Arquivo da tag: galinhada

Receita que é a cara do fim de semana: galinhada

Para quem busca um prato nutritivo, a rede Água Doce ensina a preparar uma galinhada suculenta. Prato ótimo para ser preparado com calma no fim de semana. Confira o passo a passo abaixo:

Galinhada

Ingredientes:
500g de frango à passarinho
2 dentes de alho picados
1 colher de sopa de suco de limão
3 colheres de chá de sal
2 colheres de sopa de óleo
1 cebola picada
1 colher de chá de páprica doce
½ colher de chá de açafrão em pó
½ unidade pequena de pimentão verde cortado em cubos pequenos
1 unidade média de tomate sem sementes em cubos pequenos
1 ½ xícara de chá de arroz
4 xícaras de chá de água fervente
Pimenta biquinho a gosto
Cheiro-verde para polvilhar

Modo de preparo:
em uma tigela, coloque o frango, o alho, o suco de limão e uma colher de chá do sal. Misture e reserve por 1 hora. Em uma panela, aqueça o óleo em fogo alto e frite o frango até dourar. Junte a cebola, a páprica, o açafrão, o pimentão e o tomate, e refogue. Acrescente o arroz, a água fervente e o restante do sal. Abaixe o fogo e cozinhe, mexendo algumas vezes, por mais 20 minutos, até ficar macio e cremoso.

Foto: Bruno Marconato

Rendimento: 6 porções

Fonte: Água Doce

Black Friday: Divino Fogão aposta no delivery

A ação será focada no delivery e realizada em horários alternados, com ofertas de pratos e sobremesas

Ao longo do mês de novembro, o Divino Fogão, rede reconhecida pela comida da fazenda, preparou condições especiais durante a Black Friday para que seus consumidores possam aproveitar em casa refeições fresquinhas e saborosas, seja no almoço ou jantar. As novidades para a data são as sobremesas, podendo o cliente escolher entre mousse de limão, mousse de maracujá ou pudim, sendo uma opção por apenas R$ 0,99 e duas por R$ 4,99.

Já em datas específicas, nos dias 24 e 26 de novembro, haverá uma condição especial para quem quiser se deliciar com um dos pratos principais do Divino Fogão. Entre as opções, a marca separou dois clássicos e campeões de venda, por apenas R$ 7,99. Os consumidores podem escolher entre a Galinhada, um prato típico que leva arroz cozido com pedaços de frango e temperos especiais, acompanhado de couve e polenta; ou Estrogonofe de Frango, feito com pedaços de frango, creme de leite fresco e champignon, acompanhado de arroz e batata palha.

“Como o Divino Fogão está localizado apenas em shopping centers espalhados pelo Brasil, há alguns anos, o delivery não era um canal de venda dos restaurantes. Um pouco antes da pandemia, a rede iniciou a operação explorando este tipo de serviço, que se tornou um diferencial. Em datas como a Black Friday, promovemos promoções irresistíveis, via delivery, nos pedidos pelo iFood em dias alternados, sempre das 14h às 18h e das 21h às 00h, de acordo com a disponibilidade das lojas. Isso aumentou a atuação da marca nas regiões onde há unidades e, consequentemente, contribuiu para o incremento das vendas na ação desenvolvida ano passado. Em 2021, esperamos que haja um aumento de 20% nas vendas dos restaurantes do Divino Fogão durante o mês de novembro”, revela o fundador e presidente, Reinaldo Varela.

Além da parceria exclusiva com o iFood para atender os clientes durante as ações de Black Friday, uma das estratégias elaboradas pela rede é investir em horários pouco buscados pelos clientes para promover as ofertas, aproveitando o tempo de menor movimento da cozinha para efetuar a venda de pratos e sobremesas com a mesma qualidade e sabor.

“Com a pandemia, muitos consumidores que não compravam online descobriram uma nova forma de efetuar pedidos, via delivery por aplicativos, que foi bem aceita e aprimorada em tempos de isolamento social. Explorando diferentes canais que antes eram poucos utilizados por uma fatia dos clientes, acreditamos em um crescimento progressivo das vendas, ano a ano. Além disso, com a alta do preço dos alimentos, ter a oportunidade de comprar uma refeição ou sobremesa a um preço acessível durante esta iniciativa se tornará um diferencial para quem deseja uma refeição saborosa e barata”, explica o diretor de Planejamento e Novos Negócios do Divino Fogão, Rodrigo Varela.

