Arquivo da tag: legumes

Guia da alimentação segura e adequada na quarentena

Segundo as orientações da Organização Mundial da Saúde (OMS) os cuidados com a alimentação precisam ser redobrados durante a quarentena. Para a médica nutróloga Ana Luisa Vilela, de São Paulo, além da higienização correta dos alimentos, alguns ajudam a fortalecer o sistema imunológico.

“Cuidar da alimentação nesse momento é essencial para garantir a saúde, em especial os idosos, que já possuem o sistema imunológico mais debilitado pela idade e precisam reforçar as barreiras de proteção do organismo”, explica a médica.

limpando virus health essentials

• Higienização: “É preciso ter cautela com o que levamos para casa, por isso desinfetar as embalagens quando chegar do mercado com álcool 70% ou água e sabão ou descartá-las em lixos lacrados”.

lavando os legumes

• Descontaminação de vegetais: “Lave-os vegetais com uma escovinha em água morna para retirar a sujeira visível a olho nu e mergulhe-os com a casca de molho em uma bacia com 1 litro de água e 1 colher de bicarbonato de sódio ou de água sanitária, durante 15 minutos e lavar abundante”.

drinque

• Reduzir o consumo de bebida alcoólica que pode debilitar o organismo e atrapalhar a imunidade;

açucar

• Controlar o sal e o açúcar de adição;

despensa
Foto: Onehundreddollarsamonth

• Não estocar alimentos. “Além de não ter necessidade, quando há muita comida estocada é sinal de não ter comida fresca”.

casca batata pxfuel
Pxfuel

• Aproveitar mais de todos os alimentos para não ter desperdício. “Cascas de legumes como beterraba, mandioquinha, batata podem ser assadas no forno e virarem saborosos chips”.

chá quente pixabay
Pixabay

• Aproveite os chás. “O consumo de bebidas quentes ajuda na expectoração dos fluídos, diminuindo assim a contaminação das vias aéreas além de ajudar no combate a gripes e resfriados em geral”.

GOIABA VERMELHA

• Reforçar a vitamina C, em frutas como acerola, laranja, goiaba, caju, limão. “Esses alimentos são capazes de turbinar o sistema imunológico”, finaliza Ana Luisa.

Fonte: Ana Luisa Vilela é graduada em Medicina pela Faculdade de Medicina de Itajubá – MG, especialista pelo Instituto Garrido de Obesidade e Gastroenterologia (Beneficência Portuguesa de São Paulo) e pós graduada em Nutrição Médica pelo Instituto Ganep de Nutrição Humana também na Beneficência Portuguesa de São Paulo e estágio concluído pelo Hospital das Clinicas de São Paulo – HCFMUSP. Hoje, dedica-se a frente da rede da Clínica Slim Form a melhorar a autoestima de seus pacientes com sobrepeso com tratamentos personalizados que aliam beleza e saúde.

Receitas leves e práticas para manter o vigor durante o feriado

Adria dá dicas de pratos que vão levar mais disposição para todos caírem na folia

Não é segredo que fevereiro é um dos meses mais esperados do ano, afinal, o verão fica ainda mais gostoso com a alegria inconfundível do carnaval. O período traz dias de folia, bloquinhos com os amigos e muita diversão. Para não perder nem um segundo da festa, é importante focar em uma alimentação equilibrada e leve.

Por isso, Adria ensina como preparar duas receitas que vão fazer a diferença antes da folia: as Torradas com Iogurte Grego e Frutas levarão frescor aos dias de festa, que costumam ser bem quentes, enquanto o Parafuso com Frango e Legumes, rico em carboidratos, oferecerá a energia necessária para aproveitar a folia.

Confira as receitas completas:

Torradas com Iogurte Grego e Frutas

Torradas-com-Iogurte-Grego-e-Frutas

Ingredientes
1 embalagem de iogurte grego light (100 g)
½ embalagem de Torrada Light Adria (80 g)
8 morangos fatiados
8 fatias pequenas de mamão papaya
Mel a gosto

Modo de Preparo
Espalhe o iogurte sobre as torradas, acomode o morango e o mamão. Finalize com um fio de mel e sirva em seguida.

