Arquivo da tag: ibirapuera

Bacio di Latte faz parceria em prol da AACD com venda especial de gelato

As vendas, abertas para todos, serão realizadas exclusivamente ao lado da unidade Ibirapuera

Contribuir, colaborar faz parte do DNA da marca Bacio di Latte. Por isso, pela primeira vez, ela se alia à AACD para uma ação muito especial: até dia 4 de outubro, portanto durante dois meses, Bacio di Latte colocará um quiosque dentro da entidade, no Ibirapuera, e toda a renda será revertida para a instituição.

A AACD não tem fins lucrativos, por isso depende de doações e do engajamento da sociedade para continuar oferecendo os tratamentos sem custos a pessoas com deficiência e mobilidade reduzida. Somente em 2018, foram realizados cerca de 800 mil atendimentos.

As vendas vão ocorrer de segunda a sexta, das 11 às 17 horas. E, detalhe, os valores cobrados correspondem à metade dos preços praticados em suas lojas. A ideia é que, dessa forma, os funcionários e as pessoas que se beneficiam da AACD possam saborear mais facilmente os gelatos da Bacio. E que se venda o máximo possível.

“Essa parceria de marketing de causa é um exemplo de como é possível pensar modelos de negócio criativos que envolvam marcas e ao mesmo tempo engajem o consumidor final. E o melhor é saber que milhares de pacientes da AACD serão beneficiados por essa ação”, explica Adriana Magalhães, gerente de Relações Institucionais da AACD.

bacio di latte.jpg

Segundo o diretor de Marketing da Bacio di Latte, Fabio Martins Medeiros, “é um privilégio ter a oportunidade de colaborar com a AACD, uma das mais importantes instituições do país. A parceria está muito ligada ao propósito da Bacio di Latte como empresa, que é fazer negócios de uma forma justa, retribuindo para a cidade e consumidores o que recebeu de forma tão carinhosa”.

AACD – Av. Professor Ascendino Reis, 724 – Ibirapuera, São Paulo – SP

Sete playgrounds gratuitos para os pets nas férias

Áreas de lazer especiais para os bichinhos de estimação são alternativas gratuitas de passeio para a família

Brincar faz bem para a saúde, contribui com o bem-estar e a qualidade de vida dos pets. Em parceria com a Petz, parques oferecem área especial para levar os bichinhos, com brinquedos e bebedouros. O modelódromo do Ibirapuera e os parques Villa-Lobos, Juventude e Cândido Portinari, além das lojas Petz Itaim Bibi, Ricardo Jafet e Aricanduva, em São Paulo, têm playgrounds que funcionam gratuitamente todos os dias da semana.

“São locais ótimos para o pet gastar energia, se sociabilizar com outros cães e pessoas e se acostumar a viver bem com todos”, afirma a veterinária Karina Mussolino, gerente técnica de clínicas da Petz e do Centro Veterinário Seres. A atividade física ajuda a fortalecer a musculatura, aumentar a capacidade respiratória, controlar o peso e a diminuir o risco de doenças.

“Os exercícios também auxiliam no combate de problemas comportamentais, como lambeduras excessivas de patas, mordeduras, ansiedade e agressividade. Mas sempre tomando alguns cuidados e sob orientação de um o veterinário”, explica a veterinária. A dica da veterinária é evitar os horários mais quentes, ficar atento à hidratação e às pausas para o descanso.

Ela explica que é preciso ter cuidado com o padrão respiratório, principalmente nas raças que possuem o focinho achatado (raças braquicefálicas), e não indica o exercício para aqueles que tenham alguma doença pré-existente, que podem ter uma exaustão física, comprometendo e agravando o quadro. “As corridas ou caminhadas ao ar livre devem ser feitas de maneira tranquila, para que o momento seja um prazer para o tutor e seu pet.”

