Arquivo da tag: legumes

Outono: conheça frutas, verduras e legumes da estação

A vitamina C presente nos alimentos da época fortalecem o sistema imunológico contra gripes e resfriados

É preciso ter atenção especial com a alimentação durante todo o ano, mas em algumas épocas, como outono, o organismo precisa de nutrientes diferenciados e alimentos que fortalecem o sistema imunológico contra gripes e resfriados por conta das temperaturas mais baixas. Uma forma de atingir esse objetivo é investir em alimentos da estação com a presença de vitamina C, que vão aumentar as defesas do corpo. Além dos benefícios para a saúde, o cliente ganha em qualidade e sabor, já que os alimentos quando colhidos no auge de sua produção têm um gosto mais acentuado.

A Boa Terra selecionou alguns alimentos da estação de outono para você incluir na sua dispensa, confira:

Silverstylus/Pixabay

Abacate: a fruta é repleta de nutrientes, além de ter fibras, potássio, magnésio e vitaminas do complexo B, K e C, ideias para o bom funcionamento do organismo. O abacate também apresenta um aminoácido chamado triptofano que ajuda na produção de serotonina, responsável pela sensação de bem-estar no corpo.

Laranja: é rica em vitamina C, cálcio, fósforo e ferro que vai melhorar a imunidade. Os antioxidantes presentes ajudam a diminuir o colesterol, além de bloquear células cancerígenas. As fibras presentes também auxiliam na diminuição de problemas intestinais.

Banana: muito comum em todo o Brasil, é um alimento rico em vitaminas do complexo B, como B1, B2, B6 e B12 que auxiliam diretamente no sistema nervoso. A presença de ferro estimula a produção de hemoglobina, sendo indicada para o combate de anemia.

Maçã: famosa por diminuir o índice glicêmico, a fruta é rica em fibras solúveis que eliminam impurezas pelo intestino. A florizina, substância encontrada na maçã, protege o fígado contra a ação dos radicais livres, incentivando que ele elimine toxinas e excesso de gordura.

Shutterbug75/Pixabay

Limão: o suco da fruta já é conhecido por suas propriedades alcalinas e digestivas, que facilitam a desintoxicação do organismo. O limão também é rico em vitamina C e minerais como cálcio, ferro e magnésio que são importantes para a manutenção da saúde.

Gengibre: ingrediente sempre presente em chás e sucos, a especiaria ajuda a acelerar o metabolismo. Suas propriedades anti-inflamatórias e digestivas, melhoram a limpeza do intestino e a digestão de gorduras, o que facilita o trabalho do fígado.

Espinafre: as folhas apresentam boas doses de ferro, cálcio, fósforo, potássio, magnésio, fibras, proteínas, carboidratos, além de vitaminas A, K e B2. O consumo regular contribui para a saúde dos olhos e pode prevenir doenças cardiovasculares. Para a absorção de todos os minerais, é recomendado ingerir a hortaliça com alimentos ricos em vitamina C, tais como laranja, abacaxi ou acerola.

Agrião: de sabor marcante, o agrião é rico em cálcio, ferro, potássio e vitaminas A e C. A vitamina C, aliás, atua na prevenção e combate de problemas respiratórios, resfriados e gripes graças a sua ação expectorante e descongestionante. O alimento pode ser consumido como salada e também usado como complemento em carnes refogadas, sopas e caldos.

Pepino: o pepino não é somente bom para a pele, ele é rico em vitamina C, B5, potássio, magnésio, folato, fibras e antioxidantes. Composto de 90% de água, o vegetal apresenta 24% de proteína que podem beneficiar os músculos.

Além desses alimentos acima, compõem a estação: abóbora, abobrinha brasileira, ameixa estrangeira, atemoia, batata-doce, beringela, canjica, caqui, cará, carambola, cebola, chuchu, cupuaçu, ervilha-torta, figo, graviola, inhame, jiló, kiwi, lima-da-pérsia, louro, mamão, mandioca, mandioquinha, mexerica, milho, pera, pinhão, pitaya, rabanete, salsa, tangerina, tomate e uva.

Para facilitar a semana e ter sempre alimentos fresquinhos na dispensa, A Boa Terra, empresa pioneira na produção e comercialização de produtos orgânicos, entrega cestas com frutas, verduras e legumes fresquinhos na porta de casa. O cliente ainda pode personalizar ou escolher a sugestão do sítio (R$ 36,00 a R$ 124,00) – assinaturas semanais custam de R$ 50,00 a R$ 163,00. As encomendas podem ser feitas diretamente no site.

