Arquivo da tag: leite

MultiGold Molico restaura nutrientes para preservar potência do corpo e mente do público 50+

O envelhecimento é uma realidade, mas é só mais um ciclo natural da vida, assim como a infância, a adolescência, a fase adulta. O número de pessoas com idade acima de 50 anos é uma crescente constante, e dados do IBGE revelam que o público entre 50 e 59 anos já corresponde a 12,4% da população brasileira. Da mesma forma, a expectativa de vida, que em 1940 era de 45,5 anos passou para 76,3 anos em 2018 (IBGE, 2019). Existe até um nome para este fenômeno: Revolução Prateada. Trata-se de uma realidade global que abraça o envelhecimento saudável da população e, portanto, o aumento da longevidade.

A alimentação é uma das principais aliadas da saúde, sobretudo, nesses anos de vida que vamos, pouco a pouco, ganhando a mais. É por isso que quanto mais cedo cultivarmos hábitos alimentares saudáveis, maiores são as chances de termos uma saudabilidade resistente e, por consequência, uma melhor qualidade de vida

“Porém, junto ao crescimento da expectativa de vida e do avanço da idade, outros fatores evoluem em comunhão: ganhamos maturidade, novas prioridades, segurança de escolher o que queremos, mas, ao mesmo tempo, temos que acompanhar os fatores fisiológicos”, explica Gisele Pavin, Gerente Sênior de Nutrição, Saúde e Bem-Estar da Nestlé.

A energia não é mais a mesma, a concentração diminui e as escolhas alimentares e o estilo de vida passam a ser ainda mais relevantes nessa fase da vida. Quanto antes começarmos, mais sucesso teremos na manutenção da nossa saúde.

E, se por um lado há chances desses fatores acometerem, por outro há uma série de ações, comportamentos e marcas dedicadas a oferecer soluções necessárias para preservar a saúde, física e mental, a independência e o bem-estar do corpo, da mente e da alma. São escolhas que se fazem hoje para que o estado saudável se perpetue.

Molico oferece aos consumidores um portfólio completo, que atende diferentes necessidades. Todas as versões contêm o Mix Restaura+: 12 vitaminas e minerais que ajudam a restaurar o que os adultos perdem todos os dias. E pensando na evolução dessa jornada de nutrição adulta, Molico apresenta um lançamento exclusivo para o Canal Farma: Molico Multigold: a combinação das funcionalidades de Molico em um único produto, especialmente desenvolvido para restaurar os principais nutrientes dos brasileiros 50+. Saúde dos ossos, formação dos músculos, mobilidade, apoio à imunidade e fibras para o equilíbrio do corpo, além do MIX Restaura+.

“De acordo com uma pesquisa realizada em 2020 pela Plataforma Gente, 68% dos brasileiros acima de 55 anos, se identificam com a frase: “Nunca pensei que chegaria tão bem na idade em que estou”. Molico Multigold anda de mãos dadas com este público para oferecer restauração multibenefícios para preservar o bem-estar físico e mental. E é assim que os adultos 50+ ganham liberdade para escolher o que querem fazer, aonde querem ir e quem querem ser: esportistas, artistas, turistas, empresários, chefs de cozinha…” detalha Stephanie Arnesen, Head de Marketing de Leites da Nestlé Brasil.

Cappuccino: o primo chic do nosso cafezinho

Marajoara revela esse segredo e te dá o passo a passo dessa bebida supercremosa, que faz muito sucesso em requintadas cafeterias

Não adianta a marca do produto, parece ser impossível obter em casa o mesmo cappuccino cremoso que tomamos em requintadas cafeterias. Pensando nisso, a Marajoara Laticínios, com a ajuda da chef e confeiteira Raianna Amaral, decidiu revelar esse precioso segredo culinário.