Rendimento: 8 torradas
Tempo de Preparo: 15 minutos

Parafuso com Frango e Legumes

Parafuso-Nutritivo-com-Frango-e-Legumes

Ingredientes
1 embalagem de Parafuso Adria
½ kg de filé de frango em tirinhas
4 colheres (sopa) de vinagre balsâmico
2 colheres (sopa) de óleo de canola ou soja
4 dentes de alho, picados
10 tomates maduros, sem pele e sem sementes, picados
2 folhas de louro
2 xícaras (chá) de minicenouras
5 buquês de brócolis
1 abobrinha média, em cubos
50 g de queijo parmesão light, ralado
Sal a gosto

Modo de Preparo
Em uma tigela média, junte o frango e tempere com sal e vinagre balsâmico. Em uma panela média, aqueça o óleo, refogue o alho, acrescente o frango e deixe fritar até dourar. Junte os tomates, as folhas de louro e deixe cozinhar até o tomate ficar  macio. Acerte o sal, retire as folhas de louro e reserve. Em uma panela média, junte as minicenouras, o brócolis, a abobrinha e deixe cozinhar em água e sal até ficarem macios, escorra e reserve. Em uma panela grande ferva 5 litros de água com sal e cozinhe a massa. Para isso, coloque a massa e mexa de vez em quando até que a água volte a ferver. Deixe cozinhar de acordo com o tempo indicado na embalagem ou até que fique “al dente”, ou seja, macia, porém resistente à mordida. Escorra a massa, acomode em um refratário grande, acrescente o molho de tomate com frango, os legumes e envolva bem com a ajuda de dois garfos grandes. Polvilhe o queijo parmesão e sirva a seguir.

Rendimento: 6 porções
Tempo de Preparo: 30 minutos

Fonte: Adria

Detox pré-Carnaval por cores, farmacêuticos dá as dicas

Verdes, amarelos e vermelhos são as cores do detox

Durante o período pré e pós Carnaval, o órgão que mais merece cuidados e que deve estar preparado para cair na folia é o fígado. Segundo o farmacêutico Jamar Tejada (Tejard), é ele que será responsável pela faxina do organismo para que tudo funcione em perfeita ordem.

“Para essa limpeza do fígado, a desintoxicação é essencial, e isso pode ser feito através da alimentação que pode ser mais fácil se for dividida por cores”, explica o especialista.

Ele completa: “Para eliminar as toxinas, melhorar o funcionamento do intestino e equilibrar o funcionamento do corpo, que vai sofrer com o consumo de bebidas alcoólicas junto com a fuga da rotina alimentar, temos que eliminar as toxinas e controlar o PH intestinal”.

Para começar, a maneia mais simples é ir pelas cores dos alimentos e então escolher qual o sabor que mais agrada ao paladar. Vamos a alguns exemplos de cores e grupos:

Verdes: agrião, couve, alface, rúcula, hortelã, limão e acelga

Amarelos: pera, ameixa, lima, cenoura, abacaxi, laranja, manga, melão, mamão e mel

Vermelhos: rabanete, maçã, acerola, uva, beterraba, tomate e morango

Depois de escolher pelo menos um item de cada cor, vale bater um suco, que pode ser misturado com água ou água de coco e até adoçado com açúcar de coco. Tejard fala ainda que é importante não coar, para não perder nenhum nutriente que pode ser essencial para aguentar, sem prejuízos para a saúde, os quatro dias de folia.

Fonte: Jamar Tejada é farmacêutico graduado pela Faculdade de Farmácia e Bioquímica pela Universidade Luterana do Brasil, RS (Ulbra), Pós-Graduação em Gestão em Comunicação Estratégica Organizacional e Relações Públicas pela USP (Universidade de São Paulo), Pós-Graduação em Medicina Esportiva pela (Fapes), Pós-Graduação em Comunicação com o Mercado pela ESPM, Pós-Graduação em Formação para Dirigentes Industriais com Ênfase em Qualidade Total – Engenharia de Produção pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul-(UFRGS) e Pós-Graduação em Ciências Homeopáticas pelas Faculdades Associadas de Ciências da Saúde. 

