Arquivo da tag: hábitos saudáveis

Como fortalecer a imunidade do organismo

Médica da família dá dicas para manter a saúde do corpo

A pandemia da Covid-19 trouxe uma preocupação maior com a saúde e bem-estar. A pesquisa da Toluna, empresa especializada em insights de mercado, realizada em março de 2021, aponta que 79% dos entrevistados praticavam algum tipo de atividade física, sendo que 42% que iniciaram a prática na pandemia e 68% começaram a treinar ou intensificaram o que já faziam antes nos últimos 12 meses, apenas por conta de uma maior preocupação com a saúde.

Além dos exercícios, outras práticas diárias são importantes para manter o corpo em harmonia e mais forte para enfrentar doenças e infecções. É o que alerta a médica da família, diretora da Higia Clinic, Marcia Simões.

Confira as dicas da médica para manter um estilo de vida saudável e fortalecer a imunidade:

Escolha seus alimentos
A nutrição tem papel fundamental no aumento da imunidade. Alimentos processados, açúcares e farinhas podem inflamar o corpo e deixá-lo mais suscetível a infecções. A produção de células de defesa do organismo é favorecida com a ingestão de alimentos ricos em ômega-3, selênio, zinco, probióticos e vitaminas A, C e E. Se você não sabe quais alimentos escolher, opte sempre pelos naturais, frutas, verduras, alimentos feitos em casa, e coma sempre que sentir fome, sem beliscar o tempo todo.

Pratique exercícios
A prática constante de exercícios físicos contribui não só para combater a obesidade, mas para a saúde mental. O Brasil hoje conta com 61,7% da população com excesso de peso, 30% hipertensa e mais de 40% insuficientemente ativos, segundo a Agência Brasil. Além do coronavírus, o excesso de peso tem relação com outras doenças, como diabetes e hipertensão, por exemplo. Para ser considerado fisicamente ativo, é necessário realizar qualquer prática de atividade física por mais de 150 minutos semanais, ou seja, por meia hora durante cinco dias por semana. A dica é procurar uma atividade que traga prazer: sair do sedentarismo exige disciplina e planejamento.

Cuide da sua saúde mental
Sintomas como estresse, fadiga, falta de libido, aumento de peso, insônia, perda de memória são realidade para muitas pessoas. A Organização Mundial de Saúde (OMS) aponta que o estresse atinge 90% da população mundial e quase 70% dos brasileiros. Praticar esportes, ler um bom livro, separar um tempo para o autocuidado são práticas que levam ao equilíbrio emocional. E lembre-se sempre que se algo não está normal, procurar ajuda profissional é essencial.

Tome sol
A exposição solar contribui para o aumento da imunidade e a sintetização da vitamina D, que é essencial na prevenção de doenças ligadas aos ossos, como raquitismo infantil e a osteoporose, doenças neurológicas, hipertensão, obesidade, diabete, depressão, doenças cardiovasculares, autoimunes e até mesmo alguns tipos de câncer. Alguns alimentos como peixes oleosos (salmão, atum, sardinha), cogumelos e gema de ovo também fornecem vitamina D, mas a exposição ao sol continua sendo a melhor forma de se obter vitamina D.

Beba água
A água auxilia o transporte de nutrientes e vitaminas pelo nosso corpo, além de contribuir para o aumento da produtividade, perda de peso, otimizar o desempenho físico, melhorar no humor, ajudar na digestão e eliminar as toxinas, entre outros inúmeros benefícios. A dica é ter sempre por perto uma garrafinha de água e estabelecer metas diárias para o consumo.

Como introduzir hábitos alimentares saudáveis ao dia a dia

Verão e a promessa de todo início de ano alcançar metas desejáveis podem funcionar como incentivos para as pessoas mudarem alguns de seus hábitos, incluindo os alimentares. A coordenadora do curso de Nutrição do Centro Universitário Internacional Uninter, Thais Mezzomo, ao lado do professor, Alisson David Silva, alertam que a mudança de certos comportamentos automáticos no cotidiano, podem estimular o consumo de alimentos saudáveis na dieta.