Fonte: A Boa Terra

Dicas de apetitosos pratos feitos com sardinha

Sardinha é uma paixão do povo brasileiro, não é mesmo?! Então nada melhor do que se preparar para o fim de semana com algumas dicas que caem muito bem nesse calor. Para te ajudar a Gomes da Costa separou três receitinhas especiais que vão entrar para história. Dá só uma olhada nesses pratos maravilhosos, saudáveis e que cabem no seu bolso. Bom apetite.

Forminhas de Ricota, Sardinha e Legumes

Ingredientes:
Creme de Queijo:

• 2 xícaras (chá) de ricota passada pela peneira
• 1 lata de Sardinha com Ervas Gomes da Costa (125g)
• Sal e pimenta do reino a gosto
Legumes:
• 5 colheres (sopa) de pepino com casca cortado em cubos pequenos
• 4 colheres (sopa) de tomate, sem semente, cortado em cubos pequenos
• 2 colheres (sopa) de salsão picado
• Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de Preparo:
Creme de Queijo:

• Numa tigela junte a ricota e o molho da Sardinha Gomes da Costa.Tempere com sal e pimenta a gosto, se necessário.
Legumes:
• Numa tigela junte o pepino, o tomate, o salsão e a Sardinha Gomes da Costa picada. Tempere com sal a gosto.
Montagem:
• Forre com filme plástico 6 forminhas altas de empada (com cerca de 4 cm de base x 4 cm de altura). Distribua a mistura de legumes e sardinha entre elas e cubra com o creme de queijo. Aperte a preparação para que adquira o formato da forminha. Desenforme em seguida ou deixe na geladeira até o momento de servir.

Dica de chef: dê preferência ao pepino japonês por ter sementes menores que os outros (caipira e comum).
Variação: sirva a preparação acompanhada de um molho preparado a base de iogurte e endro (numa tigela junte, 1 copo de iogurte, 2 colheres (sopa) de azeite, meia colher (sopa) de endro fresco picado e sal a gosto). Misture bem.

Salada Grega com Sardinha

Ingredientes:
• 1 pepino tipo japonês médio com casca cortado em cubos (150g)
• 1 tomate grande cortado em cubos
• 3 colheres (sopa) de pimentão verde cortado em cubos
• 2 colheres (sopa) de cebola picada
• 2 colheres (sopa) de azeitona preta picada
• Sal a gosto
• 1 lata de Sardinha com Molho de Tomate Picante Gomes da Costa (125g)

Modo de Preparo:
Numa tigela, junte o pepino, o tomate, o pimentão, a cebola e a azeitona. Tempere com sal a gosto. Junte a Sardinha Gomes da Costa com seu molho. Misture bem. Sirva em temperatura ambiente.

Dica de chef: prefira o pepino japonês por ter menos sementes. Corte o tomate e o pepino em cubos médios e o pimentão em quadrados menores.
Variação: misture “croutôns” (pão amanhecido cortado em cubinhos e passados no azeite ou manteiga até dourar) à salada.

Linguine com Sardinha e Pangratatto

Ingredientes:
Para a farofa de pão italiano (pangratatto):

• ¼ pão italiano ralado grosseiramente
• 2 dentes de alho picados
• 1 pimenta dedo de moça picadas sem sementes
• 4 ramos de alecrim picados (só as folhas)
• 2 ramos de tomilho picados (só as folhas)
• 1 colher (chá) de pimenta do reino moída grosseiramente
• Sal a gosto
• 30 ml de azeite de oliva extravirgem
Para o linguine:
• 200 g de linguine seco
• ½ bulbo de erva doce picado finamente (reserve as folhas)
• 1 cebola roxa pequena picada
• ½ colher (sopa) de sementes de erva doce esmagadas
• 3 latas de Filés de Sardinha com Pimenta Gomes da Costa (125g/drenadas)
• 50 g de pinolis
• 30 g de uva passa branca
• 75 ml de vinho branco
• 50 ml de azeite de oliva extravirgem
• Suco e raspa de 1 limão
• Sal e pimenta do reino a gosto

Modo de preparo:
Para a farofa de pão italiano:
Em uma frigideira grande aqueça bem o azeite. Frite rapidamente o alho, a pimenta, o alecrim, o tomilho e a pimenta do reino. Quando dourar, adicione o pão italiano ralado, abaixe o fogo e misture vagarosamente até dourar e virar uma farofa.
Para o linguine:
Leve ao fogo 6 colheres de azeite, acrescente o bulbo, as sementes de erva doce e as cebolas e cozinhe em fogo baixo por 20 minutos sem deixar corar os vegetais. Adicione metade das sardinhas, os pinolis e as uvas passas e continue cozinhando por mais 10 minutos, mexendo de vez em quando. Acrescente o vinho branco e cozinhe até que o líquido tenha evaporado. Acerte o sal e a pimenta. Acomode o restante das sardinhas sobre o molho e regue com o restante do azeite das latas de sardinha. Abaixe o fogo sem mexer no molho. Enquanto isso, cozinhe a massa de acordo com as instruções da embalagem. Misture imediatamente a massa quente com o molho. Regue a mistura com um pouco de limão, azeite extra-virgem e salpique as folhas da erva doce.
Montagem:
Disponha a massa sobre um prato e salpique o pangratatto.

