Arquivo da tag: herbarium

Linha de Fito-chás Herbarium traz opções de consumo para dias frios

Com sete blends exclusivos, os chás são opções para aproveitar as ocasiões de baixas temperaturas

A semana que começa promete trazer temperaturas muito baixas, como há muito não se via, em várias regiões do país. Assim, o consumo de chás quentes passa a ser uma alternativa para quem quer se aquecer. Além disso, há um movimento de saudabilidade que tem feito os brasileiros optarem por bebidas mais naturais como os chás. De acordo com um levantamento da Europass Monitor, a bebida milenar tem ganhado mercado no Brasil com um crescimento de 12,3% ao ano. Entre 2010 e 2019, o consumo nacional per capita de chás cresceu 53%, e com a pandemia, tem acelerado ainda mais esta tendência.

Uma das bebidas mais consumidas no mundo atualmente, ganha uma seleção especial com sete blends de fito-chás exclusivos produzidos pela Herbarium. A proposta da empresa é atender as necessidades dos consumidores que têm buscado e investido em hábitos que promovam a saúde e bem-estar e proporcionar uma experiência sensorial com as notas da composição aromática dos blends.

“A linha de Fito-chás da Herbarium foi pensada para tornar momentos do dia a dia em ocasiões especiais. Além de saborosos, são saudáveis e auxiliam no bem-estar e físico e emocional são perfeitos para os dias mais gelados”, explica Mariana Correia, gerente da linha de chás na Herbarium.

Conheça os sete blends exclusivos da Herbarium:

Accuratos – para conectar: chá branco (folhas e talos), laranja doce (casca dos frutos) e jasmim (flores). Em latim, Accuratos, que em latim significa expressar-se. Um chá suave, delicado e sofisticado. O chá branco traz notas de suavidade e frescor e associado ao tom marcante da laranja doce e as notas delicadas do jasmim, transforma o momento de degustação em uma experiência agradável e revigorante.

Amatorius – para inspirar: misto de camomila, capim-cidreira, rosa silvestre, hibisco e laranja doce. Em latim, Amatorius significa que inspira amor. A bebida é um misto de suavidade e requinte com notas doces e raras, fruto da união de delicadas flores. Ideal para ser consumido a dois ou entre pessoas especiais, suas notas remetem a sentidos como carinho, amor e cumplicidade.

Aromata – para requintar: misto de maçã e especiarias nobres. Em latim, Aromata significa especiarias. O blend é aromático com características frutais quentes e exóticas, resultado da composição que une a simplicidade da maçã com o requinte da canela do Ceilão, do cravo da Índia, do cardamomo, da noz-moscada e da pimenta da Jamaica.

Euphoria – para motivar: Chá verde, limão e especiarias reais. Em latim, Euphoria significa euforia. É uma bebida de sabor exótico e intenso e pode ser preparado com água ou com leite. Com sabor cítrico predominante, as especiarias reais deixam as notas exóticas e estimulantes. Ideal para ser consumido em dias mais frios, em especial no período da manhã ou final de tarde.

Laevis – para suavizar: Chá de boldo, carqueja, capim-cidreira, hortelã, funcho e camomila. Em latim, Laevis significa leve. A bebida é a união de ervas clássicas de notas adstringentes, com o toque especialmente doce dos capítulos florais de camomila. É indicado para ser consumido após as refeições.

Mollitia – para celebrar: rosa silvestre, hibisco, maçã, camomila e morango. Em latim, Mollitia significa delícia. A bebida mescla notas delicadas provenientes da rosa silvestre com notas refrescantes do hibisco e doces do morango. Pode ser servido quente ou gelado.

Quiette – para desligar: capim-limão, melissa, camomila, erva-doce, funcho, hortelã e maracujá. Em latim, Quiette significa com calma. A bebida é a união delicada do capim limão e da erva doce com o maracujá. Seu sabor leve e adocicado é ideal para momentos de relaxamento.

Os chás podem ser adquiridos separadamente por R$ 11,99, ou a linha completa por R$ 83,90.

A linha de fito-chás já está disponível na loja online da marca.

Fitoterápico melhora libido feminina e fertilidade masculina

Fitoterápico Tribulus terrestris regulariza a produção e a liberação do hormônio testosterona no organismo

Estimular a libido feminina com um produto natural é a proposta dos medicamentos que contêm em sua formulação o Tribulus terrestris, fitoterápico proveniente da Europa meridional. Essa substância estimula a produção e a liberação de testosterona no organismo quando há quantidade inferior ao desejado, sempre dentro dos limites naturais do corpo.

O Tribulus terrestris contém em sua composição a protodioscina, substância que tem a propriedade de elevar as concentrações de um hormônio precursor da testosterona. Além disso, simula a ação de uma enzima que converte a testosterona em sua forma ativa. Seu mecanismo de ação modula a produção e a atividade da testosterona, fundamental para a regulação da libido feminina. No homem, a protodioscina age em dois pontos: estimula as células germinativas, produtoras de espermatozoides e estimula também as células de Sertoli, que regulam a produção de espermatozoides pelas células germinativas.

A diminuição da libido pode ter importantes repercussões na vida da mulher. Entre estas, a redução da sua autoestima e dificuldades de relacionamento conjugal. As abordagens terapêuticas que visam o aumento da libido são multifatoriais, ou seja, envolvem não apenas os hormônios, mas também toda a gama de fatores psicológicos relacionados com a sexualidade humana. A consulta aos profissionais de saúde envolvidos no tratamento das disfunções sexuais é fundamental para o sucesso do tratamento.

O incremento das disfunções sexuais se deve, entre outras causas, à diminuição dos níveis hormonais que ocorre devido ao avanço da idade. Os níveis de testosterona estão relacionados com a manutenção da libido. Em um estudo conduzido no Brasil, 4.753 ginecologistas responderam que a queixa de diminuição do desejo sexual estava entre os principais motivos de procura por consultas em seus consultórios.

tribulus-terrestris-beneficios-e-propriedades

Os estudos mostram que o aumento do hormônio precursor de testosterona é muito significativo com o uso de Tribullus pelas mulheres. No estudo realizado pela UNESP, que investigou a melhoria da disfunção sexual com uso de Tribullus em 144 pacientes, foi utilizada uma escala composta por seis domínios: desejo, excitação, lubrificação, orgasmo, satisfação e dor e observou-se a melhora estatisticamente significativa em quatro deles: desejo, excitação, orgasmo e satisfação.

Em outro estudo, que buscou avaliar a eficácia do Tribullus na melhoria da qualidade do sêmen do homem foi evidenciado que antes do tratamento 46% deles apresentavam alterações na quantidade e na motilidade dos espermatozoides. Ao final do tratamento com Tribullus, 65% apresentaram aumento estatisticamente significativo na quantidade e motilidade destes espermatozoides.

Estudos demonstraram que o Tribulus terrestris não provoca picos hormonais, o que pode explicar o perfil de segurança mais favorável, com menos incidência de efeitos colaterais, quando comparado a outros medicamentos.

O primeiro produto a base de Tribulus terrestris surgiu no Brasil em 2007, com posologia de 1 comprimido 3x ao dia. Recentemente, foi lançada no país uma nova apresentação que oferece a comodidade posológica de apenas 1 comprimido por dia.

Herbarium Central de Relacionamento – 0800 723 8383