Arquivo da tag: Josapar

Pão Multigrãos sem lactose e sem glúten para ser preparado em casa

Farinha à base de Arroz Tio João facilita o preparo de pães muito mais saudáveis de maneira rápida e prática em menos de uma hora

Muito consumido por pessoas que buscam uma dieta mais equilibrada, o pão multigrãos também pode ser facilmente preparado em casa com a linha Padaria Tio João Sem Glúten e Sem Lactose, que oferece a mistura pronta para ter aquele pão quentinho e saboroso a qualquer hora do dia, especialmente para quem segue dietas restritas ou buscam uma alimentação mais saudável e com fibras.

pao tio joao

A mistura para Pão Multigrãos é perfeita para complementar a dieta, pois leva grãos e cereais em sua composição. Essas fibras são excelentes para o organismo, para o processo digestivo e ajudam na saciedade.

Pão Multigrãos Sem Glúten e Sem Lactose

Ingredientes
1 pacote de Preparo para Massa de Pão Multigrãos Tio João
2 colheres (sopa) de fermento biológico
1 ½ xícara (chá) de água morna
1 ovo
5 colheres (sopa) de óleo vegetal

Modo de preparo
Misture o fermento ao conteúdo do pacote e separe. Em outra travessa, coloque a água, o ovo e o óleo. Junte tudo e bata na batedeira por 5 minutos, em velocidade máxima. Coloque em uma fôrma de pão (9x20cm) untada com óleo. Cubra a massa com uma embalagem plástica e deixe fermentar por 15 minutos. Asse em forno preaquecido a 210 – 240 graus por 40 minutos.

pao sem gluten.jpg

Fonte: Josapar

 

O poder do arroz oito grãos

Adorado pelos brasileiros, o arroz é tão versátil que chega à mesa como acompanhamento, prato principal e até mesmo sobremesa. Atualmente, é o terceiro cereal mais cultivado do mundo, perdendo apenas para o milho e o trigo. O arroz integral, por exemplo, é um alimento rico, fonte de fibras, minerais e óleos essenciais, e vem sendo redescoberto em diversas versões.

Cada vez mais comum, o arroz vermelho, negro e o multigrãos têm aparecido em pratos acessíveis do dia a dia. E, para tornar as refeições mais completas em nutrientes, vitaminas e antioxidantes, o Meu Biju, uma das marcas mais tradicionais de arroz do país, apresenta sua linha de arroz 8 grãos nas versões aveia e quinoa. Confira seus diferenciais e benefícios à saúde.

Conheça os ingredientes que compõem cada um deles, e entenda suas funcionalidades:

atitude_strip_492227_0_full

Meu Biju Arroz 8 Grãos com Aveia: Arroz integral, triticale, trigo, cevada, linhaça, arroz cateto, arroz vermelho e aveia. Contém glúten | Preço sugerido: R$ 6,50

atitude_strip_492227_1_full

Meu Biju Arroz 8 grãos com quinoa: Arroz integral, trigo, arroz cateto, lentilha, arroz vermelho, linhaça, quinoa e gergelim. Contém glúten. | Preço sugerido: R$ 6,50

Arroz integral:

arroz integral Jules -Stonesoup
Foto: Jules -Stonesoup

Fornece energia e contém fibras que ajudam no funcionamento do intestino e no controle do colesterol, além de trazer saciedade, auxiliando no processo de perda de peso.

Triticale:

triticale.jpg
Grão produzido como fruto do cruzamento entre o trigo e o centeio, é um cereal nutritivo e rico em proteínas.

Trigo:

trigo quibe
Importante fonte de energia para o organismo, o trigo é um alimento rico em vitaminas do complexo B, potássio, fósforo e magnésio.

Cevada:

cevada - pixabay
Cevada – Foto: Pixabay

Rica em vitaminas e minerais, auxilia na formação e manutenção da saúde dos ossos e dentes, além de sua ação antioxidante, que atua no combate ao envelhecimento precoce.

Linhaça:

farinha-sementes-linhaça
GreenMe

Traz benefícios ao coração, intestino e na prevenção de alguns tipos de câncer. Suas fibras atuam na liberação da glicose no sangue reduzindo o acúmulo de gordura no corpo.

