Arquivo da tag: inverno

Aprenda a fazer 3 drinques para aquecer o fim do inverno

Durante a estação mais fria do ano, se livrar do incômodo causado pelas temperaturas mais baixas é uma tarefa por vezes difícil e que aguça a criatividade. Quando os agasalhos e cobertores não são suficientes, uma boa dose ou drinques à base das chamadas “bebidas quentes” se tornam alternativas mais do que prazerosas. No Brasil, o destilado mais comum e que cai muito bem nessa estação é a cachaça, que está cada vez mais popularizada por causa das bebidas mistas saborizadas.

A mais comum, atualmente, é a bebida mista de banana produzida pela empresa Bananazinha. Com fábricas nos estados de São Paulo e Goiás e distribuição em todo o país, ela também fabrica outros rótulos que têm outras frutas e especiarias como protagonistas.

Em destaque três drinques especiais para o inverno que levam alguns deles na preparação. Confira:

Alexander Bananazinha

Ingredientes:
1 dose e meia de BananaZinha;
1 dose de creme de leite;
2 doses de leite condensado;
2 colheres de cacau em pó.

Modo de preparo:
Em uma coqueteleira com gelo, acrescente todos os ingredientes. Faça um “shake” e sirva apenas o líquido em uma taça martíni (você pode usar uma peneira comum para auxílio). Finalize com raspas de noz-moscada.

Cinnamon Paradise

Ingredientes:
95ml de CanelaZinha (bebida mista à base de cachaça e saborizada com canela);
8 uvas verdes;
60ml de água de coco;
20ml de vodca.

Modo de preparo:
Em uma coqueteleira, acrescente todos os ingredientes e gelo. Faça um “shake” e sirva em um copo baixo. Para decorar, espete três uvas verdes em um palito e coloque por cima do copo.

Rabo de Galozinho

Ingredientes:
110ml de AbacaxiZinho (bebida mista à base de cachaça e saborizada com abacaxi);
15ml de cachaça;
30ml de chá Mate;
10ml de Cynar.

Modo de preparo:
Misture todos os ingredientes em um copo baixo. O gelo é opcional. Se desejar, decore com casca de limão taiti.

Vale lembrar que apesar do gelo ser necessário para diluição e equilíbrio das misturas, os drinques caem muito bem com o frio devido à presença de bebidas como vodca, rum e a própria cachaça.

Para saber qual o ponto de venda dos produtos da Bananazinha mais próximo, basta acessar o site da empresa.

Raclette: o delicioso sabor do inverno

O inverno em São Paulo reserva muitos prazeres, incluindo comida de altíssima qualidade

Dentro das diversas opções atreladas ao clima frio do inverno, as mais usuais são a degustação de pratos típicos da estação. Do bom e muito conhecido fondue, ao consumo de bons rótulos de vinhos, uma das opções que surgem com bastante intensidade é o consumo do queijo raclette. Essa iguaria é oriunda da Suíça, típico do cantão de Valais. Inúmeros relatos históricos indicam que esse tipo de queijo é consumido na região dos Alpes Suíços há mais de 400 anos.

Como item da culinária, o queijo se tornou a estrela principal do prato de mesmo nome: a raclette. A palavra é derivada do verbo francês “racler”, que significa raspar, em uma referência direta à forma tradicional de preparo do prato. Provavelmente o nome ganhou notoriedade porque foram os franceses que acabaram por aprimorar a receita, adicionar outros ingredientes, fazer combinações irresistíveis e, por isso, acabaram se tornando especialistas no preparo desse prato, ajudando a popularizá-lo.

O raclette é produzido a partir do leite cru, em um processo lento, para ser extraído todo sabor marcante e a textura perfeita. O tempo de maturação deste queijo, em seu preparo tradicional, leva pelo menos 90 dias, para ser atingido a perfeição; firme por fora e macio por dentro.