Receitas para deixar festas de fim de ano mais saborosas

Que tal investir em ideias práticas e criativas para deixar os encontrinhos do fim do ano ainda mais deliciosos? A chef Ivy Oliveira preparou três ótimas sugestões para você surpreender seus convidados com muito sabor e praticidade.

Antepasto de berinjela com sardinhas

antepasto

 

Ingredientes:
meia xícara (chá) de azeite de oliva
1 embalagem de tomates cereja (200 g)
3 dentes de alho grandes fatiados
1 colher (chá) de orégano fresco
1 berinjela grande cortada em fatias finas
1 colher (chá) de vinagre de maçã
meia colher (chá) de sal
1 colher (sopa) de salsinha picada
2 latas de Sardinha em Óleo Coqueiro

Para servir:
telhas de tapioca

Modo de preparo:
Preaqueça o forno em temperatura média (180°C). Em uma assadeira média (33 x 23 cm), coloque metade do azeite, os tomates, o alho, o orégano e misture bem. Leve ao forno por 30 minutos, mexendo na metade do tempo até os tomates murcharem. Reserve. Escorra as Sardinhas em Óleo Coqueiro, limpe e retire as espinhas e reserve. Em uma frigideira, aqueça o azeite restante e grelhe as fatias de berinjela dos dois lados. Depois de grelhadas, pique bem as fatias de berinjela e reserve. Em uma tigela, coloque a berinjela picada, os tomates assados com o alho, o vinagre, o sal, a salsinha e as Sardinhas em Óleo Coqueiro reservadas e misture delicadamente até ficar homogêneo. Leve a geladeira até o momento de servir. Sirva em telhas de tapioca.

Dicas:
-Experimente servir o antepasto com Biscoitos de Arroz Integral Camil, pães variados e torradas.
-O antepasto pode ser feito com antecedência para soltar mais os sabores dos ingredientes e tem validade de 5 dias sob refrigeração.

Tempo de preparo: 30 minutos
Tempo de forno: 30 minutos
Tempo total: 1 hora
Rendimento: 8 porções

Pão Recheado com Patê de Atum e Provolone

pao recheado atum.jpg

Ingredientes:

Massa:
3 xícaras (chá) de farinha de trigo
1 colher (chá) de sal
1 tablete de fermento biológico fresco (15 g)
1 xícara (chá) de água morna
meia xícara (chá) de azeite de oliva

Recheio
2 embalagens de Patê de Azeitonas Coqueiro
meia xícara (chá) de cenoura ralada
1 xícara (chá) de queijo provolone ralado

Para untar e enfarinhar:
óleo
farinha de trigo

Para pincelar e polvilhar:
gema batida
queijo parmesão ralado

Modo de preparo:

Massa
Em uma tigela, coloque a farinha, o sal, o fermento e misture bem. Adicione a água, o azeite e amasse até obter uma massa homogênea. Cubra e deixe descansar por 1 hora ou até dobrar de volume.

Recheio
Em uma tigela coloque o Patê de Azeitonas Coqueiro, a cenoura, o provolone e misture delicadamente. Preaqueça o forno em temperatura média (180ºC). Unte e enfarinhe uma forma para bolo inglês grande (28 x 11 cm). Em uma superfície enfarinhada abra a massa formando um retângulo com 1 cm de espessura e espalhe o recheio por toda a massa. Enrole a massa no formato de um rocambole e coloque na forma reservada. Cubra e deixe crescer por 20 minutos ou até dobrar de volume. Pincele com a gema, polvilhe o queijo e leve ao forno por 40 minutos ou até dourar levemente. Espere amornar e sirva a seguir.