Fonte: Gomes da Costa

Tirolez ensina receitas leves e nutritivas, ideais para o verão

Com a chegada do verão e das altas temperaturas, aprenda como fazer pratos principais saudáveis e nutritivos com a cara da estação

O verão é marcado pelas altas temperaturas. Então, para aproveitar todos os benefícios que o período oferece, é necessário buscar equilíbrio, ingerindo bastante líquido para manter o corpo hidratado e apostando em alimentos leves. Por isso, a Tirolez, uma das principais marcas de laticínios do país, sugere três receitas deliciosas e nutritivas de pratos principais, que levam queijos e são repletos de nutrientes capazes de proporcionar energia na alimentação.

O Canelone de legumes com cottage, feito com abobrinha e berinjela, é recheado com Queijo Cottage Tirolez, que possui menor teor de gordura, além de ser rico em proteínas e minerais, como cálcio, potássio e zinco.

As saladas são versáteis e refrescantes, a cara do verão. Então, que tal experimentar uma Salada Mediterrânea de Gorgonzola? A receita leva alface americana ou roxa, rúcula, peras, figos e nozes, além do Queijo Gorgonzola Tirolez, rico em minerais, vitaminas A e D, cálcio e proteína.

Para quem não resiste às massas, seja em tortas ou empadas, nada melhor que o Pot Pie Integral, uma massa integral recheada com frango, cenoura e ervilhas, envolvidas no Creme de Ricota Tirolez, rico em proteínas e com baixo teor de gordura.

Gostou das dicas? Agora é só aprender o passo a passo de cada receita e aproveitar o verão com muito sabor!

Canelone de legumes com Queijo Cottage Tirolez

Ingredientes:
1 abobrinha
1 berinjela
400 g de Queijo Cottage Tirolez
Raspas de 1 limão-siciliano
Sal e pimenta-do-reino a gosto
Azeite de oliva extravirgem

Para o molho:
2 latas de tomate pelado
1 colher de sopa de Manteiga sem sal Tirolez
½ xícara de folhas de manjericão
100 g de Queijo Parmesão Tirolez ralado
Noz-moscada a gosto

Modo de Preparo:
Fatie os legumes no sentido longitudinal e tempere-os com sal e pimenta.
Em uma frigideira bem quente, grelhe-os em um fio de azeite dos dois lados.
Em uma tigela, tempere o Queijo Cottage Tirolez com sal, azeite, pimenta e as raspas de limão.
Coloque um pouco do Queijo Cottage Tirolez na ponta de cada fatia de legume e enrole no formato de canelone.
Molho: leve o tomate com a manteiga para cozinhar em fogo baixo por 20 minutos. Acerte os temperos e adicione o manjericão. Em uma travessa refratária, disponha o molho e coloque os canelones por cima. Polvilhe o parmesão ralado por cima e leve para gratinar por 15 minutos no forno com o grill ligado.

Rendimento: 4 porções
Tempo de preparo: 40 minutos

Salada mediterrânea de Queijo Gorgonzola Tirolez

Ingredientes:
1 colher (café) de mostarda
3 colheres (sopa) de suco de limão
150 g de Queijo Gorgonzola Tirolez
5 colheres (sopa) de azeite de oliva
100 g de nozes picadas
1 pé de alface americana ou roxa lavada e seca
1 pé de rúcula
2 peras
4 figos
Sal e pimenta-do-reino a gosto

Modo de preparo:
Coloque o sal, a pimenta e a mostarda no fundo de uma saladeira e junte o suco de limão, mexendo bem. Vá acrescentando 1/3 dos cubos de Gorgonzola Tirolez, amassando bem com um garfo para transformar em um creme grosso. Acrescente o azeite aos poucos, mexendo sempre. Junte as nozes, o restante do Gorgonzola Tirolez e cubra com as folhas de alface rasgadas e as folhas de rúcula. Momentos antes de servir, corte as peras em 8 partes e os figos em 4 partes, disponha sobre as folhas e mexa a salada de baixo para cima até que fique bem temperada.