 Veja onde levar os pets para se divertir:

 1 – Ibirapuera

petz parque ibirapuera

Com pistas de agility, obstáculos de diversão e bebedouros, o espaço de 2.200 m², localizado na praça Ayrton Senna do Brasil, em frente ao parque Ibirapuera, é dedicado ao lazer dos animais e seus donos.  Chamada de Petz Park, a área é toda cercada e faz parte do projeto de revitalização do Centro Esportivo Modelódromo.
Endereço: Rua Curitiba, 290, Paraíso
Horário: das 8h às 22h

 2- Villa-Lobos

petz villa lobos 6petz villa lobos 3

A Área Petz Villa-Lobos tem 350m² dividida em dois ambientes: um para cães de grande porte e outro para cães de pequeno e médio porte. Ambos contam com obstáculos para os pets se divertirem e bebedores humanos e caninos, além de espaços para que os tutores possam descansar, enquanto os cães brincam.
Endereço: Av. Prof. Fonseca Rodrigues, 2001, Alto de Pinheiros
Horário: 5h30 às 19h

 3 – Cândido Portinari

petz parcão prefeitura 3O espaço Petz do Parque Cândido Portinari tem uma área livre de 80 m², toda cercada e equipada com bebedores e local de descanso para os tutores. Os pets podem correr e brincar com total liberdade e segurança.
Endereço: Av. Queiroz Filho, 1.365, Vila Hamburguesa, zona oeste
Horário: 5h30 às 20h

 4 – Juventude

petz parcão2

Com 100 m², a Área Petz do Parque da Juventude conta com brinquedos, obstáculos, bebedores para humanos e pets, além de uma área de descanso para os tutores.
Endereço: Av. Cruzeiro do Sul, 2.630, Carandiru, zona norte
Horário: 6h às 19 horas

 5 – Ricardo Jafet

petz parcão prefeitura 2

Espaço com playground especial para os pets é aberto 24 horas, Tem serviço de hotel e day care, ou dia de creche, para quem não quer deixar o cão sozinho durante o dia em casa. Com várias atividades desenvolvidas por monitores para o bem-estar dos bichinhos. O serviço tem capacidade para receber até 50 cães por dia e, caso o tutor precise, pode também deixá-los para dormir.
Endereço: Av. Dr. Ricardo Jafet, 1750, Vila Mariana
Horário: funciona 24 horas por dia

 6 – Itaim Bibi

petz parcão prefeitura

A loja Petz Itaim oferece playground com 300 metros quadrados em uma área externa na cobertura da unidade, com brinquedos desenvolvidos para os pets, grama sintética, bebedouros e cata-cacas. É opção também para os bichinhos antes ou depois da consulta veterinária ou do banho.
Endereço: Rua Bandeira Paulista, 982, esquina com a Avenida Juscelino Kubitschek, Itaim Bibi
Horário: das 8h à meia-noite

 7 – Aricanduva

Petz Parcão9

Piscina e playground são atração na parte externa da loja da zona lestes. Com 300 m², área revestida de grama sintética e cercada oferece dez brinquedos, como túnel, escorregador e escadinha para os pets se exercitarem. Uma piscina rasa em formato de osso funciona durante o verão.
Endereço: Av. Rio das Pedras, 2.207, Jardim Aricanduva, zona leste
Horário: segunda a sábado, das 8h às 21h30; domingos e feriados, das 9h às 17h30

 Fonte: Petz

 

Vista Ibirapuera no rooftop do MAC: para ver e para comer

Toda grande cidade merece ter um bom restaurante com aquela vista especial para a sua melhor paisagem, não é? Agora, São Paulo pode dizer que tem um espaço assim, para a gente “comer com os olhos”, mas não só com eles: o Vista Restaurante está na cobertura do prédio projetado por Oscar Niemeyer nos anos 50 e que hoje abriga o Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC–USP).

Lá do alto, é possível ter uma incrível visão panorâmica do verde do Parque Ibirapuera, do Obelisco dos Heróis da Revolução de 32, do Pavilhão da Bienal, da Oca, do Auditório Ibirapuera, do Instituto Biológico e do skyline da metrópole.

O restaurante faz parte de um complexo gastronômico Vista Ibirapuera que ocupa vários espaços do Museu. No mezanino funciona o Vista Café, que de terça a domingo, durante o dia, serve comidinhas saudáveis, e no almoço do meio dia até às 16 horas tem o Convescote – sugestão completa com três opções de entrada, prato principal e sobremesa (R$ 35 a R$ 55 –vegetariana, carne ou peixes/frutos do mar).

Aos domingos, o Vista Café oferece um delicioso brunch. No rooftop fica o Vista Restaurante, o Bar Obelisco e, com inauguração prevista para o próximo semestre, o Bar do Mar, um raw bar com foco em frutos do mar. Essa iniciativa toda é capitaneada pelo grupo Indústria de Entretenimento, de Leo Sanchez, Eduardo Papel, Jairo Chansky, Walace Giuzio e Felipe Bellim, que também são os proprietários de outros empreendimentos na cidade, como o bar Rey Castro, o pub The Sailor e a lanchonete e steakhouse Sailor Burger.