Tempo de preparo: 25 minutos
Tempo de descanso: 1 hora e 20 minutos
Tempo de forno: 40 minutos
Tempo total: 2 horas e 25 minutos
Rendimento: 8 porções

Quiche de Atum com Legumes

quiche atum.jpg

Ingredientes

Massa
1 e meia xícara (chá) de farinha de trigo
meia colher (chá) de sal
1 tablete de margarina culinária (100 g)
4 colheres (sopa) de água gelada

Recheio
1 colher (sopa) de azeite de oliva
1 cebola pequena picada
5 colheres (sopa) de amido de milho
1 e meia xícara (chá) de leite
meia xícara (chá) de queijo cottage
2 latas de Atum Sólido em Óleo Coqueiro escorridos
1 colher (chá) de sal
1 colher (sopa) de cheiro-verde picado
4 ovos batidos
1 cenoura pequena cortada em rodelas finas
1 berinjela pequena cortada em rodelas finas
1 abobrinha pequena cortada em rodelas finas

Modo de preparo:

Massa
Em uma tigela, misture a farinha, o sal, a margarina e a água. Amasse delicadamente com a ponta dos dedos até que a massa fique homogênea. Preaqueça o forno em temperatura média (180ºC). Abra a massa entre dois plásticos próprios para alimentos e forre o fundo e a lateral de uma forma para quiche grande (26 cm de diâmetro). Faça furos na massa com o garfo e leve ao forno por 20 minutos ou até dourar levemente. Reserve.

Recheio
Em uma panela, coloque o azeite, a cebola e refogue em fogo médio por 2 minutos. Dissolva o amido de milho no leite, junte ao refogado e cozinhe, mexendo sempre até engrossar levemente. Acrescente o queijo cottage, o Atum Sólido em Óleo Coqueiro, o sal e o cheiro-verde e misture. Retire do fogo e espere amornar. Junte os ovos batidos e misture até ficar homogêneo. Espalhe sobre a massa reservada, disponha as rodelas de legumes intercalando uma na outra e leve ao forno por 30 minutos ou até dourar levemente. Sirva a seguir.

Dica:
-Se preferir polvilhe queijo parmesão ralado antes de assar.

Tempo de preparo: 30 minutos
Tempo de forno: 50 minutos
Tempo total: 1 hora e 20 minutos
Rendimento: 8 porções

Fonte: Camil Alimentos

Vagem: alimento com baixo valor calórico e rico em proteínas

A Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo desenvolve um serviço de divulgação dos alimentos que estão na época do ano. Por exemplo, legumes e verduras, começando pela vagem, que possui um baixo valor calórico, é rica em proteínas, possui fibras de boa qualidade que auxiliam na digestão e contribuem para a saciedade.

Saiba mais sobre as verduras e legumes do mês:

Verduras:

alface
Foto: Wunee/Morguefile

•Alface: ajuda a diminuir o colesterol ruim, por conter niacina, mais conhecida como vitamina B3, ajuda a reduzir os níveis de colesterol “ruim”, o LDL e, contribui para o aumento do colesterol saudável, o HDL. Assim, a alface se torna uma aliada da saúde cardiovascular. Pode ser adicionada em salada, sucos e sanduíches.

almeirão
•Almeirão: da mesma família da alface e chicória, o almeirão tem sabor amargo. Presentes na folha, estão a vitamina A, que é responsável pela saúde da pele e visão, a vitamina C, que atua no fortalecimento do sistema imunológico além de minerais como fósforo e ferro, que auxilia no bom funcionamento do organismo.

rucula
•Rúcula:  vegetal muito apreciado por ter um sabor forte e picante. É rica em vitaminas A e C, que auxiliam na saúde dos olhos e na imunidade, respectivamente. Minerais como ferro, cálcio e fósforo também estão presentes na folha. As fibras que a folha contém, ajudam no bom funcionamento intestinal.

Legumes:

abobrinha
Pixabay

=Abobrinha: possui em sua composição muita água e grande quantidade de fibra, vitaminas do complexo B e magnésio. Auxilia no sistema digestivo e no sistema imunológico. Pode ser consumida de diversas formas, entre elas, substituindo massa em algumas preparações, além de ser pouco calórica.

beringela pixabay
=Berinjela: hipocalórica, contendo apenas 20kcal em 100g do alimento. Além disso, é rica em antocianina, (um antioxidante que age na prevenção de câncer e doenças cardíacas), e em fibras, que auxiliam no bom funcionamento do intestino, evitando a constipação.