Arroz cateto:

ARROZ-CATETO
Uma ótima fonte de proteínas importantes para formação de tecidos do corpo, rico em fibras e vitaminas B e E, que auxiliam no funcionamento do organismo.

Arroz vermelho:

arroz-vermelho.jpg
Grão integral rico em nutrientes como ferro e fibras, que ajudam na redução do colesterol. A cor avermelhada se deve ao alto teor do antioxidante antocianina.

Aveia:

aveia
Por ser rico em fibras solúveis, o cereal reduz as taxas de LDL (colesterol ruim), previne o câncer de intestino, além de contar com diversos nutrientes como ferro, cálcio, magnésio, zinco, cobre, manganês, vitaminas e proteínas.

Lentilha:

lentilha alvimann
Foto: Alvimann/Morguefile

Contém lisina, um aminoácido essencial para o organismo, além de ser rica em fibras, ferro, vitaminas do complexo B, cálcio, fósforo, potássio e magnésio.

Quinoa:

quinoa - max straeten
Foto: Max Straeten

Rica em proteínas, fibras, cálcio e ferro, ajuda no fortalecimento muscular.

Gergelim:

gergelim-agromix-in
Foto Agromix.In

Ajuda a melhorar a saúde óssea, protege contra radiação, câncer, hipertensão, diabetes e inflamação.

Fonte: Josapar

Receita Junina: curau sem glúten e sem lactose

Doce típico é ideal para dietas restritivas ao leite e derivados de trigo e outros cereais

Com a chegada das festas juninas, período marcado pelos pratos típicos, nós que temos restrições alimentares precisamos tomar cuidado, pois nem sempre podemos comer as delícias oferecidas. Porém, há como não abrir mão desse prazer.

A Suprasoy tem opções para quem quer aproveitar todas as delícias das festividades sem ingerir glúten e lactose. E uma das mais tradicionais receitas juninas é o curau. Confira a seguir uma receita indicada para quem possui restrições alimentares, como os celíacos ou intolerantes à lactose, ou a quem simplesmente prefere evitar o consumo de glúten e lactose.

Curau Sem Glúten e Sem Lactose

curau.png

Ingredientes
9 espigas de milho (2kg)
1 xícara (chá) de açúcar (160g)
½ xícara (chá) de SupraSoy Sem Lactose Original (65g) dissolvido em 500 ml de água
Açúcar e canela para polvilhar

Modo de preparo
Retire os grãos de milho da espiga com uma faca e bata-os no liquidificador com 500ml de água, utilizando a tecla ‘pulsar’. Passe pela peneira, apertando bem com uma colher para retirar todo o suco. Coloque o suco de milho em uma panela, junte o açúcar e SupraSoy e leve ao fogo médio, mexendo sempre, por cerca de 25 minutos ou até engrossar. Despeje em pequenas tigelas, deixe esfriar e polvilhe açúcar e canela.

Dica: Aproveite o bagaço do milho e faça um bolo com ovos, SupraSoy Sem Lactose Original, açúcar e farinha.

Valor calórico por porção (1 tigela pequena)

Valor calórico: 212,6kcal
Carboidratos: 46,7g
Proteínas: 5,6g
Lipídios: 3g
Fibras: 5,9g
Desenvolvido por: Suprasoy
Tempo de preparo: 30minutos
Serve: 12 pessoas

Fonte: Josapar

Inove na festa junina com arroz doce de chocolate e laranja

Você foi convidada para uma festa junina e te pediram um prato de doce ou salgado. Você vai surpreender se optar por um arroz doce com sabor de chocolate e laranja. Tio João te ajuda a encantar com uma receita diferente e muito saborosa.