Vale destacar que a versatilidade do queijo de raclette não precisa ser limitada. O mesmo pode ser de leite de cabra, ovelha, búfalo ou vaca, do suave ao aromático, genuíno, defumado, temperado com alho ou com pimenta, o prato não precisa ter limite. A combinação pode ser feita com batatas cozidas, legumes e frutas, servida com o queijo raclette assado, raspado por cima, como o bom manual da iguaria aponta.

No século XX, precisamente nos idos dos anos 70, este prato ganhou ainda mais sofisticação com o aparecimento de inúmeros modelos de racleteiras elétricas. Algumas, hoje, permitem derreter queijo na mesa em panelinhas, onde são inseridos diversificados ingredientes como toucinho, tomate, abacaxi, entre outras opções.

Em São Paulo existem diversos restaurantes que servem essa iguaria. Vale destacar que até o dia 10 de setembro, às sextas e sábados, o Grand Hyatt São Paulo oferece o Festival de Raclette, com um menu que engloba uma estação raclette, legumes, frios e fondue de chocolate. Como opções à parte são oferecidos batata assada com crispy de presunto Yaguara e queijo raclette e sanduíche de brisket.

Grand Hyatt São Paulo – Av. das Nações Unidas, 13301 – Itaim Bibi, São Paulo – SP

Chef Cafira Foz assina cardápio de sopas e bowl exclusivos de Olga Ri

Para a Olga Ri, sopa não só é janta como recebe destaque no cardápio de inverno. A startup de saladas, que funciona no modelo dark kitchen, aproveita a sazonalidade da época para oferecer opções de pratos. E dessa vez, anuncia parceria com a chef de cozinha nordestina Cafira Foz, que trouxe feijão branco e frango para uma sopa fitness da marca. Os ingredientes somam os pratos criativos da marca com feijão branco, batata inglesa, caldo de legumes feito com ingredientes integrais até o talo e frango caipira temperado.

A Olga Ri é conhecida por reaproveitar talos de verduras e legumes em suas sopas, deixando os caldos mais nutritivos e evitando o desperdício de alimentos. Além da sopa inédita de Feijão branco e frango caipira, a chef criou um Bowl especial para a marca, que foi anunciado no cardápio de inverno e ganhou o nome de Sertanejo.

“Assim que imaginamos fazer uma parceria para o novo cardápio, logo pensamos na Cafira, já que muita gente por aqui é fã do seu trabalho. Entramos em contato e ela logo topou essa aventura”, comenta Beatriz Samara, CPO de produtos da Olga Ri.

A Chef Cafira Foz

O serviço de entrega está disponível no Rappi, iFood e no aplicativo da Olga Ri.

Chocolates Brasil Cacau amplia portfólio de inverno com o Fondue Ovomaltine

A novidade passa a integrar o mix de produtos especiais para a estação

Elegante, delicioso e fácil de preparar, o fondue de chocolate é o doce mais aclamado do inverno, um clássico que nunca sai de moda. A Brasil Cacau, sempre atenta às tendências e aos pedidos de seus consumidores, aproveitou a chegada do inverno para abastecer o seu portfólio com combinações extraordinárias de fondues.

A parceria entre Brasil Cacau e Ovomaltine já é de longa data e agora a família cresceu com a sua versão fondue que, além do delicioso chocolate, conta com a crocância inconfundível de Ovomaltine® em um sachê adicional para proporcionar uma experiência ainda mais incrível.

Ele pode ser preparado, sem complicação, em banho maria ou no micro-ondas e a recomendação é usar frutas, marshmallow, biscoitos e até mesmo trufas recheadas para acompanhá-los e tornar a experiência ainda mais especial.

O produto já está disponível para venda nas mais de 400 lojas físicas da marca pelo Brasil, além do site oficial e nos apps de delivery, Rappi e iFood.