Para se obter a textura e cremosidade semelhante a uma mousse, o grande segredo, segundo explica Raianna, é a forma como se mistura os ingredientes, usando uma batedeira. “Juntando o açúcar, o café solúvel e água quente, com a batedeira você consegue atingir facilmente um textura mais cremosa e firme”, conta a confeiteira. No vídeo já disponível nas redes sociais da Marajoara, ela também ensina a como incrementar esse cappuccino com chocolate meio amargo.

Considerado o primo chic do nosso tradicional cafezinho, o cappuccino tem sua origem na Itália. Segundo diz a lenda, a bebida teria nascido das mãos de um monge franciscano, entre os séculos XVI e XVII, Marco D’Aviano, que como muitos italianos na época, resistia à invasão islâmica na Europa. Em uma dessas batalhas, o exército italiano impediu a entrada dos invasores no país, que em sua rápida fuga, deixaram para trás diversas sacas de café.

O grão não era lá muito apreciado pelos italianos, devido ao seu amargor excessivo. Mas para aproveitar a prenda deixada pelos inimigos, o monge D’Aviano resolveu misturar o pó dos grãos com leite e mel. E assim, meio sem querer, surgiu o cappuccino, nome este que é uma homenagem ao seu criador, já que cappucio significa capuz e ino, um sufixo de diminutivo, fazendo uma clara referência às vestes do monge franciscano.

Retomando este ano sua parceria com o grupo de laticínios, Raianna Amaral acaba de gravar mais vídeos para as redes sociais da empresa (@marajoaralaticinios), que sempre traz em seus perfis no Instagram e no Facebook muitas dicas valiosas de culinária e saúde.

Confira a seguir a receita dessa bebida deliciosa

Cappuccino

Ingredientes

  • Um colher de sopa de chocolate meio amargo em pó
  • 15 gramas de café solúvel
  • 120 gramas de açúcar cristal
  • 200 ml de água quente
  • 200 ml de leite integral Marajoara

Modo de preparo:

Derreta o chocolate em pó e coloque num copinho de café de plástico e deixe esfriar até endurecer. Depois misture numa batedeira o café, o açúcar cristal e água quente e bata em velocidade máxima até obter uma textura homogênea e bem cremosa. Coloque o copinho de chocolate, já endurecido, numa caneca ou xícara grande, e dentro copinho coloque a mistura feita na batedeira. Logo em seguida despeje o leite Marajoara bem quente até encher a caneca. Misture com uma colher de chá e aí é só apreciar.

Fonte: Marajoara

Nescafé Dolce Gusto oferece cápsulas veganas e zero lactose

Acompanhando as tendências de mercado, marca da Nestlé coloca no mercado cápsulas veganas e sem lactose, trazendo mais opções de sabores e buscando atender a todos os consumidores

Mais uma vez, Nescafé Dolce Gusto sai na frente e é pioneira ao lançar a primeira cápsula zero lactose e vegana do Brasil. ZeroLac e a nova linha de cápsulas veganas vão ampliar as possibilidades de consumo, contemplar consumidores intolerantes à lactose e também aqueles que buscam reduzir ou não consomem produtos de origem animal.

O lançamento de ZeroLac e da linha vegana vai ao encontro a um dos principais compromissos de Dolce Gusto: prezar pela diversidade de sabores e, com isso, abraçar uma gama cada vez maior de necessidades do consumidor. “Dados do Ministério da Saúde indicam que 70% dos brasileiros adultos sofrem de intolerância à lactose em algum grau e, em fevereiro de 2021, a Sociedade Vegetariana Brasileira (SVB), revelou uma pesquisa, encomendada à Ipec (Inteligência em Pesquisa e Consultoria), que mostra que um terço dos brasileiros busca opções veganas nos cardápios e estabelecimentos, indicando, assim, uma mudança de comportamento diante da alimentação.” conta Tiago Buischi, Gerente Executivo de Marketing de Nescafé Dolce Gusto.