Vista restaurante _ fotos Rubens Kato  (3).jpg

Além de pinturas de Picasso, Tarsila, Kandinsky, DiCavalcanti e Modigliani, esculturas de Alexander Calder, Maria Martins e Henry Moore e instalações de Joseph Beuys e Leda Catunda, o museu agora também atrai visitantes interessados em conhecer as deliciosas obras de arte comestíveis criadas pelo talentoso chef paranaense Marcelo Corrêa Bastos, conhecido pela qualidade e pela criatividade das receitas que serve desde 2012 em seu outro restaurante paulistano, o Jiquitaia. Ele se associou aos empresários do grupo Indústria de Entretenimento e atua como sócio e coordenador da parte gastronômica de todo o complexo Vista Ibirapuera.

Vista restaurante _ chef Marcelo Correa Bastos _ foto Rubens Kato

“O Vista é um restaurante de comida brasileira. Dispenso o rótulo de comida brasileira contemporânea porque meu trabalho é muito calcado nas tradições. Mas não é por isso que eu me privo de fazer releituras de pratos típicos e incluir toques autorais em clássicos da culinária brasileira”, avisa Bastos que, aos 36 anos, tem como mantra a simplicidade, o respeito aos ingredientes e o rigor na execução das receitas.

Vista restaurante _ Quiabos grelhados, maionese de dendê e farofa de camarão seco _ fotos Rubens Kato (3)
Quiabos grelhados, maionese de dendê e farofa de camarão seco
Vista restaurante _ Arroz de frutos do mar _ fotos Rubens Kato 4
Arroz de frutos do mar 

Exemplos de pratos “intocados” são a moqueca capixaba de peixe e camarão, e a feijoada exclusiva dos almoços de sábado (R$ 85) e a leitoa à pururuca dos almoços de domingo (R$ 120 – 2 pessoas), sugestões especiais além do nosso cardápio. Outras receitas foram aprimoradas, como pato no tucupi (R$ 99): ele é composto pelas carnes da ave (um magret mal passado e uma coxa confitada) servidas sobre um leito de verduras refogadas (jambu, chicória, agrião, coentro e espinafre) e, à parte, uma molheira com o tucupi para cada cliente adicionar de acordo com a sua preferência.

Lula à dorê com maionese de limão cravo _ foto Rubens Kato (2)
Lula à dorê com maionese de limão cravo
Vista restaurante _ Tempurá de cambuquira com milho verde e jiquitaia _ fotos Rubens Kato (2)
Tempurá de cambuquira com milho verde e jiquitaia
Cheeseburger da casa _ foto Rubens Kato (1)
Cheeseburger da casa

Boas pedidas do cardápio são também a copa lombo suína com redução de caldo de suã, batatas doces e hortaliças (R$ 68). Para quem não quer nada com proteína animal, Marcelo criou os raviólis de milho verde em caldo de legumes (R$ 62), com massa feita unicamente de farinha e água.

Para os que quiserem apenas beliscar, o cardápio oferece gostosos petiscos, ideais para serem compartilhados, como as croquetas de pupunha com maionese de pimenta de cheiro (R$ 29), os bolinhos de siri com salada de ervas frescas (R$ 31) e o tempurá de cambuquira (broto de chuchu, abóbora ou abobrinha) com milho verde e pimenta jiquitaia (R$ 29).

De sobremesa, o chef desenvolveu sugestões como a terrine de chocolate com calda de caramelo e compota de laranjinha kinkan (R$ 25), a torta de caramelo com sorvete de castanha do Pará (R$ 28) e a pavlova com curd de limão e sorvete do cambuci (R$ 25).

A carta de drinques é assinada pelo mixologista baiano Laércio Silva, conhecido como Zulu, campeão do World Class Diageo Brasil em 2014, integrante do júri que elege os 50 melhores bares do mundo e especialista na utilização de ingredientes genuinamente brasileiros nas receitas de seus coquetéis autorais.