Galinhada do Divino Fogão, um dos pratos em promoção

Os 194 restaurantes do Divino Fogão contam com um buffet diversificado, que reúne pratos tradicionais da fazenda e um cardápio com mais de 25 pratos quentes e 17 opções de saladas, além de grelhados e sobremesas. Prezando pelo bem-estar dos consumidores da marca, a rede lançou a campanha “É seguro comer no Divino Fogão”. A iniciativa contou com as orientações do microbiologista Eneo Alves, com foco no atendimento presencial, reforço na higienização, distanciamento seguro entre as mesas e disponibilização de álcool em gel para utilização dos consumidores.

Informações: Divino Fogão

Aprenda três receitas típicas brasileiras

Arroz com pequi, galinhada e arroz carreteiro são as receitas sugeridas para que os consumidores aproveitem ao máximo a comida feita em casa

Comida boa é aquela fresquinha, com sabor de história, memória afetiva e de família, não é mesmo? A Camil, marca líder em arroz no Brasil, quer incentivar o público a aproveitar e valorizar cada vez mais a comida feita em casa.

A reconexão com o cozinhar em casa já está comprovada: de acordo com levantamento da Galunion e Qualibest, 69% das pessoas declaram que continuarão cozinhando mais em seus lares e indo menos aos restaurantes mesmo com o fim da quarentena, por exemplo.

A marca quer ajudar as pessoas a terem uma alimentação gostosa e nutritiva, todos os dias. Por isso, a Camil testou a aprovou receitas cheias de sabor e nutrição, especialmente para que o público do centro-oeste relembre o gostinho do lar por meio das preparações, mostrando que a região também é a casa da Camil.

Vamos às preparações:

Arroz com Pequi

Ingredientes
1 colher (sopa) de óleo de pequi
1 unidade de cebola pequena picada
1 unidade de alho picado
1 xícara (chá) de Arroz Camil
3 unidades de pequi em conserva
2 xícaras (chá) de água fervente
1 colher (chá) de sal

Modo de preparo
Em uma panela, aqueça em fogo médio o óleo e refogue a cebola e o alho até dourar. Adicione o Arroz Branco Camil e refogue por alguns minutos. Adicione o pequi, o sal e a água. Tampe parcialmente a panela e cozinhe por 15 a 20 minutos, até secar a água e os grãos estiverem cozidos. Desligue o fogo, tampe a panela e reserve por 5 minutos antes de servir.

Dicas: você pode substituir o óleo do pequi por óleo comum.O pequi em conserva pode ser substituído por pequi fresco.
Tempo de preparo: 20min
Rende: 4 porções

Galinhada

Ingredientes
300 gramas de coxa de frango cortada em pedaços
300 gramas de Sobrecoxa de Frango (Crua) cortada em pedaços
2 unidades de dentes de alho picados
1 colher (sopa) de Suco de Limão
2 e 1/2 colheres (chá) de sal
2 Colheres (sopa) de óleo
1 unidade pequena de cebola picada
1/2 colher (chá) de colorau em pó
1/2 colher (chá) de açafrão-da-terra em pó
1/2 unidade pequena de pimentão verde cortado em cubos pequenos
1 unidade média de tomate sem sementes em cubos pequenos
1 e 1/2 xícara (chá) de Arroz Camil
4 xícaras (chá) de água fervente
cheiro-verde para polvilhar

Modo de preparo
Em uma tigela, coloque o frango, o alho, o suco de limão e 1 colher (chá) do sal. Misture e reserve por 1 hora.Em uma panela, aqueça o óleo em fogo alto e frite o frango até dourar.
Junte a cebola, o colorau, o açafrão, o pimentão e o tomate, e refogue. Acrescente o Arroz Camil, a água fervente e 1 e meia colher (chá) do sal. Abaixe o fogo e cozinhe, mexendo algumas vezes, por mais 20 minutos, até ficar macio e cremoso. Polvilhe o cheiro-verde e sirva em seguida.