A Linha Cozinha & Sabor Tio João conta com três variedades de sobremesas fáceis de fazer. E o melhor: todas as opções trazem aquele gostinho de receita caseira. O Arroz Doce Cozinha & Sabor está disponível ainda nos sabores Tradicional, Doce de Leite, e Coco.

arroz doce

Arroz Doce de Chocolate e Laranja

Ingredientes
3 ¼ xícara (chá) de água
1 pacote de Arroz Doce Tradicional Tio João
1 xícara (chá) de chocolate amargo picado
Casca de ½ laranja (sem a parte branca)
Manjericão para enfeitar

Modo de preparo
Em uma panela, ferva a água. Acrescente todo o conteúdo do pacote, o chocolate, a casca de laranja e misture bem. Mexa até o produto ferver. Cozinhe em fogo baixo com a panela semitampada, mexendo a cada 5 minutos ou quando levantar fervura. Retire a casca de laranja. Espere de 5 a 10 minutos para servir com raspas de laranja e manjericão.

arroz doce chocolate.png

Desenvolvido por: Arroz Tio João
Tempo de preparo: 45 minutos

Fonte: Josapar

Josapar traz do Chile linha de Azeites Premium com 0,2% de acidez

A linha de azeites extravirgem Nova Oliva, da Josapar, é produzida segundo os mais altos padrões de qualidade para agradar todos os gostos e possui o grande diferencial de ter apenas 0,2% de acidez – um dos menores do mercado.

Consumido em sua forma crua, o azeite é rico em ácidos graxos monoinsaturados e contribui para a produção do bom colesterol e para redução do mau colesterol, sendo um excelente aliado em uma dieta equilibrada.

Disponível em duas versões, em embalagens de 250 e 500 ml:

azeite

Nova Oliva Classic: Levemente frutado, o Nova Oliva Classic possui um sabor adocicado ao paladar, com um leve toque amargo e picante obtido através das azeitonas arbequina e arbosana.

azeite22

Nova Oliva Premium: Com um toque suave de ervas e amêndoas, o Nova Oliva Premium é um azeite doce e agradável, ligeiramente floral e um sabor levemente picante, para um público exigente e refinado.

Informações: Josapar

 

Conheça os diferentes tipos de feijão e saiba como prepará-los

O feijão é um dos alimentos mais consumidos no Brasil e uma das principais fontes de proteína, fibras, ferro, magnésio, zinco e potássio. Além disso, devido ao seu baixo teor de gordura e sódio, é indicado para hipertensos e colabora na prevenção e tratamento de distúrbios cardiovasculares, diabetes, obesidade e câncer. Conheça os tipos mais utilizados na culinária brasileira e veja sugestões de como preparar cada um deles.

feijão 1

Feijão Carioca
É o feijão mais consumido do Brasil. Possui formato arredondado de cor bege com listras marrons, rende bom caldo e cozinha rapidamente. É muito utilizado na culinária indiana e no Brasil é mais consumido com arroz branco, mas pode também acompanhar carnes vermelhas, frangos e peixes.

Modo de preparo
Deixe 1 ½ xícara (chá) de feijão Carioca de molho em 1 litro de água quente por 2 horas.
Após esse tempo, transfira o feijão junto com a água do remolho para uma panela de fundo grosso, junte 1 litro e meio de água e a uma folha de louro e cozinhe em fogo médio, com a panela semi tampada, até que os grãos estejam macios (cerca de 40 minutos). Para fazer em panela de pressão, junte a água do remolho, 1 litro de água e a folha de louro e, depois de pegar pressão, cozinhe em fogo baixo por cerca de 10 minutos.
À parte, faça o tempero do feijão: aqueça uma colher de sopa de óleo e refogue 1 cebola e 1 dente de alho picados, até que a cebola fique transparente. Junte uma concha cheia do feijão cozido, amasse os grãos com as costas da concha e tempere com sal. Volte o refogado para a panela de feijão, misture bem e mantenha em fogo baixo até que o caldo do feijão fique encorpado. Sirva a seguir.

Dicas:
– Para dar mais sabor ao feijão, experimente trocar metade da água do cozimento por um caldo saboroso de carne ou legumes.
– Para um feijão mais rico, cozinhe-o com toucinho defumado em cubinhos ou linguiça paio em rodelas.
– A escolha certa: o feijão fica pronto mais rápido quando cozido na panela de pressão. A vantagem de cozinhar em panelas grossas é ter controle da textura do caldo, podendo-se ajustá-la pingando água à medida que o caldo evapora, e manter a integridade dos grãos de feijão.

feijão 2

Feijão Preto
Utilizado principalmente na tradicional feijoada, o feijão preto é mais consumido na região sul e sudeste. Possui grãos pequenos e de cor preta. É muito utilizado também na culinária mexicana, em pratos como chili e burritos.