pepino
=Pepino: rico em nutrientes, como vitaminas A, B1, B2, C, potássio, magnésio e silício. É composto por grande parte de água, sendo um poderoso diurético natural e também digestivo devido às suas fibras. Auxilia no combate a problemas de pele, assim como do diabetes.

pimentao-the-bix-blog
Foto: The Bix Blog

=Pimentão: além de suas propriedades nutricionais como as vitaminas A e C, que são antioxidantes e minerais como cálcio, fósforo e ferro, o pimentão é amplamente consumido por seu sabor picante que se dá por uma substancia chamada de capsaicina que é um anticoagulante natural, auxiliando no controle da pressão sanguínea além de ajudar na redução do colesterol.

tomate-uwe-tuchen-pixabay
Foto: Uwe Tuchen / Pixabay

=Tomate: não é um legume, mas uma fruta muito conhecida e muito utilizada em diversas preparações. Rica em licopeno, carotenoides, vitamina A, B1, B2, B3, C, cálcio e fósforo. Auxilia em várias funções no organismo inclusive na prevenção do câncer de próstata.

Confira a receita:

Torta de vagem

torta vagem

Ingredientes:
1 dente de alho médio (4g)
300g de vagem
100g de queijo branco
3 colheres (sopa) de azeite (45mL)
1 e 1/2 colher (chá) de sal (9g)
4 ovos médios (260g)
1/2 xícara (chá) de leite (120mL)
4 colheres (sopa) de creme de ricota (72g)
4 colheres (sopa) de farinha de trigo (40g)
2 colheres (sopa) de farinha de rosca (28g)

Modo de Preparo:
Descasque, lave e esprema o alho. Lave a vagem e corte em pequenos pedaços. Corte o queijo branco em pequenos cubos e reserve. Em uma panela, doure o alho com 1 colher (sopa) de azeite e refogue a vagem com 1/2 colher (chá) de sal. Em uma tigela, bata os ovos, com auxílio de um garfo e adicione o leite, o creme de ricota, a farinha de trigo, 1 colher (sopa) de azeite, 1 colher (chá) de sal e misture bem com um fue até a massa ficar homogênea. Unte um refratário com 1 colher (sopa) de azeite e coloque a massa. Salpique a vagem refogada, os pedaços de queijo branco e a farinha de rosca. Leve para assar em forno médio por aproximadamente 45 minutos.

Tempo de preparo: 1h40
Rendimento: 11 porções
Peso da porção: 350g
Valor calórico da porção: 155 Kcal

Fonte: Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo

Torteria oferece receitas veganas, vegetarianas e fits

A marca amplia a seção do cardápio dedicada a diferentes públicos, com novidades salgadas e doces que podem ser encontradas em três endereços

O cardápio da Torteria cresceu. Além das receitas tradicionais, que incluem tortas, quiches e sugestões doces, a marca agora dedica toda uma seção aos públicos vegano e vegetariano, além de criar alternativas saborosas para quem costuma optar por uma alimentação mais leve, natural e saudável.

As tortas são oferecidas em três tamanhos – individual, médio ou grande. Entre as opções veganas, que têm massa à base de dois tipos de farinhas – grão de bico e arroz –, gergelim, linhaça, azeite e sal, estão a caprese (R$ 17,00 a porção individual), com tomatinho assado, creme de tofu com ervas e manjericão, e a vegetais (R$ 21,00 a porção individual), com cogumelo Paris, berinjela defumada, cebola caramelizada, espinafre e homus.

Já as novidades fit, preparadas com massa integral, incluem receitas como a torta fit queijos (R$ 16,00 a porção individual), recheada de mussarela light, ricota, tomate assado e manjericão, a rústica verde (R$ 19,00 a porção individual), com abobrinha, aspargos, creme de ricota e manjericão, tomatinho e limão siciliano, e a torta de frango proteica (R$ 19,00 a porção individual), que leva frango desfiado, leite de coco, especiarias e homus.