Tempo de preparo: 1h 30min
Rendimento: 4 porções

Arroz Carreteiro

Ingredientes
1 colher (sopa) de óleo
1/2 xícara (chá) de bacon cortado em cubos pequenos
1 unidade de Alho amassado
1 unidade pequena de cebola picada
200 gramas de carne-seca (cozida) desfiada grosseiramente
2 unidades de tomate sem pele, sem sementes, picados
1 e 1/2 xícara (chá) de Arroz Camil
1 colher (chá) de sal
3 xícaras (chá) de água fervente
1 colher (sopa) de cheiro-verde picado

Modo de preparo
Em uma panela, aqueça o óleo em fogo médio e frite o bacon até dourar. Junte o alho, a cebola e a carne-seca e refogue por alguns minutos. Acrescente os tomates, o Arroz Camil, o sal e a água fervente. Cozinhe, com a panela parcialmente tampada, por 10 minutos ou até o líquido secar e o arroz ficar cozido. Tampe a panela e reserve por 5 minutos. Acrescente o cheiro-verde e sirva em seguida.

Dicas: para dessalgar e desfiar a carne-seca coloque-a em uma tigela, cubra de água e deixe de molho por 12 horas, trocando a água no mínimo por 3 vezes. Escorra, coloque-a em uma panela de pressão e cubra com água. Tampe e cozinhe por cerca de 20 minutos, contados a partir do início da pressão. Retire a panela do fogo, aguarde até sair todo o vapor e verifique o cozimento. Se necessário, volte ao fogo por mais alguns minutos. Após o cozimento, desfie e utilize no preparo da receita.
Tempo de preparo: 30min
Rendimento:
4 porções

Muitas outras receitas podem também ser encontradas no site oficial da marca.

Boteco do 28, no Farol Santander, recebe Janaína Rueda para experiência gastronômica

O Farol Santander dá sequência à agenda do Boteco do 28, novo andar dedicado às experiências gastronômicas do icônico edifício. Nos dias 6 (quinta-feira) e 7 de junho (sexta-feira), a chef Janaína Rueda, do Bar da Dona Onça, realizará um jantar com menu especial, preparado para a ocasião. A experiência inclui bebidas alcoólicas e não alcoólicas, como cerveja, caipirinha, refrigerante e água.

O público poderá desfrutar de uma saborosa vivência no 28º andar de um dos prédios símbolos da cidade. O prato principal, preparado por Janaína e sua equipe, será a Galinhada Moderna (Galinhada caipira com quiabo e gema curada). A chef ainda fará um cuscuz vegetariano, que será servido como degustação.

galinha da janaina rueda com gema curada
Reprodução Facebook

As sobremesas contarão com o tradicional e famoso mousse de chocolate com creme inglês e pralinê. O menu ainda conta com petiscos como: Pastel de Carne, Pastel de Catupiry, Tartar de Atum com abacate, brotos e flores, entre outros.

Janaína Rueda

Janaina Rueda_2

Cozinheira autodidata e sommelier por muitos anos, Janaina Rueda é nascida e criada no centro de São Paulo. Passou sua infância na Moóca, e adolescência no Bixiga. Por influência de sua mãe, que trabalhava nos extintos Hipopotamus e Gallery, sua cozinha é um resgate da comida paulistana boemia. Também é formada pela ABS e trabalhou como consultora de vinhos Pernod Ricard. Casou-se com o chef Jefferson Rueda, seu mentor, que a ajudou na profissionalização de sua cozinha, e juntos realizaram o sonho de abrir o Bar da Dona Onça em 2008.

Boteco do 28

O Boteco do 28 é inspirado nos bares e restaurantes de tapas espanhóis, com capacidade máxima para 90 pessoas. O andar apresenta um ambiente descontraído, com paredes de tijolos aparentes, madeira e acabamentos pretos. As experiências no Boteco do 28 serão rotativas, com duas noites para os restaurantes apresentarem suas vivências únicas e variadas.

A primeira experiência, realizada nos dias 23 e 24 de maio, contou com o chef Raphael Despirite, do Fechado para Jantar e restaurante Marcel, apresentou um jantar surpresa com menu harmonizado.

No mês de setembro, é a vez do chef Rodrigo Oliveira, do Mocotó, comandar a vivência gastronômica no Farol Santander.