Modo de preparo
Deixe 1 ½ xícara (chá) de feijão Preto de molho em 1 litro de água quente durante 2 horas.
Após esse tempo, transfira o feijão junto com a água do remolho para uma panela de fundo grosso, acrescente 2 litros de água e 1 folha de louro e cozinhe em fogo médio, com a panela semitampada, até que os grãos estejam macios (cerca de 1 hora). Para fazer na panela de pressão, junte à água do remolho 1 litro e meio de água e a folha de louro e, depois de pegar pressão, cozinhe por cerca de 20 minutos.
À parte, aqueça 1 colher de sopa de óleo e refogue 1 cebola e 1 dente de alho picados, até que a cebola fique transparente. Junte uma concha cheia do feijão cozido, amasse os grãos com as costas da concha e tempere com sal a gosto. Volte o refogado para a panela de feijão, misture bem e mantenha em fogo baixo até que o caldo do feijão fique encorpado. Sirva a seguir.

Dicas:
– Para dar um toque cítrico, despeje sobre o refogado ½ xícara (chá) de suco de laranja e misture ao feijão cozido.
– Para dar mais sabor ao feijão, experimente trocar metade da água do cozimento por um caldo saboroso de carne ou legumes.
– Para um feijão mais rico, cozinhe-o com toucinho defumado em cubinhos ou lingüiça paio em rodelas.
– A escolha certa: o feijão fica pronto mais rápido quando cozido na panela de pressão. A vantagem de cozinhar em panelas grossas é ter controle da textura do caldo, podendo-se ajustá-la pingando água à medida que o caldo evapora, e manter a integridade dos grãos de feijão.

feijão3

Feijão Branco
É mais consumido na região sudeste, possui grãos alongados e de cor branca. Ideal para a preparação de sopas, saladas e cassoulet.
Utilizado em dietas para emagrecimento, o feijão branco é rico em faseolamina, nutriente que dificulta a absorção do carboidrato transformado em açúcar. Para essa finalidade, o ideal é que seja consumida a farinha do feijão.

Modo de preparo
Deixe ½ embalagem de feijão Branco de molho em 1 litro de água quente durante 2 horas.
Aqueça 2 litros de água em uma panela de fundo grosso. Acrescente a una folha de louro e o feijão junto com a água do remolho. Cozinhe a sopa em fogo médio, com a panela semitampada, por cerca de 50 minutos, ou até que os grãos fiquem macios.
Enquanto isso, em outra panela, aqueça uma colher de sopa de óleo em fogo médio e refogue 1 cebola e 1 dente de alho picados, até que a cebola fique transparente. Acrescente a este refogado uma concha cheia do feijão já cozido, amasse com as costas da concha e tempere com sal e pimenta a gosto. Volte para a panela da sopa e misture.
Deixe ferver em fogo brando, até que o caldo engrosse, e sirva a seguir, salpicado com cebolinha ou salsinha.

Dicas:
– Querendo uma textura mais grossa, bata parte do feijão cozido no liquidificador, volte para a panela e cozinhe em fogo brando, até o caldo engrossar.
– Acrescente carnes (frango, bacon ou lingüiça) e legumes (vagem, ervilha-torta, salsão, abóbora, cenoura ou pimentão) ao refogado para incrementar a sopa e deixá-la mais nutritiva.
– Além de sopa, com o feijão Branco você também prepara saladas: basta cozinhá-lo até ficar macio, escorrer o caldo e temperar com um vinagrete ou com azeite, alho e cheiro-verde.

feijão 4

Feijão Macassar
Conhecido também como feijão de corda e feijão fradinho, possui formato arredondado de cor clara e com “olho” preto e é muito utilizado na culinária baiana, principalmente no preparo do acarajé baião-de-dois, mas também fica ótimo em farofas e saladas.