Cremosidade na xícara em poucos segundos

Oferecendo bebidas deliciosas ao toque de um botão, os amantes de uma saborosa xícara de latte poderão aproveitar a cremosidade incomparável e a sedutora espuma da cápsula ZeroLac, creamer Nestlé sem adição láctea – um composto à base do suplemento maltodextrina, carboidrato produzido a partir do amido de vegetais como milho, arroz, batata, mandioca e trigo.

Cappuccino

A cápsula é vendida em três formatos: avulsa (R$ 1,62), com Cappuccino (R$ 22,90) ou Latte Machiato (R$ 22,90) para combinações deliciosas acompanhadas dos melhores grãos de café. Vale acrescentar que a venda é exclusiva no canal de e-commerce da marca e da caixa DGUSTA, onde o consumidor pode adicionar as cápsulas de sua preferência e montá-la do seu jeito (também exclusividade Dolce Gusto).

Já a linha vegana conta com três sabores: café com os leites de amêndoa, coco e aveia (R$ 22,90 cada). O Macchiato Amêndoas combina notas de amêndoas em um café levemente tostado, com espuma cremosa e encorpada. O Macchiato Coco traz uma mistura de grãos de café do sudeste asiático e sabor sem igual do adocicado do coco. Há também o Macchiato Aveia , marcante e sedutor. Dolce Gusto, através do seu amplo portfólio, oferece cafés, chocolates, lattes e chás, para todos e para todos os momentos.

Black Friday Ofner: desconto de 30% nos panetones Mousse de Chocolate e Doce de Leite

É hora de começar a preparação para o Natal e a Ofner aproveita o período de 16 a 28 de novembro para dar desconto especial nos panettones Mousse de Chocolate e Doce de Leite, ambos estão com desconto de 30%, de R$ 115,00 por R$ 79,90.

Para presentear ou compartilhar, os panettones podem ser comprados nas lojas, e-commerce, e truck Ofner. Os chocólatras de plantão vão amar o Mousse de Chocolate Exclusiva receita do panettone Ofner com pura massa de fermentação natural recheada com mousse e gotas de chocolate.

Já o Doce de leite tem exclusiva receita do panettone Ofner com pura massa de fermentação natural recheada com nosso cremoso doce de leite.

Informações: Ofner

Starbucks Brasil convida todos a desfrutarem Halloween com retorno do icônico Pumpkin Spice

Bebida que é sucesso entre clientes no mundo todo estará disponível em lojas* da marca no país a partir do dia 19 de outubro e por tempo limitado

O Halloween, época mais assustadora e divertida do ano, está chegando. Ao redor do mundo, essa comemoração tem sido celebrada por diferentes culturas, entrando no calendário de comemorações anuais e, no Brasil, não tem sido diferente. Para marcar a data, a Starbucks® traz ao país a linha icônica de bebidas Pumpkin Spice, por tempo limitado.

“Essa é uma bebida icônica e um dos sabores mais aguardados entre os lançamentos anuais da Starbucks. No Brasil, escolhemos trazer o Pumpkin Spice de volta para o nosso menu sazonal, especialmente quando celebramos nosso aniversário de 15 anos no país. Neste ano tão marcante para nós, quisemos proporcionar aos nossos clientes esse sabor que é tão tradicional da Experiência Starbucks no mundo todo”, disse Sedenir Junior, gerente de marketing da Starbucks no Brasil.

A bebida é inspirada no produto mais típico das festividades de Halloween, a abóbora, e com toques de especiarias. Por tempo limitado no mês de outubro, poderá ser preparada pelos baristas apaixonados da Starbucks em diferentes versões e ser apreciada do jeito preferido de cada um, incluindo as versões:

Pumpkin Spice Latte – a famosa combinação de espresso, leite vaporizado, calda de abóbora com especiarias, finalizada com chantilly de baunilha e especiarias em pó.

Iced Pumpkin Spice Latte – versão da bebida gelada com café espresso, leite frio, uma calda de especiarias com toque de abóbora, gelo, coberto com chantilly de baunilha e especiarias em pó.