Tempo de preparo: 15 minutos
Rendimento: 6 porções

Pot Pie Integral

Ingredientes:

Para o recheio:
½ cebola descascada e picada em cubos pequenos
1 colher (sobremesa) de Manteiga Sem Sal Tirolez
1 xícara (chá) de frango cozido e desfiado
1 talo de alho-poró cortado em rodelas finas
1 cenoura descascada e cortada em cubos pequenos ou ralada
1 xícara (chá) de ervilhas (congeladas ou in natura cozidas)
1 embalagem de Creme de Ricota Tirolez
1 colher (café) de sal
Noz-moscada ralada a gosto
Salsinha picada a gosto

Para a massa:
½ xícara (chá) de farinha de trigo
½ xícara (chá) de farinha de trigo integral
¼ xícara (chá) de água
2 colheres (sopa) de Manteiga Sem Sal Tirolez em temperatura ambiente
1 pitada de sal

Modo de Preparo:

Recheio:
Recheio: doure a cebola na manteiga em uma panela, acrescente o frango e refogue.
Junte o alho-poró, a cenoura e as ervilhas e deixe cozinhar rapidamente.
Desligue o fogo e adicione o Creme de Ricota Tirolez, tempere com o sal, noz-moscada e finalize o recheio com a salsinha. Reserve.
Massa: misture em um recipiente todos os ingredientes da massa e sove com as mãos até ficar homogênea. Com ajuda de um rolo, abra a massa em espessura fina e corte em círculos 1 dedo maiores do que os recipientes a serem utilizados (recomenda-se o uso de pequenos ramequins individuais para a montagem das tortas).
Montagem: montar a torta, distribua o recheio em ramequins, até que estejam completos e cubra a boca dos ramequins com as massas cortadas. Leve para assar em forno médio por aproximadamente 30 minutos. Sirva em seguida.

Tempo de preparo: 50 minutos
Rendimento: 5 porções

Fonte: Tirolez

Quem come mais frutas, verduras e legumes por dia reduz risco de morte, aponta pesquisa

Quanto mais frutas e vegetais as pessoas comem, menor a probabilidade de morrerem, em qualquer idade

Segundo Mariela Silveira, médica diretora do Kurotel – Centro Contemporâneo de Saúde e Bem-Estar, um trabalho publicado na Journal o Epidemiology and Community Health em 2014 precisa ser aproveitado neste momento de pandemia da Covid-19 em todo o mundo. Pesquisadores da University College London estudaram 65.226 homens e mulheres acima de 35 anos de idade e os acompanharam durante sete anos e meio para avaliar o impacto da ingestão de frutas verduras e legumes ao dia na saúde.

Quem comia no mínimo três porções ao dia tinha 14% menos risco de mortalidade. Os que ingeriam pelo menos cinco frações tinham 29% menos, quem absorvia sete porções reduzia em 36% e quem alimentava-se mais do que sete quantidades de frutas, verduras ou legumes ao dia reduzia para 42% o risco de morte, incluindo doenças cardiovasculares e câncer. O ideal é que cada porção tenha o tamanho da palma da mão.

“Ou seja, quanto mais frutas e vegetais as pessoas comiam, menor a probabilidade de morrerem, em qualquer idade. Se este trabalho mostra que a mortalidade é reduzida comendo-se frutas, verduras e legumes, significa que o organismo se torna mais forte e a redução de doenças, bem como sua recuperação, também. Por isso esta é uma medida barata e de saúde pública”, comenta Mariela.

A alimentação é um item fundamental para a saúde. Somos o reflexo daquilo que comemos, pois cada célula do nosso corpo é formada a partir dos nutrientes que fornecemos ao organismo por meio da alimentação. A falta ou quantidade insuficiente de um único nutriente já é capaz de gerar consequências negativas ao organismo. Os alimentos são como remédios naturais.

Foto: Nicole Franzen

No verão, por exemplo, uma grande aliada da pele é a vitamina C, que tem ação antioxidante, protege dos raios UVA e UVB, preserva a firmeza, elasticidade e resistência da pele. Alguns alimentos ricos em vitamina C são as frutas cítricas (laranja, mexerica, limão), mamão papaia, morango, kiwi, melão, tomate, manga etc.

Também precisamos buscar a adequação dos níveis de vitamina D, por meio de orientação dietética, mudança dos hábitos de vida e suplementação, caso necessário. As duas principais fontes de vitamina D são a síntese pela pele, em resposta à exposição aos raios ultravioleta B, e as fontes dietéticas, que incluem peixes gordurosos, gema de ovo, óleo de fígado de bacalhau e alimentos fortificados.

Fonte: Kurotel

Confira os benefícios em consumir alimentos da safra de novembro

As frutas da estação geralmente são mais frescas, mais saborosas e mais nutritivas. Quando comemos alimentos da maneira que a natureza planejou, desfrutamos não apenas de um melhor sabor, como também dos ingredientes adequados às necessidades do corpo com aquela época do ano, como frutas de verão com alto teor de líquidos. Além disso, costumam ter o melhor preço, o que significa que é possível comer de forma saudável sem prejudicar seu orçamento.