5 produtos Nivea indispensáveis para o cuidado da pele no inverno

Confira os itens de Nivea perfeitos para a sua rotina de beleza na estação mais fria do ano

Você sabia que no inverno o cuidado com a nossa pele precisa ser redobrado? Isso porque com a queda de temperatura é muito comum a nossa pele ficar ressecada, desidratada e com algumas rachaduras, principalmente nos lábios – já que essa região costuma ser mais sensível pela falta de queratina, responsável por ajudar a manter a umidade do organismo, além de estar sempre em contato com a saliva, que possui pH ácido e pode contribuir para o ressecamento.

É importante, principalmente no frio, manter uma rotina intensa de hidratação para estar com a nossa pele sempre bem cuidada e sem aquela sensação de pele repuxando. Pensando nisso, a Nivea, marca Nº1 em cuidados com a pele no mundo, selecionou alguns produtinhos que são ideais para manter o seu lábio, mãos e corpo sempre hidratados, a fim de evitar os danos causados pelo clima seco e gelado.

Confira:

Loção Hidratante Nivea Milk
É claro que você conhece ou já usou o best-seller Loção Hidratante Nivea MILK. São anos de história e cuidado, passado de geração para geração! Ele desodoriza e proporciona a sensação única de relaxamento, deixando a pele visivelmente macia, sedosa e super hidratada por 48 horas. A fragrância clássica da marca é leve e proporciona uma experiência reconfortante nos dias mais frios. Afinal, cuidar do corpo também é skincare, né? Preço sugerido: R$ 20,90

Nivea Creme
O Nivea Creme, a famosa latinha azul, é um produto que pode ser usado a qualquer hora, em qualquer lugar. Ela evita o ressecamento, é multifuncional e indicada para todas as partes do corpo com alto teor de ingredientes hidratantes, exclusivos da NIVEA, oferece uma pele macia por até 24h. Média de preço: R$ 17,45

Nivea Scrub Aloe Vera
Fornece todo cuidado e hidratação que um lábio precisa de um jeito funcional: enquanto o efeito de peeling renova a pele dos lábios, sua fórmula enriquecida com Aloe Vera e Vitamina E deixa-os instantaneamente macios! Preço sugerido: R$ 22,90

Nivea Hands 3 em 1 Antibacteriano
Proporciona hidratação por 24 horas, além de reparar e proteger as mãos do ressecamento, com dexpanthenol. Sua embalagem é prática e fácil de carregar para qualquer lugar! Preço sugerido: R$ 20,30

Nivea Hidratante para Banho Milk
Sua fórmula com Óleo de Amêndoas foi especialmente desenvolvida para desodorizar e hidratar a pele durante o banho, logo após o uso do seu sabonete diário. Sua fórmula exclusiva é rapidamente absorvida pela pele molhada. Aguarde alguns segundos e enxágue suavemente, para sair do banho com a sensação de uma pele macia e hidratada. Você pode se vestir imediatamente, sem a necessidade de aplicar uma loção hidratante após o banho. Preço sugerido: R$19,90

Informações: Nivea Brasil | SAC: 0800 77 64832

Sopa: saiba tudo sobre o alimento que é o queridinho do inverno

As temperaturas mais baixas são um convite para ingerir uma sopa, caldo ou canja

O frio e as temperaturas mais baixas do inverno dão aquela preguiça de cozinhar. Nesse cenário, as sopas – além dos caldos e canjas – caem como uma luva. Práticas, de rápida preparação e muito nutritivas, elas trazem consigo uma infinidade de combinações e sabores. Há quem diga que esse é, inclusive, o prato mais antigo da humanidade, inventado pelos homens das cavernas misturando pedaços de carnes e outros alimentos em vasilhas e tigelas primitivas, muito antes até do que a domesticação do fogo.

Segundo a nutricionista e coordenadora do curso de Nutrição da Faculdade Anhanguera, Sofia Ferreira, as sopas geralmente são lembradas no inverno e/ou quando as pessoas estão doentes ou em recuperação médica — são tão versáteis que nem precisam de muito esforço para a mastigação, podendo ser consumidas por todo mundo, de crianças a idosos. E a especialista afirma que o prato deveria ser consumido mais, e durante todo o ano.