Desde o começo de 2019, quando completou um ano de funcionamento, tendo recebido mais de 370 mil pessoas, o Farol Santander deu início a uma série inaugurações voltadas a gastronomia. No aniversário de São Paulo, foi inaugurado o Bar do Cofre por SubAstor, localizado no subsolo do edifício, onde funcionava o cofre do Banco do Estado de São Paulo. Já em abril, o Farol Santander entregou a Cozinha do 31, um laboratório para aulas e eventos relacionados a gastronomia. No segundo semestre, está previsto a abertura do Restaurante do 29.

Boteco do 28 com Janaína Rueda
Onde: Farol Santander
Rua João Brícola, 24 – 28º andar – Centro, São Paulo
Quando: 6 e 7 de junho (quinta-feira e sexta-feira)
Horário: 20h
Ingressos: R$ 250,00 (cliente Santander tem 10% de desconto) – vamos divulgar
Reservas clique aqui

Virado na Virada, um fim de semana inteiro de comidas típicas no Memorial

A Virada Cultural de São Paulo deste ano começa mais cedo no Memorial da América Latina e chega com uma novidade de dar água na boca, segundo anuncia o presidente Jorge Damião: “Vamos inaugurar o Virado na Virada, um festival com dois dias seguidos de comidas típicas ao gosto dos paulistanos e shows de MPB e chorinho”.

O cardápio gastronômico terá como carro-chefe um quarteto de pratos tradicionais da gastronomia regional: virado à paulista, feijão tropeiro, galinhada e porco no rolete. A festa começa às 11 horas de sábado, dia 18 e faz uma pausa às 21 horas. Reinicia novamente às 11 horas de domingo, dia 19, e termina às 21 horas.

A organização do evento é assinada pela Art Shine, empresa parceira do Memorial nos festivais que já estão se tornando tradição no calendário cultural gastronômico de São Paulo. “A intenção é fazer do Virado na Virada um evento que acompanhe a festa cultural de São Paulo e faça parte do calendário oficial da cidade”, diz o presidente Jorge Damião.

Origens

virado a paulista333.jpg

O virado à paulista é o prato mais antigo do estado de São Paulo e um dos mais vendidos nos bares e restaurantes da região. Não é à toa: da mesma maneira que a receita sustentava bandeirantes em suas expedições, hoje pode deixar qualquer um satisfeito com sua mistura de feijão, carne, ovo, banana e farinha.

feijão tropeiro
Shutterstock

O feijão tropeiro é uma das estrelas da cozinha mineira. O nome vem do período colonial, quando o transporte das mercadorias era feito por tropas a cavalo ou em lombos de burros. Os homens que guiavam esses animais eram chamados tropeiros. Eles comiam feijão misturado à farinha de mandioca, torresmo, linguiça, ovos, alho, cebola e outros temperos.

porco no rolete

O porco no rolete tem ganhado destaque pela imponência de seu preparo. O prato surgiu nas regiões campeiras do sul do país e foi conquistando adeptos. Já são tradicionais as festas do porco no rolete. O suíno é assado inteiro em um rolete que gira sempre na mesma direção e velocidade para que a gordura escorra durante o preparo.

galinhada face.jpg

A galinhada é um prato característico do centro-oeste que tem como principais ingredientes arroz e frango. É uma refeição que não necessita de outros acompanhamentos, apenas temperos que devem ser utilizados para que a receita fique bem saborosa. Algumas incluem pequi e pimentão.

E ainda muita música para animar a galera.

Sábado – 18
13h – João Fernandes – Samba
15h – Trio Aflorá – Choro
17h – Batuque de Lara – Samba
19h – Renato Callado e os irmãos – Samba/MPB

Domingo – 19
13h – Guga Pine – MPB
15h – Marcell Ortiz – MPB
17h – Ana Lessa Duo – Choro
19h – Allysson Martins – MPB

Festival de Virado à Paulista
Festival de Porco no Rolete
Festival de Galinhada

virado a paulista.jpg
1º Virado na Virada
Dias 18 e 19 de maio, das 11h às 21h
Praça da Sombra (portões 8, 9 e 13)
Memorial da América Latina | Metrô Barra Funda
Entrada Gratuita

Virado na Virada é uma realização da Art Shine Promoções e Eventos com apoio cultural da Fundação Memorial da América Latina, Governo do Estado de São Paulo e Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo