Arquivo da tag: hamburgueria

Gorilla oferece versão de Bloody Mary guarnecida com bacon

Hamburgueria da Mooca tem carta de drinques clássicos para acompanhar lanches da casa

O Gorilla Burger, hamburgueria na Mooca, na zona leste de São Paulo, apresenta sua mais nova criação no cardápio autoral de drinques: o Bloody Mary Bacon Gorilla. O drinque é feito como o clássico londrino, com suco de tomate e vodca, e tem como complemento fatias generosas de bacon e picles da casa.

O Bloody Mary Bacon Gorilla (R$ 25) segue a tendência de drinques salgados, que levam algum tipo de carne na receita, e usa o bacon como ingrediente fundamental, não apenas decoração.

drinque gorilla

Para quem não quer inovar tanto, porém, a casa também serve drinques mais convencionais como o tradicional Gin Tônica (R$ 30) com limão e alecrim, o Jack Lemonade (R$ 25) que leva uísque Jack Daniel’s, suco de limão e um toque de Scheweppes Citrus. Para quem quer um drinque com a marca da Gorilla, a sugestão é o Gorila Ginger (R$ 30), um coquetel autoral da casa, que leva xarope de gengibre natural, gin, limão, água com gás e gelo.

Gorilla – R. Guaimbé, 439, Mooca – Horário de funcionamento: terça a quinta e domingo, das 18h às 23h; sexta e sábado, das 11h30 às 15h e das 18h à 00h

Busger oferece burger feito com Angus Gold combinado com lâminas de amêndoa

Deliciar-se com um suculento e saboroso burger é sempre uma boa pedida, não importa o dia da semana e muito menos o horário. O que vale mesmo são as variedades que o local escolhido tem para oferecer.

No Busger – rede de hamburguerias que tem as cozinhas a bordo de ônibus antigos e busca combinar o melhor da experiência da comida de rua com o conforto das lanchonetes tradicionais – é possível encontrar uma boa diversidade de produtos e sabores surpreendentes. Um dos principais destaques é o Miracle.

Feito com pão de hambúrguer recheado com 160 gramas de carne Angus Gold, queijo prato duplo gratinado, cebola caramelizada, tomate, agrião e maionese de rúcula, o burger fica ainda mais irresistível com a adição de lâminas de amêndoas. Elas conferem uma pitada de crocância e mais sabor à receita. É, sem dúvida, para comer rezando.

O Busger oferece, ainda, uma série de acompanhamentos, como fritas crunch, dadinhos de tapioca com geleia de pimenta, coronel chicken e mussarelasticks. Além de sucos, refrigerantes importados, diversas opções de chopes e vários rótulos da marca de cerveja premium Madalena.

busger hamburguer.png

É possível se lambuzar com o Miracle em uma das unidades do Busger localizadas em bairros como Chácara Klabin, Vila Madalena, Santana, Vila Clementino, Higienópolis, Vila Olímpia, Campo Belo, Alto da Mooca, Tatuapé e no ABC Paulista, em São Bernardo do Campo.

*Endereços Busger*
Campo Belo – Av. Vereador José Diniz, 3.700
Chácara Klabin – Rua Vergueiro, 3950
Higienópolis – Av. Angélica, 699
Mooca – Rua Fernando Falcão, 1091
Santana – Rua Dr. César, 658 (próximo ao metrô Santana)
Vila Clementino – Rua Borges Lagoa, 1050
Vila Madalena – Rua Heitor Penteado, 1529
Vila Olímpia – Rua das Olimpíadas, 02
São Bernardo – Avenida Kennedy, 782
Tatuapé – Rua Francisco Marengo, 1217

Informações e horários: Busger 

 

Empresas curitibanas lançam tênis vegano

Idealizado pela Whatafuck Hamburgueria em parceria com a Öus Brasil, o “Tenente Whatafuck O.E” é uma opção descolada e sustentável para quem busca um calçado exclusivo

Sustentabilidade e inovação definem um tênis especial que não leva nenhum material derivado de animais em sua composição. Isso mesmo! Chamado de “Tenente Whatafuck O.E”, o calçado é uma homenagem ao hambúrguer vegetariano, especialidade da rede Whatafuck Hamburgueria, principal hamburgueria artesanal de Curitiba.

O produto inédito, 100% vegano, ou seja, sem qualquer material ou composto de origem animal utilizado na sua confecção, é fruto da parceria entre as marcas curitibanas Whatafuck Hamburgueria e Öus Brasil, uma das principais referências nacionais na produção independente de calçados.