A turma da boa forma também conta com duas receitas para adoçar a vida. Com massa-base de farinha de amêndoas, aveia, açúcar de coco e óleo de coco, a torta de frutas vermelhas (R$ 15,00 a porção individual) traz geleia de frutas vermelhas adoçada com xylitol; já a torta de chocolate 80%, que leva a mesma base, recebe recheio de ganache de chocolate e é finalizada com praliné de macadâmia preparado com açúcar de coco.

Veja abaixo a lista de novidades:

Torta Fit/Veganas

Torta fit queijos – Individual R$ 16,00. Média R$ 64,00. Grande R$ 112,00.
Massa integral com mussarela light, ricota, tomate assado e manjericão

Torteria_3

Torta vegana caprese – Individual R$ 17,00. Média R$ 68,00. Grande R$ 116,00.
Massa vegana com tomatinho assado, creme de tofu com ervas e manjericão

Torta vegana palmito – Individual R$ 18,00. Média R$ 74,00. Grande R$ 132,00.
Massa vegana com palmito, cenoura, abobrinha, tomate, ervas e creme de alho poró

rustica fit abobrinha aspartgo.jpg

Torta fit rústica verde – Individual R$ 19,00. Média R$ 78,00. Grande R$ 138,00.
Massa integral com abobrinha, aspargos, creme de ricota com manjericão, tomatinho e limão siciliano.

Torteria_2

Torta fit frango proteica – Individual R$ 19,00. Média R$ 78,00. Grande R$ 138,00.
Massa integral com frango desfiado, leite de coco, especiarias e homus

vegana cogumelos

Torta vegana vegetais – Individual R$ 21,00. Média R$ 84,00. Grande R$ 150,00.
Massa vegana com cogumelo Paris, berinjela defumada, cebola caramelizada, espinafre e homus.

torteria 3

Torta de frutas vermelhas – Individual R$ 15,00. Pequena R$ 76,00. Média R$ 123,00. Grande R$ 158,00.
Massa de farinha de amêndoas, aveia, açúcar de coco e óleo de coco com geleia de frutas adoçada com xylitol.

torta vegana choco

Torta de chocolate 80% – Individual R$ 16,00. Pequena R$ 88,00. Média R$ 129, 00. Grande R$ 172,00.
Massa de farinha de amêndoas, aveia, açúcar de coco e óleo de coco, ganache de chocolate e praliné de macadâmia feito com açúcar de coco

A Torteria
Higienópolis: Rua Sabará, 585
Morumbi: Rua Dos Três Irmãos, 654
Pinheiros: Central de Encomendas – Rua Fradique Coutinho, 39

Você já ouviu falar sobre alimentação sazonal?

Prática auxilia no emagrecimento e na economia doméstica

Durante os próximos meses começa a época do mamão, das nozes, da uva e do rabanete. Além desses, outros inúmeros alimentos se tornam mais ou menos frequentes nas feiras livres de todo o país de acordo com a sua sazonalidade e região. Mas por que respeitar essa característica quando, dia após dia, os alimentos se tornam mais fáceis de serem encontrados durante todo o ano?

frutas

Entre os benefícios de priorizar o consumo dos alimentos de acordo com a safra, há o aumento da qualidade, os impactos na saúde e o baixo custo que essa prática pode oferecer. “Cada hortaliça, legume e fruta tem um período propício para o cultivo. Basicamente, há o que chamamos de início de safra, quando os alimentos começam a chegar aos balcões; safra, quando a oferta é abundante; fim de safra, quando encontrar aquele item começa a ser mais difícil; e, por fim, a entressafra, quando o alimento não é cultivado e vendido”, explica o Nutricionista do Vigilantes do Peso, Matheus Motta.

Durante o ápice da safra, os alimentos encontram condições naturalmente favoráveis para seu cultivo e colheita e se mostram maiores, melhores e em grande quantidade. “Essa qualidade vai além da fruta bonita e chega também no valor nutricional. Alimentos consumidos dentro do período da safra tendem a se desenvolver melhor, podendo conter mais vitaminas e minerais , já que a semente encontra solo e ambiente propícios para se desenvolver”, ressalta o especialista.