Frutas e vegetais são fonte de vitaminas e minerais. Com todos os seus sabores únicos e interessantes, os alimentos vegetais permitem criatividade na cozinha. Experimente sabores fortes como cebola, azeitona e pimentão, ou opções mais suaves, como berinjela e cenoura. Sabores doces abacaxi, manga, ou pêssego são ótimas, enquanto maracujá e laranjas são mais azedos.

Ricos em fibras, baixos em calorias e gordura, e com muitos nutrientes que protegem de inúmeras doenças como diabetes tipo 2, derrame, doença cardíaca, hipertensão, câncer entre muitas outras.

Fonte: Adriana Stavro é nutricionista funcional e fitoterapeuta, especialista em doenças crônicas não transmissíveis, mestre do nascimento a adolescência pelo Centro Universitário São Camilo.

Confira sucos para impulsionar o sistema imunológico com frutas e legumes

Todo mundo sabe que alimentação saudável e equilibrada com frutas e vegetais frescos pode melhorar sua saúde e bem estar, fornecendo vitaminas e minerais importantes para o suporte imunológico. Mas comer frutas e verduras não é a única maneira, você também pode beber. De fato, algumas pessoas preferem beber suco a comer as porções recomendadas ao dia.

Algumas combinações oferecem ótimo sabor além de nutrientes essenciais. Confira algumas sugestões da nutricionista Adriana Stavro:

Suco de laranja, cenoura e cúrcuma

A cenoura é uma fonte de betacaroteno, que se converte em vitamina A no organismo. A vitamina A desempenha papel importante na regulação do sistema imunológico. A laranja é fonte de vitamina C. Um antioxidante que protege as células de substâncias nocivas. A cúrcuma (curcumina) é conhecida por suas propriedades anti-inflamatórias antiviral e antifúngico.

Ingredientes
● 200 ml de água filtrada
● 1 laranja sem casca e sem sementes
● 1 cenoura pequena descascada e picada
● 1/4 de colher de chá de açafrão ou cúrcuma

Modo de preparo
Bata todos os ingredientes no liquidificado. Coe e beba em seguida.

Suco de morango e tangerina

Este suco delícia fornece super dose de antioxidantes

Ingredientes
● 200 ml de água filtrada
● 1 tangerina sem casca e sem sementes
● 5 morangos médios

Modo de preparo
Bata todos os ingredientes no liquidificado e beba em seguida.

Suco de morango com kiwi e hortelã

Os kiwis e os morangos são frutas doces e cheias de vitamina C, e a hortelã é fonte de folato, vitamina A, magnésio e zinco.

Ingredientes
● 200ml de água filtrada
● 1 kiwi sem casca
● 5 morangos médios
● 10 folhas de hortelã

Modo de preparo
Bata todos os ingredientes no liquidificado e beba em seguida.

Suco de cenoura, gengibre e açafrão

Este suco traz três vegetais importantes para suporte a imunidade e para diminuir quadros inflamatórios. A inflamação é uma resposta imune a infecções. Este trio, podem amenizar sintomas de gripes, resfriados, coriza, tosse e dores no corpo. Pessoas com artrite reumatoide podem se beneficiar com esse suco, pois o açafrão e o gengibre têm efeitos anti-inflamatórios.

Ingredientes
● 200 ml de água filtrada
● 3 pedaços de 2 cm de gengibre sem casca
● 1 colher de café de cúrcuma
● 1 cenoura pequena descascada e picada

Modo de preparo
Bata todos os ingredientes no liquidificado e beba em seguida.

Espinafre, pepino, couve, melão e limão

Um suco verde à base de vegetais é uma boa dose de nutrientes fundamentais para o sistema imunológico. Adicione salsa para uma porção extra de vitamina B-6.

Ingredientes
● 200 ml de água filtrada
● Suco de 1 limão
● 1 pepino pequeno
● 1 folha de couve
● 1 fatia média de melão
● 5 folhas de espinafre (cozido)

Modo de preparo
Bata todos os ingredientes no liquidificado e beba em seguida.

Fonte: Adriana Stavro é nutricionista funcional e fitoterapeuta, especialista em doenças crônicas não transmissíveis, mestre do nascimento a adolescência pelo Centro Universitário São Camilo.

Primavera: alimentos da estação e os benefícios nutricionais de cada um

É primavera, os dias estão cada vez mais longos, o ar cada vez mais fresco e todos parecem estar de bom humor. Esta mudança de estação marca um momento em que todas as coisas ganham vida e experimentam renovação.