“Fizemos um produto totalmente sustentável e vegano, em que até o cabedal é feito a partir de um tecido de PET reciclado”, explica o gerente de design de produto da Öus Brasil, Anthony Nathan.

“Desde o início do projeto do Whatafuck buscamos alternativas para rentabilizar nosso negócio. Nossa marca se transformou em algo muito valorizado pelos curitibanos e, por meio de parcerias exclusivas, conseguimos expandir nossos negócios com itens que têm feito a cabeça do nosso público. Hoje, o Whatafuck é muito mais do que uma hamburgueria, é um estilo de vida”, complementa Daniel Mocellin, sócio fundador da rede Whatafuck.

tenente tenis vegano.jpg

O “Tenente Whatafuck O.E” é produzido na cor azul, com estampas relacionadas ao universo da marca Whatafuck, presente também nas embalagens dos hambúrgueres. O tênis pode ser encontrado na Whata Store, loja da rede Whatafuck na cidade de Curitiba, e no site da Öus Brasil, com entrega em todo país, pelo valor de R$ 269,90.

O Tenente faz parte da minicoleção do colab entre as marcas, que inclui, também, o tênis “Ueno Whatafuck Imperial”, com solado feito a partir do malte reutilizado, e a Camisa Whatafuck.

Informações: Loja Öus 

Niks Burger Bar: nova opção na Vila Madalena

Burger & cocktail. Lugar de comer e beber bem. Essa é a proposta do Niks Burger Bar, casa que reúne duas artes, coquetelaria e hamburgueria. A casa, recém-inaugurada na Vila Madalena, zona oeste de São Paulo, aposta nos hambúrgueres com gostinho caseiro, fornadas quentinhas de pão, drinques especiais para harmonizar e uma pitada de criatividade, no menu e fora dele. Ambiente acolhedor e repleto de arte urbana.

Tudo teve origem nas animadas hamburgadas de família, promovidas pelo patriarca, o suíço Niklaus Wetter, mais conhecido como Niks, um viciado em hambúrguer e perfeccionista na arte de fazer pães. A paixão familiar virou negócio. A Niks é administrada pelo jovem casal, os empresários Felipe Wetter (filho de Niks) e Letícia Rezende, também moradores da Vila Madalena.

ambiente_niks_créditos Mario Rodrigues
No ambiente com decoração minimalista e contemporânea, destaque para a imponente e centenária árvore, a Pinus elliottii, e o mural free hand da artista plástica paulista Kalina Juzwiak – Foto: Mario Rodrigues

O casal fez sucesso na cidade com o foodtruck de churrasco texano, o PapiChulo Foodtruck, ideia que trouxeram da vivência em Austin (Texas). Durante 2 anos ficaram perambulando pela cidade com o sistema barbecue pit (um defumador-ambulante) até resolverem estacionar para um novo projeto, o Niks. A casa aposta em hambúrgueres descomplicados, sem invencionices, mas com gostinho artesanal e em drinques autorais.

“Como moradores da região, achávamos que esse bairro boêmio, tão rico culturalmente e, ao mesmo tempo, extremamente despojado, precisava de uma casa que unisse duas paixões e artes: coquetelaria e hambúrgueres. A ideia é ter um menu dinâmico, testar ingredientes, ter sempre novidades e trazer burgers por tempo limitado”, explica Felipe Wetter, sócio da casa. “A proposta é uma hamburgueria que fuja do tradicional, que busque a experiência do pão caseiro com a proteína, também caseira, vinda de pequenos produtores e moída diariamente, e harmonizada com uma carta de drinques originais”, complementa Leticia Rezende.

Localizado numa charmosa casa, em uma quadra repleta de galerias de arte, na Fradique Coutinho, a Niks faz questão de transbordar arte por todos os seus ambientes. Com decoração minimalista e contemporânea, o espaço de 100m2 tem pé-direito alto e salão dividido em dois ambientes: no térreo, um colorido bar, feito com azulejo colorido; no mezanino, uma ampla cozinha envidraçada, de onde se pode acompanhar todos os preparos e sentir o cheiro das fornadas quentinhas de pão.

Logo na entrada, uma surpresa, uma imponente e centenária árvore, a Pinus elliottii com mais de 30 metros de altura. O projeto, da arquiteta Victoria Kertzer, respeita a ancestralidade da natureza e a incorpora à modernidade. Para dar um ar pop, a artista plástica paulista Kalina Juzwiak pintou um mural free hand de 15 metros, utilizando apenas tinta acrílica e caneta posca. Um painel vibrante que parece abraçar árvore, a anfitriã da casa.

Muitos aromas entre a cozinha e o salão. Para começar, carne fresca e moída no dia (bovina, suína, peixe e frango), discos feitos ao estilo smash burger na chapa quente, alta temperatura e ponto adequado de fritura. A marca da Niks é a dos hambúrgueres mais finos (em torno de 110 gramas de Angus), ao estilo dos feitos em casa ou das lanchonetes de antigamente. Carne bovina macia e aerada, vermelha no interior, entre fatias de pão caseiro devidamente seladas na chapa. O pão artesanal, fermentado e assado diariamente na casa, traz mais de cinco variações de pães do dia, como australiano, tipo brioche, integral com gergelim, centeio com chia e pães com diferentes toppings, como macadâmia, pistache, parmesão e castanha-de-caju.

A cozinha está sob o comando do chef paulistano Marcos Amorim (ex-Mocotó, Dalva e Dito, DOM, Figueira Rubayat). A proposta é inovar sem perder a “alma de hamburgueria”. Dentre as criações, destaca-se o Toro, que reúne atum selado (generosa posta de 125 gramas), broto de girassol, maionese de wasabi e molho teriyaki feitos na casa e gergelim.

royal burger_niks_créditos Mario Rodrigues
O Royal Burger leva cebola confitada no barbecue, cogumelo-de-paris salteado na manteiga e fatias de bacon crocantes no pão tipo brioche da casa. Foto: Mario Rodrigues

A versão veggie da casa é o Niggler (100g de blend de abóbora com cogumelos shimeji e shiitake, queijo brie, rúcula e tomate-cereja). Há, ainda, uma receita de inspiração suíça, do próprio Niks, o Swiss, feito com um hambúrguer de 180g com raclette, o tradicional queijo suíço derretido em racleteiras, cebola, noz moscada e pimenta-do-reino. Burgers podem ser acompanhados da crocante batata rústica da casa, cortada na mão, pronta para ser mergulhada na maionese de ervas, também caseira.

O bom e velho cheeseburger leva o nome da casa. No Niks, sobre 110g de hambúrguer (blend da casa, feito com várias partes do brisket de Angus) somam-se a maionese, o queijo americano e o pão fresquinho tipo brioche. No almoço executivo, de segunda a sexta, o hambúrguer pode vir montado no prato e ao lado de acompanhamentos como fritas e salada de alface americana, alface roxa, rúcula, tomate-cereja e rabanete laminado com molho de mel com mostarda.

Entre um hambúrguer e outro, para petiscar há os crocantes bolinhos empanados, nas versões de ricota com castanha-do-pará e manjericão, acompanhado de molho sweet chilli, e de cream cheese com jalapeño, acompanhado de molho de cheddar inglês. Para finalizar com gulodices, há os cookies de chocolate e nozes e, também, de chocolate de castanha-de-caju e caju fresco, acompanhados de uma bola de sorvete caseiro do dia, com sabores como baunilha, chocolate ou de frutas da estação, como morango, maracujá, limão ou framboesa.

gim-tônica_jabuticaba_niks_créditos
Para harmonizar, o bartender Thamer Lima preparou opções como o gim-tônica Jabuticaba, que leva melaço de jabuticaba, limão-siciliano e manjericão roxo. Foto: Mario Rodrigues

Mostrando que sabor e suculência combinam com bons drinques, o bartender Thamer Lima, que trabalhou nos premiados Marakuthai, Ema, Me Gusta, preparou uma carta de personalidade. Drinques que ressaltam o sabor das carnes. É o caso do delicado Letícia (vodca, suco de abacaxi, xarope de rosas, suco de limão) e do refrescante Belatrice (rum, melaço de jabuticaba, amora, farinha de uva). Na seção de gim-tônica há dos clássicos a variações como o Mel de Gengibre (limão-taiti, mel de gengibre, espuma de gengibre) e Tangerina (alecrim queimado no maçarico, tangerina e zimbro). Tem opção de soft drink, como Detox Lichia (lichia, chá verde, suco de limão, gengibre, hortelã e maçã verde), sem álcool, servido em copo ou em jarra de 400 ml.

Mas as queridinhas da carta são as caipirinhas. Leves, refrescantes e cítricas, ajudam a fazer a digestão dos sabores de hambúrgueres mais picantes. É o caso da Capoeira (lichia, maracujá e hortelã) e da Samba (limão-cravo, acerola e tomilho limão). Prova de que a mistura de hambúrguer com drinque dá muito samba.