Laércio Zulu _ foto Rubens Kato

“A proposta aqui no Vista é que a coquetelaria siga os moldes da gastronomia, com brasilidade, simplicidade e esmero. Desenvolvi drinques inspirado nas minhas raízes regionais, colocando em destaque elementos como a cachaça e frutas como o umbu e o cambuci”, conta Zulu, que já participou de cursos sobre irish whiskeys na Irlanda, de workshops sobre gins na Inglaterra e ainda produz uma linha exclusiva de bitters artesanais.

Fiz da Terrinha_ foto Rubens Kato (2)
Fiz da Terrinha
Casca Grossa _ foto Rubens Kato (3)
Casca Grossa

Para o bar do Vista, ele criou seis drinques, entre eles o Sertanejim (que mistura cachaça Leblon, pitaya vermelha, mix de especiarias, suco de limão e mel, finalizado com chips de mandioca e um coquinho de licuri – R$ 28,90), o Mangadinha (feito com gim, purê de manga, cardamomo, água gaseificada, suco de limão, laranja Bahia e um raminho de endro dill – R$ 31,90) e o Umbu Sour, elaborado com cachaça Leblon, compota de umbu, clara de ovo e suco de limão (R$ 29,90).

Para quem preferir bebidas sem álcool, as sugestões da casa são os sucos de frutas também bem brasileirinhas (R$ 12, cada), como o de maracujá com manga, o de acerola com laranja, o de caju, o de cajá, o de graviola e o de cupuaçu.

Para emoldurar todas essas gostosuras, o projeto arquitetônico foi desenvolvido por Felipe Protti, do atelier Prototyp&. Sem fazer grandes intervenções e respeitando a obra original de Niemeyer, Felipe buscou elementos dos anos 50 e 60, aplicando influências e proporções vintage, explorando acabamentos e tecnologias atuais, agregando referências modernas e com identidade bem brasileira.

Dessa forma, o restaurante, o lounge e o bar receberam cadeiras, mesas, luminárias e acessórios desenhados por Felipe, que criou ambientes neutros e elegantes, com tons de branco e off-white. Nas paredes e nos pisos, usou ladrilhos hidráulicos com volumetria, conduziu iluminação indireta e separou os diferentes recintos com uma parede de elementos vazados. “O resultado disso tudo foi o surgimento de um novo e surpreendente espaço para a cidade”, celebra o arquiteto.

O Vista Ibirapuera ocupa todo 8º andar do Museu – uma cobertura com mais de 2.400 m² de área. Só o terraço tem mais de 1.400 m², e é ideal para confraternizações, casamentos e eventos corporativos.

Resumindo, a proposta do Vista Ibirapuera não é ser um local para a pessoa simplesmente “comer com os olhos”. Ele foi concebido para ser uma evolução do mero cartão postal, do lugar-pavê: é pra ver, pra comer, pra beber, eventualmente pra dançar e – sempre – para você se divertir e curtir bons momentos num ambiente muito mais do que apenas bonito e agradável.

Fotos: Rubens Kato

Vista restaurante _ fotos Rubens Kato (1)

Vista Ibirapuera: Avenida Pedro Álvares Cabral, 1.301, Ibirapuera. Acesso pelo portão principal do Museu de Arte Contemporânea (MAC-USP). Horários de funcionamento:

Restaurante Vista – terça a sábado – das 19h às 24h. Almoço sábado –  das 12h às 16h. Almoço sábado – das 12h às 16h. Almoço domingo e feriado – 12h às 17h
Bar Obelisco – terça a sábado, das 18h às 2h
Vista Café – terça a sexta, das 10h30 às 18h, sábado e domingo, das 10h às 18h

Evento especial para comemorar a Primavera

TPM – Treino para Mulheres é um sistema de treinamento para otimizar as capacidades físicas e pessoais, específico para mulheres, tendo como pano de fundo o futebol: são exercícios que aliam fortalecimento, condicionamento físico com perdas significativas de até 600 calorias por aula de uma hora. Para comemorar o início da estação mais florida do ano, no dia 23 de setembro, sábado, acontece aula experimental gratuita para mulheres, às 10 horas, no Parque Ibirapuera (na Marquise), bairro da Vila Mariana.

TPM é uma nova forma de se exercitar aliando o treinamento funcional ao futebol. Voltado a mulheres que querem conquistar seus objetivos de uma maneira rápida e divertida e, ao mesmo tempo, aprender ou colocar em prática os fundamentos desse esporte.