Na natureza, isso significa crescimento, flores e deliciosos produtos coloridos. E para nossos corpos, significa deixar para trás a alimentação pesada do inverno e iniciar um novo ciclo.

Na primavera, é a alimentação mais leve do ano e deve conter alimentos refrescantes como brotos, folhas verdes, grãos integrais, frutas, raízes em especial beterraba e cenoura. Sabores doces pouco concentrados e pungentes como mel, hortelã, manjericão, erva doce, manjerona, alecrim, endro e louro podem criar uma primavera interna com muita proteção. Use cebola, alho e hortelã com arroz, sopas leves de vegetais são preparações simples, que ajudam a limpar e refrescar o organismo. Esta ampla variedade de produtos frescos fará você se sentir nutrido, ao mesmo tempo que limpam e reconfiguram suavemente o sistema digestivo e imunológico evitando o aparecimento de doenças.

Para ajudá-la a desfrutar esta estação maravilhosa, cheia de vida, a nutricionista Adriana Stavro fez uma lista dos alimentos da primavera e como usá-los.

Rúcula e outras folhas verdes como alface romana

Plooploe/Pixabay

Rico em vitaminas A, K e ácido fólico, além de clorofila, fibra e água, essas folhas ajudam a reduzir inflamação, ao mesmo tempo que hidratam e desintoxicam o corpo.
Como comer: Basta misturar as verduras cruas em uma tigela com outros vegetais e algumas nozes ou sementes. Regue com um pouco de azeite de oliva extra virgem e vinagre balsâmico ou suco de limão.

Alcachofras

Djedj/Pixabay

Aproveitando um alimento da safra (de setembro a novembro), as alcachofras são ricas em ácido fólico, vitamina C, vitaminas do complexo B e muitos minerais. Esses nutrientes ajudam a diminuir o colesterol, garantem uma gravidez saudável e reduzem os radicais livres.
Como comer: há uma arte na forma básica de cozinhar e comer alcachofra. Eu gosto de fervê-las por + ou – cerca de 20 minutos com muito alho e cebola e um pouco de sal entre suas folhas. Depois sirvo uma inteira para cada convidado, é só descascar e comer a parte comestível do fundo do folhas.

Aspargos

Birgl/Pixabay

Abundante em vitamina K, fundamental para a coagulação do sangue, saúde do coração e dos ossos, bem como cobre, selênio, vitaminas B e muitos outros nutrientes importantes.
Como comer: são deliciosos salteados com um alho, sal e azeite. Fique atento para não cozinhar demais. + ou -10 minutos é o suficiente.

Beterraba

Anna Sulencka/Pixabay

São suculentos, adocicados, saboroso. Eles podem reduzir a pressão arterial, aumentar sua resistência e ajudar a desintoxicação devido seu fitonutriente chamado betaína.
Como comer: você pode adicioná-los a um smoothie, assá-los como acompanhamento, usar cru em saladas.

Cenouras

Estamos todos familiarizados com este vegetal clássico, mas quando estão na estação, as cenouras são absolutamente deliciosas. Rico em vitamina A e outros antioxidantes, eles são ótimos para manter cabelos, pele e unhas saudáveis, portanto considerado um alimento antienvelhecimento, da beleza.
Como comer: são muitas maneiras diferentes de consumir, cru, cozido, assada, em sopas, picar, fatiar, usar em lanches, e até mesmo como uma alternativa à junto com a abobrinha para fazer macarrão.

Hortelã

Congerdesign/Pixabay

Esta erva tem propriedades curativas. A hortelã contém um antioxidante chamado ácido rosmarínico, que pode aliviar os sintomas da alergia sazonal. O mentol que contém é um descongestionante natural e também pode aliviar dores de estômago.
Como comer: a hortelã é delicada, por isso é melhor não cozinhá-la. Eu adoro adicioná-la à água ou ao chá gelado para um sabor natural refrescante, ela também é uma ótima guarnição comestível e pode ser picado e adicionado a saladas de frutas.

Morangos

AlexasFotos/Pixabay

Ricos em polifenóis vão apoiar a imunidade, renovação das células e muitas outras funções.
Como comer: poder comer cru, adicioná-los aos smoothies, pode colocá-los em pudim de chia, fazer uma geleia e muitas outras receitas

Cebolinhas

Alicja/Pixabay

A cebola contém grande quantidade de polifenóis, principalmente, flavonoides, compostos que desempenham papel importante na prevenção de doenças e na redução do estresse oxidativo. Eles também são anti-histamínicos naturais e têm propriedades antibacterianas e antifúngicas.
Como comer: adicione cebolinhas cruas para finalizar preparações. Molhos, arroz, patês, arroz etc.