Niks Burger Bar: Rua Fradique Coutinho, 1464-Vila Madalena, São Paulo – SP. Horário de funcionamento: de segunda a sábado, das 12h às 15h e das 18h às 22h30. Não abre aos domingos. Nos feriados, mantém o horário de funcionamento.

 

 

Basic Burger acrescenta versão de hambúrguer vegetariano ao cardápio

Em respeito ao estilo de vida vegetariano, a hamburgueria aposta em versões mais saudáveis e saborosas de seus hambúrgueres tradicionais

A culinária está se renovando e inovando a cada dia. Já passou o tempo em que apenas as versões com carne ganhavam destaques dentre os pratos nos restaurantes, lanchonetes e hamburguerias, as comidas vegetarianas tem ganhado cada vez mais espaço. Com isso, Alexandre Gatos, sócio-fundador da Basic Burger – hamburgueria localizada em Pinheiros-SP -, notou a importância de acrescentar opções veggies no cardápio.

“Inauguramos em março de 2017 e temos tido muita procura, inclusive por clientes com estilo de vida vegetariano”, conta Gatos. “Quando ainda não tínhamos opções veggies em nosso cardápio muitos clientes perguntavam, mas ao acrescentarmos, pudemos ver o sucesso que faz. É claro que a demanda é muito menor do que os hambúrgueres tradicionais de carne, mas vemos que é uma tendência que está aumentando”, completa.

Para que não haja diferenças entre apreciadores de carne e vegetarianos, o sócio fez questão de fazer versões parecidas para os dois. Na versão veggy, temos o hambúrguer que é feito de feijão, shimeji, quinoa e alho poró. As opções são o Cheese Veggy Beans (24 reais) e o Cheese Salada Veggy Beans (25 reais), mas conta também com o Sweet Onion Veggy Beans (26 reais), com cheddar inglês e cebola caramelizada com Jack Daniel’s e com o Crispy Onion Veggy Beans (27 reais), com cebola crispy, picles de pepino agridoce, BBQ e queijo monterey jack.

basic burger veg 2basic burger veg

Para os vegetarianos que não abrem mão de uma boa sobremesa, a hamburgueria ainda conta com opções como o Brownielicious (18 reais), que acompanha sorvete de creme, chantilly, chococrispy e muita calda de chocolate, e deliciosos milkshakes (15 reais) com cinco sabores, de chocolate, creme, morango, greek yogo shake e açaí. Assim é possível comer bem, experimentar novas combinações, descobrindo novos sabores e, ainda por cima, se refrescar neste verão.

Basic Burger – Rua Cardeal Arcoverde, 455 – Pinheiros – Horários: segunda a sexta das 11h30 às 23h30; sábados, domingos e feriados das 13h às 23h30

Novidades no cardápio da Burgy

A Burgy, hamburgueria localizada no coração de Moema, acaba de incluir novas sugestões em seu cardápio. Na seleção de sanduíches, destaque para o Manhattan Pastrami (R$ 29,00), releitura do clássico nova-iorquino que leva pão ciabatta, pastrami artesanal, mostarda, saladinha de repolho (cole slaw) e picles. O Tchê Picanha (R$ 35) feito com picanha maturada, molho catupiry, cebola empanada no pão de brioche completa as novidades na sessão.

pastrami

A tradicional batata frita aparece em três novas versões: Melted Cheese Fries (R$ 14,00), batata ondulada com queijo derretido; NYC Classic Fries (R$ 18,00), fritas cobertas com creme azedo (sour cream) com lascas de pastrami e cebolinha; e Papa Chilli (R$ 15,00), batata canoa com molho chilli, com carne levemente picante.

fritasfritas pe

A sessão de appetizers ganhou ainda as Onion Rings (R$ 14,00), anéis de cebola empanados acompanhados por molho de queijo; e o Falafel Baby (R$ 14,00), porção de minibolinhos de grão de bico cobertos com creme azedo.

falafel

Entre as sobremesas, a novidade fica por conta da tradicional Apple Pie (R$ 12,00), torta quente de maçã com sorvete de creme.

Burgy – Av. Rouxinol, 693, Moema, São Paulo. Horário de funcionamento:
Salão – domingo a quinta, das 11h30 às 23h. Sexta e sábado, das 11h30 às 24h30.

 

 

Luz, Câmera, Burger! comemora um ano e ganha novo espaço

Um novo contêiner estacionou no Luz, Câmera, Burger!, na Vila Mariana, zona sul de São Paulo. A hamburgueria, que rodou a cidade com um food truck antes de ganhar um ponto fixo, em março de 2015, completou aniversário de um ano com novidades: a casa ganhou um novo box, chamado de LCBar. O bar do Luz, Câmera, Burger! foi construído, a exemplo da hamburgueria, dentro de um contêiner marítimo, que abriga bar com carta de drinques assinada pelo chef do paulistano bar, Marcos Lee.