Pumpkin Spice Cold Brew Cold Foam – Disponível em lojas selecionadas – Cold Brew (bebida extraída da infusão fria de café com água por 20 horas) com gelo, coberto com Cold Foam (espuma de leite, creme de baunilha e calda de especiarias com toque de abóbora, batida em alta velocidade), coberto com especiarias em pó.

Pumpkin Spice Frappuccino – o delicioso sabor de abóbora com as tradicionais especiarias, batido com café, leite, gelo e coberto de chantilly de baunilha e especiarias em pó.

O Pumpkin Spice já se tornou uma tradição que marca o menu da Starbucks em diversos países nesta época do ano, por isso a marca aposta nessa linha para proporcionar experiências deliciosas e únicas para seus clientes, seja em suas lojas físicas, seja em suas casas. O produto poderá ser encontrado por tempo limitado nas lojas da marca, no app Starbucks Brasil ou por delivery no aplicativo Rappi (a depender da disponibilidade do serviço na região).

*Em Florianópolis (SC), o produto ficará disponível a partir de 21 de outubro de 2021.

Delícia de Leite II é destaque da promoção Bolos do Mês da Sodiê Doces

Bolo Alpino também ganha preço especial em setembro

Duas estrelas do cardápio das lojas Sodiê Doces estão com desconto na promoção Bolo do Mês de setembro. Delícia de Leite II e Alpino tem preços especiais nas mais de 330 lojas da marca.

O Delícia de Leite II, um dos queridinhos da Sodiê, é feito com massa branca, recheios de mousse branca com leite em pó, e cobertura de mousse branca, raspas de chocolate branco, leite em pó e cerejas decorativas.

Já o bolo Alpino é um bolo de chocolate, com recheios de Alpino trufado e mousse de chocolate, e cobertura de trufado meio amargo, lascas de chocolate ao leite, e pedaços da barra de chocolate Alpino.

Além dos dois sabores da promoção Bolo do Mês, a maior franquia de bolos do país tem mais de 100 variedades de sabores de bolos de massa branca ou de chocolate, com recheios diversos que incluem morango, limão, coco, nozes, abacaxi, damasco, chocolate branco, chocolate ao leite, leite em pó, brigadeiro, doce de leite, leite condensado, entre outros.

Nas lojas Sodiê Doces há um cardápio com cerca de 50 sabores de salgados, da marca Sodiê Salgados, feitos com receitas próprias e exclusivas, com diversos recheios para consumo imediato no formato tradicional e na versão mini, que o cliente pode comprar congelado ou levar quente para casa.

Todos os preços podem sofrer variação de acordo com a região. Os contatos de cada unidade podem ser obtidos no site oficial da marca.

Os pedidos também podem ser feitos diretamente no aplicativo Sodiê Doces Oficial, disponível nos dispositivos IOS e Android, nas lojas e retirados ou entregues via delivery e/ou iFood.

Fonte: Sodiê Doces

Desafio de leites vegetais: ONG incentiva pessoas a adotarem dieta mais saudável e sustentável

Projeto ajuda intolerantes e novos adeptos do vegetarianismo a substituir o leite

A ONG internacional Sinergia Animal lançou o Desafio dos Leites Vegetais, uma ferramenta gratuita pensada para as pessoas que querem ou precisam parar de consumir laticínios de origem animal. Durante sete dias, os inscritos recebem comunicações diárias com dicas, receitas com substituições e informações sobre os impactos na saúde e no meio ambiente causados pelo consumo de leite animal.

“O projeto visa ajudar vegetarianos, que de acordo com pesquisa Ibope já são 14% da população brasileira, a fazerem a transição para o veganismo, estilo de vida que exclui o consumo de todos os tipos de produtos de origem animal. Além disso, também contempla pessoas que sentem desconforto digestivo após a ingestão de lactose, que segundo levantamento do Instituto Datafolha representam 35% dos brasileiros acima de 16 anos, e aqueles que desejam simplesmente explorar novas receitas”, explica Mirelle Coppi, coordenadora de ativismo e comunicações da Sinergia Animal.