Rabanetes

AlicjaPixabay

São ótimos para remover resíduos e toxinas do estômago e do fígado. Eles também são um diurético natural e ajudam a tratar problemas urinários e renais.
Como comer: o ideal é consumir crua. Fatiar em fatias finas para salada, adicioná-los a uma salada de quinoa ou em outra salada de sua preferência.

Lembre-se, variedade maior que quantidade, e boa primavera para você

Fonte: Adriana Stavro é nutricionista funcional e fitoterapeuta, especialista em doenças crônicas não transmissíveis, mestre do nascimento a adolescência pelo Centro Universitário São Camilo.

Divino Fogão ensina a preparar sopa de macarrão com frango e legumes para dias mais frios

Parece que o inverno resolveu aparecer. Ao menos em algumas regiões do país as temperaturas caíram, como é comum nesta época. Então, que tal aproveitar e preparar uma sopa para esquentar o corpo e alma? A dica é da rede Divino Fogão. Confira:

Sopa de macarrão com frango e legumes

Ingredientes:
500g de peito de frango em cubos
½ cenoura rolada
½ pacote de macarrão (de sua preferência)
½ cebola ralada
3 dentes de alho picados
3 colheres de azeite
Sal e pimenta a gosto
Louro a gosto
Salsa a gosto
Manjericão ou manjerona a gosto

Modo de preparo:
Em uma panela, refogar o alho e a cebola no azeite. Colocar o frango, deixar refogar até dourar, colocar a água o suficiente para o cozimento e o restante dos ingredientes. Deixar cozinhar por uns 10 minutos para agregar o sabor. Adicionar o macarrão e deixar cozinhando até ficar macio. Colocar em uma sopeira, finalizar com a salsa e servir.

sopa-macarrao-1163653

Tempo de Preparo: 40 minutos
Rendimento: 8 porções

Fonte: Divino Fogão

Restaurante Kiichi lança três versões de caldo japonês

Feitos com ingredientes saudáveis, são perfeitos para serem consumidos em qualquer horário do dia

O restaurante japonês Kiichi agora conta em seu menu versões do caldo japonês com lamen, idealizadas por José Brito, o Chef da casa. Agora, além do Caldo Japonês Tradicional, o restaurante Kiichi oferece o Caldo Japonês com molho à base de mostarda e Caldo Japonês com molho à base de pimenta. O prato, feito com legumes e verduras, além de muito saboroso, é bastante saudável e tem valor bem acessível.

Caldos-KIICHI-03Caldo-KIICHI-2

Todas as três opções são feitas com lamen, haddock, brócolis, cenoura, acelga, agrião, moyashi, ovo cozido e temperos como o katsuobushi, gengibre ralado e um leve toque de pimenta jalapeño. O chef também acrescenta outras variedades de legumes frescos do dia. O cliente pode escolher sua proteína preferida: filé mignon, lombo de porco, frango (R$ 35) ou camarão (R$ 45).

Os caldos japoneses e os demais pratos da casa, preparados com maestria pelo renomado Chef Brito, podem ser degustados presencialmente na unidade conceito nos jardins, que fica na alameda Lorena, 138 (11h às 17h)* ou por delivery (das 11h às 23h).

Caldos-KIICHI-06

O restaurante Kiichi informa que está seguindo todos os protocolos de prevenção à Covid-19 orientados pelo Ministério da Saúde.

Chef Brito

Após 11 anos no restaurante Nakombi, ao lado dos chefs internacionais, Ignácio Ito e Shigue Shimizu, José Brito inaugura o primeiro Kiichi em 2007 na Vila Olímpia. Em 2009, abre a segunda unidade, localizada na Alameda Lorena, que hoje é a unidade conceito. Na sequência vieram as unidades Vila Mariana e Morumbi e o aplicativo para delivery próprio da marca. Além do Kiichi, hoje é sócio do restaurante Kyuurai, em Santos. Seus parceiros são os empresários de sucesso; Paulo França, Marcos Ferreira e Mauricio Almeida.

Kiichi
Delivery: pedidos podem ser feitos por aplicativo próprio do Kiichi, disponível para IOS e Android, no site e pelo telefone 11 3051-3330 ou por IFood.
O horário do serviço de delivery nas quatro unidades: das 11h às 23h
-Kiichi Lorena: Alameda Lorena, 138, São Paulo – Tel: 11 3051-3330
-Kiichi Vila Olímpia- Tel: 11 3842-0440
-Kiichi Vila Mariana – Tel: 11 2577-2023
-Kiichi Morumbi: Tel: 11 3502-6702

*Horário de acordo com o Decreto publicado pela Prefeitura de São Paulo que estabelece que os bares e restaurantes podem funcionar por 6 horas diárias na fase 3 – Amarela do Plano São Paulo, que prevê a retomada econômica com a flexibilização gradual dos serviços.