Se o ano começa efetivamente somente após o Carnaval, mesmo em tempos de pandemia, os profissionais selecionaram três dicas valiosas de como adquirir hábitos saudáveis na alimentação.

1- Revise a lista de compras em feiras e supermercados

Dê preferência a alimentos in natura e minimamente processados. Os alimentos in natura são aqueles obtidos diretamente de plantas ou de animais, como legumes, folhas, frutas, ovos e leite. Já os minimamente processados são aqueles que foram submetidos a processos que não adicionam substâncias ao alimento original. Alguns exemplos são grãos secos, polidos e empacotados ou moídos na forma de farinhas, raízes e tubérculos lavados, cortes de carne resfriados ou congelados e leite pasteurizado.

Os nutricionistas orientam diminuir o consumo de alimentos classificados como processados e ultraprocessados, tais quais o pão, queijo, compota de frutas e conservas de legumes. “Os processados apresentam métodos usados em sua fabricação que alteram de modo desfavorável a composição nutricional dos alimentos dos quais derivam”, afirmam.
O ideal é não ter sempre à disposição alimentos ultraprocessados, pois geralmente são abundantes em sódio, açúcares e gordura “Por serem alimentos de rápido consumo, muitas pessoas têm a falsa sensação de substituição, e assim ignoram o consumo de alimentos in natura”.

2 – Aposte em receitas com alimentos frescos

Se o alimento in natura não apetecer o indivíduo, uma saída é pesquisar receitas rápidas na internet que utilizem ingredientes saudáveis. Afinal, muitas verduras e legumes apresentam diferentes formas de preparo, e isso pode modificar as preferências da pessoa ao ser introduzida a um novo sabor.

Os professores exemplificam essa prática com a berinjela. Muitas pessoas que não gostam da berinjela podem ter o paladar surpreendido ao incluir o legume em sua dieta na forma de uma saborosa caponata (preparação a base de berinjela refogada com cebola, pimentão, tomates e outros ingredientes conforme a preferência).

“Já para a ingestão de frutas, indicamos para as pessoas que não têm o hábito de comer o fruto in natura, acrescentar alguns pedaços em lanches, saladas, iogurte natural, vitaminas, bolos, sorvetes saudáveis ou cozinhá-las com canela”.

3 – Inclua exercícios físicos em sua rotina

A intenção aqui não é ser um grande atleta, mas é confirmado que adicionando exercícios físicos simples em sua rotina (bicicleta, caminhada, alongamento, entre outros), as práticas podem ser uma porta de entrada para se adotar uma alimentação balanceada.

Em tempos de pandemia, é comum evitar a frequência na academia, então a dica é procurar opções de treinos disponíveis em aplicativos gratuitos, vídeos online na internet ou até procurar um grupo específico no WhatsApp mediado por um profissional de Educação Física.
“Sempre que possível consulte um educador físico para a prática correta dos exercícios e caso sinta algum desconforto, procure um médico”, recomendam.

Fonte: Centro Universitário Internacional Uninter

Herbalife Nutrition dá 11 dicas para garantir hábitos mais saudáveis em 2021

Em um ano desafiador como foi 2020, cozinhar se tornou um hobby e malhar na academia ficou limitado. Por causa disso, muitos desviaram de suas metas de saúde e prioridades e, como consequência, engordaram.

Dados de uma pesquisa realizada pelo IBGE divulgada, em outubro de 2020, mostram que 95,9 milhões de brasileiros acima de 18 anos estão com excesso de peso, sendo que 41,2 milhões deles são considerados obesos — uma consequência dos hábitos alimentares e do sedentarismo da população.