Ela destaca que retirar o leite de origem animal da alimentação faz muitas pessoas descobrirem novos ingredientes e sabores. “Uma das vantagens dos leites vegetais é a diversidade: você pode fazê-lo com diversos insumos, desde soja, aveia, passando por todos os tipos de castanhas e sementes. Essa variedade pode tornar nossa alimentação muito mais nutritiva e também mostra que as alternativas podem muitas vezes ser baratas e acessíveis”, lembra Coppi, destacando que no desafio os inscritos aprendem não apenas a fazer o próprio leite vegetal, mas também diversas receitas como molhos, tortas e patês. 

Os hábitos de consumo dos brasileiros estão mudando

Foto: Steve Buissinne/Pixabay

Uma pesquisa realizada pela Euromonitor revelou que preocupações com a saúde, meio ambiente e bem-estar animal estão mudando os hábitos de consumo de produtos animais no Brasil. Entre 2013 e 2018, por exemplo, o consumo de bebidas vegetais como leite de coco, arroz, amêndoas e de outras castanhas registrou um crescimento de 35% ao ano no Brasil.

Não são poucos os motivos que explicam essa transformação. Segundo estudo realizado pela Universidade de Oxford, as emissões de gases de efeito estufa causados pela produção de leite de origem animal são até três vezes maiores do que as de alternativas vegetais. Ao mesmo tempo, estudos têm relacionado o consumo de leite de vaca com desenvolvimento de cânceres de próstata e de mama e de diabetes. Além disso, a produção de leite animal levanta preocupações a respeito da forma como as vacas são tratadas na pecuária industrial.

Conheça os benefícios de algumas das principais alternativas:

Leite de amêndoas

O leite de amêndoa é um dos mais utilizados e tem um sabor especial de nozes! É baixo em calorias, menos gordura saturada e mais gordura insaturada do que o leite de vaca. Quando feito em casa, é um dos leites vegetais que mais agrada as pessoas. Além de ter benefícios para a saúde, como gorduras saudáveis e alto índice de vitamina E. 

Leite de soja

É uma das alternativas com maior teor de proteína e menor impacto na pegada de carbono (muito menor que o leite de vaca!). As pessoas também consomem leite de soja por conter isoflavonas, que, de acordo com pesquisadores, têm efeitos anticâncer. Rico em cálcio e fósforo, pode ajudar a prevenir doenças cardíacas e osteoartrose. Também possui alto teor de ferro e vitaminas do grupo B, como folato e B6.

Leite de aveia

Foto: Antonis Achilleos – Food Stylist: Rishon Hanners

Você verá que a aveia produz um leite cremoso com sabor suave, perfeito tanto para bebidas quentes quanto para ser utilizado em várias receitas! Pode ser feito facilmente em casa e, portanto, é uma alternativa barata. Fornece mais vitamina B2 do que o leite de vaca e é rico em fibras e carboidratos de absorção lenta.

“Ainda é comum encontrar pessoas com receios sobre dietas vegetais, especialmente quando se trata de sabor — o que é absolutamente normal, já que a maioria de nós cresceu mergulhado em uma cultura alimentar muito dependente do consumo de animais. Mas o universo da alimentação vegetal é imenso e possui opções para todos os gostos. E é tendo em mente essa enorme variedade de sabores e das diferentes preferências das pessoas que propomos o desafio”, conta Coppi. 

Informações: Desafio dos Leites Vegetais da Sinergia Animal

Confira cinco alimentos que ajudam a parar de fumar

No Dia Mundial sem Tabaco, a Bio Mundo separou algumas opções saudáveis que podem ajudar na luta contra o vício

Para de fumar certamente é um ato difícil para muitas pessoas. Isso ocorre porque o vício já está relacionado à rotina, por exemplo, no consumo de café, ansiedade e ao humor. E, em tempos de pandemia, isso pode aumentar. Porém, a prática não traz à saúde nenhum benefício e pode ser responsável por diversos tipos de cânceres e doenças cardíacas e pulmonares.