Modo de preparo
Deixe 1 ½ xícara (chá) de feijão Macassar de molho em 1 litro de água fria durante 2 horas.
Após esse tempo, transfira o feijão junto com a água do remolho para uma panela de fundo grosso, acrescente 2 litros e meio de água e 1 folha de louro e cozinhe em fogo médio, com a panela semitampada, até que os grãos estejam macios (cerca de 1 hora e meia). Para cozinhar em panela de pressão, junte à água do remolho 2 litros de água e a folha de louro e, depois de pegar pressão, cozinhe por 20 minutos.
Escorra, tempere o feijão com sal a gosto e sirva, quente ou frio, acompanhando carnes com vinagrete.

Dicas:
– Para temperar, você pode refogar alho e cebola na manteiga de garrafa, adicionar o feijão já cozido e finalizar com coentro picado.
– Deixar o feijão de molho em água quente faz com que os grãos soltem a pele facilmente, o que ajuda no preparo do acarajé.

feijão 5

Feijão Rajado
Possui grãos graúdos e de cor rosada com listras avermelhadas. Tem sabor adocicado e é um ótimo ingrediente para o preparo de saladas, acompanhamento de peixes e sopas.

Modo de preparo
Deixe ½ embalagem de feijão Rajado de molho em 1 litro de água quente durante 2 horas.
Após esse tempo, transfira o feijão junto com a água do remolho para uma panela de fundo grosso, acrescente 2 litros e meio de água e 1 folha de louro e cozinhe em fogo médio, com a panela semitampada, até que os grãos estejam macios (cerca de 1 hora). Para cozinhar em panela de pressão, coloque o feijão com a água do remolho, junte 2 litros de água e o louro e, depois de pegar pressão, cozinhe por 30 minutos em fogo baixo.
À parte, aqueça 1 colher de sopa de óleo e refogue 1 cebola e 1 dente de alho picados, até que a cebola fique transparente. Junte uma concha do feijão cozido, amasse com as costas da concha, tempere com sal a gosto e volte o refogado para a panela de feijão. Misture bem e mantenha em fogo baixo, até que o caldo do feijão fique levemente encorpado. Sirva a seguir.

Dicas:
– Para dar um sabor extra, cozinhe essa quantidade de feijão com 100 g de carne seca dessalgada.
– Para transformar o feijão de todo dia num Feijão de Coco, junte leite de coco ao feijão cozido. Tempere com cebola, alho, pimenta-de-cheiro e coentro refogados em azeite. Sirva com farinha de mandioca.

feijão6

Feijão Vermelho
É um feijão de grãos avermelhados, pequenos e arredondados. Excelente acompanhamento para saladas e carnes. É muito utilizado também na culinária francesa, no preparo de sopas.

Modo de preparo
Deixe ½ embalagem feijão Vermelho de molho em 1 litro de água quente durante 2 horas.
Após esse tempo, transfira o feijão junto com a água do remolho para uma panela de fundo grosso, acrescente 2 litros e meio de água e 1 folha de louro e cozinhe em fogo médio, com a panela semitampada, até que os grãos estejam macios, e o caldo, levemente encorpado (cerca de 1 hora e meia). Para fazer na panela de pressão, junte o feijão e a água do remolho a 2 litros de água e o louro. Depois de pegar pressão, cozinhe em fogo baixo por cerca de 50 minutos.
À parte, faça o tempero do feijão: aqueça o óleo e refogue 1 cebola roxa até que fique transparente. Junte uma concha cheia do feijão cozido, amasse os grãos com as costas da concha e tempere com sal. Volte o refogado para a panela de feijão, misture bem e mantenha em fogo baixo, até que o caldo do feijão fique encorpado. Sirva a seguir.

Dicas:
– Para dar mais sabor ao feijão, experimente trocar metade da água do cozimento por um caldo saboroso de carne ou legumes.
– Para um feijão mais rico, cozinhe-o com toucinho defumado em cubinhos ou lingüiça paio em rodelas.
– A escolha certa: o feijão fica pronto mais rápido quando cozido na panela de pressão. A vantagem de cozinhar em panelas grossas é ter controle da textura do caldo, podendo-se ajustá-la pingando água à medida que o caldo evapora, e manter a integridade dos grãos de feijão.
– Feijão Vermelho também é ótimo para fazer preparações sem caldo, como saladas, farofas, ou simplesmente refogado, com temperos como alho, cebola e cheiro verde.

Créditos: Meu Biju/ Josapar