“As sopas podem ser um alimento extremamente nutritivo. Como são feitas geralmente com alimentos in natura, são muito saudáveis. A forma como os ingredientes são cozidos, evitando cozinhar por muito tempo e evitando liquidificar, contribui para uma melhor digestão pelo organismo e maior ingestão de fibras. Outro ponto interessante é que o prato contém quantidades grandes de água, tanto no caldo em si, quanto nos ingredientes usados no preparo, contribuindo com a hidratação do corpo”, explica Sofia.

As sopas são excelentes opções de entrada, acompanhamento e prato principal. Versáteis, podem oferecer uma infindável combinação de sabores. À noite, durante o jantar, é quase uma opção perfeita: leve e de fácil digestão para o corpo que vai entrar em descanso.

“Durante o preparo, o ideal é inserir muitos vegetais e legumes como couve, agrião, cenoura, vagem e brócolis, que irão deixar sua refeição menos calórica e mais nutritiva; e ter cautela em adicionar grandes quantidades de batatas e demais tubérculos, pois são mais calóricos e devem ser consumidos com moderação por diabéticos, por exemplo. Além disso, opte por carnes magras, evitando bacon, paio e outras proteínas gordurosas. Abuse dos temperos naturais como ervas e talos, salsão, alho, cebolinha. Para os consumidores veganos ou vegetarianos, vale apostar em proteínas como a lentilha e grão-de-bico. Não é recomendado incluir no preparo o macarrão instantâneo, por possuir altas taxas de sódio em sua composição e por ser um produto industrializado pobre em nutrientes”, aponta a nutricionista.

“Além disso a especialista ressalta que se alimentar com qualidade nutricional faz toda diferença: você nutre, hidrata e aquece o corpo, trazendo sensação de bem-estar físico e emocional. Uma dica de ouro é sempre ter sopas congeladas, pela praticidade, evita-se o consumo de alimentos calóricos e industrializados.”

Porém, como tudo na vida, é preciso equilíbrio no consumo das sopas. Incluir regularmente a combinação no dia a dia pode fazer muito bem à saúde, mas o consumo em excesso é prejudicial, principalmente para quem busca perder peso.

Freepik

“Uma dieta totalmente baseada em sopas fará com que a pessoa que quer emagrecer corra o risco de desenvolver deficiência nutricional, fraqueza e perda de massa muscular. O organismo precisa consumir alimentos ricos em nutrientes em diversas formas. A sopa pode ser uma refeição completa, mas não pode substituir outros pratos sólidos e secos”, finaliza a coordenadora.

Fonte: Anhanguera

Saúde mental no inverno: 5 práticas para melhorar o humor

Psicóloga traz dicas para afastar o desânimo e alerta que, em alguns casos, o período mais frio pode desencadear quadros depressivos

A chegada do inverno costuma ser complicada para quem associa as sensações positivas ao sol e ao calor. A pouca luminosidade, os dias cinzentos com menos interação social, e a vontade de ficar em casa podem levar ao desânimo. Nesses momentos, muitas pessoas são levadas a refletir sobre a vida e os problemas e, em alguns casos, podem chegar até mesmo à depressão.

“É normal nos sentirmos mais sonolentos no inverno, porque produzimos mais melatonina, hormônio estimulado pela ausência de luz. A energia fica mais baixa e, dependendo do momento de vida, pode se desencadear um quadro mais depressivo. Buscar atividades prazerosas e alguns outros cuidados são importantes para passar por esse período com mais alegria e saúde mental”, comenta Milene Rosenthal, psicóloga cofundadora da Telavita, clínica digital de saúde mental.

Milene traz algumas dicas para um inverno com menos desânimo:

É passageiro – a primeira coisa é não esquecer que a estação é passageira e bastante breve aqui no Brasil, se comparado aos países do hemisfério norte, principalmente. São apenas três meses e muitas vezes o clima não é tão ruim. Há dias de sol no inverno. Então, tenha paciência e mentalize que o clima deve melhorar em breve.