Quem já tentou comprar morango fora de época sabe que uma fruta também pode ser salgada. Isso acontece em função da oferta e da procura. A dificuldade em cultivar um alimento diminui a quantidade e afeta a qualidade do item ofertado. Matheus conta ainda que em função disso, conhecer e respeitar as safras também auxilia – além da manutenção da saúde, na economia doméstica.

alimentos frutas vermelhas

Luciana Daudt, gestora jurídica e Associada do Vigilantes do Peso, adotou a sazonalidade na alimentação depois de perceber que alguns itens da lista de compras estavam caros demais. “Fui procurar o porquê e descobri que o aumento nos preços era em decorrência da entressafra”, explica.

Alimento melhor significa saúde melhor? Para Luciana, sim. “Sou uma pessoa muito alérgica e a alimentação impacta bastante no funcionamento do meu organismo. Ingerir alimentos mais frescos e nutritivos, cultivados com respeito à sazonalidade, melhorou bastante as minhas crises de alergia na pele”.

De acordo com Matheus, a saúde é beneficiada porque há uma variação nas escolhas. “Se a pessoa segue a sazonalidade, ela passa a adaptar o cardápio mês a mês e, assim, consome uma maior variedade de alimentos  e, consequentemente, de nutrientes, vitaminas e minerais”, complementa.

verduras legumes frutas

“Para quem quer emagrecer, essa variação ajuda a deixar a alimentação mais leve e fugir da rotina, a probabilidade da pessoa enjoar de comer um único legume é menor, e, assim, o engajamento dela na reeducação alimentar também é beneficiado”, conclui.

Fonte: Vigilantes do Peso

Consumo regular de legumes e frutas é fator de proteção contra tumores de boca

Pesquisa coordenada pelo A.C.Camargo em São Paulo, Goiânia e Vitória comprovam que o consumo de banana, tomate, brócolis e outros vegetais protegem contra o câncer. Estudo foi publicado em revista ligada ao Ministério da Saúde dos EUA

Uma série de pesquisas das principais instituições oncológicas em todo o mundo tem mostrado nos últimos anos os benefícios do consumo de frutas e legumes na prevenção ao câncer. A revista científica Plos One (uma das mais respeitadas dos EUA, ligada ao NIH – National Institute of Health, o Ministério da Saúde norte-americano) publicou um estudo prospectivo acompanhou os dados de 1.740 pessoas de São Paulo, Goiânia e Vitória e relacionou a ingestão regular de alimentos minimamente processados à prevenção de tumores de cabeça e pescoço (boca, laringe, orofaringe e hipofaringe), que juntos figuram entre os dez mais frequentes em todo o mundo, de acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS).

Liderados pela epidemiologista Maria Paula Curado e sua doutoranda Olivia Galvão De Podesta, os pesquisadores selecionaram, em grupo-controle, igual número de pacientes e não pacientes entre os anos de 2011 e 2015 – a cada paciente diagnosticado em cada cidade era identificado um paciente sadio do mesmo gênero e idade. O grupo foi acompanhado pelos cientistas até 2017 e os dados agora publicados na Plos One, revelam que a alimentação frequente com os alimentos estudados se mostraram co mo fatores protetores a esses tipos de câncer para quem tem um consumo regular de vegetais não processados.

tomates

Um desses elementos é o licopeno, antioxidante presente em alimento com a coloração vermelha – caso do tomate, que o brasileiro consome com tanta frequência, relacionado à diminuição das probabilidades de se ter um tumor na cavidade oral, fator observado também em relação ao consumo de frutas cítricas. Limão, laranja e mexerica também contém o nutriente.

0d739-couve-brocolis

Crucíferas como brócolis, repolho e couve estão associados à diminuição do risco de desenvolver câncer de laringe e hipofarínge, também beneficiado pelo consumo regular de cenoura. Também as bananas aparecem associadas à proteção contra tumores orofaríngeos, enquanto maçãs e peras em consumo diário reduzem os riscos associados ao câncer de laringe.

bananas- pixabay

“Os vegetais estudados são compostos de elementos que atuam de forma a reduzir a chance do câncer de cabeça e pescoço protetores que atuam diante do câncer”, afirma Maria Paula Curado, head do Núcleo de Epidemiologia e Estatística em Câncer do A.C.Camargo Cancer Center e que foi uma das diretoras de epidemiologia da IARC (International Agency for Research on Cancer), de Lyon (França), órgão da OMS responsável pelos estudos oncológicos em todo o mundo.

