhos picados
5 azeitonas picadas
1 ovo cozido picado
3 colheres de sopa de salsa picada
1 xícara de muçarela ralada
Fatias de bacon picado a gosto
Sal de ervas a gosto
Pimenta do reino a gosto
Opcional: 4 batatas pequenas cozidas

Modo de preparo

Recheio:
Numa panela, coloque o bacon e espere que ele solte a própria gordura. Em seguida, refogue o alho nesta gordura. Em água fervente, murche as folhas de escarola, esprema bem e, em seguida, leve para refogar junto o alho e o bacon. Reserve. No óleo de soja Soya, leve para refogar a cebola, o pimentão, as azeitonas e a salsa. Junte a escarola refogada, o ovo picado e reserve.

Carne:
Tempere o lagarto com o sal de ervas, a pimenta-do-reino e reserve. Faça um furo bem largo na carne e o recheie com escarola.  Numa panela de pressão, aqueça o óleo de soja Soya e, em seguida, frite a peça de lagarto de todos os lados.  Com o lagarto, adicione o alho, a cebola e doure-os. Junte o suco de laranja em seguida e cozinhe por 5 minutos. Adicione o caldo de carne e feche a panela. Após o inicio da pressão, cozinhe por cerca de 50 minutos ou até que a carne esteja macia. Retire da panela, corte a carne fazendo fatias sem que a faca chegue até o fim. Distribua a muçarela por toda a carne e leve ao forno para gratinar. Sirva com o molho coado da panela de pressão e se quiser, com batatas pré-cozidas coradas no óleo de soja Soya.

Rende 6 porções
Grau de dificuldade: médio
Tempo de preparo: 2 horas

Cheesecake de castanha-do-pará e maracujá

CHEESECAKE MARACUJA

Ingredientes

Para a massa
2 xícaras de farinha de trigo tradicional Primor
½ xícara de margarina Primor Todo Dia
½ xícara de açúcar
2 gemas
½ pote de iogurte natural
½ xícara de castanha-do-pará triturada
1 pitada de sal

Para o creme
4 ovos
1 1/4 xícara de açúcar
1 ½ de pote de iogurte natural
4 colheres de sopa de açúcar
1 xícara de requeijão
1 lata de leite condensado
4 unidades de polpa de maracujá

Modo de preparo

Massa
Em uma vasilha, misture o açúcar e a margarina Primor. Em seguida, adicione as gemas, o iogurte. Acrescente a castanha-do-pará, a farinha de trigo Primor e o sal e misture bem até obter uma massa lisa. Modele a massa no formato de uma bola, embrulhe em filme plástico e leve à geladeira por, pelo menos, 30 minutos. Em uma forma redonda com fundo falso e 18 cm de diâmetro, espalhe a massa pelo fundo e pelas laterais. Com a ajuda de um garfo, fure a massa e leve-a para pré assar em forno preaquecido, à 180ºC, por 15 minutos.

Recheio
Num liquidificador, bata o iogurte, os ovos e o açúcar. Em seguida, acrescente o requeijão e o leite condensado. Despeje a mistura sobre a massa. Retorne ao forno para assar por mais 30 minutos. Retire do forno e deixe esfriar.

Cobertura
Em uma panela, leve a polpa de maracujá e o açúcar para cozinhar até engrossar. Deixe esfriar e despeje sobre a torta. Em seguida, leve à geladeira por duas horas.

Rende 14 porções
Grau de dificuldade: médio
Tempo de preparo: 1 hora e 30 minutos

Fonte: Bunge Brasil

Salvar

Restaurante Jangada, especialista em peixes e frutos do mar, abre em Santo André

Sucesso no interior e litoral norte de São Paulo, a rede inaugura sua quinta unidade em espaço nobre do shopping ABC e prepara o grupo para a futura chegada à capital paulista

Com 54 anos de história, o restaurante Jangada chega imponente à Santo André, com sua quinta unidade, em 22 de agosto. Sucesso de público no interior e no litoral norte de São Paulo, a rede trará suas marcas registradas para o shopping ABC: expertise em peixes e frutos do mar, conforto e sofisticação do ambiente e excelência no atendimento aos clientes.