Busque recordações – associe também os dias frios a momentos felizes, afinal, não vivemos coisas boas somente no verão. Certamente, todo mundo tem uma memória positiva vivida em um período menos ensolarado ou quente. Quem faz os momentos felizes somos nós e não o clima.

Procure conforto – busque boas sensações, seja em um cobertor, um aconchego, uma programação que goste na TV ou comidas afetivas. Os pratos quentinhos do inverno são um ponto alto da estação e trazem sensação de conforto e bem-estar.

Exercite-se e faça o que gosta – sabemos o quanto pode ser difícil levantar-se da cama e ir à academia, mas o exercício físico aquece o corpo, deixa a cabeça mais leve e libera endorfina, conhecida como o hormônio da felicidade. Ela alivia as tensões e regula as emoções. Procure uma atividade que combine com seu estilo de vida e que você goste. No começo pode ser difícil, mas depois se torna um hábito natural e você passa a notar o quanto ele faz bem.

Atividades prazerosas, indoor ou outdoor, são importantes em qualquer época do ano. Desafie-se a sair de casa e a ver coisas novas, encontre amigos e novas formas de lazer. Descubra um novo hobby, que seja ainda melhor nesta época, fotografe as paisagens, ouça músicas que gosta e observe a natureza.

Se nada der certo, é hora de procurar ajuda profissional

“A terapia tem um papel muito importante para ajudar quem se sente sozinho e desmotivado. O diálogo com um profissional pode ser benéfico para passar por essa situação de incômodo da melhor forma e com o melhor acompanhamento”, finaliza a psicóloga.

Fonte: Telavita

Chocolate quente da Kopenhagen para aquecer as baixas temperaturas da estação

A tradicional bebida ganhou a adição do sabor inigualável do icônico chocolate Língua de Gato

Dias gelados e mais cinzentos compõe o cenário do Inverno, mas essas não são as únicas características que ficam em evidência durante a estação. De acordo com dados da Abicab (Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados), o consumo do chocolate aumenta consideravelmente, representando cerca de 29% de toda a produção anual.

Além de delicioso e de despertar memórias afetivas que aquecem o coração, tem uma explicação científica para essa crescente procura: o chocolate é capaz de estimular a produção de serotonina, uma substância do cérebro que desperta as sensações de prazer e bem-estar, ideais para dar um up naqueles dias mais gélidos.

“Analisando o comportamento do nosso consumidor, vimos que o Inverno é um dos períodos em que os brasileiros procuram por novidades no segmento, perdendo apenas para o Natal e para a Páscoa, sendo assim, criamos uma portfólio diferenciado e indulgente para atender a demanda dessa sazonalidade”, explica Maricy Porto, diretora executiva da Kopenhagen.

Com isso, para deixar a estação muito mais gostosa, a Kopenhagen investiu pela primeira vez em produtos especiais, que são os queridinhos da estação, como o tradicional chocolate quente.

Chocolate Quente Língua de Gato (200g) – a bebida que resgata uma memória afetiva de dias frios ou chuvosos ganhou um sabor especial com a adição de Língua de Gato. Para tornar a experiência de degustar um chocolate quente mais do que especial basta misturar quatro colheres do chocolate em pó ao leite quente. A caixa também acompanha colheres Língua de Gato para tornar o momento ainda mais delicioso – Preço R$ 59,90.

Os produtos já estarão disponíveis para venda nas lojas físicas, site, aplicativo Kopenhagen e apps parceiros, como Rappi e iFood.

Informações: Site ou baixe o app Kopenhagen, disponível para IOS e Android.

Fondue de Avelã integra o portfólio de inverno da Brasil Cacau

“O produto pode ser derretido facilmente em banho maria ou micro-ondas”

O fondue de chocolate é o doce mais aclamado do inverno, um clássico que nunca sai de moda. A Brasil Cacau, sempre atenta às tendências e aos pedidos de seus consumidores, aproveitou a chegada do inverno para abastecer o seu portfólio com combinações extraordinárias de fondues, entre as novidades, um queridinho: o creme de avelã.