No processo de parar de fumar, o primeiro passo é reconhecer os estímulos que levam à prática. A cafeína, por exemplo, faz com que a pessoa se sinta mais ansiosa, pois é um ingrediente estimulante, e as substâncias viciantes da nicotina do cigarro liberam no corpo uma sensação incrível de prazer. Para controlar a vontade e a ansiedade, a inserção de atividades físicas e o consumo de uma alimentação equilibrada são grandes aliados nessa batalha.

Para contribuir com a data que visa o controle do tabagismo, a partir da conscientização dos malefícios, a Bio Mundo, franquia de alimentos naturais e saudáveis, separou opções de alimentos e bebidas para quem deseja largar a dependência de forma mais tranquila e natural.

Chá de ervas

Foto: Rickyy Sanne/Morguefile

Além de ser uma bebida natural à base de água, os chás são calmantes e uma boa opção para substituir o café. A grande dica é realmente tirar da dieta bebidas que contenham cafeína, substância que aumenta o desejo pelo cigarro, diminuindo a ansiedade. Fatores que estão diretamente ligados à vontade de fumar.

Laranja: um dos principais alimentos para largar o cigarro

O cigarro causa uma grande perda de nutrientes, entre eles a vitamina C, e o fazer a reposição dessa vitamina por meio da ingestão da fruta, o fumante sente menos vontade do cigarro. Isso ocorre pois, ao perder os nutrientes e as vitaminas, o corpo costuma buscá-los em elementos da nicotina, o que causa severa dependência. Com o consumo de laranja, a vitamina C retorna ao organismo, que passa a sentir menos falta do fumo.

Óleo de linhaça

Rico em ômega 3, o óleo de linhaça estimula a liberação da serotonina, hormônio responsável por equilibrar o humor, fator importante para quem quer parar de fumar. Além da substância estar relacionada a perda de peso, já que ao parar de fumar algumas pessoas notam o ganho de calorias.

Castanha-do-pará

Pixabay

A castanha-do-pará é rica em selênio, mineral com alto poder antioxidante que auxilia na prevenção de doenças e no fortalecimento do sistema imunológico, além de estar ligado a melhora do humor. Com o consumo de poucas unidades ao dia já é possível atingir a recomendação diária de nutrientes, que contribuem também na melhora do cansaço, tristeza e ansiedade.

Leite

Um copo de leite também pode ser um grande aliado nessa luta. Pesquisas confirmam que tanto o leite quanto os seus derivados, como queijo ou iogurte,ajudam a eliminar a nicotina do organismo do fumante, e também alteram o sabor do cigarro,

Fonte: Bio Mundo

Quem tem deficiência de ferro e falta de cálcio não deve ingerir café junto das principais refeições

Os fanáticos por café se deliciam com a bebida principalmente no início ou logo após as refeições. Isso pode ser especialmente danoso para quem sofre de carências nutricionais

Muitos amam e não vivem sem, outros são extremamente sensíveis a uma pequena xícara. Mas é necessário ter cautela com o consumo dessa bebida, que pode ajudar a causar deficiências nutricionais. “Substâncias presentes no café, como taninos e cafeína, podem comprometer a absorção de ferro, um nutriente presente nas carnes, vegetais folhosos e feijões, geralmente consumidos nas principais refeições; além de prevenir a anemia, esse nutriente funciona também como um combustível para que a hemoglobina, célula do sangue, transporte o oxigênio para todo o corpo, da cabeça aos pés. Por isso que sua deficiência pode impactar na queda capilar, palidez da pele e formigamento das pernas”, diz a médica nutróloga Marcella Garcez, diretora e professora da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran).

Por esse motivo, para as pessoas com carências do mineral, a médica explica que o ideal é beber café duas horas antes ou depois das principais refeições para não prejudicar a absorção.