No cardápio figuram receitas com diversos peixes, frutos do mar e carnes nobres: abadejo, pintado, salmão, peixe do Amazonas (tambaqui na brasa), camarão, polvo, lagosta e chorizo são algumas opções. Merecem destaque: o espeto à moda da casa (lombo de pintado marinado em tempero especial assado na churrasqueira, acompanhado de arroz à grega e farofa) – considerado o prato mais pedido, e o polvo à Provençal (cozido e grelhado, com molho à base de ervas, manteiga e vinho branco, acompanhado de arroz negro ou batatas ao murro e tomate cereja).

Jangada 1Jangada_2Jangada3

Também há um menu fit, elaborado para quem deseja uma alimentação saudável sem abrir mão do sabor, com opções como salmão com pupunha (grelhado na cama de spaghetti de pupunha com tomate confit) e panna cotta Low Carb com calda de frutas vermelhas; um cardápio de culinária japonesa, com opções à la carte diversas e para completar o festival japonês (com inúmeras sugestões de frios e quentes, temaki e combinado).

Na parte de bebidas há os clássicos, mas também uma diversidade de itens que fogem do comum: sodas italianas nos sabores maçã verde, capim limão e gengibre; sucos especiais de couve e framboesa com limão siciliano; nos alcoólicos, há opções diferentes de gim e tônica com morango, chá de hibisco e lâminas de pepino e zimbro.

A inauguração do Jangada em Santo André prepara o grupo para a futura chegada à capital paulista. Para realização do projeto, os jovens empreendedores e irmãos Felipe, Fernando e Maria Rosa Lopes buscaram o que há de melhor no mercado de profissionais de restaurantes em São Paulo.

O ambiente foi pensado para ser confortável e moderno. De longe dá para visualizar a casa por conta da fachada em V toda envidraçada. A área de espera conta com uma charmosa jangada de madeira, preparada como uma mesa, fechada por vidro e cercada por banquinhos. O jardim vertical com uma parede de musgo, feito pela Vertical Garden, é outro destaque. Há decorações no teto, que remetem a grandes barcos de madeira, e algumas redes de pesca decorativas, que buscam apresentar a alma do restaurante.

O Jangada está presente em Mogi Guaçu (1964), Limeira (2013), Campinas (2015) e Riviera de São Lourenço (2017).

Jangada: Shopping ABC – Piso 1 (Av. Pereira Barreto, 42 – Vila Gilda – Santo André) – Horário de funcionamento: segunda a quinta das 11h30 às 22h30. Sexta e sábado das 11h30 às 23h. Domingos e feriados, das 11h30 às 22h.

Restaurante de Curitiba é o primeiro do Brasil com Seafood Tower

Tradicional fora do país, a torre de frutos do mar é um dos destaques do Go Fish – Fresh Seafood

Que tal saborear uma torre de frutos do mar com itens frescos e sabores incomparáveis? Tradicional no exterior, a Seafood Tower, uma torre de frutos do mar no gelo com molhos especiais, ganhou sua primeira versão brasileira em abril. O restaurante Go Fish – Fresh Seafood, de Curitiba (PR), é o primeiro do país a apostar na novidade que tem chamado atenção dos curitibanos.

No Go Fish, a Seafood Tower conta com três opções de tamanho. A maior delas, que custa R$ 380,00, tem como destaque camarões gigantes (220g), ostras (12 unidades), mexilhões (18 unidades) e lagosta (300g), além de limão siciliano, caesar, holandaise, sour cream, dill, brotos e batatas rústicas. As outras duas torres, com ingredientes diferentes, custam R$ 260,00 e R$ 160,00.

Go fish (9).jpg

Go Fish – Complexo Gastronômico Fresh Live Market – Alameda Doutor Carlos de Carvalho nº 1502,  Batel, Curitiba. Horário de funcionamento: de segunda a quinta, das 11h às 23h; nas sextas e sábados, das 11h às 24h; e aos domingos, das 11h às 21h