Ele tem um sabor incomparável e sofisticado, que garante um momento mais do que especial nas noites frias da estação. A preparação pode ser feita em minutos, sem complicação, em banho maria ou no micro-ondas e a recomendação é usar frutas, marshmallow, biscoitos e até mesmo trufas recheadas para acompanhar e tornar a experiência ainda mais especial.

O produto já está disponível para venda nas mais de 400 lojas físicas da marca pelo Brasil, além do site oficial e nos apps de delivery, Rappi e iFood.

Informações: Brasil Cacau

Doenças de pele que se agravam durante o inverno por conta do ressecamento

Entre as doenças estão a psoríase, ictiose, rosácea, eczema e micose, que têm a textura da região prejudicada por conta da diminuição da hidratação natural da pele

Com a baixa umidade do ar e a temperatura em queda, há uma diminuição na nossa transpiração corporal, deixando a pele naturalmente mais seca. Flávia Villela, médica especialista em dermatologia, explica que o corpo reduz a produção do suor e há menos ativação das células que abrangem o manto hidrolipídico, conhecido como uma barreira de proteção, um escudo fino responsável por manter a integridade da pele.

Um estudo publicado no British Journal of Dermatology revelou que o ressecamento da pele no inverno é causado pelo encolhimento das células durante o frio, prejudicando a filagrina, proteína essencial para a proteção e, assim, diminuindo a hidratação natural da pele.

Psoriasis Hand

As mudanças climáticas bruscas são características dessa estação do ano, e os fatores como a baixa umidade do ar, ventos fortes, clima frio e seco fazem com que a população no geral, fique em estado de alerta com a saúde.

“A proteção e hidratação da epiderme, camada mais superficial da nossa pele, deve ser prioridade. Afinal, é a camada mais exposta, que está sempre em contato com o ambiente’’, reforça a médica especialista em dermatologia.

Sendo assim, os sintomas das alergias ou dermatites e eczemas (pele irritada) também são acentuados. Por isso, as práticas e cuidados com a pele demandam destaque na rotina e muita cautela no tratamento. ‘’Entrando afundo nos quadros mais comuns agravados pelo inverno, estão psoríase, ictiose, rosácea, eczema e micose. Essas infecções ou doenças escolhem a pele vulnerável, a pele mais seca, que é de fato mais propensa a coceiras, irritabilidade levando a vermelhidão, descamação e até o surgimento de pequenas bolhas pelo corpo.

Depois do ressecamento, é provável que ocorra a sensibilidade da pele, outro incômodo que completa a secura da temporada. E, ao perceber alterações no aspecto da pele, recomendo
que o paciente vá a uma consulta com o dermatologista para verificar os desdobramentos do problema, e justamente, as medidas que precisam ser intensificadas para controlar o quadro’’, complementa a especialista.

Portanto, a saúde da pele não pode passar despercebida. É preciso redobrar os cuidados quanto a qualidade da pele e intensificar os tratamentos dermatológicos, se necessário. Durante o período, os pacientes devem seguir as recomendações médicas a fim de se proteger do frio, evitar seus danos e consequências.

Como reverter o ressecamento

As mudanças climáticas bruscas são características dessa estação do ano, e os fatores como a baixa umidade do ar, ventos fortes, clima frio e seco fazem com que a população no geral, fique em estado de alerta com a saúde.

Para reverter o agravamento do quadro é preciso ressignificar a rotina, por exemplo, banhos muito quentes e o uso de buchas e sabonetes nas áreas afetadas geram atrito, assim como alguns tipos de tecidos sintéticos aderidos no frio. A partir dessas alergias, Flávia reforça: ‘’o paciente também deve hidratar a pele do corpo e rosto pelo menos duas vezes ao dia, e ainda caprichar na ingestão de líquidos, hábito esquecido normalmente até no verão, mas que conserva a hidratação da pele e de todo o organismo, de dentro para fora’’, finaliza ela.