Os treinos são baseados em aspectos físicos, técnicos e táticos que utilizam principalmente nosso melhor equipamento: o nosso corpo. As atividades trabalham tanto a parte física (agilidade, equilíbrio, força, resistência, flexibilidade, velocidade, e coordenação) quanto à parte mental (foco, determinação e otimismo) além das capacidades pessoais (cooperação, trabalho em equipe e liderança).

Idealizado por duas amigas de longa data a Bia Gomes e Elaine Valério, que desde crianças, compartilham a paixão pelo esporte. As aulas podem ser feitas em condomínios residenciais, conjuntos comerciais ou empresas, praças e parques e a implementação é rápida, simples e com toda a infraestrutura necessária.

aulão.jpg

Evento:
Comemoração do início da Primavera – aula experimental
Data: 23 de setembro
Horário: das 10 às 11 horas – TPM – Mulheres
As vagas são limitadas e a confirmação através do telefone 11 99900 2142 (com Bia)
Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral – Vila Mariana, São Paulo – (Na Marquise)
Grátis
Publico: para mulheres
Informações: Aulão Funcional

São Paulo ganha praça especial para os pets

O ParCão, espaço cercado com pista de agility, obstáculos de diversão e bebedouros, faz parte da área da nova praça Ayrton Senna do Brasil, que foi inaugurada ontem, em frente ao Parque Ibirapuera

Os pets têm, desde ontem, 1º de maio, um novo espaço na cidade especialmente pensado para eles. Chamada de ParCão, a área de 2.200 m² é toda cercada, com pista de agility, obstáculos de diversão, área de convivência com os tutores e bebedouros para os bichinhos de estimação. O local, inaugurado junto à nova praça Ayrton Senna do Brasil, faz parte das obras de revitalização do Centro Esportivo Modelódromo, em frente ao Parque Ibirapuera, na zona sul de São Paulo.

petz.png

As duas novas áreas públicas da cidade foram reformadas em parceria com a iniciativa privada. O ParCão, que ocupa o antigo cachorródromo, teve projeto e obra executados pela Petz, uma das maiores pet shops do Brasil. “Além de contribuir com a cidade, a revitalização do espaço também ajuda no bem-estar e na qualidade de vida dos pets”, avalia Valéria Nogueira, gerente de projetos da empresa. Os frequentadores vão poder aproveitar o espaço com seus bichinhos de estimação diariamente, das 8 às 20 horas.

praçapraça 2praça3

Homenagem

Já a Praça Ayrton Senna do Brasil, que homenageia o tricampeão mundial de F-1, tem uma área de 15.000 m². Uma das principais atrações é a escultura de 2,5 toneladas, que antes ficava na entrada do túnel Ayrton Senna, e uma réplica em bronze do capacete do tricampeão. O projeto foi idealizado pelo paisagista Benedito Abbud e contou com parceiros, como a BMW/Agulhas Negras e Farah Service.

ParCão e Praça Ayrton Senna do Brasil
Endereço: entrada da praça fica na Rua Curitiba, 290, ao lado do Clube Círculo Militar
Funcionamento: das 8h às 20h
Entrada: gratuita

Fonte: Petz

Amanhã: especialistas da ABRASSO promovem ações de conscientização sobre osteoporose

No dia 20 de outubro, Dia Mundial da Osteoporose, médicos da Associação Brasileira de Avaliação Óssea e Osteometabolismo (ABRASSO) estarão na Marquise do Parque do Ibirapuera, das 9 às 17 horas, com ações de conscientização voltadas ao público leigo para a prevenção da doença, que já atinge 10 milhões de brasileiros.

Durante o evento, os especialistas estarão de plantão para prestar orientações, além de distribuir folders explicativos sobre as causas, diagnóstico e tratamento da Osteoporose. A ação prevê, ainda, palestras sobre alimentação e atividade física direcionada aos idosos e pacientes com osteoporose, além do teste gratuito do Calcâneo (exame que avalia a massa óssea do indivíduo por meio de uma ultrassonometria do calcanhar para identificar a osteoporose).