Stock Photo

Segundo Marcella, outra combinação que requer atenção, principalmente para crianças, gestantes, lactantes, idosos e mulheres na menopausa, é o pingado: café com leite. “O café também pode interferir na absorção de cálcio e, enquanto os idosos têm maior tendência à diminuição desse nutriente, as crianças têm necessidades elevadas desse nutriente como resultado do intenso desenvolvimento ósseo e muscular”, afirma a médica.

Entre os principais sintomas da falta de cálcio estão a confusão mental, espasmos musculares, fraqueza dos ossos, e formigamento nas mãos e pés. “Além do cuidado com a absorção de cálcio por crianças e gestantes, esses grupos são muito mais sensíveis à cafeína, que a população em geral, portanto devem consumir quantidades muito restritas. Lembrando que crianças menores de 12 anos têm contraindicação de consumo de qualquer bebida que contenha cafeína.”

Outro nutriente cuja absorção pode ser comprometida é a vitamina C, então o café deve ficar longe também de suco e vitamina batida de frutas cítricas, para não dificultar a assimilação desse nutriente. “É necessário estar atento também, pois a cafeína está presente também em chás, como o mate e o verde, e refrigerantes à base de cola”, diz a médica.

No entanto, não é necessário eliminar de vez a cafeína da sua vida, até porque para muitos ela pode trazer benefícios, desde que consumida com moderação. “Recomendamos um consumo de uma a quatro xícaras de café por dia, recém preparado, não adoçado, sempre respeitando as necessidades individuais de cada paciente”, afirma a médica, acrescentando que a melhor forma de ingestão varia de acordo com o gosto de cada pessoa, podendo ser quente, frio, fresco ou gelado.

“A maneira mais saborosa e saudável de obter os benefícios do café é moendo os grãos imediatamente antes do preparo e consumo que deve ocorrer logo depois. Para aproveitar os benefícios da bebida o ideal é que seja sem açúcar ou adoçante”, diz a médica. “É necessário ter cuidado com o consumo excessivo, que pode levar à dependência das substâncias estimulantes do café, além de consequências indesejadas, como problemas de digestão e gástricos, alterações de ritmo cardíaco e pressão arterial, agitação emocional e distúrbios do sono”, finaliza.

Fonte: Marcella Garcez é médica nutróloga, Mestre em Ciências da Saúde pela Escola de Medicina da PUCPR, Diretora da Associação Brasileira de Nutrologia e Docente do Curso Nacional de Nutrologia da Abran. A médica é Membro da Câmara Técnica de Nutrologia do CRMPR, Coordenadora da Liga Acadêmica de Nutrologia do Paraná e Pesquisadora em Suplementos Alimentares no Serviço de Nutrologia do Hospital do Servidor Público de São Paulo.

Foto: Bruno Marconato

Dia Mundial do Café: aprenda a preparar trufa de café com leite

Hoje, 14 de abril, é o Dia Mundial do Café. A data foi criada para valorizar a indústria cafeeira. Segundo a Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC), o produto é consumido por nove entre 10 pessoas com mais de 15 anos no Brasil. Para deixar o dia ainda mais gostoso, confira como preparar uma receita de trufa de café com leite, o queridinho dos brasileiros, da Água Doce Sabores do Brasil.

Trufa de Café com Leite

Ingredientes
200g de leite condensado
120g de leite em pó
15g de café solúvel
200g de chocolate do padre

Modo de preparo
Em um recipiente misture o leite condensado e o café solúvel até homogeneizar. Acrescente o leite em pó até obter uma consistência de enrolar. Faça bolinhas e passe no chocolate do padre. Coloque em forminhas e sirva. Acrescente um grão de café para decorar.

Foto: Bruno Marconato
Foto: Bruno Marconato

Grau de dificuldade: Fácil
Tempo de preparo: 40min
Rendimento: 15 unidades

Fonte: Água Doce Sabores do Brasil