Por outro lado, um levantamento encomendado pela Herbalife Nutrition, e conduzido pela One Poll, entre 22 de setembro e 6 de outubro de 2020, revela que as pessoas estão cada vez mais conscientes sobre o impacto de suas escolhas à saúde. Os dados obtidos apontam que, globalmente, 51% delas aumentaram o consumo de frutas e verduras nos últimos meses, e 62% disseram que gostariam de incorporar mais alimentos à base de plantas em seu cardápio.

Diante disso, confira dicas de como aproveitar o início do ano para adquirir uma alimentação balanceada e uma rotina mais saudável e ativa com a nutricionista e Diretora Global de Treinamentos de Nutrição da Herbalife Nutrition, Susan Bowerman, e a vice-presidente global de desempenho esportivo e educação física da companhia, Samantha Clayton:

Tome café da manhã

Comece o dia com um bom café da manhã. Alimentar-se logo pela manhã mantém seu corpo com mais disposição e a sua mente pronta para as atividades do dia.

Movimente-se mais


Procure trazer mais atividades para o seu dia, como usar as escadas ao invés de pegar o elevador. Se possível, vá de bicicleta ao trabalho ou caminhe enquanto conversa no celular. São pequenas ações que podem fazer diferença para uma rotina mais ativa.

Não faça suas refeições na frente do computador ou da televisão

Quando nos alimentamos em frente a uma tela, o foco está bem longe da comida. Dessa forma, você aproveita pouco a refeição e seu cérebro busca acelerar ao máximo o processo.

Pare de se alimentar enquanto estiver em movimento


Busque não se alimentar no carro, enquanto estiver andando na rua ou enquanto estiver se arrumando para ir ao trabalho. Reserve um tempo para sentar, focar e aproveitar a refeição que está fazendo.

Fique atento às calorias


Cuidado com a ingestão de bebidas ricas em açúcares. Leia os rótulos e busque alimentos com boa densidade nutricional, ou seja, que possui uma boa quantidade de nutrientes em relação ao valor energético.

Hidrate-se


Manter-se bem hidratado é essencial para ter uma vida saudável. Por isso, tenha uma garrafa de água, chás gelados ou sucos sempre à mão.

Inclua proteína em todas as refeições

Pixabay


Consumir proteína satisfaz a fome com maior eficácia do que as gorduras e os carboidratos, por isso, inclua pequenas quantidades em todas as refeições. Algumas sugestões de lanches são iogurtes, nozes, barras de proteína, substitutos parciais de refeição (shakes ou sopas), queijos ou atum.

Consuma vegetais e frutas em todas as refeições

Freepik

Vegetais e frutas oferecem mais nutrientes do que calorias. Eles são repletos de água, vitaminas, minerais e fibras.

Não pule refeições

Pular refeições dificilmente funciona como um medidor de calorias. Você apenas acumula para a próxima refeição. Fazer pequenos lanches entre as refeições, com intervalos de três horas é o mais indicado.

Faça mais atividade física


Treinos queimam calorias, auxiliam no seu humor e ajudam a fortalecer os ossos. Além disso, também ajudam na manutenção e construção da massa muscular, te deixam mais forte e podem acelerar o seu metabolismo. Com o horário de funcionamento das academias limitado, aproveite os programas de treinamento online, que possibilitam treinar a qualquer hora e em qualquer lugar, e ainda oferecem suporte a seus usuários e os motivam a se manterem ativos. Se for o caso, invista em alguns equipamentos ou acessórios para ajudar nos treinos em casa. Apenas avalie bem para não deixá-los parados.

Cuide de sua saúde mental


Ficar em forma também significa cuidar da mente e encontrar maneiras de relaxar, respirar e se livrar do estresse. Não à toa vimos aumentar muito o número de aplicativos que oferecem sessões de meditação e ioga. E, em 2021, muitos apps fitness também devem incluir aulas de bem-estar e saúde mental para ajudar seus usuários a liderem com a solidão, a depressão e a ansiedade agravadas pela pandemia.

Fonte: Herbalife Nutrition