A carta traz criações inusitadas, como o Caipira Sour. O drinque é preparado com cachaça artesanal, suco de limão, xarope de açúcar, clara de ovo e catuaba (R$ 25,00).

caipira sour_LCB_créditos Adriano Valente
Fotos: Adriano Valente

O novo espaço de 28 m² fica no mesmo terreno da hamburgueria. Além do balcão em que é possível pedir, pagar e acompanhar o preparo dos drinques, há uma geladeira com sorvetes da Ben & Jerry’s e uma arara fashion. Nela estão roupas da grife da casa, a coleção Fuck Your Diet, que traz camisetas, bermudas e bonés bem-humorados, sempre com temas ligados à gastronomia, com estampas de hambúrgueres, bacon e folhas de alface transformadas em florais.

A novidade nasce em sintonia com o estilo da casa, apresentando um ambiente rústico e, ao mesmo tempo, descolado, com mesas comunitárias. Os conceitos de reuso e de aproveitamento de materiais, como madeira de demolição e vigas de metal, também estão presentes no LCBar. O teto do contêiner ganhou uma varanda, para receber shows, DJs e até servir como camarote para eventos corporativos ou sociais.

“A ideia não é mudar a dobradinha burger e beer, que já é uma receita de sucesso da casa, mas dar opção para um happy hour ou mesmo para eventos com uma carta enxuta, mas de qualidade, num ambiente que tem esse aspecto lúdico. Os contêineres funcionam como Legos, vão se adaptando à nossa história e o espaço vai crescendo”, explica Fabiano Curi, um dos sócios do LCB! e LCBar.

A carta traz 11 drinques, desde os clássicos até aos mais inusitados, com preços que variam de R$ 20,00 a R$ 25,00. Entre eles, estão o Mojito (R$ 25,00, Bacardi, suco de limão, xarope de açúcar, hortelã e água com gás), o Negroni, (R$ 25, 00, gim Tanqueray, vermute rosso, campari e laranja), Gim-Tônica (R$ 25,00, gim Tanqueray e Schweppes), Caipirinha de Limão (R$ 20,00, cachaça, limão e xarope de açúcar), Caipiroska de Limão (R$ 25,00, vodca Absolut, limão e xarope de açúcar), Bloody Mary (R$ 25,00, vodca Absolut, suco de tomate temperado, suco de limão e alecrim), Aperol Spritz (R$ 25,00, Aperol, água com gás, espumante Salton e suco de laranja) e Screw Driver (R$ 20,00, vodca Absolut com suco de laranja).

Ainda há uma releitura do Old Fashioned (R$ 25,00, uísque Jack Daniel’s, redução de suco de uva e manjericão), Whiskey Sour (R$ 25,00, uísque Jack Daniel’s, suco de limão, xarope de açúcar e clara de ovo).

queijoca_LCB_créditos Adriano Valente
Foto: Adriano Valente.

A Queijoca (dadinhos de queijo coalho empanados na farinha de tapioca com molho rústico de tomate) é perfeita para acompanhar os novos drinques do LCBar.

Para acompanhar, LCB Fries (batata palito rústica com sal) e a Queijoca (dadinhos de queijo coalho empanados na farinha de tapioca com molho rústico de tomate). As opções de burgers que vão dos tradicionais, como o cheeseburger, o Basicão (blend especial e secreto de carnes, queijo prato ou cheddar) até os mais cinematográficos, como o 16 MM (hambúrguer de 160g, queijo prato e gouda, cebola roxa e molho especial da casa, feito com páprica) e sempre uma surpresa a cada mês, com um hambúrguer por tempo limitado, escolhido a partir de um concurso de receitas de clientes e entre os seguidores das redes sociais da marca. Serviço informal, em que o cliente pede e paga no balcão e pode se sentar em mesas comunitárias na hamburgueria ou nas cadeiras e espaços do simpático terraço, também pet-friendly.

luz camera burger pet friendly
Reprodução Facebook Luz, Câmera, Burger!

Luz, Câmera, Burger!- Rua Caravelas, 339 – Vila Mariana – São Paulo – Horário de funcionamento: terça a domingo, das 12h à 0h. Água em filtro de barro e maionese caseira são cortesia para os clientes. Delivery: iFood, UberEats e SpoonRocket.