“Essa campanha da ABRASSO visa conscientizar a população de que a osteoporose é uma doença silenciosa, por isso, dizemos que se trata de uma doença traiçoeira. Às vezes, a primeira manifestação é uma fratura. Quando a pessoa faz o diagnóstico na primeira fratura, grande quantidade de osso já foi perdida. Por isso, a prevenção é essencial”, afirma Vera Szejnfeld, presidente da ABRASSO.

abrasso

Estatísticas

De acordo com os especialistas da ABRASSO, um estudo americano realizado em 2015 observou que o custo das internações de mulheres com fratura óssea era maior que o infarto do miocárdio e do câncer de mama juntos. No ano passado, os EUA tiveram um custo de US$ 18 bilhões com a doença. Segundo a Organização Mundial de Saúde, esse cálculo deve duplicar até 2025.

Outro estudo realizado na Europa observou que 40% das mulheres brancas têm osteoporose. A população do Norte da Europa é mais afetada do que as pessoas que vivem na região da Itália, Espanha e Portugal, devido à influência de outros fatores, entre eles, o sol. No Brasil, esse número é menor, pelo fato de a população ser mista.

Cerca de 25 a 30% de pacientes com fratura de fêmur são levados ao óbito. Dos pacientes que sobrevivem à fratura, metade torna-se dependente de ajuda, o que interfere na qualidade de vida, além de sofrer com dores, perda da estatura, diminuição da capacidade motora e graves consequências na qualidade de vida.

Nas internações hospitalares causadas por fraturas, observou-se que 75% são mulheres e 25% são homens.

Campanha do Dia Mundial da Osteoporose 
Data: 20 de outubro
Horário: Das 9 às 17 horas
Local: Marquise do Parque do Ibirapuera – São Paulo
Realização: ABRASSO – Associação Brasileira de Avaliação Óssea e Osteometabolismo

 

Virada Sustentável acontece entre hoje e domingo em São Paulo

Maior festival de educação e mobilização para a sustentabilidade do Brasil, a Virada Sustentável realiza sua 6ª edição em São Paulo, entre os dias 25 (hoje) e 28 de agosto, com centenas de atrações culturais e atividades gratuitas distribuídas por toda a cidade. Depois de passar por Porto Alegre e Manaus, a edição deste ano traz como principal eixo temático os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), uma agenda mundial construída pela Organização das Nações Unidas (ONU) com o objetivo de definir novos rumos para o desenvolvimento humano.

Entre os destaques de São Paulo estão a programação especial no Parque do Ibirapuera, com instalações, teatro e atividades lúdicas para adultos e crianças, além de palestras no Museu de Arte Moderna (MAM); uma rica programação nos CEUs e Fábricas de Cultura da cidade, que inclui um intercâmbio entre artistas locais e estrangeiros do grafitti art com curadoria do artista Binho Ribeiro; um “Pimp My Carroça” especial com catadores de resíduos do artista Mundano; uma sessão de meditação coletiva no topo do edifício Martinelli, promovida pelo grupo Awaken Love; e bicicletadas na Av. Paulista e região com os grupos Bike Tour SP e Vá de Bike, entre outros.

A edição tem ainda o Unibes Cultural como foco dos conteúdos e rodas de conversa inspiradoras da Virada, o ContAí, reunindo mais de 40 pessoas que vêm fazendo a diferença na cidade em áreas como Educação, Cinema, Alimentação e Kebrada, entre outras. O espaço também contará com sessões gratuitas da mostra “Diálogos no Escuro” (um passeio conduzido por guias deficientes visuais, numa incrível experiência multi‐sensorial), exposições e atividades lúdicas.

A Virada Sustentável ‐ São Paulo 2016 é apresentada pela Lei de Incentivo à Cultura e pelo PROAC ‐ Programa de Ação Cultural. É apresentada pela Braskem, com patrocínio da Novelis e apoio das empresas AES Eletropaulo, Accor Hotels, Ball, Ticket, Natura e Hospital Bandeirantes. O evento conta ainda com a colaboração dos parceiros: Instituto Alana, Bigud Digital, Menta Propaganda, Fala Sampa, WRI Brasil, das Secretarias Municipais de Educação, Cultura e Meio Ambiente e Secretaria Estadual de Cultura. A promoção é feita por UOL, Catraca Livre e Ótima. A realização é da Virada Sustentável, em parceria com Governo do Estado de São Paulo, Ministério da Cultura e Governo Federal.

20428927573_65d6034082_z

Virada Sustentável – São Paulo 2016
De 25 a 28 de agosto
Parque Ibirapuera + Unibes Cultural + Dezenas de locais na cidade

Facebook –  #VireSP #VireSuaCidade #ViradaSustentavel #VireSuasIdeias