Os fatores de risco mais fortemente reconhecidos como causadores do câncer de cabeça e pescoço são o tabaco, álcool e a infecção pelo HPV. Na outra ponta, surge agora a evidência destes fatores protetores: “Mostramos aqui que quanto maior o consumo desses alimentos minimamente processados, menor será o risco de câncer na cavidade bucal”, diz a doutoranda Olivia Galvão De Podesta, do A.C.Camargo, uma das principais autoras da pesquisa.

Fonte: A.C.Camargo Cancer Center 

Receita prática de massa para o dia a dia

Sabemos que muitas vezes a rotina atribulada não deixa tempo de sobra para se manter uma alimentação equilibrada. Mas é possível economizar tempo de várias maneiras sem abrir mão de uma alimentação saudável e saborosa. Pensando nisso, a marca Soya preparou uma receita ideal para quem tem pressa e precisa de uma comida prática, mas que seja deliciosa.  Confira abaixo o passo a passo de uma receita que vai agradar:

Gravatinha com Legumes

Ingredientes

8 colher(es) de sopa de Óleo Soya Soja com Canola
1 pacote(s) de macarrão gravatinha grano duro
1 couve flor, pequena, higienizada
1 brócolis, médio, higienizado
6 dentes de alho cortados em lascas
2 caixas de tomates cereja, higienizada
12 azeitonas pretas, sem caroços, cortadas em lascas grossas
Sal e pimenta-do-reino a gosto
Queijo parmesão ralado grosso a gosto

Modo de preparo

Massa
Em uma panela grande e funda com água fervente e sal leve a massa para cozinhar conforme indicação do fabricante ou até que esteja cozido ao dente. Escorra e reserve.

Legumes
Em uma panela contendo água fervente e sal, leve os buques de couve-flor e brócolis para pré cozinhar, até ponto de ¿al dente¿. Escorra e água e reserve.

Montagem
Em uma frigideira grande e funda, revestida com antiaderente, coloque um pouco de óleo Soya soja com canola para aquecer. Frite as lascas de alho até que dourem. Retire-os do óleo e escorra o excesso em papel toalha. Reserve quente. Adicione um pouco mais de óleo, adicione os tomates e deixe que murchem um pouco. Retire-os e reserve quentes. Coloque o óleo Soya soja com canola restante e leve os brócolis e couve-flor para refogar por 3 minutos. Adicione a massa e deixe que aqueça. Junte os tomates, as azeitonas e finalmente as lascas de alho. Tempere com sal, pimenta-do-reino a gosto, misture bem e sirva a seguir acompanhado de queijo parmesão ralado.

massa gravatinha

Fonte: Bunge South America

 

Receita de lámen com legumes, prática e fácil

A Nissin preparou uma receita deliciosa, prática e rápida. Confira abaixo como prepará-la.

Nissin Lámen com Legumes

Ingredientes:
· 01 pacote de Nissin Lámen sabor Galinha
· ½ cebola pequena
· 01 batatinha média
· 01 cenoura pequena
· 03 ramos médio de brócolis cozidos
· 500 ml de água

Modo de preparo:
·Corte a cebola, a batatinha e a cenoura em cubos pequenos e reserve. Em uma panela coloque 500ml de água e ¼ do sachê de tempero, quando a água estiver fervendo coloque a cebola, as batatas e a cenoura e para cozinhar até todos os ingredientes amolecerem. Acrescente na panela a massa do lámen e o brócolis cozido e cozinhe por 3 minutos adicione o resto do tempero e retire do fogo.

Sabor Galinha

Sugestão: incluir peito de frango (25g): corte em cubos ou tiras e tempere com sal e pimenta do reino a gosto e cozinhe junto com a cebola, a batatinha e a cenoura. Depois siga o restante da receita.

Variação: caso queira variar, utilize o produto Nissin Lámen sabor Carne, com cubos de músculo na receita.

Fonte: Nissin