Delivery de cestas orgânicas: veja onde fazer a sua encomenda em São Paulo

Confira a seleção de cinco lugares que trabalham com a entrega de frutas, verduras, legumes e produtos não perecíveis

Em época de isolamento social quando a recomendação é sair de casa em casos de extrema necessidade, precisamos ter alternativas saborosas para continuar mantendo uma alimentação mais saudável. A entrega de cestas orgânicas com frutas, verduras, legumes e produtos não perecíveis pode ser uma ótima alternativa para continuar mantendo a quarentena e, consequentemente, evitar novas contaminações. A seguir, você encontra algumas opções que podem ser entregues em São Paulo.

SABT-photoshoot-2

A Boa Terra (@aboaterra)
Perto de completar 40 anos, o Sítio A Boa Terra sempre fez sucesso por ser pioneiro na produção e entrega de produtos orgânicos na porta de casa. É possível solicitar a entrega pelo site ou por mensagem no WhatsApp de cestas com verduras, legumes, frutas, laticínios e até itens de mercearia, são mais de 250 opções. Além da produção orgânica própria, o lugar possui parceria com diversos produtores também orgânicos para deixar a cesta ainda mais completa. O cliente pode personalizar a sua entrega, optar por uma das sugestões de cestas da semana ou fazer uma assinatura. O Sítio A Boa Terra fica meio no caminho das cidades de Casa Branca e Itobi, no estado de São Paulo, próximo à divisa com Minas Gerais. As entregas ocorrem na grande São Paulo, Ribeirão Preto, Holambra, Vargem Grande do Sul, Casa Branca, São José do Rio Pardo e Itobi.
Informações: WhatsApp (19) 99169-7729 ou organico@aboaterra.com.br.

Raizs (@raizsorganicos)
É uma plataforma que comercializa produtos orgânicos cultivados por pequenos produtores. Pelo site, o cliente pode escolher o que mais agrada entre verduras, legumes, frutas, ovos, queijo, manteiga e produtos não perecíveis. É possível obter uma assinatura com entregas semanais ou quinzenais. A preferência por alimentos deve ser indicada no início da compra, já que as entregas são personalizadas e atendem o gosto particular de cada um, sempre respeitando o que colhido na semana pelas famílias que trabalham com a empresa. Informações no site.

Santa Julieta Bio (@sta_julieta_bio)
A Fazenda Santa Julieta produz incentiva a economia compartilhada, já que as entregas são planejadas para grupos de consumidores em determinados pontos da cidade e dias pré-acordados da semana. Entre os pontos de entrega estão o Restaurante Mocotó na Vila Medeiros às segundas e quintas-feiras; a Escola Quintal do João Menino na Vila Madalena às segundas-feiras; e a região da Vila Olímpia, às segundas também. Informações: e-mail no tanaepoca@stajulieta.bio ou no site.

sabt-site-fotos-6

Santa Adelaide Orgânicos (@santa_adelaide_organicos)
A Fazenda Santa Adelaide produz e oferece entregas semanais de cestas médias ou grandes com produtos frescos da estação. O lugar com 15 hectares produz em média 80 tipos de verduras e legumes no decorrer de um ano. Entre eles, destaque para o brócolis romanesco, couve-flor roxa e a beterraba amarela que, por serem orgânicas, oferecem um sabor impecável. Informações: santa.adelaide.organicos@gmail.com

Site dos Orgânicos
No Site dos Orgânicos, o cliente pode realizar uma assinatura mensal ou escolher entre oito tipos de cestas recheadas com legumes, verduras e frutas. Há também a opção de itens de mercearia, como sucos, grãos laticínios, ovos e carnes que podem deixar o cardápio ainda mais rico em vitaminas e nutrientes. As entregas acontecem às terças, quintas e sábados. Informações no site.

Importante lembrar que, quanto mais colorida uma refeição, maior a variedade de nutrientes, vitaminas, minerais e fibras. Aplique isso à sua rotina sempre que possível para manter a saúde mais equilibrada.

Sobre A Boa Terra

fotos-cedo-SABT-3

O Sítio A Boa Terra é um dos pioneiros na agricultura orgânica no Brasil e na entrega de cestas orgânicas na porta de casa. Em 1981 os fundadores Joop e Tini seguiram o sonho de uma sociedade mais justa e uma agricultura também mais justa, mais em equilíbrio com a natureza, com o homem que produz e que se alimenta da terra. Tudo isso em uma época que a grande maioria das pessoas não sabia, nem nunca tinha ouvido falar o que era um alimento orgânico. Atualmente, centenas de famílias são atendidas por semana na grande São Paulo, Ribeirão Preto e algumas cidades mais próximas ao Sítio.